Destaque

Dinheiro público que custeou o Congresso Gideões é legal. PT entrará com representação na justiça

Comments (42)
  1. Lopes disse:

    Vivemos em um Estado Laico. Não concordamos quando autoridades fazem qualquer tipo de ação para promover eventos não evangélicos. Muitos de nós ficamos horrorizados com a notícia de que o Governo Fluminense ou a Prefeitura Carioca, não lembro bem, tinha um contrato com um guru, um médium, astrólogo, ou algo assim. Mas, os Gideões receberem benefícios para organizarem estes eventos pode? E é no mínimo suspeito, prefeitura e estado colaborarem e um candidato do mesmo partido que governa ambos, ser o principal convidado. Também, se a Gideões tem direito sobre verbas estaduais e municipais outras denominações e, inclusive, outras manifestações religiosas podem revindicar esse direito. Abre-se o precedente de envolver a igreja com nossa política maravilhosa. Já não basta os problemas que a igreja possui. Todos sabemos que objetivos políticos tem, cuidam apenas de interesses próprios. Será que nas igrejas está sendo diferente?

  2. Jesus Alves disse:

    Casamento que não dá certo é esse…igreja e política!!!

  3. JOÃO ANDRÉ ! ! ! disse:

    Se fosse um evento carnavelesco, aí sim. Ninguém diria nada. Afinal, todo o mundo gosta.

    O dinheiro público é meu também e posso opinar em algo que me apraz.

    JOÃO ANDRÉ ! ! !

  4. Carlos Roberto disse:

    DA SÉRIE ”MERCENÁRIOS EM AÇÃO”
    É LEGAL? MAS IMORAL!

    “Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus” – Tiago 4:4

    Nem tudo que é “LEGAL”, é “MORAL”, por exemplo, é legal a venda de bebida alcoólica, mas do ponto de vista de comportamento ela é imoral. É legal, aos olhos da justiça, a adoção de crianças por pessoas de mesmo sexo, mas aos olhos de Deus é ilegal e imoral tal prática. Os crentes, por falta de discernimento ou por conivência com o crime de LESA-CONSCIÊNCIA, aprovam qualquer atitude de suas lideranças sem questionarem o que há por trás destas posições arbitrárias. Os MERCENÁRIOS evangélicos do século XXI não fazem questão alguma de esclarecer que para sermos amigos de Deus, se faz necessário sermos inimigos do mundo. Pelo contrário, eles incentivam e até criam condições para que esta promiscuidade religiosa seja largamente cultivada e difundida, mesmo que ela contrarie os princípios elementares da fé cristã.

    A vaidade, a inveja e a cobiça tornaram-se no mal mais destruidor deste século no meio cristão. O amor por si mesmo tem feito desta geração a mais egoísta de todos os tempos. Preocupados com seus próprios deleites, esta geração “AMIGA DO MUNDO” esqueceu-se da misericórdia e do amor verdadeiro. Tudo por vaidade. No caso específico, a aliança com o mundo podre da política é visto com naturalidade e como uma forma de aproximação da igreja com o mundo. Grande balela…

    O desejo dos lideres religiosos, MERCENÁRIOS, de serem melhores e maiores uns do que os outros, a ânsia pelo poder, pela fatia no mercado, pelas benesses do poder os fazem esquecer da essência do amor de Deus largamente recomendado nas Escrituras. Eles desprezaram a alegria de dar, do pregar o Evangelho a toda criatura. O que vale hoje é receber, ganhar, extorquir, roubar usando todos os métodos possíveis para tira do bolso co cliente, ou sócio, o que for possível em termos materiais.

    Mas uma pergunta não pode ficar sem resposta, o que é mais importante diante do Senhor, minha prosperidade material ou meu coração e a minha alma? O Egoísmo, o orgulho, a inveja e a vaidade são características básicas de um amigo do mundo.

    Tiago diz que a amizade com o mundo é traição a Deus, mas para a vergonha nossa, o chamado “POVO DE DEUS” fez uma opção que coloca em cheque a fé e a relação com Deus, escolheram serem ”AMIGOS ÍNTIMOS” do mundo. Assim, a relação promiscua entre o Sagrado e o Profano não faz diferença, o que importa é estar em evidência, mesmo que esta relação seja pecaminosa e imoral.

    Os crentes modernos, na Igreja mostram-se santos, isto para os seus círculos de irmandade, em casa, no trabalho, na sociedade este distintivo fica guardado. Santidade para que? Eles não sabem o que é “Desviar-se das más influências”, que é o resultado do comportamento adúltero de um amigo do mundo. Os crentes modernos não tem convicção de quem é Deus, e o amam-no à sua maneira, optaram por serem amigos do mundo ficando calados diante dos erros e das distorções espirituais que assolam a humanidade. Eles não consideram que para ser amigo de Deus, tem que ser fiel, e amar os estatutos estabelecidos por Ele, mesmo que isso signifique que os amigos do mundo estarão contra nós. Fidelidade é a palavra que caracteriza um amigo de Deus.

    A resistência é algo marcante na vida dos soberbos. O Soberbo está sempre com a razão, ele faz errado e encontra sempre uma justificativa para seu erro. Há os mais espertinhos que ainda afirmam que “ERRAR É HUMANO”. O Soberbo é aquele que discute com Deus os princípios eternos da Palavra, e ainda acha que ser amigo do mundo, é NORMAL, é MODERNO. O Soberbo tem com ele a falsidade, porque quando se encontra encurralado, quando é exortado se faz de vítima. Ele vive da bajulação e da dependência da sua relação pecaminosa com o mundo. Eles só não se lembram de que Deus ama os sinceros, os humildes, Deus ama Seus amigos, e resiste aos soberbos.

    Mas o que fazer diante deste quadro que têm afastado as pessoas da Amizade com Deus? Primeiro sujeitar-se a Deus e resistir ao Diabo – Tiago 4:7. É difícil? Sim, mas não impossível. Quando resistimos às ofertas de Satanás, ele foge de nós. O maior exemplo de resistência as ofertas do Diabo, foi Jesus, que tentado três vezes, rebateu Satanás com a Palavra, e em sua resistência o fez correr. Mas observe o detalhe, Cristo conhecia as Escrituras. Para resistirmos ao Diabo, precisamos conhecer a Palavra de Deus. E este é o mau maior desta geração de crentes, não conheceram a Bíblia. E conhecer a Palavra nos torna próximos do Senhor, nos leva a amá-lo com todo nosso coração, com todas as nossas forças. Conhecer a Palavra nos torna amigos de Deus e resistentes ao Diabo. Para nos sujeitarmos a Deus, precisamos saber o que Ele deseja de nós. E isso está revelado na Sua Palavra.

    Deus nos dá a oportunidade de escrevermos nossa história numa folha novinha, branquinha. E para recebermos esta folha basta apenas duas palavras se fazerem reais em nossa vida ARREPENDIMENTO E CONFISSÃO. Aqui o bicho pega… Ninguém que está andando errado quer admitir isto, portanto pensam que não precisam de arrependerem-se de nada. O crente moderno tem séria dificuldades em odiar o pecado, preferem achar que tudo que é “LEGAL” é honesto e moral.

    Para sermos amigos de Deus, devemos ser inimigos do Mundo. O inimigo DEVE SER ODIADO, portanto o pecado deve ser odiado, porque ele vem do inimigo, ele está no mundo. A Bíblia diz: “Quem comete o pecado é do diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: Para desfazer as obras do Diabo” – I João 3:8. O amigo de Deus tem um alvo fixo: “Olhando firmemente para Jesus, autor e consumador da nossa fé…” – Hebreus 12.2.

    Não há meio termo para Deus. A amizade do mundo é inimizade contra Deus. O mundo é fascinante para quem dele usufrui, porque a sua satisfação é para agora, está ao alcance das mãos e dos olhos: “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre” – I João 2:16 e17.

    Não há nada no mundo que sirva de benefício para um cristão. O mundo inteiro jaz no maligno. Toda a sedução do mundo só serve para impedir o nosso crescimento: “E a que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo por diante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição” – Lucas 8.14

    Estamos no mundo, e temos necessidades aqui, mas não podemos usar dele em absoluto: “Isto, porém, vos digo, irmãos, que o tempo se abrevia; o que resta é que também os que têm mulheres sejam como se não as tivessem; e os que choram, como se não chorassem; e os que folgam, como se não folgassem; e os que compram, como se não possuíssem; e os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa” – I Coríntios 7:29 a 31.

    O MERCENÁRIO EVANGÉLICO, graças a sua imensa riqueza e sua infinita ambição, resolveu comprar tudo o que está ao seu alcance. Depois de encher suas MANSÕES de móveis de ponta, automóveis importados e blindados, jóias, máquinas, o MERCENÁRIO EVANGÉLICO resolveu comprar outras coisas, agora no campo da personalidade humana. Comprou a ÉTICA e a MORAL e, nesse momento foi cria da a CORRUPÇÃO. É dando que se recebe… Comprou a solidariedade e a generosidade dos desavisados, assim a indiferença foi criada. Comprou a justiça e suas leis, apóiam o estado laico por comodidade, fazendo nascer a impunidade. Comprou o amor e os sentimentos das pessoas humildes, desta forma fizeram surgir a dor e o remorso.

    O MERCENÁRIO EVANGÉLICO, o todo poderoso, comprou todos os bens materiais que queria possuir, e todos os valores éticos e morais que desejava domar. Só falta agora ele comparar a si mesmo, o que não deve demorar muito… Para o MERCENÁRIO EVANGÉLICO, tudo que é legal é moral e ponto final…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  5. FRANK disse:

    QUE IMPORTÂNCIA TEM ISSO ?

  6. tiago disse:

    hehe,ja vai começar a discusão por aqui neh,seus desocupados,será que nao tem mais nada pra fazer????

  7. Luis disse:

    VIROU TUDO UMA SALADA !

    TENHO PAVOR QUANDO UMA PESSOA DIZ QUE É “CRENTE” ! PENSO MUITAS VEZES ANTES DE FAZER QUALQUER NEGÓCIO, TER AMIZADE OU CONFIAR !

    É UMA MELAÇÃO DE IRMAOZINHO PRA CÁ, IRMAOZINHO PRA CÁ, E 90% DAS VEZES ME DECEPCIONO !

    ENTÃO, VEJO ESTES ACONTECIMENTOS COM TRISTEZA, POIS A MAORIA ESMAGADORA DAS PESSOAS QUE FREQUENTAM AS IGREJAS VÃO DE BOM GRADO E NECESSITADAS E MUITAS VEZES CAEM NAS MAOS DE LOBOS.

    ARREPENDIMENTO E MUDANÇA DE VIDA URGENTE !

  8. ENIR disse:

    Carlos Roberto quer aparecer se pinta de vermelho e vai para praça
    kkkkkkkkkkkk

  9. Anderson disse:

    Que pessoa ignorante, por favor coloquem comentários mais inteligentes! todo mundo aqui em Santa Catarina sabe que a festa dos gideões está incluída no calendário turístico religioso, e esta festa traz muito lucro pro estado, quando o trabalho é de Deus, até os ímpios são impactados a ajudar, é isso que acontece nos gideões, muita gente aqui fala sem conhecer a realidade.

  10. Carlos Roberto disse:

    Meu caro Anderson,

    O BÊBADO TAMBÉM TEM FÉ…
    EU CREIO… NA BRANQUINHA…

    O dilema do povo evangélico é exatamente este, conhecer a realidade ou conhecer Deus. Eu, particularmente prefiro conhecer Deus através da sua Palavra, a realidade nem sempre espelha a verade, muitas vezes ela esconde mentiras e enganos. E é exatamente isto que está acontecendo, tem muito espertinho tomando a realidade mentirosa como parâmetro esquecendo-se de que precisamos conhecer Deus e termos uma intimidade ímpar com ele.

    No embalo da degradação espiritual e da politicagem religiosa que fervilha neste nosso século, aproveito a oportunidade para traçar alguns paralelos entre a crise religiosa e o bêbado. É que o vizinho bebeu demais e me inspirou… Falou besteiras que nem crente nas concentrações de curas e politicagem misturadas… O cristianismo moderno é como um bêbado que não consegue andar em linha reta, vive num permanente estado de autonegação sobre os efeitos da insensatez. O ébrio, quando não bebe, treme e, quando bebe, exagera e cai. Vive na base do beber cair e levantar… É o divertimento dele. Assim também anda o cristianismo, embriagado nas caninhas modernas de uma relação promiscua com o mundo. A falta de sensatez atualmente é tão forte que os líderes religiosos não querem mais pregar o EVANGELHO, com medo de perder suas mordomias, enquanto o mercado religioso agoniza e ameaça não sair de onde está por falta do precioso liquido, a água da vida. Por coincidência, um destes líderes já se antecipou e lançou no mercado a ÁGUA MINARAL 100% JESUS. Alguns líderes religiosos já aceitaram que o problema da crise é a falta de sensatez. Muitas das autoridades eclesiásticas se estrebucham por todos os meios para resolver a crise por caminhos tortuosos como o da negociação com a fé de seus sócios. O espetáculo é grandioso e se alastra pelo mundo num palco digno de Hollywood, onde não sabemos se devemos rir ou chorar.

    Entretanto, a própria crise foi gerada por falta de sensatez espiritual. As igrejas e denominações esbanjam tanto conhecimento que pegam sócios a laço e até via satélite e imploram para que invistam em alguma coisa sólida que renda algum retorno para suas EMPREJAS S/A. Inegavelmente, essa atitude foi a responsável pelo surto de crescimento no mercado da ilusão religiosa, onde milhares investem o que possuem na expectativa de retorno fácil. A prosperidade material é o único objetivo. Mas, como um alcoólatra, as igrejas eletrônicas não souberam parar, não souberam administrar o precioso líquido e, quando se deram conta, haviam bebido tanto que a sensatez aparente já não era suficiente para atender os compromissos dos clientes. Enquanto isso, muitos aproveitaram a farra e agora não tem nem como honrar os compromissos. Prometeram mundo e fundos aos membros, mas… Agora, todos conclamam, como ébrios, para que a igreja fique aberta todos os dias e satisfaça a sede incessante das necessidades materiais mesquinhas dos fregueses. Criem, inventem, iludam…

    Posso até acreditar que o Evangelho seja eficiente, a base do líquido revigorador, a Palavra de Deus, mas ele não tem mecanismo técnico, éticos ou morais para determinar os limites das necessidades do cidadão. Cada cidadão tem a sua taxa de consumo pessoal e usa conforme lhe convém. A insensatez exagerada permite ao inferno ganhar no volume dos negócios, podem enganar sem escolher os melhores ou piores cidadãos porque todos os metodos, independente da técnica ou da arte, conseguem atrair interessados quando os riscos são baixos. Mas quando os negócios caem exageradamente, além da produtividade da estimada, os riscos aumentam, a sensatez fica relativamente escassa e sufoca o sistema de forma induzida e “sistematicamente” errática. Aí é hora dos líderes inventarem novas fórmulas para conquistarem novos clientes no mercado da ilusão espiritual.

    O crescimento da religião nos últimos anos é fictício, mas como aceitar que o paraíso não existe depois de tanta pregação ameaçadora a favor da fé e contra a razão? Como pode a igreja convencional crescer a dois ou três por cento ao ano e a IGREJA ELETÔNICA trinta por cento? Onde está a mágica? Nas propostas enganosas e escandalosas de uma prosperidade terrena voltada exclusivamente para os bens materiais onde a regra é simples, é dando que se recebe…

    Os Magnatas da fé não aceitam o resultado das leis de mercado religioso. Todos temem até a autocrítica porque ninguém consegue pensar contrariando o próprio bolso. A regra é ganhar a qualquer custo. É por aí que se estende a cortina do obscurantismo. Os ganhos espirituais da religião nos últimos anos são fictícios, mas como aceitar que o paraíso não existe depois de tanta pregação ameaçadora a favor da fé e contra a razão? O sistema religioso tradicional terá de enxugar a religiosidade falsa antes que seja tarde demais para qualquer reação. Muitos crentes modernos já abandonaram o sonho da mansão celestial, mas os MERCENÁRIOS do mercado religioso moderno ainda sonham com os iates, os jatos e um palácio de veraneio porque relutam em abandonar as mordomias acumuladas nas EMPREJA S/A. Isso contraria o salto da fé acumulada, da mesma forma que acumularam o capital, sob uma premissa falsa de uma fé ficticia.

    O apego exagerado e mesquinho de MERCENÁRIOS para defender ganhos irrealistas barra qualquer tentativa sensata para sanar os problemas espirituais de nossa gente. Assim, ficamos no abandono e a solução da crise de identidade espiritual dos cristãos fica por conta da própria crise. O descompasso gerado entre a pregação distorcida e prática verdadeira terá que diminuir, mas isso leva tempo. Enquanto isso o Evangelho paga a conta e o cristianismo munderno arrasta as multidões para a sarjeta da miséria espiritual. Infelizmente, o mercado é cruel, mas a lei da gravidade é igual para todos e as leis da física são imutáveis e não podem ser ignoradas. Até o bêbado sabe que o líquido marvado em demasia o leva a sarjeta, mas o vício, pelo lado do viciado, é apenas um gosto apurado. Ele tem fé de que a bebida vai resolver os seus problemas, mesmo que por um momento…

    O bêbado olha para a garrafa na relação direta da matemática, quanto mais liquido ele consome, mais emoção ele acumula. O mercenário religioso pensa da mesma forma, quanto mais ele tira de suas presas, mais riqueza ele acumula… Quanto mais ele bebe dos recursos de seus sócios, mais eles sobreviverão sustentando as suas mordomias e as suas trapaças.

    Assim como o pinguço crê na bebida, os Mercenários religiosos acreditam nos seus sócios, sabem, por experiência que não deixarão faltar dinheiro ou recursos para que continuem a suas sagas de exploradores da fé alheia.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  11. Gido disse:

    Somente a igreja prostituta de apocalipse 17(Veja o estudo em meu blog: vidaconsagrada.blogspot.com) deve aceitar o pagamento da prostituição, espero que a irmã(igreja, ou irmãos que aceitaram isso) se convertam de sua prostituição.

  12. Se Serra, o PSDB, ou o raios-que-o-parta tivessem doado recursos para alguma Parada Gay, ou para uma festa junina, ou ainda para o Carnaval em qualquer cidadezinha desse país, com certeza o Globo e a mídia sensasionalista não dariam uma linha, nem uma notinha se quer a respeito. Mas como foi para um evento evangélico, aí vem chumbo grosso!

  13. HELDER disse:

    É NORMAL EVENTOS PÚBLICOS RECEBEREM AJUDA DO GOVERNO.INCLUSIVE PARA AVISO DOS MAIS DESAPERCEBIDOS O CARNAVL ANO APÓS ANO RECEBE DINHEIRO DOS COFRES PÚBLICOS ….
    POR SER UMA FESTA QUE INCLUI ALGUNS BRASILEIROS (NAO TODOS)MESMA COISA ESSE EVENTO GOSPEL QUE INCLUI UMA PARTE DO POVO BRASILEIRO.

  14. Elton disse:

    Carlos Roberto disse:

    DA SÉRIE ”MERCENÁRIOS EM AÇÃO”
    É LEGAL? MAS IMORAL!

    Esse cara ou é louco ou desconhece a realidade, como pode ele chamar os pastores da Assembleia de MERCENARIOS?
    Prova clara e obvia de que não CONHECE NEM UM POUCO a igreja, mas um fariseu apostata divisor.

  15. Inalva disse:

    A volta do Senhor Jesus vai deixar muitas surpresas…Tem muita gente entesourando tesouros na terra, onde os ladrões roubam e minam, a traça rói e a ferrugem consome. O Reino de Deus não vem com aparência exterior, muito menos se mistura com a estátua de Nabucodonosor!!!…

  16. Carlos Roberto disse:

    Elton,

    Na minha cidade um destes pilantras, um MERCENÁRIO DA ASSEMBLÉIA DOS DEUSES é candidato declarado a uma vaga na Assembléia Legislatia do Estado, um picareta de mão cheia… Ele está em franca campanha por uma boquinha nas tetas da vaquinha ilustre nos currais, ou melhor, nas pocilgas da plitica.

    Quer que eu lhe indique pelo menos uns 50 que eu sei que estão na mesma curriola deste sujeito? Tem picareta de todo tipo.. Cada um com uma fome mai voraz que o outro, o leite da corrupção deve fazer bem tamanha a disputa por uma indicação partidária…

    Eu não falo do que não sei, seria levantar falso, isto não faz parte da minha conduta. Aqui na cidade, o Prefeitinho deposto por corrupção era também evangelista, elevado ao posto de Pastor da Assembléia de Deus… O sujeito não é mais corrupto porque é um só, mas ele resolvel o problema, elegeu o seu filho como Deputado Estadual… Ah!!! Ele concorreu ao governo do estado e tomou uma traulitada das grandes…

    Corrupção em familia, denominação e irmandade…

    Portanto, os santos pastores da Assembléia dos DEUSES não são flor que se cheire quando o assunto são interesses politicos… Já que os do Reino de Deus eles não fazem questão de lutarem por eles…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  17. Carlos Roberto disse:

    OUTRORA ASSEMBLÉIA
    HOJE CASA DE ESPETÁCULOS

    A Assembléia de Deus viveu muitos anos em Jerusalém, símbolo de glória e de Deus presente, mas como Israel, o comodismo e o seu afastamento da vontade de Deus, fez com que o povo fosse levado cativo para Babilônia, a glória de Deus foi retirada, agora no cativeiro o povo de Israel busca refugio nos egípcios para se livrar de Babilônia e voltar à Jerusalém. Assim está a igreja Assembléia de Deus, buscando recursos do mundo – Egito – para que a glória de Deus volte a ser real em nossos cultos. Quantas ciosas do mundo fazem parte hoje dos templos e tudo isto em busca de se trazer de volta a presença de Deus como antes. Shows, bailes e outras inovações não vão sacudir o jugo de Babilônia.

    Mesmo Israel tendo sido levado cativo para a Babilônia, o castigo não surtiu efeito, que era o de produzir no povo frutos dignos de arrependimento. Muitos continuavam a levar a mesma vida eivada de erros, cuidando estar procedendo de maneira leal a Deus, e deste modo queriam consultá-lo por intermédio de Ezequiel. Alguns resistiam às predições do Profeta, endurecendo o coração para não ouví-lo, outros reclamavam que tinham sido abandonados por Deus e que estavam pagando pelos pecados de seus pais. Ezequiel teve ainda que se confrontar com os falsos Profetas que profetizavam paz, prosperidade e restituição dos bens perdidos. Assim estão os Profetas de hoje, as suas mensagens são somente para agradar o povo, pregam o que o povo quer ouvir e não o que o povo precisa ouvir. Mesmo que as predições de Ezequiel fossem duras e difíceis de ouvir, eram inspiradas por Deus, e muitos o consideravam como Profeta e embora não o obedecessem, sempre iam ouvir as suas mensagens.

    Muitos pregadores estão preocupados com o teor de suas mensagens, em como agradar os ouvintes, e procuram encaminhá-las de tal maneira que o povo não venha a rejeita-los, prejudicando a freqüência dos mesmos aos cultos, e pregam contando histórias, piadas e fazendo graça para levar o povo ao riso em lugar de glorificar o nome de Jesus, querem transformar o púlpito, que para mim sempre será um lugar sagrado e consagrado, não me importando quem tenha um parecer contrário, em lugar de espetáculo. Púlpito não é lugar para bobo da corte, púlpito é lugar de subir homens sérios, também, não carrancudos, e de se falar coisas sérias, que dizem a respeito de um Deus sério. Falta muita Palavra de Deus em nossos cultos e é por isto que faltam os milagres, pois é a pregação da Palavra no nome de Jesus, que misturada com a fé de quem ouve que traz os milagres à igreja e ela é viva e eficaz e também mais que suficiente. Então para que ficarmos contando histórias e piadas? Para que correr atrás das coisas deste mundo se a missão da igreja é evangelizar este mesmo mundo?

    Carlos Robert Martins de Souza

  18. Elton disse:

    Carlos Roberto disse:
    Elton,

    Na minha cidade um destes pilantras, um MERCENÁRIO DA ASSEMBLÉIA DOS DEUSES é candidato declarado a uma vaga na Assembléia Legislatia do Estado, um picareta de mão cheia… Ele está em franca campanha por uma boquinha nas tetas da vaquinha ilustre nos currais, ou melhor, nas pocilgas da plitica

    Carlos Roberto, não estou aqui defendendo nenhum pastor assembleiano, o que eu estou te falando é que a palavra MERCENARIO não cabe nem mesmo com a justificativa que vc me deu.
    E essa sua estorinha ta mais pra boi durmir veja:

    Era uma vez…
    Na minha cidade….

    Paciencia, sua mania de persequição faz vc desconhecer as palavras corretas do nosso portugues, o correto ai seria ate corrupto, mas mercenario…
    Ah e outra é importante que vc saiba que qdo me refiro a AD, falo da matriz e não das geradas por rebeldia.

    De qualquer forma, tenta melhorar a sua justificativa pois essa ai não colou.

    Abraços.

  19. Carlos Roberto disse:

    Elton,

    Você é mesmo burro… Desculpa, eu não tenho adjetivo melhor para qualificá-lo. Por favor, abra a sua Bíblia em João 10:12 e lei, se é que você sabe ler, e veja quem foi que disse ques estes pastores da ASSEMBLÉIA DE DEUS que se aventuram na politica abandonando o rebanho. Levaram a vaca para o brejo e foram junt, lógico, de olho nas pocilgas da politica para ver se conseguem as sobras da boltoas dos porcões.

    Segundo o própeio Jesus, estes pseudo-pastores são ladrões na concepção exata do vernáculo… Caso queira comprovar o que afirmo, leia João 10…

    Se liga cara, de Bíblia eu conheço e repeito o que le me ensina…

    Examinai as Escrituras e “Não sejais como o cavalo ou como a mula, que não têm enendimento… – Salmos 32:10.

  20. Simei disse:

    Só acho que se fosse o carnaval ninguem reclamava!
    pois olhando por lados de governo, esse evento ejeta um grande capital na cidade e no estado, vem pessoas do brasil todo, isso para politica é turismo, pelo menos eles veem assim,

    Mas Deus levanta os impios pra ofertar, pois nos os “Seguidores de Cristo” não ofertamos por medo de falarem que igreja so quer dinheiro, que pastor so quer dinheiro,

    Ah se vivessemos a doutrina dos apostolos, não precisariamos ouvir o padre Fulano Alberto aqui chamando todo mundo de mercenario(se bem que tem alguns que são, mas na cabe a nos julgar),pois os pastores não precisariam ministrar oferta pro povo prosperar!!!!

  21. Ju disse:

    Esse Carlos Alberto é chato heim?????? kkkkkkkkkk

  22. Simei disse:

    Ei vamos fazer uma petição para os moderadores do site bloquearem o carlos roberto ele so tumultua as noticias!!!!

  23. Carlos Roberto disse:

    PROPOSTA DECENTE

    “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo” – I Coríntios 11:1

    Bem, vocês querem que eu me comporte de maneira diferente, que eu não trate os PREDADORES MUNDERNOS COMO TAL, então faço aqui uma proposta simples, objetiva e honesta. Mostrem-me um, apenas um nome de um dos PREDADORES MUNDERNOS, u Pregador Pentecostal ou um destes ANIMADORES DE AUDITÓRIO que freqüentam as telas da televisão que levam a sério e cumprem à risca a recomendação de Paulo quanto a sermos seus imitadores. Mostrem-me um que tenha pelo menos dormido numa prisão uma só noite por causa do Evangelho. Não vale por sonegação fiscal ou evasão de divisas. Mostrem-me um que carregue em seu corpo as marcas do evangelho. Eu disse marcas e não “MÁSCARAS”, unzinho… Mostrem-me um que tenham sofrido pelo menos uma sessão simples de açoite… Mostrem-me um sujeito que confessam uma fé semelhante à de Paulo…

    Mostrem-me um PREDADOR MUNDERNO que seja honesto, modesto na sua vida, íntegro, arredio à política, ousado, corajoso, e intrépido… Mostrem-me um: “Servindo a Deus com humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas cidades dos judeus me sobrevieram” – Atos 20:19, ou alguém que diga sem medo: “De ninguém cobicei a prata, nem o ouro, ou o vestido” – Atos 20:33. Mostrem-me alguém que diga: “…E não vos serei pesado, pois não busco o que é vosso, mas a vós” – II Coríntios 12:14.
    Mostrem-me apenas um que consiga atender a este exemplo de Paulo: “Já estou crucificado com Cristo, e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim, e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” – Gálatas 2:20. Eu vou me contentar com apenas um… Prometo que se acharem e me indicarem um que se aproxime disto eu me calo para sempre…

    Hoje os cristãos precisam abrir os olhos para enxergar a VERDADE, colocar o amor pela igreja e suas doutrinas em segundo plano e focar a atenção na PALAVRA E VIVÊ-LA. Necessitam de um recomeço, uma nova vida a exemplo de Paulo. O difícil é convencer os crentes mundernos desta necessidade proeminente, desta que é a única solução para a crise de fé que vivemos.

    O Apóstolo Paulo deu um passo de coragem, de amor em direção à VERDADE, Cristo, perdeu tudo o que era considerado importante: família, amigos, nome, títulos, respeito, etc. Mas tinha a certeza que este era o caminho real e de vitória e por Ele deu a vida. O preço é muitíssimo alto para os padrões atuais e os servos que o abraçarem precisam rever CONCEITOS e PRINCÍPIOS. Os diplomas de teologia, cargos de presbíteros e diáconos, títulos de Missionários, Bispos, Apóstolos, a condição de membro de uma bela igreja ou não, convívio familiar, amizades etc. Em alguns casos precisam ser colocados em segundo plano, para que A VONTADE E A GLÓRIA DE DEUS RESPLANDEÇA na vida. Paulo agiu assim e foi maravilhosamente abençoado e honrado pelo Senhor.

    Muitos preferem viver na APARÊNCIA, um Evangelho vazio sem vida, sem prazer, por obrigação ou medo do inferno. Carregam o rótulo de crentes, são SEGUIDORES DE HOMENS IMPORTANTES e nestes espelham a vida. Porém, não possuem o Espírito Santo e a satisfação de amar e ser amado pelo Pai. Não carregam em seus corpos as marcas de Cristo, aquelas que lhe foram presenteadas na cruz…

    É tempo de Mudar!

    Portanto, fica o desafio… Espero, por trinta dias, que alguém encontre UM, um só que atenda aos requisitos básicos para o exercício da fé…

    “Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam” – Filipenses 3:17. Palavras de Paulo…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  24. edr disse:

    o carlos xaroperto quer que sejamos imitadores dele agora…..rsrsrsrs daqui um pouco vamos descobrir que ele é o INRI CRISTO kkkkk, fala sério esse cara é uma piada…. adora chamar atenção!!!!

  25. edr disse:

    O mais legal é que fiz comentario em que a minha opnião ia contra o site aqui…. aí o comentario sumiu, baita liberdade de expressão!!!!

  26. FRANK disse:

    ESSE carlos roberto tem q ser ignorado, ja disse aqui q os comentarios dele sao iguais a papel higienico….longos e com a mesma utilidade

  27. Anallidia disse:

    Isto tudo que está acontecendo é porque o GMUH deixaram de acreditar no Deus que prove,do Deus que cuida dos missionarios, eles estão precisando saber que DEUS nunca vai deixar faltar NADA, para aqueles que nEle confiam. Estão perdendo a lisura de um trabalho que antes era muito sério, um culto onde as pessoas eram levadas a refletir sobre a verdadeira importancia do IDE de Cristo, porém hoje tornou-se um grande investimento religioso para o GMUH.
    Os organizadores estçao precisando fazer uma reflexao sobre a verdadeira importancia daquele evento, tirar do pulpito aqueles que só querem ser estrela ao inves de ADORADORES, pedir menos dinheiro, eu sei que a obra precisa ser mantida, porem eles estão pegando pesado e pedindo demais fica até feio para a Igreja de Cristo nesta TERRA.
    GMUH, DEUS AINDA QUER REALIZAR OBRAS GRANDIOSAS NA FACE TA TERRA ATRAVÉS DE VOCES, MAS VOLTE-SE PARA O DEUS QUE LHES FEZ A CHAMADA, CREIA QUE É DELE QUE VEM A PROVIDENCIA.

  28. Carlos Roberto disse:

    NOTA DE ESCLARESCIMENTO

    Diante de algumas colocações aqui postadas, é importante esclarecer que eu, Carlos Roberto Martins de Souza, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercito das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato” (inciso IV) e “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (inciso IX).

    Além disso, cabe salientar que a proteção legal de opiniões também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que “é inviolável a liberdade de consciência e de crença”. Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, que faço a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da “argumentação”, ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  29. FRANK disse:

    NOTA DE ESCLARECIMENTO
    Esse Carlos Roberto é um pé no saco.Ninguém aguenta mais.

  30. Carlos Roberto disse:

    QUESTÃO DE ÉTICA

    Ética religiosa NÃO É UMA PALAVRA BEM VISTA e tão conhecida nos meios evangélicos e, atualmente, tão pouco praticada no meio cristão. É latente que o crescimento, o desenvolvimento e a integridade de uma denominação, uma igreja ou uma entidade religiosa, repousam sobre o campo ético, campo esse que, infelizmente, não foi e não está sendo cultivado pelas lideranças religiosas neste século. Todo porque ela só anda acompanhada de uma tal LIBERDADE e da amiga dela a VERDADE.

    “FALAR DE ÉTICA SIGNIFICA LIBERDADE”, mas quando falamos de ética nos lembramos de normas de responsabilidade. No caso do cristianismo, ela deveria, POR DEVER DE OFÍCIO, ser estabelecida na Palavra de Deus, mas não é bem assim nos dias de hoje. Quando agimos, estamos seguindo uma norma, uma conduta que não nos deixa sair dos trilhos, e para isso devemos obedecer, caso contrário estamos infringindo uma lei, lei essa que foi criada para que o homem tenha direitos e deveres para levar esse mesmo homem a ter liberdade, caso aja com responsabilidade. A Bíblia é clara ao afirmar que em conhecendo a VERDADE – CRISTO – ela nos libertará, mas o problema é conhecer Cristo na sua profundidade. Hoje a superficialidade domina sobre todas as questões pertinentes à vida espiritual, conhecemos por cima. É como o “ICEBERG”, vemos o que está sobre a água, mas o que há por baixo, o perigo maior, não conseguimos sequer dimensionarmos.

    E para uma certa acomodação da consciência espiritual, foram surgindo formas que trazem aceitação e conformidade às gerações, tais como: “tudo o que acontece, tinha de acontecer”, “estava escrito”. ”Deus quis que fosse assim”. Os cristãos modernos preferem olhar pelo prisma do “já estava previsto”, para isto usam até textos Bíblicos na tentativa de se explicarem. Mas esquecem que quando a lei da fatalidade rege todos nos nossos atos e decide por nós, a ética desaparece e, com isso temos uma vida religiosa e uma conduta cristã falsificada, caminhamos então para acreditar na tal fatalidade como ultimo recurso.

    Para Kant, “O HOMEM DEVE SER SEMPRE TRATADO COMO UM FIM, E NUNCA COMO UM MEIO”. Aqui a coisa descamba, hoje, para a tristeza nossa, o homem é usado como meio para tudo. A religião e o cristianismo em particular não deixam duvidas quanto a este procedimento imoral e mortal. As massas viram instrumentos de manobras e de obtenção de riquezas, principalmente no meio evangélico, onde a coisa é escandalosa. O Evangelho, que na sua concepção no calvário, deveria ser gratuito, hoje é vendido nas esquinas, nas praças, nos palácios, nas televisões, etc. Muitas vezes ele é negociado a preço de banana, trocado por mordomias, por facilidades, por interesses sem o mínimo de ética possível. O que vale para as lideranças hoje é: “OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS”.

    A ética é daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar, quando alguém pergunta sobre ela. No caso da ÉTICA RELIGIOSA a coisa ficaria fácil de se compreender se os crentes fossem INSTRUÍDOS e INCENTIVADOS a ESTUDAREM AS ESCRITURAS, mas isto não é interessante para as lideranças religiosas hoje. Para estas lideranças, quanto menos os crentes modernos conhecerem de Bíblia, melhor, assim, eles podem agir com liberdade para pregarem e implantarem as suas ideologias e os seus conceitos de evangelho, conceitos estes completamente distorcidos. Não existe ÉTICA na religião, existem interesse corporativistas…

    Nos nossos dias fala-se muito de ética, os historiadores afirmam que quanto mais uma sociedade vive carente de ética, mais se fala dela. Não há como negar, a falta de ética no meio cristão é algo assustador, algo que fere qualquer princípio de relacionamento entre as pessoas. Etimologicamente “ÉTICA” alude àquilo que se costuma fazer, aquilo que normalmente se faz. A palavra grega “ETHOS” significa o costume social, o modo de comportamento de uma determinada sociedade. No caso da “ÉTICA ESPIRITUAL”, ela é mais abrangente, pois ela trata de coisas pertinente à alma, ao coração e a vida eterna do cidadão.

    Nos dias de hoje, numa mesma sociedade religiosa, notamos nítidas diferenças de costumes e práticas entre as classes da alta burguesia evangélica, representada pelos SEGMENTOS PENTECOSTAIS – são os papas da fé – e a pequena burguesia e o proletariado, aqueles que ainda acreditam que o Evangelho de raiz, aquele do cristianismo primitivo, pode vencer. Será que não haveria uma ética absoluta? Sabemos que ética no sentido absoluto, não é apenas aquilo que se costuma fazer em uma sociedade boa, é aquilo que É BOM EM SI MESMO, deve ser feito ou evitado a todo custo e em todo o caso, independentemente das vantagens pessoais ou sociais que daí se extraiam. Para os crentes modernos esta possibilidade não existe, todos querem tirar proveito de tudo… Transformaram Deus em escravo e exigem tudo dele. Aquilo que não é negociável é algo que não se pode discutir nem transigir ou transgredir. Vale ressaltar que os crentes modernos fizeram da transgressão um estilo de vida, violar conceito e princípios é uma prática comum entre os crentes do século XXI.

    Para Sócrates a palavra MORAL é sinônimo de ÉTICA, ele não se baseou em costumes do povo e dos ancestrais, mas na convicção pessoal. No meio evangélico contemporâneo, fala-se muito de liberdade de expressão como forma de cultuar, mas a vida tem regras para serem seguidas, regras essas que são impostas pela mesma liberdade e uma vez infringidas, acabam sofrendo conseqüências irreversíveis, como por exemplo, o indivíduo que se torna escravo de denominações e de “DOMINADORES”, ele agride seu CORAÇÃO e, mais tarde, terá aquelas gravíssimas com conseqüências na sua alma. O equilíbrio espiritual interno é a mola propulsora da harmonia na relação homem e Deus, por isso ao avaliarmos uma dada situação, devemos saber o caminho a ser seguido, tendo como referencial os nossos antepassados, os Apóstolos, que muito contribuíram para uma ética consciente no estabelecimento do cristianismo. Eles não dominavam, TESTEMUNHAVAM.

    Você já parou para refletir, na posição profissional de seu líder espiritual, qual o seu padrão ético? Qual o seu projeto de vida? Qual a sua verdadeira identidade? Qual e como será o seu caminho a percorrer? Seja na vida pessoal ou espiritual, temos que desenhar a história que queremos deixar por onde passamos. História essa que deverá ser escrita com letras garrafais, na qual deve prevalecer a integridade ética tanto MORAL quanto ESPIRITUAL. Sabe para quê? Para que no final da vida, você possa olhar para trás com satisfação e orgulho, reconhecendo que o que foi feito valeu à pena, deu fruto, floresceu.

    Estamos vivendo um momento espiritual de muitas incertezas, num país onde a competitividade entre MERCENÁRIOS RELIGIOSOS cada vez mais globalizado, que faz com que a lei do mais forte ou do mais esperto sobressaia. O famoso jeitinho sagaz e sutil do Diabo atropela os valores gerais rompendo com qualquer princípio ético. A igreja, desde os primórdios do cristianismo, foi concebida para ser um instrumento de aproximação do homem com Deus e com o seu próximo e, de repente, perdeu sua identidade no caminho, a igreja passou a ser o instrumento comercial para atingir objetivos escusos.

    Diante disso, o desrespeito aos padrões éticos espirituais de comportamento e de vida cristã, confundiu e ainda continua confundindo a cabeça de milhares que pensam estar prestando culto a Deus, quando na verdade estão cultuando entidade e lideres donos das EMPREJAS S/A. Diante do que foi dito, resta-nos reavaliar a nossa integridade ética espiritual, lembrando-nos de que a nossa ÉTICA ESPIRITUAL deve estar estabelecida sobre a Bíblia Sagrada, o que passar disto, corra a passos largos.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  31. edr disse:

    Nota de esclarecimento….
    Cara Chatooooooo esse carlos xaroperto!!!!!
    Não e fala sério tem tempo foi pesquisar até a lei agora quem ve parece que é dos mais entendidos no meu pc tambm tem goooogle….rsrsrsrsrsrs, deve ser aposentado pra ter tanto tempo!!!!!! Aí eu fico imaginando a idade do senhor em questão…. e o mais legal que até antes ele respondia tds os coment´rios agora resolveu sair por ofendidinho…. que piada!!!!

  32. Carlos Roberto Martins de Souza, vc é discipulo do Senhor Jesus ou é apenas um religioso que gosta apenas da letra? Não esqueça a letra, a ira, o ódio, a averssão e outros sentimentos mais que vc deixa transparecer no que escreve, mata! Não consigo ver humildade em vc. Lembra essa é uma caracteristica do Senhor Jesus. Vc é inteligente! Um abraço.

  33. Carlos Roberto disse:

    EDR,

    Jogue no 27,02,57, você é um cara de sorte. Sou um aposentado e muito bem, tanto que estarei deixando você em paz por um bom tempo, vou fazer turismo… Ouro Preto… São João Del Rei… Mariana…
    Vou fazer algo que você, com certeza absoluta, gostaria de fazer, um RALI RURAL pelas trilhas da ESTRADA REAL em Minas Gerais.

    Prometo que vou lembrar de você…

    Um bom fim de Semana!!!

    Carlos Roberto Martins de Souza

  34. edr disse:

    Olha o tipo…. me dizem o q tem a ver o q ele me disse….rsrsrs esse aí é doido mesmo, tava louco pra contar pra td mundo q ia viajar aí falou umas coisas nada á ver….e só pra constar eu não jogo pois não é esse o tipo de ensinamento que um verdadeiro servo de Deus tem…., bom mas em todo caso, B O A V I A G E M!!!!!!, Quem sabe você goste tanto que resolva ficar por lá aí não prescisavamos mais ter q ver pq ler ninguém le esses seus comentários futeis e kilometricos

  35. Levi varela disse:

    EDR,

    Esse Carlos Roberto não é, nunca foi evamgélico, apenas um conhecedor da biblia que tenta impldir uma bomba nesse site que si diz evangélico.

    Esse tal de Carlos Roberto é um instigador de desentendimentos, uma serpentes.

    Esse aí´é padre, só que desses bem ruins que gostam de criancinhas.

    Não vá na dele, é o secretário do capeta, um travestido.

  36. Marcos disse:

    O problema é esse!
    Quando as coisas são para anunciar a palavra de DEUS todo mundo se levanta contra tentando impedir.
    Mas quando é o carnaval ninguém fala nada todo mundo apoia essa festa da prostituição, quando o papa veio ao Brasil ninguém falou nada contra e é claro que o governo investiu para que o “Santo Padre” como eles dizem, fosse muito bem recebido em nosso país. Agora, uma coisa que fala de DEUS querem criticar. Vai criticar o menssalão onde esses politicos corruptos estão roubando o dinheiro público.

  37. Georges disse:

    .
    .
    Não concordo de jeito nenhum com instituição evangélica de qualquer natureza receber dinheiro de partido, candidato, ou qualquer outra organização não cristã.
    Principalmente igrejas que advogam pelo famigerado dízimo. Pois se alegam que o dízimo é para “sustento da obra”, não há como aceitar “fogo estranho no altar”.
    Nada justifica essa mistura.
    Nada.
    .
    .

  38. Leandro disse:

    O PT tá bravo porque não foi convidado…kkkkk…, se foi não compareceu por causa do Serra q é outro esperto, reza, ora e etc…, joga por todos os lados.

  39. Levi varela disse:

    Georges,

    Indago a ti. O Serra tem cara de quem tira uma moeda do bolso para dar a alguém?

    Se o fizesse, tiraria do fundo do partido?

    Desde quando os evangélicos precisaram de dinheiro público?

    Sempre adquiriram, nunca doação, tudo que possuem, como terrenos, igrejas, emissoras, trabalhos sociais, ou seja, 99%, portanto, não é agora que essa instituição centenária venha se macular com o dinheiro público aqui do Brasil, coisa que não ocorreu em outros países onde atua no trabalho evangelístico.

    Para que esse grupo quer quantia tão volumosa, R$ 500.000,00, quando se sabe que procuram no próprio meio a sua sustentação.

    Antes de Serra, de Lula, de Fernando Henrique Cardoso, a instituição já existia e se conduzia por si, por seus méritos, não por podridão a la brasil.

  40. Ev.Tiago Neves disse:

    Fico um tempo fora volto ,os mesmos comentarios filosófos e intelectuais de um dono da verdade,nossa não aprende mesmo,mais sobre a matéria temos que ver qual foi a maneira ilicita que MP vai investigar,mais o grande problema é que o pt queria ajudar mais o serra saiu na frente é isso ,briga politica e porrisso comcordo que a palavra de Deus não deve se misturar.Senpre a mesma coisa chega perto da eleição eles saem desesperados atrais de voto e apoios é senpre asim sem novidade. Um grande abraço a todos…..

  41. Idalino disse:

    Levi vc não gosta do Silas e da CGADB aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=9J-zK0W4IF8

    Palavra do Samuel Camara candidato do Silas para liderar a CGADB

  42. Idalino disse:

    Rei da heresia esta de volta.
    No congresso dos Gideões
    Um amugo que foi la me falou esses dias.

    O senhor Oriel de Jesus,muito lembrado pelo seu livro Diabolico,Angeolatra.Esse ano volta com todo o apoio .Preletor no Domingo ao lado de Marco Feliciano,e Napoleão Falcão nos Gideões em Santa Catarina.

    Segue os links:

    http://www.youtube.com/watch?v=KQOgkYQCOWY

    http://www.youtube.com/watch?v=XD1xxRs6rOQ&feature=related

    O Oriel foi exccluido das Assembleias de Deus dos EUA.

    Entre suas heresias estao:

    Se colocar como 4º pessoa da divindade;

    separar lugar no pulpito para anjos e para a trindade :

    Pregar uma Teologia herege e nada ortodoxa,com visões que destroem as sagradas escrituras,entre elas de que Deus repreemdeu a Cristo,falando que o trabalho no qual ele nao concluiu o Oriel o terminaria.

    Depois de suas heresias ,que em 2003 foi ao maximo com o seu livro.De mais de 10 mil membros sua igreja esta reduzida a apenas cerca de uns 150 seguidores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *