Dono de restaurante usa filme “Jesus de Nazaré” para evangelizar e vê clientes se converterem

3

Um filme sobre a vida e ministério de Jesus foi o responsável pela conversão de 30 pessoas ao Evangelho. Porém, o fato diferente nessa história é que as conversões ocorreram ao longo dos anos, e não em uma única exibição.

Um dono de restaurante em um país do sudeste asiático vem exibindo o filme “Jesus de Nazaré” ao longo de vários anos, durante seu horário de expediente. A versão exibida é dublada para a língua local.

Um membro da equipe missionária Southeast Asian Campus Crusade for Christ foi recentemente fazer uma refeição no estabelecimento e ficou surpreso por ver o filme sendo exibido no local. Quando abordou o dono para falar sobre o assunto, ouviu a história sobre as conversões.

O proprietário contou ainda que dentre os convertidos, alguns eram seguidores da religião dominante no país. Informações sobre o país e a religião foram omitidas da reportagem do MN Online por questões de segurança, já que o restaurante e o próprio dono já foram ameaçados por extremistas religiosos.


A exibição do filme, atualmente, só é feita quando o proprietário do restaurante sente que não há perigo contra ele, seus clientes ou seu estabelecimento.

“A dublagem de “Jesus de Nazaré” ​para novas línguas está aguardando parceiros para que centenas de milhares pode ter a oportunidade de experimentar o evangelho pela primeira vez. É uma ferramenta com potencial para chegar a cada pessoa e de cada povo em sua língua materna.

O filme

O filme “Jesus de Nazaré” foi produzido em 1977, sob direção de Franco Zefirelli. Inicialmente, o projeto ítalo-britânico foi exibido como uma minissérie de TV, mas posteriormente foi montado como filme, e exibido em diversos países.

Ao longo dos anos, muitos grupos missionários se juntaram para financiar a dublagem do filme em novos idiomas, o que permitiu ao longa-metragem alcançar milhões de pessoas ao redor do mundo.

3 COMENTÁRIOS

    • Pois então Sandro, olhando por este prisma, milhões descem todos os dias aos braços de satanás, e sabe o que me preocupa mais, é que o mentiroso satanás, levanta obreiros em todos os lugares.
      Fazendo com que pessoas incultas e cheias de pecado creiam, que é possível abolir o pecado, em nome do sacrifício de Jesus na cruz.
      Logo acreditam, que mesmo se prostituindo, adulterando, roubando, praticando perversões como o lebianismo, ou o homossexualismo, entraram nos céus, dizem Deus é amor, e ele me ama assim.
      Veja bem, Jesus amou sim, como seu pai o fez, um deu seu único filho, e o outro entregou-se por amor ao Pai.
      Plenamente bem sucedido em seu ministério, ajuntou a sua volta, ladrões prostitutas, incrédulos e de toda a sorte de pecadores.
      Mas o que estes pseudos intelectuais do evangelho transmudado, por satanás, aquilo que ele não conta, ¨é que todos aqueles que aceitaram a Cristo deixaram o pecado¨ são novas criaturas e as coisas velhas passaram.

DEIXE UMA RESPOSTA