Enfermeira é demitida de creche após explicar a colega lésbica porquê a Bíblia define a homossexualidade como pecado

55

Uma enfermeira cristã foi demitida de seu emprego por expressar seu ponto de vista, baseado nos princípios cristãos, de que a homossexualidade é pecado.

Os empregadores de Sarah Mbuyi resolveram desligá-la da empresa por falta grave quando souberam do posicionamento dela a respeito do assunto. A enfermeira havia falado sobre o porquê a Bíblia define a homossexualidade como pecado para responder a uma dúvida de uma colega de trabalho.

De acordo com o Charisma News, Sarah trabalhava na creche desde abril de 2013, e mantinha um bom relacionamento com a colega lésbica, com quem passou a ter conversas intensas sobre o significado do cristianismo.

No começo deste ano, a colega expressou tristeza por não poder casar na igreja com sua parceira e afirmou que acreditava que Deus era tolerante com a homossexualidade. Sarah  tentou explicar o contrário à colega: “Quando eu disse que ‘não, Deus não tolera a prática da homossexualidade, mas tem amor por você e diz que você deve ir a Ele como você é’, ela se emocionou e saiu para me reportar ao meu patrão”, relatou a enfermeira.


“Eu nunca a condenei ou acusei, mas quando ela me perguntou diretamente o que eu acreditava, eu estava aberta a partilhar o ensino da Bíblia que homossexualidade não é certo, é errado. É claro que isto a ofendeu e ela estava determinada a me ver demitida simplesmente porque eu expressei crenças cristãs tradicionais”, lamentou Sarah.

Depois de uma audiência disciplinar unilateral em que Sarah foi acusada de iniciar a discussão sobre o assunto, os diretores de creche a despediram imediatamente por falta grave, o que é equivalente a justa causa.

A entidade Christian Legal Centre, que presta apoio jurídico aos cristãos na Inglaterra se manifestou na figura de sua diretora, Andrea Williams, e prestou apoio à enfermeira: “Compartilhar as verdades bíblicas de amor genuíno e preocupação com colegas está sendo proibido no local de trabalho por um acerto cultural dominante. Há uma cultura do medo, que fecha a liberdade de expressão e a manifestação de fé. Esta cultura marca a libertadora Boa Nova do Evangelho como opressiva e regressiva”, afirmou.

De acordo com Andrea Williams, “o caso de Sarah demonstra a confusão que estamos enfrentando nos tempos atuais. [O primeiro ministro inglês] David Cameron deu o reconhecimento público do enorme impacto positivo que Jesus Cristo teve na nossa nação, mas ele quer moldar o cristianismo à sua agenda política. História mostra que o cristianismo é maior do que qualquer agenda política”, pontuou a executiva, fazendo referência às propostas favoráveis à militância homossexual que vem sendo debatidas no Reino Unido.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

55 COMENTÁRIOS

    • Também achei radical demiti-la por isso, mas cada país com seus costumes e política.
      Imagine se se você chega para um negro e diz que ele é um descendente amaldiçoado de Nóe. É EXATAMENTE a mesma coisa, está escrito na bíblia, é liberdade de expressão. Não sei com agiriam no reino unido, mas aqui no Brasil é cadeia.

      • Viajou heim amigo. Essa história de que o s negoros são descendetes amaldiçoados de noé não está na biblia e essa teoria nunca foi provada históricamente.

  1. Mas a lésbica perguntou, ué? Pergunta para não querer ouvir a resposta… quem foi intolerante não foi a cristã e sim os patrões e a lésbica. Nunca vi um cristão sincero demitir alguém por sua sexualidade ou por crença.

  2. Resolvi postar um texto de Mário Persona, adaptado para o momento.
    O que a Bíblia diz sobre o homossexualismo e o homossexual?
    A opinião das pessoas podem até ser respeitadas, mas há momentos quando precisamos decidir se obedecemos à opinião das pessoas ou a Palavra de Deus.
    As pessoas têm dúvida se devem aceitar realmente o que diz a Bíblia, que foi escrita há tanto tempo, ou se o melhor seria simplesmente se deixar levar pela opinião pública e pelo senso comum. A opinião pública irá cada vez mais considerar a prática do homossexualismo apenas uma opção de vida, porém é importante a pessoa decidir quem deve dirigir sua vida: a opinião pública ou Deus. Um dia todos nós deixaremos a opinião pública para trás – o que os outros pensam e dizem – e iremos nos encontrar com Deus. Lembrem-se de que foi a opinião pública que decidiu pela soltura de Barrabás e condenação de Jesus.

    “Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado.” Mateus 27:21, 22

    O homossexualismo não é doença, e na Bíblia ele é descrito como até mais do que um pecado: é uma perversão e abominação diante de Deus. Não sou eu quem afirma isso, mas sim a Bíblia. Veja bem que estou me referindo à prática, não à pessoa do homossexual. Deus pode amar a pessoa, independente de como ela seja, mas não ama práticas que são contrárias à Sua própria natureza. É importante entender isso, pois a primeira reação que o pecador tem contra Deus é a de tentar se defender de algo que Ele condena, achando ser Deus injusto e sem amor.
    A Bíblia está cheia de passagens condenando tal prática. Os homens de Sodoma queriam fazer sexo com os anjos que se hospedaram na casa de Ló. Daí vem à palavra “sodomita” que é o homem que procura outro homem para possuí lo como a uma mulher. Tanto o que faz o papel de homem como o que faz o papel de mulher está pecando e cometendo uma abominação:

    “Não haverá prostituta dentre as filhas de Israel; nem haverá sodomita dentre os filhos de Israel. Não trarás o salário da prostituta nem preço de um sodomita à casa do SENHOR teu Deus por qualquer voto; porque ambos são igualmente abominação ao SENHOR teu Deus…. Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é… Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação” Dt 23.17; Lv 18:22; 20:13.

    Em algumas traduções, ao invés de “sodomitas” a expressão usada é “rapazes escandalosos”, “rapazes alegres” (daí usar a palavra inglesa “gay” que significa “alegre”), “prostitutos cultuais” ou “prostitutos sagrados” (porque os israelitas tinham incorporado o sexo aos rituais religiosos, como faziam os pagãos) (1 Reis 14.24; 15.12), e os homossexuais são novamente citados no Novo Testamento, em Romanos 1.26,27, tanto com respeito ao homem como à mulher (lésbicas, lesbianismo), prevendo aí um juízo que cairia sobre seus próprios corpos, sem contudo identificar especificamente que juízo seria esse:

    “Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” Rm 1:26,27

    Na revista Newsweek a reportagem sobre o médico que descobriu que a homossexualidade é uma alteração existente no cérebro. O curioso é que o médico revela ser homossexual desde criança, e que isto sempre lhe dava uma intranquilidade de consciência, até descobrir que era algo congênito (de nascença). Fico na dúvida se ele descobriu alguma evidência científica ou se descobriu tão somente algo que queria descobrir. Mas o artigo mostrava que tudo não passava de uma teoria, assim como a teoria da evolução. Ou seja, não há provas.

    Não se pode negar que existam pessoas que nascem com mais hormônios do sexo oposto, mas isto não é justificativa para que cometam alguma torpeza. Talvez sejam até mais tentados em sua carne do que aqueles que têm uma predominância de hormônios de seu próprio sexo, mas nada justifica que venha a praticar um ato sexual abominável a Deus. Tentar usar o argumento de excesso de hormônios (masculinos ou femininos) para justificar o homossexualismo ou lesbianismo é o mesmo que usar o argumento da pobreza para justificar o crime. Como diz o ditado, você não pode evitar que as andorinhas voem sobre sua cabeça, mas pode impedir que façam ninhos em seus cabelos.

    Há homens claramente efeminados (com características femininas), de nascença, modo de criação ou devido a um excesso de hormônios femininos, que se casam, têm filhos e são felizes como homens. Devemos lembrar que o homossexualismo é tratado, na Bíblia, não apenas como um pecado, mas como uma abominação. O que pratica um ato sexual condenado por Deus é culpado daquele pecado, não importando se tenha alguma tendência fisiológica para tal.

    Isto porque são necessários alguns passos até se chegar ao ato, passos estes que poderiam ser evitados se a pessoa simplesmente quisesse evitá los. Uma pessoa nascida em meio a bandidos e assaltantes pode ter a tendência de se tornar um bandido e assaltante, mas isto não a isenta da culpa se vier a praticar um crime. (Aliás, o crime é praticado em qualquer classe social e a grande maioria das pessoas pobres são pessoas honestas, não se valem da desculpa da pobreza para poderem roubar). Nossa carne certamente se inclinará para o mal, pois a Palavra de Deus diz que “a inclinação da carne é inimizade contra Deus” (Rm 8.7).

    Aquele que é nascido de novo tem uma nova vida e possui o Espírito Santo habitando em si. Este lhe dará vitória contra qualquer tendência natural de nossa carne. Se acharmos que a inclinação de nossa carne deve ter livre curso, então temos que dar livre curso também aos outros desejos que brotam no coração de todos, ou seja, de praticarmos o que bem entendermos, matando, roubando, ferindo e praticando todo tipo de torpeza.

    Talvez alguém diga que é diferente de matar ou roubar, pois não faz mal aos outros, que homossexuais são cidadãos que podem viver uma vida respeitável, que devem ser respeitados etc. Sim, é verdade. Existem homossexuais que são muito mais honestos e respeitáveis do que muita gente que vive com a Bíblia debaixo do braço. Além disso, de acordo com as leis que temos na maioria dos países tal prática não pode ser comparada àquelas que costumamos enxergar como crimes contra o ser humano e a sociedade, e em muitos lugares tratar um homossexual com discriminação pode ser considerado crime.

    Mas não é esta a questão que está sendo tratada aqui, não interessa como os homens enxergam isso ou aquilo, mas de como Deus enxerga e diz em sua Palavra. E se você crê que a Bíblia é a Palavra de Deus, convém analisar a prática sob esse ponto de vista, ou descartá-la de vez para ter a opinião pública ou sua vontade própria como bússolas de sua vida. A responsabilidade é individual cada um terá de prestar contas de seus atos a Deus.

    Nesse texto não vai uma crítica à pessoa homossexual, mas à prática da homossexualidade, e também não é baseado no modo como a sociedade aceita ou deve aceitar determinadas práticas. Não sou melhor do que qualquer pessoa e jamais poderia me colocar na posição de juiz. Eu mesmo sou suscetível a qualquer prática mais ou menos prejudicial ou contrária à Palavra de Deus e, como todo e qualquer ser humano, estou incluído na condenação genérica da qual a Bíblia fala e que coloca todos nós na mesma condição: pecadores necessitados de um Salvador. Portanto, não são seres humanos falhos que devemos tomar como referência, mas o que Deus diz em Sua Palavra.

    “Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer… Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só… Não há temor de Deus diante de seus olhos… para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus… Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus… Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.” Rm. 3.

    Evidentemente, a tendência na sociedade será cada vez mais de aceitação de diferentes inclinações sexuais, sob a alegação de se tratar de opção pessoal e não implicar em dano à sociedade como um todo. Até mesmo as leis tenderão a reconhecer uniões do mesmo sexo como válidas para preservar os direitos das pessoas envolvidas, como acontece em qualquer sociedade entre duas pessoas. São questões civis legisladas por homens e que acabarão definidas pelos legisladores e serão obedecidas pelos cidadãos.

    Obviamente isso não deveria incluir a ideia de casamento gay defendida e já conquistada por alguns, o que sem dúvida é uma triste caricatura de uma instituição divina criada para o relacionamento entre um homem e uma mulher para, entre outras coisas, auxílio mútuo, procriação e, principalmente, representar Cristo e Sua noiva, a Igreja.

    Portanto, o ponto aqui não é o que a sociedade aceita, o que as leis dizem do ponto de vista de uma relação civil entre duas pessoas ou o que as pessoas querem fazer por escolha própria. O ponto é: Deus aceita a homossexualidade como algo normal para Ele? Não. Deus pode amar um ateu, mas não irá amar o ateísmo, contrário à Sua própria existência. Ele pode amar o homossexual, mas não irá amar o homossexualismo, contrário ao Seu plano original da Criação:

    Disse Jesus: “Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea. Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher, E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.” Mc 10:6-9.

    Deus disse, que devemos amar e respeitar todas as pessoas, independente do estilo de vida ou preferência sexual que escolheram, mas isso não quer dizer que devemos aceitar ou concordar com suas práticas ou com o modo de vida que escolheram.
    Lembrem-se de que qualquer verdadeiro cristão deve proceder como o Senhor Jesus procedeu quando andou neste mundo: Ele sempre amou o pecador e detestou o pecado. Todas as pessoas devem ser amadas como Deus as ama, independente de seu modo de vida. Mas amá-las não implica em aceitar seu modo de vida, principalmente quando temos diante de nós um testemunho claro daquilo que Deus pensa sobre o assunto.

  3. Radicalismo puro e simples. Ninguém deve ser demitido pela opção religiosa ou orientação sexual. Fico cansado de atitudes absurdas vindas de qualquer um dos lados, diga-se. Corremos o risco de nos tornarmos – se é que já não somos – um celeiro de fundamentalismo político, como é o caso em tela, e ou religioso, como são outros casos onde homossexuais são impedidos de trabalhar em virtude de sua orientação. Chega de radicalismos inócuos!

  4. Ovelinhas aprendam uma coisa, se a palavra eh de PRATA o silencio eh de OURO, portanto se ela tivesse ficado na dela, estaria empregada ate agora, pior, ainda, no Reino Unido se pede referencia pra TUDO, nao eh soh pra emprego, nao, entao, que ela aprenda a licao.

      • Lulala, nao, eles nao perguntam nao, as pessoas respeitam, aqui por exemplo, voce nao ve gays se beijando na rua, no maximo do maximo, um ou outro de maos dadas, mas isso eh raridade. mas o respeito eh mutuo, tanto dos heteros para com os gays, qto dos gays para com os heteros.

    • SENDO ATALAIA.
      E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, fala aos filhos do teu povo, e dize-lhes: Quando eu fizer vir a espada sobre a terra, e o povo da terra tomar um homem dos seus termos, e o constituir por seu atalaia; (Ezequiel 33:1-2)

      Deus chamou o povo como Atalaias sobre a sua casa, família, sobre o seu bairro, sua rua, sua cidade, seu estado pais, sobre toda a nação, e a função do Atalaia é pregar a Verdade falar das coisas concernentes ao Reino de Deus, pregar sobre salvação, mostrar os erros e pecados que conduz a destruição e morte, é falar para que o povo abandone estas praticas erradas e se salvem, pois a única maneira de salvação é a conversão é a mudança de habito, e a entrega total ao Senhor, é viver segundo os seus preceitos, é usar a Palavra como luz, para iluminar tudo o que for fazer, andar, pensar; porque somente orar, ir a igreja não garante salvação a ninguém. A função do Atalaia não é ficar prometendo bênçãos , mas dizer, avisar, alertar para que haja o abandono de pecados.”E, vendo ele que a espada vem sobre a terra, tocar a trombeta e avisar o povo; Se aquele que ouvir o som da trombeta, não se der por avisado, e vier a espada, e o alcançar, o seu sangue será sobre a sua cabeça.”(Ezequiel 33:3-4)O Atalaia tem que saber que a causa da dor do sofrimento, das mazelas é o pecado, que a causa da morte, da perda da salvação é o pecado, e tendo este conhecimento e não avisar Deus com certeza cobrará dele; pois não podemos nos omitir, com medo de magoar alguém, de perder uma amizade, ou de ser chamado de fanático, ou os parentes criticarem, ou se tornar anti social, não podemos querer agradar o mundo, pois se não avisarmos além da pessoa se perder nos também nós perdemos; quando não falamos com os nosso para abandonar os erros e pecados, quando os pais concordam e aceitam um filhos e um parente no homossexualismo, ou divorcio, ou na mentira, em qualquer pecado dizendo que aceita por amor, que tem que tolerar, está induzindo a morte tanto a pessoa como a si próprio, pois isto não é amor é desobediências.
      “Ele ouviu o som da trombeta, e não se deu por avisado, o seu sangue será sobre ele; mas o que se dá por avisado salvará a sua vida.” (Ezequiel 33:5)A Nossa função é avisar, alertar, chamar ao arrependimento, mas, se a pessoa não quiser nada podemos fazer, como obriga-la, mas fizemos o nosso papel ela persistindo nos erros sofrerá as consequências e com certeza se não se converterá viverá a morte, mas, nós salvamos a nossa pois executamos o que o Senhor determinou. “Mas, se quando o atalaia vir que vem a espada, e não tocar a trombeta, e não for avisado o povo, e a espada vier, e levar uma vida dentre eles, este tal foi levado na sua iniqüidade, porém o seu sangue requererei da mão do atalaia.”(Ezequiel 33:6)Mas todas as vezes que nos omitirmos vendo alguém na prostituição, na mentira, desonestidade, enganos confusão violências e nada falarmos mesmo sabendo que o caminho da desobediência é morte, então com certeza perderemos a nossa vida, e juntos com ele iremos padecer por toda a eternidade, e isto independente de que tenhamos feitos de bom. “A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca, e lha anunciarás da minha parte. “(Ezequiel 33)Somos constituídos por Atalaia de Deus, quando temos o conhecimento da verdade e vivemos em sociedade, somos intimados a falar, clamar contra o pecado dentro da nossa casa, com os nosso familiares e com todos os que conhecemos e convivamos, ao não falarmos estamos nos omitimos estamos em total desobediências e o sangue será requerido de nós. “Se eu disser ao ímpio: O ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para dissuadir ao ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, porém o seu sangue eu o requererei da tua mão. “(Ezequiel 33:8)Deus já deu a sentença a todos os pecadores, e a única maneira de se livrar desta sentença é se convertendo ao Senhor portanto é o nosso dever salvar vidas, alertar para que abandone e vivas, para evitar que também juntos com ele morramos; somos Atalaias, devemos nunca esquecer disto. “Mas, se advertires o ímpio do seu caminho, para que dele se converta, e ele não se converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma.”(Ezequiel 33:9) A nossa responsabilidade se limita a alertar e clamar contra o pecado, se ouvir ganhamos, se não ouvir ou aceitar a nossa palavra.
      “Tu, pois, filho do homem, dize à casa de Israel: Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas transgressões e os nossos pecados estão sobre nós, e nós desfalecemos neles, como viveremos então?” (Ezequiel 33:10)A pregação tem que ser a condenação do pecado, insistir para que abandone as praticas erradas e se moldem a ao evangelho e não pregações emotivas e mentirosas, mas simplesmente falar a Palavra de Deus. “Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?”(Ezequiel 33:11) O Senhor quer que todos nós vivamos não que morremos, porém a escolha sempre será nossa. “Tu, pois, filho do homem, dize aos filhos do teu povo: A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; e quanto à impiedade do ímpio, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua impiedade; nem o justo poderá viver pela sua justiça no dia em que pecar. Quando eu disser ao justo que certamente viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar a iniqüidade, não virão à memória todas as suas justiças, mas na sua iniqüidade, que pratica, ele morrerá.Quando eu também disser ao ímpio: Certamente morrerás; se ele se converter do seu pecado, e praticar juízo e justiça,Restituindo esse ímpio o penhor, indenizando o que furtou, andando nos estatutos da vida, e não praticando iniqüidade, certamente viverá, não morrerá. De todos os seus pecados que cometeu não se terá memória contra ele; juízo e justiça fez, certamente viverá.”(Ezequiel 33:12-16) Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus abençoe.
      Um abraço.

    • E depois ela teria que prestar conta a Deus,pela alma que foi pro inferno,sabendo que Deus ama o pecador,mas abomina o pecado!Nem sempre o silencio é ouro,mas eu tenho certeza que se a enfermeira fez a parte dela com Deus,ensinando a verdade pra amiga,pode ter certeza que deus vai abrir um portao de bençãos, Simples assim!!!

  5. Anónimo herodes adoraria que você passasse este teu conselho para João batista e livrasse ele de constrangimentos.esta enfermeira alem de passar pela porta estreita pela coragem que teve, deus ainda vai abrir um portão na vida dela.ela não foi tímida e pregou a verdade, parabéns pela coragem.

    • Luciano,

      João Batista errou.

      Eu tenho como certo que todos os gays sabem que a bíblia possui versículos que vão de encontro á prática.

      O problema é a repetição dessa informação, e mais ainda agora, onde se montou toda um estrutura para levar a juízo quem lembre a parte da bíblia que fale desse assunto, impõem a todos que se calem, pois o recado está dado, pelo menos do lado judaico-cristão.

      Voltando a João Batista, ora o casal real já havia ouvido dele que estavam errados, ou seja, o recado estava dado, o problema é que João Batista falava do tema de forma recorrente, digamos até torturante. Ninguém gosta de estar ouvindo um cuco(relógio) toda hora fazendo referência sobre supostos erros que praticamos. Na igreja, adúltero. No trabalho, adúltero. No seio familiar, adultero. Meu caro, isso passa a ser uma penalidade, é a pessoa ser julgada toda hora.

      Cristo nunca foi assim, quando Ele fez referência aos falsos religiosos, foi apenas uma vez e de forma indireta e generalizada, não dizendo nome de rabi algum.

      Já imaginou, meu caro, se Deus colocasse um som onde agente chegasse, enumerando os nossos pecados?
      Tal seria julgamento prévio, tortura, e do que se sabe, somos todos iguais(pecadores) e que Deus é o único juiz, Cristo, diferentemente, nosso advogado, e advogado algum fica passando na cara de cliente os pecados confessados, ou supostos pecados.

      Cristo não disse que Zaqueu era ladrão. Não disse que a mulher do poço era adúltera, ela é que disse, ela é que começou a confessar a Cristo, ela é que abriu a sua vida para Cristo, fato que se repete com a mulher que estava para ser apedrejada, Cristo a condenou, ela se arrependeu, ela confessou? Nem confessou e nem se arrependeu, apenas Cristo disse que não mais pecasse.Será que ela não mais pecou mesmo?

  6. A nova ditadura gay!” Tem de se travar estes fascistas désputas de irem mais além na sua prepotência de roubarem o direito de livre expressão religiosa consagrada nos Dreitos Humanos de Genebra. Isto é que é um crime. Querem pratcar a homossexualidade pratiquem á vontade entre si, mas não podem impedir os outros de discordar publicamente com isso pois é um direito que nos assiste. Queria ver a “corajosa” deste texto a apresentar queixa contra um muçulmano ou muçulmana. Vai mostrar peito ó grande valente? Valente mas só contra cristãos porque estes não se defendem nme sabem defender convenientemente os seus direitos, não é?

  7. Olha gente, quem sou eu para julgar alguém.
    Quando cai uma notícia aqui eu leio o texto, vejo o vídeo e se tem foto, amplio para ter uma real ideia do que está se falando, e sentir como são os atores da história.

    Pois bem, dito isto, vou deixar a minha impressão sobre o caso. Essa enfermeira, me parece deve ter dito para a outra que se não desistisse do seu lesbianismo iria para o inferno porque a bíblia condena, o que deixou a outra terrivelmente magoada ao ponto de se reportar ao seu patrão!

    Eu penso o seguinte, se não sabe o que dizer, se não sabe como dizer, melhor calar! Como dizia minha avó: “em boca fechada não entra mosquito!”

    Quem tem conhecimento é comedido no falar, e quem tem entendimento é de espírito sereno.
    Até o insensato passará por sábio, se ficar quieto, e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento.
    Provérbios 17:27-28

    • No começo deste ano, a colega expressou tristeza por não poder casar na igreja com sua parceira e afirmou que acreditava que Deus era tolerante com a homossexualidade. Sarah tentou explicar o contrário à colega: “Quando eu disse que ‘não, Deus não tolera a prática da homossexualidade, mas tem amor por você e diz que você deve ir a Ele como você é’, ela se emocionou e saiu para me reportar ao meu patrão”, relatou a enfermeira.

      “Eu nunca a condenei ou acusei, mas quando ela me perguntou diretamente o que eu acreditava, eu estava aberta a partilhar o ensino da Bíblia que homossexualidade não é certo, é errado. É claro que isto a ofendeu e ela estava determinada a me ver demitida simplesmente porque eu expressei crenças cristãs tradicionais”, lamentou Sarah.

    • SENDO ATALAIA.
      E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, fala aos filhos do teu povo, e dize-lhes: Quando eu fizer vir a espada sobre a terra, e o povo da terra tomar um homem dos seus termos, e o constituir por seu atalaia; (Ezequiel 33:1-2)

      Deus chamou o povo como Atalaias sobre a sua casa, família, sobre o seu bairro, sua rua, sua cidade, seu estado pais, sobre toda a nação, e a função do Atalaia é pregar a Verdade falar das coisas concernentes ao Reino de Deus, pregar sobre salvação, mostrar os erros e pecados que conduz a destruição e morte, é falar para que o povo abandone estas praticas erradas e se salvem, pois a única maneira de salvação é a conversão é a mudança de habito, e a entrega total ao Senhor, é viver segundo os seus preceitos, é usar a Palavra como luz, para iluminar tudo o que for fazer, andar, pensar; porque somente orar, ir a igreja não garante salvação a ninguém. A função do Atalaia não é ficar prometendo bênçãos , mas dizer, avisar, alertar para que haja o abandono de pecados.”E, vendo ele que a espada vem sobre a terra, tocar a trombeta e avisar o povo; Se aquele que ouvir o som da trombeta, não se der por avisado, e vier a espada, e o alcançar, o seu sangue será sobre a sua cabeça.”(Ezequiel 33:3-4)O Atalaia tem que saber que a causa da dor do sofrimento, das mazelas é o pecado, que a causa da morte, da perda da salvação é o pecado, e tendo este conhecimento e não avisar Deus com certeza cobrará dele; pois não podemos nos omitir, com medo de magoar alguém, de perder uma amizade, ou de ser chamado de fanático, ou os parentes criticarem, ou se tornar anti social, não podemos querer agradar o mundo, pois se não avisarmos além da pessoa se perder nos também nós perdemos; quando não falamos com os nosso para abandonar os erros e pecados, quando os pais concordam e aceitam um filhos e um parente no homossexualismo, ou divorcio, ou na mentira, em qualquer pecado dizendo que aceita por amor, que tem que tolerar, está induzindo a morte tanto a pessoa como a si próprio, pois isto não é amor é desobediências.
      “Ele ouviu o som da trombeta, e não se deu por avisado, o seu sangue será sobre ele; mas o que se dá por avisado salvará a sua vida.” (Ezequiel 33:5)A Nossa função é avisar, alertar, chamar ao arrependimento, mas, se a pessoa não quiser nada podemos fazer, como obriga-la, mas fizemos o nosso papel ela persistindo nos erros sofrerá as consequências e com certeza se não se converterá viverá a morte, mas, nós salvamos a nossa pois executamos o que o Senhor determinou. “Mas, se quando o atalaia vir que vem a espada, e não tocar a trombeta, e não for avisado o povo, e a espada vier, e levar uma vida dentre eles, este tal foi levado na sua iniqüidade, porém o seu sangue requererei da mão do atalaia.”(Ezequiel 33:6)Mas todas as vezes que nos omitirmos vendo alguém na prostituição, na mentira, desonestidade, enganos confusão violências e nada falarmos mesmo sabendo que o caminho da desobediência é morte, então com certeza perderemos a nossa vida, e juntos com ele iremos padecer por toda a eternidade, e isto independente de que tenhamos feitos de bom. “A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca, e lha anunciarás da minha parte. “(Ezequiel 33)Somos constituídos por Atalaia de Deus, quando temos o conhecimento da verdade e vivemos em sociedade, somos intimados a falar, clamar contra o pecado dentro da nossa casa, com os nosso familiares e com todos os que conhecemos e convivamos, ao não falarmos estamos nos omitimos estamos em total desobediências e o sangue será requerido de nós. “Se eu disser ao ímpio: O ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para dissuadir ao ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, porém o seu sangue eu o requererei da tua mão. “(Ezequiel 33:8)Deus já deu a sentença a todos os pecadores, e a única maneira de se livrar desta sentença é se convertendo ao Senhor portanto é o nosso dever salvar vidas, alertar para que abandone e vivas, para evitar que também juntos com ele morramos; somos Atalaias, devemos nunca esquecer disto. “Mas, se advertires o ímpio do seu caminho, para que dele se converta, e ele não se converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma.”(Ezequiel 33:9) A nossa responsabilidade se limita a alertar e clamar contra o pecado, se ouvir ganhamos, se não ouvir ou aceitar a nossa palavra.
      “Tu, pois, filho do homem, dize à casa de Israel: Assim falais vós, dizendo: Visto que as nossas transgressões e os nossos pecados estão sobre nós, e nós desfalecemos neles, como viveremos então?” (Ezequiel 33:10)A pregação tem que ser a condenação do pecado, insistir para que abandone as praticas erradas e se moldem a ao evangelho e não pregações emotivas e mentirosas, mas simplesmente falar a Palavra de Deus. “Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?”(Ezequiel 33:11) O Senhor quer que todos nós vivamos não que morremos, porém a escolha sempre será nossa. “Tu, pois, filho do homem, dize aos filhos do teu povo: A justiça do justo não o livrará no dia da sua transgressão; e quanto à impiedade do ímpio, não cairá por ela, no dia em que se converter da sua impiedade; nem o justo poderá viver pela sua justiça no dia em que pecar. Quando eu disser ao justo que certamente viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar a iniqüidade, não virão à memória todas as suas justiças, mas na sua iniqüidade, que pratica, ele morrerá.Quando eu também disser ao ímpio: Certamente morrerás; se ele se converter do seu pecado, e praticar juízo e justiça,Restituindo esse ímpio o penhor, indenizando o que furtou, andando nos estatutos da vida, e não praticando iniqüidade, certamente viverá, não morrerá. De todos os seus pecados que cometeu não se terá memória contra ele; juízo e justiça fez, certamente viverá.”(Ezequiel 33:12-16) Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus abençoe.
      Um abraço.

    • Leia novamente, mas o que entendi é que a moça em questão fora abordada por “sua colega de trabalho” expondo sua decepção por não conseguir casar na igreja devido à sua opção sexual e esta por sua vez, cristã, não disse nada além daquilo que a Palavra de Deus diz: o homossexualismo é condenável sim segundo as escrituras. Deus ama e perdoa o pecador, não o pecado. É diferente. A Bíblia diz quem nasce do Espírito não pode viver em pecado (condição permanente). Logo o cristão deve saber exatamente como e o quê deve ser dito, nem mais, nem menos. Amar é dizer a verdade independente das consequências. Jesus em seu ministério na terra expressava o seu amor abnegado quanto às necessidades humanas mas em momento algum omitiu-se de dizer a verdade quanto ao pecado. O comportamento do cristão tem de ser o mesmo.

    • Eu ainda continuo achando que a enfermeira não falou para a colega SOMENTE o que disse a entidade Christian Legal Centre, isso depois que foi demitida.
      E, além do mais, só temos aqui a versão da enfermeira, e não a da outra colega lésbica. Portanto, sem ouvir os dois lados, mantenho a minha opinião por causa da consequência, que foi a demissão!
      E, quanto a demissão em si, acredito que foi precipitada, se baseada, apenas, nesse evento!

      • quer dizer todos os outros textos que te apresentei e a necessidade de falar a verdade, para o sangue da pessoa não ficar sobre sua cabeça, não vale nada, imagine se hoje fosse como nos dias de jesus, ou que fosse um cristão em meio a povos arabes, certamente negarias a JESUS para ficar viva, mas lembre quem quiser achar morrerá mas quem quiser perder a achará

      • faço das suas palavras a minha, não acredito que a demissão tenha sido apenas por esse motivo essa evangélica deve ter falado um monte de asneiras pra colega

    • Dona Mary faça um favor a si mesma seja uma cristã autentica ou então vire ateia ok? Você está usando um versículo bíblico fora do contexto para distorcer as verdades da palavra de Deus, e se passar de boazinha para a galera ateísta e homossexual, e isso é pecado. Que tal você nascer de novo hein? Porque eu acho que talvez você tenha nascido da água, mas do espírito tenho absoluta certeza que não.

      • André,
        Como vc pode dizer a alguém que ela não nasceu de novo? Como pode ser tão preconceituoso, julgador e ainda alegar ser um bom cristão?
        Como pode, hein sr. André?
        Os versículos que citei servem pra vida., pra todo dia, toda hora, e deviam de servir pra vc tb!
        Eu, qd conheci o evangelho, não me tornei uma religiosa fanática e endurecida, mas busquei no Espírito Santo, como pecadora que sou, ter em mim uma consciência, mais próxima da mente de Cristo, como Paulo falou!
        Se isto te incomoda, não leia mais meus comentários… ou se CONVERTA de verdade!
        E saiba, JESUS, de forma alguma concordaria com a maneira como vc se dirigiu a mim! É fato!

      • O André só veio dar mais credibilidade ao meu comentário, rs…
        Imaginem só, se ele nem me conhece e pelo que comentei já veio com 4 pedras na mão, se não levaria pior se estivesse no lugar dessa enfermeira! É preciso paciência com gente assim.

  8. As pessoas precisam buscar muito o entendimento da palavra de DEUS; orar antes de ler a bíblia. DEUS é amor, misericórdia e justiça.
    Deus condena claramente o homossexualismo. não deem importância para as pessoas que falam sem sabedoria, Mas de importância para aquilo que DEUS fala com você. A bíblia é a boca de DEUS falando. Ele entregou seu filho único por amor.
    Quem tem fé obedece.

  9. Gosto de ler os comentários, todos, desde os do Facebook até os cometários comuns. Vejam lá em cima (no Facebook) a discussão. Após lerem que a moça foi indagada acerca do que Bíblia diz (ela não procurou a outra para ofende- la e nem a quis ofender), a outra que a indagou foi até a direção da creche após ouvir o que queria ouvir e a fez ser demitida (tipico de gente mal resolvida e mal amada). Os comentaristas ante Bíblia ignoram esse detalhe e chegam até a ofender a fé evangélica. Um certo comentarista restringe a fé alheia ao menor espaço possível e outro dá total apoio. Antes disso, um outro ofende por duas vezes, enquanto os evangélicos foram equilibrados. Esse é o perfil do povo que diz que nós é que somos intolerantes!

    • Parabéns,

      É isso aí mesmo, falam dos possíveis defeitos dos outros, quando os possui em maior escala, biblicamente tal postura é condenada como hipocrisia, a que enxerga o cisco no olho do próximo, mas não tira o vergalhão da própria vista. O fanatismo religioso, o fanatismo ateu, ambos imperando juntos.

    • Hum.
      Jesus exorta:

      ´´Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede PRUDENTES como as serpentes e inofensivos como as pombas.´´ (Mateus 10:16)

      … Ouvi falar de uma mulher que estava num avião, e sentado ao seu lado, um casal de mulheres se beijava. Depois de um tempo, a moça que estava sentada ao lado da cristã começou a papear, e a mulher cristã, tendo oportunidade, falou-lhe do Amor de Cristo na cruz por todos nós, SEM FAZER NENHUMA MENÇÃO à orientação sexual de ninguém. E o coração da moça foi ganho para Cristo.

      ´´E chegavam-se a Ele (Jesus) todos os publicanos e pecadores PARA O OUVIR.´´ (Lucas 15:1)

      Quer dizer, Jesus atraía os pecadores (tipo nós) a Si.

      Será que nós, enquanto cristãos, ATRAÍMOS as pessoas pra falar de Cristo, ou afastamos…?

      Não acho o melhor caminho, por exemplo, chegar a um alcoólatra e focar em sua dependência na bebida, mas sim trazer a Simplicidade do Evangelho, o Amor de Cristo a ele; ser um ouvido dedicado a ouvi-lo, demostrar empatia pela pessoa a quem Cristo ama. Cabe ao Espírito convencer as pessoa de suas condutas, assim como Ele tem feito conosco.

      Parece-me que nós cristãos estamos muito aguerridos (mas não foi este o caso da enfermeira demitida, diga-se) a fuçarmos a vida particular dos outros. Isso é muito mau… Nossa missão é anunciar O Evangelho.

      A cristã do avião foi prudente, teve discernimento do Espírito e sabedoria. Segiu a exortação de Jesus. Um bom exemplo, sim?

      ´´PORQUE NADA ME PROPUS SABER ENTRE VÓS, SENÃO A JESUS CRISTO, E ESTE CRUCIFICADO.´´ (1 Coríntios 2:2)

      Paz.
      Jota.

      • Jota,

        Algumas pessoas já disseram que eu e você somos a mesma pessoa. A semelhança entre suas opiniões e as minhas é tão idêntica que até eu começo a achar que somos de fato a mesma pessoa kkkkk.

        Parabéns pelo comentário, simplesmente perfeito.

        Você é de onde?

        • Sim Mary, eu sei disso mas já houve quem fizesse tal afirmação…rs

          A maior prova de que não somos a mesma pessoa é que o Jota acredita no Livre Arbítrio e eu não.

          E isso só vem a provar que é possível ter contradições de pensamentos em certos aspectos e manter a unidade em relação aos outros 99%.

          Lamentavelmente até hoje vê-se discussões ferrenhas entre Calvinistas e Arminianos debatendo este tema quando na verdade esquecem da união acerca de todos os outros nos quais há perfeita unidade.

      • Jota Oliveira,

        Sempre pondero na frase que diz “A palavra branda desvia o furor”, por isso sempre, mesmo quando quero ser agressivo, escolho as palavras, mas será que somos nós que não estamos atraindo as pessoas, ou será que não foi o evangelho, que se tornou uma coceira nos ouvidos de quem o houve? Bem sei que há exemplos que não servem como referencia, mas o próprio Jesus precisou usar palavras ríspidas aos que só se dirigiam à fé para escarnecer dela. A questão que coloquei lá em cima é puramente ideológica. As pessoas que ofendem a fé para atingir aos que creem já mostram que não interessa a elas o que é o evangelho e quem é evangélico. Elas já conhecem a Bíblia de cor e salteado.
        Entendo que quem tem criticas sinceras aos evangélicos respeitam o evangelho, pois, afinal, ninguém é obrigado a gostar do que eu faço, mas tem que ter a dignidade de respeitar as minhas escolhas. Fora isso, eu não posso dizer que homossexualidade é pecado que me taxam de homofóbico, ou seja, usam dois pesos e duas medidas.
        No mais, tomo o seu comentário como uma matinal, da qual tirarei proveito, mas não torno atrás naquilo que opinei por que não estou evangelizando, estou criticando mesmo!

  10. “Vou falar do que se chama experiência.
    É a experiência de pedir socorro e o socorro ser dado.
    Talvez valha a pena ter nascido para que um dia mudamente se implore e mudamente se receba.

    Eu pedi socorro e não me foi negado.
    Senti-me então como se eu fosse um tigre com flecha mortal cravada na carne e que estivesse rondando devagar as pessoas medrosas para descobrir quem teria coragem de aproximar-se e tirar-lhe a dor. E então há a pessoa que sabe que tigre ferido é apenas tão perigoso como criança. E aproximando-se da fera, sem medo de tocá-la, arranca a flecha fincada.

    E o tigre? Não se pode agradecer. Então eu dou umas voltas vagarosas em frente à pessoa e hesito. Lambo uma das patas e depois, como não é palavra que tem então importância, afasto-me silenciosamente.”

    (Clarice Lispector)

    ———————————————-

    (A TODAS AS PESSOAS QUE COMUNGAM A MESMA FÉ EM CRISTO):

    Observando que em inúmeros posts, em tantas matérias neste portal, nós cristãos somos muitas vezes xingados por querer impor nossas vontades a quem não é cristão – não A Vontade de Deus, mas a nossa.

    É, pode haver diferença entre a opinião do crente e a Opinião de Deus, e isso muitas vezes se evidencia na FORMA (AGRESSIVA) DE FALAR que nós crentes usamos, e a forma amável que Deus usa para anunciar Seu Amor e Salvação em Cristo, na Palavra, nas Palavras de Jesus.

    Pois é esta sutil e CARNAL diferença que incita a ira nos outros, atingindo seu orgulho, afrontando com razão seu livre-arbítrio, isto porque estamos errando o alvo que nos foi proposto no IDE. Pois não fomos chamados para julgar ninguém.

    Somos muito xingados (e o Reino de Deus perde, com isso…) por condenarmos a orientação sexual das pessoas, seu desfruto do carnaval, suas crendices e superstições, etc, por nos metermos naquilo que é de fórum íntimo dos outros. Isso tudo acaba DEPONDO CONTRA NOSSO TESTEMUNHO (e mesmo questionando-o), como discípulos de Cristo que dizemos ser.

    É importante sermos mais educados, polidos, amáveis.
    Isso não significa ´´amar o pecado´´, claro que não se trata disso.

    As pessoas são muito vazias e solitárias; muitas vezes, desesperadas. Em silêncio buscam um caminho para suas vidas, precisam de alguém pra conversar, falar sobre seus medos, receber uma palavra branda, uma oração. As pessoas precisam ser abraçadas. Amadas.

    Cabe a nós nos dispormos a isso, como Jesus se dispôs conosco.

    Digo isto porque eu mesmo fui atraído pelo Amor de Cristo, e não por gente apontando o dedo pros meus defeitos. Quem me evangelizou OROU muito por mim, falou muito da Palavra, do Amor de Deus em Cristo. Com paciência. Respeito. Me deu exemplo, com o Amor cristão. Me fez perceber como eu NUNCA havia experimentado na vida um Amor tão imensurável como o que Deus nos oferece através de Seu Filho.

    Assim, quando hoje eu observo alguém que precisa tmb de um relacionamento pessoal com Cristo, eu lembro de mim mesmo, anos atrás – um cara orgulhoso, cético, irônico, desdenhoso, amoral. E penso no quanto Deus foi e é paciente, longânimo, paternal e gentil comigo. Minha postura orgulhosa para com os cristãos eram máscaras e defesas para esconder minhas angústias, depressão, solidão, raiva e frustrações. Foi através do Amor que, pela graça de Deus, eu fui atraído a Jesus. Oro pedindo mais de Sua graça em minha vida, pois continuo precisando muito diminuir, para que Ele apareça e atraia as pessoas ao Seu Amor.

    ´´Amo ao SENHOR, porque Ele ouviu a minha voz e a minha súplica.
    Porque inclinou a mim os Seus ouvidos; portanto, O invocarei enquanto viver.

    Os cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim;
    encontrei aperto e tristeza.

    Então invoquei o nome do Senhor, dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma.
    Piedoso é o Senhor e justo; o nosso Deus tem misericórdia.

    O Senhor guarda aos símplices; fui abatido, mas Ele me livrou.
    Volta, minha alma, para o teu repouso, pois o Senhor te fez bem.
    Porque Tu livraste a minha alma da morte, os meus olhos das lágrimas,
    e os meus pés da queda.

    Andarei perante a face do Senhor na terra dos viventes.
    Cri, por isso falei. Estive muito aflito.´´ (Salmo 116:1-10)

  11. É meus queridos alguém duvida que Jesus está voltando?? Falar a verdade hoje custa caro, más a palavra de Deus já nos alerta sobre isso. más ficai em Jerusalém até que do alto sejas revestido de glória e poder.

    E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições. 2 Timóteo 3:12

    • Isso é verdade Pr.
      Só não entendi seu versículo sobre pentecostes?
      Em qual situação ele se encuadra na notícia?
      Mas, de fato como dizem: Jesus is coming back!

  12. EU ACHO QUE A ENFERMEIRA MERECIA SER ADVERTIDA , NÃO PUNIDA , AGORA A BIBLIA CONDENA MUITAS COISAS , NÃO SÓ HOMOSSEXUALISMO . SE FOR VER TUDO O QUE A BIBLIA CONDENA , FICA DIFICIL ACHAR ALGUÉM , POIS NASCEMOS E SOMOS GERADOS EM PECADO ! EU PESSOALMENTE , ACHO QUE HÁ MUITOS TIPOS DE HOMOSSEXUALISMO , E O QUE A BIBLIA CONDENA , É O HOMOSSEXUALISMO GENERALIZADO, NÃO O HOMOSSEXUALISMO NATURAL . PERGUNTO UMA COISA AOS SENHORES , …E GUANDO A PESSOA NASCE COM DOIS SEXOS ,,, E AÍ E GUANDO A PESSOA , NASCE HOMEM , PORÉM O CÉREBRO , É DE CONFORMAÇÃO FEMININA ( FATO PROVADO PELA CIENCIA ) , E GUANDO OS HORMONIOS FEMININOS , É MAIOR QUE OS MASCULINOS … EU ACHO QUE OS RELIGIOSOS SOFREM DE UMA DOENÇA , CHAMADA PERFECÇIONISMO , E SÃO TÃO JUSTOS , TÃO JUSTOS , TÃO JUSTOS , QUE BEIRA ATÉ O ABSOLUTISMO MONGOLÓIDE . NEM DEUS CONDENA TANTO , COMO OS RELIGIOSOS , E SE ELES PUDESSEM , MATARIAM , Á PEDRADAS , OS QUE ACHAM ERRADOS . …E JUSTAMENTE OS RELIGIOSOS QUE DEVERIAM DE SEREM MAIS SANTOS . VOCES JÁ VIRÃO O CASO DE S.JOSÉ , QUE QUERIA SER MUITO JUSTO , E SE NÃO FOSSE O ANJO , TERIA COMETIDO UMA GRANDE INJUSTIÇA , POIS ACHOU QUE MARIA O TIVESSE TRAIDO, MESMO QUE MARIA TIVESSE TRAIDO , ELE NAO HÁ DIFAMOU . EU PRA FINALIZAR , COMENTO A FRASE DE EINSTEIN …..A MENTE HUMANA É MUITO PEQUENA PARA ENTENDERMOS Á DEUS . E ACREDITO QUE OS RELIGIOSOS DEVERIAM DE CONDENAR MENOS , COMPREENDER MAIS , E AMAR MAIS…….FINALIZO COM AS PALAVRAS DE DEUS , EM EXODO 4;11 , ONDE ELE DIZ -QUEM FEZ O SURDO , O CEGO , O MUDO , O QUE VÊ , TODOS DIZ O SENHOR . O MESMO DEUS QUE CONDENA , É O MESMO QUE ABSOLVE …SENHORES SEJEM MENOS CARRASCOS….MUDEM SUAS OPINIOES , A VIDA É CURTA , E GUANDO VOCES SE ARREPENDEREM DAS PEDRAS QUE ATIRAM , SERÁ TARDE DEMAIS …

    • “E GUANDO A PESSOA NASCE COM DOIS SEXOS ,,, E AÍ E GUANDO A PESSOA , NASCE HOMEM , PORÉM O CÉREBRO , É DE CONFORMAÇÃO FEMININA ( FATO PROVADO PELA CIENCIA )”

      Isso não existe e nunca foi provado por nenhum órgão científico, cuidado com o que ouve ou lê na mídia que milita nessa causa.

      Não estou tomando partido de nada, só precisamos expor verdades e essa afirmação falta com ela.

    • Há uma coisa a ser observada: ao longo da história os cristãos foram MORTOS à pedradas e nunca os assassinos em tais atos. Não há intolerância em se dizer a verdade.
      A Bíblia diz em diversos trechos que Deus é contra e condena o homossexualismo. Com isso não podemos condenar quem tais práticas comete mas podemos à luz da Palavra de Deus alertar às pessoas de que o próprio Deus fará isso.
      Ninguém é obrigado a crer nem seguir. Mas também não se pode descaracterizar Deus e Sua natureza divina ao bel prazer da humanidade.
      Uma vez eu disse que os homossexuais tem todo o direito de sair do armário (termo usado na época) mas não podem trancar os cristãos lá dentro.
      É como quando um filho resolver fazer algo que os pais já disseram não. Fazer é escolha dele mas isso não muda a ordem recebida pelos pais.
      Os hermafroditas (pessoas que supostamente nascem com “dois sexos”) têm na verdade um sexo definido (uma ultrasson apontará presença de útero, ovário e etc se for uma menina) e não são justificativa para o homossexualismo.
      Assim como as pessoas querem a liberdade para ser como quiserem, os Servos de Deus devem ter liberdade de dizer o que conhecem da natureza de Deus e defender Seus posicionamentos.
      E como disse João, quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

  13. Absurdo!!! Ela não foi ofensiva, disse o que a Bíblia diz. Quantas ofensas Á Deus, A Cristo, à líderes e á fé cristã são feitas. Uma prática sexual e comportamental é mais difundida e aí o mundo tem que se render??? No país da democracia??

    O problema é que não há tolerância ao posicionamento evangélico;se os muçulmanos se posicionam assim ou os macumbeiros as pessoas tem medo e se calam, mas todo mundo quer ser “justo” e valente contra os cristãos e sua fé!!!!

    Absurdo, mas Jesus já havia nos alertado sobre!!

    A enfermeira ser mandada embora por justa causa é justo??? Digam, é justo????

  14. É TÃO FÁCIL ENTENDER O QUE É CERTO E O QUE É ERRADO. POR QUE ENTÃO TANTA CONFUSÃO EM TORNO DE ASSUNTOS TÃO EXPLÍCITOS? SÓ OS LOUCOS ACEITAM A IDÉIA DO HOMEM DE QUERER CONTRARIAR A NATUREZA, CRIAÇÃO DE DEUS! DEUS CRIOU MACHO E FÊMEA, HOMEM E MULHER! ELE NÃO CRIOU O MEIO TERMO. GOSTEI MUITO DA EXPRESSÃO: “QUE OS HOMOSSEXUAIS SAIAM DO ARMÁRIO, MAS, NÃO QUEIRAM TRANCAR OS CRISTÃOS DENTRO DELE”. A CONSCIÊNCIA DE CADA SER HUMANO ACUSA, APONTA, MOSTRA O ERRADO E O CERTO E É O MELHOR JUIZ. QUANDO ACERTAMOS, ELA NOS APLAUDE. QUANDO ERRAMOS, ELA MARTELA NA NOSSA MENTE COMO SE DISSESSE: POR QUE FIZESTE ISSO? É OU NÃO É VERDADE? QUEM ERRA, SABE QUE ERROU, SE O ASSUNTO É NO QUE TANGE A AGRADAR OU A OFENDER O ESPÍRITO SANTO DE DEUS! HIPOCRISIA É QUERER ASSIMILAR, ACEITAR, E ATÉ CONVENCER A OUTROS, DE QUE O SANTO É PROFANO E O PROFANO É SANTO. “NÃO ERREIS: DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER, O QUE O HOMEM SEMEAR, ISSO ELE VAI COLHER”. BASTA!!!

DEIXE UMA RESPOSTA