Escola cristã ameaça expulsar menina negra por causa do seu “penteado afro”

69

O penteado de uma menina de 12 anos causou polêmica em uma escola cristã em Orlando, no estado norte americano da Flórida. A escola ameaçou expulsar Vanessa VanDyke, que é negra, caso ela não mantenha seu cabelo sob controle.

Estudante da escola particular Faith Christian Academy, em Orlando, a menina conta que foi alvo de bullying, por causa de seu penteado “puffy hair”, o que a levou a procurar as autoridades da escola para se proteger de seus agressores. Porém, ela relata que os administradores da escola afirmaram que ela devia mudar seu cabelo.

– Houveram pessoas fazendo piadas com ela sobre o cabelo dela, e parece-me que [os funcionários da escola] estão culpando-a – contou Sabrina Kent, mãe da menina.

Segundo o WND-TV, Vanessa comentou sobre seu penteado, afirmando ter orgulho dele, e que ele lhe confere personalidade.


– Ele diz que sou única – afirmou Vanessa sobre seu penteado.

– Estou deprimida em deixar meus amigos e pessoas que eu conheço há um tempo, mas eu prefiro isso do que os diretores e administradores pegando no meu pé e dizendo que eu deveria mudar meu cabelo – acrescentou a menina.

Em um comunicado a escola afirmou que não está pedindo para que a menina “corte seu cabelo ou aplique algum produto nele”, mas sim que ela faça um penteado que esteja dentro das normas de conduta da escola que, entre outras coisas, exige que o corte de cabelo de seus alunos não seja “um distração”.

-A distração de uma pessoa não é uma distração para o outra. Você pode ter uma criança com espinhas no rosto. Você vai chamar isso de uma distração? – questionou Sabrina Kent, que afirmou que não irá recuar diante das ameaças de expulsão à sua filha.

– Se ela quer seu cabelo assim, ela vai manter seu cabelo assim. Há pessoas lá fora que podem pensar que o cabelo natural não é adequado, mas ela é linda do jeito que ela é – ressaltou Sabrina, afirmando que irá lutar por sua filha.

Por Dan Martins, para o Gospel+


69 COMENTÁRIOS

  1. Mas tb tem um povinho sem noção, que tem cada aparência medonha que dar ate medo.

    Logo, logo aparece outro com um peteado moicano e exigindo seus direito de usar o que quiser ou quando quiser.

    Essa juventude rebelde não aceita mais seguir regras e condutas morais.

    • sem falar que la e sendo escola cristã quando entram recebem cartilha explicita com direitos e deveres dos alunos, e certamente bem clara nos E.U.A sobre comportamento e ou qualquer coisa que atrapalhe aos alunos,, olhou o filme que te indiquei sua anta?

    • Conversa fiada, seu tabajara! Os “bíblias” eram objeto de escárnio por conta de suas vestimentas e certamente não gostavam disso. A porcaria do cabelo da menina não deve servir de critério para definir o não a dignidade d’ela. De qualquer forma, escola cristão para mim é aberração!

      • juca problema, é facil não va estudar la, todos lugares tem regras, procure uma escola ateia , certamente la todas as aberrações como0 gais lésbicas e simpatizantes vão poder gozar uns da companhia dos outros, outra coisa boa nisto, não vai rolar namoro, sim porque gays não gostam da frutas que lésbicas gostam, e lesbicas não gostão da fruta que gays gostam, realmente vai ser uma beleza, e os cristãos livre desta porcaria dos parias da sociedade, vão é ficar muito feliz, por favor, sai deste site também, procure um que seja de acordo contigo gay e ateu…é fácil não rola briga e todos ficam feliz

    • E o que tem de errado com cabelo moicano? Preconceito mais bobo.. Não é por não ser meu estilo que vou sair condenando quem gosta. Precisamos de mais tolerância capilar.

      • Tá certo.
        Quando sua filhinha menor de idade,deixar entrar um desses espíritos per tubados que aloja na mente dessa molecada doida.Ela decidir fazer uns cortes ridículos ou pintar o cabelo de roxo, esses que tem por ai.
        Lembre se que pra vc não em problema. kkkkk

        Pimenta nos olhos dos outros é refresco.
        To ligado. kkkkk

    • Ata,então todo mundo tem que usar terno e aquelas saias compriiiiiiiiidas aberta até em cima que mostra as pernas peludas das irmãs!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ,cabelos amarrados ,sem nenhum produto quimico! Enquanto as esposas dos pastores usam roupas de grife,fazem lipo,fazem plasticas fazem progressiva etc..!como os crentelhos são idiotas!

      • Anny, ninguém falou nada disso aqui.

        Acho que a orientação da escola é boa pra ela não se expor dessa forma, pra evitar Bullying(tirando sarro da cara dela)
        Pq na foto a coisa tá feia. kkkkkk

        Ps.Como eu falei .
        Tem a hora e o lugar.Se ela está na rua ou em casa.Se ela gosta do estilo cabeção, o problema é dela e dos pais e não meu.kkkkk

        • Eu acho que o problema é seu sim que está incomodado com o cabelo alheio. Se a coisa está feia, não olhe para a coisa, evite-a, mas querer que alguém ou algo mude pq ofende a sua definição de estética é um grau altíssimo de arrogância… Ao invés de a escola tentar “proteger” a menina para não se “expor dessa forma, pra evitar Bullying(tirando sarro da cara dela)”, os professores deveriam ter aproveitado o episódio para educar as crianças sobre tolerância e respeito ao diferente, especialmente num país multicultural e de pluralidade étnica como são os EUA. Afinal, a diversidade humana é vasta e não fomos criados em série, como as caixas de sabão em pó. Sabe Edson Souza aquele pacote de sabão perfejtinho por fora mas Omo por dentro? Pois é, e’ desse que estou falando..

          Mas então, querer “poupar” a pessoa do bullying exigindo que ela mude ao invés de combater o bullying em si, é uma saída simplória e esses professores não estão cumprindo as suas funções de formadores dos cidadãos de amanhã, ao invés disso estão perpetuando o preconceito e a segregação. Esta mesma solução foi usada pela IURD quando Edir Macedo “aconselhou” aos pretendentes a pastores a não se casarem com pessoas de ‘raça diferente” para que seus futuros filhos não sofram bullying e discriminação.

      • De acordo com a matéria, existiu algum tipo de código de conduta mostrado a ela e que deve ter exigido algum tipo de assinatura dos responsáveis, agora, de uma certa forma, ela quis fazer o que deu na cabeça, causou estranhamento e quer reclamar. Se não quer seguir os padrões, mude de escola, tenho certeza que não é a única da cidade dela. Não entendo essa idéia que as pessoas tem de assinar um contrato, quebrá-lo e depois reclamar. Se não gosta do modo que a assembléia leva a coisa, saia, tem tanta igreja por ai que pensa de outra forma.

    • É você mesmo que lançou essa pérola aí de cima, Mary?

      Pura discriminação. Ao certo não é a ilustre internauta do dia a dia deste site, sim alguém usando o nome dela.

      Se não for, é uma decepção, pois cristão não deve ter essa postura, aliás, qualquer ser humano.

    • Hahahaha Mary, é natural a gente pensar assim pq ela é negra e na nossa cultura nada ligado aos negros é considerado padrão de beleza. Se ela fosse loira de cabelão na cintura a gente ia achar lindo o “véu” dela kkkkkkkkkk

      • Meus amigos, Levi e Paulo,
        Por favor não me levem a mal! Acho que devo tê-los surpreendido com o meu comentário, logo eu que defendo o amor ao próximo como primícia de vida cristã.
        Mas, vcs tem razão, cada qual como nasceu deve aprimorar o que já é belo e melhorar o que não é tão bonito! Eu não tenho nenhum preconceito, gente! Minha melhor amiga era uma neguinha de cabelo pichainho, cujo penteado eu amava! O cabelo dela não era tratado com química, muito pelo contrário, era bem natural! Mas, ela estava sempre ajeitadinha e não deixava o cabelo crescer muito na altura da cabeça, porque a tendência é arrepiar para cima e no crescimento para baixo ele não aparece. Eu acredito que para isso tem que haver sabedoria, cuidado e trato… Minha amiga tinha de sobra!

        • A MARY DISSE:

          por favor gente, mas embaixo dum cabelão desse até rato pode se esconder! Haja cabelo, rsrs…

          e ainda tem coragem de dizer que isso não é preconceito, imagine se ela fosse preconceituosa.

          preocupa não MARY, Esta escrito que a boca fala do que o coração esta cheio,..

          vc so esta mostrando quem realmente vc é…

          • Olha, gente, eu não vou falar mais nada, pois quanto mais eu falo, mais me complico!
            Eu ouço meu cunhado, que é afrodescendente, fazer tanta piada dele mesmo que pensei que nesse ambiente eu poderia fazer o mesmo. Mas, só que não!
            Peço perdão aos que se sentiram ofendidos, asisim como eu, pois já me chamaram aqui de cabelo de espiga de milho, fazer o quê, né?

          • Mary
            E já colocou eu no meio hein?
            Você quem foi preconceituosa e racista.
            Eu apenas havia comentado sobre a cor do seu cabelinho de fogo.
            Só isso.hehe

          • Esquenta não Mary, vc fez apenas uma brincadeira. Não vi preconceito algum no que vc disse. O nazistóide vai se arrebentar chamar alguém de racista foi a gota d’água que faltava… Só me resta ir durmir com essa..

    • vocês estão tirando criticando porque ela é negra ,e tem o cabelo assim puro preconceito vigiem que a coisa do outro lado afirmo com conhecimento de causa é FEIOOOOOOOOOOO VIGIEM SUAS LINGUAS O INFERNO E REAL…..

  2. Nessa escola não estudariam da seleção de futebol: Marcelo(real Madri), Davi Luiz e wilson(chelsea), Dante(Bayern), bem como a maioria dos jovens dos anos 60/70, brancos ou negros, pois se usava uns topetes altos, aliás, o ex-presidente brasileiro também,o mineiro de Juiz de Fora Itamar.

  3. Vamos ser realistas,isso não é um corte de cabelo,é um ninho de rato,pelo amor de Deus essa menina está com a auto estima lá embaixo,precisa se cuidar.
    Agora só porque é negra precisa usar essa justificação de que está sofrendo preconceito? Vale me Deus,daqui a pouco os moleques começam ir sujo e mijado na escola e ninguém poderá falar nada.
    Isso se resolve com um belo penteado e uns creme,essa menina e a mãe dela estão querendo é encrenca mesmo.
    Se eu fosse diretor da escola já tinha colocado essa menina para fora.

    • Você esta esquecendo que ela é negra e que o cabelo dela é natural ou vai querer que ela passe produtos quimicos para abaixar o volume para agradar aquele monte de branco azedo acorda rapaz raciocine e não tem nada a ver com auto estima pois ela se sente bem com o cabelo natural que DEUS deu, ela não é européia sim afro-americana e ela pode usar o cabelo black power pois ela se sente bem assim quem esta querendo abaixar a auto estima dela é esse monte de branco azedo que quando vestir o paletó de madeira vai dar contas a DEUS…

      • LECO

        Esse cabelo que ela tem não foi Deus que deu a ela,mas sim é genético,herdados de seus pais.
        A minha avó era negra,e nem por isso ela andava com esse fua de cabelo,pelo contrario,ela gostava de tratar do cabelo,e de andar bem arrumada,que negra vaidosa era aquela rs.
        Se ela se sentisse bem com o cabelo que ela tem,ela não se incomodaria com a opinião dos outros correto?Se eu tenho certeza de que algo me faz bem,porque me importo com o que os outros pensam?
        Ela não tem opinião própria,isso simplesmente é vaidade juvenil ,quando ela acordar para a realidade e começar a enxergar o mundo que vive,rapidinho ela dá um trato nessa juba.
        Vai por mim amigão!!!

        • Phedro, o seu racismo é de dar nojo a quel lê os seus comentários. Fica evidente que vc tem um profundo desprezo pelos negros, as suas críticas insistentes a textura do cabelo da menina é apenas um pretexto para destilar seu preconceito, é apenas a ponta do icebergue. Vc a chama de leão pq é um racista covarde que não tem coragem de chamá-la abertamente de macaca, que é o que vc está dizendo entrelinhas pra quem sabe ler. Ainda bem que gente como vc está em plena extinção, como o mico-leão dourado.

  4. É o cabelo natural da menina, gostem ou não, foi o cabelo q Deus deu a ela e deve ser respeitado. Quer dizer q quem tem o cabelo liso pode andar com ele natural e quem tem crespo deve deixa-lo preso, ou passar produto químico q pode prejudicar a saúde do seu cabelo. Absurdo! Inadmissível!

  5. interessante!ser gay pode estudar e tem até apoio destes diretores de escola, usar drogas : pode é licito.ser prostituta pode! ser lésbica. tem até proteção. mas andar do jeito que a pessoa gosta, não pode porque a ditadura não deixa . querem nos obrigar aceitar as práticas dos gays, lésbicas , prostitutas . mas uma pessoa decente só porque quer andar do jeito que ela gosta não pode.só tem que andar do jeito que eles querem.há……..!!!!!!! se fosse no antigo testamento.

  6. A MARY DISSE:

    por favor gente, mas embaixo dum cabelão desse até rato pode se esconder! Haja cabelo, rsrs…..

    e ainda tem coragem de dizer que isso não é preconceito, imagine se ela fosse preconceituosa.

    preocupa não MARY, Esta escrito que a boca fala do que o coração esta cheio,..

    vc so esta mostrando quem realmente vc é…

      • Ou uma juba de mico- leão dourado não é, Phedro?.. Engraçado como os evangélicos, dentre todos os religiosos, sempre foram os mais racistas… Basta lembrar que a ku klux klan que linchava e enforcava negros aqui no século passado era um grupo formado por evangélicos..

    • Vai se arrebentar para de fazer pressão. A Mary fez uma brincadeira e não vi qualquer preconceito racial no comentário dela, ao contrário de vc que por achar que eu sou negro já me chamou de feio e disse que eu tenho cabelo espichado com ferro quente hahahahaha

  7. Tá parecendo mais que essa menina quer polemizar! Aliás, o negro americano é conhecido por sua postura “rebelde” ante as normas justas ou injustas da sociedade americana.
    Não gostou das normas da escola, procura outra! Os incomodados, mudam-se…
    Quem de nós já não teve que “entrar na linha” par conseguir um emprego ou alguma outra coisa de almejamos? E nem por isso saímos gritando pelos quatro cantos que estávamos sendo perseguidos…
    Oque está faltando a essa menina e sua família é uma boa dose de “simancol”…

  8. primeira porta de entrada para o INFERNO É A LÍNGUA………………….LEMBREM-SE É UMA VIAGEM SEM VOLTA……………….SO TEM PASSAGEM DE IDA………………CONTINUEM COMPRANDO O BILHETE…..

      • Anny.

        O inferno tem sua área de abrangência aqui na terra, preocupe-se não, ele existe, e o estágio inicial é aqui.

        Se não, então como explicar os pais mantando os filhos, os padrastos aos enteados, as drogas matando quem usa e quem não usa e até agentes públicos? Como explicar a sede de poder a ponto de matar o próximo, de matar milhares, de se apossar do dinheiro público, de matar mulheres após estuprá-las?

      • e ela ta viva pra contar onde ela está agora, não que eu estou dizendo que ela está no inferno, sua bisavó acredita, mtos que acreditava e não acreditava morreu…ta se não existe,mas e se existir em? e ai? me fala?

  9. Se for uma regra da escola que todas as crianças devam usar o cabelo preso (sei lá por causa de piolhos ou outro motivo) a mãe dela deve respeitar, agora, se o motivo realmente for o alegado acima é racismo sim.

  10. Eduardo falou tudo.
    Mas prefiro acreditar que exista o inferno e procurar me apegar na salvação que Deus propositou para nós seres humanos,Cristo o salvador.

    Se nós cristãos que pregamos esse alerta estivermos errados,que tudo é uma mentira, que Deus não existe, o inferno não existe,que Jesus é uma fabula, que a biblia é somente um livro escrito por mãos de homens.Perderemos alguma coisa, com isso ser for tudo mentira?
    NÃO!
    Mas como creio que a palavra de Deus é viva, que Ele é o criador de todas as coisa.
    Então, creio como está escrito em sua palavra que Deus condenará ao inferno o causador do mal(o anjo Lúcifer que ser tonou satanás e os anjos caídos que se tornaram demônios )e mandará todo ser humano que não reconhecer seus pecados e se não entregar seus caminhos na Cristo.

    Se não se arrepender antes de morrer será condenado ao inferno.

    Quando a morte chegar para cada um, vamos ver se terá toda essa prepotência e arrogância naquele grande dia.

      • Você disse algo muito interessante Edson, Jesus Cristo é o único Caminho, e em qualquer situação, quem o seguir, estará no bom Caminho.

        Se os ateus estiverem certos, no mínimo vivemos uma vida onde a felicidade não depende das intempéries do mundo, não vivemos lançados como folhas ao vento, felizes nas farturas, infelizes nas tribulações, mas em todo momento nos alegramos, porque nossa alegria vem da certeza provida da Fé, da alegria do Senhor, como uma casa firmada na Rocha.

        Se os budistas, espíritas, hindus, macumbeiros, etc. estiverem certos, ainda sim Jesus nos conduz a um bom caminho, de evolução espiritual, em jejuns e orações, amando ao próximo como a nós mesmos, praticando a bondade e a justiça.

        Se os judeus estiverem certos, ainda assim estaremos em um bom caminho, pois toda a Lei se resume em Amar a Deus sobre todas as coisas, e amar ao próximo como a nós mesmos. Sendo gentios de nascimento, seríamos gentios justos, como Cornélio e o Centurião.

        Se os panteístas estiverem certos, estaremos ainda em um bom caminho, sendo nosso Cristo um deus no panteão deles, que só nos conduz para fazer o bem, exercer a justiça e a bondade.

        De todo modo estaremos bem, então nada perdemos nessa vida seguindo Jesus Cristo.

DEIXE UMA RESPOSTA