Estado Islâmico treina crianças para combate e as ensinam decapitar “infiéis” com espadas

35

O Estado Islâmico vem treinando crianças e adolescentes para serem combatentes em suas frentes de guerra, em um esforço para criar um exército ainda mais forte com as novas gerações. Dentre os exercícios impostos está a instrução de como decapitar uma pessoa.

Em um campo de treinamento, os terroristas juntaram 120 meninos e deram a eles espadas e bonecas, para que cortassem a cabeça do brinquedo, numa simulação de decapitação, segundo relatos de refugiados de áreas dominadas pelo Estado Islâmico.

De acordo com informações da Associated Press, todos os meninos assistiram a vídeos de decapitações. Um dos meninos do grupo, capturado de sua família (minoria iraquiana yázidi) e obrigado a se submeter ao treinamento, revelou que não estava conseguindo cortar a cabeça da boneca, mesmo após vários golpes: “Depois eles me ensinaram como segurar a espada, e me explicaram como golpear. Disseram que era a cabeça de um infiel”, disse.

O relato do garoto só foi possível porque ele fugiu do campo de treinamento e se escondeu em um local não revelado pela agência, no norte do Iraque.


Quando a região foi tomada pelos terroristas do Estado Islâmico, os homens adultos da minoria yazidi foram massacrados, meninas e mulheres foram feitas escravas sexuais e os meninos, capturados para serem reeducados e formados como combatentes extremistas.

Moradores que fugiram da Síria e Iraque contam que o Estado Islâmico está recrutando adolescentes e crianças, usando presentes, ameaças e lavagem cerebral, em um esforço para formar um novo exército, capaz de enfrentar a guerra contra o ocidente por anos e manter a perseguição a cristãos em todo o mundo.

Na última semana, os terroristas mostraram um vídeo de um menino decapitando um soldado sírio, sob o olhar de um extremista experiente. Em junho, o Estado Islâmico já havia mostrado um vídeo onde 25 crianças executaram com tiros na cabeça, sem hesitação, 25 soldados sírios que haviam sido capturados.

35 COMENTÁRIOS

  1. O ISIS nada mais faz que repertir o Velho Testamento. Duvidam?

    ÊXODO 21:20-21 Com a aprovação divina, um escravo pode ser surrado até a morte sem punição para o seu dono, desde que o escravo não morra imediatamente.

    ÊXODO 22:17 “Não deixarás viver nenhuma feiticeira.”

    ÊXODO 22:19 “Quem sacrificar a algum deus que não seja o único Senhor, será posto em interdito.”

    ÊXODO 32:27 “Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu próximo. E os filhos de Levi fizeram conforme a palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns 3.000 homens.”

    LEVÍTICO 26:22 “Enviarei as feras dos campos as quais lhes deixarão sem os seus filhos.”

    LEVÍTICO 26:29, DEUTERONOMIO 28:53, JEREMIAS 19:9, EZEQUIEL 5:8-10 Como punição, o Senhor fará com que as pessoas comam a carne de seus próprios filhos, filhas, pais e amigos.

    NUMEROS 12:1-10 Deus faz com que Miriam fique leprosa por sete dias por ela e Arão terem falado mal de Moisés.

    NUMEROS 15:32-36 Um homem que no Sábado estava pegando gravetos de lenha para uma simples fogueira é apedrejado até a morte segundo a ordem de Deus.

    NUMEROS 16:49 Uma praga divina mata 14.700 pessoas.

    NUMEROS 21:3 Com o apoio divino os Israelitas destroem todos os Cananeus.

    NUMEROS 21:6 Deus manda serpentes ardentes para matar muitos Israelitas.

    NUMEROS 21:35 Com o apoio divino os Israelitas matam Ogue, seus filhos e todo o seu povo até não haver sequer um sobrevivente.

    NUMEROS 25:4 “Disse Deus a Moisés: Toma todos os cabeças do povo e enforca-os ao Senhor diante do Sol, e o ardor da ira do Senhor se retirará de Israel.”

    NUMEROS 25:8 “Com uma lança Finéias vai até uma tenda e mata um próprio israelita e a sua mulher ferindo-os na barriga, cessando assim a praga sobre os filhos de Israel.”

    NUMEROS 25:9 Uma outra praga divina mata 24.000 pessoas.

    NUMEROS 31:17-18 Moisés, seguindo ordem divina, ordena que os Israelitas matem todos os filhos homens dos Midianitas e todas as mulheres que já tenham conhecido homem. (Como iam saber quais as mulheres que já tinha conhecido homens?)

    NUMEROS 31:31-40 Os Israelitas capturam 32.000 virgens como pilhagem na guerra. 32 são colocadas de lado (para serem sacrificadas?) como um tributo ao Senhor.

    DEUTERONOMIO 2:33-34 Os Israelitas destroem completamente os homens, mulheres e crianças de Siom.

    DEUTERONOMIO 7:2 Deus dá conselho aos Israelitas para destruir totalmente, sem piedade, todos que tiverem que enfrentar.

    DEUTERONOMIO 20:13 “E, se o Senhor, teu Deus, a entregar nas tuas mãos, passarás a fio de espada todos os seus varões. As mulheres, porém, as crianças, o gado e tudo o que houver na cidade, todos os seus despojos, os tomarás para ti, e desfrutarás da presa dos teus inimigos, que o Senhor, teu Deus, te houver entregue”.

    DEUTERONOMIO 20:16 “Das cidades destas nações, que o Senhor teu Deus te dá em herança, nenhuma coisa que tem fôlego deixarás com vida”.

    DEUTERONOMIO 21:10-13 A mulher prisioneira: Com aprovação divina, os Israelitas podem pegar as “mulheres formosas” do inimigo e as levarem para suas casas para serem suas mulheres. Suas cabeças devem ser raspadas e suas unhas devem ser cortadas e depois “entrarás a ela e tu serás teu marido e ela tua mulher”. Caso não se contente com ela, podem deixá-la partir, desde que não a vendam.

    DEUTERONOMIO 28:53 “E comerás o fruto do teu ventre, a carne de teus filhos e de tuas filhas que te der o Senhor teu Deus, no cerco e no aperto com que os teus inimigos te apertarão”.

    JOSUÉ 6:21-27 Com aprovação divina, Josué destrói com fio da espada os homens, mulheres e crianças da cidade de Jericó.

    JOSUÉ 7:19-26 Acã, seus filhos e seu gado são apedrejados até a morte por Josué, só por ter pego despojos dos babilônios.

    JOSUÉ 8:22-25 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Ai, matando 12.000 homens e mulheres, sem que nenhum escapasse.

    JOSUÉ 10:10-27 Com aprovação divina, Josué destrói todo os Gibeonitas.

    JOSUÉ 10:28 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Maqueda.

    JOSUÉ 10:30 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Libna.

    JOSUÉ 10:32-33 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Laquis.

    JOSUÉ 10:34-35 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Eglom.

    JOSUÉ 10:36-37 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Hebrom.

    JOSUÉ 10:38-39 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Debir.

    JOSUÉ 11:21-23 Com aprovação divina, Josué destrói todo o povo de Anakim.

    JOSUÉ 10:40 “Assim feriu Josué toda aquela terra, as montanhas, o sul, e as campinas, e as descidas das águas, e a todos os seus reis. Nada deixou de resto; mas tudo o que tinha fôlego destruiu, como ordenara o Senhor Deus de Israel.”

    JOSUÉ 11:6 O senhor ordena o mutilamento (corte dos tendões das pernas) dos cavalos.

    JUÍZES 1:6 Com aprovação divina, Judá persegue Adoní-Bezeque e lhe corta os polegares e os dedões do pé.

    JUÍZES 1:8 Com aprovação divina, Judá põe fogo em Jerusalém.

    JUÍZES 3:29 Os Israelitas matam 10.000 moabinitas.

    JUÍZES 7:19-25 O povo de Gideão destrói os Midianitas, cortam as cabeças de seus príncipes e as trazem para Gideão.

    JUÍZES 16:27-30 Samsão, com a ajuda de Deus, derruba os pilares e causa sua própria morte e a de 3.000 homens e mulheres.

    JUÍZES 19:22-29 Um grupo de depravados sexuais batem na porta de um ancião pedindo para que ele lhes entregue um homem que ali tinha entrado. Ao invés disso o homem lhes oferece sua filha virgem e a concubina do homem. “Eis que a minha filha virgem e a concubina dele tirarei para fora ; humilhai-as a elas, e fazei delas o que parecer bem aos vossos olhos, porem a este homem não façais loucura semelhante.” O homem lhes entrega a concubina. Eles a usam até o amanhecer. Depois disso o homem corta seu corpo em doze partes e envia cada uma das partes para cada uma das doze tribos de Israel.

    1SA 18:27 David mata 200 filisteus e lhes corta os prepúcios.

    SAMUEL II 4:7-8 Recabe e Baaná matam Isbosete, que estava deitado, e o decapitaram e levaram sua cabeça de presente para David.

    SAMUEL II 4:12 David manda matar Recabe e Baaná e manda lhes cortar suas mãos e seus pés e pendurar seus corpos sobre um tanque.

    SAMUEL II 8:4 David mutila inúmeros cavalos, cortando-lhes os tendões,.

    SAMUEL II 8:5 David mata 22.000 Sírios.

    SAMUEL II 8:13 David mata 18,000 Edomitas no vale do sal e faz o restante de escravos.

    SAMUEL II 10:18 David mata mais de 40.000 Sírios.

    SAMUEL II 11:14-27 David arma um plano para matar Urias de forma que possa desposar sua esposa.

    SAMUEL II 12:1, 19 Deus mata o filho de David pelos pecados que ele cometera.

    SAMUEL II 13:1-15 Amnon se apaixona por sua própria irmã Tamar, a estupra e depois a odeia.

    SAMUEL II 13:28-29 Absalão irmão de Amnom manda matar Amnom.

    SAMUEL II 18:6-7 20.000 homens são mortos numa batalha no bosque de Efraim.

    SAMUEL II 18:15 Os soldados de Joab matam Absalão.

    SAMUEL II 20:10-12 Os soldados de Joab matam Amasa e deixam-no esvaindo em sangue no meio da rua.

    SAMUEL II 24:15 Deus manda uma peste que mata 70.000 homens em Israel.

    REIS I 2:24-25 Salomão manda matar Adonias.

    REIS I 2:29-34 Salomão manda matar Joab.

    REIS I 2:46 Salomão manda matar Simei.

    REIS I 13:15-24 Um homem é morto por um leão por ter comido pão e bebido água num lugar onde o Senhor lhe tinha proibido. Isso apesar do fato do homem ter sido enganado por um profeta que lhe dissera que um anjo do Senhor o tinha permitido comer e beber naquele local.

    REIS I 20:29-30 Os Israelitas matam 100.000 Sírios em um dia. Um muro cai em cima dos 27.000 Sírios restantes.

    REIS II 2:23-24 42 crianças são despedaçadas e mortas por ursos por terem zombado de um homem de Deus que por isso os teria amaldiçoado.

    REIS II 5:27 Eliseu amaldiçoa eternamente com lepra Geazi e todos os seus descendentes.

    REIS II 6:18-19 Atendendo as súplicas de Eliseu, o Senhor cega os Sírios que assim são enganados por Eliseu.

    REIS II 6:29 “Cozemos pois o meu filho e o comemos. Mas dizendo-lhe eu ao outro dia: Dá cá o teu filho, para que o comamos; escondeu o seu filho.”

    REIS II 9:30-37 Jeú faz com que Jezabel seja morta. Seu corpo é pisoteado por cavalos. Sua carne é comida pelos cachorros. Dela só restam a caveira, os pés e as palmas das mãos.

    REIS II 10:7 Jeú mata 70 filhos de Acabe, suas cabeças são cortadas e colocadas em cestos e enviadas para o seu pai.

    REIS II 10:14 Jeú manda matar 43 parentes de Acabe.

    REIS II 11:1 Atalia destrói toda uma família real.

    REIS II 14:5, 7 Amazias mata seus servos e 10.000 edomitas.

    REIS II 15:16 Menaem corta ao meio todas as mulheres grávidas.

    REIS II 19:35 Um anjo do Senhor mata 185.000 assírios numa só noite.

    CRONICAS I 20:3 “Então David fez serrar o povo com a serra e cortar com talhadeiras de ferro e com machados; e assim fez David com todas as cidades dos filhos de Amom.”

    2CH 13:17 500.000 Israelitas são assassinados.

    PS 137:9 Feliz o homem que arrebentar os seus filhinhos de encontro às rochas.

    IS 13:15 “Todo o que for achado será traspassado; e todo o que for apanhado, cairá a espada. E suas crianças serão despedaçadas perante os seus olhos; as suas mulheres violadas.”

    ISAIAS 13:18 “E os seus arcos despedaçarão os mancebos, e não se compadecerão do fruto do ventre; o seu olho não poupara os filhos.”

    ISAIAS 14:21-22 “Preparai a matança para os filhos por causa da maldade de sues pais.”

    ISAIAS 49:26 O Senhor faz com que os opressores do povo israelita comam sua própria carne e fiquem bêbados de seu próprio sangue, como se fosse vinho.”

    JEREMIAS 16:4 Segundo Deus “Morrerão de enfermidades dolorosas, e não serão pranteados nem sepultados; servirão de esterco para a terra; e pela espada e pela fome serão consumidos, e os seus cadáveres servirão de mantimento às aves do céu e aos animais da terra.”

    LAMENTAÇÕES 4:9-10 “…As mãos das mulheres piedosas cozeram seus próprios filhos; serviram-lhes de alimento na destruição…”

    EZEQUIEL 4:12 “E comerás um biscoito de cevada, a qual cozerás, à vista deles, com
    excrementos humanos.”

    EZEQUIEL 6:12-13 O Senhor diz: “… o que estiver longe morrerá de peste, e o que está perto morrerá pela espada, e o que ficar de resto e cercado morrerá de fome; cumprirei o meu furor contra eles ….”

    EZEQUIEL 9:4-6 Ordem do Senhor: “sem compaixão… matai velhos, mancebos, e virgens, e meninos, e mulheres, até exterminá-los….”

    EZEQUIEL 21:3-4 O Senhor diz que exterminará tanto o justo quanto o ímpio, ferindo-lhes a carne com sua espada.

    EZEQUIEL 23:25, 47 Deus irá matar os filhos e as filhas de todas que foram prostitutas.

    OZEAS 13:16″seus filhos serão despedaçados, e as suas mulheres grávidas serão abertas pelo meio.”

    SALMO 109:6-13 “Suscitai ao seu lado um malévolo, e um acusador esteja à sua direita. Citado em juízo, seja condenado, e fique sem efeito a sua defesa. Sejam abreviados
    os seus dias, e receba outro o seu lugar. Fiquem órfãos os seus filhos, e viúva a sua esposa. Andem errantes e mendigando os seus filhos, e esmolem longe das suas casas em ruínas. Vincule-lhe o credor todos os seus bens, e os estranhos roubem as suas fadigas. Ninguém mais lhe mostre benevolência, nem haja quem se compadeça de seus órfãos. Sua descendência seja voltada ao extermínio; e na próxima geração extinga-se o seu nome.”

    SALMOS 137:9 “Bravo o que tomar os seus filhinhos e os esmagar contra uma pedra!”

    E TEM MUITO MAIS!

    Vide bibliadocetico.net

    • É um livro histórico que conta a saga de um povo.

      Tanto é que nenhum de nós seguimos tais costumes. Você gira bem da cabeça? O fato de um país ter endurecido a lei, isso decorre do momento.

      Agora mesmo, por exemplo, há necessidade de um rigor maior da lei, haja vista o desande dos bandidos, a ausência de temor.

      Estude sociologia, filosofia, educação moral e cívica, OSPB, você tá ficando e do lado das ideias de Nosferatu.

      • “É um livro histórico que conta a saga de um povo.”

        É um livro que vocês consideram inspirado, inerrante e infalível, cidadão!

        “Tanto é que nenhum de nós seguimos tais costumes.”

        Mas citam esses livros para oprimir pessoas. Além disso, a questão é se essa carnificina toda foi ordenada por Deus, como vocês acreditam. Não, não foi!

        “Você gira bem da cabeça?”

        Melhor do que você, tenho certeza.

        “O fato de um país ter endurecido a lei, isso decorre do momento.”

        Ora, mas a Bíblia não foi inspirada por Deus? Não estamos falando de um “país”, cara pálida, estamos falando de um livro que vocês dizem que o próprio Deus inspirou.

        “Agora mesmo, por exemplo, há necessidade de um rigor maior da lei, haja vista o desande dos bandidos, a ausência de temor.”

        Não confunda rigor na lei com as atrocidades do Velho Testamento, falacioso.

        “Estude sociologia, filosofia, educação moral e cívica, OSPB, você tá ficando e do lado das ideias de Nosferatu.”

        Educação Moral e Cívica não consta mais da grade curricular, mas eu cursei faculdade de história, onde estudei também um pouco de sociologia, antropologia, filosofia e outras disciplinas, e é justamente por haver estudado e ainda estudar essas disciplinas que não sou um fundamentalista alienado como você.

        • Velho testamento , são os livros da lei dos Judeus, e apenas para eles, não existia outros povos escolhidos, era, como ainda é até hoje se vc for ver todo o mundo contra israel, ela esta cercada por povos que querem destruir , era o povo escolhido de Deus se defendendo das outras noções. Então neste contesto era a pura defesa de israel, contra quem queria destruir. Ainda hoje é assim. Neste contexto de lutas e guerras foi previsto a vinda de Jesus que mudaria de lei para graça, aonde Jesus seria e é a verdade o caminho e a vida. Aonde não mais seria a vingança , afinal seria derramado o sangue de Jesus , não mais de animais ou de pessoas nas guerras. O evangelho da graça que ja havia sido previsto pelos profetas do antigo testamento, foi confirmado quando da vinda de Jesus e confirmado por ele mesmo , em qu se fala ” Em Mateus 5:17-18, Jesus disse: “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas, não vim para revogar, vim para cumprir. Porque em verdade vos digo, até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” . Então é isso houve matanças, sim, e tudo mais que foi postado nas passagens Biblicas, mas Jesus mudou este tipo de situação, pois Deus já havia previsto que Jesus viria para salvar o mundo.

          • Luiz Freitas, você não entendeu os pontos específicos da questão, ou seja, que toda essa violência do EI tem paralelo na grande violência do Velho Testamento o que conduz a ineludível conclusão de que Deus não é o autor do Velho Testamento e jamais ordenou as monstruosidades que constam nesses livros. Eu sei perfeitamente que o Velho Testamento, assim como o Novo Testamento, constituem literatura religiosa e de história do povo hebreu e judeu, mas eu abordei a questão do ponto de vista ético, bem como no que se refere a origem humana e não divina dos tais livros.

        • “É um livro histórico que conta a saga de um povo.”

          É um livro que vocês consideram inspirado, inerrante e infalível, cidadão!

          Tréplica: CARA PÁLIDA, A ESCRAVIDÃO BRASILEIRA NÃO MAIS É REPETIDA, PELO MENOS PROCURAMOS NÃO ASSIM PROCEDER. ESSA É A HISTÓRIA DO BRASIL, E NÃO PODEMOS ESQUECER DE FALAR. A INSPIRAÇÃO É NESSE CONTEXTO, COMO SEJA, QUE O HOMEM JUDEU NÃO OMITA SEUS ERROS. SEM INSPIRAÇÃO, A SABER, SEM A MÃO DIVINA, OS JUDEUS TERIAM DISTORCIDO EM PROL DELES CONTANDO APENAS AS BELAS COISAS.

          “Tanto é que nenhum de nós seguimos tais costumes.”

          Mas citam esses livros para oprimir pessoas. Além disso, a questão é se essa carnificina toda foi ordenada por Deus, como vocês acreditam. Não, não foi!

          A CARNIFICINA FOI OBRA DO JUDEU, COMO NÓS FIZEMOS E AINDA FAZEMOS A NOSSA. DAÍ EU DIZER QUE É COISA QUE DEUS QUER. É COMUM ESSE TIPO DE AÇÃO NOS SERES HUMANOS, POIS SACRIFICAM EM ALTERES E TIRAM O SANGUE E BEBE EM NOME DE SEUS DEUSES.

          “Você gira bem da cabeça?”

          Melhor do que você, tenho certeza.

          NÃO, POIS SE USASSE NÃO ESTARIA COMO HISTORIADOR PEGANDO AS COISAS AO PE DA LETRA. NENHUM EVANGÉLICO MANDA MATAR ADVERSARIOS E NEM SUPOSTOS PECADORES. VOCÊ APRESENTA UMA EXCEÇÃO QUE OCORRE EM UGANDA, PAIS QUE ATÉ O ANO DE 1972 POSSUIA OUTROS POVOS, EM ESPECIAL OS MUÇULMANOS, INSTITUIÇÃO RELIGIOSA QUE DE QUANDO EM QUANDO AGE DESSA FORMA, MATANDO MULHER, HOMENS, CRIANÇAS QUE NÃO SEGUEM O ALCORÃO. MOSTRE UM OUTRO PAÍS CRISTÃO QUE AGIU DESSA FORMA.

          “O fato de um país ter endurecido a lei, isso decorre do momento.”

          Ora, mas a Bíblia não foi inspirada por Deus? Não estamos falando de um “país”, cara pálida, estamos falando de um livro que vocês dizem que o próprio Deus inspirou.

          INSPIRAR, CARA PÁLIDA, É DESTACAR A VERACIDADE DOS FATOS. ACASO OS PAIS ANDAM SEDUZINDO SUAS FILHAS NOS PAÍSES CRISTÃOS EM FACE DO OCORRIDO COM LÓ? FOI DEUS QUE INSPIROU LÓ? ELE PODE ATE TER DITO, PODE ATÉ DIZER QUE FOI NOBRE SUA AÇÃO E DAS FILHAS EM DAR CONTINUIDADE A SUA GENTE, MAS O MUNDO PODE MUITO BEM FICAR SEM ESSE INCESTO, COISA DE RADICAIS, MEU CARO, QUER QUE ESCONDA ISSO E NÃO SEJA CONTADO PRA SERVIR DE EXEMPLO DO QUE NÃO PODE E NEM DEVE SER FEITO?

          “Agora mesmo, por exemplo, há necessidade de um rigor maior da lei, haja vista o desande dos bandidos, a ausência de temor.”

          Não confunda rigor na lei com as atrocidades do Velho Testamento, falacioso.

          VOCÊ COMO HISTORIADOR, PERGUNTO, VAI FALAR CASO FOSSE CONTRATADO PRA ESCREVER UM LIVRO, APENAS AS COISAS BELAS DO BRASIL? BRINCADEIRA, NÉ ESSA TUA ILAÇÃO? BOM, ACREDITO QUE VOCÊ REGISTRARÁ TUDO, MAS DAÍ EU OU QUALQUER OUTRO DIZER QUE, POR EXEMPLO, O TRÁFICO É COISA DE DEUS, INSPIRADA POR ELE, AÍ JÁ É DEMAIS, SOMENTE POR ESTAR CONSTANDO NO LIVRO?

          “Estude sociologia, filosofia, educação moral e cívica, OSPB, você tá ficando e do lado das ideias de Nosferatu.”

          Educação Moral e Cívica não consta mais da grade curricular, mas eu cursei faculdade de história, onde estudei também um pouco de sociologia, antropologia, filosofia e outras disciplinas, e é justamente por haver estudado e ainda estudar essas disciplinas que não sou um fundamentalista alienado como você.

          DESCULPE, MAS ESTÁ SENDO FUNDAMENTALISTA, E ESTE É O QUE ENXERGA O QUE QUER. VOCÊ ESTÁ FAZENDO UM CONCEITO DOS CRISTÃOS A PARTIR DO RADICALISMO DE UGANDA. A NÃO SER QUE VOCÊ SEJA BOBO, OU ENTÃO TRAPACEIRO DA HISTÓRIA, A QUE VOCÊ DIZ SER DOUTOR.

          MENOS, MEU CARO. MAIS INTERPRETAÇÃO DOS FATOS E MENOS ESCRAVISMO DA LETRA.

          • Não adianta debater com quem insiste em portar-se como um asno. Esta mais do que claro que a violência do Estado Islâmico tem paralelo idêntico na violência do Velho Testamento, o que prova para além de qualquer dúvida razoável que tanto a violência do Estado Islâmico quanto a do Velho Testamento não tem origem divina, não foram ordenadas por Deus, mas foram e são frutos de mentes humanas implacáveis para com os que consideram infiéis. O Velho Testamento é livro que se você torce jorra sangue e gemidos dos milhões de vítimas mortas pelos beligerantes seguidores do deus “homem de guerra” (Êx. 15:3). Todas as suas arengas não mudarão estes fatos, levi cara pálida. Aceite que dói menos.

          • Sandro,

            Não adianta dialogar com os pessimistas, os que temem até a sombra, os que não deixam o passado no passado, os que conseguem enxergar o homem agindo sempre do mesmo modo, não consegue enxergar evolução.

            Todos os povos do mundo eram dominadores, e todos faziam a propaganda de si, numa ufania pra intimidar os possíveis inimigos, vizinhos ou não.

            Leia a história, meu caro, ela responde quanto ao passado, nos ensina como proceder no presente, e nos traz alento ao futuro. Você parece museu, foi e lá conseguiu ficar, estático, inerte,

      • Levi,é um livro histórico,mas que os fanáticos levam aos extremos conforme seus
        interesses,e é de desgraça humana que os fundamentalistas vivem e sobrevivem.O
        que eles pregam são extraídos das Sagradas escrituras,mas está mais para versos satânicos.Nada disso é de DEUS VIVO.

  2. O EI faz toda essa barbárie porque tem o poder pleno, Assim, deem plenos poderes aos fundamentalistas cristãos dominionistas e eles farão pior que os radicais islâmicos: eles trarão de volta a Inquisição e reacenderão os fogos para a queimad dos heréges e infiéis.

    • Sandro,

      Respeite as caras. Quem fez isso foram os católicos no passado, se bem que tem alguns que querem repetir, tipo você.

      Cristãos no plural? Há cristãos e cristãos, por isso disse que respeitasse as caras, as individualidade, as histórias.

      O mundo ocidental é comandado por cristãos, e é onde mais há abertura e tolerância, mas você fica difamando.

      Tá achando o Brasil ruim, os EUA, a Alemanha, então vá pra coreia, países árabes…

      Mania de generalizar.

        • Esse Roger é o exemplo perfeito de um evangélico fundamentalista.Na Uganda,o presidente,a primeira dama e e outros famigerados locais também
          são crentes em JESUS CRISTO,e todos poços de injustiças sociaise corrupção geral.Só não matam os gays por medo dos Países ricos que
          ameaçaram cortar as verbas e dar para a oposição,no caso os gays e simpatizantes com bases em Países vizinhos.Na Uganda os evangélicos
          são 55 por cento da população e reina a desgraça,a miséria e a maldita
          corrupção mil vez mais do que aqui.São os frutos dos ditos ungidos.

      • Sem dúvida, janio. Na Idade Média católicos e protestantes torturavam os infiéis e hereges e os queimavam vivos muitas vezes com lenha verde, sendo que o Estado Islâmico parece ser mais misericordioso, pois executa logo suas vítimas.

  3. LEANDRO AGUIAR (dos comentaristas acima): eu não prefiro morrer, eu prefiro viver!

    “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (Jesus – João 10:10)

    Essas palavras dizem alguma coisa para você? Escolha viver, escolha não morrer!

  4. Vcs que tem filhos pequenos, cuidado com o que eles assistem na TV, pois no Sbt estreou um desenho chamado Avatar:A lenda de Korra, que faz apologia ao lesbianismo e também é considerado muito violento.

  5. Vocês que têm filhos pequenos não façam como certas mães irresponsáveis que passam o dia todo na internet – porque só o marido trabalha – com a bunda colada na cadeira digitando asneiras enquanto seus filhos pequenos ficam entregues a si mesmos.

  6. Essas crianças quando crescerem vão matar esses professores. O mundo sempre foi assim. Quem planta ódio colhe a morte. Quem planta e ensina o respeito, colhe o amor.

    Sei não, talvez essas crianças, uma vez acostumadas com o matar, talvez nem esperem o próprio crescimento, e cairão em cima dessas figuras, no máximo daqui a cinco anos.

    • Como você é ingênuo, Levi Varela! Como faz uma leitura tão fantasiosa da realidade!

      Também, pudera, o que são fundamentalistas senão seres desconectados da realidade?

          • Sandro,

            Não apenas contra os pais, mas sim contra qualquer um.

            Procura saber o que Hítler e seu partido fez com as crianças, modo de desestabilizar as famílias e a ordem.

            De um grupo de, por exemplo, 35 meninas de 12 e 14 anos, vinte e oito estavam grávidas, tendo uma das mães procurado sua filha, ela ameaçou de entregar à coordenadora, tendo a mãe retornado sem enfrentar o sistema;

          • Não, Levi, essas crianças infelizmente lutarão pela mesma causa de dominionismo fundamentalista e teocrático de seus pais.

    • Levia e suas asneiras.Não existe fundamentalismo diferente.A diferença é que lá eles
      cresceram e se armaram.Os daqui não são nada,não apitam e nada,mas querem a teocracia custe o que custar e não importa os meios.Isso só no dia de são nunca.Chora
      malafaia,feliciano,bolsonário e outros alucinados.

  7. Odeio esse Estado Islâmico, nem leio mais as matérias sobre eles. Só vou ler quando a matéria for o fim deles. (⋋_⋌)

    A grande maioria dos muçulmanos são pacíficos, e apesar das guerras inerentes das civilizações antigas, eles tem uma história e cultura fascinantes.

    Na época de ouro do islamismo eles patrocinavam cientistas como hoje são patrocinados os jogadores de futebol. Foi um matemático muçulmano que formulou, explicitamente, a função trigonométrica. A palavra “seno” é uma tradução da palavra arábica “jayb”. Até hoje usamos os algarismos indo-arábicos 1,2,3,4,5,6,7,8,9,0. A medicina era considerada uma ciência próxima de Deus, e eles incentivavam os fiéis a adquirem conhecimento e sabedoria sobre a maravilhosa criação de Deus (através das ciências). Eles inventaram astrolábios, quadrantes, grades trigonométricas e outros instrumentos que foram extremamente inovadores na época e que mais tarde foram utilizados pelos europeus quando iniciaram as grandes navegações para a descoberta de novos mundos. Não é atoa que de Portugal e Espanha (que foram dominados pelos muçulmanos) se iniciaram as grandes navegações. Enquanto a igreja católica queimava escritos que eles consideravam hereges, os muçulmanos não só preservaram grande parte dos escritos, como fundaram um centro de tradução de manuscritos e de reflexão científica.

    Isso sem dizer da arquitetura linda, da arte, e da preservação das lendas e histórias que eu amo (❤‿❤) Aaah, Mil e uma Noites, os gênios da Lâmpada, tapetes voadores (≧◡≦)

    Quando eles dominaram Jerusalém (antes das Cruzadas), judeus, muçulmanos e cristãos viviam em paz, todos eram respeitados e tolerados, pois eles não obrigavam as pessoas a se converterem, nem tinham um tribunal da inquisição, apenas cobravam impostos dos não muçulmanos e dos povos dominados (pode ser injusto, mas é bem mais justo que jogar na fogueira quem não aceita sua fé). Os judeus sempre viveram em paz com eles (antes da criação do Estado de Israel), sempre viveram como primos. (╯.╰)

    A decadência, a fragmentação do Império Muçulmano, o empobrecimento desses povos, a concentração do poder nas mãos de poucos, a desigualdade social, pobreza, miséria, o domínio e opressão do Ocidente, geraram isso. Por isso, você nunca vai ver um Estado Islâmico surgir em Dubai – um lugar maravilhoso e lindo (♥♥,).

    Por isso, esse Estado Islâmico não representa a rica história dos muçulmanos e nem os irmãos muçulmanos pacíficos. Por isso odeio esse Estado Islâmico assassino (╥﹏╥)

    Coitadas das crianças (╥﹏╥)

  8. A violência do Estado Islâmico tem paralelo na violência do Velho Testamento, o que prova para além de qualquer dúvida razoável que tanto a violência do Estado Islâmico quanto a do Velho Testamento não tem origem divina, não foram ordenadas por Deus, mas foram e são fruto de mentes humanas implacáveis para com os que consideram infiéis. O Velho Testamento é um livro que se você torce jorra sangue e gemidos dos milhões de vítimas mortas pelos beligerantes seguidores do deus “homem de guerra”. O Velho Testamento é um livro histórico, mas não foi inspirado, ou seja, não teve como autor o Deus de Jesus, pois o deus do Velho Testamento é, nas palavras do autores de Êxodo, e como já mencionei, um beligerante “Homem de guerra” (Êx. 15:3). E aos que duvidam, peço que leiam e reflitam sobre três passagens apenas, e digam com toda a sinceridade que há em seus corações se tamanhas monstruosidades poderiam ter sido inspirada pelo Deus a quem o evangelista João se refere como sendo o próprio amor:

    “Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu próximo. E os filhos de Levi fizeram conforme a palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns 3.000 homens.” (Êxodo 32:27)

    “Feliz o homem que arrebentar os seus filhinhos de encontro às rochas.” (Salmo 137:9)

    “O Senhor é homem de guerra; Jeová é o seu nome.” (Êxodo 15:3)

    As passagens acima provam que o Velho Testamento não é de origem divina.

    • Isso é só o que está escrito, mas e o que não está escrito? Se você crê em Deus, pense que esse mesmo Deus homem de guerra que o seu Jesus atestou, confirmando que o enviou segundo as Escrituras que em todo o momento ele cita e atesta como fonte (dizendo inclusive que não veio abolir a Lei – Torá – e os Profetas, mas cumprir), ainda executa seu julgamento na Terra.

      Ainda nascem crianças inocentes com deformações congênitas, crianças inocentes são estupradas, abusadas e assassinadas todos os dias, sem ter cometido um pecado, bebês são mortos e jogados em cestos de lixo, pessoas que antes de conhecerem o pecado nascem com deformações horríveis que os condenam ao ostracismo social, o que passaram as crianças negras nos períodos de escravidão, ou as crianças judias nos campos de concentração.

      Qual a diferença entre uma criança que nasce na miséria em um país africano, com Aids, pagando pelos pecados dos seus pais, ou dessas que foram executados pela espada no Velho Testamento, também pelos pecados de seus pais? E quem é o autor da vida que observa em sua novela real, o Estado Islâmico crucificar e enterrar crianças? O autor é o mesmo, já que nada acontece sem sua permissão, nem mesmo o cair de uma folha. Ele escreveu o dia da sua morte Sandro, e deu ordem para que o seu corpo começasse a morrer aos poucos. Um câncer? Atropelamento? Um assassinato brutal? Uma morte tranquila? Quem sabe você não seja espancado até a morte por um neonazista homofóbico, enquanto um Fernandinho Beira-Mar ou qualquer mafioso morra tranquilo em seu leito, depois de fazer amor com sua esposa e sorver uma taça de vinho, rodeado de uma família numerosa e com um enterro digno? Quem sabe uma velhinha que dedicou sua vida a ajudar os pobres morra de câncer, abandonada em um asilo, enquanto seu filho ingrato tenha uma morte pacífica? E porque não também o contrário? Se ele dá ordem direta para que um povo seja exterminado e registra isso em um livro, ou permite que uma tribo indígena inteira seja massacrada por europeus, não faz diferença, ambos, o livro e a vida, não parecem ser de origem divina.

      A diferença é que você se indigna com o que está escrito, mas se olhar em volta, todo esse sofrimento ao nosso redor também não parece ser inspirado por Deus. O Deus homem de guerra que Jesus atestou, é o mesmo que abandona os homens, como um pai que sai de casa e deixa seus filhos se virarem, deixando somente provisão e instruções, e quando vê eles brigando entre si, se matando, um oprimindo o outro, escravizando, estuprando, diz que a culpa é deles, que ele lhes deu liberdade e eles que escolheram o mal, crianças imaturas tomando conta de si mesmas. Não é Ele o causador desse mal? Por isso está escrito, em Isaías, que ele faz a paz e a guerra, cria o bem e faz o mal.

      Não é coerente acreditar só no Deus “paz e amor”, fechar os olhos para o mal e se isolar em um mundo imaginário de um deus bonzinho, Jesus viu isso (a face do mal), quando segundo os escritos cristãos, foi crucificado sendo inocente.

      A maldade não pode vir do homem, e não vir do criador do homem.

      • “Isso é só o que está escrito, mas e o que não está escrito?”

        Pergunta confusa. Onde exatamente quer chegar? Ao subjetivismo?

        “Se você crê em Deus, pense que esse mesmo Deus homem de guerra que o seu Jesus atestou”

        Jesus não atestou esse deus homem de guerra, pois disse: “Ouvistes o que foi dito aos antigos …. EU, porém, vos digo”. Assim, Jesus coloca a sua autoridade sobre “o que foi dito aos antigos”, ou seja, ao povo do VT.

        “Ainda nascem crianças inocentes com deformações congênitas, crianças inocentes são estupradas, abusadas e assassinadas todos os dias, sem ter cometido um pecado (…)”

        O que prova claramente que precisamos encontrar a explicação espiritual para o problema do mal, do sofrimento e da morte fora dos estreitos limites do cristianismo fundamentalista.

        “Qual a diferença entre uma criança que nasce na miséria em um país africano, com Aids, pagando pelos pecados dos seus pais, ou dessas que foram executados pela espada no Velho Testamento, também pelos pecados de seus pais?”

        Nenhuma criança paga pelos pegados do pais, a própria Bíblia diz isso. Ademais, a diferença esta no fato de que Moisés, e outros escritores do Antigo Testamento, atribuiram a Deus a ordem para as monstruosidades todas que constam nos livros que compõem o Velho Testamento.

        “E quem é o autor da vida que observa em sua novela real, o Estado Islâmico crucificar e enterrar crianças? O autor é o mesmo, já que nada acontece sem sua permissão, nem mesmo o cair de uma folha.”

        Apesar de judeus, cristãos e islâmicos atribuirem a Deus as atrocidades do Antigo Testamento, o fato é que Deus não ordenou aqueles massacres como não ordena hoje os massacres promovidos pelo Estado Islâmico.

        “Ele escreveu o dia da sua morte Sandro, e deu ordem para que o seu corpo começasse a morrer aos poucos. Um câncer? Atropelamento? Um assassinato brutal? Uma morte tranquila? Quem sabe você não seja espancado até a morte por um neonazista homofóbico, enquanto um Fernandinho Beira-Mar ou qualquer mafioso morra tranquilo em seu leito, depois de fazer amor com sua esposa e sorver uma taça de vinho, rodeado de uma família numerosa e com um enterro digno? Quem sabe uma velhinha que dedicou sua vida a ajudar os pobres morra de câncer, abandonada em um asilo, enquanto seu filho ingrato tenha uma morte pacífica? E porque não também o contrário? Se ele dá ordem direta para que um povo seja exterminado e registra isso em um livro, ou permite que uma tribo indígena inteira seja massacrada por europeus, não faz diferença, ambos, o livro e a vida, não parecem ser de origem divina. A diferença é que você se indigna com o que está escrito, mas se olhar em volta, todo esse sofrimento ao nosso redor também não parece ser inspirado por Deus. O Deus homem de guerra que Jesus atestou, é o mesmo que abandona os homens, como um pai que sai de casa e deixa seus filhos se virarem, deixando somente provisão e instruções, e quando vê eles brigando entre si, se matando, um oprimindo o outro, escravizando, estuprando, diz que a culpa é deles, que ele lhes deu liberdade e eles que escolheram o mal, crianças imaturas tomando conta de si mesmas. Não é Ele o causador desse mal? Por isso está escrito, em Isaías, que ele faz a paz e a guerra, cria o bem e faz o mal.”

        Tudo isso que você menciona causa perplexidade aos cristãos e outros religiosos que não têm outras explicações para o problema do mal e do sofrimento que não aquelas dadas pelas religiões abraâmicas. Mas há outras visões, há outras explicações para o enigma do mal, do sofrimento e da morte, tais como a reencarnação e a lei do carma, por exemplo.

        “Não é coerente acreditar só no Deus “paz e amor”, fechar os olhos para o mal e se isolar em um mundo imaginário de um deus bonzinho, Jesus viu isso (a face do mal), quando segundo os escritos cristãos, foi crucificado sendo inocente.”

        Deus é amor, Deus não é ódio, não é mau e não tem os defeitos humanos.

        O problema do mal, do sofrimento e da morte se explica pela lei do carma e da reencarnação. São os cristãos fundamentalistas que não têm explicação.

        Jesus foi crucificado em holocausto para atrair, com sua morte, com seu sacrifício, a humanidade para si, sendo que ele mesmo disse que quando fosse levantado atrairia a muitos para si. Esse foi o sentido da cruz.

        “A maldade não pode vir do homem, e não vir do criador do homem.”

        A maldade claramente vem do homem, apenas do homem.

        • Val HIm, observe, outrossim, que o seu texto, longe de justificar as monstruosidades do Velho Testamento (apenas para tentar salvar a crença na infalibilidade, inerrância e inspiração desse livro), torna mais grave ainda a situação das religiões abraâmicas, pois mostra um deus que causa, ele próprio, todo o mal que você citou. Se não soubesse que você pertence a uma seita pentecostal eu diria que você é um ateu, pois seus argumentos são os mesmos dos ateus. Entretanto, para além das prosaicas explicações abraâmicas, há outras, como já referi no comentário anterior. Não há como justificar, principalmente com base em falácias como as que você apresentou, as atrocidades e selvagerias do Velho Testamento e do Estado Islâmico.

        • “Deus é amor, Deus não é ódio, não é mau e não tem os defeitos humanos.

          O problema do mal, do sofrimento e da morte se explica pela lei do carma e da reencarnação. São os cristãos fundamentalistas que não têm explicação”.

          Sandro, toda a sua argumentação se resume a negar a responsabilidade de Deus, como Criador, dos males do mundo. Veja que você cita um texto, do Evangelho, em que “aparentemente” Jesus contesta do deus “homem de guerra”, e ignora todos os outros que ele atesta o deus “homem de guerra”. Contradição? Não, falta de pesquisa, está se limitando a traduções mal feitas, de uma coleção de livros atestadamente (de acordo com o material disponível) muito adulterada.

          Realmente eu estou mais próximo do ateu cético e lógico (embora não seja ateu), do que dessas fantasias de Deus Paz e Amor, quase um conto de fadas. Como não sou capaz de estragar nem o sonho de uma criança, não vou estragar sua fantasia. A Paz.

  9. Ao Sandro. É muito fácil pegar versículos soltos e parte da história para justificar seus argumentos. Verifiquei e quase todos os textos estão sendo usados fora do contexto. Ora, se o livro é histórico, o contexto deve obrigatoriamente ser citado. O Deus que vc critica vc o faz de ouvir falar. Não existe analise profunda sem experiência empírica. Citações biblicas são meros textos se não houver a aplicação pessoal. E vc esquece de ciyar q a história foi corrigida posteriormente. O grande trunfo da fé é o domínio próprio sobre a razão, subjugando-se a um ser onipresente, onipotente e de imensurável poder , Que é Deus, pela ação do Espírito Santo. Faça a experiência e depois analise seus conceitos. Obrigada.

DEIXE UMA RESPOSTA