Evangélica, ex-namorada de Henri Castelli será indiciada por intolerância religiosa contra umbandista

37

A jornalista Juliana Despirito, evangélica, será indiciada por intolerância religiosa após ter criticado o ex-namorado, ator Henri Castelli, por fotografar a filha deles vestida como uma baiana da umbanda.

A imagem, divulgada nas redes sociais, mostra a menina Maria Eduarda no colo da mãe de santo Neide Oyá, líder do Grupo União Espírita Santa Bárbara (GUESB).

Na ocasião, Despirito se queixou publicamente do ator e afirmou que sua filha era consagrada a Deus: “Minha filha foi presente de Deus… Ela não pertence a nenhum outro espírito que não seja o Espírito Santo de Deus! Ao invés de falar de amor e bondade, seja de verdade! Pare de fingir o que você não é! Não adianta ser bonito por fora quando é escuridão por dentro! Eu sou mãe e sou eu que cuido”, disparou.

Ofendida com a crítica de Juliana, a mãe de santo registrou boletim de ocorrência no 2° Distrito Policial de Maceió (AL) por achar que estava ameaçada: “Senti medo”, afirmou Neide Oyá.


O delegado que acompanha o caso, Alcides Andrade, afirmou que a jornalista deverá ser ouvida pela Polícia Civil de São Paulo e depois indiciada por intolerância religiosa tipificada nos artigos 20 da lei 7.716/89, que trata de crimes raciais, e no artigo 208 do Código Penal, que trata sobre sentimento religioso.

Henri Castelli prestou depoimento ao Ministério Público em Maceió na última sexta-feira, 03 de julho, a pedido da mãe de santo. Os advogados do ator revelaram ao portal Uol que ele também vai mover uma ação contra Juliana Despirito.

“Qualquer pessoa que se sentir lesada com as postagens feitas em relação a foto da filha do Henri poderá ingressar com ação. Outros centros, como o de Pernambuco, já sinalizaram que vão processar a Juliana”, disse Nilton Pereira Neto, advogado do ator. “Estamos investigando e analisando as publicações para ingressarmos com uma ação também”, completou a outra advogada de Henri, Walkyria Carvalho.

Caso seja condenada, a jornalista pode ser sentenciada a cumprir de um a três anos de prisão.

37 COMENTÁRIOS

  1. bom sou contra o preconceito , mas um ateu vai tentar criar seu filho com princípios ateístas , com um católico e um evangélico não sera diferente , e se for um umbandista também não sera diferente , acho que deveria chamar o cara em um canto e entrar num acordo, sem exagero , afinal muita gente quer processar o outro para ver se ganha uma graninha .

  2. Bom sou contra o preconceito , mas um ateu vai tentar criar seu filho com princípios ateístas , com um católico e um evangélico não sera diferente , e se for um umbandista também não sera diferente , acho que deveria ter chamado o cara em um canto e entrar num acordo, sem exagero , afinal muita gente quer processar o outro para ver se ganha uma graninha .

  3. Agora tudo é processo. Eu também não gostaria que alguém sem a minha autorização colocasse roupas de religiões que eu não concordo em meu filho, eu acho que esse ator fez isso de propósito, pois sabe que a mãe da filha dele é evangélica . Hoje em dia a pessoa é obrigada a aceitar tudo, mas uma coisa é vc respeitar a pessoa de outra religião e outra é aceitar que sem a sua autorização se metam no tipo de crença que vc quer ensinar ao teu filho.

        • Vanessa
          Nós os evangélicos, anunciamos a palavra de Deus, porque queremos que os outros também sejam salvos por Jesus. Se não tivermos o cuidado na hora de anunciar, os contras pelas suas incredulidade, provocam e até nos levam a tribunais. Aliás, quando formos evangelizar alguém, melhor devemos orar antes.
          Certa vez, fiz uma visita a uma cunhada católica roxa, uma senhora desconhecida que lá estava, sabendo que eu era crente em Jesus, com interesse, começou a me fazer perguntas, eu disse a minha cunhada para trazer a sua bíblia, aquela impresso católica ave-maria, os livros contido em ambas são iguais. Tudo que ela me perguntava mostrava na bíblia, de repente a minha cunhada católica, fez uma cara de ira contra mim, com palavras de desagrado sacou a bíblia da minha mão e sumiu com a mesma casa a dentro. Não é de admirar o próprio Pastor Malafaia, os nomes e criticas que recebe.
          Contudo, vamos continuar cumprindo os mandamentos de Jesus, que disse, “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” Marcos 16:15

          • E mesmo Manoel meu amigo,tá complicado, é como esta escrito na bíblia, que os últimos dias seriam difíceis e trabalhosos, estão querendo colocar uma mordaça principalmente nos evangélicos, porque será que os cristãos incomodam tanto hein? !

        • Se a mãe pode levar a menina no culto dela, o pai também pode levar a menina na religião dele. São as consequências do divórcio e de se colocarem em “julgo desigual”. Se ele fez para provocar, ela não teve nenhuma sabedoria e caiu direitinho na provocação, porque ele está no direito dele.

  4. G1
    “Pastor é preso suspeito de abusar de duas adolescentes(ambas de 14 anos) em Formosa, GO:
    Homem cometia os crimes ao visitar as casas das garotas”

    • Ola Rui, se cometeu crime deve ser punido , é justamente por isso que temos leis ,mas e dai ? Pessoas de todas as tribos cometem erros não entendo o porque quando um evangélico ou suposto comete crime ou erros , a mídia sempre coloca o evangélico sempre criando um esteriótipo no caso desse pastor ate entendo que muitos tem o pastorado como uma profissão , mas muitos não, antes de sermos de qualquer crença somos cidadãos de nosso pais por que tem que classificar alguém como religioso ou evangélico quando comete um crime ? Ate posso por exemplo entender que se um pedreiro comete crime pode se dizer o senhor tal um pedreiro, agora ser evangélico não é uma profissão , sera que não ha um preconceito? SE um ateu ou gay comete crime deve chamar o gay tal ou o homossexual tal, não mas sim pelo seu próprio nome , justiça sim mas generalizar não , não sei a crenças de todos aqui mas quando alguém com nossas mesmas crenças , cometer erros deveremos ser punidos pelo erro do outro ?

  5. tudo que é vagabundo e viado está fazendo isto, que tal nós começar a qui mesmo quando nos ofendem entrar na justiça, esta história tem dois lados, baiana safada fiquei com medo kkk mas de roubar a moça não tem nenhum pudor

    • Intolerância religiosa, quando tipificada como crime, tem a ver, não com críticas, em si, à religião ou à não-religião – pois se não fosse assim, não haveria apologia, que se sustentasse -, mas com a não admissão do direito do outro praticar esta ou aquela religião, bem como de não praticar nenhuma.

        • pois é isto que eu digo aqui tudo que é filho da p*** posta só me*** e passa , ai os cristãos vão postar em sites de entendidos e não entra nem em moderação

          • Clamando
            De que buraco saiu esse Rui? A princípio achava que fosse uma pessoa séria. O seu mal foi revelado e em concordância com gays, será que ele faz parte da mesma parada?

          • Sandro

            “Se eu ficar doente e tiver de ser hospitalizado, vou ter o maior prazer de pedir aos fanáticos que se retirem de meu quarto. Se insistirem – e essa gente é muito insistente em sua chatice – chamarei a enfermeira de plantão e, se necessário, a segurança do hospital…”

            Comentário postado por Sandro em 6 de julho de 2015 ás 6:47 pm

            É meio estranho, falar em “intolerância religiosa”, não acha?

            Mas como hoje em dia todos tem “direitos” e nenhuma obrigação(pelos menos é o que tá acontecendo atualmente) isso realmente não me deixa surpreso…

          • Youth Against Satan
            JUVENTUDE É VERDADE O SANDRO FELIPE MAURO WANDERLEI JANIO E OUTROS ATIVISTAS GAYS E ATEUS QUE COMPÕE O NICK STARDUST OU POEIRA DA ESTRELA CAÍDA, PROMULGAM DIREITOS ACIMA DOS OUTROS CIDADÃOS.
            MAS DEVERES NENHUM, PODEM E FAZEM AQUI NESTE SITE SOB GRANDE PROTEÇÃO OFENDEM USAM PALAVRAS MALINAS E DE BAIXO CALÃO SEM CENSURA ALGUMA.

      • NA VERDADE COMO SEMPRE ADVOGANDO PELO LADO ERRADO, MAS VAMOS LÁ, A MÃE NÃO OFENDEU A BAIANA E SIM O PAI DA CRIANÇA, ENTÃO NÃO OUVE OFENSAS NA VERDADE, PAI E MÃE DEVEM E PODEM GERIR SEUS FILHOS ESTÁ NA CONSTITUIÇÃO, A MALANDRA DA BAIANA QUER É ARRUMAR ALGUM SEM TRABALHAR É TIPICO

  6. Ola Rui, se cometeu crime deve ser punido , é justamente por isso que temos leis ,mas e dai ? Pessoas de todas as tribos cometem erros não entendo o porque quando um evangélico ou suposto comete crime ou erros , a mídia sempre coloca, o evangélico, sempre criando um estereotipo no caso desse pastor ate entendo que muitos tem o pastorado como uma profissão , mas muitos não, antes de sermos de qualquer crença somos cidadãos de nosso pais por que tem que classificar alguém como religioso ou evangélico quando comete um crime ? Cade o estado laico que tantos defendem ? Ate posso por exemplo entender que se um pedreiro comete crime pode se dizer o senhor tal um pedreiro, agora ser ateu é uma convicção, assim como ser cristão é ter uma fé, e isso não é uma profissão , sera que não ha um preconceito? SE um ateu ou gay comete crime deve chamar o gay o homossexual ou negro cometeu um crime , não , mas sim pelo seu próprio nome , justiça sim mas generalizar não , não sei a crenças de todos aqui mas quando alguém com nossas mesmas crenças cometer erros, deveremos ser punidos pelo erro do outro ? Ja vi muita gente dizendo aqui que não é evangélico mas cristão, talvez querendo se desvirtuar de certos escândalos cometidos no nosso meio evangélico. Mas a palavra evangélico só significa concernente a, próprio ou proveniente do Evangelho, . dos quatro Evangelhos do Novo Testamento. ou que se apresenta em conformidade com os princípios do Evangelho. Sendo assim eu digo, como fé sou cristão evangélico .Mas para a lei ou para outros devemos ser é cidadãos e não sofrer estereotipo , quando um gay ou o religioso comete um crime não deve se estereotipado e sim o cidadão tal quando um individuo comete crime é ele não toda a classe ou sua instituição .

  7. Rui você sabe que não devemos estereotipar , se cometeu crime deve ser punido é logico . E é justamente por isso que temos leis ,mas e dai ? Pessoas de todas as tribos cometem erros não entendo o porque quando um evangélico ou suposto comete crime ou erros , a mídia sempre coloca, o evangélico, sempre criando um estereotipo no caso desse pastor ate entendo que muitos tem o pastorado como uma profissão , mas muitos não, antes de sermos de qualquer crença somos cidadãos de nosso pais por que tem que classificar alguém como religioso ou evangélico quando comete um crime ? Cade o estado laico que tantos defendem ? Ate posso por exemplo entender que se um pedreiro comete crime pode se dizer o senhor tal um pedreiro, agora ser ateu é uma convicção, assim como ser cristão é ter uma fé, e isso não é uma profissão , sera que não ha um preconceito? SE um ateu ou gay comete crime deve chamar o gay o homossexual ou negro cometeu um crime , não , mas sim pelo seu próprio nome , justiça sim mas generalizar não , não sei a crenças de todos aqui mas quando alguém com nossas mesmas crenças cometer erros, deveremos ser punidos pelo erro do outro ? Ja vi muita gente dizendo aqui que não é evangélico mas cristão, talvez querendo se desvirtuar de certos escândalos cometidos no nosso meio evangélico. Mas a palavra evangélico só significa concernente a, próprio ou proveniente do Evangelho, . dos quatro Evangelhos do Novo Testamento. ou que se apresenta em conformidade com os princípios do Evangelho. Sendo assim eu digo, como fé sou cristão evangélico .Mas para a lei ou para outros devemos ser é cidadãos e não sofrer estereotipo , quando um gay ou o religioso comete um crime não deve se estereotipado e sim o cidadão tal quando um individuo comete crime é ele não toda a classe ou sua instituição .

  8. Nossa o cara ja fez isso justamente para provocar ela,eu sei oque ela sentiu e ninguém merece mesmo sendo evangélico ver um filho com traje de religião diferente e sendo uma criança trajada pelo propio pai.
    É como tá na Bíblia mesmo que o diabo é astuto.

    • LUCIANO
      Consta que a mãe-de-santo teve “medo”, mas de quê?
      Medo da discordância?
      O medo só existe diante do perigo.
      E que perigo ela viu?
      Ninguém pode dizer o que pensa?
      Isso é coitadismo puro.
      Cadê a liberdade de opinião e de expressão, direitos constitucionais?
      Nenhuma lei me obriga a gostar de algo ou de alguém.
      E neste caso é claríssima a tentativa de amordaçar quem tem religião diferente.
      Não é um processo por ameaça, ninguém a ameaçou, a mãe da criança apenas falou coisas que a doutrina de sua denominação evangélica vê como abominações, no caso a adoração a imagens e a outros “deuses”.
      No caso também deveria ser condenada a igreja que ela frequenta, bem como a própria Bíblia, então se vê o tamanho do absurdo.
      Os evangélicos falam o mesmo dos católicos e olha que também são cristãos.
      Nenhum católico processa evangélicos por isso.
      Não só a mãe da criança, mas milhões não gostam do candomblé / umbanda.
      Tá me parecendo sensacionalismo para ganhar fama.
      Se fosse eu julgando o caso, condenaria é essa mãe-de-santo, por ser clara a intenção de usar o judiciário para se promover.
      E também o pai da criança, que está usando a justiça como instrumento de vingança.
      Até porque, se fosse o contrário, se fosse a mãe da criança do candomblé e ele evangélico, seria ele a não aceitar a vestimenta da criança.
      Temos aqui uma boa dose de hipocrisia.
      Agora, poucos concordam com as religiões dos outros.
      Muitos acreditam que só eles serão salvos.
      Muçulmanos, judeus, católicos, evangélicos…
      Todos eles pregam que sua crença é a verdadeira e os outros vão para o inferno.
      Entre os próprios evangélicos há muitas divergências.
      A Universal diz que é a única verdadeira, as Testemunhas de Jeová idem, os mórmons idem, a Congregação Cristã idem…e por aí vai…
      Como o candomblé e a umbanda são religiões de origem africana (daí o nome “afro-brasileiro”), muitos confundem a aversão à religião com a aversão aos negros (racismo), o qual, se for alegado, é mentira.
      Eu frequentei terreiros de umbanda por muitos anos, tendo conhecido vários pais (e mães) de santo.
      Nenhum deles era negro.
      Até entre os frequentadores dos terreiros, havia tantos brancos quanto negros.
      Portanto, candomblé e umbanda, apesar da origem, não são exclusivas de negros, não podendo alegar, como já vi num artigo da revista Veja, que estão tentando “impedir os negros de realizar seu culto”.
      Se brancos querem participar dos cultos, são aceitos normalmente.
      Ali, ninguém pergunta sua cor, com certeza você será bem recebido.

  9. “Minha filha foi presente de Deus” – Pronome possessivo é a maior falsidade., – ” Meu carro., Meu Marido, Minha Mulher….. etc….”
    Como podemos afirmar ser dono de algo que a qualquer momento poderá não está mais em nossas mãos ou à vista dos olhos de carne ?
    Impor uma crença é ditadura de preceitos. Deveria ser dada ao ser a liberdade de escolha quando em plena consciência de seus atos. E se a filha dessa Jornalista escolher seguir o catolicismo, ou o budismo, ou o Espiritismo, ou o umbandismo., enfim ?

  10. bom dia a respeito do assunto tratado, minha opinião, sei que o nosso Brasil e um pais de muitas religiões, mas o que importa aqui não e a religião, e sim a palavra de DEUS que diz e conhecereis a verdade e a verdade vos libertara, joao 8.32 quem cré em DEUS SABE A ONDE SE ENCONTRA NA BÍBLIA POIS SO ELA E VERDADE , RELIGIÃO NÃO SALVA O HOMEM E NINGUÉM E DONO DA VERDADE SOMENTE DEUS E O NOSSO SALVADOR, INFELIZMENTE TEM MUITA GENTE DISTORCENDO A VERDADE PARA AGRADAR A0 HOMEM

  11. O que a Bíblia diz sobre isso?

               Em um cenário evangélico marcado por aberrações e modismos é importante nos balizarmos pela palavra de Deus, não se juntando a incautos na fé, para que não haja em nós nenhuma impureza diante de Deus. Tem se tornado popular no meio evangélico a santificação de festas pagãs, a fim de atrair e motivar a juventude para um “movimento diferente”, inclusive oposto a própria palavra de Deus. Opior de tudo é que os pseudo-renovadores acham que estão trabalhando a favor de Deus, no entanto, acabam trabalhando
    contra o próprio Deus. Deus deseja que a sua igreja conserve o modelo doutrinário dos apóstolos, e permaneça firme no fiel propósito de anunciar o evangelho as nações.

    “Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o” (I Reis 18:21). 

          Tenho certeza de que alguns leitores ao final desse artigo, poderão pensar que o posicionamento apresentado aqui é radical, mas ao menos quero que compreendam a visão que é
    centrada nas escrituras sagradas, pois assim está escrito: 

     

    “Toda Escritura É Inspirada Por Deus e Útil Para O Ensino, Para a Repreenção, Para a Correção, Para a Educação Na Justiça, A Fim De Que O Homem De Deus Seja Perfeito e Perfeitamente Habilitado Para Toda Boa Obra.” (2 Timóteo 3 – 16,17)

    Quando analisamos a fundo os processos históricos ligados a essas conhecidas festas, observamos uma relação cultural
    ligada fortemente aos ritos religiosos, principalmente o catolicismo e o espiritismo. A exemplo da festa junina, que é uma festa destinada a homenagear a santos católicos: “São” João, “São Pedro” e “Santo” Antônio. Não basta apenas rotularmos festas como “gospel” para que elas sejam santificadas e aprovadas por Deus. Até onde podemos pegar coisas sacrificadas a ídolos e denomina-las de coisas santas. O santo e o profano não andam juntos. Não existe relação entre elas, não pode haver ligação, pois diz as escrituras: 

     “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça?” (2 Coríntios 6:14-18) 

    O apóstolo Paulo nos ensina que não devemos ser partícipes nessas práticas. Leia:

    “Portanto, meus amados, fugi da idolatria. Falo como a criteriosos; julgai vós mesmos o que digo. Porventura, o cálice da bênção que abençoamos não é a comunhão do corpo de Cristo? Porque nós, embora muitos, somos unicamente
    um pão, um só corpo. Considerai o Israel segundo a carne; não é certo que aqueles que se alimentam dos sacrifícios são participantes do altar? Que digo, pois? Que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa? Ou que o próprio ídolo tem algum valor? Antes, digo que as coisas que eles sacrificam, é a demônios que as sacrificam e não a Deus; e eu não quero que vos torneis associados aos demônios. Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou provocaremos zelos no Senhor? Somos, acaso, mais fortes do que ele?” (I Coríntios
    10:14-22).

    Recentemente os chamados evangélicos góspeis fizeram até uma festa rave gospel na cidade do Rio de Janeiro. Infelizmente estão negociando o que não pode ser negociado. A igreja deve ser o modelo para o mundo, e não ao contrário. Assim diz a Bíblia:

    Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar?

    • CONCORDO EM GENERO ,NUMERO E GRAU !
      ESTA ENTRE ASPAS “EVANGÉLICA” .
      FEZ DE CONTA QUE DEUS NÃO NÃO É UNICIÊNTE E UNIPRESENTE QUANDO ELA ESTAVA SE DEITANDO COM UM ASSUMIDO UBANDISTA E GEROU ATÉ UMA CRIANÇA .
      QUANDO CHEGAVA NO ORGASMO TAMBÉM ESQUECIA QUE ERA EVANGÉLICA , E DEPOIS DEVIA FALAR QUEM NUNCA PECOU ATIRE A PRIMEIRA PEDRA .
      ASSINO TAMBÉM 2 CORINTIOS 6 vers 14-18 . A BIBLIA FALA POR MIM !

    • Parece que a lucianta começou a ler a Bíblia sem selecionar frases soltas e isoladas que a convém.Como o batismo dele foi apenas um banho e ele até o momento é convertido
      a doutrinas farisaícas,DEUS faz o impossível e o lucianta pode se converter em um homem que exala o perfume de JESUS.Ler a Bíblia sem paixões,mas como ela é,seja para gays
      ou crentes,já é o primeiro passo para a imparcialidade e mudança de caráter.Quero ver o
      lucianta convertido e reconhecendo os pecados do mundo que são amplos e não só
      o pecado gay,que nem pecado é,mas o sexo gay,sim,é pecado,pois um homem e
      mulher não casados.ao transarem cometem pecados também.

  12. ELA “EVANGÉLICA” (JULIANA DESPIRITO) QUANDO MESMO SEM SER CASADA ATINGIA O ORGASMO COM O UMBADISTAS HENRI CASTELLI , ESTAVA TUDO BEM , UMA BELEZA O AMOR É LINDO , DEPOIS SOMENTE A UBANDISTA É DO DIABO ?
    ELA DEVIA PEDIR PERDÃO , TALVES ESTA HOJE UBANDISTA AMANHÃ ALCANCE MISERICORDIA E ARREPENDIMENTO E A SANTA VAI OUVIR :
    APARTAI-VOS DE MIM VÓS QUE PRATICAIS A INIQUIDADE (MATEUS 7 ,vers 23 )

DEIXE UMA RESPOSTA