Extremistas islâmicos atacam igrejas no Paquistão e deixam 14 mortos e mais de 70 feridos

4

Atentados terroristas perpetrados contra cristãos por extremistas islâmicos no Paquistão deixaram 14 mortos e pelo menos 78 feridos no último domingo, 15 de março.

Na cidade de Lahore, os médicos do hospital local disseram que atenderam as vítimas dos atentados, e que a população se revoltou e matou dois suspeitos de serem militantes do talibã.

Os ataques foram feitos contra igrejas, em horário de culto, no bairro Youhanabad, reduto cristão da cidade onde vivem mais de 100 mil seguidores de Jesus Cristo.

O porta-voz do Movimento Talibã do Paquistão, Ehsanullah Ehsan, reivindicou os “atentados suicidas”. Através de um e-mail, o extremista disse que a ação que terminou com a morte de cristãos faz parte de um plano do grupo de exterminar os cristãos, que são apenas 2% da população paquistanesa.


Os talibãs paquistaneses multiplicaram-se desde 2007, quando atacaram as forças de segurança do país, que acusam de apoiar a guerra norte-americana contra o terror e as minorias religiosas do Paquistão.

De acordo com informações do Cenário MT, o secretário de saúde de Lahore, Zahid Pervez, confirmou que houve 14 mortes e informou que o número de feridos ainda poderia crescer.

O papa Francisco comentou o atentando dizendo que “o mundo tenta esconder” que existe perseguição religiosa contra os cristãos, e que algo precisa ser feito para conter a violência.

O pontífice também manifestou solidariedade à população de Vanuatu, país devastado pelo ciclone Pam, na sexta-feira, 13 de março. “Mantenho-me próximo ao povo de Vanuatu, no Oceano Pacífico, afetado por um ciclone severo. Rezo pelos mortos, feridos e deslocados. Agradeço a todos aqueles que se mobilizaram imediatamente para oferecer ajuda ao país”.

4 COMENTÁRIOS

  1. A maioria dos evangélicos são todos hipócritas. Cadê o apoio a palavra do Papa? Afinal ele não falou algo correto ? Nessas palavras que ele disse por acaso foram mentiras? Ou essas palavras estão fora do contexto bíblico?

    E outra , entre os cristãos perseguidos 80% são católicos e ortodoxos. As fotos mostram que a maioria das igrejas destruídas são católicas ou ortodoxas.

    Somente A igreja perseguida nessa magnitude pode ser de a igreja de Jesus Cristo.

    • Juca, não existe ser humano que não seja hipócrita. Mais cedo ou mais tarde, todos cairemos nesse erro. Inclusive você.

      O que o papa falou é a mais pura realidade. A perseguição é real contra os cristãos e esse é um dos sinais de que a a volta de Cristo está próxima.

      A Igreja Católica, a exemplo de muitas denominações evangélicas e também grupos pseudocristãos (mórmons, testemunhas de Jeová, etc), sofrem do mesmo mal: apostasia (desvio da verdade).

      Pregar outro evangelho, e não o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo, é o que todas essas instituições religiosas têm feito. Por mais que seja caridosa a instituição religiosa (nisso os espíritas são muito bons), a salvação só virá pelo conhecimento da verdade. Jesus é a verdade.

      Exemplo: as Testemunhas de Jeová não acreditam na ressurreição corpórea de Jesus, mas apenas que Jeová retirou o corpo morto de Cristo de seu túmulo (isso para evitar idolatria do cadáver), conforme os livros “Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra” e “O que a Bíblia Realmente Ensina?”, publicados pela Sociedade Torre de Vigia, das Testemunhas de Jeová.

      Mas a verdade é que Jesus ressuscitou em carne e osso ao terceiro dia. Se não crermos assim, nossa fé será inútil e nós seremos transformados nas mais falsas testemunhas de Deus (1 Coríntios 15).

      Embora a doutrina seja enganosa (e realmente é), no meio católico existem muitos cristãos sinceros, que estão sendo enganados por doutrinas humanas e até de demônios, propagadas por pessoas que até conhecem a verdade, mas que não a pregam.

      Quer exemplos?

      As verdadeiras ovelhas do Senhor Jesus Cristo ouvirão a voz dele (do Bom Pastor) e não se confundirão, diz a Palavra de Deus.

      A verdadeira igreja do Senhor Jesus não é a igreja “A” ou “B”, a denominação “X” ou “Y”, embora muitos insistam em cometer esse erro infantil (as seitas costumam cometer esse erro). Só Jesus conhece bem o seu corpo na Terra e apenas Ele tem autoridade para dizer quem será salvo ou não.

      • Hubner, não sei se vc interpretou errado, mas as testemunhas de Jeová acreditam sim na ressurreição carnal de Jesus Cristo no terceiro dia e só depois de aparecer para os discípulos ascendeu ao céu.

  2. Vocês precisam parar de promover ódio e intolerância e começar a perceber que todos somos seres humanos e merecemos respeito e dignidade.

    É uma pena que eu veja tanta intolerância religiosa sendo propagada exatamente por aqueles que deveriam pregar o amor ao próximo, sem limitar quem é este próximo, sem julgar e sem condenar.

    Quando Jesus disse para amar o próximo, não fez limitações de quem seria este próximo. O próximo é toda a humanidade.

    Se continuarem neste caminho, estarão agindo justamente da forma que alguns islâmicos fazem. Não sabem ouvir, não sabem extender a mão.

    A mão que deveria ser extendida para ajudar é usada para acusar e agredir. Isto não é ser cristão, nem islâmico, nem qualquer outra coisa. É ser simplesmente intolerante.

DEIXE UMA RESPOSTA