Em audiência com ex-gays, Feliciano diz que homossexualidade se tornou “modismo”

55

A audiência pública na Câmara dos Deputados que ouviu o depoimento dos ex-gays foi marcada pelo relato de histórias de mudança de vida e de perseguição e preconceito.

O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), autor do requerimento que possibilitou a audiência, comentou o tema da homossexualidade e reafirmou sua postura sobre o assunto, classificando a prática como um “modismo”.

“Essa audiência traz fôlego aos pais que não sabem mais o que fazer, quando a homossexualidade se tornou um modismo”, frisou Feliciano, afirmando que se uma pessoa pode ser gay, também “existe o caminho inverso”.

Reiterando a visão de que a homossexualidade é um comportamento, cinco convidados relataram suas experiências com pessoas do mesmo sexo, se disseram vítimas de abusos na infância ou de relacionamentos problemáticos com os pais durante a adolescência.


Em diversos momentos, frisaram que ninguém “nasce gay”, mas que o comportamento é estimulado e sugerido pelo meio em que vivem, de acordo com informações do G1.

Questionado pelos jornalistas, Marco Feliciano negou que a audiência para ouvir os ex-gays fosse uma tentativa de trazer de volta o debate sobre o projeto apelidado de “cura gay”, e enfatizou que não há ninguém que proponha nenhum tratamento para homossexuais: “Não existe cura, porque não é doença”, enfatizou.

Um dos ouvidos foi o pastor Joide Pinto Miranda, que relatou seu testemunho de vida aos parlamentares, e revelou que viveu como travesti por muitos anos, mas sempre esteve em conflito consigo mesmo: “Coloquei quatro litros e meio de silicone nos glúteos e cheguei a ser o terceiro travesti mais belo na minha cidade”, contou, mostrando uma foto da época em que era travesti. “Decidi mudar e fui ajudado por uma psicóloga, sim. Na verdade, eu nunca fui gay, eu nasci hetero, mas a vida me levou a ser gay. Hoje, sou casado há 17 anos e tenho um filho de 5 anos”, acrescentou.

Raquel Beraldo, estudante de psicologia, também falou sobre sua experiência, e contou que o período em que praticou a homossexualidade decorreu de abusos na infância e adolescência: “Fui abusada dos 8 aos 15 anos por um homem […] Hoje, eu vejo que comecei a tomar uma repulsa do sexo masculino […] Deixei essa opção sexual e entendo que eu nunca fui homossexual. Isso foi algo devido a situações que me levaram a isso”, afirmou.

Por fim, o pastor Robson dos Santos Alves disse que foi abusado sexualmente por um homem, e isso o levou a ser “viciado na prática homossexual”, mas que antes do episódio que desencadeou seu comportamento, não era assim: “Eu não nasci homossexual”, afirmou, contando que procurou ajuda psicológica e o que encontrou foi um obstáculo em sua decisão de deixar a homossexualidade: “É uma fábrica de homossexuais, você não tem apoio, te incentivam a sair do armário”, disse, com a voz embargada.

Ao lado da esposa, missionária Ana Paula Alves, o pastor frisou que conseguiu “vencer tudo isso e deixar a prática homossexual com a ajuda da ‘força de vontade’ e pela fé”.

55 COMENTÁRIOS

  1. Ser evangélico também se tornou “modismo”… já reparou quanta gente está se denominando evangélico? até artistas estão se declarando evangélicos… mas seus testemunhos…

    Agora ser cristão é coisa bem diferente!

    • ASSIM COMO VC. TER VARIOS NICK ATEUS E GAY AQUI É SÓ MODISMO, POIS ELES APARECEM MAS LOGO O DR. CLAMANDO OS DESMASCARA E ENVERGONHADOS EM MEIO A UMA NUVEM DE POEIRA DA ESTRELA CAÍDA SOMEM KKK ENQUANTO VC. NÃO SE CONVERTE A GENTE SE DIVERTE, POR FALAR NISTO MANDE A NUVEM ATACAR O DR. CLAMANDO

      • Paulo Agnóstico Teixeira · Quem mais comentou · Trabalha na empresa Prof. de Historia

        Não será a cura gay que virou modismo?? existem gays desde que o mundo é mundo e nunca se falou em cura.
        as religiões Abraamicas não aceitam, mas não é uma verdade universal, religiões de matriz oriental como o Budismo, Hinduísmo e Xintoismo, além do Espiritismo são tolerantes, falam que é algo da natureza humana.

        A Grécia antiga foi o berço da civilização ocidental, lá a pederastia(bissexualidade era cultural, lá foi o inicio da Democracia, medicina, teatro, filosofia, matemática, onde surgiu as Olimpiadas, após a conversão de Paulo esta linda cultura caiu em decadência, hoje a grecia é cristã, e vive deste passado pagão, como o turismo daquelas ruinas,
        Os Romanos, foram o maior império do Ocidente antigo, quase durou mil anos, um dos mais longos da história. a homossexualidade e bissexualidade era algo comum, o Império caiu após a conversão ao Cristianismo

        • Não existe “cura gay”, porque vocês insistem tante? o próprio Feliano disse:” Não existe cura, porque não é doença” quem quiser deixar de ser gay precisa ser respeitado.

          • Mas eles não são Heteros?? que respeito querem?? é só casar e viverem uma vida hetero.
            não deveriam ficar ofendidos por que a maioria não acredita.
            vc se ofende se chamarem vc de gay??
            se fica ofendido é por que vc não tá firme nas pernas.
            respeito tem que ter os gays assumidos, que não podem andar de mãos dadas sem serem apontados, por não lhe darem empregos por serem gays, por serem chamados de abominação

          • Com este tipo de depoimento de Bissexuais(que não são gays), que por medo do inferno ou para ganhar dinheiro com falsos testemunhos,
            o que Feliciano quer levando estes testemunhos??
            é sim impor que psicólogos tentem orientar a sexualidade das pessoas baseadas em preconceitos de religiões abraamicas.

          • Não existem ex-gays, mas sim bissexuais ou pseudos homossexuais que declaram que foram gays, mas o fazendo faltando com a verdade. Explico: o cara vai lá e, movido por curiosidade, por interesse de ganhos financeiros (garoto de programa) ou mesmo por desilusão com mulheres, e passa a transar com outros homens. Depois vira um crente fanático e acha que é lindo aparecer na internet, na tv, no rádio, em livros, revistas ou simplesmente no púlpito da seita evangélica a qual se converteu dizendo-se “ex-gay”, quando, na realidade, o patife nunca foi gay. É que hoje é moda, entre novos conversos das seitas evangélicas, o dizerem-se “ex-gays”. Essa é a verdade, o resto é ficção!

        • Verdade.

          E o conceito de sociedade das religiões abraâmicas foi imposto pelos islamicos e pelos cristãos. Logo, eles não tem moral alguma pra acusar os outros de impor algo para a sociedade, pois se as guerras e imposições, eles não teriam o n° de adeptos qie tem hoje.

          Religiões orientais felizmente não são assim e espero que nunca sejam.

      • Bruno

        Essas religiões mencionadas por vc são subversões do cristianismo original. Agora vendo pelo lado evangélico que se autoproclama “o certo”, ora… se a religião evangélica é a certa, pq tantas denominações se o evangelho é um só?

        Ser evangélico é uma coisa… ser cristão é outra bem diferente!!!

  2. O que sempre defendo! Se é de nascença ou de modismo, o que podemos fazer?? São acontecimento que ocorre independente da nossa vontade. Essa é uma briga idiota e inútil. Esses acontecimentos são problemas que acontecem diariamente, assim como tantos outros diferenciados e cada um age e reage de uma forma. Se gostou e continua, é problema de cada um, se ficou traumatizado vai procurar ajuda de alguma forma e superar o seu trauma. Assim é a vida de todos os seres humanos, lutando e convivendo com seus problemas, maiores ou menores.
    Querer colocar modo de comportamento nas pessoas, e dizer que tem que ser assim, ou assado, não passa de pura demagogia. Não vai levar a nada, pois cada um tem a sua escolha em algum momento da sua vida, como em tudo. Por mais que fale e critique a decisão é sua, pois ninguém é de ninguém.
    Porém, é um fato. Não devemos julgar e nem criticar alguém, pois não somos nada e não temos permissão para julgarmos. Afinal, todos nós somos pecadores.
    Existe sim, a possibilidade de você poder auxiliar alguém em algum momento difícil da sua vida, desde que aja uma intimidade, autorização e proximidade para isso. Assim, estará agindo como um cristão e não como um demagogo.

  3. Qual o problema de uma pessoa que diz que o homossexualismo pode ser tratado? Eu nao sou evangélica, mas acho que se deve respeitar o modo do outro pensar. Sempre houve e sempre haverá desvios comportamentais. Pessoalmente, perdi a dimensao homem x mulher, acho que atualmente só existe gente. Coitados dos pais! tao é ferrados para educar seus filhos, o mundo tá maluco. Uns querem matar xingar maltratar outros querem liberar geral.O homem atual perdeu o senso, o equilibrio. A MODA É RADICALIZAR PARA FRENTE OU PARA TRÁS, CRUZES CREDO!

    • “Qual o problema de uma pessoa que diz que o homossexualismo pode ser tratado?”

      Te devolvo com esta pergunta:

      Qual o problema de uma pessoa que heterossexual ser tratada para virar gay?

    • Você é muito limitado, Ta Serto, ou desonesto intelectual: desde quando acha que casos pontuais representam o todo? Para seu governo, agressões a crianças é praticada, na imensa maioria dos casos, por homens heterossexuais. A quem acha que convence com esse tipo de argumento? Aqui tem uma católica que faz o mesmo, ou seja, vive citando reportagens de um ou outro pastor pego em estupro ou outro crime para com esse tipo de estratégia atacar os evangélicos como um todo.

      • Olha, só, Ta Serto, se eu quisesse poderia fazer o mesmo que você:

        “Preso pastor assassino.

        Um homem de 44 anos com três mandados de prisão foi detido em Araruama, Região dos Lagos do Rio, na manhã desta quarta-feira (24). Segundo a Polícia Civil, ele era procurado por latrocínio e ocultação de cadáver e está condenado a 22 anos de prisão. Ele foi encontrado no distrito de São Vicente, onde morava e atuava como pastor em uma pequena igreja evangélica do local. De acordo com o delegado da 118ª DP, Clovis Souza Moreira, o homem e mais um comparsa, que era segurança de uma boate no bairro Leblon, no Rio de Janeiro, aplicaram o golpe conhecido como “Boa Noite Cinderela” em um homossexual, que trabalhava como bancário, no dia 19 de julho de 1995. Segundo o delegado, após roubar o dinheiro, eletrodomésticos e o carro da vítima, eles resolveram matá-lo e se livraram do corpo. O homem foi levado para a 118ª DP e será transferido para uma penitenciaria da capital do estado.” (Fonte: Globo. com)

        • A Justiça de São Paulo determinou a prisão temporária de um casal homossexual suspeito de agredir e abusar sexualmente de um menino de cinco anos.

          (Página Inicial–>RBN)

          A criança era apresentada aos vizinhos como filho adotivo. Os três viviam em uma casa na zona norte da capital paulista. A empregada do casal estranhou o fato do menino ter ferimentos pelo corpo e não querer sair do quarto nem para ir à escola. Levado ao hospital, a criança deu entrada com sintomas de desidratação, desnutrição e pneumonia em grau avançado.
          Ele tinha queimaduras pelo corpo e há sinais de estupros. Na Bahia, a mãe do menino que teria sido vítima de abuso sexual ficou sabendo da história pela televisão e procurou a Rede Record. O garoto deve ter alta médica e o Conselho Tutelar irá avaliar se algum parente tem condições de cuidar do menino.

          De acordo com o delegado responsável pelo caso, os dois suspeitos já são considerados foragidos e abandonaram a casa onde moravam. Ele disse que vizinhos contaram que os dois foram ao local em uma madrugada para retirar pertences. Um deles trabalha em um hospital como ajudante de limpeza e não aparece há duas semanas. Ele alegou estar com depressão.o que é albergue.

        • Sandro, amigo…

          Postei apenas pra mostrar o que COM CERTEZA vai acontecer (caso dos gays que adotam bonecos..)… não o caso de Pastor assassino, que “pode” acontecer!!

          viu a diferença?
          ou é limitado?

  4. Todos esses são gays dissimulados e hipócritas,pois,AJESUS CRISTO quando cura, a cura é de dentro pra fora e jamais deixaria marcas afeminadas e de pintosas como os casos apresentados.Até as crianças percebem que são bichas no falar,no andar,nos jeitos,nos
    trejeitos e só falam que são ex gays por causas dos cargos, e todos estão interessados em
    fama,dinheiro e ´poder.

      • quando Daniela mercury inventou que gostava de mulher ninguém a chamou de ex-hetera parecia que ela já tinha nascido lésbica agora uma pessoa deixar de praticar atos homossexuais ela se torna um bissexual ou um falso é isso? outra coisa ñ existe ex-negro,ex-anão por que ser negro,ser anão ñ é pecado são características da pessoa agora ser homossexual é pecado e a pessoa tem que lutar contra isso vc está certo eles ainda tem o jeito afeminados sim mas assim como ñ é fácil vencer o vicio do álcool das outras drogas eu creio que ñ deve ser fácil vencer 10,20 anos de praticas homossexuais é uma luta dia a dia

  5. Nunca em toda história da humanidade ouve tantos gays,agora todo gay quer ser gay me entende?pessoas imorais se tornam gay pelo modismo e isso é recorrente no mundo e não só no Brasil.

  6. Deus me livre desse modismo hein, só um doente mental grave seguiria um modismo desse, o Feliciano está certo, teve um dia que saiu uma pesquisa sobre alguns gays que viviam bem e tal, fó só gente no facebook se achando a”santa” do dia kkkk, Deus nos livre de ter isso por perto.

    • Bissexuais ou pseudos homossexuais. Explico: o cara vai lá e, movido por curiosidade, interesse de ganhos financeiros (garoto de programa) ou mesmo por desilusão com mulheres, e transa com outro(s) homen(s). Depois vira um crente fanático e acha que é lindo aparecer na internet, na tv, no rádio, em revistas ou simplesmente no púlpito da seita evangélica a qual se converteu, dizendo-se “ex-gay”, quando, na realidade, o patife nunca foi gay. É que hoje em dia esta virando moda, entre novos conversos das seitas crentes, o dizerem-se “ex-gays”.

  7. Realmente a bancada evangelica esta a 100 anos atrasada no tempo, que tratar identidade de gênero como doença, lamentável como o lideres religiosos sem ter o que fazerem, desperdiçam seus tempo achincalhando a comunidade gay.Seu discursos e praticas caminha para o que hoje vem se verificado em Gana na África, onde essas mesmas teorias e discurso preconizados , evoluiu para um radicalismos religioso sem procedentes, oprimindo e desrespeitando os direitos de cidadões, simplesmente porque hoje um grupo segregado querem exercer livremente sua homoafetividade , não é a toa que Gana ser tornou um dos piores países para os homoafetivos,justamente por esse pensar homofóbico travestido de um pretensa religiosidade.Ex- Gays por quanto tempo ? deve se fazer essa pergunta continuamente, para quem diz ter largado a” pratica ” ??? já que ser homoafetivo, simplesmente sobre esse pensar medíocre ,se reduziu a ‘uma pratica ” quanta bobagem.
    felizmente o movimento homoafetivo, esta evoluindo de uma parada de festa ”carnaval fora de época ”,para um sentido mas político concreto,como a “A marcha contra a homofobia”em breve viararemos a pagina, do desrespeito e da violência contra as minorias.

  8. Modismo? Desde quando um fenômeno que existe desde que o mundo é mundo passou a ser “modismo”? E tem mais, pessoal: contagem regressiva 1, 2, 3….

    ATENÇÃO!!! ATENÇÃO!!! DECISÃO HISTÓRICA JAMAIS VISTA!!!

    Chamada para reportagem da Folha de SP:

    “Em decisão histórica, Estados Unidos legalizam casamento gay”

    A decisão foi tomada pela Suprema Corte e torna legal o casamento gay em todo o país.

    Obama afirma que a decisão é “grande passo em nossa marcha para a igualdade.”

    Parabéns ao povo americano pela grande e histórica decisão! Parabéns aos gays!

    NINGUÉM PODE DETER A MARCHA DO PROGRESSO!!!

    w w w 1. fo lha. u ol. com .br /mundo/2015/06/1648129-em-decisao-historica-estados-unidos-legalizam-casamento-gay. sh t m l

  9. Não existem ex-gays, mas sim bissexuais ou pseudos homossexuais que declaram que foram gays, mas o fazendo faltando com a verdade. Explico: o cara vai lá e, movido por curiosidade, por interesse de ganhos financeiros (garoto de programa) ou mesmo por desilusão com mulheres, e passa a transar com outros homens. Depois vira um crente fanático e acha que é lindo aparecer na internet, na tv, no rádio, em livros, revistas ou simplesmente no púlpito da seita evangélica a qual se converteu dizendo-se “ex-gay”, quando, na realidade, o patife nunca foi gay. É que hoje é moda, entre novos conversos das seitas evangélicas, o dizerem-se “ex-gays”. Essa é a verdade, o resto é ficção!

  10. A propósito de Jóide MIranda, o ex-travesti que, cansado de viver na prostituição e depois de começar a virar baranga, resolveu que iria virar hétero, gostaria de perguntar a ele quando é, afinal, que vai deixar de desmunhecar e falar como um homossexual efeminado ou afetado? Até porque se realmente houvesse, como ele e vocês dizem. um milagre que transformasse um gay em heterossexual, que espécie de milagre é esse onde o cara continua com voz e trejeitos femininos? Por acaso Deus faz qualquer coisa pela metade? Só otários para não perceberem que ele apenas sufocou sua orientação sexual, entrou para uma seita evangélica e se juntou com uma mulher.

  11. Essa história de dizer que os gays são pessoas que sofreram abuso na infância é um grande disparate que já foi refutado através de estudos sérios. Muitos que sofreram abuso continuaram sendo héteros e muitos que não sofreram abuso continuaram gays.

    Sabem porque não prevalecem, no meio científico, legislativo, executivo e judiciário as alegações dos evangélicos e outros que mentem a respeito da homossexualidade?

    É que essas alegações falseadoras da realidade são categoricamente refutadas!

  12. Tudo Gay esses caras dos comentários, eu queria só fazer um comentário se eu fosse gay teria a mesma posição de vocês é simples assim gay defende gay família defende família portanto esse bla bla bla desse Bixa Sandro e Cia não muda em nada a ordem do universo e vão ter que amargar rsrs somos família e somos o bem o mal nunca prevalecera e só pra constar não sou evangélico

    • Gays fazem parte da família, Paulo Freire (que do grande educador você revela não ter nada em comum a não ser o nome), então não existe isso de dividir entre “defensores da família” de um lado e gays de outro lado, como se fosse um confronto. Desperta pra vida camarada, sai desse gueto de ignorância, superstição e fanatismo, velho!

  13. Na boa, não ligo se o cara quer ser homosexual, só me importo no respeito mutuo, ou seja, se alguém quer ser gay vai ser, se outra pessoa não quer ser que não seja, que direitos sejam respeitados. EU não sou obrigado a ver dois gays se esfregando no metro ou fazendo baixaria, ou encravado no orificio traseiro simbolo da minha fé, ou falando besteira da minha religião. Acho que todos nos devemos respeito em ambas as partes, assim como eu não quero que na escola da minha filha venham com planfeto ensinando que ser gay é normal, não é , gay é uma escolha cada um com sua escolha, mas a natureza é sabia a normalidade é o que gera outro filho, num dia que um homem conseguir ter filho e este mesmo ser a maioria da sociedade ai sim será normal, enquanto isso classifico como anormal, ou seja fora do padrão da sociedade. Quer ser gay / lesbica que sejam repeitando as pessoas. fecha do ativismo, da perseguição aos cristãos, do movimento politico ligado a essa corja petista e imunda.

    • Mas, clamando, quem é que te obriga a escrever aqui? Pare de dar piti, homem, que coisa feia um cidadão na sua idade ficar fazendo birra parecendo moleke mimado!

  14. Nobres evangélicos, sapientíssimos doutores da lei, lendo seu livro cristão, porém escrito por arcaicos escribas judeus, encontrei um texto inspirador – atribuído a Paulo, sim, mas cujos autores foram, na realidade, Davi e Jonatas, sendo plagiado por Paulo, aquele que se queixou, ao jovem converso que o seguia, de um certo espinho a ferir sua carne -, e a respeito do qual solicito sua mais solene, arguta e templária atenção.

    Proclama o texto em poética voz milenar: “Deus ama quem dá com alegria” (2 Cor. 9:27).

    Ora, tendo em vista que os gays não só damos com alegria, mas com muita alegria, não decorreria daí que os senhores, inspirados videntes de oráculos ancestrais, estariam cometendo clamorosa injustiça ao dizer que a Bíblia nos condena, sendo que ela mesma nos absolve de qualquer culpa em face de nossa perene alegria?

  15. Querido, vc ta defecando pela boca! Eu sou hetero, gosto de homem, defendo a causa lgbt, e também defendo a família, pq tendo AMOR é família independente de ser dois homens, duas mulheres ou um casal.

DEIXE UMA RESPOSTA