Fernando Haddad veta lei do Dia contra a Cristofobia: “É desserviço à convivência pacífica”

17

O projeto do Dia de Combate à Cristofobia, aprovado na Câmara Municipal de São Paulo, foi vetado pelo prefeito Fernando Haddad (PT). A data seria celebrada no dia 25 de dezembro.

A justificativa de Haddad para vetar a criação da data foi que os cristãos são maioria na sociedade brasileira, e a proposta seria uma “provocação” contra quem defende as minorias, como os ativistas gays, por exemplo.

“Com efeito, ao pretender vitimizar e conferir uma espécie de deferência especial a grupo que, na realidade, é majoritário na sociedade brasileira, o projeto demonstra a intenção de provocar os defensores dos direitos das minorias”, afirmou Haddad. “Além disso, ao escolher o dia de Natal para tanto, a iniciativa beira a blasfêmia”, acrescentou, manifestando sua opinião sobre o tema.

O prefeito disse ainda que a pretensa data de combate às manifestações contrárias aos princípios cristãos seria um “desserviço aos esforços” que a cidade vem fazendo “em prol da convivência pacífica com a pluralidade democrática”.


O projeto, criado pelo vereador Eduardo Tuma (PSDB), frequentador da igreja Bola de Neve, foi considerado pelo prefeito como oposto “aos princípios constitucionais basilares”.

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, Tuma afirmou que irá reapresentar o texto à Câmara, para tentar derrubar o veto do prefeito: “Não é um projeto que apregoa qualquer religião. Ele foi apresentado para garantir a liberdade de expressão dos cristãos falarem sobre qualquer tema, e fatalmente isso leva à questão da opção sexual”, disse o vereador.

Para o autor do projeto, estabelecer essa data seria importante para esclarecer que a visão cristã a respeito da homossexualidade segue um princípio de fé, e não preconceito. “Na verdade, com essa medida, ele [Haddad] mostra que não prestigia [a todos] de forma igualitária”, concluiu.

17 COMENTÁRIOS

  1. é o maior dos idiotas, como pode o dia do nascimento de Cristo ser uma ofensa a dia anti cristãos ou a cristofobia, desserviço faz ele em como sempre a favor de gays pedófilos e todo tipo de afronta aos cristãos

    • PEDÓFILO É VOCÊ !!!

      Velho escroto, cade os gays pedófilos que voces tanto falam ?
      Nunca vi uma noticia sobre esse assunto aqui, seria um prato feito pra voces, evanjegues . . .

      Agora se voce quiser coloco uma lista infindável aqui, com casos de pedofilia praticados por heterossexuais (pais, tios , avos, padrastos . . . ) , muitos e muitos pastores evangélicos.

        • Conotação Verbal ?? Vc nem sabe o que é isso . . . .
          Vc é MUITO ANALFABETO, nem uma virgula voce colocou entre as duas palavras.
          Deixe de ser HIPÓCRITA Cagand* e assuma que voce é um lixo de pessoa preconceituosa imunda.
          Vai pro Inferno !!

  2. Pode deixar, aqueles que odeiam aos cristãos, que é mesma coisa que odiar a Cristo, em breve seu desejo será realizado, pois a igreja verdadeira de Jesus, que sou eu e todos os fieis a ele, irão desaparecer deste mundo para viver para sempre com o Senhor Jesus. Quem quiser ser salvo aceite a Jesus como seu único e suficiente Salvador e Senhor. Maranata

  3. O mundo tem que parar com está loucura de apoiar homosexualismo pois para sempre Deus está contra isso. Lembrem-se de que cidades de sodoma e Gomorrah não são ficticiosas sao realidades.. É uma pena que vcs ai estão entregues ao oprobrio enquanto os Africanos estao celebrando a verdadeira volta do CRISTO (Hebreus 9 vs 28; João 10 vs 16, Lucas 18 vs 8B e Mateus 24 vs 36 – 39 )etc, estas escrituras estao cumpridas agora.

  4. Estatisticamente, algo em torno de 90% dos casos de pedofilia são praticados por HETEROssexuais, geralmente parentes da vítima. É só procurar os estudos sérios ao invés de se deixar levar pela fúria e mitos populares.

  5. Há muito ódio coletivo neste assunto. O fato é que 10% da população nasce homossexual (20 milhões de brasileiros), e que 90% da população é cristã. Há gays em 40% das famílias, e isso independe de religião, porque a homossexualidade é genética, e não uma "opção". De certa forma, pelo menos metade da população brasileira está sendo afetada pelo assunto quase diretamente (membro da família). Por isso é preciso parar com discursos agressivos como se fosse torcida de futebol. Acredito que todos queiram ter paz, e a melhor forma de ter paz é abaixando o tom e aprendendo a ouvir e compreender o outro.

  6. Gustavo Martins Releia tudo, quem esta reclamando que é perseguido é a evangélica Ester.

    So quis mostrar que quem persegue praticantes de outras religiões , são os próprios evangélicos, e depois ficam se fazendo de vítimas . . . .

DEIXE UMA RESPOSTA