Filme “Êxodo: Deuses e Reis” é proibido no Egito por “contar história distorcida”

4

O filme “Êxodo: Deuses e Reis”, que narra a vida de Moisés no Egito, teve sua exibição proibida pelas autoridades do Egito que afirmam que a produção conta uma história “distorcida”. O anúncio da proibição foi feito pelo chefe da censura, Abdel Sattar Fathi, que na última quinta-feira (25) afirmou que uma comissão viu uma cópia do filme e concluiu que a produção “tenta transferir informação distorcida de cenas religiosas e históricas”.

Protagonizado por Christian Bale, o filme tem como foco centrar a vida do profeta Moisés, e conta sua história desde seu nascimento através da recriação da história da libertação do povo hebraico no Antigo Egito.

Segundo o jornal “Al Watan”, ao falar sobrea proibição do filme, Fathi lamentou que a produção determine que “os judeus estiveram envolvidos na construção das pirâmides de Guiza como povo eleito por Deus” e que passe uma imagem dos egípcios como “demagogos” que “torturaram” os seguidores do judaísmo.

O chefe da censura egípcia afirmou ainda que o filme “mostra o divino através da encarnação de Deus na foto de um bebê” e tenta “manipular” o Corão.


A proibição do filme é similar ao ocorrido em março, quando a instituição religiosa Al-Azhar, a mais prestigiada do islã sunita, pediu que o país proibisse a projeção do filme “Noé”, com Russel Crowe, por considerá-lo contrário à lei islâmica.

Assim como em outros países árabes, filmes com conteúdo erótico ou religioso são examinados com lupa pela censura no Egito, que “filtra” os projetos que considera atentar contra a moral pública ou a doutrina islâmica.

4 COMENTÁRIOS

  1. Esse filme e um verdadeiro lixo, distorce completamente a verdadeira Historia da saida dos Israelenses do Egito. Esse lixo de filme deveria ser proibido em todos os paises.

  2. E uma obra baseada na narrativa biblica, vale a pena assistir. Depois os crentes nao gostam quando somos taxados alienados! Esta obra nao e lixo, e uma produçao muito boa. As pessoas sao muito radicais, criticam e nao gostam de ser criticadas.

  3. Crentes fundamentalistas não dão sossego nem para a sétima arte. Entendam uma coisa, crentes: é um filme, não um documentário ou aula de religião. Engraçado, crentes reclamam toda a liberdade de expressão para si, mas não a querem para os que não pensam como eles.

    • Man?!
      A sétima arte nos nossos tempos influenciam mais que livros!! Obs: Infelizmente!!

      e outra coisa… se você fosse um escritor e tivesse publicado um livro de sucesso mundial, e tivesse sua obra literária recriada para o cinema com distorções absurdas do original; com certeza você não iria gostar, pois compromete a obra!

      da mesma forma nós “crentes” que temos a Bíblia como um livro que relata fatos e entendemos ser a palavra de Deus, ficamos super chateados quando fazem isso na sétima arte!

      Pois quem nunca leu a Bíblia terá uma visão errada e distorcida da obra original!!
      Ou seja… uma visão errada de Deus!!

    • Se é um filme baseado na Bíblia, tem que seguir o que tá escrito lá, o que não tiver aí sim se pode especular. Outra, quero ver fazer um filme baseado no Alcorão e distorcer o que tá escrito lá…, só que nós Cristão contestamos com argumentos e com a paz de Cristo.

DEIXE UMA RESPOSTA