Após pedir demissão da igreja que fundou, ex-pastor Mark Driscoll lança site com pregações e pedidos de doação

2

O pregador evangélico Mark Driscoll, que recentemente anunciou sua saída da rede mega igreja Mars Hill Church, fundada por ele em Seattle, acaba de voltar ao “mercado evangélico” com o lançamento de website com sermões e outros materiais criados por ele.

Os primeiros relatos sobre o lançamento do site surgiram poucos dias após Driscoll anunciar seu desligamento da igreja fundada por ele. Junto com sermões e ebooks gratuitos, o site também pede doações financeiras, que ele que serão destinadas para a organização sem fins lucrativos “Learning For Living” (Aprender para Viver, em tradução livre).

Segundo o Huffington Post, Mark DeMoss, um amigo que tem servido como porta-voz de Driscoll, afirma que o pastor criou a “Learning For Living” para gerenciar seu conteúdo de ensino da Bíblia, visto que ele não pode mais fornecer conteúdo através da Mars Hill Church.

– É uma operação discreta, que não conta com uma equipe paga. Ele simplesmente queria uma maneira de disponibilizar sermões e conteúdo escrito, a maior parte deles de graça, e está fazendo isso agora no markdriscoll.org. “Learning For Living” é o nome da organização sem fins lucrativos, por meio da qual as pessoas podem contribuir [com o trabalho do pregador] – explicou o porta voz.


Um detalhe que chamou a atenção da imprensa norte americana foi o fato de o endereço usado por Driscoll neste novo projeto estar registrado em nome da Mars Hill Fellowship. O pastor pediu demissão de seu cargo na igreja menos de dois meses após se afastar para que a direção da denominação investigasse os erros cometidos por ele.

Porém, a assessoria de comunicação da denominação afirmou que se tratava de um domínio que havia sido registrado pela igreja e nunca foi utilizado, e que agora foi transferido ao ex-pastor. A igreja afirmou ainda que o site não está, de forma alguma, afiliado à Mars Hill Church ou à Mars Hill Fellowship.

A saída de Driscoll da igreja fundada por ele foi marcada por polêmicas, e teve início após surgirem denúncias de que ele teria usado o dinheiro arrecadado pela igreja para comprar exemplares de seus próprios livros, e assim fazer os títulos lançados por ele entrarem para as listas de mais vendidos, e assim, induzir os fiéis e outros leitores a comprarem as publicações.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA