Autoridades derrubam templo cristão construído por imigrantes em acampamento na França

2

Uma igreja construída de forma simples e improvisada, que servia de local de culto para imigrantes cristãos que se refugiam no acampamento de Calais, na França, foi demolida pelas autoridades do país como parte de uma “operação de segurança”.

No local, à espera de uma oportunidade legal para chegarem ao Reino Unido, os imigrantes oriundos da Síria, Sudão e outros países, vivem em barracas de acampamento, ou em barracos improvisados com lonas. Dada a precariedade, o acampamento ganhou o apelido de “selva de Calais”.

Na última segunda-feira, 01 de fevereiro, a Polícia entrou na “selva de Calais” e demoliu uma igreja e uma mesquita, alegando que era uma atitude preventiva para evitar confrontos religiosos no local, de acordo com informações do Daily Mail.

O pastor Teferi Shuremo, que organizou a congregação e ergueu o templo, disse que havia recebido garantias das autoridades que o espaço de culto não seria incomodado. No momento que os operários usavam tratores para demolir a frágil estrutura, ele entrou em confronto com os policiais.


“Eles estão tentando destruir a paz”, disse o pastor, enquanto se apoiava em uma cruz de madeira. Shuremo garantiu que irá reerguer o templo.

Um funcionário do governo afirmou que ninguém protestou contra a demolição da mesquita, pois ela já estava abandonada, e que os imigrantes do acampamento são livres para construir outros templos, se assim quiserem.

Um órgão do governo produziu um relatório sobre as condições do acampamento em Calais, com severas críticas à forma como os imigrantes estão sendo tratados.

A situação é tão precária que o chefe de Gabinete do Serviço Europeu de Polícia comentou que nos acampamentos montados na França existem 10 mil crianças desacompanhadas, e os criticou, dizendo que “eles estão perdidos no sistema”. “Eu acho que a nossa preocupação é que nós sabemos que existem pessoas lá fora que irão explorar menores. Sabemos que existem pessoas que irão levá-los e usá-los para seus próprios fins”.

Tratores derrubam o templo da "selva de Calais"
Tratores derrubam o templo da “selva de Calais”

2 COMENTÁRIOS

  1. Pastor é suspeito de ter assassinado taxista a tiros em Cacoal, RO
    Suspeito se chama Cláudio Severino da Silva, ou ‘Cal’, e está foragido.
    A polícia está trabalhando com várias linhas de investigação para o crime.
    A Polícia Civil de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, identificou um dos suspeitos de ter envolvimento no assassinato de um taxista de 69 anos cometido no dia 5 de janeiro, na área rural.
    O homem foi morto com dois tiros na cabeça. De acordo com o delegado regional, Arismar Araújo, o suspeito que está foragido da justiça se chama Cláudio Severino da Silva, também conhecido como Cal. Ele trabalha como motorista no Conselho Tutelar da Prefeitura do município de Ministro Andreazza, é pastor de uma igreja evangélica e não tinha passagem pela Polícia. As investigações, conforme os policiais, estão apontando que o crime foi encomendado.
    O delegado contou ainda que não pode revelar os motivos do assassinato para não atrapalhar o trabalhão que está sendo feito para se chegar aos acusados e as motivações. O policial informou que no dia do crime, Cal atraiu o taxista através de uma ligação de orelhão, solicitando os serviços do taxista. Quando já estavam longe da cidade ele, possivelmente, executou a vítima ainda dentro do veículo, sentado no banco do passageiro.
    Nós pegamos imagens de uma câmera de segurança da mercearia onde Cal comprou o cartão de orelhão para ligar para o taxista, após uma busca e apreensão realizada na residência do suspeito também encontramos a mesma camiseta utilizada por Cal no momento da ligação”, contou Arismar, destacando que a camiseta estava com algumas manchas. A peça foi encaminhada para exames para verificar a presença de sangue humano e resquícios de pólvora.
    O suspeito chegou a prestar depoimento à polícia e negou seu envolvimento no crime, apresentando um álibi que, após ser verificado pela polícia não foi confirmado. No dia seguinte ao depoimento, a Justiça decretou um mandado de prisão contra Cláudio, mas quando os policiais foram executar descobriram que o homem havia fugido com a família e toda a mudança da casa.
    A polícia pede para que as pessoas que souberem do paradeiro de Cal, denunciem através do telefone 197 ou 190.
    Globo.com

  2. PARA adora não e precisa templo este povo parece que gosta de causar sabe que esta tenso a situação la e fica se fazendo de vitinas adorem a Deus debaixo de uma arvore no ar livre. por este motivo Jesus destruiu o Tempo louve a Deus onde estiver.

  3. 11/12/2015 13h01 – Atualizado em 11/12/2015 14h04

    Padre é acusado de roubar mais de US$ 1 milhão para usar com namorado
    Redação RedeTV!

    O padre teria começado a roubar os fiéis em 2003 (Foto: Reprodução/NY Daily News)
    O padre Peter Miqueli, de 53 anos, está sendo acusado de roubar mais de US$ 1 milhão, o equivalente a R$ 3,8 milhões, das doações de fiéis à igreja e utilizar o dinheiro para bancar as fantasias sexuais com o amante.

    Citando os documentos do processo, o jornal “NY Post” afirma que o padre gastava cerca de R$ 3,8 mil a cada relação sexual com o amante, Keith Crist. Durante o ato, o pároco fazia o papel de “escravo sexual”, e era forçado a chamar o parceiro de “mestre” e a beber a urina dele.

    O dinheiro também foi utilizado para comprar medicamentos ilícitos e uma casa em Nova Jersey (Estados Unidos) no valor de US$ 264 mil, pouco mais de R$ 1 milhão. Metade do valor foi pago em dinheiro.

    Ainda segundo o jornal, vizinhos da residência, onde moram Miqueli e Crist, disseram que os dois sempre recebem visitas de outros homens.

    Os desvios das doações teriam começado em 2003, mas o processo contra Miqueli só foi aberto recentemente por membros de duas igrejas por ele passou. O advogado de acusação, Michael G. Dowd, disse ter ficado impressionado com o caso. “Como é possível que ele esteja agindo assim há nove anos sem que a arquidiocese tenha feito algo?”, questiona Dowd. “Alguém extremamente poderoso está protegendo ele”, acrescentou.

    Fiéis da atual igreja do padre estão fazendo uma campanha no Facebook para exigir que ele seja afastado.

  4. seus lerdos, um atacando o outro, kkk
    parece criança, não existe Igreja perfeita, a igreja de deus não tem placa, “há verdadeira”é aquela que trasforma vidas de drogados alcoólatra, e restaura casamento, e muda os corações dos rebeldes, e faz daquele que crer
    em uma nova pessoa.
    essa é há verdade.. mas, Igreja que não transforma vida, seja ela católica ou evangélica que tanto tem no mundo, no último dia, jesus pegará uma peneira e colocará
    todas, e irar penerar como penera areia separá todos o joio..

DEIXE UMA RESPOSTA