Igreja Batista que decidiu batizar homossexuais pode ser punida com expulsão da CBB

48

A decisão de aceitar a filiação e o batismo de homossexuais poderá custar à Igreja Batista do Pinheiro (IBP), em Maceió (AL), sua desfiliação do rol de congregações da Convenção Batista Brasileira (CBB).

Uma assembleia extraordinária da IBP, realizada em março desse ano, definiu que a congregação passaria a aceitar transferência de membros declaradamente homossexuais e que celebraria batismos de pessoas com essa opção sexual.

O caso é curioso porque a denominação liderada pelo pastor Wellington Santos deixaria de instruir as pessoas sobre a necessidade de abandonar a homossexualidade, ensino de ampla concordância entre as igrejas cristãs de diferentes abordagens teológicas.

Segundo informações do portal Antena Crítica, a decisão da CBB de excluir a IBP poderá ser tomada no próximo sábado, 09 de julho, em uma assembleia extraordinária organizada pela presidência nacional da entidade.


Em carta aberta enviada à CBB, a Igreja Batista do Pinheiro criticou a decisão da convenção de considerar a exclusão da denominação de seu rol de filiados.

“Ficamos perplexos com chistes inconvenientes, acusações infundadas, palavras desrespeitosas, ameaças descontroladas vindas de irmãos e irmãs de fora, inclusive de pastores e líderes eclesiásticos, que atingiam a igreja como um todo, mas de modo mais contundente à família pastoral. Mais perplexos ainda ficamos com a notícia de que a Convenção Batista Brasileira se preparava para instaurar um processo disciplinar, cujo objetivo era excluir sumariamente a Igreja Batista do Pinheiro do seu rol de igrejas filiadas”, diz o texto, grafado pelos autores.

De acordo com a diretoria da IBP, “em nenhum momento, durante esse longo processo de dez anos, tentamos desrespeitar algum princípio batista ou afrontar igrejas, associações e convenções congêneres”, e que a decisão tomada de acolher homossexuais como membros se deu com base no “direito que temos sobre a liberdade de interpretar a Bíblia individual e congregacionalmente”.

Nas redes sociais, internautas manifestaram apoio à postura da IBP: “Eu nunca quis ir à igreja na vida, mas depois dessa carta acho que tá na hora de repensar isso. Obrigada por existir, Batista do Pinheiro”, escreveu um usuário do Facebook. “Recebam meu afeto e apoio. Agradeço a coragem, vcs (sic) me inspiram a ser melhor em Cristo”, afirmou outro.

A denominação, inclusive, recebeu manifestação de apoio do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), ligado à ideologia de esquerda e associado ao Partido dos Trabalhadores (PT).

carta igreja batista do pinheiro

48 COMENTÁRIOS

  1. Se a Convenção Batista Brasileira não admite os seres humanos homossexuais, quer dizer homoafetivos, então, pela lógica deverá expulsar os adúlteros, os divorciados, os que fornicaram antes do casamento, as arrependidas prostitutas, pederastas, os fofoqueiros, os caluniadores, os desordeiros, os hipócritas, os glutões, os crentes que estão “no armário”, os pastores batistas maçons e adulteros, … … … . Aquele que estiver SEM PECADO ALGUM, QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!!!

  2. Receber apoio do MST e nada é a mesma coisa, prefiro a segunda opção, inclusive pelo fato citado na reportegem, se a igreja optou por isso (interpretação individual e congregacional), deve entender que contraria a convenção, e nesse caso, escolheram a exclusão, mas podem se quiserem, criar uma nova convenção, contarão com apoio de muitas "igrejas inclusivas" Brasil a fora….

    • Os protestantes se apoiam na famosa passagem, para afirma que a bíblia é autossuficiente, mas “A famosa passagem que afirma que a Escritura é útil (2Tm 3, 16) significa claramente que é um apoio, não que seja suficiente. Assim como é útil para mim beber água regularmente, mas não é suficiente como a alimentação completa”. Williams, Robert. AS SAGRADAS ESCRITURAS DEIXA MUITO CLARO A IMPORTÂNCIA DA TRADIÇÃO APOSTÓLICA;
      “Jesus depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias e falando do que respeita ao reino de Deus.” (At 1,3) – o que Jesus ensinou aos apóstolos nestes quarenta dias após sua ressurreição não foi importante? Será que Jesus esteve com eles à toa? A Bíblia não nos relata o que Jesus ensinou neste período, mas a Tradição Apostólica sim.
      “Tenho muito a vos escrever, mas não quero fazê-lo com papel e tinta. Antes, espero ir ter convosco e falar face a face, para que nossa alegria seja completa” (2Jo 1,12).
      “Tenho muitas coisas que te escrever, mas não quero fazê-lo com tinta e pena. Espero, porém, ver-te brevemente, e falaremos face a face” (3Jo 1,13-14) – São João ensinou muitas coisas oralmente.
      “E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.” (Tg 5,10) – São Tiago Menor recebeu tal instrução da Tradição Apostólica, já que em nenhum lugar da Bíblia, Nosso Senhor Jesus Cristo ensina tal coisa.
      A Tradição Apostólica tem autoridade
      “Assim, pois irmãos, permanceis firmes, e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.” (2Ts 2,15)
      “E o que de mim, através de muitas testemunhas ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para ensinarem outros.” (2Tm 2,2)
      “Ó Timóteo, guarda o depósito a tradição que te foi confiado, tendo horror aos clamores vãos e profanos e às oposições da falsamente chamada ciência gnose.” (1Tm 6,20)
      “E os cristãos perseveravam na doutrina dos apóstolos, na comunhão, no partir do pão e nas orações.” (At 2,42)
      “E, quando Paulo, Timóteo e Silas iam passando pelas cidades, lhes entregavam, para serem observados, os decretos que haviam sido estabelecidos pelos apóstolos e anciãos em Jerusalém.” (At 16,4) – forte testemunho da ação do Magistério da Igreja no cristianismo primitivo.

  3. Gente vocês não sabem ler ou não leêm a matéria antes de comentar, essa igreja estaria instruindo as pessoas a não abandonarem o homossexualismo, o que biblicamente é um pecado como ao adultério por exemplo, se a CBB é uma organização bíblica(acredito que seja) é claro que não vai aceitar que o homossexualismo continue sendo praticado entre seus membros, e faz muito bem, parabéns a CBB pela posição!
    Quem quiser continuar nessa prática horrenda não precisa nem se preocupar quando a posição da CBB, existe a pada gay, e o que é pior, perderão a salvação!
    Ainda é tempo de se arrepender.

  4. PECADO É PECADO MEU CARO, E TEM SUAS CONSEQUENCIAS, SE A PESSOA MUDOU NÃO PECA, MAS COMO AFIRMA JOÃO EM SUA PRIMEIRA CARTA, A CONSELHOS PARA QUE NÃO PEQUEMOS, MAS SE PECARMOS TEMOS UM ADVOGADO PERANTE O PAI QUE É JESUS CRISTO!, MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE SOMOS AUTORIZADOS A PECAR! SER SERVO DE DEUS É MUDANÇA DE VIDA E TANTO ADULTERIO COMO OUTRO QUALQUER PECADO É ERRADO E O HOMOSSEXUALISMO, O EFEMINADO TAMBÉM NÃO HERDARÁ O REINO DOS CEUS, ESTA NA BIBLIA, NÃO HA O QUE INTERPRETAR, ESTA LA PARA QUEM QUISER VER, POREM AINDA HA TEMPO PARA ARREPENDIMENTO E SER SALVO E DEIXAR A CONDUTA PECAMINOSA!!

  5. É uma vergonha pastores não entenderem a biblia.São cegos guiando cegos!!!
    O homossexualismo não é biblico e ponto final.Isso independe do meu ponto de vista.E como se quisesse diacordar o porquê nasci homem!Deus fez assim.
    Quem não aceita deve somente ser respeitado e nada mais.Mas um pastor deve respeitar a opinião do livro pela qual ele representa.
    Deus abençoe

    • Lamentavelmente a Sola Scriptura é a grande responsável por toda essa confusão no seio protestante; é a responsável por essa imensa pluralidade de igrejas. Em vez de ter trazido a paz e a concórdia entre os irmãos, trouxe foi a divisão. E a divisão e o denominacionalismo, como todos sabemos, são vigorosamente condenados na própria Escritura. Leia, por exemplo, Rm 16, 17; Gl 5, 20; Ef 4, 2-5. Desde o advento da Sola Scriptura e da sua consequente interpretação particular da Escritura, o Cristianismo só fez se fragmentar. E isso é um tremendo mal. Certa vez, num desabafo, um pastor protestante chegou a dizer que fizeram da Palavra de Deus a mãe das heresias. É triste dizer isso, mas é a pura realidade. No entanto, fazemos questão de enfatizar aqui que a Bíblia não pode ser a mãe das heresias. Ela deve ser lida com amor, em espírito de oração e não para gerar intrigas. Essa divisão é tão chocante que muitos dos próprios evangélicos não se conformam e, não raro, desabafam o seu desagravo.

      Veja o que reconhecem alguns Evangélicos sobre a divisão no seio cristão:

      Calvino escrevia numa carta a Melanchton: “É de grande importância que não passe aos
      séculos vindouros nenhuma suspeita sobre as divisões que existem entre nós, porque é ridículo, acima de quanto se possa imaginar, que depois de ter rompido com todo o mundo, nós estejamos em tão pouco de acordo desde o início da Reforma.”

      O mesmo Melanchton dizia: “O rio Elba com todas as suas águas não nos forneceria lágrimas suficientes para chorar as desgraças da Reforma dividida.”

  6. Cada um tem o livre arbítrio para fazer o que quiser. E também arcar com as consequências.
    A Bíblia é bem clara, está escrito: não deitarás homem com homem, como se fosse mulher.
    Cada um crê no que quiser. A convenção Batista segue a Bíblia, logo terá que excluir esta igreja da convenção..
    Que ela siga fazendo o que quiser. O acerto será com Deus…
    Diz a Bíblia: ai daquele que por quem vier o escândalo.

    • Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Tendo nos ouvidos o desejo de ouvir novidades, escolherão para si, ao capricho de suas paixões, uma multidão de mestres. Afastarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.”
      (2 Tim 4,2-4).
      A Sagrada Escritura condena o livre exame protestante
      Notas bíblicas:
      _
      se o livre exame fosse bíblico não existiria no meio do protestantismo milhares de milhares de heresias e de divisões de doutrina:
      Por isso são pedro nos diz:
      nenhuma profecia da escritura é de interpretação pessoal” (2pd, 1,20).
      E a bíblia adverte duramente contra aqueles que usam o livre exame bíblico
      veja:
      assim vos escreveu também o nosso caríssimo irmão paulo, segundo a sabedoria que lhe foi dada, falando-vos dessas coisas, como faz também em todas as suas cartas. Nelas há, porém, alguma coisa difícil de compreender, que as pessoas pouco instruídas ou pouco firmes deturpam, como fazem também com as outras escrituras, para sua própria ruína” (2pd 3, 15-16).
      Só a igreja tem autoridade em interpretar a bíblia:
      por isso é dito que:
      a greja = é coluna e sustentáculo da verdade
      “todavia, se eu tardar, quero que
      saibas como deves portar-te na casa de deus, que é a igreja de deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade”. (1tm 3,15)
      A bíblia afirma que:
      muitas são as opiniões dos homens, e as más imaginações levam ao engano” (eclo 3,24).
      Notas:
      como explicar que Deus deixaria o mundo ao “livre exame” em que cada um segue sua cabeça e justifica suas opiniões? E onde ficaria a frase de s. João: “haja um só rebanho e um só pastor” (jo 10, 16).
      E só folhear o ato dos apóstolos e verificar que a igreja, desde o começo, seguia a um só pastor, isto é, o sucessor de s. Pedro (o primeiro papa).
      E mais…
      outra contradição do “livre exame” é o fato de existirem tantas “igrejas” protestantes, todas se dizendo inspiradas pelo mesmo ‘espírito santo‘, e cada uma pregando uma doutrina diversa da outra.

  7. Cada um tem o livre arbítrio para fazer o que quiser. E também arcar com as consequências.
    A Bíblia é bem clara, está escrito: não deitarás homem com homem, como se fosse mulher.
    Cada um crê no que quiser. A convenção Batista segue a Bíblia, logo terá que excluir esta igreja da convenção..
    Que ela siga fazendo o que quiser. O acerto será com Deus…
    Diz a Bíblia: ai daquele que por quem vier o escândalo.

  8. Livre Exame
    A Bíblia ensina claramente que nenhuma Escritura é de interpretação pessoal:
    “Pois, antes de tudo, deveis saber que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal, porque jamais uma profecia se proferiu por vontade humana, mas foi pelo impulso do Espírito Santo que homens falaram da parte de Deus.” (2Pd 1,20).

    O mesmo Apóstolo cita alguns infelizes que praticavam o livre exame com as cartas de Paulo:
    “E crede que a paciência do Senhor é para nossa salvação, como também nosso amado irmão Paulo escreveu segundo a sabedoria que lhe foi dada. É o que ele faz em todas as epístolas em que vem a tratar do assunto. Nelas há alguns pontos de difícil inteligência, que homens ignorantes e sem firmeza deturpam, não menos que as demais Escrituras, para sua própria perdição.” (2Pd 3,15s)
    A Bíblia não deve ser interpretada segundo a nossa vontade ou estado de espírito.
    Se existem milhares de denominações protestantes no mundo é porque existem milhares de interpretações diferentes da Bíblia, saídas da mente dos fundadores e dos pastores dessas igrejas supostamente “evangélicas”.
    Obviamente o Espírito Santo, que é comunhão e unidade, nada tem a ver com tamanha confusão…
    Além disso é bom lembrar que várias verdades de fé, como a Trindade e a união das naturezas divina e humana em Jesus, cridas pelos protestantes, não podem ser deduzidas via “Sola Scriptura”.
    O diabo é um dos que se servem da Bíblia para contradizer a vontade de Deus.
    Basta ler o relato das tentações para notar que o inimigo do gênero humano é um amante do livre exame, conhecendo as Escrituras “de trás para frente” (cfr. Lc 4,1-13).
    “Jesus ainda fez muitos outros sinais na presença dos discípulos, mas não foram escritos neste livro. Estes porém foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.” (Jo 20,30s).

    A Bíblia é a Palavra de Deus escrita, inspirada por Deus, merecedora de toda a nossa reverência e amor. Precisamos ler mais a Bíblia, conhecê-la melhor para crescermos na fé e na caridade.
    Conhecendo as Escrituras, seremos capazes de responder as acusações tolas e infundadas daqueles que lêem a Bíblia mas não a compreendem.
    A Bíblia deve ser lida como foi escrita: dentro da experiência de vida do povo de Deus, da Igreja que discerniu o seu cânone.
    Jamais fora da Igreja, nunca contra a Igreja.
    Se a Bíblia fosse tão clara como acham os protestantes, não haveria divergências em sua interpretação nem existiriam milhares de seitas divididas umas contra as outras.
    Mas a Bíblia não é tão clara (cfr. 2Pd 3,16) e para compreendê-la precisamos da ajuda de nossos pastores, do Magistério do Sucessor de Pedro e dos bispos em comunhão com ele.

    • Como Cristão Ortodoxo Grego concordo com a maior parte do que você escreveu, o que pegou, pra mim, foi esse sucessor de Pedro aí… hahaha
      Esperamos pelo dia em que o catolicismo romano, repare dos seus erros e volte à unidade da Igreja. Qualquer tentativa de união sem a plenitude da verdade será falsa e condenada ao fracasso.

  9. 2 Ped 1,20: Antes de mais nada, saibam que nenhuma profecia da Escritura provém de interpretação pessoal.Para quem discorda deixo este questionamento: “Quer dizer que qualquer cidadão pode fazer uma interpretação jurídica da Constituição de forma pessoal e agir conforme essa interpretação? Se não, porque qualquer cristão ou seja lá quem for, pode interpretar a palavra de Deus ao seu bel prazer?

    Não viver conforme a palavra de Deus é tão perigoso quanto sair interpretando a palavra irresponsavelmente.

    Os cristãos do primeiro século não dispunham de Bíblia. E nem os cristãos dos séculos seguintes. Na verdade, os cristãos só puderam contar com a Bíblia para consulta, como hoje, muitos anos depois da invenção da imprensa, que só aconteceu no ano de 1455. Então, será que o Senhor Jesus esperaria mais de um século e meio para revlelar sua verdadeira doutrina para o mundo? Se assim fosse, Ele teria mentido, pois disse antes de partir para o martírio que estaria com a sua Igreja até o fim do mundo (conf. Mateus 28, 19-20).

    Além disso, para que a Bíblia fosse a única fonte de revelação, seria no mínimo necessário que ela mesmo se proclamasse assim; e não é o caso, pelo contrário. A Bíblia diz que a Igreja é a coluna e o sustentáculo da verdade (1 Tim 3, 15), e não as Escrituras. Nela, Jesus Cristo diz ainda: “Vocês examinam as Escrituras, buscando nelas a vida eterna. Pois elas testemunham de Mim, e vocês não querem vir a Mim, para que tenham a Vida!” (João 5, 39-40).

    Sim, a Bíblia diz que as Escrituras são úteis para instruir, mas nunca diz, em versículo algum, que somente as Escrituras instruem, ou que só o que as Escrituras dizem é que vale como base para a fé. Isso é uma invenção humana sem nenhum fundamento. E a Bíblia também diz que devemos guardar a Tradição (conf. 2 Tessalonicenses 2, 15 e 2 Tessalonicenses 3, 6, entre outros). Contrariando a Bíblia, os “evangélicos” rejeitam a Tradição.
    É tão grotesca mentira, que apenas a leitura da Bíblia, já a derruba: Jo 20,30 e Jo 21,25. E fica ainda mais claro, quando comparamos com outras passagens como a promessa do Paráclito (Jo 14,16.26; 15,26; 16,7.13…) e seu efetivo derramamento(At-2): Para que precisaríamos do Espírito Santo, se tudo já está na Bíblia? O que Ele viria ensinar, se tudo já foi ESCRITO?

  10. Ou pode instruí-los a deixar de ser! Sua lógica deturpada não resiste a palavra de Deus, é pecado assim como as outras coisas que você elencou. A Igreja pode ser “livre” para interpretar a Bíblia mas saiba que para Deus não vale discussões que partam de pseudo valores seculares, aprendam, o Evangelho é renuncia, quem não estiver disposto a renunciar não está preparado para herdar o Reino de Deus. Enfim Deus julgará, assim como julgará a mim e os demais.

    • Bem feito para essas seita! Hoje no Brasil, o protestantismo sangra dividido em numerosas seitas de proprietários rivais, a desafiar o próprio Jesus Cristo que ensinava: “Todo o reino dividido contra si mesmo será destruído e seus edifícios cairão uns sobre os outros.” (Lc 11,17).

    • O fim do protestantismo será vergonhoso e terrível, acabarão pior do que as milhares de seitas gnósticas que se diziam as guardiãs da verdade no tempo da igreja primitiva, levando seus seguidores pouco a pouco ao ateísmo e a loucura.

      “Naquele tempo não havia rei em Israel, e cada um fazia o que lhe parecia melhor” (Juízes 17,6; 21,25).
      Este versículo é uma fotografia dos protestantes.

    • A Bíblia diz que devemos ser um só Corpo. Tudo que os “evangélicos” não querem é a união. Onde se vê “um só Batismo e uma só Fé” entre eles? Ao invés da determinação bíblica, existem mais de 50.000 denominações divergentes entre si. A Bíblia diz que não deve haver divisão entre os cristãos. Qual dos protestantes nesse planeta leva em consideração esse texto bíblico? Mais uma vez jogam fora a Bíblia que juram defender.

      “Naquele tempo não havia rei em Israel, e cada um fazia o que lhe parecia melhor” (Juízes 17,6; 21,25).
      Este versículo é uma fotografia dos protestantes.

      • Amigo obrigado pela “preocupação” mais o seu discurso de repudio está destoado do seu papa. Pesquise e veja o q ele tem a dizer a cerca dos protestantes.

  11. A cegueira é tão grande que ainda acreditam que homossexualidade é OPÇÃO. ..Não conseguem enxergar que é DEMÔNIO e que tais pessoas precisam ser libertas para que o corpo e alma e espírito possam pertencer a CRISTO JESUS!! Batiza-los antes de serem libertos só trará escândalos pois continuaram com as mesmas práticas !!

  12. o pastor foi errado que batizou os homossexuais eu acho que nao leu , CARTAS AOS ROMANOS,APOCALIPSE ,se ele tivesse lido ele saberia que agiu de modo errado ,se pessou que batismo iria muda a vida espiritual facil,primeiro que liberto conhecendo a verdade e a verdade se chama Jesus Cristo joao 8 ves 32

  13. Se essa igreja recebeu apoio da tropa de guerrilha vermelha dos Sem Terra, então tá maia do que provada a inclinação ideológica à esquerda e consequente abandono da ortodoxia cristã.
    A CBB se excluir a IBP, apenas estará zelando do rebanho que pertence não à convenção, mas a Deus.

  14. Se essa igreja recebeu apoio da tropa de guerrilha vermelha dos Sem Terra, então está mais do que provada a inclinação ideológica à esquerda e consequente abandono da ortodoxia cristã.
    A CBB se excluir a IBP, apenas estará zelando do rebanho que pertence não à convenção, mas a Deus.

  15. Depois vai prestar contas pra Deus esse pastor!!!
    Nada contra os homossexuais, mas devemos seguir os mandamentos(existem doutrinas) e não cometer pecados e sim livrar deles!!! Pode até ser membro, mas deve negar suas práticas!!
    Toda religião existe regras, quem quer seguir, tem regras e não muda las por conveniência!!

  16. A cegueira bíblica toma conta de muitas igrejas e pessoas mundo a fora, todos querendo dar sua visão bíblica de algo que estão tão claro como a luz do dia. Espero que a congregação retorne ao primeiro amor. Deus ilumine e faça melhor entender a sua palavra.

  17. Reforço o pedido acima a retirada do nome batista desta se é que pode chamar de igreja de cristo ou um movimento social, por fala de conhecimento do que a bíblia ensina é que a igreja toma essas decisões sem base nenhuma da palavra de DEUS, fica meu pedido, retirem o nome de Batista e coloca o nome que quiser.
    Deus ilumine suas mentes.

  18. Direito de interpretar a bíblia individualmente?????

    O que estão fazendo com a casa do Deus Santo, O Todo Poderoso?

    Essas pessoas estão nos seus pecados e delitos, é necessário que bebam da água da vida e comam do pão da vida, o que essa igreja está fazendo é mandar essas pessoas para o inferno com a barriga cheia.

    Oremos para que Deus converta esse pastor.

    1 Pedro: 1. 16. Porquanto, está escrito: “Sede santos, porque Eu Sou santo!” 17. Ora, se invocais como Pai aquele que julga imparcialmente as obras de cada pessoa, procedei com sincero temor reverente durante a vossa jornada terrena. 18. Porquanto, estais cientes de que não foi mediante valores perecíveis como a prata e o ouro que fostes resgatados do vosso modo de vida vazio e sem sentido, legado por vossos antepassados. 19. Mas fostes resgatados pelo precioso sangue de Cristo, como de Cordeiro sem mácula ou defeito algum, – Bíblia JFA Offline

  19. Ate quando teremos que suportar a hipocrisia das igrejas cristão. Graças a Deus que o Senhor Jesus nos traz uma advertência em "Mateus 23", assim apreendemos que muitos que se dizem pastores não praticam o que pregam, colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los, gostam de serem achados como pastores,mas de pastores não tem nada porque deveriam se portarem como servos. Tive a oportunidade de estar em um culto na (IBP) em Maceió juntamente com a minha esposa, fomos muito bem recebidas, durante todo o culto fomos ministradas pela palavra de Deus, houve um momento em que eu me senti surpreendida perguntando a mim mesma, sera que estou numa igreja tradicional? porque a todo momento ouvíamos que Deus não faz acepção de pessoas e que devemos amar a todos os irmãos. Oreie ao Senhor agradecendo a Ele por existir um lugar como aquele na minha terra natal, e pedi a Deus que movesse outros lugares para oferecem a TODOS a sua palavra de graça e amor, independente de qualquer condição social, econômica ou escolha sexual,todos pudessem simplesmente entrarem num culto como aquele e se sentirem aceitos e amados. Honestamente meu sentimento é que devemos orar ainda mais por estes que se dizem serem "HOMENS DE DEUS", pedido ao Espírito Santo que convertam seus corações e se arrependam ,pois terrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo ou ter que ser achado nas interjeições de Deus: "Ai de vocês, guias cegos! Mateus 23:16 – "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês limpam o exterior do copo e do prato, mas por dentro eles estão cheios de ganância e cobiça. Mateus 23:25 – "Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês são como sepulcros caiados: bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e de todo tipo de imundície.Mateus 23:27- "Serpentes! Raça de víboras! Como vocês escaparão da condenação ao inferno? Mateus 23:33.

  20. A BÍBLIA DIZ QUE TODO AQUELE CRÊ SEJA BATIZADO!!! BIBLICAMENTE PARA SER BATIZADO BASTA A PESSOA CRER QUE JESUS É O FILHO DE DEUS QUE MORREU E RESSUSCITOU AO TERCEIRO DIA E ACEITA-LO COMO UNICO E SUFICIENTE SALVADOR!! SE UM HOMOSSEXUAL ATENDE ESSA EXIGENCIA BÍBLICA ELE PODE SIM SER BATIZADO!!! PORÉM… NÃO PODE PARTICIPAR DA SANTA CEIA E NEM TER CARGO NA IGREJA!!! ATÉ QUE ABANDONE O SEU PECADO!

  21. Presto o meu apoio à Igreja em questão e ressalto que o mundo seria um lugar menos complicado de se viver se aqueles que se dizem seguidores de Jesus se prestassem a amar as pessoas sem acepção, com acolhimento e misericórdia, mesmo se elas não se "desviarem dos seus maus caminhos" (a homoafetividade seria mesmo um mau caminho? Não estaria a Bíblia sendo interpretada fora de contexto? E quem garante?) O que percebo é que o amor tão cantado e não praticado somente é exercido através de condições, caso contrário há ignorância, acepção, afastamento, julgamento, condenação e tudo o mais. As igrejas dizem que amam os pecadores, mas se dirigem a eles com uma autoridade condenatória, ou passam de largo. Esquecem-se que cada ser humano é único no que tange sua subjetividade, e isso inclui sua identidade de gênero ou orientação sexual, e que cada um não deveria ser privado da transcendência ou da espiritualidade como tem ocorrido mundo afora. E digo mais, não se deixem enganar, se Jesus viesse novamente à terra como outrora, ele andaria e gastaria o seu tempo e o seu amor com os homossexuais, prostitutas, mendigos, doentes, loucos, corruptos, usuários de álcool e outras drogas, criminosos e todos aqueles que são marginalizados hoje por não se enquadrarem no padrões ditados pelo mundo e abraçados por muitas igrejas. Este Jesus seria igualmente morto numa cruz, por ninguém mais, ninguém menos que àqueles que se dizem religiosos e defensores da "moral e bons costumes". Só peço a Deus que um espírito de amor à ele e ao próximo cubra os seus sobre a face da terra substituindo o espírito farisaico que ainda perdura.

  22. Se este pastor, escondeu sua homosexualidade, foi uma chance de Deus para que se arrependesse. Ele fez ao contrário Saiu dp armário e se aderiu a esta ideologia anti bíblica e levou toda uma igreja ao erro, contrariando a palavra de Deus. O evangelho não é ideologia libertinosa, esta igreja desviou dos ensinamrntos bíblicos. Deve ser excluida imediatamente da convenção batista brasileira.

  23. A PERGUNTA A SER RESPONDIDA POR ESTA SEITA É…. ELES FIZERAM O BATISMO DE ARREPENDIMENTO? SE TORNARAM NOVAS CRIATURAS, AS COISAS VELHAS OU VELHOS PROCEDIMENTOS CESSARAM? NÃO ACONTECENDO NADA DISTO LOGO MERGULHARAM A BIBAS NA ÁGUA

  24. essa pseudo igreja batista , que de batista não tem nada. cada qual coloca o nome que quer em sua igreja, mas , a convenção batista, é uma organização de respeito , e, não vai aceitar uma pouca vergonha dessa em nosso meio. " TEM QUE EXCLUIR ESASA PSEUDA IGREJA DOS MEIOS EVANGÉLICOS DE VERDADE". apóio essa acertada decisão, e que DEUS, tenha miséricordia desses pseudos batistas.

    • Josemir Magalhaes

      Essa igreja não é uma pseudo-igreja Batista.
      Ela foi iniciada por missionários por volta de dos anos 1940.
      Era uma igreja Batista histórica que agora tomou seu próprio rumo ao abrir mão da ortodoxia bíblica.

  25. Quando a mulher pecadora, pega em adutério se encontrou com Jesus, recebeu dele o perdão dos seus pecados com uma ordem expressa do mestre: vá e não peques mais.
    Pecado sempre será pecado, independe do tempo ou da diversidade cultural. O resultado dessa e de outras igrejas que admitem tais práticas será o mesmo de Sodoma e Gomorra.
    Corretíssima a decisão da CBB!

DEIXE UMA RESPOSTA