Igreja Universal é proibida de expor crianças a situações constrangedoras durante suas reuniões

18

A Igreja Universal do Reino de Deus está proibida de expor deliberadamente crianças e adolescentes a situações vexatórias durante suas reuniões.

A denominação liderada pelo bispo Edir Macedo firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de São Paulo, e o acordo é válido para todo território nacional.

O MP definiu como situações vexatórias, humilhantes e degradantes “toda a situação provocada por ministro religioso que implique revelação de informações íntimas próprias ou de seus familiares, com exposição de dados a respeito de sua vida, doenças, condições psíquicas ou episódios de abuso ou violência de que forem protagonistas ou diretamente envolvidas”.

Segundo o site Última Instância, a promotora de Justiça Fabiola Moran Faloppa, responsável pelo caso, também incluiu no TAC a obrigação da Universal de impedir a veiculação de imagem de crianças nessas situações durante suas reuniões que são transmitidas, gravadas e ao vivo, pela televisão e/ou internet.


No TAC, a Universal assumiu o compromisso de manter um arquivo por três meses de todos os vídeos relacionados que possam comprovar o cumprimento do acordo, além de colocar à disposição do MP todas os documentos de “autorizações do uso de imagens” de crianças e adolescentes.

Além dos compromissos de responsabilidade direta da Universal, a denominação também assumiu o compromisso de alertar seus fiéis a não usarem câmeras e celulares para captação de vídeos que exponham crianças ao constrangimento e/ou vexame.

A multa para cada incidente registrado pelo MP de agora em diante é de R$ 1 mil e os valores deverão ser revertidos ao Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente da cidade onde o caso for registrado.


18 COMENTÁRIOS

    • Rapaz parece que vi o cara falando de um ser que ocupa este espaço.

      Sua postura nos palcos, segundo ele conta, era reflexo do ódio e das crenças que habitavam seu espírito.

      – Toda a minha intenção era dizer às pessoas que elas precisavam acreditar em si mesmas, seguir suas próprias visões, seus sonhos, ainda que fosse preciso pisotear quem se
      interpusesse em seu caminho – conta.
      Entre as motivações para seu ódio ele conta que estava o abuso que sofreu na infância, quando outras crianças abusaram sexualmente dele, quando tinha apenas oito anos de idade. Em decorrência desse abuso, ele conta que passou a alimentar um ódio interno, e também um desejo de abusar sexualmente das mulheres com as quais se relacionava.
      – De repente, apareceu uma grande estrela, como se caísse do céu.
      “Olhei para ele e lhe disse: ‘Que foi, cara?’. Ele olhou para o seu café, depois olhou para mim e me respondeu: ‘O que foi, amigo?’. Eu pulei na mesa, encostei meu rosto no dele, olhei bem para ele e o xinguei de todas as formas mais imundas que me vieram à mente. Ele então me disse: ‘Deus me mandou aqui para lhe dizer que Ele ama você e quer que você saiba que Ele não foi o responsável pelos jovens que abusaram de você quando você era criança’. O mais alucinante de tudo isso foi que ele até citou os nomes dos garotos e me disse: ‘Jesus está esperando por você, está esperando que você volte para casa’ –

  1. Na noite de ontem (22), foi exibida a
    série “Tá no Ar: A TV na TV”, na
    Globo, com a sátira da série
    americana “Friends”. Porém, esse
    episódio acabou não agradando a
    todos. Marcelo Adnet e Marcius
    Melhem intitularam a sátira de
    “Crentes” e antes mesmo de começar,
    já se iniciou um tumulto nas redes
    sociais.
    Evangélicos se revoltaram, criticando a
    brincadeira feita pelos humoristas.
    “Zoar os crentes é bom, só tente
    lembrar disso quando forem pedir
    oração a eles!”, disse um internauta.
    “Esse povo que fica zoando os
    crentes, inclusive os do ‘Tá no Ar’,
    fiquem sabendo que vocês vão tudo
    pro inferno.”, desabafou outro.
    Na abertura do quadro, a música
    original ganhou uma paródia, em que
    a letra dizia: “Pago o dízimo/10% para
    o pastor”. Por outro lado, outros
    internautas criticaram a postura dos
    evangélicos perante à sátira. Os
    comentários através das redes sociais
    recriminaram a hipocrisia do grupo
    religioso.
    “Quer dizer que os crentes estão
    ofendidos com a sátira? Mas eles tbm
    morreram de rir com a Galinha preta
    não é… É aqui a hipocrisia tour?”,
    questiona um usuário do Twitter.

  2. Sole uno demando.
    Porque não impõe a todas as igrejas, denominações e religiões, esta regra? Não sou da IURD, e nem serei, e não a apoio. Mas, tem vários outros lugares que também as crianças pagam mico, e se reclamarem, os pais obrigam. (exemplo usar saia para ir para escola é uma forma de humilhação, e também durante os cultos existe outras formas de humilhação sem ser na IURD).

    • Vários pais de outras denominações obrigam os filhos a se expor, porque só as crianças da IURD tem esse privilégio?
      Mas será que essa lei vai ser imposta de verdade? duvido….

  3. Ação dignificante da justiça, mas pelo que eu conheço da universal ela não vai desistir de tomar o “Kinderovo” da molecada, pois os envelopinhos dourados da “fogueira santa” eles continuarão a distribuírem para a criançada na “escolinha”
    Eles são capazes de produzirem as maiores mentiras inimagináveis para conseguirem o que querem.



    Assine o Canal
    • Pena que o valor da multa diária estipulada seja de um valor tão condescendente, pois quem vive de arrecadação só sente muito quando o inverso acontece. Com a aplicação do TAC a universal terá que acabar com o seu famoso golpe estilo “passa moleque”.

      • Jairo.
        Eu ainda não consegui entender até hoje esse video.
        Esse pastor da universal quis relatar que um ex obreira pq se desviou da universal, ela se envolveu com o tinhoso e ficou gravida dele e depois gerou 3 caveirinhas de práticos?
        Será que ele tem a cara de pau de confirmar que ela realmente gerou essas caveirinhas?
        É isso que o video quer passar?

  4. Isso me fez lembrar, rsrsrsrsrs
    O bispo Edir Macedo divulgou em seu blog um vídeo no qual Felipe, de 9 anos, INSTIGADO POR UM PAS$$$$$TOR, diz que venderá tudo que tem, incluindo seus brinquedos, como sacrifício(fogueira santa) rssrsrsrs

DEIXE UMA RESPOSTA