Índia: autoridades transformam igreja em templo hindu e forçam fiéis a se converterem à religião

20

O templo de uma igreja cristã na Índia foi tomado à força e transformado em um templo hindu pelo Partido Nacionalista Hindu BJP, que foi alçado ao poder em maio deste ano. Os fiéis da igreja também foram forçados a se converterem ao hinduísmo.

A denominação fica localizada no estado de Uttar Pradesh, que de acordo com a Missão Portas Abertas, tornou-se alvo de perseguição religiosa desde que o BJP assumiu o poder.

Segundo relatos de missionários, os cristãos já foram atacados mais de 600 vezes nos últimos quatro meses na Índia. A ordem para os ataques teria vindo do partido BJP.

A Portas Abertas relata ainda que as agências de notícias trazem informações sobre a condição dos cristãos, e que uma das denominações cristãs no país, localizada na vila Asroi, a cerca de 100 milhas a sudeste de Nova Déli, ainda resiste e tem funcionado como local de culto para os cristãos dalits, que são uma das castas mais baixas da Índia.


No templo que foi transformado em local de culto hindu, uma imagem de Shiva foi colocada no altar e os políticos do BJP que ordenaram a transformação da igreja divulgaram comunicados à imprensa anunciando que os 72 membros da antiga igreja haviam se tornado hindus.

A Missão Portas Abertas pede orações pelos fiéis forçados a se converterem ao hinudísmo, “para que eles permaneçam firmes no Senhor e possam sair dessa situação”.

“Peça para que esses ataques aos cristãos e às igrejas, na Índia, cessem. Interceda para que em breve essa igreja possa voltar a ser um local de adoração a Deus”, suplica a nota da Portas Abertas.


20 COMENTÁRIOS

  1. Á embaixada da Índia aqui no Brasil,

    Na vida, aqui se faz aqui se paga.

    Bem provável que os cristãos não haverão de guerrear, espera-se que não, mas quem vai fazer as vezes de justiceiro é quem alguns chamam de Deus. Outros dizem que se trata de algo natural como seja, os frutos do que plantamos retornam como consequência e bem mais volume do que nós praticamos em termos de injusto.

    Assim, senhores embaixadores, que tentem persuadir aos seus líderes políticos, via de consequência devolver o templo e pedir desculpas. O céu, repito, conspira contra os que praticam injustiça.

  2. Já andava desconfiado o tal Partido Nacionalista Hindu BJP já chegou no Poder e já está fazendo as coisas para beneficiar essa religião pagã chamada Hinduismo. Lembre-se uma religião só consegue perseguir as outras ou dissidentes se tiver o Poder nas mãos,comandar o Governo e usar a força do Estado contra os seus desafetos. Só tem uma saída para os cristãos da India receber o apoio irrestrito dos crentes do mundo todo e muito protesto pela perseguição na ìndia Pode-se se pensar numa campanha de boicote há produtos indianos. Se os prejuízos forem imensos a imagem do país e aos negócios de suas indústrias e comércio. Ficará muito difícil para esse Partido Nacionalista Hindu BJP continuar apoiando os pagãos indus contra os cristãos. No mais Deus socorra aos cristãos indianos.

  3. Manda o Malafaia, o Feliciano, o R.R. Soares, o Valdomiro, o Macedo e outros vendilhões do Evangelho levantarem seus bundões de suas poltronas de luxo e irem lá, na Índia, defender os crentes. Duvido que, indo, não aprendam a respeitar cada país e sua cultura.

      • Luciano, você vai estar no mesmo nível ou abaixo de Sandro ao xingar ele. Então não reclame da religião dos outros se você não pratica a sua, ofendendo as pessoas.

        • Quem é você, Mara Eliza, para julgar em que “nível” estou? Muito “lindo” e “exemplar” o seu cristianismo ao censurar as ofensas de um fariseu com outra ofensa, ou seja, de afirmar que estou no baixo “nível”.

        • MARA ELIZA
          E para baixar ao nível sandro e do josé claudio tem de baixar muito mesmo, se fossem só ateus, ou então só gays, mas não são ateus gays, para chegar la , não é fácil.

      • Luciano, crente fariseu legítimo servo Caifás, atente para o que segue:

        1º. não sou católico, mas preferia ser um deles a ser um vendilhão da fé;

        2º: os católicos convivem bem com os hindus, pois não são proselitistas;

        3º. o seu cristianismo não é nada perto do cristianismo do Papa Francisco.

      • Ué, dá o exemplo e vai você primeiro, Elder Lima cara pálida, pregar a sua religião aos radicais do Oriente Médio, afinal, não somos nós, os gays, que fundamos seitas falsamente chamadas de igrejas e tentamos forçar a conversão de indios, hinduistas, muçulmanos, budistas, etc, não respeitando o direito de cada povo ter sua própria religião e cultura. Vocês, fundamentalistas, vivem brigando para ver quem vence a guerra de obrigar o outro a seguir sua própria e beligerante religião. Deixem os hindus em paz!

        • Sandro

          O cristianismo é tão “opressor” que você provavelmente é “obrigado” a acessar um site cristão! Diga-me, você na qualidade de homossexual já foi quantas vezes ameaçado, espancado ou proibido de ter acesso à algum lugar por algum cristão?

          Agora, por que não tenta mostrar suas opiniões e pontos de vista em algum país islâmico? Garanto que depois de tentar, você vai achar o Brasil um paraíso pros gays, isso claro, se te deixarem vivo!

          • Elder Lima, em resposta às suas falácias e desafios, vamos aos fatos:

            1º. eu nunca disse que o cristianismo é opressor; opressores são os fundamentalistas que tentam subverter o Estado Laico e impor uma teocracia evangélica (vide artigos do Pr. Ricardo Gondim “Deus nos livre de um Brasil evangélico” e “Deus nos livre de políticos evangélicos”, entre outros autores);

            2º. eu nunca fui obrigado a acessar um site cristão – nem poderia ser, pois os fundamentalistas dominionistas ainda não estabeleceram o Brasilistão, ou a nova república teocrática evanjegue – ou de qualquer outra religião; entretanto, eu sou continuamente desafiado a lutar por direitos civis igualitários que gente da sua religião vive a obstaculizar no Congresso Nacional, inclusive incitando o ódio da população contra nós;

            3º. não fui espancado – ainda não, e Deus me guarde para que nunca o seja! -, mas sofri e sofro sutis desprezos e sarcasmos, além de não haver progredido em meu trabalho em razão de minha orientação homoafetiva, sendo que sempre me destaquei por minha dedicação e competência ao longo de muitos anos de trabalho. Sei desse fato porque alguns colegas, e um ex-chefe, me contaram este lamentável fato;

            4º. Eu não preciso tentar mostrar minhas opiniões em países totalitários e extremistas, primeiro porque não posso deixar o Brasil, pois sou um trabalhador que ganho para minhas despesas e não sobra para longas e caras viagens ao exterior. Além disso, organizações internacionais, e diversos países como os EUA, já estão trabalhando para ampliar os direitos humanos de gays nos países onde esses irmãos sofrem perseguições. Mas, já que você me desafia a ir a esses países falar de minhas “opiniões” e “pontos de vistas” – na realidade, são convicções e fatos! – eu devolvo o desafio a você, espertinho. Quanto ao Brasil, aqui só temos os direitos que alcaçamos no momento, porque gente da sua laia perderam as batalhas que contra nós empreenderam e continuam travando junto aos poderes constituídos da nação, sobretudo na Suprema Corte, onde, nesta última, tivemos nosso direito ao contrato civil garantido, e, no Conselho Nacional de Justica, que garantiu nosso direito ao casamento civil.

            Concluindo, peço que reveja suas opinões e pontos de vista em face dos fatos que levei ao seu conhecimento.

          • Sandro,

            O pastor Ricardo Gondim, meu caro, é um tumultuador. Ele fala como se todos os evangélicos fossem de uma denominação só e como se todos de uma denominação pensassem igual. Vá de igreja em igreja, verá que são diferentes, tanto que não ficaram na católica, a que exige um só pensamento, o do vaticano.

            Outra coisa, o país é regido por católicos desde o início, então quem não garantiu direitos progressistas como os EUA, Suécia, que são evangélicos, foram os católicos, a quem você defende.

            O Brasil é mal gerido e mal reconhecedor das coisas que o ser humano vivencia.

            A Itália e outros países que avançaram nessa pauta, o fizeram a despeito de seus líderes religiosos, bem como se viram obrigados a seguir os países protestantes, os que primeiro legislaram.

            Você tem medo da Católica? Ela, na surdina, vem fazendo política contrária às propostas desta pauta, mas é mais fácil bater em pequeno ou não é?

            Vê-se neste país juízes, promotores, médicos, podendo citar o exemplo de Clodovil, de cantores, escritores, artistas, todos bem da vida, isso sem falar em padres, em cabeleireiros, arquitetos, jornalistas, quer que isso, acaso você sofre de alguma enfermidade da mente?

            Todos os países em que tais pautas passaram não foi fácil, basta lê.

            As forças ocultas são maiores, meu caro, se minto, então explique como um minoria de parlamentares, no congresso, dez porcento, 50, dos deputados, e apenas 03 senadores mandam em 500 e 60, respectivamente.

            Por favor, vá com calma, pois não é à base de inverdades que o mundo progride, cresce.

  4. O Papa ja vistou um Estado fechado e comunista na Coreia do Norte, onde é proibido o cristianismo por Lei secular e vocês tão falando do Papa? não é a primeira vez que isso ocorre… De fato, é conveniente falar argumentações, mas esquecem que o Papa não é Deus pra estar em todos os locais, como alguns evangélicos afirmam.
    Acho graça, se não faz, reclama, se faz reclama. E o que você faz? visita doentes? visita detentos? visita orfanatos? visita viúvas dependentes? Deus deu a cada um talentos diferentes, veja se você não está reclamando de talentos que nem ao menos têm.
    Deus julgaram conforme os talentos, problema é deles e não seu, se eles não conseguem suprir as suas capacidades.

    Pra quê intriga? São espertos como as serpentes, no denunciar, mas esquecem de serem mansos e humildes como as pombas, afinal de contas, sabe oq eles estao fazendo? algum projeto social? se têm tempo? Eles são humanos, tem seus problemas! agora se comprovado que tão de bobeira, já é outro caso!

  5. Sandro

    Realmente, você nunca disse que o cristianismo era opressor, mas é o que deixa transparecer em seus comentários, pois em praticamente todos eles vem carregadas de críticas, ofensas e ridicularizações de forma generalizada, contra cristãos da qual você acusa de “fundamentalistas”, muitos pelo simples fato do mesmo trazer o nome de “pastor”.

    A intolerância meu caro, tem muitas faces. E estamos começando a descobrir a “face oculta” que os “coitados e reprimidos” gays estão querendo a todo custo esconder das pessoas.

        • Elder Lima, como eu poderia ser contra o cristianismo se também sou cristão? Será que você, meu caro, não percebeu que eu apenas me oponho aos fundamentalistas (essa expressão não é um xingamento) que, além de mercadejarem o Evangelho com falsas promessas de curas e milagres, e enriquecerem às custas da manipulação da fé e do desespero dos mais simples, tudo fazem no sentido de misturar política e religião, opor-se ao avanço da ciência (vide pesquisas com células-tronco, por exemplo), atentar contra o Estado laico, perseguir minorias através da oposição a direitos civis constitucionais, bem como da incitação – através de palavras e frases carregadas de beligerância, mentiras, injúrias, calúnias, factóides e teorias da conspiração – ao ódio da população contra os gays?

  6. Acabei de vê um texto meu censurado.

    Prova de que há um radicalismo no assunto, prova de que se quer computar a uma minoria.

    Bom, terei que comprovar no meio jurídico tal campanha.

DEIXE UMA RESPOSTA