Atriz Jennifer Garner espera que filme “Milagres do Paraíso” reacenda a fé no coração das pessoas

2

A atriz Jennifer Garner voltou a falar sobre o impacto que atuar no filme “Milagres do Paraíso” causou em sua vida, e destacou que hoje vê a necessidade que existe no mundo de se divulgar boas mensagens.

“Eu acho que temos que trazer um pouco de positividade de volta ao mundo. É necessário se concentrar no que está errado e em como podemos corrigir isso, mas também é tão incrivelmente importante ver a beleza que está ao nosso redor o tempo todo”, comentou a atriz, que já havia testemunhado que a história real que inspirou o filme restaurou sua fé.

Em entrevista ao portal Christian Post, Jennifer Garner disse que, quando se dá valor às questões importantes da vida, “pode-se perceber a importância dos menores milagres que acontecem ao nosso redor todos os dias”.

Jennifer Garner, que tem três filhos de seu casamento com Ben Affleck, destacou que interpretar Christy Beam – a mãe que co-protagoniza a história – a tornou mais forte: “Christy é uma mulher forte e tem sido provada pelo fogo. Não há dificuldade maior que ter um filho que está doente, que está sofrendo, e este papel me mudou porque me deu um senso de perspectiva, que eu estava fingindo, e que ela passou por algo real e as pessoas ainda estão passando”, ponderou a atriz, possivelmente fazendo referência à recente crise conjugal pela qual passou.


“[Fazer o filme] foi como um lembrete constante. Além disso, a força e o acerto do amor de uma mãe que às vezes, esse amor materno, é tudo que o médico pode receitar”, disse. “Eu vou ficar tão emocionada se esse filme levantar o coração das pessoas dessa maneira, quando pede alguém para reexaminar sua própria fé e as suas próprias crenças. Eu não consigo pensar em nada melhor”, acrescentou.

Por fim, a atriz sugere que o longa-metragem pode inspirar as pessoas a perceberem o quanto são abençoadas: “Eu acho que, em um nível básico, mesmo se você é alguém que vai ver o filme só porque é mais um longa que você quer ver e tem a oportunidade, você deva caminhar pela sensação inspirada e você deve andar com um sentimento de esperança. Você deve sair lembrando sobre o quanto você recebe de sua família e da comunidade”, concluiu.

2 COMENTÁRIOS

  1. Pensei que era Deus quem acendesse a fé no coração das pessoas, né dona Jennifer?!

    Mas é compreensível, pois evangélicos são igrejeiros, e ateus quanto ao verdadeiro Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA