Contra o aborto, Silas Malafaia compara prática a assassinato: “A vida humana começa na concepção”; Leia na íntegra

7

Aborto é um dos temas mais recorrentes na sociedade contemporânea e nas igrejas evangélicas o tema é tratado de forma, muitas vezes, simplista. Um dos líderes evangélicos brasileiros de postura contrária à prática do aborto é o pastor Silas Malafaia, que escreveu um artigo sobre o tema.

Segundo o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), “a vida humana começa na concepção”, portanto, aborto é semelhante a um assassinato.

“O embrião é um ser humano. Ele não poderia ser outra coisa, senão humano. Sua humanidade é inerente. Além disso, embora todo homem um dia vá morrer, ninguém, a não ser Deus, que o criou, pode determinar a hora em que isso deverá acontecer”, argumentou.

Comentando questões paralelas ao aborto, como as pesquisas científicas com células-tronco a partir de embriões, o pastor afirmou que “destruir um embrião para pesquisa científica ou qualquer outro fim é destruir uma vida”.


Malafaia ainda ressaltou que “muitos cientistas favoráveis à manipulação embrionária” omitem os riscos que a técnica pode oferecer: “A ciência não tem o domínio total dessa técnica. Sendo grande a possibilidade de falhas, pode ser introduzido na espécie humana um gene defeituoso, acarretando doenças e deficiências às gerações futuras. E esses danos, sem dúvida, superariam muito tudo o eles que dizem que a manipulação embrionária para pesquisas com células-tronco poderia favorecer”, ponderou.

Em tom generalista, Malafaia se manifesta favorável às pesquisas que não envolvem embriões: “Nós, evangélicos, somos a favor das pesquisas com células-tronco para fins terapêuticos, desde que não sejam células embrionárias, visto que as células-tronco podem ser tiradas do cordão umbilical, da medula óssea ou da corrente sanguínea, sem sacrificar uma vida humana”.

Leia a íntegra do artigo do pastor Silas Malafaia:

Como vimos na questão sobre o aborto, dizer que um zigoto ou um embrião ainda não é uma pessoa é completamente errado, porque a vida humana começa na concepção; o embrião é um ser humano. Ele não poderia ser outra coisa, senão humano. Sua humanidade é inerente. Além disso, embora todo homem um dia vá morrer, ninguém, a não ser Deus, que o criou, pode determinar a hora em que isso deverá acontecer.

Destruir um embrião para pesquisa científica ou qualquer outro fim é destruir uma vida! E a verdade que muitos cientistas favoráveis à manipulação embrionária escondem é que a ciência não tem o domínio total dessa técnica. Sendo grande a possibilidade de falhas, pode ser introduzido na espécie humana um gene defeituoso, acarretando doenças e deficiências às gerações futuras. E esses danos, sem dúvida, superariam muito tudo o eles que dizem que a manipulação embrionária para pesquisas com células-tronco poderia favorecer.

É bom esclarecer que a manipulação embrionária serve a interesses econômicos de poderosos e à vaidade de muitos cientistas que se aproveitam da ignorância da população e do clamor emocional das pessoas com deficiências para obter o direito de desenvolver essa técnica científica, bem como que muitos cientistas envolvidos com manipulação embrionária não estão preocupados com a questão terapêutica; estão interessados em clonagem humana. Aqui mora o perigo! É o homem brincando de ser deus. As consequências são sempre terríveis!

Nós, evangélicos, somos a favor das pesquisas com células-tronco para fins terapêuticos, desde que não sejam células embrionárias, visto que as células-tronco podem ser tiradas do cordão umbilical, da medula óssea ou da corrente sanguínea, sem sacrificar uma vida humana.

Sugestões de leitura: Êxodo 21:21-25; Salmos 22:10; 71.6; 139:15,16; Jó 31:15; Isaías 44:2,24; 49:1,5; Jeremias 1:5; Lucas 1:35,41; Gálatas 1:15.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


7 COMENTÁRIOS

  1. AURISTON GOMES o problema maior não e estes que você sitou -realmente criar um filho com dignidade nos dias de hoje não e facio –mas o pior e o pecado acarretado por tal ação –pois matar um ser em formação e muito maior que matar um adulto pois o feto em formação não sabe o que esta acontecendo -e arripilante pense num filho seu nesta condição –ser assassinado –covardemente –quando a pessoa que fez isto vem se arrepender o remorso e muito grande –pense bem –pense num filho seu –DEUS TE ABENÇOE

  2. Sou a favor do aborto em casos específicos.

    Estrupo,
    feto anencefálico,
    E a mãe correndo risco de morrer.

    Fora este 3 casos, sou totalmente contra o aborto.

    • Só não entendo uma coisa, no caso de estupro já não existe a pílula do dia seguinte? Ela não impede a gravidez?
      Com relação ao feto anencéfalos não penso que o aborto seria a melhor opção. O que muitas pessoas que apoiam o aborto não falam é que as mulheres que fizeram um aborto tem consequencias traumáticas seríssimas, ficam sequelas. Eles afirmam que é errado fazer uma mãe levar até o fim sua gravidez sendo que a criança não sobreviverá. Sofrer todo mundo sofre. Quantas mulheres perderam seus bebês saudáveis logo ao nascer? A dor do luto ainda é melhor do que da culpa, remorso e etc…
      Com relação ao risco de morte da gestante, sim sou a favor se assim a família desejar. O mesmo pastor Silas afirma que neste caso a vida da mãe deve ser preservada.
      Lembrando a todos que não somente pessoas religiosas são contra o aborto. Muitos ateus, cientistas, médicos concordam com a valorização da vida.
      Muitas pessoas hoje relacionam assuntos importantes como coisa de religião, só pra causar aversão das outras.
      Hoje infelizmente a vida de um animal protegido da nossa fauna vale mais do que um bebê humano. Cada vez mais se “coisifica” o humano.

  3. O QUE CARACTERIZA A RAÇA HUMANA, NO GERAL, É A FALTA DE TEMOR A DEUS. É JUSTAMENTE POR ESSE MOTIVO QUE BEBÊS INDEFESOS PODERÃO SER ASSASSINADOS DE FORMA LEGAL, CASO ESSA MALDITA PERMISSÃO DE ABORTO VENHA A SER INSTITUIDA.
    SEI QUE ISSO JÁ ACONTECE DE FORMA CLANDESTINA. DIGO AOS TAIS CRIMINOSOS E CRIMINOSAS QUE ASSIM O FAZEM, QUE HÁ ESPERANÇA DE PERDÃO NO AMOR DE DEUS E QUE HAVENDO ARREPENDIMENTO SINCERO E BUSCA DE SALVAÇÃO EM CRISTO, UMA NOVA HISTÓRIA PODE SER CONTADA EM SUAS VIDAS.

  4. Eu jamais seria a favor do aborto, pois sei que ninguém ouve, mas o clamor daquela vidinha sem forças para se defender chega até os ouvidos de Deus, e ele saciará toda vida injustiçada de justiça em abundância.

    Mas também não tenho o direito de julgar uma mãe que foi estuprada e não tem força psicológica para suportar essa gravidez, ou arriscar sua vida para gerar um filho que tem 100% de chance de morrer. Não tenho o direito de violar a consciência de ninguém. Eu não prestarei contas a Deus no lugar dela, e não carregarei o fardo de um filho oriundo de um estupro. Se for uma conhecida minha, ou alguém que vier até mim, o meu dever cristão não é julgá-la, mas o que faço, é oferecer a minha ajuda, se eu não puder adotar, eu consigo quem o faça, se for falta de condições, reúno meus irmãos e vemos o que podemos fazer. Fora isso, onde minha mão não alcança para ajudar, não aponto o dedo para julgar.

    Minha recomendação: todas as mulheres que pensam em abortar, não precisam criar os filhos de um estupro, procurem as igrejas evangélicas, principalmente a do Silas e do Marco Feliciano.

  5. pastor silas malafaia gostei muinto do seu debate com a luciana gimenis to com tigo nesa luta comtra o aborto envez deses politico esta brigano para direito de casamento guei e do aborto porque eles nao brigam por um direito para almentar esa mizeria do salario minimo para ospitais lei para de menor melhora nas escolas acho que si tivesi que matar teria de matar a mulher porque quem foi estrupada foi ela nao o bebe porque se eles fizesi lei os estrupadores nao estaria souto pelas ruas afora

  6. pastor silas malafaia gostei muinto do seu debate com a luciana gimenis to com tigo nesa luta comtra o aborto envez deses politico esta brigano para direito de casamento guei e do aborto porque eles nao brigam por um direito para almentar esa mizeria do salario minimo para ospitais lei para de menor melhora nas escolas acho que si tivesi que matar teria de matar a mulher porque quem foi estrupada foi ela nao o bebe porque se eles fizesi lei os estrupadores nao estaria souto pelas ruas afora

    • eu também Pastor… Estamos junto na luta contra esse povo nojento que quer deturpar a Palavra de Deus.
      Nunca desista Pastor, pois o senhor é um homem de Deus e desistir é só para os fracos e não para os fortes.

DEIXE UMA RESPOSTA