Malafaia expressa tristeza por omissão de “amigos” e agradece gestos de apoio: “Na angústia nasce o irmão”

3

As suspeitas que recaíram sobre Silas Malafaia após a Justiça emitir uma ordem de condução coercitiva para que seu depoimento fosse tomado na Operação Timóteo gerou grande rebuliço na mídia e nas redes sociais nos últimos dias e na última segunda-feira, 19 de dezembro, o pastor comentou as manifestações de apoio que recebeu.

No Twitter, Malafaia manifestou gratidão às pessoas formadoras de opinião que, mesmo não sendo evangélicas, saíram em sua defesa diante da arbitrariedade da Justiça ao obriga-lo a depor sem antes fazer uma convocação.

O líder evangélico citou os jornalistas Felipe Moura Brasil e Reinaldo Azevedo, ambos da revista Veja, e o youtuber Nando Moura.

“É NA ANGÚSTIA QUE NASCE O IRMÃO. Minha decepção com alguns amigos que me conhecem muito de perto que se calaram. Se omitiram vergonhosamente”, queixou-se o pastor, referindo-se a líderes evangélicos que preferiram o silêncio diante da polêmica.


“MINHA ALEGRIA! Gente que não tenho muita amizade, não me conhecem de perto, me defenderam como leões. OBRIGADO! Evangélicos e não evangélicos. Creio que ninguém tem que defender amigo algum em um 1º momento. Fazer o que sempre digo: duvidar, criticar e determinar. Depois de analisar, decidir”, disse, manifestando gratidão aos que entenderam a situação como injusta.

“MUITO OBRIGADO [ao] povo da igreja que sou pastor. Me surpreenderam de maneira incrível. É UM POVO SIMPLESMENTE ESPETACULAR! Minha eterna gratidão”, frisou.

Sobre o youtuber Nando Moura – um dos mais francos e críticos dos governos petistas -, Malafaia destacou a sinceridade e agradeceu pela manifestação de apoio: “O youtuber Nando Moura diz que não gosta de mim, é direito dele. Me defendeu dessa patifaria. Mostrou que tem caráter e independência. OBRIGADO!”, pontuou o pastor.

No vídeo abaixo, Nando Moura comenta a polêmica e diz que se ficar provado, será o primeiro a formar o coro “vai pra cadeia”, mas ressalta que precisa reconhecer que Malafaia “é macho” por “dar a cara pra bater” mostrando o extrato de sua conta e o vídeo de 2013, quando contou que tinha recebido a doação.

ATENÇÃO: o vídeo contém palavras de baixo calão em alguns momentos.

Assine o Canal

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA