Malafaia: mídia tenta denegrir evangélicos distorcendo informações do atentado de Orlando; Veja

49

O pastor Silas Malafaia comentou as insinuações feitas por ativistas gays – incluindo o deputado federal Jean Wyllys – e repercutidas pela imprensa brasileira sobre a tragédia de Orlando, Flórida (EUA), onde 50 pessoas perderam a vida nas mãos de um extremista muçulmano.

No ensejo da repercussão do atentado, comparou-se o extremismo islâmico à postura evangélica, o que foi prontamente rebatido por líderes cristãos, incluindo o pastor Marco Feliciano (PSC-SP).

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube, Malafaia classificou o episódio como “uma barbárie”, e destacou os depoimentos colhidos pela imprensa norte-americana, que dão conta de que o atirador Omar Mateen “era frequentador assíduo da boate gay, e segundo a sua ex-mulher [tinha] tendências homossexuais”.

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) questionou “a quem interessa denegrir os evangélicos aqui no Brasil?”, de forma retórica, e apontou parte da imprensa nacional como interessada.


“Usar uma barbárie para incitar ódio a um segmento da sociedade, que são os evangélicos, de mais de 50 milhões de pessoas que têm contribuído para o bem-estar da nação? Sabe quem são? Uma minoria de jornalistas esquerdopatas por ideologia. Porque esses jornalistas – essa minoria, não é toda a imprensa – querem nos denegrir porque nós somos uma muralha contra a libertinagem, a safadeza que eles pregam. Nós somos contra a liberação de drogas, nós somos contra a ideologia de gênero que erotiza crianças, nós somos contra casamento gay, nós somos contra aborto. Isso pertence à agenda da esquerda. E alguns jornalistas esquerdopatas querem nos denegrir utilizando a coisa mais horrorosa, um ato bárbaro daqueles – que é para ser reprovado por todos, porque não depende de religião; não depende se é hetero ou homo -, e os caras querem usar isso para nos denegrir?”, criticou.

Malafaia rebateu as insinuações de que os evangélicos são extremistas em potencial que estariam à beira de adotar posturas semelhantes às dos radicais islâmicos: “Eu faço uma pergunta à sociedade: em que lugar do mundo tem uma milícia cristã que comete assassinatos? Qual é o exército gospel que manda matar pessoas que são contra nossos princípios? O modelo do ocidente é o modelo judaico-cristão. Direitos humanos, direito à vida, é aqui. No ocidente, o indivíduo é livre para ser gay, e nem nós estamos aqui para impedir porque nem Deus impede. Mas isso não significa que nós não possamos criticar. Seja um comportamento sexual ou seja um comportamento religioso. Que papo é esse, que por você fazer crítica a um comportamento você está gerando homofobia? Opinião não é homofobia. E opinião não é crime. Homofobia é matar. Dizer que nós, pela nossa postura, de denunciar que homossexualismo é pecado, estamos promovendo a violência contra eles? Então, vocês também têm que ter coragem, deixar de ser covardes. Digam que as televisões que exibem milhares de filmes violentos, de imoralidade, até de estupro, contribuem para isso. Porque vocês não dizem?”, questionou.

Malafaia usou a realidade nos países do Oriente Médio e as doutrinas extremas pregadas pelo islamismo – e que são consenso entre muçulmanos moderados e radicais – de proibição à prática homossexual e outras questões ligadas ao ocidente, para confrontar as ideias defendidas pela parcela esquerdista da imprensa.

“Tenho que ser honesto. Na hora de criticar, eu critico. O jornal O Globo fez uma reportagem corajosa e isenta sobre o que as nações islâmicas e o talibã fazem com os homossexuais. Quando é que nós promovemos a morte de alguém? Pelo contrário, senhores. Ano passado, mais de 115 mil cristãos foram assassinados e esses jornalistas esquerdopatas [ficaram] de boquinha calada. Nunca falaram nada. Até charge para nos denegrir [fizeram]… [também não falam sobre] o movimento gay, quando é contra os evangélicos, ou católicos… Até em frente à igreja católica [os ativistas gays] colocaram crucifixo no ânus. Mulheres colocaram imagens de santos da Igreja Católica na vagina, e ninguém fala nada. Manda eles fazerem isso em frente uma mesquita. Porque fazem conosco? Porque sabem que nós vamos tolerar”, pontuou.

“Nós não estamos aqui para promover morte de ninguém. É a coisa mais nojenta incitar o ódio contra uma comunidade pacífica, que são os evangélicos no Brasil, que têm contribuído para o bem-estar dessa nação. O jogo é ideológico e político. Estão com medo do nosso crescimento. Mas quero dizer que vocês não vão nos parar, não. E eu não vou me calar. Eu não estou aqui culpando a imprensa de maneira geral. Eu estou dizendo bem claro, de maneira pontual: uma minoria de jornalistas e colunistas ideologicamente de esquerda, querem nos denegrir. Cambada de bandidos inescrupulosos. Vocês não merecem ser jornalistas, porque vocês são parciais”, acrescentou.

Por fim, expôs um fato que a imprensa – como um todo – costumeiramente omite: “Agora eu vou dizer uma verdade. Sabe esses crimes de homofobia? A metade deles acontecem por briga de amor entre eles. E é colocado como se fosse homofóbico […] Lembra do cara de Goiás, que foi assassinado, que a imprensa falou que era homofobia? Foi o parceiro. Lembra do rapaz em São Paulo? Disseram que jogaram ele do viaduto. Ele que se matou. E nós não estamos aqui para tripudiar sobre isso não”.

Assista:

Assine o Canal

49 COMENTÁRIOS

    • Edivan,

      não vejo correlação entre a mudança de formato, de layout – que por sinal ficou muito boa, muito legal, estando de parabéns o Tiago Chagas e equipe – e a conclusão a que você chega. Quem comentava pelo facebook pode continuar comentando sem problema algum, e pode inclusive colocar o nome inteiro para assim, desejando, ser identificado. O Gospelmais é evangélico, e ao trazer notícias envolvendo gays e evangélicos o site ajuda a promover o debate, e o debate pode aproximar nossas comunidades – a evangélica e a homoafetiva – tendo em vista a vivência de mútuo amor, como desejou Jesus, o mesmo que comia e bebia entre publicanos e pecadores. Vocês evangélicos, que tanto veneram gurus como Malafaia, Feliciano, Eduardo Cunha, bem poderiam amar os homoafetivos.

      • Os verdadeiros cristãos não veneram líderes religiosos, Pq sabem que só Jesus é digno, os outros são todos pecadores como eu e como vc…
        Verdadeiros cristãos tbm não excluem pessoas por por suas práticas sexuais, nem por motivo algum… São os cristãos Que vão nos hospitais pregar aos doentes, salvar almas que estão aprisionadas… a morte pode ser até certa, mas é diferente ter esperança nessa hora, alguém Tem que falar de salvação para eles..Se o milagre acontecer é com o Espírito Santo… Mas todo cristão Tem o dever de falar de Jesus ao próximo como único caminho à salvação…São os cristãos Que vão nas prisões falar de Jesus aos que a sociedade já excluiu, por terem cometido os mais diferentes tipos de atrocidades, dizer que não importa até onde ele foi, Jesus o ama e tem salvação para ele, ter uma oportunidade de mudar de vida… ser salvo… Isso é o evangelho….
        Mas sabe o que as pessoas não entendem, que pecado é pecado…salvação é salvação… para um pedofilo tem salvação, se elese arrepender e abandonar a prática da pedofilia… para uma prostituta tem salvação, se ela se arrepender e não praticar mais, para um criminoso tem salvação Se ele se arrepender e deixar de cometer crimes…
        Que sentido faria estarem na presença de Deus e seguindo suas práticas abomináveis ao Senhor? Haveria conversão aqui? Converter é deixar o seu velho homem para trás e seguir Jesus…
        Seguir Jesus é entregar seu caminho e o controle da sua vida a ELE… E digo mais, se isso acontecer Ele será fiel e justo para completar a boa obra que começou… Mas não existe dois caminhos… Se eu aceitei Jesus é sou um viciado em drogas, eu tenho que com a força e o poder de Deus renunciar isso… não posso seguir dois caminhos… assim a prática sexual… Se aceitar Jesus, não posso continuar praticando a imoralidade aquilo que desaprova os princípios de Deus, isso não só para a prática homossexual, mas hetero tbm nem tudo é moral… Deus fez dois órgãos genitais para essa prática… o terceiro é imoralidade… Não sei pq tantas discussões Se é tão fácil refletir e entender entre certo e errado segundo os princípios de Deus aqui falando… E um líder verdadeiro em seu templo, não pode deixar ser enganado… Se um pedofilo em sua igreja se converteu e ele vier à saber que está praticando tal coisa novamente… O que ele deve fazer? Um ex usuário de drogas, que se comprometeu com a Palavra de Deus… vir à tona que teve uma recaída… Acho cabível uma advertência… não Se pode usar o Altar de Deus de qualquer maneira… Um pastor que adulterou? Não continua exercendo o mesmo por um determinado tempo…até que se arrependa e conserte o seu Altar… O caminho é estreito… Mas cada um tem livre arbítrio para praticar o que quiser… Mas como cristãos temos o dever de falar das coisas de Deus…Mas o povo de Deus sempre foi perseguido…Tudo vai se cumprir… como já tem acontecido… Mas quando eu vejo a história de Jeremias na bíblia eu vejo que hj acontece o mesmo… Falamos o que Deus manda… Poucos dão ouvidos… Mas Deus cumpriu o que mandou o profeta falar… Babilônia foi real… E me dói muito a parte que diz… Que caminhava triste o Povo Forte do Senhor
        “AH Jerusalém pq deixaste de adorar, o Deus Vivo que em tantas batalhas te ajudou, chora Israel, um lamento só, talvez Deus se lembre do “Bichinho de Jacó…” Somos o povo forte do Senhor… O Céu é Real… Que vale ao homem ganhar o mundo e perder sua alma

  1. Muita das vezes, senão todas. o problema é autoaceitação e dificuldade pra conviver com o contraditório que sempre existiu e sempre haverá como prova de que temos individualidades e personalidades que podem sim receber influências do meio, porém jamais deixarão de existir. Nesse momento na América principalmente há grupos negros revoltosos contra tudo devido ao racismo imperante naquele país, ficando acima até mesmo da perseguição a gays. É preciso saber viver, como diz a canção e da melhor forma, tendo Jesus deixado o exemplo a seguir pra que não sejamos vencidos por esse mundo, por esse sistema, entendendo de um vez por todas que nosso lar não é aqui como projetado de início. Eu como cristão creio na volta de Cristo pelo arrebatamento ou caso morra a qualquer momento. Que a luz do rosto de Deus resplandeça sobre todos !

  2. Muita das vezes, senão todas. o problema é autoaceitação e dificuldade pra conviver com o contraditório que sempre existiu e sempre haverá como prova de que temos individualidades e personalidades que podem sim receber influência do meio, porém jamais deixarão de existir. Nesse momento na América principalmente há grupos negros revoltosos contra tudo devido ao racismo imperante naquele país, ficando acima até mesmo da perseguição a gays. É preciso saber viver, como diz a canção e da melhor forma, tendo Jesus deixado o exemplo a seguir pra que não sejamos vencidos por esse mundo, por esse sistema, entendendo de um vez por todas que nosso lar não é aqui como projetado de início. Eu como cristão creio na volta de Cristo pelo arrebatamento ou caso morra a qualquer momento. Que a luz do rosto de Deus resplandeça sobre todos !

    • Olá, amiga!

      Fiquei afastada um tempo porque o site G+ não tinha condição, leeento e travando.
      Agora parece que melhorou.
      Num ponto eu concordo com o Malafaia (apesar de não gostar dele)…
      Homofobia é matar, agredir, ofender…

      Criticar não é crime.
      Dizer que não gosta ou que não aprova, ou que é pecado, NÃO É CRIME!!!
      Do contrário, iam faltar cadeias.
      A própria Bíblia seria proibida ou pelo menos mutilada para retirar versículos “homofóbicos”.

      “AQUELE QUE SE DEITA COM HOMEM, COMO SE ESSE FOSSE MULHER, AMBOS COMETERAM CRIME ABOMINÁVEL, OS DOIS SERÃO MORTOS E TIRAREIS O PECADO DO MEIO DE VÓS”
      (Levítico)

      Quero ver o gay corajoso pedir o banimento da Bíblia!!!!
      Nenhum, nem o mais ferrenho ativista, tem essa coragem.
      Eles sabem as consequências do atrevimento…
      Isso colocaria o país numa guerra civil.

      Eu não gosto e nem aprovo, e não adianta o mi mi mi dos gayzistas, tenho o direito de opinião e de expressão, garantido por Lei, que veda apenas o anonimato.
      Somente por lei, diz a mesma Constituição, alguém é obrigado a fazer (ou não fazer) algo, e não existe lei me obrigando a gostar de algo ou de alguém.

      • Princesa do Lodo, voce acha que algum gay quer o “seu gostar”???
        Sempre repito a mesma coisa, de evanjecas eu só quero – DISTANCIA

        Agora vocês se esquecem que se o cara não se aceitava, era por ter um pai fanático religioso fundamentalista, que passou a vida falando que gay vai pro inferno ( igual voces evanjecas fazem aqui i . . . )

        Homofobia é também espalhar o ódio . Se ele não tivesse um pai fundamentalista, com toda certeza seria um gay mais feliz e jamais teria ocorrido essa chacina . . . .

        • Seu comentário Felipe é extremamente fraco e raso. Imagina a população Islâmica com somente os radicais (sem contar toda população) gira em torno de 180.000.000 (isso mesmo milhões) de pessoas e não vemos toda hora nos países ocidentais, um islâmico matando por questão de ódio aos gays.
          Seu discurso é decorado e pobre. O cidadão matou porque o perfil dele demonstrava claramente distúrbios…. Nada mais!

        • Felipe, seu comentário é raso e superficial.

          Não fique fazendo suposições. O cara não matou porque o pai dele fez lavagem cerebral nele.

          Recentemente a mídia noticiou que o matador era gay e que mantinha um casamento de fachada. Falou que ele foi na boate e matou aquele monte de pessoas por causa dos porto riquenhos. Ele saiu com 2 porto riquenhos e um deles era soro positivo.

          Meu…. Pára com essa mania de perseguição.

  3. Se o Pr. Malafaia, estar errado então refutem o que ele pontuou, como é bom falar com pessoas leigos, mas ele é preparado noi assunto e tem unção para discutir ideologia , movimentos satânicos ou qualquer intelectual metido a besta que possa surgem em mudar a verdade de Deus. Que o Senhor te abençoe e te guarde e a tua recompensa vem do Senhor Jesus!…

    • Amorim se acha que alguém vai perder tempo refertando as loucuras do Silas? Pra começar essa noticia que o cara era gay saiu do próprio site do Silas. Procurei pela internet e ele só copio e colo de um outro site chinfrim. Nós cristãos temos que ter pena e orar pela alma desse cara. Silas só pensa em si mesmo, ta cagando e andando para o evangelho ou jesus, muito menos pra quem o segue…

      • Estou gostando muito de seus comentário, Jean Marcos Morais. Você é um evangélico exemplar. Parabéns pela postura e as visões que vem manifestando neste espaço.

  4. Agora ja pensou se esse modismo ganha razao social o que sera dos evangelicos?as pessoas fazem suas escolhas andam por lugares tortuosos,escolhem seguir da pior forma seus conceitos de vida no caso desse tal terrorista fazem da vida dos outros o caus atraveis de assassinatos como este,dai uma meia duzia de desocupados resolvem do nada achar um culpado fazer uma caça as bruchas…Aculpa e dos cristaos foram eles,foram eles com suas opinioes!hum? meio louco nao! as investigacoes tem se mostrado que o propio terrorista tinha tendencias homossexuais,frequetador assiduo da tal boate nao ouvir em nenhum momento que ele participava de cultos evangelicos,porem os acusadores e seminadores do odio aos cristao viram nesse ato terrorista um momento propicio para tentar fazer uma guerra contra o povo evangelico de todo o mundo.Ja nao basta milhares de cristaos que sao perseguidos e mortos em paises onde a aversao a cristaos e gigantesca?vergonha desse bando midiaticos covardes tentar fazer o mal para um povo cuja a historia e marcada em fazer o bem levando as pessoas sofridas a cristo.Pare!para pensar…se isso ganha força quanto vandalismos,derespetos,violencias nao sao so nos templos evangelicos mas o lar de muitos serao destruidos,violentados,saqueados,havendo total falta de respeito cada vez que um homossexual se desentender ou brigar e terminar de forma tragica suas vivencias no seu mundo a qual vivem,dai toda pessoa que pensa e tem sua opiniao diferente a desse grupo irao pagar por isso.Viver assim e façio faço minhas escolhas na vida,se der errado ou se agum louco tirar a minha vida e dos iguais a mim que igual vivem,ja tenho um culpado o vizinho ao lado e toda sua familia ou melhor a igreja,o pastor,as pessoas que me crticam sao culpados…Insano isso nao!

  5. coitado dos cristaos levar a culpa por esse ato terrivel!assim e facio fazem suas escolhas,dando errado culpa tercero no caso a igreja,que nada tem haver com isso,e serio muito serio!Fomentar o odio contra cristaos para que aja um persegucao e fechamento de templos sem a menor responsabilidade de rever opinioes que podem marcar de forma negativa a vida dos outros,se metem e confusoes nessas boates,recebem um louco desses que por sinal tinha tendencias homossexuais frequentador assiduo desse lugar,e completamente fiel ao islamismo com tudo premeditado em fazer essa barbarie,no seu meio onde vivia;Dai numa noite dessas do nada o cara resolver tirar a vida de muitos sem nenhum costrangimento e logo apos dando fim a propia vida,em nenhum momento se dizia que ele frequentava templos evangelicos comandado por pastores mas mesmo assim estao querendo dar um jeito sujo,perveso,dissimulado,antietico de tacharem as igrejas e seus seguimentos como culpada!Esse troço e meio Nero e Roma nao!Isso tem que parar nada haver uma coisa com outra,e o mesmo que sair confusao na casa do vizinho um encendio horrivel decorrido de esplosao e assassinato tudo planejado por alguem da familia morrem muitos ,feridos nem se fala…os investigadores chegam ao local fazem seu trabalhos,momentos apos momentos vao chegando as evidencias o culpado estava entre eles a reportagem e toda midia esta local o negocio foi feio!Dai um grupo de doido qualquer relata culpada foi uma igreja aqui perto,que com seus ensinamentos suicitou o odio entre as pessoas dessa casa e eles acabaram se matando…hummm? doideira e essa minha gente!Pasmem isso parte de gente considerada isntruida,Bando midiaticos safados,e o pior que o inojavel,Jean Willys esta mas que depressa aqui no Brasil correndo pra fazer seu trabalho sujo aproveitando a deixar e realizar seu sonho louco de calar os evangelicos,e assim ficar de boa pra cometer livres suas leis de maluco desenfreado junto ao seu bando sem pudor.

  6. Está provado pela própria mídia que o assassino psicopata era gay. É gay matando gay. E querem comparar o cristianismo com islamismo. É cômico; só rindo de tamanha asneira desse sujeito chamado Jean Wyllis.

    • Airton troque a palavra gay por gordo e veja se sua frase tem sentido: Está provado pela própria mídia que o assassino psicopata era gordo. É gordo matando gordo. E querem comparar o cristianismo com islamismo. O que achou? a frase fica sem sentido nê? Da pra fazer isso com negros, japoneses etc… Vc esquece que o pai desse gay implantou anos de preconceitos desde criança. Implantou o ódio no próprio filho contra ele mesmo. Imagine vc dizer para uma criança que gordos vão pro inferno por causa do pecado da gula. E se essa criança for gorda? O que vc acha que vai acontecer com essa criança? Ela vai se odiar e vai odiar todos os gordos que achar… E uma comparação tosca, mas e mais ou menos o que aconteceu..

    • Quanta ignorância, Airton! Então quando hétero mata hétero isso torna o crime menos grave ou justificado em face da referida orientação sexual? O indivíduo não era gay, pois gay é mais que orientação sexual, transformando-se em identidade cultural. Há homossexuais que não são gays, os chamados enrustidos ou que simplesmente escondem ou não tratam do tema. Gays, por outro lado, são pessoas felizes, com boa autoestima, que aceitam sua orientação sexual na boa e assumem seu lugar na comunidade homoafetiva. O assassino, porém, sequer era homossexual, revelando ser um bissexual, pois até se casou e teve filhos. Ademais, li esses dias que há um certo interesse em descaracterizar o crime como sendo de natureza terrorista para assim aliviar a barra de autoridades americanas que falharam na prevenção do caso. O fato é que ele declarou à polícia que estava cometendo o crime em retalição aos ataques americanos no Iraque e na Síria, e fez a defesa do grupo extremista islâmico ISIS. O fato dele estar entre gays não significa que era, pois poderia estar simplesmente conhecendo a cultura, o local, as pessoas para então melhor executar seu intento maligno. Por derradeiro, insisto no seguinte fato: mesmo que ele fosse gay, isso em hipótese alguma pode ser utilizado para relativar a barbárie, pois crime é crime, não importando se praticado entre gays ou héteros, e deve ser combatido com o rigor da lei. E morra de inveja do Jean Wyllis, porque enquanto ele se destaca cada vez mais, você não passa de um anônimo que vem aqui destilar preconceito, ignorância e ódio. Deus te ajude.

  7. Polícia de SC pede à Justiça que afaste pastor suspeito de crime sexual
    Apesar de ter sido indiciado, ele segue conduzindo cultos em Joinville.
    Em gravação, pastor admite a violência e diz que motivos foram religiosos.
    Em Joinville, no Norte de Santa Catarina, a polícia pediu à Justiça que afaste um pastor das funções na igreja. Ele foi indiciado por posse sexual, mas segue conduzindo cultos, conforme mostrou o RBS Notícias desta terça-feira (21).
    A vítima, de 30 anos, sofreu o abuso dentro da igreja. O pastor, de 47, foi indiciado pela Polícia Civil por violação sexual mediante fraude. Isso significa praticar ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima. O crime prevê pena de dois a seis anos de prisão.
    Crime
    “Ele passou a mão em vários lugares e eu não conseguia me mover, eu só pedia a Deus para sair dali. Eu… primeiro não consegui entender. Eu falei ‘Meu Deus, o que que está acontecendo?'”, disse a vítima à RBS TV.
    “Eu fiquei muito mal. Não conseguia dormir, não conseguia comer. Fechava o olho eu lembrava… Lembrava dele. Porque a cena ali foi muito horrível. Ele parecia um monstro”, continuou a mulher.
    Depois do crime, a vítima voltou à igreja e gravou uma conversa que teve com o pastor sobre o abuso. “Quando o senhor pegou por dentro da minha calça…”, começa a mulher, no áudio. “Tocou. Tocou. Sim.”, responde o pastor. “Eu me senti envergonhada”, diz a vítima. “Eu estava repreendendo o que estava ali”, declara o suspeito.
    “Mas é necessário?”, pergunta a mulher. “É necessário. Pôr a mão aqui, aqui… para que ele saia”, responde o pastor.

    “Nesse áudio, que inclusive foi franqueado ao investigado por ocasião do interrogatório, ele deixa muito claro o que ele fez”, afirmou a delegada responsável pelo caso, Tânia Harada.
    Inquérito concluído
    O caso agora segue para o Ministério Público de Santa Catarina. No final de maio, a delegada pediu à Justiça que o pastor ficasse proibido de exercer a função na igreja.
    Nesse mesmo dia, a RBS TV fez imagens dele em uma sessão religiosa para dezenas de fiéis. A delegada ainda aguarda decisão da Justiça.
    “O inquérito já está concluído. Ele tem um respaldo probatório bom, que não me deixa margem nenhuma a dúvida de que esse abuso ocorreu, de que essa moça é vitima”, afirmou a delegada.
    O suspeito foi procurado pela RBS TV, mas se negou a conversar com a equipe. A reportagem também tentou contato com o advogado do pastor, mas ele não foi encontrado. A RBS TV entrou em contato também com a sede da igreja evangélica do suspeito, mas o responsável não quis se pronunciar sobre o caso.
    Abuso e gravação
    A mulher conheceu o pastor após procurar uma igreja evangélica de Joinville enquanto passava por problemas pessoais. Ele pediu que ela voltasse no dia seguinte para receber uma oração individual. Ao final dessa sessão que o abuso ocorreu.
    A vítima já havia sofrido abusos sexuais quando criança. Foi abusada pelo avô dos 6 aos 11 anos de idade. “E eu, agora, com 30 anos, passar por isso? Na hora, eu entrei em choque”, disse a mulher à RBS TV.
    Depois da violência, a vítima procurou a delegacia e foi orientada por um policial a produzir provas. Ela gravou a conversa com o pastor recontando o que tinha acontecido. Quando ouviu a gravação durante o interrogatório, ele confessou a prática. Mas, antes, chegou a sustentar a versão de que o abuso teria motivo religioso.
    “Eles não sabem o mal que eles estão fazendo, que não é só aquele momento. Um mal desses pode afetar para o resto da sua vida”, disse a vítima à reportagem.
    Globo.com

  8. Se alguém julga ser correto criticar a homossexualidade, então, pelo mesmo raciocínio, tem de admitir que é justo criticar também a heterossexualidade. Ora, a orientação sexual não pode ser criticada pelo simples fato que ela constitui o indivíduo e é impossível você criticar a orientação sexual do mesmo sem com isso criticar a pessoa em si. Por exemplo, se critico a suposta heterossexualidade do Malafaia, na verdade estou criticando o próprio Malafaia, e isso porque não há com o separar o Silas Malafaia da suposta orientação sexual heterossexual que o define. Evangélicos que acham ter direito de criticar a homossexualidade de alguém são os mesmos que apóiam uma lei contra a “heterofobia”. Uma lei assim até faria sentido se heterossexuais fossem perseguidos como tal. Mas, francamente!, vocês já viram alguém ser perseguido por ser heterossexual?

  9. Malafaia, Malafaia, entenda uma coisa: homofobia também se manifesta entre homossexuais, meu caro.
    Quando se pede por uma lei contra a homofobia, ela visa qualquer homofóbico, mesmo o homofóbico homossexual. O que distingue o crime motivado por homofobia de um crime por outro motivo, é que no caso de homofobia a vítima morre por conta de sua condição homossexual, e esses assassinatos são sempre praticados com imensa crueldade. Não seja pedante, Malafaia, criticando estudiosos e autoridades que, fundamentados em estudos, análises, estatísticas, comprovam haver muito crime de homofobia no Brasil.

    Mas vejo que você esta progredindo na compreensão do tema, pois agora já admite que pelo menos “a metade” dos crimes são cometidos por homofóbicos, pois há evangélico que sequer admite haver homofobia no Brasil, o que é um disparate total.

    • Ola Sandro sou evangelico cristão ! não que nós admitimos ou deixamos de admitir ! sabemos que existe ! mas o verdadeiro cristão não se envolve onde há escandalos ! mas se voce observar verá existem pessoas que se dizem ser mas não o são ! conheço a palavra de DEUS e sei do que falo ! não sei se voce é cristão mas te convido a meditar na palavra de DEUS voce en tenderá o que é ser cristão E sim há muitos covardes no nosso meio sim ! mas cada um de nós devemos faser e procurar faser o melhor possível ! pois ainda que façamos será pouco! novamente o convido a conhecer este JESUS ele muda histórias ele mudou a minha me tirou do trafico de drogas ! me libertou dos vícios ! me deu um novo caminho a seguir venha para este caminho voce tambem voce verá o quanto é bom servir a JESUS ele é real acredite ele esta vivo e te chama a caminhar com ele tambem! Sou um Evangelista hoje pregador do Evangelho genuíno ! e digo a voce a verdade ! Ass; Ev ERIC William Lima

      • Se o verdadeiro cristão não se envolve-se com a vida alheia já estaria de bom tamanho. Salvação e pessoal. Ninguém quer saber o que vc acha o que e pecado ou deixa de ser. Deixe suas crenças dentro da igreja. Parem de impor seus dogmas a outros…

      • Bom dia, Evangelista ERIC William Lima. De início gostaria de dizer que aprecio muito falar com evangélicos que, manifestando um espírito cristão, como você tão bem o faz, são educados e não fazem de xingamentos e da desqualificação do outro a sua forma de interagir, a sua estratégia nos debates.

        Meu caro, eu conheço Jesus, eu conheço DEUS, o SER SUPREMO; falo com ELe todos os dias, E Ele me ouve e também fala comigo. Entretanto, evangélico eu deixei de ser desde que a igreja me excluiu por eu ser gay, ou seja, quando tive uma relação homossexual e, narrando o fato ao pastor da igreja, ele mandou reunir a comissão da igreja e por vontade da mesma fui excluído.

        Sofri muito com isso, mas graças a DEUS fui liberto desse gueto de ignorância, intolerância e obscurantismo que é a religião fundamentalista; fui liberto para adorar a Deus em espírito, verdade e liberdade, longe dos templos onde os falso aurautos da verdade, vendilhões da Palavra vão para prometer falsas curas, falsa prosperidade e pregar um falso Evangelho, o Evangelho daquela prosperidade que existe apenas para os ladrões da igreja e ladrões do erário (neste caso, daqueles que, sendo evangélicos, vão se tornar políticos corruptos e fingidos por professar uma honestidade e uma ética que não possuem).

        Se o senhor for uma pessoa que vive e prega o Evangelho sem dele fazer um meio de subsistência – sim, pois Deus mandou ao homem viver do suor de seu próprio rosto, e Paulo disse que todos devemos trabalhar para não sermos pesados aos irmãos -, sem misturá-lo com a corrupta política partidária, sem vender ilusões de cura e prosperidade, sem conspirar contra a laicidade do Estado – herança que a Igreja Protestante deixou ao mundo como salvaguarda das liberdades de culto, consciência e expressão, e que os falsos crentes hoje a atacam -, sem propagar teorias da conspiração contra os gays despertando a fúria e o ódio dos ignorantes e psicopatas que creem em absurdos como o de que os gays queremos destruir a familia, a igreja e a nação – algo que pastores irresponsáveis fazem o tempo todo -, sem opôr obstáculos à luta por direitos civis e constitucionais dos homoafetivos, e, ainda, sem fazer do Evangelho de amor e compaixão de Cristo um chicote com o qual açoitar os homossexuais e nesse espírito excluí-los da igreja – Cristo veio ao mundo para incluir e salvar as pessoas, não para excluí-las e condená-las -, sim, se o senhor não incorrer nessas práticas de ódio e exclusão, então o senhor tem o meu respeito, tem o meu apoio e a minha gratidão. Fica com Deus, evangelista.

    • Ola Sandro sou evangelico cristão ! não que nós admitimos ou deixamos de admitir ! sabemos que existe ! mas o verdadeiro cristão não se envolve onde há escandalos ! mas se voce observar verá existem pessoas que se dizem ser mas não o são ! conheço a palavra de DEUS e sei do que falo ! não sei se voce é cristão mas te convido a meditar na palavra de DEUS voce entenderá o que é ser cristão E sim há muitos covardes no nosso meio sim ! mas cada um de nós devemos fazer e procurar fazer o melhor possível ! pois ainda que façamos será pouco! novamente o convido a conhecer este JESUS ele muda histórias ele mudou a minha me tirou do trafico de drogas ! me libertou dos vícios ! me deu um novo caminho a seguir venha para este caminho voce tambem voce verá o quanto é bom servir a JESUS ele é real acredite ele esta vivo e te chama a caminhar com ele tambem! Sou um Evangelista hoje pregador do Evangelho genuíno ! e digo a voce a verdade ! Ass; Ev ERIC William Lima

  10. Gostaria de dizer a vcs que postaram os comentários Deus jamais vai aceitar essa pratica de ser homossexual primeiro Deus não criou gays fez homem e mulher pra gerar filhos vcs podem escolher o caminho que devem andar praticar todo tipo de pecados mais um dia Deus trará juízo a todos que pratica essa abominação.

  11. Os cristãos não são os únicos culpados pela homofobia do mundo. A culpa está espalhada também por todas as outras religiões. Todos os crentes têm as mãos sujas de sangue inocente e a sua parcela de culpa pelo que aconteceu. Infelizmente isso só vai acabar quando conseguirmos banir para sempre o racismo, o machismo e a homofobia da nossa sociedade. Ao invés de pregar o ódio, o rancor e a discórdia, estamos tentando espalhar a paz, a harmonia e o amor entre as pessoas.

  12. Apesar de eu discordar de algumas posturas do Malafaia, nesse caso ele tá certo, sempre dão um jeitinho de jogar a culpa nos cristãos, aquele episódio da menina macumbeira que levou uma pedrada de um suposto evangélico, todo mundo detonou, mas foi só o Malafaia aparecer na TV falando que a mãe da menina é da igreja dele e cobrando justiça que na hora apagou o fogo…
    Gay não gosta de ser contrariado, se acham uma raça superior, eu por exemplo não me sinto bem ao lado de gays, eu não gostaria que meu filho tivesse um professor gay, se eu um dia precisar contratar alguém para minha empresa, claro que tenho preferência por alguém hétero, isso seria a tal”homofobia”ou é apenas uma opinião minha?, se ter essa opinião é ser homofóbico eu sou sim e ponto final!
    Vão te catar gays doloridos…

    • Léllison suas fala esta toda corroída de raiva… VC acha que o gay se acha melhor que qualquer pessoa? E justamente o contrario. Seus argumentos são inconscientemente repetidos de pregadores como silas malafaia… Tipo Deus criou Adan e Eva e não Ivo. O que vc sugere que a gente faça com os gays? voltemos pro seculo atrás onde eles eram enforcados e perseguidos? Os gays sofrem até hoje com perseguição.. Vc mesmo diz que se pudesse não contrataria um gay muito menos aceitaria viver próximo de um deles. E se Deus por acaso chamar um deles para o céu você teria coragem de abrir mão da sua salvação pra não ficar a eternidade com ele? Pense nisso. Jesus não tem preconceito. Não demonize os gays… os demônios de verdade do nosso dia a dia são outros.

      Pra terminar vou postar seu comentário trocando só uma palavra veja se faz sentido.

      NEGROS não gosta de ser contrariado, se acham uma raça superior, eu por exemplo não me sinto bem ao lado de NEGROS, eu não gostaria que meu filho tivesse um professor NEGRO, se eu um dia precisar contratar alguém para minha empresa, claro que tenho preferência por alguém hétero, isso seria a tal”NEGRO”ou é apenas uma opinião minha?, se ter essa opinião é ser RACISMO eu sou sim e ponto final! Vão te catar NEGROS doloridos…

    • Esse rapaz devia procurar um tratamento psicológico… Se não for um aspirante a ator… Os pastores já não posso dizer mais nada… conduzem o dito “demônio” a falar o que eles querem ouvir… Repararam como ele orienta o teatro todo? O demônio só fala quando ele pergunta… Para esse circo que quero descer… só aloprados pra não perceber isso..

  13. Nunca vi um cristão matar um gay porque ele escolheu essa opção! Então não é parcela nenhuma dos evangélicos a homofobia!
    Homofobia é quem mata ou violenta alguém por causa da sua opção sexual e NÃO pra quem tem opinião contrária!

DEIXE UMA RESPOSTA