Condenada a indenizar conselheiros do CRP, Marisa Lobo recorre: “Deus há de me dar graça”

292

A psicóloga Marisa Lobo, ativista pró-vida e pró-família, foi condenada pelo 11º Juizado Cível Especial de Curitiba (PR) a indenizar membros do Conselho Regional de Psicologia (CRP) do estado que haviam participado do julgamento do processo de cassação de seu registro profissional.

Marisa Lobo havia sido intimidada a parar de fazer referências à sua fé nas redes sociais, mas não se dobrou à imposição do CRP-PR e um processo de cassação de seu registro foi aberto, com o julgamento, em maio de 2014, sendo desfavorável a ela.

A decisão do CRP acusava a psicóloga de “apoiar a cura gay” e “promover proselitismo religioso”, o que seria contra o estatuto da entidade. Marisa recorreu ao Conselho Federal de Psicologia (CFP) e teve a cassação de seu registro anulada.

Durante o período de apelação, dentre inúmeras entrevistas, Marisa Lobo afirmou em participação no programa Vejam Só, da RIT TV, em fevereiro de 2014, que o julgamento estaria “armado”. Os seis integrantes do CRP-PR que participaram do julgamento moveram um processo contra a psicóloga, pedindo indenização por danos morais, segundo informações do jornal Gazeta do Povo.

Em sua defesa, Marisa disse que não teve a intenção de ofender pessoalmente os colegas de profissão, já que não teve contato pessoal com eles. “Eu nunca os vi, não sabia o nome deles, não sabia quem eram os conselheiros do meu julgamento, pois eu não estava presente no mesmo. Eu também nunca citei o nome deles, mas o juiz aqui de Curitiba entendeu dessa forma”, afirmou.

O juiz Gaspar Luiz Mattos de Araújo Filho sentenciou Marisa Lobo a pagar R$ 5 mil a cada um dos integrantes do CRP-PR que participaram de seu julgamento, totalizando em R$ 30 mil o valor total.

A decisão, em primeira instância, é passível de recurso, e a psicóloga acredita que poderá ter seus argumentos melhor apreciados: “Eu apelei, é claro. Estou aguardando decisão do juiz. Me sinto injustiçada, mas estamos vivendo este momento, no qual eu posso ser humilhada, por revistas, jornais, pessoas, mas se eu abrir minha boca para me defender, sou punida”.

Se necessário, Marisa afirmou que pretende ir à última instância: “Ainda tem o Supremo [Tribunal Federal], e é lá que pretendo chegar. Deus há de me dar graça, fé e condições para corrigir esta injustiça. Eu falei do CRP e não dos conselheiros. Quem for contra a ditadura entenda o que está acontecendo comigo. Eu não ofendi nenhuma pessoa”.

Assista a entrevista de Marisa Lobo ao programa Vejam Só, da RIT TV, que resultou em sua condenação:

Assine o Canal

292 COMENTÁRIOS

  1. Queridos irmãos e irmãs homoafetivos(as), cristãos que desejam frequentar uma igreja, aqui esta uma sugestão: a Igreja Episcopal Anglicana, um lugar onde vocês serão acolhidos com amor.

    Ouçam, agora, este maravilhoso hino cristão que fala de nosso Deus e da certeza do cumprimento de suas promessas. Louvado seja para sempre o Senhor nosso Deus, adorado por homens e anjos no Céu e na terra. Que seu amor e sua graça nos conduzam pelo caminho rumo ao Céu.


    Assine o Canal
  2. WITNERE WIADO HOLT não vai cacarejar nesse coral…ela odeia Deus!
    Vai ter que cacarejar na parada gay;
    “eu vou ou vou,sentar agora eu vou eu vou, parara ti bum parara ti bum, eu vou eu vou”.
    isso antes de ir pro infa!

  3. Witnere Holt!
    Que tal você estudar um pouco, antes de abrir essa sua boca, já que todo o gay se gaba de pertencer a uma classe de pessoas cultas, rsrsrs…. então, deixo uma dica, quem sabe você aprende e para de escrever errado, envergonhando a classe. kkkkkkkkkkkk…. veja;

    “A VER” é uma expressão formada pela preposição “A” e o verbo “VER”, geralmente associada ao verbo “TER”: ter a ver com.

    Já o verbo HAVER é sinônimo de “existir”, “ter”, “acontecer”, “ter passado”, entre outros sentidos.

    APRENDEU? rsrsrsrs…

  4. Marisa Lobo,

    peça para os vendilhões do templo ajudarem você, pois enquanto você fica aí se sacrificando por suas equivocadas lutas – sim, pois a luta do cristão não deve ser contra homoafetivos, mas contra seus próprios defeitos -, esses homens se locupletam em meio a dinheiro, luxo, poder e fama.

    Malafaia, faz o seguinte: tenha um momento de nobreza e venda esse rolex de R$ 30.000,00 que você vive ostentando em meio a tantos humildes que te seguem, e dá uma força para a Marisa.

    • Sandro… Você tá precisando melhorar também, rsrsrs….
      Vejo que vc têm dúvidas inclusive sobre a nomenclatura “ortografia” e “gramática”. O que significa cada uma delas? Quando eu sei que cometi um erro ortográfico ou em que momento cometi uma falha gramatical?

      A ortografia dita as regras para a correta grafia das palavras. Por exemplo: é “PROBLEMA” e não “POBLEMA ou POBREMA”… AMEIXA é com “X”. mas, ao escrever “AMEICHA”, ocorre, portanto, o erro ortográfico.

      No caso do seu amigo Witnere (que as vezes chego a pensar que é vc com outro nick), o erro não foi ortográfico, mas, de outra natureza gramatical.

      • Wanderlei,

        você poderia começar dando o exemplo e escrever seu nome com a inicial maiúscula.

        Meu caro, todos nós já cometemos erros. Até Fernando Henrique Cardoso cometeu.

        Ademais, coisa muito feia é o preconceito linguístico, o apontar falhas na verbalização ou redação de pessoas que estão se comunicando, expressando seus pensamentos e isso é o mais importante: se comunicar, dialogar, se fazer entender.

        Quando eu estava na faculdade, revisava cuidadosamente cada letra dos trabalhos acadêmicos que redigia, mas, aqui no site, não temos tempo de ficar revisando cada frase, cada palavra, cada letra.

        Quantas pessoas com ideias incríveis não tem deixado de se comunicar nas redes sociais porque figuras inquisitoriais como você vêm apontar erros e envergonhar esses irmãozinhos que também querem dar o seu recado, contribuir com suas visões?

        Meu caro, a norma culta, formal tem evidentemente o seu valor, o seu lugar, e não estou aqui para contestar isso, para dizer que as pessoas não devem procurar ir aprimorando seu português, mas não podemos fazer de regras o mais importante, quando o que mais importa, como disse anteriormente, é falar, se comunicar.

        Por derradeiro, peço a você meditar nesta frase de Carl Jung:

        “Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana.”

        • E não, não sou o Witnere Holt. Aliás, se seu pretenso conhecimento da língua portuguesa correspondesse em igual medida ao conhecimento da natureza humana, então você teria discernimento para ver que não somos a mesma pessoa. Abração.

        • Ficou nervosinho, rsrs… essa sua pretensa apologia a comunicação liberal não passa de um incentivo ao que vemos hoje, as piores interpretações de textos, a exemplo do que testemunhamos aqui nesse site, como os disparates dos analfabetos funcionais famosos nesta seara, tais como;
          “Cesarr171, Clamando, Levi”… e outros tantos energúmenos.

          Quanto a conhecer a natureza humana, sei que vc conhece o texto de Romanos 1, mas, sugiro que vc releia e veja o quanto essa natureza humana é enganosa, “Por isso Deus os abandonou às paixões infames”.
          E, quanto a suspeita de sua dupla personagem, própria do mimetismo peculiar da classe, bem que você poderia passar por bobo, (Witnere), para atender suas conveniências.

          PS: Atendendo ao seu pedido, iniciei meu nome com a letra maiúscula. rsrsrsrsrrs…

          Abraços.

          • Wanderley,

            mentes vazias de grandes ideais como a sua é que se apegam à forma, não à essência; à lua refletida na poça, não à verdadeira e linda que se observa no espaço e encanta ao poeta; mentes tecnocratas, sem imaginação e sem sensibilidade. Orgulhosas, sem amor e que julgam o ser humano não pelo que ele tem de melhor, mas por erros e falhas em questões culturalmente construídas e que mudam com o tempo. Erros como alguns relacionados à língua portuguesa e que não tem necessariamente relação com a capacidade de bem interpretar um texto, pois nenhum dos doze discípulos de Jesus, deixe-me citar esse exemplo já que você é cristão, jamais frequentou uma escola, e, no entanto, você não diria que eles eram analfabetos funcionais.

            Como já falei anteriormente, a norma culta, formal, tem seu valor e seu lugar, mas ela não constitui um chicote com o qual açoitar os que, por motivos muitas vezes alheios à sua vontade, não a dominam bem, pois o objetivo último da linguagem, seja escrita ou verbalizada, é o diálogo, a comunicação entre os seres.

            Os que escrevem ser interpretar corretamente – como os apedeutas que vão ver em Paulo o moderno conceito de homoafetividade, e por isso comentem anacronismo, ficam sujeitos à serem refutados, e de fato muitos deles têm sido refutados, mas isso, ou seja, sua pouca cultura não deve ser usado como motivo para bani-los do debate por desmerece-los. Lembre-se que grandes homens, com extraordinária envergadura intelectual, têm dito alto e bom som que Deus não existe, enquanto muitas e muitas vezes, o mais humilde analfabeto olha para cima, contempla o infinito e as estrelas a brilhar e juntamente com o Salmista diz: “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras de Suas mãos”. Então nessas humildes alma há uma sabedoria que nada pode suplantar: aquela que reconhece DEUS.

          • E de onde você tirou, criança, que fique nervosinho?

            Estou muito tranquilo, bebê.

            Abraço com um beijo na sua nuca (brincadeirinha rsrsrs)

          • Sandro!
            Na minha nuca nem de brincadeira, rsrsrs… mas, se eu fosse do time, deixaria vc fazer uns agrados na cobra, rsrsrs … Como gosto é das pererecas, não vai dar negócio. rsrsrs…
            Quanto aos discípulos, eles não servem de exemplo como analfabetos, pois, eles foram a exceção, tinham o Mestre Jesus como professor e quando escreveram seus livros foram inspirados pelo Espírito Santo.

          • Wanderlei.

            Mas meu caro, eu, justamente eu? Tão quietinho na minha, aí você resolveu chutar o pau da barrada, virar o balde me pondo no centro das tuas zombarias?

            Eu sou analfafuncional mesmo, não nego. Calma aí.

            Mas uma coisa é certa. Com a mente que Deus me deu, tivesse tido bons professores, tempo pra estudar, boas faculdades, sei não. Seria muito besta, igual assim a você. Bem letrado, sapiente, mas em compensação,por se achar, tem tudo de um burro, mas principalmente o coice,

            Seguinte, fique aí com os seus, que eu fico aqui com os meus, no caso: clamando….

            Tou querendo invadir sua casta não, muito menos tua praia.

            Pode zombar de nós da periferia, menino do Rio, a gente sabe que não vale nada.

            Eu apenas possuo muitas ideias, só isso.

          • wanderlei
            veja e vcs. não me surpreendem mais, com seus nick fake, e todo tipo de apologia ateu agyjegue, que bem estão acostumados, orbitando em meio a poeira da estrela caída, postam sempre atacando, tentando denegrir aos filhos do sr.
            mas veja bem e sei que é muito burro para saber a tradução da palavra energúmeno, mas uma coisa te garanto o único filho de satã aqui é vcs. portanto são vcs. os endemoniados.

          • levi varella
            vc. está enganado o wanderlei santanás, não chutou o pau da barraga, como bom endemoniado com a pomba gira maria padilha, ele chupou o pau da barraca

          • Levi Varela,

            você escreve muito bem, querido. Suas ideias enriquecem o debate. Não desista nunca. Aqui não é nenhuma academia de imortais, não somos doutores em linguística ou impecáveis na redação – somos pessoas comuns que acreditam em Deus e no amor, e que dão sua contribuição no debate das ideias visando a felicidade de todos.

          • Wanderley,

            sua cobra é bonita? Cobras são lindas, tem de várias cores, tamanhos, espessura, etc. Eu acho muito bonitinhas as cobras meio tortinhas, porque quando a gente olha para as árvores, a gente acha as árvores bonitas, não é mesmo? Mas as árvores são bonitas inclusive porque têm galhos de vários formatos: tortinhos para a esquerda, tortinhos para a direita, para cima, para baixo e, é claro, tem os galhos retinhos também. Então as cobras, quando elas ficam brava e se colocam em pé, tem as que ficam tortinhas para esse ou para aquele lado. São umas graças, e é muito gostoso brincar com elas. Se você brinca com elas, elas choram espessas e brancas lágrimas de alegria e gratidão, e vão, depois da gostosa brincadeira – e humildes como são – repousar serenas e realizadas em cima de um saco, às vezes em em um saco grandão, outras vezes em um saco menor. Ai, que delícia brincar com elas. rsrsrs

          • Wanderley,

            todo homem tem um caso de amor por seu pênis, e, por consequência desse amor, ele tem também um olhar, assumido ou não, pelo pênis de outros homens, pois o que acha belo em si, acha também nos outros.

            O pênis é tão importante na cultura humana – tanto para homens como para mulheres – que deu origem ao antiquíssimo culto ao falo, culto esse que ainda aparecem em certas culturas do oriente e que vamos ver, no ocidente, na forma simbólica e ereta das torres das igrejas.

            Assim, gostar de pênis não é errado, e brincar com ele – e com o pênis do namorado, se desejar -, também não. Ai, que delicia kkkkkkk

        • SANDRO QUEM MAIS TENTA HUMILHAR NOSSOS IRMAOS NA FE POR UM SINPLIS ERRO ORTOGRAFICO SAO ATEUS, GAYS, IDIOTAS QUE AO SEREM ENCURRALADOS FICAM TAO NERVOSOS E ENDEMONIADOS PELA AUTORIDADE E SABEDORIA QUE DEUS NOS DA SOBRE A INBECILIDADE DELES(AS) QUE COMECAM A ESCREVER “ERADO”ELADO”EDADO”EDALO”EAAOO”EAO”DADO” ENTENDE VC COLEGA?

          CANSEI DE INBECIS COMO WITNERE, ROBISSON, WALTER, FAUSTO, DANILO E OUTROS BESTAS CRITICAREM MINHA INTELIGENCIA SO PORQUE ESCREVO EM MAIUSCULO, FOI FORCADO A escrever minúsculo como o cérebro desses amebas gayjegues do grupo *B.O.S.T.A PRA PROVAR QUE SEI ESCREVER MELHOR QUE ESSES PARASITAS DE PIOLHOS OTARIOS!

          *
          B.ANDO
          O.RGANIZADO
          S.ATANISTA
          T.RAVESTIDO
          A.TEU
          !

          • Irmãozinho Hildo,

            respeitando sua opinião, expressarei agora a minha dizendo, amado, que pessoas orgulhosas e que não valorizam a essência das pessoas – e que é um tesouro incalculável – estão em todos os grupos sociais, econômicos, religiosos, filosóficos, de crenças e/ou não-crenas, de orientação sexual, etc., então, anjinho, eu não diria que a maioria são de gay ou ateus. Até entre evangélicos que tiveram a oportunidade de fazer um curso superior, eu já vi a triste manifestação do preconceito linguístico. A questão do escrever em maiúsculo é porque, dizem, ela expressaria, em redação, o estar gritando, ou seja, é como se você estive gritando com seu interlocutor. Eu às vezes a emprego quando, em simbólico discurso, estaria falando com maior ênfase. Mas não se preocupe com as críticas, Hildo, porque ninguém, diz o ditado , “chuta cachorro morto” (é claro, é só um ditado, porque ninguém deve chutar nossos irmãos animais, mas tratá-los com todo amor e afeição), então as pessoas só prestam atenção em quem, de alguma forma, despertou a atenção delas. É claro que é importante a gente ir aperfeiçoando o nosso português – e ler bastante é fundamental -, mas a gente não deve, de jeito nenhum, deixar de se manifestar esperando chegar o dia em que não cometeremos nenhum erro em relação à língua-pátria. O mais importante de tudo são as ideias, porque a redação, a redação qualquer revisor corrige, mas as ideias, as ideias surgem da mente, e muitas revolucionam a vida de gente e até mesmo o mundo.

          • É, Wanderley, só por ser um servidor aposentado, vivendo bem, acha que pode fazer o que costumava fazer no selviço dele com os coitados dos contribuintes.

            Mas esperar o que? Um cara que a profissão não costuma respeitar os que pagam o salário dele, o contribuinte.

            Maioria dos servidores é assim, se acham bons na linguística, na escrita, mas na educação. Alerte aí, eu disse se acham, não que realmente o sejam.

            No mais, eu sigo em paz, e agradecendo a turma solidária comigo acima. É, justo eu que tenho o perfil da maioria brasileira, em síntese, um desrespeito ao mais representante do povo brasileiro, o semianalfabeto, o que hoje tem esse nome bonito, anafafuncional. Muito bonito mesmo, pode me chamar desse nome, Wanderley. o funcional.

  5. O verdadeiro cristão é humilde, pois sabe que é totalmente dependente de Deus, e mesmo diante da dúvida, da incerteza, da fraqueza ele jamais se exalta, mas tudo confia e entrega em Deus. Ele não tem coração e não tem voz para julgar seu semelhante, mas examina-se a si mesmo.

    “SENHOR, MEU DEUS, não tenho ideia para onde estou indo. Não vejo o caminho adiante de mim. Não posso saber com certeza onde terminará. Nem sequer, em verdade, me conheço. E o fato de eu pensar que estou seguindo tua vontade, não significa que realmente o esteja. Mas acredito que o desejo de te agradar te agrada, de fato. E espero ter esse desejo em tudo que estiver fazendo. Espero jamais vir a fazer alguma coisa distante desse desejo. E sei que, se agir assim, tu hás de me levar pelo caminho certo, embora eu possa nada saber sobre o mesmo. Portanto, hei de confiar sempre em ti, ainda que eu possa parecer estar perdido e sob a sombra da morte. Não hei de temer, pois tu sempre estás comigo, e nunca hás de deixar que eu enfrente meus perigos sozinho.” (Thomas Merton, Na liberdade da solidão)


    Assine o Canal
  6. O negocio é o seguinte, com DEUS não se brinca, o mesmo DEUS que ama, que é amor , e é justiça, manda para o inferno, pecador sujo que vive no pecado e não quer obedecer a palavra dele.

    DEUS não poupou nem os anjos que pecaram lançando eles no inferno, vai poupar pecado sujo que vive uma vida de pecado , ou o camarada deixa a patifaria da vontade da carne, ou será lançado no lago de fogo e enxofre.

    Só verá a glória de DEUS, quem se purificar , é o que esta escrito e que seu cumpra..

  7. Os conselheiros que zombara com o nome de uma colega foram agraciados com uma indenização?

    Ora, ora, ora, pensei que quem fizesse justiça a percebê-la fosse a massacrada pelas redes sociais, a que ficou com seu nome suspenso do rol de psicólogos, a que teve contra si uma ação administrativa do seu conselho nada aconselhável.

    Tentaram calar a mulher, e aí é eles quem vão ser beneficiados?

    A mulher estava exercendo o direito de falar concedido por Deus e pela constituição, teve seu nome enxovalhado de ponta a ponta, tentaram tirar o pão dela, tentaram conceder a ela um certidão de imprópria, de embusteira, de trapaceira, de fundamentalista religisiosa, de intempestiva.

    Ao certo, o colegiado ao qual ela recorrer inverterá o polo da ação, passando e garantindo a ela as benesses da condição de vítima, portanto os privilégios de demandante.

  8. Os conselheiros que zombaram com o nome de uma colega restaram agraciados com uma indenização?

    Ora, ora, ora, pensei que quem fizesse justiça a perceberia como a que fosse massacrada pelas redes sociais, a que ficou com seu nome suspenso do rol de psicólogos, a que teve contra si um procedimento administrativa do seu conselho nada aconselhável.

    Tentaram calar a mulher, e aí é eles quem vão ser beneficiados?

    A mulher estava exercendo o direito de falar concedido por Deus e pela constituição, mas por falar, eis que teve seu nome enxovalhado de ponta a ponta no país, tentaram tirar o seu pão, tentaram conceder a ela uma certidão de imprópria socialmente, de embusteira, de trapaceira, de fundamentalista religisiosa, de intempestiva.

    Ao certo, o colegiado ao qual ela vai recorrer inverterá o polo da ação, passando e garantindo a si as benesses da condição de vítima, portanto os privilégios de demandante.

  9. Eu vi em um hospital infantil que visitei, um monte de evangélicos distribuindo brinquedos para as crianças, oferecendo café, leite, chocolate, pão etc., para os pais que aguardavam nas filas para terem seus filhos atendidos. Eles também entravam nos quartos, e pediam a todos os pais ou responsáveis, para fazer orações pelas crianças. Uma mãe, também evangélica, levava seus filhos em uma casa de apoio, para visitar crianças, órfãos, e doentes, ensinando seus filhos a serem solidários, e que o mundo é muito maior que as paredes de suas casas, que seus bairros, escolas e círculos sociais. O interessante, é que eu não sei quais são as denominações destes, em nenhum momento citaram nome de igreja, ou falaram de religião. Eles não estavam ali para fazer proselitismo religioso, mas somente para oferecer ajuda, desinteressada… realmente representando o Jesus que eles serviam.

    Essa semana também ouvi a pregação de um pastor que eu gosto muito, o Pastor Neil Barreto, da Igreja Batista Betânia. E ele disse duas coisas muito interessantes:

    – Que a Igreja deve promover a justiça, INDEPENDENTE, de quem sejam os injustiçados.
    – Que o tamanho de uma “Igreja” (denominação), não deve ser mensurado pelo número de membros, de templos etc., mas por quanto ela consegue “ajudar” (e não converter, para se tornarem doadores de dízimos, ou seja, uma ajuda com interesse de uma futura retribuição). Dando um exemplo, se a “Igreja” dele possui 4.000 membros, e dos 4.000, 400 membros ajudam com desprendimento, sem nenhum interesse de retorno, 200 pessoas, essas 200 pessoas é que são usadas para mensurar o tamanho da sua “Igreja”. Isso, porquê segundo ele, os membros são servos… e se um servo… não serve a ninguém… ele não tem utilidade, não serve para nada. Segundo Jesus, é o sal que não salga, e que será pisado pelos homens.

    Essas foram as boas coisas, que vi entre os evangélicos essa semana. E certamente, há muito mais, porquê os verdadeiros servos de Jesus, estão longe dos holofotes da grande mídia, gospel ou secular. Eles estão sob os holofotes do Pai Celestial, somente Ele observa, o que eles fazem sem buscar aplausos dos homens, sem buscar glórias e riquezas na Terra.

    Mas gente, não dá para comparar esses exemplos acima, com essa Marisa Lobo, com Silas Malafaia, e demais membros dessas gangues religiosas. Esses “homens” não servem a ninguém, eles estão na Terra para serem servidos. O sujeito constrói uma escola na África, e coloca a placa da sua denominação, como uma estratégia de marketing infalível. Não se trata de ajuda, o nome disso no mercado financeiro, é investimento a longo prazo.

    Marisa Lobo de “psicóloga cristã”, está dando palestras, filiada a partido político, logo vai estar lançando livros, DVD, etc., a quem essa mulher está servindo? A família brasileira? Não, está servindo a si mesma. A Família Brasileira não está preocupada com “ideologia de gênero”. Está preocupada com a violência nas ruas, está preocupada com o pai desempregado, está preocupada com o filho drogado, está preocupada com os preços das coisas que só aumentam. Marisa Lobo, Silas Malafaia, combatem “problemas abstratos” (ideologia de gênero, agenda gay, etc.), para obterem benefícios concretos (dinheiro, influência, exposição, poder etc.). É mais uma estratégia do mundo dos negócios, aonde se cria a necessidade do seu potencial cliente, para vender algo que ele não precisa (que não é uma necessidade básica e imediata, mas “abstrata”).

    Aqueles “verdadeiros servos” citados acima, esses sim, estão a serviço da família. Da família, que não está preocupada com o beijo gay na televisão, mas com seu filho fazendo quimioterapia para ser curado de um câncer. Da família, formada por um bando de crianças abandonadas em um orfanato. Da família, que não culpa do “pai” ter feito besteira e estar preso, e que agora está sem o principal provedor, passando necessidade. Essas pessoas sim, estão lutando pelas famílias.

    Digo isso tudo, para dizer que não critico os “evangélicos”, mas para mostrar, que essas gangues religiosas, não representam os “evangélicos”, mas são uma imagem injusta, daqueles que nesse momento, não estão arrancando das pessoas: discussões na mídia, contendas, dízimos, glórias, protestos, aplausos etc., mas sorrisos, e lágrimas de alegria, e agradecimento.

    Um excelente dia para todxs.

    • Parabéns, Eduardo Nobre, pela imparcialidade, sabedoria e lucidez no distinguir entre verdadeiros cristãos e aqueles que só o fingem ser. Sua abordagem sobre Malafaia e Marisa Lobo é exemplar e impecável, e de forma alguma contestável, sendo que são justamente pessoas como eles que estão fomentado no Brasil uma falsa guerra, ou seja, uma guerra carnal entre a comunidade homoafetiva e algumas igrejas cristãs. São indivíduos materialistas e que usam da falsa aparência e falso moralismo cristão para dar alguma credibilidade a seu discurso beligerante. Como na estratégia de Hitler, alguns cabeças de facção no cristianismo fundamentalistas estão usando da artimanha nefasta de criar um falso inimigo – no, caso, os gays -, colocar a população contra eles através de teorias da conspiração para, em seguida, aparecerem esses fanáticos como os salvadores da família, da nação, da igreja. Obrigado e tenha um excelente dia você também, caríssimo.

    • Eduardo,

      Nobreza, meu caro, nas ilações.

      Se Silas tivesse há trinta anos na tv falando dessas duas coisas citadas por você, ao certo não mais existiria. Ele pregou e prega o evangelho. Quando saiu da agenda do evangelho, foi pra garantir o direito dele permanecer tocando nos pontos que estão na bíblia, não discutindo eu aqui se está certo ou não o mérito do assunto, apenas quer o direito de permanecer falando.

      Essa psicóloga, se não tivesse sido o movimento gay, sequer alguém a conheceria. Foi o movimento reacionário aos que falam alguma coisa contrária ao que vocês pregam, que findou por gerá-la.

      Não acho justo em face disso dizer que tanto um quanto outro são pessoas desqualificadas socialmente e enquanto cristãos. Vá devagar, meu caro. Não eleja os que são contrários a você e suas ideias como cavalos de batalha a serem derribados na sua guerra final.

  10. Esses caras que estão processando a Marisa Lobo defendem causas pessoais .
    São gays que não suportam saber que tem cura para os homossexuais, pois eles gostam de viver praticando a promiscuidade.

    • Não avilte sua imagem pessoal dizendo tantas bobagens, Wagner.

      Os conselheiros agiram em estrita observância a preceitos jurídicos, legais.

      Mas não fique tristinho, não se entregue à depressão e nem se mate por causa da Marisa Lobo – essa mulher é um lobo, mesmo -, pois ela ainda pode recorrer, e mesmo se perder em instâncias superiores pode estar certo de que vai ter um monte de vendilhões do Evangelho cheios de grana que extorquiram de otários iludidos com a mentira de que poderiam fazer negócio$ com Deus através dos empre$ários de Jesus. Essa mulher que ré holofótes, e não disfarça seu interesse em ser eleita para algum carguinho eletivo.

          • MADRI, 09 Jan. 12 / 05:32 pm (ACI/EWTN Noticias).- Em uma entrevista concedida ao jornal espanhol El Pais sobre seu livro “Compreender e sanar a homossexualidade”, Richard Cohen, quem se define a si mesmo com um “ex-gay”, afirmou que a Associação Norte-americana de Psicologia depois de muitas investigações chegou à conclusão de que as pessoas não nascem homossexuais.

            O livro do Cohen foi colocado à venda em 2004. Agora em 2012 a editorial LibrosLibres fez uma nova edição que recebeu a aceitação do público incluindo os leitores homossexuais. Entretanto o movimento de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais (conhecido pela sua sigla LGTB) pediu que o livro fosse retirado das livrarias o qual foi considerado como um ataque à liberdade de expressão.

            Na entrevista ao El Pais e explicando a verdadeira origem da homossexualidade, Cohen afirmou que “em 2008, a Associação Norte-americana de Psicologia disse que embora houvesse muitas investigações sobre as possíveis causa genéticas, biológicas ou hormonais da orientação sexual, não houve descobertas que permitam aos cientistas chegar à conclusão de que a orientação sexual esteja determinada por um ou vários fatores particulares. A ciência diz que as pessoas não nascem gays”.

            Ao ser perguntado se a homossexualidade é um fator biológico o autor do livro sustentou que aqueles que experimentam sentimentos homossexuais são homens e mulheres extremamente sensíveis e assinalou que eles “vivem uma relação com seus pais, com seus companheiros e com seu entorno, deferente à dos seus irmãos e às de outras pessoas ao seu redor. Essa sensibilidade pode assentar as bases para os sentimentos homossexuais”.

            O autor do livro, que nos últimos 21 anos trabalhou como psicoterapeuta, confessa que suas reflexões partem de uma experiência pessoal e manifestou que “eu mesmo vivi como gay, tive um companheiro gay durante três anos”.

            Entretanto durante muito tempo Cohen sofreu por viver nesse estado e reconheceu que não recebeu ajuda porque “muitos terapeutas me diziam que eu tinha nascido gay, que não havia nada a ser feito. Que eu devia aceitar e viver uma vida gay”.

            O autor explicou que atrás das pessoas homossexuais quase sempre há uma história de dor que preferem ocultar.

            “Sob meu desejo pelos homens havia uma ferida. Não recordava que meu tio tinha abusado sexualmente de mim. É algo que reprimi durante 25 anos, até que fiz minha terapia. Então encontrei a um mentor masculino, heterossexual. Quando experimentei o luto por esse abuso minhas tendências homossexuais desapareceram”.

            Ao referir-se às causas da homossexualidade Cohen sustenta que o abuso sexual é uma das razões e explicou que “nunca é uma coisa só. É uma combinação de vários fatores. 50 por cento de meus clientes sofreu abuso sexual por parte de alguém do mesmo sexo”.

            Logo depois de assinalar que os homossexuais são uma porcentagem pequena da população e muitos deles seguem sentindo-se mal consigo próprios apesar de seu bom estado físico já que “não importa quantos músculos desenvolvam, mesmo assim eles se sentem inferiores interiormente”.

            Richard Cohen explicou logo que é um mito afirmar que se nasce gay porque cientificamente isso não é válido. “Mas tampouco se pode dizer que ser gay seja uma opção. A pessoa não acorda um dia e decide ser gay. Há uma série de fatores combinados que fazem que alguém se comporte como gay. Tratando centenas de homossexuais venho descobrindo que há uma série de contextos comuns em todos eles”, acrescentou.

            Finalmente Cohen disse que “nas biografias dos famosos fica claro também: tiveram experiências similares. Rosie O’Donnell, Greg Luganis, Elton John, Ricky Martin, Ellen DeGeneres… todos têm histórias semelhantes.

  11. A questão apresentada na reportagem não é se a psicologa está sendo injustiçada ou não! Isso ainda será analisado pela justiça dando à ela o direito ao contraditório e à ampla defesa (direitos esses assegurados pela Constituição Federal).
    O nó da questão foi ela abrir a boca e declarar que o julgamento estava “armado” contra ela sem ter provas disso!
    Resultado: Foi condenada à indenizar os julgadores por “danos morais” (outro direito assegurado pela CF).
    Essa condenação não ocorreu por ela ser cristã mas por falar demais…
    Resumo da ópera: “o peixe morre pela boca” e “passarinho que come pedras conhece o %*$# que tem…”

  12. Os ativistas gays odeiam ver homossexuais libertos da imundície .
    Eles não querem que a sociedade saiba que tem cura para eles, pois gostam dessa prática .
    ” Os efeminados não herdarão o reino de DEUS ”
    Acho que para esses caras ai seria melhor fazer um tratamento com a Marisa Lobo do que processa-la .
    Quem sabe eles não se libertam disso, tenham um encontro com JESUS e escapem do inferno .

    • Cura para a homossexualidade não existe. Mas para o fanatismo e a falta de respeito, com certeza existe. Você mesmo poderia pedir a Deus que te curasse de seu ódio contra gays.

      • REALMENTE, NÃO EXISTE CURA GAY. POIS SEGUNDO O CONSELHO NACIONAL DE PSICOLOGIA SER GAY NÃO É DOENÇA, JÁ OS CIENTISTAS QUE ESTUDAM A GENÉTICA DIZEM NÃO EXISTIR GENE GAY.
        LOGO ENTENDEMOS QUE NÃO SENDO DOENÇA E NINGUÉM NASCE ASSIM, É NA VERDADE UMA ORIENTAÇÃO RECEBIDA DE ALGUÉM, OU SEJA UM PADRE UM PAI UM TIO, UM PRIMO UM VIZINHO, OU SEJA A MAIORIA SOFREU ABUSO, E UMA MINORIA SOFRE DE DEMONIO, E O RESTO É SAFADEZA MESMO É falta de respeito, com certeza existe.

        • Clamando,

          a vida seria tão melhor se as coisas fossem tão simples com mentes infantes como a sua imaginam ser….

          Meu querido, se é como você diz, então, pelo mesmo raciocínio, ninguém nasce hétero, ninguém nasce crente, ninguém nasce bom ou ruim, etc. etc.

          Ocorre, meu caro, que ainda que fosse verdade que a pessoa não nasce gay, isso não significa que a homossexualidade, uma vez definida como orientação sexual do ser, possa ser revertida.

          A criança não nasce heterossexual – de fato, nunca vi um bebê masculino “hétero” dizendo para o bebê feminino, também “hétero”, coisas como: “ei, gatinha, quer namorar comigo?”, simplesmente porque a orientação sexual dessa criança se define num determinado período de sua vida, e para isso concorrem diversos fatores. Ora, uma vez definida a orientação heterossexual da criança, não é mais possível “mudar” a mesma para a homoafetiva.

          Assim, eu penso que o ser nasce homossexual em face, sobretudo, de leis cármicas – o carma, ao contrário do que muitos pensam, não é só punitivo -, sendo que na própria Bíblia esta escrito que Deus nos conheço no ventre de nossas mães, e ali mesmo Ele nos escolhe. Então o espírito vem homoafetivo em razão de suas vivências passadas.

          Houve o caso de um casal gay – li isso em um livro – que, submetido a hipnose regressiva, recebeu a informação de que ambos vinham reencarnando juntos desde tempos longínquos, sendo que na atual encarnação eles vieram com o mesmo sexo e, para continuarem unidos e vivendo seu amor, decidiram que que reencarnariam como homossexuais.

          Também o Espiritismo ensina que nesses gays que nunca se aceitam, e que fazem do ataque aos homoafetivos a razão de seu viver, esta ali atuando um espírito que encarnou como homossexual para resgate cármico em função de numa vida passada haverem oprimido homossexuais.

          É terrível dizer, mas pessoas como o Malafaia, o Feliciano, você, a Vanessa, a Marisa Lobo, o Antonio Henrique, entre outros, podem estar traçando o destino cármico que os levará a renascerem como homossexuais desses que não se aceitam. Poderão nascer, inclusive, em países sob regime teocrático islâmico.

          O Espiritismo fala, também, de nobres espíritos que renascem como homossexuais, e eles seriam reconhecidos sobretudo pelo caráter.

          • Entre os cientistas, há os que explicam a homossexualidade mais ou menos assim (se eu estiver errado, por favor me corrijam):

            1) a orientação sexual é definida a partir de diversos fatores (emocionais, ambientais, genéticos, etc.);

            2) no homossexual, havia uma propensão genética, desde o ventre de sua mãe, à homossexualidade, propensão que poderia ou não definir a orientação sexual homoafetiva dependendo de diversos fatores;

            3) uma vez definida a orientação sexual, não há mais como reverter.

          • SANDRO ATIVISMO IDIOTA ESTE QUE TE COLOCA COMO UMA VIRGEM EM MEIO A EUNUCOS, SÓ FALA BABOSEIRAS, ISTO QUEM AFIRMA É A ASSOCIAÇÃO OU CONSELHA NACIONAL DE PSICOLOGIA E CIENTISTAS RENOMADOS NA AREA DA GENÉTICA, LOGO NÃO SEJA INFANTIL POSTANDO ABÓBRINHAS

          • Clamando,

            é impressionante como as “abobrinhas” – adoro abobrinha refogada – que eu comento aqui despertam tanto seu interesse, pois você sempre as lê e esforça-se imensamente por respondê-las.

            Por favor, querido, continue lendo minhas abobrinhas.

          • Criança,

            entenda que eu pedi para ser corrigido em relação ao RESUMO que fiz, pois poderia acrescentar algo improcedente ou excluir informação fundamental. Isso não significa que eu tenha dito que as ideias tenham sido minhas, tá, meu bem?! Querida, a senhora é muito irada!

          • Outra coisa, linda, eunucos tem os testículos extirpados ou esmagados, mas muitos deles têm ereção e podem transar numa boa, viu santa?!

          • Sandro!
            Você já havia começado mal sua caminhada de fé, no adventismo, agora piorou, pois, enveredou para o espiritismo com suas heresias, “carma, reencarnação,,,”, mas, se a Bíblia não dissesse o contrário, como vemos em Hebreus 9:27 – “E, como aos homens está ordenado MORREREM UMA VEZ, vindo depois disso o juízo”, e, outras passagens que corroboram com essa afirmação, então, tivesse vc razão, eu acredito que o Clamando realmente seria um gay, numa ou mais dessas reencarnações, rsrsrsrrs…
            1, 2, 3… Já o velhote clamando aparece destilando ódio, algo inerente ao caráter de “pastorecos” da teologia da prosperidade, os quais, se alimentam da lã das ovelhas anencéfalas que os seguem.
            kkkkkkkkkkkk…

          • Wanderley,

            se aos homens esta ordenado morrer uma só vez, como disse Paulo, e isso exclui a possibilidade da reencarnação, então como você explica a ressurreição de Lázaro e dos demais mortos que Jesus ressuscitou? Afinal, eles morreram duas vezes. O que Paulo quis dizer, é que ao homem enquanto personalidade temporal – o Wanderley, o Eduardo, o Sandro, etc. – morrem uma só vez, pois, ao reencarnarmos para nova vida, não seremos mais essas mesmas personalidades, mas teremos novos papéis – você pode renascer para ser um grande jornalista em Paris, e eu posso, em tese, renascer para ser um devoto em um templo do movimento Hare do Krishna na Índia, bem diferente do que somos, pois é o espírito que reencarna, e ele não é esse corpo e não é essa personalidade. Ademais, a reencarnação, sendo lei natural, não depende de Paulo ou qualquer um de nos aceitarmos isso ou não. Porém, estudos sérios da Bíblia em consonância com ensinos secretos de Jesus, revelam de forma clara que ele cria na reencarnação.

            Quanto ao Clamando, concordo plenamente com sua análise. Ele realmente representa o falso evangelho da teologia da prosperidade, e, senão se emendar, renascerá junto com Malafaia, Feliciano, Vanessa, entre outros, para expiarem duramente como homossexuais efeminados e por sexo gay, porém, vivendo em região dominada por extremistas islâmicos. No íntimo eles saberão que estão expiando, e sentirão muito com a inexplicável reminiscência de tempos em que eles gastavam seu tempo não na prática do amor e da caridade, mas no viver no encalço de homoafetivos brasileiros em busca de direitos.

          • Em tempo:

            o juízo que segue-se à morte, é aquele que os redivivos relatam que passaram quando, clinicamente declarados mortos, estiveram diante de uma luz muito forte e linda, a qual identificaram como sendo Deus, e observaram todos os atos de sua vida sendo exibidos como num panorama, e onde viam não só os atos de amor ou desamor que praticaram, mas as consequências na vida das pessoas que eles amaram ou perseguiram. Viram que no dia em que ralharam com uma atendente de balcão, a moça chegou em casa e, nervosa, descontou na mãe, que descontou no pai, etc.

          • MADRI, 09 Jan. 12 / 05:32 pm (ACI/EWTN Noticias).- Em uma entrevista concedida ao jornal espanhol El Pais sobre seu livro “Compreender e sanar a homossexualidade”, Richard Cohen, quem se define a si mesmo com um “ex-gay”, afirmou que a Associação Norte-americana de Psicologia depois de muitas investigações chegou à conclusão de que as pessoas não nascem homossexuais.

            O livro do Cohen foi colocado à venda em 2004. Agora em 2012 a editorial LibrosLibres fez uma nova edição que recebeu a aceitação do público incluindo os leitores homossexuais. Entretanto o movimento de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais (conhecido pela sua sigla LGTB) pediu que o livro fosse retirado das livrarias o qual foi considerado como um ataque à liberdade de expressão.

            Na entrevista ao El Pais e explicando a verdadeira origem da homossexualidade, Cohen afirmou que “em 2008, a Associação Norte-americana de Psicologia disse que embora houvesse muitas investigações sobre as possíveis causa genéticas, biológicas ou hormonais da orientação sexual, não houve descobertas que permitam aos cientistas chegar à conclusão de que a orientação sexual esteja determinada por um ou vários fatores particulares. A ciência diz que as pessoas não nascem gays”.

            Ao ser perguntado se a homossexualidade é um fator biológico o autor do livro sustentou que aqueles que experimentam sentimentos homossexuais são homens e mulheres extremamente sensíveis e assinalou que eles “vivem uma relação com seus pais, com seus companheiros e com seu entorno, deferente à dos seus irmãos e às de outras pessoas ao seu redor. Essa sensibilidade pode assentar as bases para os sentimentos homossexuais”.

            O autor do livro, que nos últimos 21 anos trabalhou como psicoterapeuta, confessa que suas reflexões partem de uma experiência pessoal e manifestou que “eu mesmo vivi como gay, tive um companheiro gay durante três anos”.

            Entretanto durante muito tempo Cohen sofreu por viver nesse estado e reconheceu que não recebeu ajuda porque “muitos terapeutas me diziam que eu tinha nascido gay, que não havia nada a ser feito. Que eu devia aceitar e viver uma vida gay”.

            O autor explicou que atrás das pessoas homossexuais quase sempre há uma história de dor que preferem ocultar.

            “Sob meu desejo pelos homens havia uma ferida. Não recordava que meu tio tinha abusado sexualmente de mim. É algo que reprimi durante 25 anos, até que fiz minha terapia. Então encontrei a um mentor masculino, heterossexual. Quando experimentei o luto por esse abuso minhas tendências homossexuais desapareceram”.

            Ao referir-se às causas da homossexualidade Cohen sustenta que o abuso sexual é uma das razões e explicou que “nunca é uma coisa só. É uma combinação de vários fatores. 50 por cento de meus clientes sofreu abuso sexual por parte de alguém do mesmo sexo”.

            Logo depois de assinalar que os homossexuais são uma porcentagem pequena da população e muitos deles seguem sentindo-se mal consigo próprios apesar de seu bom estado físico já que “não importa quantos músculos desenvolvam, mesmo assim eles se sentem inferiores interiormente”.

            Richard Cohen explicou logo que é um mito afirmar que se nasce gay porque cientificamente isso não é válido. “Mas tampouco se pode dizer que ser gay seja uma opção. A pessoa não acorda um dia e decide ser gay. Há uma série de fatores combinados que fazem que alguém se comporte como gay. Tratando centenas de homossexuais venho descobrindo que há uma série de contextos comuns em todos eles”, acrescentou.

            Finalmente Cohen disse que “nas biografias dos famosos fica claro também: tiveram experiências similares. Rosie O’Donnell, Greg Luganis, Elton John, Ricky Martin, Ellen DeGeneres… todos têm histórias semelhantes.

  13. Está claro que essa mulher é perseguida por conta da sua fé em Cristo, aliás, os cristãos são os que mais sofrem com perseguições de todas as formas, é só observar algumas notícias que são publicadas aqui mesmo neste espaço.

    • Vanessa ,cada um tem sua opinião e eu respeito a sua ,não concordo com alguns de seus comentários ,mas vejo atraves deles que vc é uma boa pessoa ,inteligente,mas tem horas que parece que vc comenta somente para provocar alguem ou está realmente muito cega;tenho minha fé em Cristo,sou totalmente contra o casamento gay, sou evangelico e consigo ver que essa mulher como muitos outros não são perseguidos pela fé ,mas por conversar fiado demais.
      Um exemplo,creio que absolutamente ninguem aqui vai me atacar por eu ter minha opiniao contra casamento gay e ponto,mas se eu escrever barbaridades e ate mentiras a respeito dos gays que em nada são piores do que nós ,como vejo muitos fazendo aqui ,logico vão se defender e aí vou dar de coitado e perseguido pela fé?
      Me poupe,ser perseguido pela fé em Cristo é outra coisa.

      • Parabéns, oi, por suas palavras que revelar inteligência, ética, respeito pelo outro.

        E outra coisa: eu sou gay, vou me casar com meu namorado, mas entendo que você tem todo o direito de não concordar, pois ninguém é obrigado a nada senão em virtude de lei. Mas estou convicto, também, que não verei você afrontando gays que se casam.

      • Oi
        Obrigada por respeitar a minha opinião . Eu continuo achando que a senhora Lobo é sim perseguida somente pelo fato dela ser cristã, assim como a jornalista do sbt, a Rachel Sheherazade (eu acho que é assim que se escreve rsrs).
        Ambas são mulheres de opinião forte e são cristãs, não concordam com alguns absurdos que vem acontecendo em nossa sociedade, e por isso alguns covardes desocupados tentam calar a boca delas, a jornalista não pode dar mais suas opiniões no telejornal, e a Marisa Lobo não pode falar nada sobre homossexualidade, cada hora é um processo diferente.
        Cadê as feministas para defender essas mulheres que estão sendo censuradas? Ha! Me lembrei que elas só defendem o direito de mulheres que desejam fazer um abortinho, andar com os peritos de fora e bla, bla, bla.
        Você diz que aqui as pessoas irão te respeitar, irão respeitar a sua opinião em relação ao “casamento gay” (fala sério)! Tá zoando cara, me poupe.

        • Complementando.
          Em um programa de TV, o apresentador Roberto Justus, deu uma entrevista e disse que; não se sentiria feliz em ter um filho homossexual, ele disse que respeitaria e amaria o filho, mas não ficaria feliz.
          Agora, se fosse um evangélico falando a mesma coisa, o bicho ia pegar pro lado dele ou dela, é isso que eu estou tentando mostrar!

        • Vanessa fui respeitado sim,qual deles me ofendeu em meu comentário ,a minha opinião?Nenhum,sabe pq?Expresso minha opinião sem ofender e sem me achar Deus e julga los.Quanto ao Roberto Justos ,ele está correto,eu tambem não ficaria feliz,ainda mais vendo o quanto preconceito sofrem,muitas vezes agredidos de graça fisicamente e verbalmente.

          • Não me leve à mal OI,mas quando eu era solteira,andava pra cima e para baixo com o meu amigo gay,e vou te dizer que ele nunca apanhou e nem foi xingado,pelo contrário,ele adorava mexer com as pessoas,mexia com homens pela rua,se o cara não era do babado,ele ficava com raiva e espalhava para as pessoas que o cara era gay,enfim,ele não era nenhum santo,e mesmo assim,eu nunca vi ele sofrendo ataques homofóbicos,isso é conversa,nunca vi nenhum gay apanhando só por ser gay.Pra cima de mim,esse assunto de coitadismo não cola filho.

          • Vanessa,

            que coisa primária: fazer de um caso – o do seu amigo gay – a regra geral. É fato incontestável a discriminação que os gays sofremos, e só um completo alienado ou desonesto intelectual negaria essa realidade.

            Em tempo: eu não vi o testemunho de seu amigo sobre o que ele sofre.

  14. Pastor evangélico é preso por estuprar filha durante seis anos em São Paulo
    26/02/16
    O homem foi denunciado à polícia depois que a esposa percebeu atitudes estranhas do marido
    O pastor de uma igreja evangélica de Jundiaí, em São Paulo, foi preso depois de confessar à polícia ter estuprado a própria filha durante seis anos. Segundo as autoridades, o suspeito, de 57 anos, é dirigente da instituição religiosa e admitiu que abusava da filha, hoje com 14 anos, desde que ela tinha 8.
    O homem foi denunciado à polícia depois que a esposa percebeu atitudes estranhas do marido.
    A menina, que era obrigada a dormir na cama do casal, nunca havia contado sobre os abusos sexuais até ser ouvida na delegacia.
    Ainda de acordo com a polícia, esta não foi a primeira vez que ele foi denunciado por abusar sexualmente de um menor de idade. Há 20 anos, ele foi preso por um caso de estupro ocorrido com um sobrinho.
    O pastor foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista e pode ser condenado a até 15 de prisão por estupro.
    Fonte: noticias ao minuto

  15. Uma palavra ao Witnere Holt e ao Jonas Almeida (eles comentam no espaço acima):

    Witnere Holt, pelo que eu entendo, assim como existem homossexuais enrustidos e que querem bancar héteros, existem também pseudo-homossexuais, ou seja, que apesar de pensarem que são homossexuais, de fato não o são. Há diversas causas e explicações para esse fenômeno.

    Jonas Almeida, os psicólogos não estão impedidos de ter pacientes homossexuais e ajudá-los em em tudo aquilo para o que estão habilitados e liberados para fazer. O psicólogo ajuda, inclusive, o paciente a entender se é ou não homossexual, se é ou não heterossexual.

    Na imensa maioria dos casos, cada um sabe se é ou não gay, se é ou não hétero. Mas há pessoas que, como você disse, de fato não são homossexuais, assim como também é verdade o que o Holt disse, ou seja, que há gays – gays de fato – procurando “virar” héteros por pressões internas e/ou externas. A senhora Marisa Lobo, me parece, não faz uma abordagem de fato cientifica, mas em razão de suas crenças religiosas e de seu ativismo evangélico fundamentalista.

    Assim, ninguém jamais pode impedir – e isso de fato não acontece – um homossexual procurar um psicólogo para ajudá-lo a lidar com suas angústias e dúvidas.

    Mas, de igual forma, nenhum psicólogo pode prometer ou realizar tentativas de reversão de orientação sexual, pois isso não existe, é uma bravata de ativistas evangélicos.

    No fundo, o que os vendilhões do Evangelho, apoiados por profissionais de psicologia sem ética profissional querem, é mudar a legislação para permitir o oferecimento de cura, através do que imaginam ganhar muito dinheiro com clínicas sendo abertas praticamente em cada igreja.

    Isso jamais será permitido, pois haveria uma pressão insuportável, proveniente de familiares, amigos, colegas, irmãos de fé, pastores e outras pessoas em contato com um homoafetivo.

    Assim, pensando em melhor esclarecer a questão, segue um comunicado do Conselho Regional de Psicologia do Estado de São Paulo. Leiam e me corrijam se o que eu disse estiver errado.

    “Em virtude de uma interpretação errônea da Resolução CFP 001/99 – que estabelece normas de atuação para psicólogos (as) em relação à questão da orientação sexual – o CFP esclarece que a norma não proíbe os (as) profissionais da Psicologia de atenderem pessoas que queiram reduzir seu sofrimento psíquico causado por sua orientação sexual, seja ela homo ou heterossexual, e nem tampouco, pretende proibir as pessoas de buscarem o atendimento psicológico.

    De acordo com a regulamentação, em seu art. 1º, os (as) psicólogos (as) atuarão segundo os princípios éticos da profissão notadamente aqueles que disciplinam a não discriminação e a promoção e bem-estar das pessoas e da humanidade, o que também está disposto no art. 2º do Código de Ética da profissão, que veda à categoria praticar ou ser conivente com quaisquer atos que caracterizem negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade ou opressão.

    Estão sim proibidos os (as) psicólogos (as) de exerceram qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, e adotarem ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados. O que é corroborado pelo Código de Ética que em seu art. 2º, alínea i, que diz que é vedado à categoria induzir qualquer pessoa ou organização a recorrer a seus serviços.

    Ao publicar a Resolução, o CFP atuou de acordo com a sua função de normatização e de regulação da atividade profissional, conforme estabelecido na Lei nº 5.766/71, que cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia. A tentativa de sustar a norma já foi matéria de decisão judicial da 15ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, que entendeu que a Resolução não viola princípios legais e constitucionais, em maio de 2010.

    Por fim, cabe salientar que a norma orienta os (as) profissionais da Psicologia a não se pronunciar e nem participar de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica. De forma alguma, essa orientação fere o direito de liberdade de expressão dos (as) psicólogos (as), pelo contrário, ela defende o respeito aos direitos humanos e às diferentes formas de manifestação da sexualidade humana.”

    Fonte: h#t#t#p#:#//w#w#w.#crpsp#.org#.#br#/portal/midia/fiquedeolho_ver.aspx?id=609

    • Em tempo:

      se alguém puder comentar se, como penso, há o pseudo-homossexual, agradeço de coração por informações sobre o tema, pois não tenho fontes sobre esse assunto, e minha opinião se baseia em impressão pessoal e no que li – um pequeno parágrafo – certa ocasião em um livro. Peço, todavia, sobretudo, informações devidamente fundamentadas. Muito obrigado.

  16. Sandro esse ser “contra ” meu é,expresso minha opinião se me perguntam ou em uma noticia como está postada e ponto não entro em “confronto” e penso que temos que levar as pessoas a Palavra .Se for pra mim assinar algo pra não ter casamento gay ,participar de manifestações ou qualquer coisa do tipo ,não faço.Se a pessoa não é gay,pra que brigar contra a vontade do outro ,não pratica aquilo e ponto final.

    • Caro oi, você deixa sempre muito claro, por seus comentários, que é pessoa inteligente e do bem. Pessoas como você contribuem com a convivência pacífica entre as diferenças e os diferentes.

  17. Entre os cientistas, há os que explicam a homossexualidade mais ou menos assim (se eu estiver errado, por favor me corrijam):

    1) a orientação sexual é definida a partir de diversos fatores (emocionais, ambientais, genéticos, etc.);

    2) no indivíduo homossexual, havia uma propensão genética, desde o ventre de sua mãe, à homossexualidade, propensão que poderia ou não definir a orientação sexual homoafetiva dependendo de diversos fatores que concorreriam para tal;

    3) a criança nasce, cresce, e em determinado período a orientação sexual se define;

    4) uma vez definida, não é possível reverter a orientação sexual, seja ela homo ou hétero.

    • Observem que não falei, no comentário acima, das abordagens espirituais, como a que explica a homossexualidade do ponto de vista da reencarnação. Ative-me unicamente a visão da ciência.

        • Éhh Sandro o problema da Vanessa é com vc,não que eu concorde ou discorde de seu comentário,mas não ví nele nada sobre biblia,nem tão pouco vc usa la para justificar algo na sua vida como ela escreveu,mas é disso que falo ,se agora vc responder ,vc estara perseguindo ela pela fé cristã(rsrsrs) por ser uma mulher de forte opinião e por aí vai…

        • Vanessa,

          como bem observou o comentarias Oi, o assunto não diz respeito a Bíblia, mas a ciência. Porém, não posso deixar de responder o seguinte a você:

          o ser macho ou fêmea não tem, necessariamente, relação com a orientação sexual. Eu sou gay e sou macho – sim, sou macho: tenho pênis, testículos, barba, etc. -, uma amiga é lésbica e é fêmea – tem vagina, úteros, seios -, o que demonstra que orientação sexual é uma coisa, gênero é outra.

          E por que eu não posso usar a Bíblia se o próprio Lutero disse que todos temos a liberdade de ler e interpretar as Escrituras? Afinal, com milhares de igrejas por aí, cada uma interpretando a Bíblia a seu modo, por que eu não posso fazer o mesmo?

          O teu ídolo Malafaia rebelou-se contra a Assembleia de Deus – porque a Igreja recusou-se a elegê-lo presidente – fez birra e foi fundar uma igrejinha para ele.

          Mas isso você não vê, não é mesmo, santinha?

          Por último, o que adianta não fazer sexo – coisa que na minha velhice não vou mesmo fazer, já que pretendo nessa fase da vida fazer voto de brahmacharya -, e, no entanto, continuar sendo homoafetivo? Jesus não disse que o mais importante é o que vai no coração? E saiba que não preciso da Bíblia para ser quem eu sou – eu assumo os meus atos, e não uso a Bíblia para enriquecer.

          • Eu sei,mas você já disse aqui por várias vezes que Jesus Cristo nunca disse nada sobre a homossexualidade,mas ele também nunca disse nada sobre pedofilia,zoofilia e etc.
            isso não quer dizer que esta tudo bem praticar esse tipo de coisa,a palavra de Deus deixa tudo muito claro,para aqueles que querem enxergar.
            E outra coisa,Malafaia não é meu ídolo,eu o admiro por sua coragem e disposição para trazer à tona coisas que muitos não tem coragem de falar.

          • Vanessa,

            Jesus Cristo realmente nunca falou contra a homossexualidade, mas não é verdade que ele não tenha falado em relação ao abuso contra crianças (pedofilia, em sua etimologia, significa amor de ou por criança: pedo = criança; filia = amor, tal como em pedobatismo, ou batismo de criança), pois disse que seria melhor amarrar-se em uma pedra de moinho e lançar-se ao mar do que fazer mal a um dos pequeninos. Disse, também, que dos pequeninos é o Reino dos Céus. Quanto a zoofilia, Jesus disse “Amarás a teu próximo como a ti mesmo”. Ora, tanto o abuso de crianças como o abuso de animais inocentes, são pecados contra o amor, mas a homossexualidade não é abuso, não é violência, não é desamor, mas uma prática consensual entre duas pessoas que se amam, tal como em relação ao sexo hétero.

            E, sim, você adora Malafaia, já havendo louvado o mesmo inúmeras vezes aqui no Gospelmais. Malafaia é um propagador de teorias da conspiração e do falso evangelho da prosperidade. Em vez de admirar e enaltecer o trabalho de verdadeiros cristãos, nesses você nem fala.

          • Você deve escrever várias vezes que não há nada de errado em viver na prática da homossexualidade,pois uma mentira quando é repetida por várias vezes,as pessoas tendem a achar que é verdade………..Vai na fé brother!

          • Você sabe que a palavra de Deus é verdadeira,basta olhar em volta,como as coisas funcionam,como as profecias bíblicas estão se cumprindo de maneira que não tem como duvidar.

    • a melhor explicação dada por um ex gay
      MADRI, 09 Jan. 12 / 05:32 pm (ACI/EWTN Noticias).- Em uma entrevista concedida ao jornal espanhol El Pais sobre seu livro “Compreender e sanar a homossexualidade”, Richard Cohen, quem se define a si mesmo com um “ex-gay”, afirmou que a Associação Norte-americana de Psicologia depois de muitas investigações chegou à conclusão de que as pessoas não nascem homossexuais.

      O livro do Cohen foi colocado à venda em 2004. Agora em 2012 a editorial LibrosLibres fez uma nova edição que recebeu a aceitação do público incluindo os leitores homossexuais. Entretanto o movimento de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais (conhecido pela sua sigla LGTB) pediu que o livro fosse retirado das livrarias o qual foi considerado como um ataque à liberdade de expressão.

      Na entrevista ao El Pais e explicando a verdadeira origem da homossexualidade, Cohen afirmou que “em 2008, a Associação Norte-americana de Psicologia disse que embora houvesse muitas investigações sobre as possíveis causa genéticas, biológicas ou hormonais da orientação sexual, não houve descobertas que permitam aos cientistas chegar à conclusão de que a orientação sexual esteja determinada por um ou vários fatores particulares. A ciência diz que as pessoas não nascem gays”.

      Ao ser perguntado se a homossexualidade é um fator biológico o autor do livro sustentou que aqueles que experimentam sentimentos homossexuais são homens e mulheres extremamente sensíveis e assinalou que eles “vivem uma relação com seus pais, com seus companheiros e com seu entorno, deferente à dos seus irmãos e às de outras pessoas ao seu redor. Essa sensibilidade pode assentar as bases para os sentimentos homossexuais”.

      O autor do livro, que nos últimos 21 anos trabalhou como psicoterapeuta, confessa que suas reflexões partem de uma experiência pessoal e manifestou que “eu mesmo vivi como gay, tive um companheiro gay durante três anos”.

      Entretanto durante muito tempo Cohen sofreu por viver nesse estado e reconheceu que não recebeu ajuda porque “muitos terapeutas me diziam que eu tinha nascido gay, que não havia nada a ser feito. Que eu devia aceitar e viver uma vida gay”.

      O autor explicou que atrás das pessoas homossexuais quase sempre há uma história de dor que preferem ocultar.

      “Sob meu desejo pelos homens havia uma ferida. Não recordava que meu tio tinha abusado sexualmente de mim. É algo que reprimi durante 25 anos, até que fiz minha terapia. Então encontrei a um mentor masculino, heterossexual. Quando experimentei o luto por esse abuso minhas tendências homossexuais desapareceram”.

      Ao referir-se às causas da homossexualidade Cohen sustenta que o abuso sexual é uma das razões e explicou que “nunca é uma coisa só. É uma combinação de vários fatores. 50 por cento de meus clientes sofreu abuso sexual por parte de alguém do mesmo sexo”.

      Logo depois de assinalar que os homossexuais são uma porcentagem pequena da população e muitos deles seguem sentindo-se mal consigo próprios apesar de seu bom estado físico já que “não importa quantos músculos desenvolvam, mesmo assim eles se sentem inferiores interiormente”.

      Richard Cohen explicou logo que é um mito afirmar que se nasce gay porque cientificamente isso não é válido. “Mas tampouco se pode dizer que ser gay seja uma opção. A pessoa não acorda um dia e decide ser gay. Há uma série de fatores combinados que fazem que alguém se comporte como gay. Tratando centenas de homossexuais venho descobrindo que há uma série de contextos comuns em todos eles”, acrescentou.

      Finalmente Cohen disse que “nas biografias dos famosos fica claro também: tiveram experiências similares. Rosie O’Donnell, Greg Luganis, Elton John, Ricky Martin, Ellen DeGeneres… todos têm histórias semelhantes.

  18. Aproveitando o embalo para deixar um recadinho para os pais que se preocupam com o que seus queridos filhos estão aprendendo nas escolas.
    Amanhã no programa Vitória em Cristo do pastor Malafaia, ele irá falar sobre a famigerada ideologia de gênero,ele também vai receber o procurador da república Dr. Guilherme Schelb.
    Na rede Tv será às 9 e na Band 12:00.

    • Lá vem mais teoria da conspiração do homem que inventa dificuldades para vender facilidades; que macaqueia Lair Ribeiro e suas técnicas de autoajuda, que engendra inimigos imaginários (“gayzismo”, “ideologia de gênero”, etc.) para se colocar como o grande inteligente que denuncia os “inimigos do povo” (bordão que líderes comunistas ditatoriais usavam para referir-se aos que eram contra seus crimes) e se coloca como o herói na cruzada contra os mesmos (Hitler cansou de fazer isso com os judeus), do teólogo da prosperidade que ostenta, sem o menor pudor ou constrangimento, sinais de riqueza em meio a coitados que o seguem pensando fazer negócios financeiros com Deus, do homem que conta com lacaios para divulgar gratuitamente suas pantomimas, heresias e simonias.

    • Vanessa,

      veja o que publicou a revista Época sobre o convidado do Malafaia.

      Digite no Google esta frase (observe que nada estou afirmando):

      Revista Época A vida dupla do procurador

      • Sandro,o que ele vai falar é muito sério,além do mais, nada tem a ver com sua vida particular,tem a ver com a imposição de assuntos que não deveriam ser tratados na escola,ainda mais com crianças tão pequenas,não se faça de idiota cara!

        • Vanessa,

          quem fala pelas escolas são os órgãos oficiais de educação, e estes cuidam direito das crianças e não estão envolvidos em nenhuma trama contra elas.

          O Malafaia, o Julio Severo, o Olavo de Carvalho, entre outros, são politiqueiros direitistas que vivem de fazer falsas ilações, de engendrar e propagar teorias da conspiração. O Malafaia tem ódio do governo da Dilma, e faz de tudo para jogar o povo evangélico contra ela, então fica com essas teorias conspiratórias.

          Tem também a tese de que muitos não querem que a Polícia Federal chegue em outros envolvidos com a lava jato (lembra do politico evangélico que usou uma igreja para lavar dinheiro?), então querem apear a Dilma do poder para, em face de outro governo, mudar os rumos da investigação. Há, ainda, a tese de que, a par disso, existiriam também escusos interesses internacionais em tomar conta do petróleo brasileiro, e hoje vemos que a Petrobras esta sendo entregue ao capital estrangeiro. Há muita coisa, Vanessa, que nós sonhamos que estão acontecendo nos bastidores da política brasileira.

          • Vanessa,

            copie o link abaixo, cole na barra de navegação, remova os cerquilhos ( # ) e dê enter:

            w#w#w.#brasil247#.com#/pt/247/brasilia247/218625/Cunha-promete-abrir-ainda-mais-pr%C3%A9-sal-a-estrangeiros.htm

          • A amizade de Malafaia com o homem que promete, segundo divulgado pelo site Brasil247, abrir ainda mais pré-sal aos estrangeiros. Um homem que, como sabemos, foi denunciado pelo Procurador-Geral da República:


            Assine o Canal
          • Se você quer realmente saber o que esta acontecendo no Brasil, medite com bastante atenção nas palavras de Getúlio Vargas em sua carta testamento. Contra ele desencadeou-se grande perseguição por parte da impressa e outros órgãos golpistas, pois haviam poderosos interesses nacionais e internacionais que conspiravam contra os interesses maiores do povo brasileiro. A história esta se repetindo, ainda que como farsa, pois vemos hoje semelhantes expedientes. Pense em um grande líder que hoje esta sofrendo perseguição por parte daqueles que querem o Brasil de joelhos perante o mundo:


            Assine o Canal
          • Sandro,não vai adiantar você colocar esse vídeo,pois isso foi antes dessa coisa toda acontecer,agora defender a Dilma depois de tudo o que estamos presenciando,essa crise toda que estamos vivendo,aí já é demais,fica difícil continuar,será que você vive no Brasil mesmo?

          • Vanessa,

            triste daquele que, tendo olhos para ver, prefere não ver, e, sendo cego, despreza o cão-guia e prefere ser guiado por outro cego.

          • Verdade,infelizmente acontece muita coisa que a gente nem imagina,uma roubalheira sem fim,e enquanto isso,aqui no Rio por exemplo,as pessoas estão sem médico,as crianças sem merenda falta remédio para o tratamento de doenças graves,enfim,está um Deus nos acuda…………..Maaaaasssss vamos ter olimpíadas assim mesmoooo….Que legal!

    • Obrigada, Vanessa, pela informação. Vou assistir.
      É importante que pais e avós assistam para se informarem do que seus filhos e netos estão aprendendo em salas de aula. Eita Pátria educadora essa nossa!

  19. Toda vez que o assunto envolve gays, a crentalhada pira. Foram publicadas várias matérias sobre a corrupção de pastores e de outros “homens de deus”, inclusive Cunha, mas quase ninguém se manifestou. Eita povinho hipócrita. É sobre essas questões que vocês deveriam se manifestar, não sobre os gays que nem passam na frente dos templos das suas seitas.

  20. Depois quando dizemos que esses pulhas fanáticos não dão sossego para a nossa comunidade, imiscuindo-se em nossa luta por direitos civis igualitários e pretendo, como os estúpidos que são, que a homossexualidade constitui doença, crentes cínicos vem dizer que não se trata de cura.

    A notícia divulgada ontem mostra a falta de caráter desses patifes mentirosos:

    “MPF investiga anúncio de curso online de cura de homossexual

    O Grupo de Combate a Crimes Cibernéticos do MPF (Ministério Público Federal) está investigando um anúncio postado no Facebook oferecendo um curso online de cura gay. Usuários da rede social ficaram indignados.

    “Orientações para famílias e educadores à luz da Ciência e da Bíblia”, diz o anúncio.

    Há uma foto do professor com uma camisa onde se lê “Ninguém nasce gay”.

    Trata-se de Claudemiro Soares, que se apresenta como mestre e especialista em saúde pública.

    Ao Jornal de Brasília ele disse que o curso é voltado para as pessoas que se sentem incomodadas por serem homossexuais.

    “A ideia é mostrar que [a homossexualidade] é uma doença, segundo a ciência, e que tem cura”, disse,

    “Geralmente, isso acontece porque a pessoa passou por algum trauma.”

    O anúncio destaca que os “conteúdos [do curso] são chancelados pelos Ministérios Públicos Federal e do Distrito Federal e Territórios”.

    Agora, ele vai ter de se explicar MPF.”

    Fonte: site paulopes

    • quanta desonestidade destes ativistas gay ateus, são tão desumanos, terroristas das mentes e corações, que não se importam com mais nada . A não ser seu anus e seu pseudo e impossível prazer através dele.
      Não estão nem ai se uma criatura do SR. deseja abandonar esta pratica perversa e promiscua, coisa que todos sabem, segundo a legião de pseudos intelectuais da psicologia, que difamam a té o próprio criador desta ciência. chamado Freud, onde ele diz ter feito uma mulher homossexual, voltar a ser hÉtero, tratando-se apenas de um problema psicológico; AGORA ESTES DIZEM NÃO SER DOENÇA. não dão e não aceitam que outros o façam.
      Mas voltando olhem o displante do ativismo que se dá aqui mesmo, continuam a dizer que não é doença se apoiando nesta que nada mais é do que um engodo da ciência a psicologia para apoair suas mentiras e taras, MAS REJEITAM A CIÊNCIA QUANDO ELA DIZ QUE NÃO EXISTE GENE GAY, QUE NINGUÉM NASCE GAY, QUE ISTO NA VERDADE É UMA ORIENTAÇÃO DADA OU INDUZIDO POR ALGUÉM , SEMPRE UM PERVERTIDO COM TARAS, O PAI O TIO O PRIMO O PADRE O VIZINHO, NÃO IMPORTA A MAIORIA GAY É PORQUE FOI ABUSADO POR OUTRO PROMISCUO,
      Então vejamos não existe cura porque não é doença, x não se nasce gay pois não existe gene gay, então o que são? então podemos concluir que é uma orientação,
      Por outro lado tem uma parcela que se diz que não foi abusado, e nem orientado a ser gay, que desde pequeno ja sabia que era diferente, ora que contradição a ciência está errada, ou será outro tipo de influência que não se pode ver a olho nu, assim como não se pode ver germes e micróbios, seria então uma explicação demonios energúmenos usados pela pomba gira, Sim pois a ciência é dada por fatos e observação e se diz não pode existir gene gay, não pode existir cura gay pois não é doença, sobra o que a não ser desvio de conduta tara safadeza promiscuidade nojo asco depravação, ou demonio.
      Ora se uma coisa não é boa, não produz felicidade, porque lutar por ela, pessoalmente conheço a muitos gays, e bem tratados por pais e parentes e também amigos, respeitados e bons profissionais com boa situação financeira, boa casa bom carro, mas todos são unanimes,que apesar de viver até mesmo uma boa relação homoafetiva e digo gays tanto homens como mulheres, todos são unanimes em dizer são infelizes, e gostariam de ser normais como qualquer hetero, ou seja, mesmo que tenham conquistado, aquilo que ativistas terroristas tentam impingir a nós, que mesmo assim não são felizes.
      Realmente sinto pena deles, sim daqueles que desejam mudar, mas a opressão do ativismo é tão forte que os impedem de receber ajuda, as vezes fico pensando, que ser gay é como morar na africa em paises onde por exemplo a etiópia que recebe ajuda humanitária, mas terroristas não deixam chegar o tão precioso alimento, preferem ver seu povo morrer, é assim é o ativismo gay, não está nem ai para seus pares, contanto que eles possam enriquecer as custas destes pobres coitados que aqui postam, enquanto seus líderes andam de carrão moram em mansão e se alimentam do melhor, eles morão no barraco andam de busão e só comem farafa com feijão, não estão nem ai para seus pares.

      • Tudo em excesso é patológico (doença), desde a bichinha quá-quá-quá que sonha transformar o mundo num putteiro gay ao fanático evangélico que vive em prol de reprimir a sexualidade dos outros.

      • “quanta desonestidade destes ativistas gay ateus, são tão desumanos, terroristas das mentes e corações, que não se importam com mais nada . A não ser seu anus e seu pseudo e impossível prazer através dele.”

        Parei por aqui. É burrice demais para uma pessoa só.

        Faz o seguinte, Clamando:

        deixe cada gay em paz e VÁ CUIDAR DESSE SEU CUZÃO FEDIDO!!!

  21. E os psicólogos espíritas que atendem e fazem proselitismo nos consultórios? Nesses casos, os conselhos nem agem.
    Infelizmente, essa é a realidade. A PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS está se intensificando, e esse é um dos sinais da vinda de Jesus.
    E quanto a Eduardo Cunha, Bolsonaro e outros políticos e militares “evangélicos”, eu digo uma verdade: Eles NÃO REPRESENTAM O POVO DE DEUS! O estado brasileiro está FALIDO, e as verdadeiras autoridades são as que realmente ganharam a guerra que o estado se recusa a admitir que perdeu (as verdadeiras autoridades brasileiras são: Fernandinho Beira-Mar, Celso da ADA e os chefes dos morros de cada cidade).

  22. É simplesmente rídiculo, para não dizer inacreditável, que com tantos problemas no Brasil, no mundo inteirol, tanta injustiça, tanta violência, tanto abandonno, tanta fome, “crentes” como o Clamando et caterva, vão se preocupar e focalizar toda a sua atenção e energia em enriquecer vendilhões do Evangelho e cuidar de fiscalizar ânus alheio.

    Clamando, antes que eu me esqueça, ao invés de você e outros acéfalos ficarem aí se incomodando com o que os gays fazemos ou não de nossas vidas, vão vocês cuidarem desses seus cuzões fedidos e nojentos que a gente cuida do nosso. Você deveriam ter vergonha nessas caras imbecis por terem transformado a percepção que as pessoas tem de vocês, crentes, de um bando de ignorantes preocupados em ficalizar cu alheio.


    Assine o Canal
    • Semana passada vi uma reportagem sobre uma tribo na Amazônia, onde os índios se sentem perdidos espiritualmente porque o pajé virou crente. Até as tribos indígenas essa praga evangélica ataca.

    • E eles também pensam igual quando se trata de propagar ignorância, preconceito, discriminação, ódio e segregação. Mas não prevalecerão, pois a sociedade, o mundo não aceita a limítrofe, estreitíssima visão que eles têm de Deus, da religião, do ser.

      Serão sempre um gueto de fanáticos alucinados e à margem do conhecimento.


      Assine o Canal
        • Ui? Ui você vai ver se um dia pentecostais e neopentecostais tiverem, como querem, o controle do Brasil. Imagine como seria a academia, a ciência, a tecnologia, as pesquisas em todos os campos do saber, da literatura e da arte; o lidar com tantas diferenças religiosas, culturais, intelectuais; com os conflitos de interesses entre as potências: o país voltaria a idade do bronze, e logo seríamos pior que a Etiópia.

          É claro que os vagabundos picaretas vendilhões do Evangelho e políticos safados, corruptos em nome de Jesus sabem disso. Eles sabem que a manada dos alienados que eles conduzem com vãs promessas de curas e riquezas não têm capacidade intelecutual, gognitiva, mesmo, para gerir um país – sim, pois os intelectuais, os pensadores, os sábios estão muito longe desses guetos fanáticos -, então riem enquanto os conduzem como “heróis” caçadores de gays, enquanto os alienados berram “Paz de Deus, irmão”, e cuja traduçaõ é “Mais cê é besta, heim irmão?” – “Mai néééémmm”. Enquanto gritam “oh, glória xéssussss”, mas a tradução é “eu só sei é tomar no cu”.

      • Chega a dar nojo essa pregação hipócrita de Malafaia. Ele diz que não responde a adúltero, mas celebrou o casamento de Bolsonaro. Pelo jeito, não fala com Magno Malta e esposa.

  23. Clamando afirmou: “as vezes fico pensando, que ser gay é como morar na africa em paises onde por exemplo a etiópia que recebe ajuda humanitária, mas terroristas não deixam chegar o tão precioso alimento, preferem ver seu povo morrer, é assim é o ativismo gay”. Entrento, vejam como os evangélicos transformam a vida dos gays em um verdadeiro inferno de opressão e violência na Africa com dinheiro de doação dos fiés.


    Assine o Canal
  24. Clamando diz estar preocupado com a condição do povo que vive na Africa, mas vejam como os ignorantes e supersticiosos evangélicos contribuiem com o massacre de crianças totalmente indefesas contra as alucinações e selvageria desses fanáticos:


    Assine o Canal
  25. As mesmas igrejas que na Africa estão mancomunadas com a violência contra homossexuais, são agora denunciadas por violência contra os pequeninos.

    A essa igreja “evangélica” satanizada, Jesus tem uma sugestão: “Melhor seria amarrarem-se a pedras de moinho e lançarem-se ao mar”.

    Vejam essa reportagem, feita por insuspeito canal de televisão, e chorem com a ignorância e maldade de crents fanáticos que ousam falar o nome de Jesus:


    Assine o Canal
  26. Enquanto os vendilhões do Evangelho e políticos corruptos em nome de Jesus, dos quais o Clamando, a Vanessa, o Edivan, o Antonio Henrique, et caterva, são lacaios voluntários, vivem no poder, no luxo, na ostentação, na fama se locupletando em meio a riquezas terrenas, milhões de pessoas – dentre os quais muitos cristãos evangélicos, vivem na mais indigna e degradante pobreza e miséria, passando falta de tudo. Esses lobos vorazes e canalhas mentem dizendo que todos quantos lhes derem dízimos e ofertas prosperarão, mas como explicam, então, esses ladrões da igreja e do erarário, a miséria que atinge milhões de crentes inclusive nos países extremamente pobres?


    Assine o Canal
  27. Eu fico tentando entender qual o propósito de criaturas que se dizem tão bem consigo mesmas, convictas do que são e querem, virem aqui esculhambar com a fé e as crenças alheias!
    Nunca me interessei por um site gay, ateu ou do PT. Não tenho nada a dizer a eles, são livres para viverem como quiserem, desde que a liberdade deles não se estenda tanto, a ponto de impedir a minha!
    Com o advento das mídias o Evangelho passou a ser difundido, de uma forma, ou de outra pelas diversas denominações existentes. Mas, ali, estão falando para quem quiser ouvir, usando a liberdade de expressão constitucional. Outras filosofias e religiões tb tem seus espaços nas mídias, já assisti muitas.
    Quanto as crianças… brigo por elas, pois são influenciáveis e não podem ficar expostas e manipuladas por sacerdotes de missa negra (ativistas propagadores da ideologia de gênero)!
    À esses, todo o meu repúdio! Xô, gente asquerosa!

    • Quem é que “esculhamba” com a fé de hinduísta e muçulmana, indo em seus países fazer proselitismo religioso sabendo que não é permitido, para depois serem expulsos e se fazerem de vítimas, de coitadinhos? Quem é que vive se intrometendo na vida de homossexuais, fazendo oposição a que estas pessoas tenham seu direitos CIVIS e CONSTITUCIONAIS assegurados? Quem é que vive infernizando as pessoas que NÃO SÃO das igrejas ao querem impor normas e regras de falsa moral e conduta? Quem é que vive pondo preço no Evangelho e mercantilizando a graça de Deus? Ora, Mary, xô para os vendilhões fanáticos!

      E se tiver coragem e inteligência, leia isto e veja porque os evangelhos fanáticos foram expulsos da Índia e depois de tudo o que provocaram se fizeram de vítimas.

      ” Fundamentalistas cristãos-evangélicos são expulsos da Índia

      A presença proselitista de chamados “cristãos evangélicos”, ignorantes da cultura indiana, tem feito da tradicional convivência pacífica e de tolerância religiosa milenar da Índia um inferno sem precedentes. Sudheer Birokar comenta que, “A religião ‘hindu’ é única no sentido de que ela é a única maior religião hoje sobrevivente que acumulou uma contínua ligação com suas indistintas origens na antiguidade. O Hinduísmo não tem um fundador, nem dogmas de crenças, e jamais teve qualquer organização (instituição) que exercesse poder repressor sobre seus seguidores. Estas características diferenciadas estão na sua multiplicidade e diversidade. O termo Sanatana Dharma, o qual é usado para referir-se a esta ‘religião’, reflete o Seu caráter. Sanatana , significa, “contínuo”, “sucessivo”, etc. As religiões dos mesopotâmios, antigos gregos e romanos, eram muito semelhantes ao Hinduísmo. Mas quando elas foram substituídas pelo Islamismo e pelo Cristianismo, ambas se tornaram religiões distintas, calcadas no que chamam de ‘monoteísmo institucional'”.

      Desrespeitando totalmente hábitos milenares da cultura daquele povo, alguns que se vestem sob abrigo proselitista de uma “religião” que denominam de “cristã”, querem fazer à força a conversão de pessoas na Índia. Desconhecem as raízes, e os princípios básicos dos Direitos Humanos com relação a liberdade de crença e religião. Como alguém acha que pode ir numa outra cultura e impor a sua para os outros?

      A região de Orissa, recentemente, teve o mais notável dos abomináveis acontecimentos, que culminou na expulsão, por parte do governo indiano, de um grupo de intitulados evangélicos brasileiros da Igreja Universal. Não contentes com a forma proselitista e desrespeitosa que agiam, como o fato de chutarem as imagens de adoração locais como do Senhor Siva, Ganesha, Krishna, etc., chegaram à autoconclusão que o “problema da pobreza da Índia era devido `à má alimentação sem carnes de vaca”. De forma camuflada, colocaram carne de gado dentro da sopa que serviam aos miseráveis famintos – grande maioria resultado da trágica dominação inglesa dos últimos séculos. Ocorre que no conhecimento deste fato lamentável milhares de hindus se reuniram para protestar e exigir a expulsão dos fanáticos brasileiros. A expulsão deu-se em fevereiro de 2006, e contou com a resolução da Suprema Corte que se embasou na Constituição Federal e no Código Civil, que proíbem atitudes proselitistas por parte de qualquer grupo religioso.

      A imensa maioria do povo indiano é seguidora do Sanatana Dharma, a expressão mais pura e antiga da religiosidade, que está além de “religiões”, e quase todos adotam o vegetarianismo por opção, sendo que a carne de gado é considerada sagrada e não é comida jamais. A Índia é constituída de um povo que clama e age pelo princípio do Ahimsa ou não-agressão, que se aplica a tudo e a todos, tendo no gado vacuno, principalmente na vaca, um respeito como a segunda mãe, porque a vaca na Índia fornece a maior parte do combustível, além de ser declarada divina pelos textos védicos, os quais são os fundamentos do Sanatana Dharma, chamado pejorativamente de “hinduísmo” pelos Ocidentais de tradição judaico-cristã-islâmica.

      Para o seguidor do Sanatana Dharma, qualquer que seja a violência contra os seres e a natureza é abominável, o exemplo de “comer o corpo e beber o sangue” de um deus é totalmente abjeto para a filosofia da não agressão indiana. Contudo, atitudes que desrespeitam a cultura milenar da Índia, como o hábito de não comer carne de gado, não é tolerada, tendo frequentemente culminado com atos de violência em resposta ao desrespeito de fanáticos “cristãos”, principalmente brasileiros, que não se contentam com a sua própria fé e ignorância, achando que “os pobres indianos são ignorantes e pagãos, e um exemplo disso é o desconhecimento dos Evangélicos”, dizem alguns defensores do fundamentalismo evangélico brasileiro.

      Disfarçados em nomes de diferentes denominações de ajuda voluntária, a Igreja Universal e subderivações tem aderido outros fanáticos evangélicos que querem a toda ordem impor a sua cultura de consumo de carnes na Índia. Desconhecendo a realidade econômica-cultural da Índia, pensam ingenuamente que o consumo de carnes de vaca e a prática exógena de uma religião que prega a discórdia e a confusão, falsos “pastores” querem impor a sua forma de pensar no povo da Índia. Vendo como o mundo “cristão” tem agido através da história vemos com clareza que pregam tão somente a discórdia, ódio e desrespeito. Que religião é esta que não respeita a cultura de um povo e se coloca acima dos Direitos Humanos fundamentais, como liberdade de praticar sua própria religião no seu próprio país? Muito longe estão estes fanáticos brasileiros, até mesmo da Declaração dos Direitos Humanos, quem dirá sejam respeitadores das leis divinas da diversidade religiosa no mundo.

      Quando veem a população local reagindo contra as atitudes proselitistas e agressivas da cultura, os tais pastores e comunidade cristã colocam os seguidores da cultura milenar da Índia como sendo fanáticos. “Imagine alguém que é vegetariano ter a sua casa invadida por comedores da carne e obrigá-lo a comer a carne à força ou de modo dissimulado?”, contrargumenta Swami Krsnapriyananda, “é o mesmo que ir a Índia e impor uma cultura exógena a uma tradição milenar de não agressão para que coma carne de gado. Absurdo, ignorância e desrespeito”, conclui Sua Santidade.

      Apesar disso, o “neopentecostalismo” não é uma ameaça para a cultura da Índia. A resposta que estão recebendo do povo indiano irá ensinar a eles que religião não pode prescindir da cultura, nem sequer ser colocada à força, antes disso, deve ser praticada com amor e tolerância, principalmente mantendo o devido respeito ao local onde estão invadindo com ações de violência sem precedentes.

      O exemplo da expulsão da Igreja Universal está servindo para outros fanáticos evangélicos da Índia, o que irá, sem dúvida, eliminar os conflitos que desrespeitam os Direitos Humanos dos povos. Uma imensa cruzada mundial contra o proselitismo e violência de vilipêndio neopentecostal brasileiro está se formando no mundo inteiro, e todos estão convocados a defenderam o direito de não intromissão cultural na Índia.”

      Fonte: h#t#t#p#://#bharatanews.#blogspot#.com#.br#/2010/10/fundamentalistas-cristaos-evangelicos.#h#t#ml

      • Meu caro, se estão incomodando, burlando leis e gerando queixas em país que os acolheu, que sejam expulsos, ora! Mas, nem todos são assim.
        Aqui, tb, chegou um jihadista fazendo palestras em comunidades pobres e mesquitas, com o propósito de cooptar soldados para o EI. Tb será expulso!
        Mas, se vc sente medo deste país virar uma república evangélica, não se apoquente, não, providencie seu passaporte e vá para a Europa. Logo, logo ela será majoritariamente muçulmana, e, até o Papa Francisco será incomodado. Então, vc estará livre dos chatos, mercenários, fundamentalistas, fanáticos e ignorantes cristãos! Tá bom pra vc?

        • Não sinto medo do país virar um califado evangélico, e isso pelo simples fato que as forças intelectuais necessárias para a manutenção e avanço do país em todos os sentidos não são alienados religiosos ou pertencentes ao gueto evangélico fundamentalista, mas atuo, sim, com minhas forças intelectuais. para dar combate ao ativismo evangélico fundamentalista dominionista supremacista principalmente no Congresso Nacional, onde homens como Cunha e outros da bancada evangélica tentam avançar sobre os direitos CIVIS e CONSTITUCIONAIS da comunidade gay, e, agora, quer o Cunha entregar a Petrobrás para os lobos americanos, pois acha que, dessa forma, entregando o Brasil, salva seu mandato.

          • Sandro,
            Seu blá, blá, blá é sempre o mesmo. Quando no debate religioso, que vc combate com quatro pedras nas mãos, se sente apertado, apela para a política. Só, que, coitado, sempre segue o rumo torto da coisa. Se Eduardo Cunha cometeu crimes, deve pagar por eles e ser cassado, mas a presidente é que mandou para o congresso o projeto do pré sal, tirando da Petrobras a autonomia pela sua exploração. Faliram a empresa e agora buscam meios de salvar o que, ainda, dá!
            E, outra coisa, se é vegetariano, recebeu esse legado dos adventistas. Porquê não absorveu, a fé e o respeito pelos seus irmãos humanos? Irmãos animais… Aff.

          • Mary,

            se muitas vezes insisto nos mesmos temas é porque vocês, fundamentalistas, nos provocam justamente através deles.

            E em nenhum momento me sinto apertado, pois tendo sido já desse meio, desse gueto fundamentalista, sei muito bem as falácias e o “modus operandi” desses religiosos, pois apelam para falácias, pseudociência, teorias da conspiração, etc.

            E a questão do Eduardo Cunha é que ele tem o apoio não só da bancada dita (falsa) evangélica, mas de muitos outros da tal bancada BBB (boi, bíblia e bala), sendo que corre o comentário que muitos desses teriam recebido dinheiro de Cunha para suas campanhas.

            E eu não defendo a Dilma, defendo o trabalhismo e a Petrobrás, pois se a empresa foi vítima de corrupção – e foi – então o que deve ser feito é sanear a empresa, não entregar nosso maior tesouro para os grandes interesses internacionais. Se você tem uma casa, e ela apresenta problemas na estrutura, você reforma ela, não vende a preço de banana.

            Quanto ao vegetarianismo, eu conheci, sim, na IASD, mas depois, com o tempo, vi que o budismo, o hinduísmo, o jainismo e o siquismo também tratam do assunto, e muito aprendi com eles.

            Quanto ao respeito pelos seres humanos, tenho de sobra, mas é um fato que, enquanto os animais são inocentes, os seres humanos agem como parasitas que destroem o próprio meio em que vivem, e o mundo não corre risco por conta dos irmãozinhos animais, mas do ser humano que destroi a obra de Deus, que é a terra, a natureza e os animais.

  28. Vejam como evangélicos fundamentalistas pentecostais e neopentecostais vivem de infernizar a cultura e a religião de outros países, indo até lá para afrontá-los, pois, não satisfeitos em extorquir os crentes na América – já que na Europa não são ouvidos -, pensam que podem ir em qualquer lugar do mundo com a desculpa esfarrapada de pregar o Evangelho, e, depois de pintar e bordar, sendo com justiça expulsos, vêm fazer, com o cinismo e a hipocrisia que tão bem os caracterizam, carinhas de vítimas e coitadinhos oprimidos e perseguidos. Leiam, vocês não vão se arrepender:

    ” Fundamentalistas cristãos-evangélicos são expulsos da Índia

    A presença proselitista de chamados “cristãos evangélicos”, ignorantes da cultura indiana, tem feito da tradicional convivência pacífica e de tolerância religiosa milenar da Índia um inferno sem precedentes. Sudheer Birokar comenta que, “A religião ‘hindu’ é única no sentido de que ela é a única maior religião hoje sobrevivente que acumulou uma contínua ligação com suas indistintas origens na antiguidade. O Hinduísmo não tem um fundador, nem dogmas de crenças, e jamais teve qualquer organização (instituição) que exercesse poder repressor sobre seus seguidores. Estas características diferenciadas estão na sua multiplicidade e diversidade. O termo Sanatana Dharma, o qual é usado para referir-se a esta ‘religião’, reflete o Seu caráter. Sanatana , significa, “contínuo”, “sucessivo”, etc. As religiões dos mesopotâmios, antigos gregos e romanos, eram muito semelhantes ao Hinduísmo. Mas quando elas foram substituídas pelo Islamismo e pelo Cristianismo, ambas se tornaram religiões distintas, calcadas no que chamam de ‘monoteísmo institucional’”.

    Desrespeitando totalmente hábitos milenares da cultura daquele povo, alguns que se vestem sob abrigo proselitista de uma “religião” que denominam de “cristã”, querem fazer à força a conversão de pessoas na Índia. Desconhecem as raízes, e os princípios básicos dos Direitos Humanos com relação a liberdade de crença e religião. Como alguém acha que pode ir numa outra cultura e impor a sua para os outros?

    A região de Orissa, recentemente, teve o mais notável dos abomináveis acontecimentos, que culminou na expulsão, por parte do governo indiano, de um grupo de intitulados evangélicos brasileiros da Igreja Universal. Não contentes com a forma proselitista e desrespeitosa que agiam, como o fato de chutarem as imagens de adoração locais como do Senhor Siva, Ganesha, Krishna, etc., chegaram à autoconclusão que o “problema da pobreza da Índia era devido `à má alimentação sem carnes de vaca”. De forma camuflada, colocaram carne de gado dentro da sopa que serviam aos miseráveis famintos – grande maioria resultado da trágica dominação inglesa dos últimos séculos. Ocorre que no conhecimento deste fato lamentável milhares de hindus se reuniram para protestar e exigir a expulsão dos fanáticos brasileiros. A expulsão deu-se em fevereiro de 2006, e contou com a resolução da Suprema Corte que se embasou na Constituição Federal e no Código Civil, que proíbem atitudes proselitistas por parte de qualquer grupo religioso.

    A imensa maioria do povo indiano é seguidora do Sanatana Dharma, a expressão mais pura e antiga da religiosidade, que está além de “religiões”, e quase todos adotam o vegetarianismo por opção, sendo que a carne de gado é considerada sagrada e não é comida jamais. A Índia é constituída de um povo que clama e age pelo princípio do Ahimsa ou não-agressão, que se aplica a tudo e a todos, tendo no gado vacuno, principalmente na vaca, um respeito como a segunda mãe, porque a vaca na Índia fornece a maior parte do combustível, além de ser declarada divina pelos textos védicos, os quais são os fundamentos do Sanatana Dharma, chamado pejorativamente de “hinduísmo” pelos Ocidentais de tradição judaico-cristã-islâmica.

    Para o seguidor do Sanatana Dharma, qualquer que seja a violência contra os seres e a natureza é abominável, o exemplo de “comer o corpo e beber o sangue” de um deus é totalmente abjeto para a filosofia da não agressão indiana. Contudo, atitudes que desrespeitam a cultura milenar da Índia, como o hábito de não comer carne de gado, não é tolerada, tendo frequentemente culminado com atos de violência em resposta ao desrespeito de fanáticos “cristãos”, principalmente brasileiros, que não se contentam com a sua própria fé e ignorância, achando que “os pobres indianos são ignorantes e pagãos, e um exemplo disso é o desconhecimento dos Evangélicos”, dizem alguns defensores do fundamentalismo evangélico brasileiro.

    Disfarçados em nomes de diferentes denominações de ajuda voluntária, a Igreja Universal e subderivações tem aderido outros fanáticos evangélicos que querem a toda ordem impor a sua cultura de consumo de carnes na Índia. Desconhecendo a realidade econômica-cultural da Índia, pensam ingenuamente que o consumo de carnes de vaca e a prática exógena de uma religião que prega a discórdia e a confusão, falsos “pastores” querem impor a sua forma de pensar no povo da Índia. Vendo como o mundo “cristão” tem agido através da história vemos com clareza que pregam tão somente a discórdia, ódio e desrespeito. Que religião é esta que não respeita a cultura de um povo e se coloca acima dos Direitos Humanos fundamentais, como liberdade de praticar sua própria religião no seu próprio país? Muito longe estão estes fanáticos brasileiros, até mesmo da Declaração dos Direitos Humanos, quem dirá sejam respeitadores das leis divinas da diversidade religiosa no mundo.

    Quando veem a população local reagindo contra as atitudes proselitistas e agressivas da cultura, os tais pastores e comunidade cristã colocam os seguidores da cultura milenar da Índia como sendo fanáticos. “Imagine alguém que é vegetariano ter a sua casa invadida por comedores da carne e obrigá-lo a comer a carne à força ou de modo dissimulado?”, contrargumenta Swami Krsnapriyananda, “é o mesmo que ir a Índia e impor uma cultura exógena a uma tradição milenar de não agressão para que coma carne de gado. Absurdo, ignorância e desrespeito”, conclui Sua Santidade.

    Apesar disso, o “neopentecostalismo” não é uma ameaça para a cultura da Índia. A resposta que estão recebendo do povo indiano irá ensinar a eles que religião não pode prescindir da cultura, nem sequer ser colocada à força, antes disso, deve ser praticada com amor e tolerância, principalmente mantendo o devido respeito ao local onde estão invadindo com ações de violência sem precedentes.

    O exemplo da expulsão da Igreja Universal está servindo para outros fanáticos evangélicos da Índia, o que irá, sem dúvida, eliminar os conflitos que desrespeitam os Direitos Humanos dos povos. Uma imensa cruzada mundial contra o proselitismo e violência de vilipêndio neopentecostal brasileiro está se formando no mundo inteiro, e todos estão convocados a defenderam o direito de não intromissão cultural na Índia.”

    Fonte: h#t#t#p#://#bharatanews.#blogspot#.com#.br#/2010/10/fundamentalistas-cristaos-evangelicos.#h#t#ml

    • Sandro!
      Que a IURD e assemelhadas são igrejas falsas, não há dúvida.
      Agora, dar crédito para uma religião que idolatra até a Vaca, rsrsrs….é muita imbecilidade, por isso, não posso contestar que chamem a VACA de mãe, pois, verdadeiramente são uns Filhos da Vaca, kkkkkkkkk…
      Entretanto, gostei do termo SANATANA, acho que vou pra lá, vou induzi-los a retirar a quarta letra da palavra e logo vou virar o “deus” deles, kkkkkkkkkkkk….. afinal, se até o Levi diz ser um “deus”.
      E,como o “deus” da Índia, vou liberar a comilança das vacas, não abro mão de comer a mãe deles, kkkkkkkkkkk…

      • Wanderlei Santanta,

        vejo, pelo seu comentario ignorante da cultura religiosa e social védica, que você não é um intelectual e nem mesmo alguém minimamente informado, já que os hinduístas não “adoram” as vacas, mas as têm em grande respeito e consideração por serem elas, no dizer do Mahatma Gandhi, a segunda mãe da humanidade, pois são as vacas que alimentam, com seu leite, os seres humanos depois que eles desmamam de suas mães biológicas. E os bois representam, naquele país ainda tão dependente da lavoura antiga, da força de trabalho desses animais pacíficos e fortes. Os hindus não são como os ocidentais comedores de carne e cruéis para com os animais, ocidentais que sugam todo o leite das vaquinhas e quando estas não podem mais, em razão de idade ou doença, produzir leite, as enviam para o matadouro e, como carniceiros que muitas vezes são, devoram seus restos mortais.

        Então não me admira que você coma as vacas, já que você não tem nem amor, nem compaixão em seu coração, mas se alimenta como uma hiena.

        Outra coisa, você, que tanto falou aqui da importância de uma boa compreensão e exercício correto da língua, deveria saber que sanatana é uma transcrição de expressão do hindi, e é expressão sagrada, muito longe do que você imaginou, até porque os hindus não creem no capeta que vocês, envangélicos, vivem sempre desafiando para suas pantomimas.

        • “Haverá um tempo em que os seres humanos se contentarão com uma alimentação vegetariana e julgarão a matança de um animal inocente da mesma forma como hoje se julga o assassino de um homem.”
          Leonardo da Vinci

          “Se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos. Nós nos sentimos melhores com nós mesmos e melhores com os animais, sabendo que não estamos contribuindo para o sofrimento deles.”
          Paul e Linda McCartney

          “Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens.”
          Alice Walker

          “Nada beneficiará tanto a saúde humana e aumentará as chances de sobrevivência da vida na Terra quanto a evolução para uma dieta vegetariana. A ordem de vida vegetariana, por seus efeitos físicos, influencá o temperamento dos homens de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da Humanidade.”
          Albert Einstein

          “Enquanto o homem continuar a ser o destruidor dos seres animados dos planos inferiores, não conhecerá a saúde nem a paz. Enquanto os homens massacrarem os animais, eles se matarão uns aos outros. Aquele que semeia a morte e o sofrimento não pode colher a alegria e o amor.”
          Pythagoras

          É fácil nos posicionar sobre um assunto remoto, mas revelamos nossa verdadeira natureza quando o assunto bate à nossa porta. Protestar contra touradas na Espanha ou o assassinato de foquinhas no Canadá e continuar comendo frangos que passaram a vida toda apinhados em gaiolas, ou carne de vitela de bezerros que foram separados da mãe, de deitar-se com suas pernas estendidas é o mesmo que denunciar o apartheid na África do Sul e ao mesmo tempo pedir a seus vizinhos que não vendam a casa a negros.”
          Peter Singer

          “Ser vegetariano é estar sempre em boa companhia, com gente leal, culta, ecológica, fiel e espiritualizada.”
          Swami Vyaghrananda

          “Ser vegetariano é viver uma vida de paz, saúde e longevidade.”
          Sócrates, filósofo grego

          “Você acabou de jantar, e por mais que o matadouro esteja escrupulosamente longe dos olhos, a quilômetros de distância, ainda haverá cumplicidade,”
          Ralph Waldo Emerson, The Conduct of Live, 1860

          “Feliz seria a terra se todos os seres estivessem unidos pelos laços da benevolência e só se alimentassem de alimentos puros, sem derrame de sangue. Os dourados grãos que nascem para todos dariam para alimentar e dar fartura ao mundo.”
          Buda

          “Eu sou a favor dos direitos animais bem como dos direitos humanos. Essa é a proposta de um ser humano integral.”
          Abraham Lincoln

          “Eu não tenho dúvidas de que é parte do destino da raça humana, na sua evolução gradual, parar de comer animais.”
          Henry David Thoreau

          “Deveríamos ser capazes de recusar-nos a viver se o preço da vida é a tortura de seres sensíveis.”
          Mahatma Gandhi

          “Sinto que o progresso espiritual requer, em uma determinada etapa, que paremos de matar nossos companheiros, os animais, para a satisfação de nossos desejos corpóreos.”
          Mahatma Gandhi

          “Os vapores das comidas com carne obscurecem o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.”
          São Basílio

          “Como rei, esforcei-me para impedir o dano a criaturas vivas e renunciei a ter grande número de caçadores e pescadores e às caçadas a que se entregam outros governantes.”
          Rei Asoka

          “Os vegetais constituem alimentação suficiente para o estômago e, no entanto, recheamo-lo de vidas valiosas.”
          Sêneca

          “O comer carne é a sobrevivência da maior brutalidade; a mudança para o vegetarianismo é a primeira consequência natural da iluminação.”
          Leon Tolstoy

          “Não importa se os animais são incapazes ou não de pensar. O que importa é que são capazes de sofrer.”
          Jeremy Bentham

          “A compaixão pelos animais está intimamente ligada à bondade de caráter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem.”
          Arthur Schopenhauer

          “Os animais dividem conosco o privilégio de ter uma alma.”
          Pythagoras

          “Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”
          São Francisco de Assis

          “Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais (…) os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”
          Charles Darwin

          “A não-violência leva-nos aos mais altos conceitos de ética, o objetivo de toda evolução. Até pararmos de prejudicar todos os outros seres do planeta, nós continuaremos selvagens.”
          Thomas Edison

          “Para mim, não amar os pássaros e todos os animais seria não amar a Deus. Pois seus filhos são pássaros e animais tanto quanto os seres humanos.”
          Sadhu Vaswani

          “Minha doutrina é esta: se nós vemos coisas erradas ou crueldades, as quais temos o poder de evitar e nada fazemos, nós somos coniventes.”
          Anna Sewell

          “Os animais são os únicos seres realmente inocentes que são condenados a prisão perpétua, sessões de tortura e a pena de morte”
          Anônimo

          • A monstruosidade dos seres humanos contra nossos irmãos animais é retratada de forma absolutamente real e de causar profunda tristeza e derramar lágrimas neste documentário:


            Assine o Canal
          • Você encheu de citações que nada mudam a Palavra de Deus.
            1 Cor. 10:25 – “Comei de tudo quanto se vende no açougue, sem perguntar nada,…”
            Vou continuar comendo meu churrasquinho de vaca numa boa. rsrsrs….

          • Nossos irmão animais!!!!!
            Você pirou de vez, responda por vc, irmão de animais, rsrsrs….
            No passado Deus criou algumas restrições sobre quais animais poderiam ser comidos, veja;
            “Estes são os animais que comereis: o boi, a ovelha, e a cabra”. (Deuteronômio 14:4).
            Depois como já citei em comentário anterior, liberou geral.
            Não fosse assim e, seguindo seu raciocínio, hoje estaríamos comendo os irmãos, rsrsrs… Ou seja, somos réus do crime de fratricida, com a agravante de canibalismo. rsrsrsrs…
            Sandro, viajando na maionese.
            Se bem que, nesse troca-troca que vc vive, um irmão come o outro. kkkkkkk…

          • Paulo também disse: “bom é não comer carne, nem beber vinho”, e Tiago disse “que aquele que sabe fazer o bem e não faz, comete pecado”. O mais importante, como disse Buda, é ter um coração compassivo, e tendo um coração compassivo, disse o Buda da grande compaixão, é impossível comer carne.

          • O comer carne, segundo a Bíblia, é resultado do pecado, pois quando Deus criou o mundo, deu a alimentação vegetariana, como vemos em Gênesis 1:29

            “Disse Deus: “Eis que dou a vocês todas as plantas que nascem em toda a terra e produzem sementes, e todas as árvores que dão frutos com se­mentes. Elas servirão de alimento para vocês.”

            E você esta completamente errado, pois a maior parte dos alimentos vegetais e das terras cultiváveis são utilizados para alimentar gado de corte, sendo que para cada 10 kilos de vegetais que um boi come ele devolve apenas 500 gramas de carne. Mesmo asssim, a carne custa caro, e as pessoas comem mais vegetais e grãos. Se todo o mundo fosse vegetariano, haveria imensamente mais alimento na terra, as pessoas seriam mais saudáveis, sábias, pacíficas, compassivas e amorosas, pois o vegetarianismo é alimentação no modo da bondade, ao passo que o comer carne é alimentação no modo da ignorância, e que gera paixões degradadas e violentas.

        • Cê tá muito nervosa hoje Sandrinha, rsrsrs….brigou com o namorado?
          Que!!! Cultura religiosa e social védica! kkkkkkkkkkkkkkkk…me poupe, acha que eu iria perder tempo com bobagens desse tipo, um povo idiota que esta morrendo de fome e não come a mãe vaca. kkkkkkkkkkkkk
          Vocês evangélicos! Eu não sou evangélico e, vc sabe muito bem que vivo a combater os Malafaias da vida que exploram o povo. Eu, me declaro seguidor de Cristo, o resto é falácia e doutrina de demônios.
          Pelo visto vc é vegetariano, mas, contraditoriamente, adora uma linguiça. rsrsrsrsrs….

          • Wanderlei,

            hoje estou mesmo irado, e por conta das diatribes intelectuais de fanáticos que conspiram contra a felicidade da comunidade gay, sendo que agora estão conspirando também contra a Petrobrás, pretendendo entregar o maior patrimônio do Brasil, e não, não briguei com meu lindo e querido namorado, muito pelo contrário, pois dormimos, como sempre, abraçadinhos e curtindo o friosinho e a chuva que esta caindo aqui em Curitiba.

            Cara, das muitas coisas que aprendi na faculdade de História, uam delas é a importância de estudar a cultura dos povos com a melhor isenção possível, considerando sempre o relativismo cultural. Como você não leu nada sobre o vaisnavismo que não seja material apologista panfletário de crentes doidos, você tem da cultura védica apenas a visão popular supersticiosa e ignorante da realidade.

            Eu estudei e continou estudando o cristianismo, o hinduísmo, o budismo, o siquismo, o jainismo, entre outras grandes religiões, e como não sou evangélico, mas um livre pensador que adora a Deus sem estar vinculado a nenhuma organização humana, eu sou livre para tudo ler e examinar com isenção de ânimo e sem ser tolhido por ideologias pentecostais fanáticas.

            Todas essas religiões tem seus problemas, sim, mas todas elas tem preciosas gemas de verdade e de grande elevação espiritual, sendo que vamos encontrar, no Santanta Dharma, a expressão mais antiga e pura da espiritualidade, pois se a África é, no dizer dos cientistas, a origem da humanidade, a sagrada Índia é o berço da humanidade. Muito antes de haverem hebreus e cristãos já havia a culura védica, cultura que produziu pérolas espirituais plagiadas, mais tarde, por beligerantes religiosos abraâmicos.

            E, sim, eu sou vegetariano convicto e que luto muito pelos direitos dos irmãos animais, e a “linguiça” que eu gosto não é fruto da dor e do sofrimento dos animais, mas é aquilo que sua esposa ou namorada também gosta e se lambuza rsrsrs

          • Errata: onde se lê:

            “pois se a África é, no dizer dos cientistas, a origem da humanidade, a sagrada Índia é o berço da humanidade.”

            leia-se:

            “pois se a África é, no dizer dos cientistas, a origem da humanidade, a sagrada Índia é o berço da ESPIRITUALIDADE.”

    • Sandro, o mesmo fenômeno se observa no Brasil. Qualquer reação contrária à investida evangélica é taxada de ativismo gay. Imagino que a prosperidade dos gays deva incomodar os pagadores de dízimos. Como pode uma “abominação” progredir enquanto os escolhidos não saem da merd@? É o caso da faxineira do meu prédio, dizimista há mais de 10 anos. No meu prédio tem outros gays, todos com bom nível sociocultural, bom emprego, carro e apartamento próprio. Já a evangélica continua indo trabalhar de buzão e pagando aluguel. É isso que incomoda esses fanáticos evangélicos.

        • VANESSA

          Olá, minha amiga!
          Como podem existir gays faxineiros?
          Eles não tem alto padrão de vida?
          Não tem inteligência acima da média?
          Ora, quem faz faxina pros outros, é porque não conseguiu coisa melhor.
          Com inteligência a pessoa passa num concurso de nível superior, tipo a cobiçada Receita Federal.
          Não fica a vida inteira dando duro pra ganhar uma merreca, pegando busão lotado, trabalhando sábado e domingo, como nos shoppings onde a gente vai passear nos fins de semana.
          Dá vontade de perguntar pro Claudio o que ele faz na vida…
          Deve estar atendendo no balcão de uma loja ou limpando o chão.

          LIAR LIAR PANTS IN FIRE

          “mentira tem perna curta”.

          • Percentualmente falando, Mariana, os gays são, de fato, mais bem sucedidos, mas isso não significa que todos os gays o sejam. Ademais, você não deveria falar nos termos em que o fez em relação aos que exercem trabalhos menos remunerados, pois, além de não podermos julgar as pessoas – seus motivos, suas experiências de vida – o fato é que todas as profissões são importantes e todos os seres humanos são importantes.

          • Espere aí, gente.

            Pensei que o ser humano fosse respeitado pelas suas escolhas, pobre ou rico, religião a ou b, casado ou solteiro, nunca pelo que possuem, nunca pela estética externa que apresenta.

            Quantas pessoas são encontradas em praias deste país afora se dizendo satisfeitas com o pouco, pois antes a paz não reinava, em síntese, fugindo do stres da vida como compromissos, horários, cobranças, poses, demonstração do ser, demonstração de inteligência.

            O sábio busca aquilo que convém à alma, à carne, à família, e de preferência interferindo positivamente na comunidade social.

            Cristo não era um homem estressado, e veio num tempo sem esse vício tão aflorado. Não somos o que somos que possuímos e nem o que adquirimos, sim o que escolhemos visando viver esse pequeno estalo da existência aqui.

            Não somos daqui, então pra que a pressa e manifesta vontade de demostrar ao outro o que não somos e nem possuímos.

      • De fato, Cláudio, percentual e relativamente falando, os gays são mais bem situados economicamente, e são também mais inteligentes. Alguns teorizam que por sofrermos tanta perseguição nos tornamos mais fortes, corajosos e melhor preparados. Curiosamente, os judeus, que sempre foram e ainda são perseguidos, constituiem o país que mais conseguiu prêmios nobéis, e se destacam em todas as áreas mesmo vivendo cercados por extremistas.

        Observe, ainda, que não são exatamente os muitos e humildes crentes que nos oprimem, mas eles têm sido massa de manobra nas mãos de vendihões e políticos corruptos que nos usam, os gays, como instrumento exatamente como Hitler usou os judeus. Esses cães gulosos e raivosos nos apresentam como inimigos de Deus e do povo para, em seguida, aparecerem como os heróis que denunciam as ações dos “pérfidos gays” (era assim que a ICAR se referia aos judeus) e estariam salvando a família e a nação de nós. Com isso, as maldades desses homens vai sendo camuflada por ser a atenção desviada para os gays, e eles vão tendo mais poder, dinheiro, fama e luxo.

        Aí quando denunciamos seus intentos malignos, eles atribuem a nós aquilo que eles mesmo fazem, ou seja, o impor mordaças, pois são eles que não querem que sejamos livres, que tenhamos direitos e que possamos nos expressar. Mas felizmente as maiores potências do mundo, incluindo os EUA, estão a nosso favor, e a sociedade sabe muito bem quem são esses fundamentalistas cínicos, hipócritas, homofóbicos e amantes do dinheiro.

    • SANDRO

      É verdade que a IURD foi expulsa da Índia?
      Se é, tava demorando…
      E devia a moda pegar e expulsarem do mundo inteiro os cães gulosos da teologia da pro$peridade finan$$eira.
      Eles vão lá, vêem as imagens de Shiva e Ganesh, Brahma e Krishna e já vão dizendo que os hindus são idólatras.
      Quando os “cristãos” chegaram à América no século XVI, intimaram os nativos a adorar a cruz, símbolo do cristianismo, só que eles nunca ouviram falar de Jesus e protestaram contra essa intromissão, ouvindo em resposta que eram “idólatras”.
      Jesus, o príncipe da paz, teve sua Palavra pregada com arcabuzes engatilhados.
      Eu queria ver esses valentes IURDiotas irem fazer suas estrepolias no Iraque, Irã, Afeganistão, Paquistão, Arábia ou no norte da África.
      Eles teriam muita sorte se fossem só expulsos, porque os muçulmanos não brincam em serviço, não é como aqui que tem pa$tor que chuta a imagem de Maria e fica por isso mesmo.
      Se os idiotas chutam imagens de Krishna, por que não ofendem o nome de Maomé?
      Porque sabem que o atrevimento pode (e vai…) custar caro.

      • Foram expulsos, sim, Mariana. Não sei se conseguiram voltar depois do que provocaram em Orissa, pois a população local se revoltou muito. Aliás, outros países estão também expulsando os vendilhões do Evangelho, e fazendo o trabalho que Jesus fez e que a membrezia toda das igrejas evangélicas não tem feito, pois eu fui expulso por ser gay, mas os ladrões permanecem.

        E, olha, parabéns pelas ponderações que você fez em seu comentário, principalmente ao contrastar o tratamento que deram aos pacíficos hindus ao vilipendiarem as imagens sacras e, ao mesmo tempo, ficarem quietinhos quando se trata do Islã. Na Índia ninguém pode fazer proselitismo religioso, pois sendo milhares de religiões, isso poderia gerar confusão e até violência, pois o tipo fanático existe em toda religião. Ora, mesmo sabendo que não pode fazer proselitismo, os membros da IURD e de outras igrejas foram lá justamente para afrontar a lei do pais. O cristianismo já esta presente na Ìndia há muitos séculos, e os cristãos que lá estão sempre conviveram bem com os hindus, mas bastou chegar os dinheiristas neopentecostais e a confusão começou.

        • Sandro,

          Só por curiosidade em face do que você falou.

          A Índia não permite proselitismo religioso.

          Bom, então todas as religiões de lá, não há entre elas nada em comum que possa ser interpretado como proselitismo entre elas ou são contrários aos novos cultos ou aos cristãos em si. Minha indagação não tem nada haver com o episódio com a Iurd, apenas pra que eu possa compreender suas palavras acima, afinal esse povo vida até recentemente com os do Islão, somente, sendo que os desta religião formaram um estado, o Paquistão, e do que sei, tal divisão tendo como epicentro os atritos religiosos entre si.

          Gostaria de ouvir mais sobre eles, hindus, do seu ponto de vista, evidentemente em consonância com a verdade histórica desse povo, não esperando,pois, outra coisa de você,, meu caro.

          • Levi Varela,

            na Índia há, de fato, uma lei nacional proibindo o proselitismo – não o mudar de religião, pois há liberdade religiosa -, pois com um caldo cultural religioso tão imenso e diversificado, já foi suficientemente demonstrado que os ânimos da população se agitam quando, através de proselitismo, há pressão pela conversão e, em consequência, desrespeito à outras crenças. Como sabemos, as religiões abraâmicas, tem essa cultura de proselitismo, sendo os mais agressivamente proselitistas os islâmicos. O cristianismo esta presente na Índia há muitos séculos, e até mesmo no próprio hinduísmo, onde Jesus é adorado como um avatar, uma manifestação de Deus na terra. Para entender melhor a religião hindu, eu tenho consultado suas próprias obras (existem muitos sites, e também canais no youtube, como o canal vedanta108), e não me atenho ao que fundamentalistas abraâmicos dizem, pois estes distorcem gravemente a religião eterna, como é conhecido o hinduísmo, sendo que o hinduísmo não é propriamente uma religião, mas uma designação para um grande leque de religiões que seguem as sagradas Escrituras Védicas. Você pode começar ouvindo o Bhagavad Gita áudio em português, pois trata-se de uma das mais queridas escrituras sagradas dos vaisnavas, ou seja, que reconhecem em Krishna uma manifestação de Deus na terra, o Deus que o Rig Veda, escrito milhares de anos antes do Evangelho, chama de “verbo” ou “palavra”, como seja

            “No começo era Brahman; com ele estava Vâk, a Palavra; e a Palavra é Brahman. … No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” (Rig Veda)

            Segue um vídeo muito bom onde se esclarece qual o conhecimento mais elevado


            Assine o Canal
        • Sandro,

          Só por curiosidade em face do que você falou.

          A Índia não permite proselitismo religioso.

          Bom, então todas as religiões de lá, não há entre elas nada em comum que possa ser interpretado como proselitismo ou eles são contrários aos novos cultos ou aos cristãos em si?

          Minha indagação não tem nada haver com o suposto episódio com a Iurd, apenas para que eu possa melhor compreender suas palavras acima.

          Esse povo até recentemente vivia em comum com os do Islão, sendo que os desta religião findaram por formar um estado vizinho, o Paquistão, e do que se sabe, a tal divisão teve como epicentro os constates e sanguinários atritos religiosos entre si, bem assim com diferenças entre a forma de atuar contra o império britânico lá instalado.

          Gostaria de ouvir mais sobre eles, os hindus, do seu ponto de vista, evidentemente em consonância com a verdade histórica desse povo, não esperando,pois, outra coisa de você, meu caro.

          • Levi Varela,

            os vaisnavas não são contra os cristãos, sendo que o cristianismo esta presente na Índia já fazem muitos séculos. O problema de certos assim chamados evangélicos que vão a Índia, é essa forma de proselitismo agressivo que usam, a pressão que exercem sobre os fiéis hinduístas, o desrespeito às imagens sacras, o desprezo pelo vegetarianismo, a afirmação que para agradar a Deus tem de virar evangélico, etc. Os muçulmanos também muitas vezes incomodaram muito os hinduístas.

            O fato é que o Sanatana Dharma não força ninguém a ser membro da mesmo, sendo que no Rig Veda esta escrito “Deixai o conhecimento da Verdade advir de todos os lados”.


            Assine o Canal
        • SANDRO

          Já ouviu falar do povo Nauatle?
          Eles são muito conhecidos, mas por outro nome: ASTECAS, que era como os espanhóis os chamavam, nome emprestado de outra tribo.
          (
          Aqui havia um povo indígena que se intitulava PITI GUARA, “senhor do vale”, mas os seus inimigos os chamavam de POTI GUARE, “comedor de camarão” e passaram isso aos portugueses e eles ficaram conhecidos na história pelo nome de escárnio, até hoje o natural do Rio Grande do Norte é chamado de “potiguar”.
          )
          Mas voltando aos nauatle-astecas, quando chegaram os espanhóis, eles conseguiram destruir uma civilização milenar.
          Onde viam ídolos, imagens de deuses como Quetzacotle, eles os derrubavam e convertiam gente à força, de espada na mão.

          Quem não era cristão era um herege, merecia a morte.
          Quando os cristãos matavam os “hereges”, eles o faziam alegando que as almas deles já estavam perdidas, por isso não demonstravam culpa no cometimento dos massacres.

          Enquanto isso, os reis “católicos” de España rejubilavam-se com a notícia que havia milhões de cristãos a mais e ainda mais com a imagens dos navios que vinham carregados com um metal amarelo que os nativos usavam como enfeite, parecendo não saber para que servia.

          • Esse um dos motivos pelos quais os abraâmicos causam tanta revolta na Índia: seu proselitismo e desrespeito para com outras culturas e religiões.

  29. Os pulhas vendilhões do Evangelho, políticos corruptos em nome de Jesus, fiscalizadores compenetrados de cus de gays, e toda a caterva de alienados que, como lacaios que são, os apoiam, aplaudem e enriquecem, são por mim desafiados a explicar o que segu:

    todos esses propagadores da teologia da prosperidade e cobradores de dízimos dizem que o “devolver” dos dízimos trás prosperidade para os que assim fazem regularmente.

    Entretanto, se assim fosse, então por que, ao passo que os líderes evangélicos a cada dia que passa enriquecem um pouco mais, os crentes da membrezia, principalmente em paízes miseráveis como a Etiópia e o Haiti, continuam sempre pobres, sendo que, como me contou um pastor missionário adventista que esteve na Africa, “quase nem roupas os nossos irmãos tem para vestir”, pois a pobreza é geral, atingindo a quase todos por igual. Ao contrário do que dizem ladrões do Templo, chacais do Evangelho, Jesus não prometeu riqueza para ninguém, e não há garantia nenhuma de que dando dizimos e ofertas haverá prosperidade, pois, se fosse assim, bastaria um governo instituir uma lei obrigando o pagamento de dízimos para igrejas e pastores vagabundos que vivem do suor alheio e – krabuuummmmm! – como num passe de mágica haveria riqueza nesses países. Tudo o que a realidade mostra são crentes prosperando em países onde há trabalho e salário justos, e passando agruras em países miseráveis.

    Outro dia ouvi o testemunho de uma crentolóide tonta dizendo que por dar o dízimo para o pastor cuzão Deus deu a ela uma casa enviando um anjo. Só que o “anjo” era um corretor de imóveis, e o Deus era o programa minha casa, minha vida. Vão tudo tomar no cu, seus acéfalos com suas crenças imbecilizantes e seu fiscalizar de cu alheio!

    • E agora vou me retirar para orar, pois esses pilantras, safados, simoníacos do satanás desafia a paciência até do monge budista mais zem do mundo. Misericórdia, Senhor, que ninguém merece! Perdão pelos palavrões que eu disse algumas vezes, mas se até Nosso Senhor Jesus Cristo perdeu a paciência com os vendihões do Templo, as aves de rapina da casa de Deus, quem dirá um pobre e simples humano como eu!

    • SANDRO

      Olá, mestre!
      Digo isso porque cada vez que vejo um seu escrito, parece-me estar diante de um venerável sábio.
      De fato, se dizimar já garante a salvação e o céu, Jesus veio fazer o que?
      Não precisaríamos de um salvador!

      A verdade: Deus não é banqueiro, que recebe o valor X e devolve com juros…
      Dizem que quanto mais você der, mais receberá em troca.
      Ora, se a pessoa dá dinheiro esperando algo em troca, isso não é oferta, isso se chama investimento, e se a pessoa aplica cem mil reais receberá rendimentos maiores do que se der dez mil.

      Não vemos na Bíblia Jesus prometendo grandes valores na conta bancária, imóveis, carros de luxo, relógios de ouro a quem o seguir.
      Paulo e Pedro, depois de divulgarem os ensinamentos do Cristo, receberam como recompensa o martírio.

      Jesus ainda falou a um que queria ser seu discípulo, para vender seus bens e então poderia seguí-lo, o homem deu meia volta e se foi, porque era muito rico e não queria se desfazer de suas posses.
      A advertência de UM versículo de Malaquias foi endereçada aos judeus, aquela parte que fala do fiel “roubar de Deus, nos dízimos e nas ofertas” e que seriam amaldiçoados.
      Deus não precisa de dinheiro, coisa material.

      Jesus ainda disse “não vos afadigueis pela posse do ouro, que o ladrão rouba e a traça corrói, mas ajuntai um tesouro no céu e realmente sereis felizes” e também “buscai primeiro o reino de Deus e todas as demais coisas lhes serão adicionadas.
      O “Deus” que se enraivece por não receber dinheiro e envia maldições por causa de filhos seus que estariam “roubando” É AQUELE DO ANTIGO TESTAMENTO.
      Procure na Bíblia onde aparece um cristão dizimando…
      Não achou?
      É porque não existem!

      Se o dinheiro fosse mesmo para Deus eu daria, não dou porque sei que não é.
      E olha essa: o dízimo bíblico era pago em alimentos, produtos da agricultura e pecuária e servia para o sustento dos levitas, que não tinham renda e serviam no templo.
      “A TRIBO DE LEVI NÃO TERÁ HERANÇA EM ISRAEL, O SENHOR É SUA HERANÇA”.

      Além disso, o dízimo verdadeiro servia para distribuição entre os pobres.
      Se tiver aqui no G+ um evangélico, faço o seguinte desafio:
      Pergunte ao seu pa$tor ou bi$po se ele aceita dízimo em alimentos…
      E se ele distribui a arrecadação entre os pobres.
      E onde estão o templo e os levitas, únicos autorizados a recolher os dízimos.
      Dependendo da “empreja” (empresa + igreja) você será expulso e nem precisa ser gay.

      • Querida Mariana,

        as palavras com que você inicia seu comentário – pelas quais sou muito grato – não me envaidecem, absolutamente, mas me desafiam a continuar no caminho da realização espiritual e buscando, nas claríssimas luzes que emanam de toda expressão religiosa fidedigna, a iluminação de minha alma, de meu espírito. Logo em seguida, você expõe com grande sabedoria o fato ineludível de que a graça, os dons e a salvação de Deus não têm preço, são gratuitas e disponíveis em abundância para todos. fico muito feliz, alma querida, que tenhamos a mesma visão em assuntos tão importantes no caminho da realização de Deus. E que bom que você voltou ao debate das ideias, pois somente através do diálogo e que poderemos mudar um pouco a realidade em busca da paz.

    • SANDRO

      Em lugares muito pobres como o Haiti e muitos países da África, até lá vão os cães gulosos tomar o pouco que eles têm para sobreviver, nem é viver, é sobreviver mesmo, lugares que sofrem os flagelos da fome, da guerra, das ditaduras brutais.
      Haiti é um lugar que já era miserável, veio o terremoto e destruiu o pouco que havia.
      E teve um filho da… o famoso Pedir MaisCedo dizendo que a causa do terremoto era a ira de Deus porque o povo não estava dando dízimos / ofertas.
      Eu já não me espanto com mais nada, amigo Sandro!
      A criatividade desses caras é insuperável…
      Agora já estão pedindo o TRÍZIMO, para o Pai, o Filho e o Espírito Santo, amém.

      • Arendalle,

        Minha cara, o dinheiro é para construir as igrejas de pedras e evangelização.

        Foi Cristo quem ensinou tais coisas, da necessidade contributiva dos que acreditavam na palavra dele, afinal nada é feito sem o vil metal.

        Sandro

        Hoje em dia os gays estão muito distantes da contemplação com o próximo.

        Não querem saber da cura espiritual para os que mesmo sem tendência foram molestados na infância, criticam os bissexuais de que homo não se envolve com o sexo oposto, criticam os que se vestem de mulheres e os que fazem a extirpação do órgão,…

        Meu caro, acho que precisam de melhorar o processo de paz.e aceitação entre si e entre os homo, só o amor constrói. Palavras sábias, doces, explicativas da situação é o que haverá de trazer luz e paz. O enfrentamento nunca resulta em bons frutos. Fico a imaginar certas pessoas criticando o governo de Bush,pai e filho, devolvendo as agressões de Saddam com também agressão.

        O mundo não precisa disso, vocês estão fazendo muito mais inimigos, fato que, ao que parece, é no mundo todo, justamente num momento em que a humanidade permeia acintosa guerra aparentemente de cunho religioso, quando não o é, sim de poder, de hegemonia.

        Não podem esperar mais, não podem usar a metodologia usada por Cristo esclarecendo os pontos fracos ante as comunidades científicas, cadê dentro de nós o grande líder indiano que não travou guerras com o poder imperial britânico usando métodos de paz. A paz sábia p/ vencer a belicosidade humana, meu caro.

        • Levi Varela,

          em resposta ao seu comentário, peço que o amigo considere o que segue:

          “Mito: homossexuais não são religiosos

          Ao assistir aos noticiários, você pode ter a sensação de que questões como o casamento gay são uma grande batalha que se resume no embate entre gays e cristãos conservadores. Por isso, seria fácil supor que um homossexual não seja grande fã da Bíblia, ou qualquer texto sagrado. Afinal, todas as três principais religiões do mundo basicamente ignoram os gays em seus respectivos livros de regras. Até mesmo Dalai Lama disse que um budista gay estaria cometendo uma “má conduta sexual” – isso porque o cara é fisicamente incapaz de odiar qualquer coisa.
          Se a gente acrescentar que existe um bom número de grupos religiosos culpando os gays para absolutamente todos os problemas do mundo, de atentados terroristas ao agravamento do aquecimento global passando pela destruição da sociedade, é natural supor que se a religião odeia tanto os gays, o sentimento é definitivamente mútuo.
          Mas felizmente não é assim que as coisas funcionam. Em 2009, uma organização cristã fez uma pesquisa e concluiu que 60% dos gays e lésbicas considera a religião uma grande parte de suas vidas.
          E o mais legal de tudo é que a gente nem precisa procurar muito para encontrar bons exemplos de que isso é de fato verdade. Como Tome Imam Daayiee Abdullah, que fez uma cerimônia funerária a uma vítima muçulmana de AIDS. Ou o rabino Steven Greenberg, que não é apenas o primeiro rabino abertamente gay no judaísmo, como também é o primeiro a fazer um casamento judaico do mesmo sexo.
          Enquanto isso, organizações como a Igreja Evangélica Luterana, a Igreja Presbiteriana e a Igreja Unida de Cristo estão aceitando até 46 ministros homossexuais ao mesmo tempo.
          Ou seja: uma coisa não exclui a outra.”

          Fonte: h#t#t#p#://#hypescience.#com/mitos-homossexualidade/

          • SANDRO

            Dê-me uma amostra de tua sabedoria, mestre…
            Você falou de um rabino gay?
            Como ele driblou os rigores da lei judaica?
            Homossexualismo, segundo a Torah, é punível com a morte…
            E tanto no judaismo como no islamismo, a “Lei” é inalterável.

            É como uma comunidade muçulmana não praticar a intolerância contra um servo de Allah gay, o qual se lhes cairem nas mãos, são jogados do alto de prédios.
            E se sobreviverem à queda (muito comum), são mortos a pauladas.
            Porque, assim como Javeh, Allah odeia gays e manda nos respectivos livros “sagrados” (Torah e Al Quran) que os fiéis os matem.

          • Mariana,

            não precisa me chamar de mestre, pois sou discípulo rsrsrsrs

            Veja bem, entre os judeus também há os reformistas, e estes crescem em número e influência no judaísmo. A torá, assim como a Bíblia cristã, é interpretada à luz do conhecimento e dos tempos atuais.

            Observe, ainda, que Israel é um país onde os gays temos liberdade, sendo que nesse país existe até mesmo a marcha gay.

            Sobre muçulmanos, existem muitos que vivem o sagrado ensinamento de todas as religiões: “amarás a teu próximo como a ti mesmo”.

          • Sandro,

            Meu caro, a inteligência supera o embate.

            Vejo que é difícil as pessoas mudarem de posição,

            Por exemplo,a carne de porco, condenada pela bíblia, hoje consumida largamente.

            Qual a motivação de proibição? Com certeza pelo fato dos judeus assistirem aos seus sendo mortos por conta do vírus do porco, ou seja, uma questão de saúde pública. O sábado proibido trabalhar por conta da necessidade do ser humano descansar, portanto questão de de saúde trabalhista, pois Deus, criador do homem sabia que este tinha uma limite não podendo trabalhar sem um descanso.

            Meu caro,a ciência tem que ser provocada a emitir laudos, portanto ao invés de atrito, faça com que a comunidade científica se pronuncie, vem em socorro, seja para denegar seja para ratificar.

            As armas da paz, meu caro, senão a gente vê pessoas do povo, no caso os gays, tornarem-se bárbaros igual aos tiranos em face do modo como encontraram pra demonstrar sua verdade.

            Há muitas razões para buscar laudos, pois há crianças com tendências ainda com seis anos, há animais na natureza, há diversas formas de sexo na natureza.

            Meu caro, meu caro, briga sé em último caso.

            .

      • Muito bom seus esclarecimentos, Mariana, eles vem confirmar aquilo que muitos insistem em não ver, isto é, que sob o disfarce da pregação do Evangelho se esconde, muitas vezes, um patife vendilhão do Templo, um acumulador de tesouros na terra.

        • SANDRO

          A gente reclama do Brasil, mas a coisa fica feia mesmo é na África, como sendo um “quarto” ou “quinto” mundo…
          A vida é muito difícil, por causa da fome, da guerra, da intolerância religiosa ou racial e de ditaduras brutais, como a do ugandense Idi Amin, que transformou o país numa filial do inferno.
          Nem os animais escaparam da ira do louco, homens armados de rifles rodavam pelo país, abatendo os coitados, simplesmente por diversão.

          Em outro país, Ruanda, houve a terrível guerra entre duas raças que deixou milhares de mortos: os hutus e os tutsis, depois de décadas ou séculos de rivalidade, ódio e intolerância.
          Os hutus não aceitavam tutsis no poder e vice-versa.
          E o que o governo fez?
          Distribuiu armas para a população, o final é previsível.

          E é lá que pa$tore$ vão para abrir “emprejas”, e não é para “ganhar almas para Cristo”, é sim para arrecadar o que eles não tem!
          Há o relato de um homem que tem um veículo usado por ele para trabalhar e ganhar duramente o pouco dinheiro para alimentar a família.
          E não é que um pa$tor tentou convencê-lo a doar o veículo pra igreja, alegando que Deus iria lhe dar muito mais?

          Uma outra pessoa tinha bem pouco de dinheiro para comprar alimento, e o pa$tor tentou levá-lo na conversa para não comprar o alimento e sim doar o dinheiro “sujo”, “do mundo” à IURD.
          Claro que tudo com ameaças de que seriam “amaldiçoados”.
          Parece mentira, mas são casos reais que aconteceram na África!

          E na China houve certa vez uma terrível inundação que deixou o saldo de quase um milhão de mortos.
          E o famigerado Edirgrana Jones do Templo da Pedição saiu-se com esta: a catástrofe aconteceu por causa da ira de Deus, que mandou o flagelo porque a população não é cristã.
          Dá pra levar a sério um cara desses?

          Nem é preciso ir lá na África, aqui mesmo na minha cidade eu vi (eu estava lá) um bi$po falar assim: se você tem só o dinheiro para comprar pão OU leite (nem sempre é possível os dois) ou se só tem o do ônibus, deve entregá-lo na igreja em vez de gastá-lo no “mundo”.
          “VOCÊ TEM DE SER FIEL COM DEUS, AMÉM IGREJAAAAAAAAAAA?”

          Isso, deixa a coitada da criança com fome para abastecer as contas bancárias dos lobos vorazes, que nem colocam mais a pele de ovelha.
          Deus, o verdadeiro, não faz isso, quem faz isso é Mamon, o deus da IURD – Inganação Unifernal dos Rios de Dinheiro.

          “QUERO MISERICÓRDIA E NÃO SACRIFÍCIOS”

        • SANDRO

          Jesus certa vez estava diante de um homem que lhe disse no que acreditava: que a prática da caridade valia mais para Deus que todos os sacrifícios que lhe eram feitos e que o exagerado cumprimento das leis”.
          A resposta foi:
          “AMIGO, TU NÃO ESTÁS LONGE DO REINO DE DEUS”

          Aqui no G+ não falemos de sexualidade.
          Você para mim não é um gay, e sim uma pessoa, um ser humano.
          Uma coisa temos em comum: nós somos espiritualistas.
          E somos contrários à violência.

  30. Palavra de deus? Aquele deus perverso e sanguinário que mandava os patriarcas bíblicos fazerem rituais macabros com animais inocentes? Aquele deus que gozava sentindo cheiro da carne queimada dos animais sacrificados, que muito lembra rituais de magia negra?

    • Cláudio,

      Disseminado estava mundo afora, seja a cultura que fosse, o sacrifício humano, sejam crianças, jovens e adultos.

      Deus exigiu à época o de animais visando substituir essa perversidade humana.

      Deus não tem prazer, quem tem somos nós, seu ignorante.

      Respeite seu criador, seu anjo rebelado, companheiro e amigo de Lúcifer, foi este que nos ensinou tudo isso e muito mais.

      • Pensei que houvesse um diferencial entre o SEU DEUS e os demais deuses. Mas você declara que um copiava o outro. Então tá, né? Não sei se rio ou se choro diante de tantas interpretações sem nexo. “Um cheiro suave ao Senhor”, diz o Levítico em mais de uma passagem. Já que gosta de fumaça, antes esse deus fizesse sociedade com Bob Marley e cheirasse fumaça de maconha para poupar a vida de animais indefesos e inocentes. Talvez assim ele ficasse mais calminho e não fosse tão perverso.

        • Cláudio,

          Gente igual a gente é mesmo idiota, então às vezes o criador tem que tentar ser criativo, agir como se fôssemos crianças, e é o que somos mesmo, criancinhas birrentas. Nessa linha, depois veio e mandou seu filho como cordeiro e imolado, tudo visando acabar de vez tal aberração com gente e animal.

          Recente vi na internet a imagem de judeus radicais e idiotas se aprontando para o reinício dos sacrifícios. Ora, quando vi a singeleza, paciência, calma, distância, quietude, resignação dos supostos animais, ora meu caro, bateu forte no coração aquela cena.

          Ou seja, cada pecado, uma cabritinho, uma ovelhinha? É aberração.

          Mas foi isso que Deus nos trouxe para ensinara a idiotas iguais a mim e a você que se é triste a execução de animais, imagine-se de seres humanos, onde os pais, parentes, vizinhos assistem tal aberração?

          Deus tem muita paciência conosco mesmo.

          • Levi Varela, eu entendi. Depois que Jesus foi imolado, o deus perverso e psicopata pai dele se converteu e parou de brincar de matar animais inocentes só para queimar seus corpos em rituais de magia negra e subir uma fumacinha “suave ao senhor”. Um ecologista defensor da vida como eu jamais aceitará atos de extrema desumanidade como os desse deus perverso, que vocês insistem em classificar como “deus de paz e misericórdia”. A “princesa” citou as maldades de Idi Amin Dada. Eu não vejo nenhuma diferença entre ele e o deus bíblico. Um é deus e o outro se sentia deus. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

          • Cláudio,

            As maldades foram feitas por mim, você e gente igual a nós, nada de Deus.

            É atribuída a Deus essa graciosidade de achar perfumado.

            Não tem provas de que foi Ele que disse, tem?

            Mas nós é que achamos, e é, agradável às narinas o cheiro de carne assada.

            Vc deve ser debiloide mesmo.

  31. Pastor evangélico é preso por estuprar filha durante seis anos, diz polícia
    Segundo as investigações, suspeito obrigava menina a dormir com casal.
    Dirigente de igreja foi preso preventivamente em Campo Limpo Paulista.
    O pastor de uma igreja evangélica de Jundiaí (SP) foi preso depois de confessar à Polícia Civil ter estuprado a filha durante seis anos. Segundo informações da polícia, o suspeito, de 57 anos, é dirigente da instituição religiosa e admitiu que abusava da filha, hoje com 14 anos, desde que ela tinha 8.
    Em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (26), a delegada responsável pelo caso, Maria Beatriz de Carvalho, explica que o homem foi denunciado à polícia depois que a esposa percebeu atitudes estranhas do marido.
    “Ela disse que não sabia de detalhes, mas notou que o marido sempre ia ao tanque de roupas sujas e pegava uma calcinha da filha. Depois disso, a mulher resolveu conversar com um pastor acima do homem na hierarquia da igreja, que recomendou que ela procurasse a polícia”, afirma a responsável pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí.
    A menina nunca havia contado sobre os abusos sexuais até ser ouvida na delegacia. Ainda segundo a delegada, o homem obrigava a adolescente a dormir na cama do casal. “Ele a queria sempre por perto. Por isso, obrigava a filha a dormir na cama do casal para que ele pudesse passar a mão nela quando tivesse vontade. Além disso, ele batia na adolescente por ciúme de outros garotos”, ressalta Maria Beatriz. Além da menor, o casal tem outro filho, que não foi assediado pelo pai.
    Reincidência
    Após a denúncia da mãe, a polícia fez buscas pelo suspeito, que foi encontrado e confessou o crime na delegacia na quarta-feira (24). Conforme as investigações da polícia, esta não foi a primeira vez que ele foi denunciado por abusar sexualmente de um menor de idade. “Ele já foi preso por um caso de estupro ocorrido há 20 anos com um sobrinho”, afirma a delegada.
    Por conta da confissão e do caso de reincidência, a delegada pediu a prisão preventiva do pastor, que foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista (SP) e pode ser condenado a até 15 de reclusão por estupro.
    Globo.com

    Pastor acaba preso após apresentar carteira falsa de juiz e desacatar policiais
    Segundo a Polícia Civil, o pastor de 35 anos foi até a delegacia para salvar amigo da igreja preso por receptação de veículos.

    Manaus – Um pastor de 35 anos foi preso, em flagrante, após apresentar uma identidade falsa de juiz arbitral na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), na tarde da última quinta-feira (25). Detido também por desacato após xingar e humilhar policiais, ele foi apresentado na tarde desta sexta-feira (26). As informações são da assessoria de imprensa da Policia Civil do Amazonas.
    Segundo a assessoria a PC, o pastor evangélico Carlos Alberto Natividade Neves chegou à delegacia no momento em que Fabrício Freitas de Lima, 39, que frequenta a mesma igreja do pastor, estava sendo autuado em flagrante por receptação de veículos. “Ele (Carlos Alberto) chegou à delegacia dizendo que os policiais não mandavam em nada e não tinham autoridade nenhuma. Que a autoridade era ele e questionou nossos procedimentos”, disse o delegado adjunto da Derfv, Luis Felipe Vasconcelos.
    Segundo o delegado, o comportamento levantou a suspeita entre os policiais de que Carlos Alberto não seria um juiz de Direito. “Uma autoridade judiciária não se comporta como ele. Então pedimos um documento de identificação e ele mostrou uma carteira falsa de juiz arbitral, uma função que nem sequer existe”, disse Vasconcelos.
    O pastor afirmou, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta-feira, dia 26, no prédio da Delegacia Geral, situada no bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus, que foi à Derfv visitar Fabrício, que, segundo ele, seria uma de suas “ovelhas” da igreja. Na ocasião, sustentou que chegou a fazer um curso de juiz no bairro do Alvorada, zona centro-oeste de Manaus, mas não soube especificar o local.
    Carlos Alberto foi autuado em flagrante por falsidade ideológica e desacato. Ao término dos procedimentos legais na delegacia, tanto Fabrício como o pastor serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde irão permanecer à disposição da Justiça.
    D24am

  32. Especialmente para o Wanderley e a Mary. Disse São Francisco que “Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”


    Assine o Canal
    • Sandro!
      São Francisco!!!!! rsrsrs…me poupe, esse e outros tantos que vc citou para defender sua tese contrária a ingestão de carne, nada são, eu fico com a Bíblia, que diz;

      – Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a DOUTRINAS DE DEMÔNIOS;
      Pela HIPOCRISIA de HOMENS QUE FALAM MENTIRAS, tendo cauterizada a sua própria consciência;
      Proibindo o casamento, e ORDENANDO A ABSTINÊNCIA DOS ALIMENTOS que Deus criou para os fiéis, e PARA OS QUE CONHECEM A VERDADE, a fim de usarem deles com ações de graças;
      Porque TODA A CRIATURA DE DEUS É BOA, e NÃO HÁ NADA QUE REJEITAR, sendo recebido com ações de graças. – (1 Timóteo 4:1-4).

      Viu, Sandrinho, vou comer carne sem culpa, eu, e a maioria da população mundial. kkkkkk…

      Ah! Já sei, vocês gays, odeiam os escritos de Paulo, (tais escritos vos condenam) rsrsrs…mesmo sendo ele inspirado pelo Espírito Santo como os demais escritores da Bíblia.

      • Wanderley,

        o proibir alimentos dados por Deus é coisa que se cumpriu na Igreja Católica e no Islã, pois foram essas religiões que estabeleceram jejuns que Deus não chamou, não determinou, e na Igreja Católica que se estabeleceu a proibição de casamento (para clérigos). Por alimentos que Deus deu devem ser tidos aqueles anunciados no Éden, ou seja, a alimentação vegetariana:

        “E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento.” (Gênesis. 1:29)

        O “toda criatura”, deve ser entendido como toda criação, mas o “toda” não deve ser lido em sentido absoluto, mas relativo, como quando Cristo diz que “tudo” o que entra pela boca do homem não contamina. Obviamente que se o homem introduzir veneno ou fezes em sua boca ficará contaminado, pois o que Cristo quer dizer é que todo “alimento” não contamina, mas alimento, conforme o plano de Deus, é alimentação vegetariana. Assim, toda criação se refere a toda alimentação vegetariana dada por Deus para alimentação, pois, se não fosse assim, os cristãos poderiam comer vermes, pernilongos, baratas, bicho barbeiro (que produz a doença de chagas).

        Meu caro, a Bíblia precisa ser lida com sabedoria e relativizada, como tudo o mais na vida. Por exemplo, Paulo falou que tudo lhe era lícito. Mas, não, nem tudo é lícito: matar e roubar, por exemplo, não é lícito. Paulo também disse que “aquele que luta, de tudo de abstêm”. Quem não vê aí que o “tudo” é relativo, pois mesmo lutando ninguém se abstem beber água, a não ser que queira morrer. Outro fato, é que Deus tolerou o uso de carne, mas isso não significa que ele concorda, e a Igreja de Laudicéia, a igreja do fim, é identificada em Apocalipse com o “princípio da criação de Deus”, porque essa igreja voltaria às condições do Éden, ou seja, vegetarianismo e cuidar dos animais, entre outras atribuições.

  33. “Faça todo o esforço para não matar qualquer ser vivo: pássaros, peixes, gazelas, vacas e até mesmo pequenos insetos. Ao invés disto, ocupe-se de salvar a vida deles oferecendo proteção em face de todos os perigos. O benefício desta ação está além da imaginação. Esta é a melhor prática para a sua própria longevidade. E o mais grandioso ritual para os vivos ou mortos. É a minha principal prática para beneficiar os outros. Ela dissipa todos os obstáculos e adversidades externos e internos. Sem esforço e espontaneamente, traz condições favoráveis. E, quando inspirada pela nobre mente de bodhichitta e selada com preces puras de dedicação e aspiração irá levá-lo à completa iluminação e à realização do seu bem-estar e o dos outros. Disto você não precisa ter qualquer dúvida!” (Chatral Rinpoche, grande iogue budista)


    Assine o Canal
  34. “E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento.” (Gênesis. 1:29) “Contra o carnivorismo também lutaram os pais da igreja, conforme encontramos nos seus escritos. S. João Crisóstomo escreveu: “Nós seguimos o exemplo dos lobos e dos tigres!” Também Santo Agostinho escreveu: “Carne é alimento de cachorro”; e S. Basílio, o Grande, disse: “Os corpos feitos pesados com as carnes, são acabrunhados de doenças.” A Carne e a Saúde, página 7.“ “Os vapores das comidas com carne obscurecem o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.” “Aquele que renunciou a toda violência contra todos os seres vivos, fracos ou fortes, que não mata nem faz com que outros matem – esse eu chamo de homem santo.”(Buda) “No semblante de um animal, que não fala, há um discurso que somente um espírito sábio realmente entende!” (Mahatma Gandhi) “Não tenho qualquer dúvida de que seja uma parte do destino da raça humana, em seu desenvolvimento gradual, renunciar a comer animais, do mesmo modo que as tribos selvagens renunciaram a se entredevorar, depois que entraram em contato com homens mais civilizados.” (Henry David Thoreau) “Nada beneficiará tanto a saúde humana e aumentará as chances de sobrevivência da vida na terra quanto a evolução para uma dieta vegetariana. A ordem de vida vegetariana, por seus efeitos físicos, influenciará o temperamento dos homens de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da humanidade.” “Com efeito, todo vegetariano faz rapidamente a observação de que os seus sentidos se regeneram, adquirindo maior penetração e agudeza, e que, portanto, também as imagens que se refletem no seu cérebro, se destacam com maior firmeza e nitidez.” Transcrito do livro A Carne e a Saúde, página 83. “Quanto mais o homem simplifica a sua alimentação e se afasta do regime carnívoro, mais sábia é a sua mente.” (Bernard Shaw) “Chegará o dia em que o homem conhecerá o íntimo de um animal. E, nesse dia, todo crime contra um animal será um crime contra a humanidade.” (Leonardo da Vinci)


    Assine o Canal
    • A frase “Nada beneficiará tanto a saúde humana e aumentará as chances de sobrevivência da vida na terra quanto a evolução para uma dieta vegetariana. A ordem de vida vegetariana, por seus efeitos físicos, influenciará o temperamento dos homens de uma tal maneira que melhorará em muito o destino da humanidade.”, é de autoria de Albert Einstein.

  35. Não estou criticando as crenças e dogmas em si (e muito menos as Escrituras), mas somente a falta de coerência: alguém que acredita em cobra e jumento falantes, em Arca de Noé, em homem vindo do barro.. criticando a veneração e o respeito dos hindus às vaquinhas. Alguém que acredita em virgem grávida, deveria no mínimo respeitar a crença alheia.

  36. barbaridade, então a cura g a y é um preconceito? kkkkk, são muito caras de pau mesmo, falam que podem ser “orientados” sexualmente, mas ser reorientados não podem? Vão catar coquinho vão!!

    • Não só um preconceito, mas um crime, pois não há cura para o que não é doença. Em países onde esse falso conceito existe, os fatos revelam que as pessoas homoafetivas submetidas a tais “tratamento” são feridas, muitas acabando por entrar em depressão ou cometer suicídio.

      O termo “orientação sexual” não tem esse sentido de ser “orientado”, como você pensa, mas da natureza do ser, pois a heterossexualidade não é uma orientação passada de terceiros para o indivíduo hétero, mas uma condição do mesmo – como quando eu digo “o vento esta orientado no sentido sul” – , e assim como não é possível mudar a orientação sexual de um hétero para homossexual, da mesma forma não é possível mudar de um gay para hétero.

        • Está me ameaçando Cláudio? Pois eu digo uma coisa pra vocês, qualquer elemento que dedica suas forças, inteligência, tempo, recursos em uma tara sexual age como um tolo. Quer fazer sexo com outro homem? Faça, quem te está impedindo? Agora vocês querem amoldar todo o restante da sociedade. NEM PENSAR…é visualmente agressivo, é feio, é imoral. Agora, do ponto de vista humano, nunca os tratarei mal ou ameaçarei vocês. Vocês é que atacam como cães ferozes o primeiro que se opõe a isso. Não há possibilidade de unanimidade em nenhuma área humana, vocês querem é encher a paciência do restante da sociedade com seu papo furado de direitos e bla bla bla…vai viver tua vida em paz, quem está te impedindo?

          • Não sei se você ataca alguém, mas eu me sinto atacado pelo “livro sagrado”, que me taxa de abominação. Eu sou gay e não me sinto uma abominação, mesmo porque nem cristão eu sou, portanto, não tenho nenhuma obrigação de seguir os SEUS princípios bíblicos. Se houvesse uma religião emergente que taxasse vocês de loucos – que é o que são – você se sentiria confortável? você não reagiria de alguma forma?

          • A pergunta é justa. Eu não me ofenderia com nada se estivesse certo da minha posição, nada me abala quando tenho certeza matemática das coisas. Se alguém me chama louco isso não faz a mínima diferença prática na minha vida, não dependo do aplauso dos outros. O livro realmente chama o ato sexual homo como abominação, mas não chama você de abominação. Claro que voce tem o direito e a liberdade de não aceitar Cristo na sua vida, mas minha indignação com voces é que estão tentando adulterar a escritura para justificar seus atos. Abrem igrejas e ofendem o evangelho, claro que sofrerão resistência.

  37. Hino dedicado a todos os irmãozinhos animais que não puderam e ainda não podem ser salvos da crueldade de seres humanos que, tendo tantos alimentos vegetais deliciosos, saudáveis, nutritivos e inocentes, decidiram se alimentar dos corpos de seres sensíveis, seres que não querem sofrer, mas que querem, assim como nós, viver a vida dada a eles por Deus, pai e mãe de todos os seres. _/\_


    Assine o Canal
  38. A humanidade, em sua trajetória de evolução, na pessoas das grandes e nobres almas sempre lutou pela igualdade entre todos e a libertação dos oprimidos e escravizados. Assim, já lutamos e conseguimos grandes vitórias no sentido da liberdade de consciência, culto e expressão, assim como conseguimos a libertação dos negros e estamos vencendo a luta pela emancipação da mulher e dos homoafetivos. A luta, agora, deve ser fortemente direcionada para a libertação dos animais, nossos amigos, nossos irmãos. Nesse momento, a música de Geraldo Vandré é um hino.


    Assine o Canal
  39. Marisa sempre morre pela boca.
    Mas tenho que admitir que ela tem aprendido a nao falar tantas asneiras.
    Vc tem melhorado, Marisa.
    Pena que para os crentes, suas crencas sao indiscutiveis.
    Esse eh o grande problema.

  40. SANDRO

    Venho aqui pedir desculpas, ó mestre.
    Mas o que foi é que aquele Claudio ficou insistindo na história de que gays têm alto padrão de vida (é verdade que nem todos), mas soltou uma expressão que, se provocasse destruição, seria uma bomba nuclear.
    A alegação da “inteligência natural”, que eu vejo como a afirmação de que gays têm todos inteligência superior e héteros seriam uma espécie de “segunda classe”, ou seja, burros.
    Quem tem inteligência superior não fica faxinando para outros, nem fica no balcão de lojas, nem como caixa de supermercado.
    Porque nesses casos a pessoa estuda e passa num concurso tipo Receita Federal.
    Eu fiz isso e vivo muito bem.
    Em vez de dar duro o dia inteiro, até fins de semana, ganhando uma merreca.
    Não quis ofender esses profissionais de cargos mais “baixos”, mas aquele Claudio tem o dom de me tirar do sério, ele realmente exagerou quando soltou essa “pérola”, a qual dá a entender que nós héteros somos inferiores em inteligência.
    Eu conheço uma pessoa que trabalha numa loja de roupas num shopping daqui, ali realmente o bicho pega, sabadão é das 10 da manhã às 10 da NOITE!
    E ela às vezes trabalha em domingos, é muito triste…
    A gente no fim de semana vai ao shopping se divertir e tem muita gente lá trabalhando.
    Às vezes penso em nem ir mais lá em sábados e domingos, porque tenho muita pena daquelas pessoas.

    • Mariana,

      talvez eu não tenha me expressado da melhor forma. O fato é que os gays não são piores ou melhores que os heterossexuais, por mais que entre nós de fato existam muitas pessoas que se destacam em inteligência, sensibilidade e até mesmo economicamente. Neste sentido, o que eu acredito, Mariana, e por isso respondi daquela forma, é expresso nestas palavras:

      “Não se mede o valor de um homem pelas suas roupas ou pelos bens que possui, o verdadeiro valor do homem é o seu caráter, suas idéias e a nobreza dos seus ideais.
      (Charles Chaplin)

    • Eu já fui aprovado no concurso da Receita Federal para TTN – Técnico do Tesouro Nacional. Antes, a função superior era de Fiscal da Receita Federal e depois mudou para AFTN, que seria o cargo que eu exerceria hoje, se lá tivesse permanecido (ou de delegado, quem sabe?). Meu concurso foi cancelado porque a residência do delegado era geminada ao prédio da Delegacia da Receita Federal, e a companheira do delegado (e não esposa) conseguiu as provas para que ela e seus comparsas fossem aprovados. O concurso foi cancelado e ela e o companheiro voltaram para o Rio de Janeiro, estado de origem. Nunca mais tive notícias deles.

  41. Levi Varela,

    Que o Senhor Krishna, o Senhor Buda e o Senhor Jesus sejam contigo. _/\_

    Os vaisnavas, ou vaishnavas, reconhecem em Krishna uma manifestação de Deus ocorrida na terra há 5000 anos, bem como outras manifestações. O próprio Senhor Krishna (Deus) disse:

    “Sempre e onde quer que haja um declínio da prática religiosa e uma ascensão predominante de irreligião – aí, então, Eu próprio me manifesto. Para libertar os piedosos e aniquilar os malfeitores, bem como para restabelecer os princípios da religião, Eu mesmo venho, milênio após milênio”. (Bhagavad-gita 4.7-8)

    Assim, o senhor Buda também é uma manifestação de Deus e que veio a terra para, entre outras missões, acabar com os sacrifícios de animais, sendo que também disso e ocupou Jesus Cristo, que é o filho querido de Deus, também manifestado na terra. Após sua missão, ele recuperou a glória que tinha com seu Pai antes que o mundo fosse formado, como consta da própria Bíblia.

    Aos que escolhem como Mestre Espiritual o Senhor Jesus, são prometidas muitas benção, além do que ele mesmo disse que as ovelhas que o Pai lhe dessem não se perderiam uma só.

    Semelhantemente abençoados são também os devotos do Senhor Buda.

    Os devotos do Senhor Krishna são ricamente abençoados, e por sua devoção retornam ao Lar Supremo após a morte. A estes, assim disse o Senhor:

    “Pense em mim e converte-te em Meu devoto. Adora-Me e oferece-Me tuas homenagens. Assim, virás a Mim impreterivelmente. Eu te prometo isso porque és Meu amigo muito querido.” BG18:65

    “Abandona todas as variedades de religião e simplesmente rende-te a Mim. Eu te liberarei de todas as reações pecaminosas. Não temas.” BG18:66

    Sugiro a você visitar e ler as preciosas gemas e néctares espirituais do site:

    voltaaosupremo.#com

  42. Vejo que a “princesa” mudou sua estratégia e agora tenta passar só palavras doces. Realmente deve ser outra pessoa, só que no mesmo corpo. A orientação do psiquiatra é seguida à risca. Parabéns!

      • Depois de tudo o que ela disse a respeito dos homossexuais, imagino que esta seja uma missão impossível. Duvido que ela mude sua postura de aversão a gays. Duvido que deixe de sentir nojo vendo dois caras se beijando. Ela sentiu ânsia de vômito quando viu esta cena na locadora de vídeos pornôs. Isso é homofobia.

        • Sandro, eu não sinto nojo – e tenho certeza de que você também não – de ver um casal hetero se beijando. Se assim procedêssemos, seríamos heterofóbicos. Aí alguém dirá: “mas esse é o beijo natural”, e eu rebato: não, este é o comum, naturais todos os beijos são.

          • NÃO IRIA REBATER NADA, POIS TUA RAQUETE É FURADA ASSIM COMO ESTA VIDINHA MISERÁVEL QUE VC. POSSUI, É NATURAL CERTAMENTE, POIS DEUS CRIOU HOMEM E DEPOIS MULHER, ESTE NOJO DE PROMISCUIDADE E MISÉRIA HUMANA CHAMADA GAY, É APENAS O QUE NÃO DEU CERTO ENTRE HÉTEROS, NATURAL HOMEM E MULHER, COMUM BANAL É NOS DIAS DE HOJE O BEIJO ATÉ CACHORRO GANHA, ISTO É COMUM, AGORA O BEIJO GAY É OBSCENO É PROMISCUO É ANTI-NATURAL É INCOMUM É ALGO QUE AGRIDE A ESTA SOCIEDADE QUE AQUI ESTÁ E CONSTRUIU A TUDO QUE TEM AQUI

  43. Disse antes aqui, e vou repetir.

    Não há salvação em religião, embora Deus esteja nelas todas, desde que ensinem as coisas do alto, e também ensinem a agir com amor ante o próximo, aliás, me filiando ao pregado por Cristo, portanto nada de novo, na sua parábola do Bom Samaritano.

    A bíblia fala dos judeus como povo escolhido não por conta das pessoas (pois errantes como qualquer outro), mas sim por intermédio desse povo trazer seu filho a terra.

    Os ensinamentos de antes ensinados e praticados por outros povos em verdade há certo grau de coincidência com os que foram ensinados aos judeus.

    Deus abomina o desprezo à sua figura aliado com igual atitude ao próximo. Deus não admite ninguém, ninguém mesmo, maltratar, desdenhar, provocar, humilhar, desfazer, irritar a quem quer que seja, pois todos são obra de sua mão.

    O amor ao próximo, eis o primeiro e maior mandamento, dizendo isso em face de que se amo o próximo, amo a Deus, mas se amo a Deus, do que se tem visto, nem sempre signfiica transferir esse mesmo amor ao próximo.

    O primeiro e maior mandamento, amar ao próximo como a si próprio.

    Deus se acaso não o amo, eis que não sofre e nem padece por conta disso, vez que esta acima de mim, sou uma ameba ante ele, Já meu próximo, eis que é o que mais padece por ausência da amor em prol dele.

  44. Clamando, pra você que se declara cristão, um trecho bíblico sem arremates: “Não respondas ao tolo de acordo com a sua estultícia, para que também não te faças semelhante a ele”. Às vezes a bíblia serve para alguma coisa.

  45. Cristão, o seu papo é politicamente correto, mas não surte efeito prático. Você diz que eu não sou uma abominação, mas meus atos são abomináveis. Então vamos combinar o seguinte, se você me vir dando a bund@ em via pública, você pode me condenar; mas se isso não acontecer, você não tem o poder de condenar nenhum gay. Existem gays promíscuos que não se preocupam em fazer suas put@rias de forma discreta? existem. Mas os heteros igualmente fazem isso. Tem um festival de música sertaneja em Caldas Novas que teve que ser cancelado um ano desses por causa da promiscuidade praticada pelos heteros brincantes. Você já teve notícia do que acontece num baile funk? Aconselho-o a buscar informar-se. Nos redutos gays realmente acontece muita put@aria, mas o resultado de um baile funk é pior. Esses eventos geram crianças inocentes indesejadas, que são paridas e jogadas no mundo para sofrerem as consequências por não terem um lar constituído nem “família tradicional” que delas cuidem.
    Mas, voltando ao assunto, muitas vezes vocês só sabem que o cara é gay e pratica “abominação” se ele próprio declarar. Conheço muitos homens sérios, acima de qualquer suspeita, casados e pais, que praticam o tão famigerado ato abominável sem ressaca moral. E posso te garantir que no meio evangélico acontece o mesmo. De vez em quando um “homi de deuzzz” é flagrado. Ah, mas eles prestarão contas com deus. Todos que acreditam um dia prestarão contas com ELE, mas vocês se encarregam de pré-julgar quem não segue esse teatro chamado cristianismo. Banco de túmulos caiados é o que vocês são.
    Todos veem o que aparentas, mas poucos se dão conta de quem tu realmente és.

  46. Levi, você me chamou de debiloide ao mesmo tempo em que declara ser “agradável à narina o cheiro de carne assada”, referindo-se ao ritual de magia negra apreciado por seu deus.
    Nada mais a declarar.
    Só me resta gargalhar kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Realmente não tenho provas de que seu deus disse ser um cheiro suave a carne queimada (e não assada) das suas vítimas inocentes. A propósito, você tem provas de que deus declarou, no mesmo livro do Levítico, que os gays são (ou praticam) abominação? Prove, então.
      Quanto aos rituais macabros, há um grupo de judeus ortodoxos que querem restabelecer essa tradição macabra de imolar animais em holocausto para abrandar a fúria do seu deus cruel. Só que estamos no século XXI e hoje já existem órgãos de proteção aos animais indefesos. Portanto, essa loucura psicopata está proibida. Notou como a sociedade evolui? Só vocês não.

      • Cláudio,

        Notei quanto você é cego.

        Ao dizer que “nós” não evoluímos, estar dando a entender que guardamos o sábado, não comemos carne de porco, não fazemos sexo com a mulher em período de ovulação, executamos os filhos desobedientes, usamos costeletas e cortamos uma parte do cabelo, matamos homossexuais, matamos adivinhos, matamos adúlteros…

        Você não é debiloide, não. É do tipo que joga pedra na lua. Ta feio, veio, és totalmente gagá, sem noção, maria vai com as outras, aluarado, um desenganado.

DEIXE UMA RESPOSTA