Destaque

Missionários brasileiros José Dilson e Zeneide são condenados à prisão no Senegal

Comments (7)
  1. Gilberto disse:

    É orar e acionar a embaixada brasileira! Isso é a clara perseguição do Islã ao Cristianismo. Eles só posam de bonzinhos em países onde não são maioria, e o Brasil que se cuide, porque o PT tem aberto as portas para refugiados muçulmanos no Brasil… Todos sabemos onde isso pode dar!

  2. Deputado disse:

    Meus irmãos oro pedindo a Deus que venha protegê-los de todo mal. Não deixem que as circunstâncias da vida os impeça de anunciar as boas novas de Cristo! Que o Senhor os abençõe!

  3. Mara Eliza disse:

    Mas será mesmo que eles fizeram isso, (os crimes) ou estão mentindo para disfarçar a perseguição?

  4. joaobarros disse:

    Temos que orar pra Deus proteger nosso
    Brasil de influencias que desagradam a Ele

  5. levi varela disse:

    Não sei pra que serve a ONU, daqui a pouco vão fazer o mesmo com os componentes da Cruz Vermelha, ou seja, os que vão ajudar, por causa da intolerância religiosa, serão perseguidos, serão caluniados.

    A porcaria deste pai critica o cristianismo se sequer conhecê-lo, dando a entender que seja coisa do diabo, e aí passam a dizer asneiras.

    O cristianismo é um conjunto de valores de respeito à vida, mas como existe nesses países a cultura da morte, como apedrejar mulheres supostamente adúlteras(nunca executam o homem adultero) e outras coisas mais, aí ficam a desmerecer os ensinamentos de Cristo.

    A ONU deve convidar esses países, e aos poucos tentar mudar essa intolerância religiosa, pois se não fizer isso, pra que serve essa instituição?

    Passaram trinta, vinte anos para convidar o estado do vaticano para se explicar, embora a boataria corresse solta quanto não apenas a pedofilia, mas como a igreja se fazia de acusada, de sofredora, ou seja, a criança abusada ficava em segundo plano, apenas a instituição religiosa que deve ser preservada. imaginar que os próprios discípulos de Cristo tentaram cometer abusos com as crianças, mas refugados por Ele, aí a igreja católica, que se diz seguiora Dele não ter também?

    Ora, ONU, levante-se, aja, discuta os assuntos, ou estão maravilhados com a cidade de Nova York e esquecem de levar avante as agendas sociais, humanas, religiosas que devem enfrentar? Ora, se não sabem discutir, imagine formar uma frente ampla de guerra.

    Falando nisso, cadê as ações contra o grupo nigeriano que está molestando crianças, matando cristãos e até muçulmanos, o novo bin ladim? Vão deixar acertar as novas torres gêmeas para começar a se mexerem?

    Por Deus, não precisa de tanta pressa, mas também não faz bem tanta paciência.

  6. levi varela disse:

    Não sei pra que serve a ONU, daqui a pouco vão fazer o mesmo com os componentes da Cruz Vermelha, ou seja, os que vão ajudar, por causa da intolerância religiosa, serão perseguidos, serão caluniados.

    A porcaria deste pai critica o cristianismo sem sequer conhecê-lo, dando a entender que seja coisa do diabo, e aí passam a dizer asneiras e a cometer injustiças.

    O cristianismo é um conjunto de valores de respeito à vida, mas como existe nesses países a cultura da morte, como apedrejar mulheres supostamente adúlteras(nunca executam o homem adultero) e outras coisas mais, aí ficam a desmerecer os ensinamentos de Cristo.

    A ONU deve convidar esses países, e aos poucos tentar mudar essa intolerância religiosa, pois se não fizer isso, pra que serve essa instituição?

    Passaram trinta, vinte anos para convidar o estado do vaticano para se explicar. A boataria corria solta quanto não apenas a pedofilia, mas como a igreja se comportava, como seja, se fazia de acusada, de sofredora, A criança abusada ficava em segundo plano, apenas a instituição religiosa que deveria ser preservada. Ora, imaginar que os próprios discípulos de Cristo tentaram cometer abusos com as crianças, mas refugados por Ele, aí a igreja católica, que se diz seguidora Dele não ter também dentro dela abusadores, não produzir normas que dificultasse o acesso de padres às crianças católicas?

    Ora, ONU, levante-se, aja, discuta os assuntos, ou estão maravilhados com a cidade de Nova York e esquecem de levar avante as agendas sociais, humanas, religiosas que devem enfrentar?

    Ora, se não sabem discutir, imagine formar uma frente ampla de guerra.

    Falando nisso, cadê as ações contra o grupo nigeriano que está molestando crianças, matando cristãos e até muçulmanos, o novo bin ladim? Vão deixar acertar as novas torres gêmeas para começar a se mexerem?

    Por Deus, não precisa de tanta pressa, mas também não faz bem tanta paciência.

  7. Pais de nada esse Senegal, nosso governo aqui deveria obrigar a embaixada dels aqui no Brasil de interferir urgentemente, e já!

    1. Rey disse:

      A questão pastor Gilmar Britto, é que quem está sendo condenado a prisão são pessoas cristãs cumpridoras da Palavra de Deus. Se fosse alguma estrela da mídia, tava todo mundo se mobilizando com campanhas e mais campanhas. E aí sim, o governo faria alguma coisa.

  8. Interessante que essas religiões vem pra cá recruta os nossos e ai…. nada!!!!

    1. Ester disse:

      Só o que esses muçulmanos fazem perseguir o povo de Deus, o governo brasileiro tinha que intervir e a igreja orar pela libertação.

  9. Leon disse:

    Isso é o que dá querer enfoar guela a baixo uma religião diversa da cultura lá existente. Eles não são como nossos indígenas que vêm perdendo sua identidade cultural graças às ações desses “missionários”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *