Extremistas muçulmanos divulgam vídeo da explosão do túmulo do profeta Jonas; Assista

4

Os radicais muçulmanos do grupo Estado Islâmico (ISIS na sigla em inglês) divulgou o vídeo da explosão da mesquita que foi erguida no local onde se considera que os restos mortais do profeta Jonas estava enterrado.

O profeta bíblico também é reverenciado por muçulmanos, e segundo historiadores, seu corpo foi enterrado em Nínive, mesma cidade a que foi enviado para pregar aos incrédulos e que hoje, faz parte do território iraquiano e é conhecida pelo nome de Mosul.

Anteriormente, os extremistas do ISIS haviam divulgado um vídeo mostrando a profanação do túmulo. Como não foram mostradas maiores evidências, surgiram dúvidas de que o local mostrado sendo violado fosse realmente o túmulo do profeta bíblico. Agora, um vídeo da detonação de toda a mesquita, incluindo o túmulo do profeta, foi divulgado por diversas emissoras de televisão.

Segundo o site The Wire, os radicais destruíram a mesquita e o túmulo de Jonas pelo fato de o profeta ser uma figura presente nas tradições judaico-cristãs. “ISIS ameaçou destruir qualquer santuário que considere não-islâmicos”, noticiou o portal.


De acordo com um relatório da agência France Press , os extremistas explodiram a construção à distância: “Primeiro impediram as pessoas de fazer suas preces na mesquita, colocaram as cargas explosivas no entorno e interior e, em seguida, explodiram-na em frente a um grande número de pessoas”, relatou uma testemunha que preferiu não se identificar.

Assista ao vídeo da explosão da mesquita construída sobre a tumba do profeta Jonas:

Assine o Canal

Radicais

Os radicais do ISIS são considerados extremistas demais até pelos membros da Al-Qaeda, conforme noticiou o Jornal Nacional na última semana. Os Estados Unidos, que pouco tempo atrás ainda ocupava o território iraquiano, teme que o avanço dos extremistas coloque em xeque a estabilidade de toda a região e se concretize um processo de erradicação de cristãos, que são minoria religiosa no país.


4 COMENTÁRIOS

  1. A Erradicação de Cidadãos comuns e afrontas de grupos de extremistas muçulmanos vão continuar até quando? Será que só agora os EUA percebem que os cristãos aos poucos estão sendo erradicados no Iraque? Enquanto na Síria, Irã, Sudão, Arabia Saudita entre outros a perseguição aos cristãos vão continuar?

  2. Realmente não devemos nos preocupar se ali era ou não o túmulo do profeta Jonas e se o “santo sepulcro” que atraia milhares de fiéis anualmente em Jerusalém realmente é o verdadeiro túmulo do Mestre. O próprio Templo de Salomão que, na época, era uma construção grandiosa e rica, o Senhor permitiu que fosse destruída, porque “Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.
    Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.
    Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem” (João 4:21-23)
    Por outro lado, esses islamitas fanáticos estão destruindo monumentos históricos que tinham quase mil anos! Esse é o resultado do fanatismo e do fundamentalismo religioso em qualquer religião…

    João 4:21-23

  3. Pra que se preocupar com túmulo desse ou daquele profeta, para mim um simples túmulo não tem significado algum, nem mesmo o túmulo onde Cristo foi sepultado, quando eu morrer podem colocar uma bomba atômica no meu túmulo, o mais importante é acima de tudo a minha alma estar com o Senhor.

DEIXE UMA RESPOSTA