Mulher condenada à pena de morte no Sudão por ser cristã dá à luz na prisão

6

Nas últimas semanas os meios de comunicação do mundo inteiro se voltaram para o caso de Meriam Yahia Ibrahim Ishag, de 27 anos, que foi condenada à morte no Sudão por apostasia ao islamismo depois que se casou com um cristão e engravidou. Nessa terça feira Ishag deu à luz na prisão, segundo um diplomata ocidental, chamando ainda mais a atenção para seu caso.

– Deu à luz uma menina hoje – declarou o diplomata, que ressaltou que é “cruel se encontrar nesta situação”.

Filha de um muçulmano, a jovem foi condenada em meados de maio em virtude da lei islâmica vigente no Sudão desde 1983 e que proíbe as conversões, sob pena de morte. Porém, de acordo com a Anistia Internacional, Ishag foi criada no cristianismo ortodoxo, religião de sua mãe, visto que seu pai, que é muçulmano, não esteve presente em sua vida durante sua infância.

As acusações contra a jovem, que se casou com um cristão do Sudão do Sul, foram baseadas na interpretação sudanesa da sharia (lei islâmica), que afirma que uma muçulmana não pode se casar com um não muçulmano.


A jovem foi condenada pelo juiz Abbas Mohamed al-Khalifa, que durante o julgamento se dirigiu a ela usando apenas o sobrenome de seu pai. Antes de o veredito ser proferido, um chefe religioso muçulmano tentou convencê-la a “voltar” ao Islã, mas ela respondeu afirmando que é cristã, e que nunca cometeu apostasia.

– Demos três dias para abjurar de sua fé, mas você insistiu em não voltar ao Islã. Condeno-a à pena de morte na forca – declarou o juiz, segundo o G1.

De acordo com o grupo de defesa da liberdade religiosa Christian Solidarity Worldwide, se a pena de Meriam Ishag for realmente aplicada, ela será a primeira pessoa no país punida pelo crime de apostasia. O código penal que prevê essa pena é de 1991.

6 COMENTÁRIOS

    • Prezado, a Palavra Religião vem do latim que quer dizer Religare, ou seja, religação, isso poder ser interpretado que o homem fora feito sem pecado mais tendo pecado se desligou de deus e Deus então fez um projeto de enviar a 4000 anos depois seu filho Jesus para tirar o pecado do mundo, ou seja das pessoas enquanto isso o povo estava se multiplicando na terra e se formando uma Nação que seria a Nação Sarcedotal que É Israel e foi de lá que veio Jesus e quando as pessoas o aceitam pode se religar novamente com Deus, portanto a única denominação que religa os homens com Deus é o Cristianismo porque é Jesus que religa os homens de todo o mundo com Deus. Sabendo disso é que satanas tem criados as muitas falsas Religiões pelos mundo para impedir que as pessoas se salvem meu filho essa é a pura verdade, o resto é o resto.

    • Samuel o pastor Felipe Heinderich em pagina no facebook publicou uma noticia do site da Folha que devido a intercessões de orgãos e governos o Presidente do Sudão afirmou que Meriam será libertada em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA