Brasil

Pastor Silas Malafaia debaterá sobre família com Jean Wyllys no programa Na Moral, da Globo

Comentários (50)
  1. STARDUST disse:

    Realmente malafaia é como macedo… não dá ponto sem nó. Malafaia diz que em 95 foi a record/iurd defender macedo porque a globo era contra os evangélicos e que fez aquilo por causa de sua “consciencia cristã”.

    O que poucos sabem é que por trás desse apoio de malafaia a iurd, o mesmo conseguiu espaço na programação da record por quase 3 anos, até que macedo viu que malafaia já não servia mais para ele e o tirou de lá. Desde então malafaia e macedo estão brigados.

    Malafaia é o lider evangélico mais contraditório consigo mesmo que eu já vi… apoiava macedo, hj o critica, apoiava valdemiro, hj também o critica, apoiava lindenberg farias, e do nada deixou de apoia-lo, apoiava marina silva, depois mandou votar no serra, criticava a teologia da prosperidade e dizia que era besteirol americano, hoje não só ensina e defende a teologia da prosperidade como ainda traz americanos para seu programa divulga-la.

    Esse “morde e assopra” dele com a globo só mostra que malafaia não é digno da nossa confiança, na vdd malafaia quer se consolidar como um “porta voz dos evangélicos”… graças a Deus eu deixei de ser evangélico. Ser representado por um cara assim queima o filme do segmento mais do que já está.

    1. Manoel disse:

      Stardust
      Quanto as suas citações contra o Pastor Malafaia, na verdade, ele é um tanto polêmico, mas vejo nele um homem de Deus. A natureza humana jamais poderia ser igual, sendo assim, faz parte das individualidades de cada um.
      Vc disse: “graças a Deus eu deixei de ser evangélico” deixou de crer no evangelho tb? Creio que não. Quem primeiro anunciou o Reino de Deus e as boas novas foi o nosso Senhor Jesus. Com todo respeito, particularmente jamais deixarei de um crente em Jesus e de ser um evangélico.

      1. Elder Lima disse:

        Manoel

        Não perca seu tempo, quando ele diz “graças a Deus”, ele na verade está querendo dizer “graças a mim”.

        Sturdust desde já deixa bem claro suas intenções quando defende a esbórnia e a pornografia, e passa 100% do seu tempo livre ridicularizando os que creem no evangelho.

        1. Studebaker disse:

          Concordo concordo de novo e torno a concordar e se for pouco dobro e se precisar redobro mas ainda e pouco ora então multiplico esse acordo em um milhão

        2. STARDUST disse:

          manoel e elder lima

          Creio no evangelho, mas o legitimo, o evangelho do reino, não o evangelho da religião evangélica, com dizimos em dinheiro, pagamento de bençãos, mulheres querendo ser “pastoras”, pastores sendo politicos, e outras heresias.

    2. O malacheia e a maria infeliciana falam como se fossem os papas dos evangélicos.São
      uns fanáticos gananciosos e alucinados.Os evangélicos em sua grande maioria os
      rejeitam.

      1. Manoel disse:

        Onde há democracia plena até esse tipo de comentário é permitido, gente dessa estirpe, tão baixa, só comparada a poleiro de pato. Gostaria de ver as mesmas liberdades lá nos sites daqueles que veneram os santos mortos por decreto da vaticanagem.

      2. Manoel disse:

        Escrever o nome com início letra minúscula, não é sinônimo de humildade, mas de hipocrisia. “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de intemperança”

        Mateus 23:25

        1. iServe para você,fariseu hipócrita,desses que coamo mosquito e engolem
          o camelo com seus líderes:malacheia e maria infeliciana.Fanático evanjegue.

  2. PAULO AGNOSTICO disse:

    Como o tema vai se centar no c…… alheio, vai passar longe do tema que mais atinge as familias heteros, divorcio, pilula,violencia domestica, ele mesmo já abençoou o casamento de bolsonaro divorciado duas vezes, as igrejas evvangelicas casam divorciados adulteros, desde Henrique VIII, Magno Malta se separaou e casou com uma mulher mais jovem(que por acaso é divorciada de um pastor) rrssrs….. e este povo quer falar de familia tradicional.

    Mandem cópia do vídeo para o psicologo Silas Malacheia, que como psicologo é um ótimo pastor, o diploma dele tá na parede, ainda bem !!!

    Como sempre religioes Abraamicas e suas idéias malucas. de algo que acontece até entre os animais, e na humanindade, desde que o mundo é mundo. No irã um gay pode ser morto se descoberto praticando sexo. Mas transsexuais podem operar o governo paga a operação. o problem é que muitos não querem operarar, mas são forçados.

    Agora num pais tão fechado como vcs explicam isto, meninos que vivem em aldeias isoladas sendo assim??
    https://www.youtube.com/watch?v=GB1OYGl3mxc

    1. Parabéns,Paulo Agnóstico,pelos excelentes comentários.

      1. PAULO AGNÓSTICO disse:

        Obrigado!! apenas mostro o mundo real…. este povo gosta de viver no mundo de alice, um mundo imaginário, não olham nem a hipocrisia de quem eles idolatram.

        1. clamando disse:

          SÓ TENHO UMA COISA PARA DIZER SE DESAGRADOU A STARDUSTJANINHO E PAULO ENTÃO É DE DEUS, SÓ FICARIA DESCONFIADO SE ELES APOIASSEM.

          1. PAULO AGNÓSTICO disse:

            CLAMANDO vIu o vídeo??? quem vai escolher ser gay num pais assim?? só um “psicologo”

            Agora num pais tão fechado como vcs explicam isto, meninos que vivem em aldeias isoladas sendo assim??
            doente como silas para achar que é ecolha.

          2. PAULO AGNÓSTICO disse:

            só um “psicologo” doente como Silas, para achar que é escolha, agora o cara se separar e casar com outra é escolha, isto, nenhum evangelico fala.

          3. clamando disse:

            PAULO
            VEJA BEM TRATO DE MUITOS E NO PASSAR DOS ANOS FORAM DEZENAS DE GAYS, E QUASE 100% FORAM ABUSADOS OU INDUZIDOS DE ALGUMA FORMA PARA ESTA PRATICA, NÃO VI NENHUM DELES CONTAR SUA VIDA E DIZER QUE NASCEU ASSIM, VAI VER SÓ PEGUEI GENTE GAY QUE SÃO DESTE GRUPO, ME APRESENTE UM QUE NÃO TENHA SIDO MOLESTADO, OU TEVE PAI MUITO RUIM, OU QUE NÃO FOSSE INDUZIDO POR OUTRO GAY POR SOFRER ALGUM TIPO DE CARENCIA.
            CARA ESCUTE O TESTEMUNHO DOS GAYS QUE SE CONVERTERAM E VEJA QUE ISTO É DOENÇA

          4. PAULO AGNÓSTICO disse:

            CLAMANDO conheço muito mais gays que vc, a maioria se iniciou com primos ou amigos, sem violencia, como tb meninos se iniciam com amigas.

            se for seguir sua filosofia a mulher que é violentada menina pelo padrasto, pelo vizinho, pelo pai teria que virar prostituta. ou não??

          5. PAULO AGNÓSTICO disse:

            Geralmente estas mulheres ficam frias, muitas nem casam…. meninos violentados geralmente ficam agressivos, não ficam passivos, podem até se tornarem garanhões querendo provar sua masculinidade.

          6. PAULO AGNÓSTICO disse:

            Vcs adoram associar homossexualidade a pedofilia, acho que devido aos padres, só que vcs não estudam fontes sérias, que comprovam que 80% dos casos de pedofilia é registrado dentro de casa, por pai, padrasto, tio, primo e geralmente as meninas é que são as vitimas,,

            http://www.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=78149&titulo=especial

          7. clamando disse:

            PAULO
            VEJA O QUE VC. MESMO FALA
            CLAMANDO conheço muito mais gays que vc, a maioria se iniciou com primos ou amigos, sem violencia, como tb meninos se iniciam com amigas.
            ISTO SE CHAMA ORIENTAÇÃO SEXUAL, FORAM INDUZIDOS

          8. PAULO AGNÓSTICO disse:

            Vcs adoram associar homossexualidade a pedofilia, acho que devido aos padres, só que vcs não estudam fontes sérias, que comprovam que 80% dos casos de pedofilia é registrado dentro de casa, por pai, padrasto, tio, primo e geralmente as meninas é que são as vitimas,

  3. renildo disse:

    batalha espiritual que muita gente nem imagina , tem que estar cheio do espirito santo
    para ir bater de frente com as legiões que vão estar lá nos studios da globo .
    e eles vão se fazer de vitimas e perseguidos e injustiçados
    da palavra Silas conhece . efesios 6 vers. 12 ” porque a nossa não é contra a carne….

  4. Culto,inteligente e escolhido por duas vezes o melhor parlamentar do Brasil,o Jean Wyllys dará
    um banho no desmoralizado e sem credibilidade malacheia.

    1. elizabete disse:

      KKKKKK Jean wyllys dar banho no Pastor silas
      vc está desorientado???
      Jean Wyllys só sabe questionar o temperamento do Pastor Silas.
      todo debate ele começa questionando o temperamento do Pastor silas

    2. regis disse:

      concordo com vc jânio, o malacraia só sabe gritar, não sabe de nada não entende de nada

      1. Muito obrigado,Regis.Que JESUS CRISTO te proteja sempre.

  5. DEbora disse:

    Como sao as coisas,antigamente qdo o Malafaia pregava oevangelio da cruz, ele descia o pau na Globo,chegava a fdeclarar que ela era do Diabo. Alguem se lembra?Agora os tempos sao outros ele deixou a verdadeira fe , virou apostata, ja esta beijandoos pes dos Marinhos.Que vergonha chega a dar nojo de ver aqui ponto chegou certos pastores.Maranta Jesus!

  6. josé carvalho disse:

    QUEM ACHA QUE ESTE DEBATE PODERIA ACONTECER EM OUTRA EMISSORA POSTE AI.
    DE MANEIRA ALGUMA, FICO VEXADO POR MALAFAIA USAR DESTE ARTIFICIO PARA DEIXAR O JEAN MAL NA FOTO, E SÓ SERÁ BOM SE FOR AO VIVO DO CONTRARIO COMO DA OUTRA VEZ EDITARAM E MALAFAIA FOI CORTADO EM SUAS RESPOSTAS CONTUNDENTES.
    NÃO GOSTEI MAS QUE NÃO PODEMOS NEGAR QUE SILAS É MUITO INTELIGENTE E PODE SERVIR PARA ABRIR OS OLHOS DE ALGUNS

  7. Elder Lima disse:

    Será que precisamos mesmo desse mini reality show?

  8. samuel jose disse:

    Assista o video abaixo e saboreia um humilhação ao fabricador de mentiras: Jean Wyllys http://youtu.be/oMVWGlZ-aX4

  9. Eduardo disse:

    Vou orar a Deus para que façam um vídeo

  10. claudia disse:

    Vou assistir, quero ver esse deputado que se elege por legenda levar um banho moral do Silas Malafaia, pois ele sim me representa.
    Se ele não apanhou na cara quando criança, vai apanhar moralmente agora.

  11. Alexandre Cavalcanti disse:

    A TV Globo, como todo mundo sabe, incentiva abertamente em sua programação a completa destruição dos valores éticos e morais da sociedade, sem qualquer consideração ou respeito com as nossas famílias.
    Em todas as suas novelas, diariamente, são mostradas uma profusão de cenas chocantes de sexo quase explícitos, muita violência, traição, infidelidade, perversões diversas e s exagerada promoção do homossexualismo.
    Invade nossos lares impunemente com todo esse lixo, chocando a todos, especialmente crianças e idosos, interferindo perniciosamente na educação dos nossos filhos, na tentativa de incutir como sendo o padrão natural de comportamento aquilo que é mostrado em suas novelas.
    O apresentador desse programa “na moral”, como sabemos, é também apresentador e promotor do BBB, um lixo considerado o maior programa de degradação da família protagonizado pela Globo nos últimos tempos, onde o alcoolismo e a degradação moral constituem seus pontos máximos.
    O convite feito ao Pastor Silas Malafaia objetiva incrementar a audiência desse programa (por sinal muito baixa) e promover esse deputado, preconceituoso e anticristão, cujo maior destaque em seu currículo foi ter participado do BBB. Caso o Pastor Silas decida realmente ir a esse programa, vamos orar para que Deus o proteja e ilumine.
    Amem.

  12. Studebaker disse:

    Que o Pastor Silas fale e fale tudo, que a verdade seja enfiada goela adentro deste pecador e queime em suas entranhas de maneira tal que o mesmo vomite ao vivo para que todos vejam o Poder da Palavra, Agora para o Stardust como sempre remando contra a mare da Verdade, com certeza se remoi em suas entranhas o odio que sente por aqueles que falam a verdade, ele como vive na mentira acha que que os que falam a verdade e que são mentirosos, DEUS NOS LIVRE DE UM BRASIL COM UM CRISTIANISMO ENFADONHO COMO O DO STARDUST, isso não e um verdadeiro Cristão nem aqui nem la no tibe, tenha a santa paciencia vai ser contraditorio assim la nos quintos dos meios das beiradas do fusue do inferno

    1. nosferatu disse:

      qual verdade Stud? a verdade que ele prega na seita dele?

      tipo a verdade que se deve sair da igreja quietinho quando se descobre que o pa$tor é bandido, sob pena de ser castigado por deus caso denuncie o pa$tor?

      a verdade que se pode enriquecer, ter todo tipo de mordomias e bens materiais e ainda assim pregar que os outros devem renunciar a tudo para seguir xessus?

      muita verdade tiradas de muitas mentiras não é verdade Stud?

    2. STARDUST disse:

      studebaker

      Vc cre que o evangelho de Cristo é enfadonho? pois o mesmo evangelho que Cristo trouxe, é o que defendo.

      Jesus tomava dízimo dos que O seguiam?
      Jesus ordenou mulheres ao ministério pastoral?
      Jesus mandou discípulos para a politica?
      Jesus ostentava riqueza material?

      Bem diferente do “evangelho” que vc defende, não é mesmo?

      1. clamando disse:

        olha a intimidade do vampiro horrendo com a poeira da estrela caída. kkkk é uma vergonha estão escancarando para quem trabalham a saber satã

        1. nosferatu disse:

          kkkkkk

          olha o filho do Ma$$edo com ciumes kkkkk

          1. nosferatu disse:

            ops, desculpa, esqueci!!! o filho do ma$$edo é viado kkkk

            vc é só um macaquinho de pa$$tor, ou melhor, Bi$po kkkk

  13. regis disse:

    Só quero ver a surra de argumentos concreto que o Jean vai dá no malacraia

  14. Vanessa disse:

    Como sempre esse deputado não vai conseguir debater de forma inteligente, e vai querer atacar o Pastor, é assim que eles fazem, e espero que não seja um debate manipulado pela emissora, pois na rede TV até a platéia é manipulada, eu nem perco o meu tempo vendo.

    1. Vanessa disse:

      Vamos ver se o Jean vai conseguir debater Sem agredir o pastor, pois quem não tem argumentos parte para as ofensas, e isso ele sabe fazer muito bem!

      1. Vanessa disse:

        E vai na fé Pastor, que Deus será contigo!

  15. Cristiane Silva disse:

    Esse malafaia tem presença em todos os programas na moral da globo, e depois não sabem por que o malafaia pede para seus seguidores não criticar as novelas da globo, o malafaia é praticamente um funcionario da globo.

  16. VOZ disse:

    E nisso que o evangelho do Reino foi reduzido a debates?

    Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem. Mateus 7:6

    Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
    E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.Romanos 1:25-27

    Não existe ministério de debate ou de argumentação. Aquele que e chamado para trabalhar para o Senhor prega o evangelho do Reino a toda criatura e não entra em contendas que nada produzem, antes só inflamam o caminho e convenhamos que neste quesito este donos de igrejas comerciais vem fazendo um trabalho excelente.

    E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.Mateus 10:14- Aq

    A simplicidade do evangelho foi substituída por este circo gospel.

  17. luciana disse:

    Eita! Vai ser um barraco!!

    1. VOZ disse:

      E isso mesmo Luciana um adjetivo” vulgar” para um evento “vulgar” para pessoas” vulgares”.

  18. Todinho disse:

    Pr . Malafaia o sr. Tem que gravar todo esse debade com sua equipe de câmaras pra passar no seu programa. Não dê mole pra esses cabras, não. O Sr.é contigo.

  19. Andre disse:

    12/12/2012 06h30 – Atualizado em 12/12/2012 14h38
    Estudo relaciona homossexualidade com alteração na divisão celular
    Área da biologia chamada epigenética pode ter papel nesse processo.
    Cientistas americanos criaram modelo matemático e biológico para análise.
    Do G1, em São Paulo

    379 comentários
    saiba mais
    Pinguins gays ‘adotam’ filhote em zoológico na Dinamarca
    Zoo do Canadá vai separar pinguins gays para tentar reprodução
    Homossexualidade é mais aceita por maioria, diz estudo com 31 países
    Antes de morrer, astronauta da Nasa revela em mensagem que era gay
    Possíveis fatores que determinam que uma pessoa seja homossexual têm sido alvo de inúmeros estudos científicos, e uma nova pesquisa americana aponta que uma área da biologia chamada epigenética pode estar envolvida nesse processo.
    A epigenética é diferente da genética, que abrange os genes e a hereditariedade. No primeiro caso, o ambiente favorece mudanças nas divisões celulares, mas que não interferem na sequência de DNA – ou seja, as alterações geralmente ficam apenas com o próprio indivíduo e são produzidas de novo a cada geração.
    Segundo o trabalho do Instituto Nacional de Matemática e Síntese Biológica (NIMBioS) dos EUA, publicado online no periódico “The Quarterly Review of Biology”, interruptores sexuais temporários, que normalmente não são transmitidos e simplesmente se “apagam” entre as gerações, podem levar à homossexualidade quando escapam de serem deletados e acabam passados do pai para a filha ou da mãe para o filho.
    Membros da comunidade filipina de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) lutam pela sua aceitação e direitos iguais no país (Foto: Cheryl Ravelo/Reuters)
    Membros da comunidade filipina de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) lutam pela aceitação e direitos iguais no país (Foto: Cheryl Ravelo/Reuters)
    Do ponto de vista evolutivo, a homossexualidade é uma característica que não seria esperada para se desenvolver e persistir diante da teoria de seleção natural de Darwin. Estudos anteriores mostram que a atração pelo mesmo sexo pode se repetir em uma mesma família, levando pesquisadores a presumir que haja um embasamento genético para a preferência sexual. Apesar dos numerosos trabalhos que buscam uma ligação genética, porém, nenhum gene importante ligado à homossexualidade já foi encontrado.
    Na atual pesquisa, a equipe do Grupo de Trabalho sobre Conflitos Intragenômicos do NIMBioS criou um modelo matemático e biológico para delimitar o papel da epigenética na homossexualidade. Os cientistas juntaram a teoria da evolução darwiniana com recentes avanços no entendimento da regulação molecular por meio da expressão de genes e do desenvolvimento sexual ligado a andrógenos – substâncias que estimulam e controlam as características masculinas em uma pessoa.
    Alguns “marcadores epigenéticos” produzidos no início do desenvolvimento fetal protegem cada sexo de uma variação substancial de testosterona que ocorre mais tarde. Em meninas, esses marcadores impedem que elas se masculinizem demais – e, nos meninos, de menos. Alguns interferem nos órgãos genitais, outros na identidade sexual, e outros na preferência por um parceiro.
    Quando esses marcadores são transmitidos de uma geração para outra, de acordo com o estudo, eles podem causar efeitos inversos, como a feminização de alguns traços em meninos – por exemplo, a orientação sexual – e a masculinização parcial das meninas.
    “A transmissão de marcadores epigenéticos sexualmente antagônicos entre as gerações é o mecanismo evolutivo mais plausível para o fenômeno da homossexualidade humana”, disse o coautor do estudo Sergey Gavrilets, diretor associado do NIMBioS e professor da Universidade do Tennessee, em Knoxville.

  20. Andre disse:

    A HOMOSSEXUALIDADE PODE SER DESENVOLVIDA NO ÚTERO DEVIDO ÀS MUDANÇAS EPIGENÉTICAS
    10 de março de 2014Saúde, Sociedadeadmin_cms

    A HOMOSSEXUALIDADE PODE SER DESENVOLVIDA NO ÚTERO DEVIDO ÀS MUDANÇAS EPIGENÉTICAS

    Rodrigo R Resende

    Laboratório de Sinalização Celular e Nanobiotecnologia/Departamento de Bioquímica e Imunologia/ICB/UFMG

    Vol. 1, N. 8, 11 de Março de 2014
    DOI: http://dx.doi.org/10.15729/nanocellnews.2014.03.10.005

    De acordo com uma hipótese recém-lançada, a homossexualidade pode não estar no próprio DNA, isto é, pode não ser uma herança genética. Em vez disso, com o desenvolvimento do embrião, genes relacionados ao sexo são ligados e desligados em resposta à flutuação dos níveis hormonais no útero, produzidos pela mãe e pela futura criança. Isso beneficia o feto, no entanto, se essas mudanças epigenéticas persistirem uma vez a criança nascida, e este tiver seus próprios filhos, alguns destes descendentes, a terceira geração ou os netos, poderão ser homossexuais.

    Os cientistas publicaram suas descobertas na revista The Quarterly Review of Biology. Os geneticistas evolucionistas propõem que esta é a razão pela qual a homossexualidade não desapareceu devido à pressão evolutiva. A pesquisa atual estima que 8% da população seja gay, e é sabido que a homossexualidade pode ocorrer em mais de um filho do mesmo casal ou, mesmo, pular uma descendência. Se um de um par de gêmeos idênticos é gay, há uma chance de 20% de que o outro também o seja. Veja bem, não estou dizendo que se um casal que tenha gêmeos, e um seja gay, o outro necessariamente também o será. Há uma chance em cinco de que ele possa vir a ser, mas isto tudo é influência direta do meio em que vive e não uma resposta única e exclusiva do DNA dos pais, avós ou bisavós, a forma como os pais instruem, cuidam, alimentam, a própria alimentação da mãe durante a gestação, o que assistem, isso tudo pode influenciar seu filho. O termo epigenética (veja também http://sbsc.org.br/nanocell/cegueira-e-o-agucar-da-audicao-o-senso-comum-e-a-observacao-cientifica/) existe há mais de cem anos, mas somente C. H. Waddington em 1942 deu uma definição mais precisa a ele.

    Epigenética é um campo da biologia que estuda as interações causais entre genes e seus produtos que são responsáveis pela produção do fenótipo, ou as características físicas que são apresentadas pelo indivíduo.

    A epigenética investiga a informação contida no DNA, a qual é transmitida na divisão celular, mas que não constitui parte da sequência do DNA, ou que sua sequência seja modificada. Sabemos que é a sequência do DNA que leva a informação para a produção de RNAs mensageiros e depois para a produção de proteínas e outros tipos diferentes de RNAs, se a sequência do DNA é modificada pode não produzir uma proteína ou produzir uma proteína defeituosa, o que chamamos de mutação genética, ou mesmo, uma versão melhorada.

    Na epigenética, os mecanismos que levam a fenótipos ou características diferentes envolvem modificações químicas do próprio DNA, ou modificações das proteínas que estão associadas a ele, sem, contudo, modificar sua sequência de bases. Por exemplo, nas histonas que se ligam e compactam a cadeia do DNA formando a cromatina, o material básico dos cromossomos, ou nas proteínas nucleares e nos fatores de transcrição, moléculas que interagem e regulam a função do DNA (Figura 1).

    homossexualidade

    Figura 1: Esquema da estrutura do cromossoma e como a epigenética atua. Os cromossomas são as fitas de DNA (ácido desoxiribonucleico) espiraladas ao máximo. As histonas são proteínas que mantêm o DNA enrolado ou espiralado. Se um grupo metil é ligado a uma base do DNA, ele pode tanto ativar a expressão ou produção de um gene ou causar sua repressão ou inibição. Se a metilação ocorrer em uma histona, ela pode não se desligar do DNA, não permitindo que o gene fica acessível e possível de ser transcrito, ou ativado para a produção de proteínas.

    As modificações epigenéticas envolvem a ligação de um grupo metil (-CH3) a base citosina do DNA, particularmente aquela que vem antes da guanina; ligação de grupo acetil (CH3CO-) ao aminoácido lisina no final de duas histonas; remodelagem de outras proteínas associadas à cromatina; e transposição de certas sequências da fita de DNA causando mudanças súbitas na maneira que a informação genética é processada na célula.Essas modificações podem ser causadas pela alimentação, bebida, medicamentos, pelo meio ambiente, como o ar que respiramos e o que nele tiver (incluindo a poluição). E essas modificações podem ser passadas até a quarta geração.

    A homossexualidade não é apenas ligada à espécie humana. Há muitas espécies que exibem traços homossexuais, incluindo peixes e aves, e os geneticistas não têm sido capazes de encontrar um gene que seja responsável pela orientação sexual. Por exemplo, entre gaivotas da Califórnia, cerca de 14% dos pares são fêmea-fêmea. Em cisnes negros australianos, cerca de 6% de pares são macho-macho, e 8% dos ovinos machos são atraídos exclusivamente para parceiros do sexo masculino.

    De acordo com a sabedoria convencional, o embrião se torna um menino quando um gene no cromossomo Y aciona o desenvolvimento dos testículos, que, em seguida, começam a produzir hormônios sexuais masculinos, incluindo a testosterona, por volta da oitava semana de gestação. Com nenhum cromossomo Y e, portanto, sem a testosterona, o embrião se torna uma garota.

    A testosterona não explica tudo. Fetos do sexo feminino são expostos a pequenas quantidades de testosterona de suas glândulas suprarrenais (glândulas que ficam sobre os rins e são principalmente responsáveis pela liberação de hormônios em resposta ao estresse através da síntese e liberação de hormônios corticosteroides, como o cortisol, e de catecolaminas, como a adrenalina (ou epinefrina). Estimulam a conversão de proteínas e gorduras em glicose, ao mesmo tempo que diminuem a captação de glicose pelas células, aumentando, assim, a utilização de gorduras.), também são expostos à testosterona pela placenta e pelo sistema endócrino da mãe. Em muitos pontos-chaves da gestação, os fetos masculinos e femininos estão expostos a quantidades semelhantes de testosterona. Os níveis de hormônio podem ser maiores do que o normal em mulheres e menores do que o esperado em homens, sem quaisquer efeitos sobre as estruturas genitais ou no cérebro (1).

    Os autores liderados por William Rice da University of California, Santa Barbara, EUA, propuseram que as diferenças na sensibilidade aos hormônios sexuais resultam de alterações epigenéticas, que não afetam a estrutura de um gene, mas pode ser ativada pela alteração química na região do promotor de um gene. As mudanças epigenéticas poderiam aumentar ou atenuar a atividade da testosterona, conforme necessário.

    As mudanças epigenéticas envolvem alterações nas proteínas que se ligam às longas cadeias de DNA e podem ser transmitidas aos descendentes. Os autores propuseram que a homossexualidade pode ser uma redundância (carry-over) dos genes pré-natais dos próprios pais para resistir ao excesso de testosterona, e isso pode alterar a ativação gênica em áreas do cérebro da criança envolvidas com a atração e preferência sexual. Essas mudanças epigenéticas protegem a mãe e o pai durante seu próprio desenvolvimento enquanto eram fetos. A vantagem inicial aos pais pode explicar por que o traço de homossexualidade persiste ao longo da evolução (1).

    Os autores têm feito um ótimo trabalho fornecendo um mecanismo para a variação genética, especialmente uma variação que não se poderia esperar persistir porque é tão fortemente ligada à reprodução. Porém para ir de mudanças na expressão gênica do por que alguém está atraído por uma pessoa do mesmo sexo é uma questão para a qual a ciência nunca poderá preencher todos os espaços em branco.

    Referência

    1. Rice WR, Friberg U, Gavrilets S. Homosexuality as a consequence of epigenetically canalized sexual development. Q Rev Biol. 2012 Dec;87(4):343-68. PubMed PMID: 23397798. Epub 2013/02/13. eng

  21. will disse:

    “Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem.” (Mt 7. 6)
    Em vez de perder energia e tempo com esses endemoniados, deveriam estar usando essas forças para pregar o amor de Jesus a quem tem sede de ouvir, a quem que pensa que não ha mais solução para os seus problemas.
    Essas pessoas, ativistas, e etc, são usadas por satanás para humilhar nos cristãos e rir da face de Deus diante de suas regras de amor aos humanos

    1. sivaldo disse:

      Concordo em gênero o número com vc!!!

  22. Manoel disse:

    Só não será melhor porque esse repórter, P. Bial, não sei qual a tendência dele, corta o assunto e não deixa o Pastor Malafaia, concluir seu raciocínio. “Na Moral” num debate onde Pr. Malafaia estava presente e representantes de várias denominações de credo, o espaço do Pr. era reduzido pelo Bial. Pode até acontecer diferente, se apenas fizer pate deste: o P.Bial, o Pastor e o deputado gay.

  23. Manoel disse:

    Só não será melhor porque esse repórter, P. Bial, não sei qual a tendência dele, corta o assunto e não deixa o Pastor Malafaia, concluir seu raciocínio. “Na Moral” num debate onde Pr. Malafaia estava presente e representantes de várias denominações de credo, o espaço do Pr. era reduzido pelo Bial. Pode até acontecer diferente, se apenas fizer pate deste: o P.Bial, o Pastor e o deputado gay.

  24. Nill disse:

    Será que esse padre que desceu a lenha na novela Babilônia vai “voltar atrás como Malafaia fez,suavizar o discurso e pedir aos católicos para voltar a assistir Babilônia.
    E pedir desculpas por te-los chamados de frouxos e sem-vergonhas pelo seu amor as novelas globais.

    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/televisao/exaltado-padre-prega-contra-novela-babilonia/

  25. maurilio disse:

    regis vai sonhando sua bicha a única pessoa que tem o jean gay como exemplo e só você, um cara como este jean nunca terá diálogo pra debater com o silas malafaia.

    1. regis disse:

      acesse o site do jean ou o face dele e veja quantos comentarios, todos elogiando a carreira do nobre deputado, vc que só conhece a biblia como livro deveria abrir os olhos pra o mundo e sair desse casulo

  26. maurilio disse:

    Debora eu entendo o que você quer dizer mais já pensou se o brasil inteiro ficasse sabendo que o pastor silas malafaia deixou de ir em um debate que estaria o jean imagia só como ficaria a moral dos crentes,o silas tem que ir sim em qualquer lugar que for convidado

  27. sebastiao disse:

    Acho ridículo tal episódio de um pregador influente se apresentar a convite de uma tv poderosa sem antes pedir que o intermediador faça ou tenha o cursos de Teologia, assim como todos os debatedores para haja verdadeiramente um equilíbrio de conhecimentos e poder haver um debate a altura.

  28. Andre disse:

    Moral: e lá Silas tem alguma moral?????, homem só pensa em dinheiro.

    Olha o PRESENTE que Eduardo Cunha, lançado e apoiado por SILAS.
    Tramaram para todo o povo brasileiro com ajuda das ovelhas assembleianas e fundamentalistas em GERAL.
    O FIM DA CLT.

    Terceirização: 9 razões para você se preocupar com a nova lei
    Procuradores do trabalho, auditores-fiscais e juízes trabalhistas afirmam que o PL da Terceirização é nocivo aos trabalhadores e à sociedade. Nove motivos explicam por que você deve se preocupar com a mudança

    O número de trabalhadores terceirizados deve aumentar caso o Congresso aprove o Projeto de Lei 4.330 (o PL já foi aprovado na Câmara dos Dep. e precisa ainda passar pelo Senado para depois ir à sanção presidencial). A nova lei abre as portas para que as empresas possam subcontratar todos os seus serviços. Hoje, somente atividades secundárias podem ser delegadas a outras empresas, como por exemplo a limpeza e a manutenção de máquinas.

    Entidades de trabalhadores, auditores-fiscais, procuradores do trabalho e juízes trabalhistas acreditam que o projeto é nocivo aos trabalhadores e à sociedade.

    Descubra por que você deve se preocupar com a mudança:
    1. Salários e benefícios devem ser cortados

    O salário de trabalhadores terceirizados é 24% menor do que o dos empregados formais, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

    No setor bancário, a diferença é ainda maior: eles ganham em média um terço do salário dos contratados. Segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, eles não têm participação nos lucros, auxílio-creche e jornada de seis horas.
    2. Número de empregos pode cair

    Terceirizados trabalham, em média, 3 horas a mais por semana do que contratados diretamente. Com mais gente fazendo jornadas maiores, deve cair o número de vagas em todos os setores.

    Se o processo fosse inverso e os terceirizados passassem a trabalhar o mesmo número de horas que os contratados, seriam criadas 882.959 novas vagas, segundo o Dieese.
    3. Risco de acidente vai aumentar

    Os terceirizados são os empregados que mais sofrem acidentes. Na Petrobrás, mais de 80% dos mortos em serviço entre 1995 e 2013 eram subcontratados. A segurança é prejudicada porque companhias de menor porte não têm as mesmas condições tecnológicas e econômicas. Além disso, elas recebem menos cobrança para manter um padrão equivalente ao seu porte.
    4. Preconceito no trabalho pode crescer

    A maior ocorrência de denúncias de discriminação está em setores onde há mais terceirizados, como os de limpeza e vigilância, segundo relatório da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Com refeitórios, vestiários e uniformes que os diferenciam, incentiva-se a percepção discriminatória de que são trabalhadores de “segunda classe”.
    5. Negociação com patrão ficará mais difícil

    Terceirizados que trabalham em um mesmo local têm patrões diferentes e são representados por sindicatos de setores distintos. Essa divisão afeta a capacidade deles pressionarem por benefícios. Isolados, terão mais dificuldades de negociar de forma conjunta ou de fazer ações como greves.
    6. Casos de trabalho escravo podem se multiplicar

    A mão de obra terceirizada é usada para tentar fugir das responsabilidades trabalhistas. Entre 2010 e 2014, cerca de 90% dos trabalhadores resgatados nos dez maiores flagrantes de trabalho escravo contemporâneo eram terceirizados, conforme dados do Ministério do Trabalho e Emprego. Casos como esses já acontecem em setores como mineração, confecções e manutenção elétrica.
    7. Maus empregadores sairão impunes

    Com a nova lei, ficará mais difícil responsabilizar empregadores que desrespeitam os direitos trabalhistas porque a relação entre a empresa principal e o funcionário terceirizado fica mais distante e difícil de ser comprovada. Em dezembro do último ano, o Tribunal Superior do Trabalho tinha 15.082 processos sobre terceirização na fila para serem julgados e a perspectiva dos juízes é que esse número aumente. Isso porque é mais difícil provar a responsabilidade dos empregadores sobre lesões a terceirizados.
    8. Haverá mais facilidades para a corrupção

    Casos de corrupção como o do bicheiro Carlos Cachoeira e do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda envolviam a terceirização de serviços públicos. Em diversos casos menores, contratos fraudulentos de terceirização também foram usados para desviar dinheiro do Estado. Para o procurador do trabalho Rafael Gomes, a nova lei libera a corrupção nas terceirizações do setor público. A saúde e a educação pública perdem dinheiro com isso.
    9. Estado terá menos arrecadação e mais gasto

    Empresas menores pagam menos impostos. Como o trabalho terceirizado transfere funcionários para empresas menores, isso diminuiria a arrecadação do Estado. Ao mesmo tempo, a ampliação da terceirização deve provocar uma sobrecarga adicional ao SUS (Sistema Único de Saúde) e ao INSS. Segundo juízes do TST, isso acontece porque os trabalhadores terceirizados são vítimas de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais com maior frequência, o que gera gastos ao setor público.

    Fontes: Relatórios e pareceres da Procuradoria Geral da República (PGR), da Central Única dos Trabalhadores (CUT), do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e de juízes do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Entrevistas com o auditor-fiscal Renato Bignami e o procurador do trabalho Rafael Gomes.

  29. Andre disse:

    A HOMOSSEXUALIDADE PODE SER DESENVOLVIDA NO ÚTERO DEVIDO ÀS MUDANÇAS EPIGENÉTICAS
    1Saúde, Sociedadeadmin_cms

    Rodrigo R Resende

    Laboratório de Sinalização Celular e Nanobiotecnologia/Departamento de Bioquímica e Imunologia/ICB/UFMG

    Vol. 1, N. 8, 11 de Março de 2014
    nanocellnews.2014.03.10.005

    De acordo com uma hipótese recém-lançada, a homossexualidade pode não estar no próprio DNA, isto é, pode não ser uma herança genética. Em vez disso, com o desenvolvimento do embrião, genes relacionados ao sexo são ligados e desligados em resposta à flutuação dos níveis hormonais no útero, produzidos pela mãe e pela futura criança. Isso beneficia o feto, no entanto, se essas mudanças epigenéticas persistirem uma vez a criança nascida, e este tiver seus próprios filhos, alguns destes descendentes, a terceira geração ou os netos, poderão ser homossexuais.

    Os cientistas publicaram suas descobertas na revista The Quarterly Review of Biology. Os geneticistas evolucionistas propõem que esta é a razão pela qual a homossexualidade não desapareceu devido à pressão evolutiva. A pesquisa atual estima que 8% da população seja gay, e é sabido que a homossexualidade pode ocorrer em mais de um filho do mesmo casal ou, mesmo, pular uma descendência. Se um de um par de gêmeos idênticos é gay, há uma chance de 20% de que o outro também o seja. Veja bem, não estou dizendo que se um casal que tenha gêmeos, e um seja gay, o outro necessariamente também o será. Há uma chance em cinco de que ele possa vir a ser, mas isto tudo é influência direta do meio em que vive e não uma resposta única e exclusiva do DNA dos pais, avós ou bisavós, a forma como os pais instruem, cuidam, alimentam, a própria alimentação da mãe durante a gestação, o que assistem, isso tudo pode influenciar seu filho. O termo epigenética (veja também http://sbsc.org.br/nanocell/cegueira-e-o-agucar-da-audicao-o-senso-comum-e-a-observacao-cientifica/) existe há mais de cem anos, mas somente C. H. Waddington em 1942 deu uma definição mais precisa a ele.

    Epigenética é um campo da biologia que estuda as interações causais entre genes e seus produtos que são responsáveis pela produção do fenótipo, ou as características físicas que são apresentadas pelo indivíduo.

    A epigenética investiga a informação contida no DNA, a qual é transmitida na divisão celular, mas que não constitui parte da sequência do DNA, ou que sua sequência seja modificada. Sabemos que é a sequência do DNA que leva a informação para a produção de RNAs mensageiros e depois para a produção de proteínas e outros tipos diferentes de RNAs, se a sequência do DNA é modificada pode não produzir uma proteína ou produzir uma proteína defeituosa, o que chamamos de mutação genética, ou mesmo, uma versão melhorada.

    Na epigenética, os mecanismos que levam a fenótipos ou características diferentes envolvem modificações químicas do próprio DNA, ou modificações das proteínas que estão associadas a ele, sem, contudo, modificar sua sequência de bases. Por exemplo, nas histonas que se ligam e compactam a cadeia do DNA formando a cromatina, o material básico dos cromossomos, ou nas proteínas nucleares e nos fatores de transcrição, moléculas que interagem e regulam a função do DNA (Figura 1).

    homossexualidade

    Figura 1: Esquema da estrutura do cromossoma e como a epigenética atua. Os cromossomas são as fitas de DNA (ácido desoxiribonucleico) espiraladas ao máximo. As histonas são proteínas que mantêm o DNA enrolado ou espiralado. Se um grupo metil é ligado a uma base do DNA, ele pode tanto ativar a expressão ou produção de um gene ou causar sua repressão ou inibição. Se a metilação ocorrer em uma histona, ela pode não se desligar do DNA, não permitindo que o gene fica acessível e possível de ser transcrito, ou ativado para a produção de proteínas.

    As modificações epigenéticas envolvem a ligação de um grupo metil (-CH3) a base citosina do DNA, particularmente aquela que vem antes da guanina; ligação de grupo acetil (CH3CO-) ao aminoácido lisina no final de duas histonas; remodelagem de outras proteínas associadas à cromatina; e transposição de certas sequências da fita de DNA causando mudanças súbitas na maneira que a informação genética é processada na célula.Essas modificações podem ser causadas pela alimentação, bebida, medicamentos, pelo meio ambiente, como o ar que respiramos e o que nele tiver (incluindo a poluição). E essas modificações podem ser passadas até a quarta geração.

    A homossexualidade não é apenas ligada à espécie humana. Há muitas espécies que exibem traços homossexuais, incluindo peixes e aves, e os geneticistas não têm sido capazes de encontrar um gene que seja responsável pela orientação sexual. Por exemplo, entre gaivotas da Califórnia, cerca de 14% dos pares são fêmea-fêmea. Em cisnes negros australianos, cerca de 6% de pares são macho-macho, e 8% dos ovinos machos são atraídos exclusivamente para parceiros do sexo masculino.

    De acordo com a sabedoria convencional, o embrião se torna um menino quando um gene no cromossomo Y aciona o desenvolvimento dos testículos, que, em seguida, começam a produzir hormônios sexuais masculinos, incluindo a testosterona, por volta da oitava semana de gestação. Com nenhum cromossomo Y e, portanto, sem a testosterona, o embrião se torna uma garota.

    A testosterona não explica tudo. Fetos do sexo feminino são expostos a pequenas quantidades de testosterona de suas glândulas suprarrenais (glândulas que ficam sobre os rins e são principalmente responsáveis pela liberação de hormônios em resposta ao estresse através da síntese e liberação de hormônios corticosteroides, como o cortisol, e de catecolaminas, como a adrenalina (ou epinefrina). Estimulam a conversão de proteínas e gorduras em glicose, ao mesmo tempo que diminuem a captação de glicose pelas células, aumentando, assim, a utilização de gorduras.), também são expostos à testosterona pela placenta e pelo sistema endócrino da mãe. Em muitos pontos-chaves da gestação, os fetos masculinos e femininos estão expostos a quantidades semelhantes de testosterona. Os níveis de hormônio podem ser maiores do que o normal em mulheres e menores do que o esperado em homens, sem quaisquer efeitos sobre as estruturas genitais ou no cérebro (1).

    Os autores liderados por William Rice da University of California, Santa Barbara, EUA, propuseram que as diferenças na sensibilidade aos hormônios sexuais resultam de alterações epigenéticas, que não afetam a estrutura de um gene, mas pode ser ativada pela alteração química na região do promotor de um gene. As mudanças epigenéticas poderiam aumentar ou atenuar a atividade da testosterona, conforme necessário.

    As mudanças epigenéticas envolvem alterações nas proteínas que se ligam às longas cadeias de DNA e podem ser transmitidas aos descendentes. Os autores propuseram que a homossexualidade pode ser uma redundância (carry-over) dos genes pré-natais dos próprios pais para resistir ao excesso de testosterona, e isso pode alterar a ativação gênica em áreas do cérebro da criança envolvidas com a atração e preferência sexual. Essas mudanças epigenéticas protegem a mãe e o pai durante seu próprio desenvolvimento enquanto eram fetos. A vantagem inicial aos pais pode explicar por que o traço de homossexualidade persiste ao longo da evolução (1).

    Os autores têm feito um ótimo trabalho fornecendo um mecanismo para a variação genética, especialmente uma variação que não se poderia esperar persistir porque é tão fortemente ligada à reprodução. Porém para ir de mudanças na expressão gênica do por que alguém está atraído por uma pessoa do mesmo sexo é uma questão para a qual a ciência nunca poderá preencher todos os espaços em branco.

    Referência

    1. Rice WR, Friberg U, Gavrilets S. Homosexuality as a consequence of epigenetically canalized sexual development. Q Rev Biol. 2012 Dec;87(4):343-68. PubMed PMID: 23397798. Epub 2013/02/13. eng

  30. Manoel disse:

    Vanessa disse: “E vai na fé Pastor, que Deus será contigo!” o Pastor Malafaia, é homem de Deus, bom nesse negócio, diz o que ele e eles precisam saber, não o que eles gostariam de ouvir.

  31. Carlos disse:

    Sabe qual a semellança de Silas Malafaia E Judas Iscariotes?
    os dois Amam( moedas! )

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

PROPAGANDA
PROPAGANDA