Igreja monta presépio em formato drive-thru para divulgar verdadeiro sentido do Natal

26

As igrejas evangélicas dos Estados Unidos têm se empenhado para divulgar a essência do Natal, combatendo a visão mitológica e comercial representada pelo Papai Noel. E a criatividade é uma das principais ferramentas nessa empreitada.

A Green River Baptist Church, da cidade de Cromwell, no Kentucky (EUA), resolveu criar um presépio em formato de drive-thru, semelhante aos de restaurantes fast-food. Nele, a história bíblica do nascimento de Jesus será contada em capítulos.

A exposição tem como objetivo fazer com “que as pessoas saibam sobre a verdade do Natal: que tudo gira em torno de Jesus”, segundo o pastor da igreja, Kelly Harris. Um movimento com propósito semelhante está sendo posto em prática no estado do Tennessee, por um grupo de pastores que vem espalhando cartazes com a mesma mensagem.

“Isso está competindo com a visão secular do Natal, onde as pessoas só se importam com dinheiro e bens materiais. Nós queremos espalhar as boas novas de Jesus Cristo para a nossa comunidade”, disse Harris. “Nossos atores vestem seus trajes e estão prontos para ir. Nós tivemos voluntários montando nossos adereços e abrigos para cada cena, durante semanas. Isto faz com quem todos nós trabalhemos juntos para conseguir isso”, acrescentou.


Em entrevista ao Christian Post, o pastor detalhou o presépio drive-thru, revelando que cada cena da exposição contará um capítulo do nascimento de Jesus, desde a profecia em Isaías, no Velho Testamento, até os relatos do Novo Testamento sobre seu nascimento.

“A primeira cena é Isaías recebendo a mensagem do Messias prometido. Em seguida, é o anúncio de Gabriel a Maria. Então, temos a visita de Maria a Isabel […] Nós temos uma cena em que o anjo fala com José por meio de um sonho. Em seguida, é a cena de Maria e José no estábulo. E, finalmente, temos uma grande cena de Maria e José, com os anjos e os pastores”.

A igreja não cobrará ingressos, e prevê um grande acesso, já que fica vizinha à uma rodovia federal. “Os participantes serão recebidos por recepcionistas, que irão fornecer uma brochura que dá uma breve descrição de cada cena e apresenta passagens da Bíblia de cada história”, informou a jornalista Simone C. Payne, do jornal Bowling Green Daily News. “Os hóspedes podem permanecer em seus carros, enquanto dirigem através das encenações de 2 minutos, cheias de música e narrações”, concluiu.

26 COMENTÁRIOS

  1. Mas se já sabemos que o Natal é uma festa de origem pagã porque nossas igrejas ainda celebram o Natal? Vamos ler mais a Bíblia e seguir Jesus de um modo simples sem recorrer a festas pagãs.

  2. Agora eu sugiro aos evangélicos que tal fazer nossa propia comemoração de natal no dia 06 de janeiro? É melhor do quer ficar abraçando a festa pagã catolica.

  3. Quanto à polícia federal irá tomar coragem de investigar as falcatruas das seitas neopentecostais criminosas que infestaram este Brasil.,

    Estas seitas criminosas estão na podre política, nos méios de comunicacao, e em toda e qualquer meu financeiro.,

    Vou até sugerir um nome a polícia federal:

    Operação hereges da fé.

    • Lopes
      Por falar em, “Operação hereges da fé”
      Onde há homens sempre existirá as falcatruas. Exemplo: a palavra vigário, deu origem a vigarista e o presépio a presepada. Agora que se aproxima o “natal” quantas presepadas são armadas em todo mundo.
      Há os que pregam a Cristo, por inveja, porfia e outros de boa vontade, Filipenses 1:15.
      Quantas ingratidões e heresias praticadas por aqueles que deixam de adorar ao Supremo Deus Criador, para venerar (adorar), os ídolos e falecidos humanos.

      • MANOEL

        Cara, menos…
        Tudo o que é demais, não dá certo, já dizia Monteiro Lobato, há quase 100 anos.
        Eu não vejo diferença entre o Estado Islâmico e um eventual “Estado Evangélico”.
        Só mudaria o nome, de muçulmanos para evangélicos.
        Os dois são intolerantes.
        Os dois dizem que a salvação é somente pela fé…SOLA FIDE.
        Os dois adotam o critério SOLA SCRIPTURA, “somente a escritura”.
        Os dois acham que todos os outros são hereges.
        Os dois dizem que só eles serão salvos.
        Os dois dizem que o inferno aguarda todos os outros.
        Os dois não toleram imagens ou esculturas.
        Os dois onde chegam tentam dominar a sociedade e impor suas crenças.
        Os dois crêem que sua divindade (Jeová / Alá) lhes deu a missão de eliminar todos os “infiéis” ou de subjugá-los.

        Se acham que o católico é idólatra, então deveriam ser proibidas fotografias e filmagens, como uns grupos do Taleban no Afeganistão, que destruíram todos os aparelhos de tv, dvds, blu-rays, livros ilustrados e mataram quem estava de posse deles.
        Se alguém me mostra uma foto de seu pai, eu sei que o pai da pessoa não é um pedaço de papel.
        Portanto, uma imagem é um ídolo, se for usada como um ídolo, o que não é o caso de imagens de Maria ou de santos.
        Nem os santos nem Maria são estátuas de barro.
        São representações, assim como uma foto representa a pessoa real.
        Muitas pessoas deste mundo ainda precisam de uma imagem para homenagear seu santo de devoção, como sabem que não terão à sua frente a própria Maria ou um dos Santos, quando vão orar o fazem diante de um símbolo.
        É um fenômeno chamado “Canal de Pensamento”, no qual a imagem p. ex. de Maria, ajuda a dirigir o pensamento na direção das entidades celestes.
        Na verdade, não é necessário orar com algo para orientar meu pensamento, porém muitos não conseguem sem isso.
        Ah, só pra te aborrecer, meu nome é Mariana.
        Venho de uma longa genealogia de séculos de devotos(as) de Maria.
        Se tenho medo de ir pro Inferno?
        Não posso temer o que não existe.
        Cuidado com o radicalismo, pode te levar a ficar igual ao Estado Islâmico.
        Não ao fanatismo, seja de Allah ou Jeová.

        • Princesa
          Até então achava que vc era uma conhecedora da palavra de Deus (bíblia).
          Tudo bem, ninguém é obrigado(a), a conhecer as escrituras sagradas, mas deve, foi Jesus que disse, “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam” João 5:39
          Posso te dizer com toda convicção de pensamento, e muitos pela fé, pensam igualmente a mim.
          Vc diz, ou melhor, (cristãos e muçulmanos) “Os dois dizem que a salvação é somente pela fé…” Sim, é pela fé, mas tudo depende em quem se crê. De todos os líderes religiosos do mundo, ou seja, Jesus, Maomé, Buda e etc…Se vc for à Arábia Saudita Meca; ou em algum lugar na Índia, irá encontrar o suposto túmulo desses líderes. Agora, eu que conheço, não só pela história bíblica, mas pessoalmente o buraco esculpido na rocha ao pé do monte gólgota, em Israel. e que está totalmente vazio, é o de Jesus!
          Pergunto: em quem devemos depositar a nossa fé e confiança, naqueles que desceram ao pó da terra e lá permanecem, ou em Jesus ressuscitado, disse Paulo: “Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos” 1 Coríntios 15:6.
          Nós chamamos o Criador de Deus, os muçulmanos de Alá, até aí não vejo problema algum, questão de idioma (língua), a diferença é que o nosso único mediador Jesus, 1 Timóteo 2:5, morreu e ressuscitou ao terceiro dia, o Maomé, permanece no túmulo em pó, bem como, todos que partiram dessa vida, salvos ou perdidos.
          Fazer petição (reza), a Maria, ou a qualquer um suposto santo, isto porque nenhum poder foi dado por Deus, tem nome: pecado de ingratidão para com o Senhor Jesus, pois Ele foi o único que depois de haver ressuscitado, disse: “É-me dado todo o poder no céu e na terra” Mateus 28:18.
          Tá lascado qualquer um(a), que quiser entrar no Céu, a não ser por Jesus, não achará a Porta.
          A princípio, todos nós somos criaturas de Deus, mas filhos, só mediante o recebimento de Jesus. Saiba: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome” João 1:12

        • O cristianismo ensina o amor. Não ensina “eliminar todos os “infiéis” ou de subjugá-los.”. Você está tendo uma visão alterada do que Cristo ensinou. Ensina também que todos possuem o livre arbítrio para fazer o que bem entendem, mas nós escolhemos ser livres do pecado, e da angustia e aprisionamento que o mesmo trás. Ter paz interior.

      • esquenta nao manoelita do bras., assim que a policia federal comecar a trabalhar estes caso., que nao ira demorar muito., vou visitar seus pares na cadeia.,.

        pois e la que os pastorecos safados devem estar.,. detras da sgrades.

        seus hipocritas exploradores da fe dos brasileiros.,.

        • Lopéssimo
          Já te disse em outro comentário, conheço apenas o Brás comercial, moro há mil KMs deste, sou crente em Jesus, mas não pertenço as igrejas neopentecostais.
          Creio em Jesus, como sendo o único Salvador, “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” Atos 4:12.

        • Lopéssimo
          Se algum pastor safado for para cadeia, lá é seu lugar. Nós os crentes em Jesus, a despeito dos padrecos da icr, não temos esse costume de acobertar falcatruas de pastores. Pastor ou Padre, trouce escândalos (cometeu crime) cadeias neles…

          • MANOEL

            Não existe pastor safado e sim safado pastor.
            Um pilantra que enveredou pelo caminho da religião para disfarçar suas pilantragens.
            Antes de ocupar o ministério o cara já não prestava.
            Isso explica a grande quantidade de pastores deput@dos envolvidos até o pescoço em corrupção.
            Esses políticos não são pastores que se envolveram em bandidagem.
            São bandidos que se tornaram pastores.
            E conspurcam o sagrado ministério com sua conduta imunda.
            Mas ai deles, se não se arrependerem!
            Porque da justiça de homens até podem escapar, mas da justiça do Supremo (não o STF, é Deus mesmo) ninguém foge.
            E na presença d´Ele não adianta o “sabe com quem está falando?”.
            Atrevo-me até a dizer que esses pilantras gospel não acreditam em Deus, se o fizessem saberiam que o castigo é duro e inevitável.
            É próprio de quem crê nada haver após a morte física essas atitudes, ora se não existe nada após a morte, a ordem é aproveitar a vida ao máximo e que se danem os outros.
            Se você está bem como evangélico, continue assim, mas nunca nunca mesmo pise no templo de Mamon, do mamonista PEDIR MAISCEDO.
            O profeta de Baal, mentiroso, hipócrita, simoníaco, maçom, rabino, defensor do aborto, adorador de Mamon.
            Esse vendeu a alma em troca de poder e fortuna, mas será que ele sabe que o “comprador” um dia virá receber o que é dele?
            Cego guiando cegos, cairão todos na fossa.
            Onde já se viu um homem de Deus defendendo o aborto?
            Tá explicado: o$ bi$po$ e pa$tore$ da IURD $ão homen$ de Deu$.

          • Princesa
            Seja pastor safado ou safado pastor, “a ordem dos fatores não alteram o produto”
            Quantos os mercenários, pró-aborto e idólatras etc… não pense vc que ficarão impunes. Inclusive nós, caso não haja arrependimentos pelos erros em vida e pedido de perdão a Deus, em nome de Jesus, estaremos fadados ao fracasso eterno.
            Todas Honras e Glórias devemos dar a Jesus, pois foi que nos resgatou da perdição eterna, aleluias ao nosso Rei Jesus.

          • Princesa
            Sempre fui uma pessoa econômica, mas não um passa fome (miserável), é tanto que vivo muito bem com meu salário de servidor público aposentado. No meu modo de pensar, ainda que eu tivesse 1 milhão de anos para viver ou mais, e com todas as riquezas e vaidades deste mundo, mas que no final de tudo isso, perdesse minha salvação, nada… me adiantaria.
            Há quem diga, se um pardal, hoje, iniciasse a bicar a terra e transportasse toda ela para lua, (distância entre a terra e a lua 384 mil KMs), no dia em que ele terminasse de transportar a eternidade irá continuar, entenda.
            Todas as coisas deste mundo e a vida são efêmeras, não ao mamonismo e as vaidades. Devemos se possível desfrutar das coisas boas que Deus nos deixou, desde que não haja comprometimento com o pecado. Vale apena obedecer a Deus, por Jesus, nosso único Salvador…A salvação é esplêndida e não terá fim. Para sempre Jesus…

      • manoelita do bras , seguidor de seitinhas hereticas .,.

        prefiro ., uma imagem de cristo ou da virgem maria de nazare., que se nao fizer bem mas o mal tambem nao faz do que .,.as heresias neopentecostais das seitas mundanas do bras.,.

        vai te satanas., sujeitinho fundamentalista, filho do cachaceiro lutero

  4. Por que o Natal é comemorado em 25 de dezembro?

    Parece incrível, mas a escolha da data não tem nada a ver com o nascimento de Jesus. Os romanos aproveitaram uma importante festa pagã realizada por volta do dia 25 de dezembro e “cristianizaram” a data, comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez no ano 354. A tal festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti (“nascimento do sol invencível”), era uma homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma. As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano. No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa – ele costuma ser próximo de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25. A origem da data é essa, mas será que Jesus realmente nasceu no período de fim de ano? Os especialistas duvidam. “Entre os estudiosos do Novo Testamento e das origens do cristianismo, é consenso que ele não nasceu em 25 de dezembro”, afirma o cientista da religião Carlos Caldas, da Universidade Mackenzie, em São Paulo. Na Bíblia, o evangelista Lucas afirma que Jesus nasceu na época de um grande recenseamento, que obrigava as pessoas a saírem do campo e irem às cidades se alistar. Só que, em dezembro, os invernos na região de Israel são rigorosos, impedindo um grande deslocamento de pessoas. “Também por causa do frio, não dá para imaginar um menino nascendo numa estrebaria. Mesmo lá dentro, o frio seria insuportável em dezembro”, diz Caldas. O mais provável é que o nascimento tenha ocorrido entre março e novembro, quando o clima no Oriente Médio é mais ameno.

DEIXE UMA RESPOSTA