Pais evangélicos que recusaram atendimento médico para bebê por crerem na cura divina poderão pegar mais de 20 anos de cadeia

15

O casal evangélico Herbert e Catherine Schaible, condenados pela morte de um filho de oito meses por recusarem atendimento médico e optarem por aguardar a cura através de orações, deverão ser informados em breve sobre o tamanho da pena pelo juiz do caso.

O júri popular que analisou o caso entendeu que os pais eram culpados, e a sentença com o tempo de prisão poderá ser superior a 20 anos. A pena máxima para o crime é de 40 anos.

Quando o menino Brandon, de oito meses, faleceu por não receber atendimentos adequados, Herbert e Catherine Schaible já cumpriam pena de 10 anos de prisão pela morte de outro filho, em 2009, nas mesmas circunstâncias. Em 2010, a Justiça concedeu liberdade condicional a eles sob termos específicos de oferecerem atendimento médico aos filhos quando estes adoecessem.

Herbert e Chaterine são membros da First Century Gospel Church em Philadelphia, uma pequena igreja pentecostal. Seus advogados pretendem argumentar que a crença na cura divina faz parte da doutrina recebida pelo casal, e que a falta de atendimento médico não se deu por malícia ou relaxo.


Além dos dois filhos mortos pela falta de atendimento médico, Herbert e Catherine são pais de outros sete filhos, todos saudáveis: “Acreditamos na cura divina, que Jesus derramou sangue para a nossa cura e que ele morreu na cruz para quebrar o poder do diabo”, disse Herbert Schaible, num comunicado divulgado pela polícia em 2013, logo após sua prisão. Segundo Herbert, a medicina “é contra as nossas crenças religiosas”.

A postura do casal segue a linha de pensamento do pastor da comunidade, Nelson Clark. Entrevistado pelo Huffington Post, Clark afirmou que o casal havia perdido os dois filhos por conta de uma “falta espiritual” em suas vidas.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


15 COMENTÁRIOS

  1. “Segundo Herbert, a medicina “é contra as nossas crenças religiosas”.

    Isso que acontece com quem não tem o hábito da leitura bíblica… diz uma “pérola” dessas e ocasiona a morte de um filho.

    Jesus disse que os doentes precisam de médicos, e inclusive um dos autores 4 dos evangelhos era um médico… Deus não condena a medicina, ela deve ser usada em conjunto com a fé.

  2. E’ por isso que quando estao doentes, Edir Macedo e Valdemiro sabem direitinho o endereço do Hospital da Clinicas huahuahuahua oraçao e’ para os fieis sem seguro medico

  3. Crente é assim mesmo, vivem dizendo “ora, vem senhor Jesus”, mas se pelam de medo da morte como qualquer desgraçado, correndo para o médico ao menor sinal de problema de saúde mais sério. E essa coisa de cura pela fé entre os evangélicos é um grande engodo, pois falam em cura pela fé mas correm atrás é do médico mesmo. Fui evangélico durante anos e nunca vi um aleijado ter um novo membro restituído no corpo, não obstante o Evangelho fala de coxos saltando, cegos vendo, mudos falando. Pobre criançinha, pagando com a vida pelo fanatismo de seus pais.

  4. Atenção senhores Edir Macedo, Valdemiro Santiago, Romildo R. Soares, Silas Malafaia, et caterva, os senhores estão desde já desafiados a comparer aos hospitais de câncer para, com sua poderosa fé – que os senhores declaram possuir -, levantar os pacientes terminais que ali estão em grande dor e sofrimento. Se creem mesmo em cura pela fé, por que não fazê-lo? Fica o desafio, mas sei que não atenderão, pois tudo não passa de uma grande farsa. Para a cura do joelho do Valdemiro, por exemplo, não foi suficiente sua própria oração, bem como as orações de todos os pastores, bispos, obreiros e fiéis de sua igreja; esses não puderam operar o milagre da cura, mas os médicos do hospítal Sirio Líbanez puderam, não é mesmo “apóstolo”?

  5. É uma grande irresponsabilidade negar atendimento médico a quem precisa, ou induzir um paciente a abandonar um tratamento. Só quem tem o poder de fazer isto é um médico, após um diagnóstico claro, conclusivo. Nenhum parente, amigo, líder religioso, por mais fé que tenha, pode ou deve fazê-lo. Na verdade, quem faz isto, não conhece de fato a bíblia e o Deus que nela se revela. Não há proibição em nenhum lugar da bíblia a consulta a médicos. No período histórico em que ela foi escrita ou descreve, o povo em geral era muito místico(diferente de hoje?), dando mais crédito a poções mágicas e afins. Isto não significa a inexistência de médicos, ou que não eram procurados. Existiam escolas de medicina (uma das mais famosas era em Alexandria) e médicos pesquisadores (claro que era muito rudimentar). Lucas, o apóstolo verdadeiro, é descrito na bíblia como médico (Col. 4:14), e viajava com Paulo; provavelmente usou de sua ciência para ajudar alguém, (por que não?). A história mostra que eram feitas cirurgias, inclusive no cérebro (trepanação), remoção de catarata, amputação de membros. Uma fitoterapia rudimentar era praticada, algumas frutas e hortaliças eram tidas como remédio; a mandrágora era crida como afrodisíaco (Gn 30:14). O leite de cabra, o mel (Pv.16:24) era utilizado para dores na garganta,tratar feridas). Alguns homens de fé ficaram doentes: Paulo, provavelmente (em minha modesta opinião) tinha dificuldades com os olhos, Gal. 6:11, 4:13-15; 2Cor. 12:7- ele sempre ditava suas cartas. Trófimo esteve muito doente, o que o impediu de viajar, 2 Tim. 4:20; Epafrodito esteve doente, 1 Tim. 5:23. Paulo recomendou a Timóteo tomar um pouco de vinho, por causa do estomago. No A.T. o profeta Isaias recomendou um emplasto para tratamento do rei Ezequias, que ficou curado. 2º Rs. 20:7. De fato, consultar os médicos não é contra a fé, pois Deus dotou o homem com capacidade de pesquisar e desenvolver remédios para curar ou impedir a doença (vacinas). A preguiça de estudar, pesquisar; o analfabetismo bíblico, a falta de cultura, o misticismo, é que tornam a fé irracional e contribuem para a pilheria de alguns . Este casal está totalmente equivocado em sua fé, desorientado em seu conhecimento bíblico, e o resultado é desastroso. O líder religioso também deveria ser enquadrado pela justiça!

    • clamando entao pq vc nao vai para um site verdadeiramente “cristao”? Vc esta’ pecando ao ficar aqui entre os “ateus” e “gays”..

      “Bem-aventurado o homem que nao anda segundo o conselho dos impios, nem se detem no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” – Salmos1, 1

  6. Deus tenha misericórdia de todos!
    O homem será julgado segundo a sua obra, e a ignorância do seu entendimento. Pois o princípio do conhecimento e da sabedoria, é o temor ao Senhor.
    Muitos que se acham sábios a seus próprios olhos, acreditam ter maturidade o suficiente para questionarem e se intrometerem no que desconhecem.

    O meu Deus, é o Deus do impossível!

DEIXE UMA RESPOSTA