Brasil

Pastor lava os pés de transexual e mãe-de-santo durante culto e causa polêmica: “A presença de Deus era nítida”

Comments (23)
  1. Vanessa disse:

    É isso aí, gostei! Isso só mostra como o povo evangélico é amoroso com qualquer pessoa, e que essa história de intolerância religiosa é pura armação do inimigo de nossas almas.

  2. luciano disse:

    Jesus fez esta cerimônia entre os seus discípulos,quer dizer entre os que os segue.
    jesus não fez isso para nem uma divindade religiosa ou coisa parecida,assim também o pastor não deve oferecer santa ceia para eles,na minha opinião ele fez tudo errado e só quer aparecer um pouco.

    1. Bruno disse:

      Um argumento a se pensar, mas tem que levar em conta que entre os discípulos, estava Judas, aquele que O traiu. Se formos analisar por esse angulo, Jesus podia não ter lavado os pés dele, já que Ele sabia que Judas ia traí-lo.

      1. luciano disse:

        mais judas era um escolhido dele e somente no juizo final é que jesus vai separar o joio do trigo.

        1. lucianta,não se exalte e não se julge santa,você é crente joio,erva daninha,e esse tipo de crente é jogado fora,no lixo,no inferno mesmo.

        2. O lucianta é um analfabeto de Bíblia.Conhece algumas frases soltas e
          isoladas que convém.Uma verdadeira mula-sem-cabeça.

    2. Manuel disse:

      O que Jesus fez não foi uma cerimónia. Era comum naqueles dias os servos lavarem os pés dos convidados. Jesus apenas deu o exemplo a seus seguidores de servirem os outros. Na sala onde foi celebrada a Páscoa e a ultima ceia, não havia anfitrião e nem escravo para lavar os pés, assim Jesus realizou o que seus discípulos não fizeram. Agora o que esse pastor fez foi uma tentativa de tapar o sol com a peneira, tentar mostrar que não existe preconceito entre os evangélicos, mas todos sabemos que esse preconceito existe mesmo,

      1. Esse homem só defeca pela boca.É o verdadeiro crente avestruz.

        1. Wilson disse:

          Defeca pela boca? os comentários são escritos!!

    3. Bruno disse:

      Pela quantidade de mundanos elogiando a atitude do pastor, o fato de ele participar de um documentário da rede globosta, e ter feito isso registrando o momento me faz concordar com o Luciano. O gesto de lavar os pés ja era praticado em Israel muitos anos antes de Jesus lavar os pés dos discípulos, pessoas de autoridade lavavam os pés dos seus SERVIÇAIS em sinal de humildade. Jesus lavou os pés dos discípulos a seu serviço, não lavou os pés de outras pessoas, independente do que sejam. Aquilo foi um simbolismo da Igreja para a Igreja. Quem é de fora não vai entender.

  3. eu disse:

    O povo evangélico esta entendendo mais de prosperidade, do que da Sâ doutrina, por isto a surpresa com o ato .

  4. Rui disse:

    kkk

    “ermão” evanjég
    não se entendem!!!! kkkk

  5. marta disse:

    Sei apenas de uma coisa ..Não precisamos nos expor pois é opra Deus que devemos nos prostrar e Ele tudo vê…Não precisamos disso pois em Nome de Jesus tudo que fizermos para mudar o mundo já é de grande valor , expor vai apenas ter curiosos e pessoas para difamar cada vez mais.Que nossa missão seja realmente o Ide e o que a mão direita faz a esquerda não precisa saber…mas a intenção foi boa com certeza….pelo menos fez o bem…mas que Jesus seja sempre o alvo e o centro das atenções em todas as igrejas…Salvação anunciar enquanto é tempo…Confiem em Deus para que Ele revele e justifique a verdade..Mas o amor tem que ser a todo tempo e a qualquer um independente de estarmos dentro de um templo ou na rua…Dou os parabéns pela boa intenção ,mas precisamos fazer estas coisas como faria e fez Jesus. Que Deus o abençoe sempre.

  6. Studebaker disse:

    Receber pessoas como visitantes de outras denominações em nossas igrejas e mais que normal e sempre sempre são mais que bem recebidas sejam elas de que Fé ou Doutrina for, agora dobrar os joelhos frente a um pai ou mãe de santo ai a coisa e bem deferente, um ato que não levara a nada, O Senhor Jesus realmente lavou os pés de seus discipulos, o que tambem na epoca era cortesia e costume inclusive quando chegava uma visita nas casas dos Hebreus era costume ja traser uma vasilha com agua para que se lavassem os pés, sinceramente não acho que foi um gesto nem de humildade nem de tolerancia por parte deste Pastor, tão somente convida-los e trata-los bem e com respeito assim como sempre são convidados seja atraves de radio televisão por convites de casa em casa ou um carro passando com som, ontem mesmo os testemunhas de jeová passou em minha casa entregando convite para um um congresso em suas igrejas, os tratei da melhor maneira possivel, eu vou e claro que não vou, mas nem por isso os tratei mal, pelo contrario os tratei bem de conformidade como se deve tratar com boa educação, Que Deus Em Sua Infinita Misericordia me perdoe mas não concordo com este ato deste Pastor de forma alguma,

    1. clamando disse:

      CONCORDAMOS CONTIGO STARDUST EU O PAI O FILHO E O ESPIRITO

      1. Sandro disse:

        “EU O PAI O FILHO E O ESPIRITO” kkkkkkkkkkkkkk

        Agora não temos mais um trindade, e sim um quarteto celeste! kkkkkkkkkkkk

    2. henrjk disse:

      O lavar os pés faz parte da cultura semita e não faz parte da cultura ocidental.
      Foi apenas holofote.
      Para entrar no Reino de Deus é preciso ter os pés limpos.

  7. Janete disse:

    ESTE REVERENDO VAI SER EXECRADO, POIS OS EVANJEGUES NÃO ACEITAM ESTES GESTOS. SE O REVERENDO ESTIVESSE EXTORQUINDO DINHEIRO DOS FIÉIS, SERIA APOIADO INCONDICIONALMENTE.

    1. Sandro disse:

      Ele ficaria preocupado se os fundamentalistas fanáticos o elogiassem, Janete.

    2. Mil parabéns para você,Janete.Valeu.É por isso que JESUS te ama.

      1. Wilson disse:

        É por isso que Jesus te ama?
        Sempre achei pensei Jesus amasse a todos, independente da pessoa ou de sua posição. Pelo menos em minha bíblia está assim. Jesus amou Judas, os fariseus, os soldados que O crucificaram… será que estou errado janio manoel de santana.

  8. Sandro disse:

    O Reverendo Hermes C. Fernandes, bem como o reverendo Caio Fábio, são pessoas do bem, evangélicos que sabem separar religião de política. Parabéns, reverendo Hermes Fernandes: você é um cristão cheiro de vida para vida, não de morte para morte!

    1. Realmente,Sandro,é um verdadeiro homem de DEUS,um modelo de pastor.

      1. Gesto nobre,de princípio cristão como o do verdadeiro Pastor irrita os fariseus
        evanjegues.

      2. Os falsos crentes ervas daninhas como lucianta,clamando e outros fariseus estão
        indignados com a humildade,bondade e sabedoria do bom pastor.

        1. Sandro disse:

          Com certeza, Janio, há boas almas entre os evangélicos. Embora a maioria seja constituída de nulidades, alguns poucos brilham.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *