Paul Washer pregou para todos no hospital, revela pastor que o visitou

0

Paul Washer sofreu um ataque cardíaco severo no dia 20 de março, e ficou internado por onze dias, recuperando-se de uma crise que poderia ter tirado sua vida. Mas, assim que pôde voltar a se comunicar de forma mais livre, dedicou-se a pregar para todos os que o cercavam.

A revelação foi feita pelo pastor Anthony R. Mathenia, dirigente da Igreja de Cristo em Radford, no estado da Virgínia (EUA). Ele usou o Twitter para contar o que viu quando visitou o colega de ministério: “Para os interessados, sim ele está testemunhando a todos, até mesmo para os capelães do hospital”, afirmou.

Mathenia estabeleceu parceria com o ministério HeartCry Missionary, fundado por Washer em 1988, com a intenção de “ver as nações resgatadas” para o Evangelho.

Logo após a alta do pastor na última sexta-feira, 31 de março, a página de seu ministério no Facebook resumiu as informações mais importantes sobre a condição de saúde de Paul Washer: “Paul finalmente está em casa e descansa depois de uma longa temporada ao hospital. Ele está muito grato por todas as orações e mensagens encorajadoras”.


Uma internauta que acompanha a página do ministério no Facebook expressou gratidão pela recuperação do pastor, assim como milhares de outros usuários da rede social.

“Como enfermeira, posso dizer que sua passagem pelo hospital foi forte tanto fisicamente como também emocionalmente. Mas, agora ele está em casa com sua esposa e as crianças, em sua própria cama e cadeira. Louvamos a Deus, para que todas as bênçãos possam fluir na vida dele. Deus estava com sua mão sobre você desde o início e você pode descansar com tranquilidade. O mundo te ama e estamos ansiosos para ver você no púlpito”, escreveu Shannon Howell.

Pregação Chocante

Paul Washer atua há décadas como palestrante ao redor do mundo, mas seu nome se tornou popular em 2002, quando pregou em uma conferência batista para aproximadamente cinco mil jovens.

O sermão, que ficou conhecido como “Pregação Chocante“, atraiu alguns milhões de visualizações no YouTube, recebendo legendas em diversos idiomas. Na mensagem, ele diz que muitos dos que se dizem seguidores de Jesus provavelmente estarão no inferno ao final de suas vidas.

“Eu estou aqui e eu não estou preocupado, em meu coração, sobre sua autoestima. Eu não estou incomodado, em meu coração, sobre se você vai se sentir bem consigo mesmo, se a vida está se tornando como você quer ou se o talão de cheques está ou não equilibrado. Há apenas uma coisa que me fez ficar uma noite sem dormir. Há apenas uma coisa que me incomodou durante toda a manhã, e é isso: dentro de cem anos, uma grande maioria das pessoas neste edifício estará, possivelmente, no inferno. E muitos que mesmo professando Jesus Cristo como Senhor vai passar a eternidade no inferno”, disse na ocasião.

Assista:

Assine o Canal

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA