Seguir a Jesus não significa odiar homossexuais, diz atriz cristã da série Três é Demais

0

Candace Cameron Bure ficou famosa por seu papel nas séries de humor Três é Demais e Fuller House. Cristã, assume posicionamentos firmes na defesa da liberdade religiosa e da concepção de que a homossexualidade é pecado sob a ótica cristã. Agora, um famoso drag queen a acusou de homofobia.

A atriz publicou uma foto sua usando uma camiseta com a frase “Not today, satan” (“hoje não, satanás”, em tradução livre) e foi atacada pelo drag queen Bianca Del Rio, alter ego do ator Roy Haylock. “Se esta republicana homofóbica ao menos soubesse…”, disparou ele, no Instagram.

Candace, de forma objetiva, rebateu as alegações de Haylock: “Por que você tem que ser desagradável assim comigo? Você não me conhece, nem conhece o meu coração. Eu não sou homofóbica e sempre fico triste quando as pessoas pensam que sou isso”, introduziu.

“Se eu amo a Jesus não significa que odeio homossexuais ou quaisquer outras pessoas. Um monte de gente tem expressado seu ódio em minha página, escrevendo coisas horríveis. Eu espero que da próxima vez você venha espalhar o amor e bondade, mesmo quando você discordar das pessoas. Estou te enviando muito amor e te desejo tudo de melhor”, concluiu.


Opiniões fortes

A pecha de homofóbica foi dada à atriz por causa de suas posturas firmes no que diz respeito à visão que a Bíblia tem da homossexualidade. Quando era apresentadora do programa The View, ela entrou em um debate com a colega de bancada Raven-Symoné sobre o direito de um profissional cristão se negar a prestar serviços para cerimônias de união de pessoas do mesmo sexo.

Logo depois, em outra edição do programa, Candace Cameron Bure causou polêmica ao defender o direito de um treinador de Ensino Médio orar com seus alunos/jogadores após as partidas, segundo informações do portal The Christian Post.

Quando foi convidada a retomar seu papel na continuação de Três é Demais, ela foi questionada pela mídia se faria oposição a questões ligadas à homossexualidade na série, e sua resposta foi, novamente, objetiva: “Eu sou uma atriz em um programa de televisão, e eu apoio todas as coisas que passamos como seres humanos e gostaria que todos os nossos personagens explorassem quaisquer questões que são atuais em nossa cultura e da sociedade de hoje”, afirmou.

Além de defender o direito dos cristãos pregarem que a homossexualidade é pecado, Candace – que é irmã do ator Kirk Cameron, conhecido pelos filmes Deixados Para Trás, a atriz é uma conhecida ativista contra o aborto e o modelo pós-moderno do feminismo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA