Tentativa de censura: Petição pede que a psicóloga Marisa Lobo se retrate de supostas afirmações sobre “cura gay” em programa de TV

55

No último dia 29, o programa “Casos de Família”, do SBT, teve como tema a chamada “cura gay”. Para tratar o tema controverso, o programa teve como convidadas as psicólogas Marisa Lobo e Anahy D’amico. Porém, a participação das psicólogas no programa motivou um pedido de retratação pública por parte de ativistas gays.

Em um abaixo-assinado criado no site Avaaz, ativistas pedem para que as psicólogas se retratem de afirmações que eles consideram ilegítimas. De acordo com os apoiadores da petição, as afirmações das psicólogas contradizem a resolução do Conselho Federal de Psicologia que determina que “psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura da homossexualidade”.

Apesar de as psicólogas terem afirmado que a homossexualidade não é uma doença e, portanto, não existe “cura gay” a petição afirma que a participação delas no programa é prejudicial para os homossexuais, e afirma que “jovens LGBT têm quatro vezes mais probabilidade de cometer suicídio do que jovens heterossexuais e tratamentos de reorientação podem ter efeito danoso ou mesmo fatal nesses casos devido à geração de baixa autoestima e repressão”.

– Levando em conta que esse programa é assistido por muitas pessoas, o dano pode ser muito maior, pois muito se deu a entender que esses tratamentos são viáveis, podendo levar pessoas menos informadas a exigir de seus familiares a procura por esses tratamentos. Nesse aspecto as duas referidas desrespeitaram o artigo 19 do código de ética que diz “O psicólogo, ao participar de atividade em veículos de comunicação, zelará para que as informações prestadas disseminem o conhecimento a respeito das atribuições, da base científica e do papel social da profissão. “Levando em conta que esse programa é assistido por muitas pessoas, o dano pode ser muito maior, pois muito se deu a entender que esses tratamentos são viáveis, podendo levar pessoas menos informadas a exigir de seus familiares a procura por esses tratamentos. Nesse aspecto as duas referidas desrespeitaram o artigo 19 do código de ética que diz “O psicólogo, ao participar de atividade em veículos de comunicação, zelará para que as informações prestadas disseminem o conhecimento a respeito das atribuições, da base científica e do papel social da profissão.” – diz o texto da petição.



55 COMENTÁRIOS

  1. Por que esses ativistas gays não pedem para aqueles homossexuais que foram curados se retratarem ?
    O medo desses ativistas gays é a sociedade saber que só não larga essa prática quem não quer .
    Quanto mais gays são libertos, mais esses ativistas ficam nervosos , pois eles não querem que saibam que a essa promiscuidade tem cura .

      • Aqueles rapazes do programa são gays,sim.Eles não foram curados.Ou eles não
        eram gays,mas tinham relações sexuais com gays por dinheiro.Foi tudo um acordo
        com aquelas coitadas enganadas que não demorará para serem trocadas por
        homens.E devem estar com elas para agradar os donos da seita e,às escondidas,com homens.O tempo dirá a curto prazo.Milhares de casos assim já
        foram demascarados.Não existe ex-gay e nem ex´hétero.Vale a ciência e não a
        burrice e preconceitos de fanáticos.os fanáticos xiitas acham que estão certo…

    • “Por que esses ativistas gays não pedem para aqueles homossexuais que foram curados se retratarem?”

      Resposta: não há “homossexuais que foram curados”; o que existe são gays que decidiram viver sem praticar sexo – ou fazer um falso casamento com mulher – e passaram a mentir sobre seus desejos secretos. Ex-ex-gays confirmam que, nessas tais “curas”, tudo não passa de mentiras, ilusões de quem não se aceita.

      “O medo desses ativistas gays é a sociedade saber que só não larga essa prática quem não quer.”

      Resposta: de onde você tirou essa informação exdrúxula? Por acaso você é um ex-gay para fazer tal afirmação? Quem tem de dizer se é possível ou não deixar de ser gay é apenas os próprios gays, e eles sabem que não é possível, a não ser mentindo, dissimulando por causa de fanatismo religioso ou não aceitação.

      “Quanto mais gays são libertos, mais esses ativistas ficam nervosos , pois eles não querem que saibam que a essa promiscuidade tem cura.”

      Resposta: mais uma afirmação tola, imbecilizante e que não merece mais do que esta curta resposta: evangélicos homofóbicos não trabalham com fatos, mas com mentiras e deturpação da realiadade. Se preocupam tanto com os gays que se esquecem até de Deus e do próximo. São tolos guiando tolos.

      • Sandro,homem culto,inteligente,muito sábio e que tem prestado um grande serviço
        a sociedade com seus excelentes comentários.És um cristão verdadeiro e,assim
        como eu,tem um monte de leitores neste site que são seus admiradores.Quanto a
        esse tal de dell,ta serto e outros pistoleiros do fanatismo e da lavagem cerebral,o melhoré rezar por eles,pois estão com as mentes cauterizadas e correm o rico de
        seguirem os caminhos dos jihadistas,xiitas e outras víboas crentes do lunatismo
        e de seitas islâmicas.

      • Parabéns Sandro e Janio.

        Como eu sempre digo, faltam cristãos públicos(que apareçam publicamente, pra quem não entendeu) como vcs. Infelizmente, tirando o Papa Francisco, os demais representantes públicos do cristianismo são um bando de evangélicos fundamentalistas neo nazistas, que pregam uma ideologia normativa extremista que odeia todo mundo que não for como eles.

          • olha o trio doenças venereas kkkkkkkkkkkkkkkkkk janio, sandrete e slash. aproveitem e morram aberrações gays com suas dsts e limpem o mundo. desgraças.

  2. Eu assisti o programa, e ninguém falou de cura gay, aliás deixou bem claro que não existe a tal cura gay porque não é uma doença, aliás este termo foi inventado pelos próprios ativistas gays, nunca houve um projeto com este título na câmara dos deputados, as pessoa ficam repetindo isto que nem papagaio e nem sabem o que estão falando, o programa apenas apresentou dois rapazes que dizem ter deixado de ser gay, e são casados e vivem uma vida hétera, é um direito deles poderem dizer isto, e o programa defendeu este direito, só isso, a psicóloga do programa Anahy D’amico, disse que se eles se sentem felizes assim é o que importa e pronto, estes ativista querem mesmo uma ditadura da opinião.

  3. Quanta burrice nesta laia de fanáticos:A psicologia é uma ciência e não existe psicologia cristã.
    Também não existe engenharia cristã,medicina…. O médico,sim,pode ser cristão,o psicologo…..
    No proselitismo os falsos crentes e suas falsas doutrinas vale tudo por fama,dinheiro e poder( a
    prova são os currais eleitorais).JESUS chama tudo isso de ENGODO.É que os failsos pulam estas
    páginas que falam contra eles.Estas víboras são convertidos a fariseus.Nada de JESUS.Só usam
    o santo nome de JESUS para enganar os incultos e os incautos.É bíblico.Estes agentes de satanás.

  4. Gay não é doença para ser curado.Gay é condição assim como a cor da pele, a estatura,cor dos
    olhos…..Quem diz é a Organizaão Mundial de Saúde que representa todos os medicos do mundo.
    Vale a ciência e não preconceitos de falsos crenes incultos,incautos,homofóbicos seguidores de
    seitas e heresias que só existem porque o estado é laico.Se fosse um estado evangélico,não
    existiria tantas seitas ditas de JESUS CRISTO.Mas eu sou a favor da existência das seitas pois
    defendo a democracia.Quanto a estes falsos crentes que não gostam de gays,deveriam serem
    exportados para os Países dos mulçumanos- que também não aceitam os gays e lá gays e
    evangélicos são levados a forca,queimados, apedrejados…dell,ta serto e outros debilóides com toda sua laia e sua lacraia…

    • É um demônio que precisa ser liberto por Jesus! esse nome tem poder Sangue que liberta me mostra um gay em plena felicidade, me mostra um gay que não use droga seja ela licita ou não me mostra um gay que não tenho uma conduta ofensiva desequilibrada você mesmo percebe-se que é desequilibrado>

  5. Não se pode falar nada a respeito de gays mesmo que a pessoa que deixou de ser gay fala a respeito que esses ativista gays vem dizer que é preconceito. a justiça precisa parar de ser manipulada por esse movimentos que muitas das vezes eles mesmos se agridem e coloca culpa que e preconceito você ter uma posição não quer dizer que é preconceito. acorda Brasil.

  6. Para os cristãos católicos ou evangélicos, ateus agnósticos, espiritualistas que também adotam condutas morais alicerçadas na cultura cristã ocidental, ou mesmo temem que esse movimento promova alienação de crianças nas escolas (via Plano Nacional de Educação) existe também no Brasil em outros países uma organização que promove petições em favor da família tradicional, da liberdade de expressão, e da liberdade religiosa, da manutenção das leis contra aborto, legalização da maconha e contra o lobby gay. Acessem a pagina da CitzenGO e ajude essa instituição de duas formas:
    1- Assinando as suas petições em favor dessas e outras causas e divulgando- a entre seus amigos nas redes sociais;
    2- Doando qualquer quantidade em dinheiro (não é obrigado) afim de mante- la no Brasil e ajudar em suas campanhas no Brasil e nos países onde esse movimento LGBT tenta se impor sobre a maioria.

    Infelizmente temos que sair da nossa zona de conforto e assumir de vez que estamos em um embate ideológico, politico, midiático, religioso, etc. Se preferirem uma palavra mais objetiva, o nome certo é guerra!
    Não se enganem, enquanto muitos ficam aqui trocando gentilesas com militantes e simpatizantes LGBTs de baixo escalão os do alto escalão desse movimento trabalham em planos maiores para todos nós, por exemplo, restringir- nos a falar de nossa fé apenas no interior dos templos enquanto eles usam a TV, internet, as novelinhas da Globo e os programas de variedades de maior audiência, etc. e aspiram, via Plano Nacional de Educação, alienar nossas crianças nas escolas a ponto de ignorar a educação familiar sobre orientação sexual e sobre o que elas podem ou não fazer sem o aval dos pais.

    • Muito bem Fabio. Ninguém nesse nesse site havia conseguido ser tão objetivo. Perdem muito tempo e gastam a unção ofendendo e sendo ofendido pelos ativistas de Dart Weider. Kkk

  7. Realmente homosexualismo não tem cura mesmo. Já descobriram a cura da aids ? Do cancer ? Claro que não. Então se como vão gastar dinheiro e tempo procurando a cura dessas aberrações gays? Gay tem mais é que morrer a mingua mesmo ou então tem que matar essas desgraças.

    • GAYS E HETEROSSEXUAIS INCURÁVEIS
      Drauzio VarellaA+a-
      Imprimir
      Apesar dos anos vividos, ainda me surpreendo com a estupidez humana.

      Os crentes dizem que Deus houve por bem limitar-nos a inteligência, para impedir que bisbilhotássemos seus domínios. Se assim agiu, pena não lhe ter ocorrido impor limites para a burrice dos seres que criou à sua imagem e semelhança.

      Um grupo de deputados reunidos na Comissão de Direitos Humanos, presidida por um evangélico sem nenhuma aparência de homem fervoroso, aprovou o projeto conhecido como “cura gay”, que assegura aos psicólogos o direito de aplicar métodos de tratamento destinados a transformar homo em heterossexuais, e de apregoar aos incautos a cura da homossexualidade, práticas condenadas pelo Conselho Federal de Psicologia e por todas as pessoas com um mínimo de discernimento.

      Em todos os povos conhecidos, uma parcela de indivíduos em alguma fase da vida experimentou orgasmo, por meio da estimulação dos genitais realizada por uma pessoa do mesmo sexo.

      A incidência da homossexualidade varia de acordo com o grupo social. Um estudo clássico dos anos 1950 mostrou que, em cerca de 60% das populações pesquisadas, o comportamento homossexual é aceito sem restrições. Na África, entre os povos Siwan, e no sudoeste do Pacífico, entre os melanésios, virtualmente todos os homens praticaram sexo com outros homens em algum estágio da vida.

      As 40% restantes vivem em países nos quais a homossexualidade é objeto de tabu social. As nações industrializadas se enquadram nesse grupo minoritário.

      Embora os dados nem sempre confirmem com exatidão, a homossexualidade masculina parece ser duas a três vezes mais prevalente do que a feminina, em todas as sociedades até hoje avaliadas.

      A maioria esmagadora dos indivíduos que experimentam orgasmos com pessoas do mesmo sexo são bissexuais. No Ocidente, homossexualidade pura, caracterizada pela ausência de práticas sexuais com o sexo oposto durante a vida inteira, ocorre em apenas 1% da população.

      Comportamento homossexual tem sido descrito em répteis, pássaros e mamíferos, animais que na evolução divergiram há mais de 100 milhões de anos. Uma parte dos machos e fêmeas de todas as espécies de aves estudadas tem relações sexuais com indivíduos do mesmo sexo. Em muitas ocasiões, essas práticas terminam em orgasmo de apenas um ou dos dois parceiros.

      Nos mamíferos, a maioria das relações homossexuais entre as fêmeas acontece quando uma parceira monta sobre a outra, comportamento já documentado em pelo menos 70 espécies: ratos, hamsters, coelhos, martas, gado, carneiros, cavalos, antílopes, porcos, macacos, chimpanzés, bonobos, leões, etc.

      Há mais de um século e meio, Charles Darwin nos ensinou que uma característica presente em diversas espécies distintas indica que foi herdada de um ancestral comum, portador do mesmo traço. Podemos garantir que o ancestral que deu origem aos vertebrados tinha dois globos oculares, característica herdada por todos os animais com esqueleto.

      O paralelismo é óbvio, prezadíssimo leitor: se o comportamento homossexual está documentado em animais tão distintos quanto répteis, aves e mamíferos, é porque a homossexualidade é mais antiga do que a humanidade.

      Certamente, já existiam hominídeos homo e bissexuais cinco a sete milhões de anos atrás, quando nossos ancestrais resolveram descer das árvores nas savanas da África. Está coberta de razão a sabedoria popular ao dizer que a homossexualidade é mais velha do que andar a pé.

      Sempre houve e haverá mulheres e homens que desejam pessoas do mesmo sexo, porque essa é uma característica inerente à condição humana. Com persistência e determinação, eles podem controlar o comportamento sexual, mas o desejo não. O desejo é uma força da natureza mais íntima de cada um de nós; é água que corre montanha abaixo.

      Os fatores genéticos e as interações sociais envolvidas no comportamento sexual são de tal complexidade, que só a ignorância crassa é capaz de propor simplificações.

      Eu, que sempre coloquei em dúvida a masculinidade daqueles excessivamente preocupados ou ofendidos com a homossexualidade alheia, gostaria de saber em que porta de botequim os nobres deputados ouviram falar que o homossexual é um doente à espera de tratamento psicológico.

  8. Quem quiser acreditar nessa aberração gospel, Marisa lobo, fique a vontade

    Agora quem quiser ter uma versão cientifica com o renomado Drauzio Varella, é só ler o texto .
    Quem esta correto ?? uma psicologa lunática que quer inventar a psicologia cristã ou um médico respeitado mundialmente ??

    GAYS E HETEROSSEXUAIS INCURÁVEIS
    Drauzio VarellaA+a-
    Imprimir
    Apesar dos anos vividos, ainda me surpreendo com a estupidez humana.

    Os crentes dizem que Deus houve por bem limitar-nos a inteligência, para impedir que bisbilhotássemos seus domínios. Se assim agiu, pena não lhe ter ocorrido impor limites para a burrice dos seres que criou à sua imagem e semelhança.

    Um grupo de deputados reunidos na Comissão de Direitos Humanos, presidida por um evangélico sem nenhuma aparência de homem fervoroso, aprovou o projeto conhecido como “cura gay”, que assegura aos psicólogos o direito de aplicar métodos de tratamento destinados a transformar homo em heterossexuais, e de apregoar aos incautos a cura da homossexualidade, práticas condenadas pelo Conselho Federal de Psicologia e por todas as pessoas com um mínimo de discernimento.

    Em todos os povos conhecidos, uma parcela de indivíduos em alguma fase da vida experimentou orgasmo, por meio da estimulação dos genitais realizada por uma pessoa do mesmo sexo.

    A incidência da homossexualidade varia de acordo com o grupo social. Um estudo clássico dos anos 1950 mostrou que, em cerca de 60% das populações pesquisadas, o comportamento homossexual é aceito sem restrições. Na África, entre os povos Siwan, e no sudoeste do Pacífico, entre os melanésios, virtualmente todos os homens praticaram sexo com outros homens em algum estágio da vida.

    As 40% restantes vivem em países nos quais a homossexualidade é objeto de tabu social. As nações industrializadas se enquadram nesse grupo minoritário.

    Embora os dados nem sempre confirmem com exatidão, a homossexualidade masculina parece ser duas a três vezes mais prevalente do que a feminina, em todas as sociedades até hoje avaliadas.

    A maioria esmagadora dos indivíduos que experimentam orgasmos com pessoas do mesmo sexo são bissexuais. No Ocidente, homossexualidade pura, caracterizada pela ausência de práticas sexuais com o sexo oposto durante a vida inteira, ocorre em apenas 1% da população.

    Comportamento homossexual tem sido descrito em répteis, pássaros e mamíferos, animais que na evolução divergiram há mais de 100 milhões de anos. Uma parte dos machos e fêmeas de todas as espécies de aves estudadas tem relações sexuais com indivíduos do mesmo sexo. Em muitas ocasiões, essas práticas terminam em orgasmo de apenas um ou dos dois parceiros.

    Nos mamíferos, a maioria das relações homossexuais entre as fêmeas acontece quando uma parceira monta sobre a outra, comportamento já documentado em pelo menos 70 espécies: ratos, hamsters, coelhos, martas, gado, carneiros, cavalos, antílopes, porcos, macacos, chimpanzés, bonobos, leões, etc.

    Há mais de um século e meio, Charles Darwin nos ensinou que uma característica presente em diversas espécies distintas indica que foi herdada de um ancestral comum, portador do mesmo traço. Podemos garantir que o ancestral que deu origem aos vertebrados tinha dois globos oculares, característica herdada por todos os animais com esqueleto.

    O paralelismo é óbvio, prezadíssimo leitor: se o comportamento homossexual está documentado em animais tão distintos quanto répteis, aves e mamíferos, é porque a homossexualidade é mais antiga do que a humanidade.

    Certamente, já existiam hominídeos homo e bissexuais cinco a sete milhões de anos atrás, quando nossos ancestrais resolveram descer das árvores nas savanas da África. Está coberta de razão a sabedoria popular ao dizer que a homossexualidade é mais velha do que andar a pé.

    Sempre houve e haverá mulheres e homens que desejam pessoas do mesmo sexo, porque essa é uma característica inerente à condição humana. Com persistência e determinação, eles podem controlar o comportamento sexual, mas o desejo não. O desejo é uma força da natureza mais íntima de cada um de nós; é água que corre montanha abaixo.

    Os fatores genéticos e as interações sociais envolvidas no comportamento sexual são de tal complexidade, que só a ignorância crassa é capaz de propor simplificações.

    Eu, que sempre coloquei em dúvida a masculinidade daqueles excessivamente preocupados ou ofendidos com a homossexualidade alheia, gostaria de saber em que porta de botequim os nobres deputados ouviram falar que o homossexual é um doente à espera de tratamento psicológico.

  9. Foi uma pena que perdi esse programa. Não gosto de Marisa Lobo enquanto psicóloga, mas entendo ser importante observar o discurso daqueles com quem não temos estima.

    O deputado Jean Wyllys falou uma coisa importante numa audiência pública do Conselho Federal de Psicologia. Maria Lobo não é encontrada na Plataforma Lattes, que demonstra o currículo científico, todas as pesquisas realizadas pelo autor. Ora, como um profissional se tornará crível se não publica, se não estuda, não possui livros, artigos? Impossível. Essa, portanto, não é uma profissional que diz algo de importante para a Academia.

  10. Interessante nós que somos contra a prática homossexual,não podemos abrir nossas bocas contra homossexualismo ,eles podem falar as depravações que querem e esta tudo legal.

    • Veja alguns comentários dos seus amgios “aberrações evangélicas” e me diga quem é o intolerante :

      delldellphone – Realmente homosexualismo não tem cura mesmo. Já descobriram a cura da aids ? Do cancer ? Claro que não. Então se como vão gastar dinheiro e tempo procurando a cura dessas aberrações gays? Gay tem mais é que morrer a mingua mesmo ou então tem que matar essas desgraças.

      delldellphone disse: 5 de dezembro de 2014 ás 2:48 pm
      O ilustrissimo pastor ja tem cadeira cativa céu. E as aberrações gays cheias de doenças e dsts tem vaga cativa no esgoto do inferno. Temos que acabar com a prega dos gays mesmo e livrar o mundo da desgraça que eles representam.

      delldellphone disse: 5 de dezembro de 2014 ás 2:48 pm
      O ilustrissimo pastor ja tem cadeira cativa céu. E as aberrações gays cheias de doenças e dsts tem vaga cativa no esgoto do inferno. Temos que acabar com a prega dos gays mesmo e livrar o mundo da desgraça que eles representam.

      delldellphone disse: 4 de dezembro de 2014 ás 5:28 pm
      Esse pastor é o homem mais inteligente do mundo. Deveria ser o presidente dos estados unidos e aclamado com anjo de Deus. Ele falou toda a verdade que os covardes hipocritas não tem coragem. As aberrações gays são o mal do mundo. São como ratos e baratas que se nos eliminassemos acabariam com a maioria das doenças que eles carregam. Parabens pastor e que um dia a humanidade acorde para a realidade que o senhor prega.

      —–

      iguais a esses comentários exsitem muitos outros, em todar parte que tem noticias sobre gays existem esses comentários
      vá se informar . . . . .

      • Engraçado que você citou comentários de apenas uma pessoa, ou seja, não é maioria que pensa assim.
        Ao contrário dos militantes homossexuais, que, se preciso fosse, a maioria pegariam em armas para defenderem seus pontos de vistas.

        Poderia postar aqui o vídeo em que um grupo de católicos foram covardemente atacados por homossexuais em Curitiba, como esse vídeo é bem conhecido pro todos, não se faz necessário a postagem do mesmo neste espaço.

        Então, quem são os intolerantes?

        • a MAIORIA ??
          QUE EU SAIBA FOI APENAS UMA PESSOA QUE FALOU SOBRE PEGAR EM ARMAS

          ou estou enganado ??

          aqui no site eu posso te citar vários que fazem esse tipo de coemntário
          Deldelphone, jose carvalho, taSerto, Luciano, Elder . . .
          e outros que aparecem de vez em quando . . .

          mas voce pode olhar nos videos do youtube e vai ver que são muitos e muitos outros que concordam , por exemplo, que se deve exterminas os gays até o natal . . . . vá lá conferir

      • Felipe pra começo de conversa não tenho amigos neste site,estou fando de abrir a boca para falar o que pensamos com educação,bom senso,esses comentários que você postou ja é agressão verbal e mesmo neste site tem alguns de vocês homoxessuais que tambem fazem a mesma coisa contra nós cristãos,o que sou totalmente contra seja de um lado ou de outro.Sou a favor de dizer o que penso com bom senso ,ter minhas opinioes sem ser chamada de homofobica,até parece que muitos de vcs mesmo não sabem ou querem mudar o significado desta palavra para nos calar,para que abafemos nossas opiniões

          • Felipe,se pra vc só falar em exterminio é agressivo e ofensivo pra mim e pra muitos não é,você mesmo é um que vive ofendendo pessoas aqui de graça,quer respeito,comece vc a respeitar os outros(.)

          • hahahahaha
            exterminio não é ofensivo pra voce ???
            voces se ofendem até com novela das 18 horas
            não seja hipócrita , acabou seus argumentos e começou a apelar ??
            Fala logo que voce apoia o extermínio de gays

            Como é que voce quer que eu responda a seus amigos que me chamam de aberração, de lixo de pior que ratos e baratas ???
            com respeito ????

            HIPÓCRITA

  11. Infelizmente perdi esse programa. Não gosto de Marisa Lobo enquanto psicóloga, mas entendo ser importante observar o discurso daqueles com quem não temos estima.

    O deputado Jean Wyllys falou uma coisa importante numa audiência pública do Conselho Federal de Psicologia. Maria Lobo não é encontrada na Plataforma Lattes, que demonstra o currículo científico, todas as pesquisas realizadas pelo autor. Ora, como um profissional se tornará crível se não publica, se não estuda, não possui livros, artigos? Impossível. Essa, portanto, não é uma profissional que diz algo de importante para a Academia.

  12. Gays não e uma doença e uma aberração aos olhos do pai.
    E uma afronta contra as familias tradicionais.
    E uma afronta contra Deus.
    E uma afronta contra: “E fez Deus o homem do pó da terra, e viu que não era bom o homem viver só, e da costela do homem fez a mulher, e viu Deus que era bom para o homem…”
    Aqui Deus não fez outro homem para pocriar ou ter uma familia com outro homem, isso e aberração, e uma falta de identidade grave, muitos tem que ir a um psicologo mesmo.
    Outros e SAFADEZA,

  13. Certamente, já existiam hominídeos homo e bissexuais cinco a sete milhões de anos atrás, quando nossos ancestrais resolveram descer das árvores nas savanas da África. Está coberta de razão a sabedoria popular ao dizer que a homossexualidade é mais velha do que andar a pé.

    Sempre houve e haverá mulheres e homens que desejam pessoas do mesmo sexo, porque essa é uma característica inerente à condição humana. Com persistência e determinação, eles podem controlar o comportamento sexual, mas o desejo não. O desejo é uma força da natureza mais íntima de cada um de nós; é água que corre montanha abaixo.

    Os fatores genéticos e as interações sociais envolvidas no comportamento sexual são de tal complexidade, que só a ignorância crassa é capaz de propor simplificações.

    Eu, que sempre coloquei em dúvida a masculinidade daqueles excessivamente preocupados ou ofendidos com a homossexualidade alheia, gostaria de saber em que porta de botequim os nobres deputados ouviram falar que o homossexual é um doente à espera de tratamento psicológico.

    DR. DRAUZIO VARELLA

  14. Dr.Alckmim está servindo cocô nas tgorneiras paulista com 26% de acrescimo na conta. Isso sim que é governo de respeito. Pena qe esta noticia não foi postada aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA