Internacional

Ritual para “afastar a má sorte” termina com 12 crianças mortas

Comments (104)
  1. André disse:

    José Adilson…hehe…você me lembrou aqueles fariseus que chamavam Jesus de belzebu…lembra ? Igualzinho…hehe…

  2. José Carlos de Oliveira disse:

    A paz do Senhor Jesus.

    Antes sede uns para com os outros benigninos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros como também Deus vos perdoou. (Ef. 4:12).
    Vinte crianças morreram ao serem orientadas à assistirem uma celebração religiosa. As crianças são o futuro da nação. O reino de Deus pertencem a elas. Devemos nos tornar uma criança para herdar o reino de Deus, disse Jesus. Então, a missão do nascido de Deus é aprender com o Espírito Santo para não comer na mão dos outros. É certo que quando cada crente busca a verdadeira sabedoria, ele sempre tem uma benção para nos dar. Dependemos um do outro para edificação do corpo de Cristo. O nosso futuro é crescer espiritualmente, chegar à estatura de varão maduro, experiente, com a sabedoria de Deus. Não acho normal uma denominação evangélica ficar na mesmice o tempo todo para arrecadar dinheiro. Colocam pedágio, estratégias para liberarem a graça de Deus. Acho isso cafajestage, muito manipulador, sem graça, sem um objetivo maior. O ser humano precisa se desenvover com Jesus e as demais coisas serão acrescentadas. A partir do momento que me coloco à disposição para ouvir a voz do Espírito Santo, creio que Deus já começa a nos suprir com todas as coisas. Não precisa o pastor ficar arrumando picaretagem para se dar bem na vida. É preciso respeito para com as almas. As pessoas mal orientadas no evangelho são um veneno para nossas crianças que serão os futuros pregadores e governantes de nosso país. É só observar quantas crianças hoje estão no craque, matando, roubando, passando fome, sendo violentas, mortas, por falta de uma família bem orientada nos príncípios da palavra pura de Deus. Quando o pastor, ou o crente tem a oportunidade de pregar uma palavra inspirada pelo Espírito Santo, ele fica é arrumando um jeito de explorar as pessoas em causa própria. Tem tanta gente precisando de ajuda espiritual e material, mas a maioria das igrejas evangélicas só querem crescer comprando canal de TV, estação de rádio, aviões, imóvéis, grandes templos, etc, e ainda dizem que são líderes espirituais, os tais, os inviolãveis, os inquestionáveis, os intocáveis, os dodoquinhas de Jesus. Eu sou o tal, ouçam-me todos vocês, pobres mortais. Para mim, essa turma está de brincadeira com a miséria alheia. Saõ um monte de cego que fazem questão de não enchergar a verdadeira pérola, tesouro, valores que estão na palavra de Deus. Por isso, ficam inventanto um monte de estratégias sem fundamento bíblico. A fé é uma certeza em nosso coração de que a palvra de Deus é o sufiiente para nos abençoar, suprir todas as nossas necessidades. Esse pessoal que quer crescer às custas dos salvos em Cristo, do povo de Deus, e dos milagres que Jesus conquistou na cruz com seu sangue, está indo para um abismo e pode levar quem o segue com ele. Um abismo chama outro abismo. eu sou a favor de dar dízimos, ofertas, mas com fé, entendimento, de maneira voluntária, consciente de meus deveres com a obra de Deus. Esse negócio de alguns espertinhos quererem manipular a graça de Deus é fria, tô fora dessa terra seca. É isso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *