Pastor Rob Bell diz que igrejas estão a um passo de aceitar o casamento gay: “Sou a favor do amor”

149

O pastor e escritor Rob Bell afirmou que as igrejas evangélicas estão a um passo de abraçarem o casamento gay nos Estados Unidos, e que ele crê que esse seja “o momento” para isso.

A afirmação do ex-líder da megaigreja Mars Hill Bible Church, em Michigan, foi feita em uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey.

Ao lado de sua esposa, Kristen, Rob Bell foi ao talk-show de Oprah para falar sobre o lançamento de seu novo livro, The Zimzum of Love: A New Way of Understanding Marriage (ainda sem título em português, mas que pode ser traduzido como “A dinâmica do amor: A nova maneira de entender o casamento”).

A apresentadora comentou, durante o enunciado de uma pergunta ao pastor, que achava fantástico que ele tivesse incluído a união de pessoas do mesmo sexo como um dos exemplos do livro, e questionou o motivo de ele ter optado por falar sobre um tema tão controverso.


Bell, que se manifestou favorável ao casamento gay em 2013, disse que uma das piores coisas que pode acontecer a um ser humano é a falta de companhia: “Uma das mais antigas dores nos ossos da humanidade é a solidão. Solidão não faz bem ao mundo. Seja você quem for, gay ou hetero, é totalmente normal, natural e saudável querer alguém com quem passar a vida. É fundamental para a nossa humanidade. Queremos alguém para com quem fazer a viagem [da vida]”, argumentou.

Diante dessa resposta, Oprah questionou Bell sobre sua visão do estágio de aceitação do casamento gay pelas igrejas evangélicas. E o pastor disse que o tema está “evoluindo” nas denominações.

“Muitas pessoas já estão lá. Achamos que é inevitável e estamos a momentos de distância da aceitação da Igreja”, disse Rob Bell, que acrescentou que a seu ver, a igreja irá “ser ainda mais irrelevante” se continuar a rejeitar a homossexualidade.

“Eu sou defensor do casamento. Sou a favor da fidelidade. Sou a favor do amor, se é um homem e uma mulher, uma mulher e uma mulher, um homem e um homem. Eu acho que o navio já partiu e eu acho que isso é uma necessidade da igreja. Eu penso que este é o mundo em que estamos vivendo e temos de alcançar as pessoas onde quer que estejam”, afirmou, segundo informações do Christian Headlines.


149 COMENTÁRIOS

  1. uma aberração gay disfarçada de pastor ou seja o joio que estava no meio do trigo está começando a aparecer. aberração gay não pode e nem ficará no meio do povo de
    Deus. Aberração gay não casa porque nunca existira casamento gay NUNCA.

  2. “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)

    “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9).
    NÃO IMPORTA O QUE OS FALSOS PASTORES AFIRMAM, A LEI DE DEUS É SOBERANA.

    Mais um covarde disfarçado de pastor. Deus deu o livre arbítrio aos homens. As leis de Deus visam a formação da comunidade que vai habitar na Nova terra, nela todas essas aberrações não terão vez. Deixem os gays se casarem, se essa é a vontade deles, Deus não vai fazer nada, más, a palavra de Deus rejeita tais práticas e os que tais coisas praticam não farão parte do Reino de Deus. O problema é que eles querem causar polêmica. Porque eles não se conformam só com o casamento civil? pra quer casar na igreja de Deus, já que Deus rejeita tais práticas? O diabo precisa que um corpo para habitar e divulgar suas ideias, fica claro que esse falso pastor está a serviço do diabo, ele quer causar polêmica, a Bíblia e a própria lei dos homens definem o que é casamento, somente a lei dos homens abriu espaço para união gay, a lei de Deus não abriu espaço. o verdadeiro Pastor nunca deixará de obedecer ás leis de Deus, para seguir às leis dos homens.

    • Seu fundamentalista desavisado quanto a hermenêutica e exegese bíblica, esses textos que você cita não têm o sentido que você quer dar e tampouco têm aplicação para os dias de hoje. São visões já superadas pelo verdadeiro cristianismo, aquele que sabe que a verdade não é uma rocha inamovível, mas como águas puras e cristalinas e que vão assumindo novos contornos e mais amplos acessos quanto mais se aproximam do grande oceano. E quanto a chamar homoafetivos de “aberrações”, lembre-se que foi por “aberrações” como nós, os gays, que Jesus deu sua vida na cruz do calvário, pois ele veio para salvar justamente aqueles que mais necessitam dele, ou seja, os discriminados, maltratados e excluídos da sociedade, e não foi para fariseus como você, que levanta o dedo para Deus e diz, voz intimidatória, rabugenta e raivosa, “não sou como esses gays, sou dizimista e cumpro toda a lei”, e não sabes que és um pobre, cego, miserável e nu. Parece até que vejo sua cara neste momento, fazendo careta, desdenhando; o olhar furioso, cínico, implacável de Caifás; a boca fulminando palavras de condenação e ódio, tal como fizeram os principais da sinagoga quando via, atônitos, Jesus andando e comendo com publicanos e pecadores; parece que vejo sua alma negra, carcomida pela chaga do legalismo e farisaismo chegando ao Céu e, primeiro ato, já condenando e dizendo impropérios ao próprio Deus quando percebe que Ele salvou até o mais vil dos pecadores.

      • E quem disse, seu mentiroso descarado, que os gays pretendemos nos casar em suas igrejas fundamentalistas, verdadeiros guetos de obscurantismo e intolerância? Para seu governo já existem igrejas inclusiva que, para os que desejarem, fazem a cerimônia na esfera religiosa, não precisando nossos irmãos mais necessitados do consolo e conforto da religião ir buscar esses bálsamos em igrejas triste e que só tem fel para oferecer.

    • Geoglau, parabéns pelo texto,porém nossos “amiguinhos” gays não vão aceitar nunca está palavra pois estão obsecados pelas paixões da carne, um deseijo “incontrolável” de fazer a vontade do Pai deles que é satanás.

  3. bom a verdade que deve ser dita é que esta geração pertence a igreja da ultima hora e certamente Deus deverá abrevias os dias pois corre o risco de não achar mais fé sobre a terra, esta é a verdade os homens não creem mais na palavra

  4. As igrejas em evolução, que participam da marcha do progresso, que sabem que a compreensão da revelação de Deus não é abrupta, mas progressiva (“A vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.” Provérbios 4:18), compreendem hoje que pessoas homoafetivas são tão dignas de permanecer na igreja, e se casarem com parceiros do mesmo sexo, como as demais pessoas, ou seja, os homoafetivos. Algo que me diz, em meu coração, que ainda verei o dia em que a igreja da qual eu participava com muita dedicação, e para a qual encaminhei muitas pessoas através de evangelismo, ainda me pedirá perdão por haver ferido tanto, tanto meu coração e me lançado no mundo sem amor nem compaixão apenas porque eu era, e continuo sendo, um homossexual. Apesar disso, eu não voltarei mais para essa igreja.

  5. Não vejo a hora de comprar esse livro e ler até a última página. O autor também publicou um livro muito bom chamado “O Amor vence”, e que é encontrado a preço módico (uns 25 reais) nas livrarias.

  6. A revelação da verdade de Deus não é como uma rocha inamovível, mas como águas puras e cristalinas que vão assumindo novos contornos, ampliando espaços e acessos a medida em que se aproximam do grande oceano que é a perfeita compreensão da verdade de Deus.

    E um dos fatos da nova compreensão da revelação é que os homoafetivos fazem parte como membros de primeira categoria – sim, porque não há os de segunda – do corpo de Cristo, que é a comunidade da fé em vivências de amor e solidariedade, porque Deus não faz acepção de pessoas.

      • Quero colocar também, nestes outros termos, com sutis e importantes diferenças:

        A compreensão da revelação da verdade de Deus não é como uma rocha inamovível, mas como águas puras e cristalinas que vão assumindo novos contornos, ampliando espaços e acessos à medida que se aproximam do grande oceano que é a perfeita compreensão da verdade de Deus.

        Isto porque não é apenas a revelação que vai sendo comunicada progressivamente (Jesus disse “Há muitas coisas que vós nãos podeis compreender agora”), mas, sobretudo, é compreensão dessa revelação progressiva que vai se modificando, porém sempre para melhor, sendo exemplos disso as evoluções que o verdadeiro cristianismo fez em muitos aspectos envolvendo direitos civis, liberdades de consciência, culto e expressão; a dignidade da pessoa humana em face de monstruosidades como as perseguições religiosas, a escravidão, o racismo, o machismo, a homofobia, etc.

  7. Interessante pregadores do amor universal.Jesus pregou o amor universal as pessoas?A resposta e sim.Porem no que se trata as praticas fora de sua palavra a resposta e jamais.A nao ser que se relativize a biblia,e entao ela perde seu carater de palavra de salvacao.E como para alguns que dizem que fora da caridade-amor nao ha salvacao,doutrina anti-biblica.Interessante sabermos que esta caridade nao e um ato humano e sim o ato de caridade ou amor feito a humanidade por Deus atraves da doacao de seu Filho Jesus para que todo aquele que nele cre nao pereca mas tenha vida eterna.Joao3/16.Mais interessante e nao se ter uma identidade definida e se posicionar a favor da criacao de uma,que nao se acha amparo em lugar algum a nao ser na devassidao que a historia relata, em sociedades corrompidas,que nao somente assumem uma posicao mas tambem aprovam o sexo fora do casamento que fere a santidade de Deus.Nao e so uma escolha,e uma pratica libertina pois aprova o amor fora dos propositos de santidade.Mas obedece quem quer e quem nao quer fale da biblia simplesmente na parte que lhe interesse, e busque refugio no paganismo condenado por Deus.O que adianta termos religiao declararmos que somos cristaos e expormos a palavra que e o proprio Filho de Deus encarnado a vergonha.Ecumenismo de praticas fora da palavra e coisa bem do anti-cristo e da formacao de sua igreja.Concluo dizendo, pesquizem para ver se este pastor tem aprovacao de igrejas serias?So das igrejas apostatas e do evangelho conveniente e alguns se converterao a elas, nunca porem ao evangelho que transforma-nos a semelhanca de Cristo dia apos dia.Judas4a16.

    • Servo, como estamos em espaço destinado ao debate das ideias, considere que:

      “… no que se trata as praticas fora de sua palavra a resposta e [é] jamais”

      A questão é o que você considera como sendo as práticas da palavra de Deus, pois, para cada igreja, há práticas não apenas diferentes, mas, sobretudo, antagônicas. Vamos considerar, então, a palavra de Jesus ao resumir a lei em dois mandamentos apenas: amor a Deus e ao próximo, pois desta forma não haverá antagonismos e divisões entre o povo de Deus.

      “A nao ser que se relativize a biblia,e entao ela perde seu carater de palavra de salvacao”

      A relativização da Bíblia não se trata de uma opção – ela é um fato, Servo, quer queiramos ou não. Toda vez que você vê uma igreja pregando doutrinas diferentes das de outras igrejas, você esta vendo a um fruto da relativização, pois só a relativização pode gerar diferentes e antagônicas visões. A Bíblia não possibilita um única visão, por isso não podemos usar ela para fundamentar ações de intolerância, preconceito e discriminação contra as pessoas.

      “E como para alguns que dizem que fora da caridade-amor nao ha salvacao,doutrina anti-biblica”

      Como assim anti-bíblica? Por acaso não disse João que aquele que não ama não conhece a Deus, e Jesus, no sermão da montanha (Mateus 25), não deixa claro que é o amor e a caridade que o levará a separar as ovelhas dos cabritos? “Porque tive fome e me destes de comer, porque tive sede, e me destes de beber…”

      “Interessante sabermos que esta caridade nao e um ato humano e sim o ato de caridade ou amor feito a humanidade por Deus atraves da doacao de seu Filho Jesus para que todo aquele que nele cre nao pereca mas tenha vida eterna.Joao3/16”

      Inclui, sim, João 3:16, mas não se limita. Lembre-se: “Tive fome, e me destes de comer…”

      “em sociedades corrompidas,que nao somente assumem uma posicao mas tambem aprovam o sexo fora do casamento que fere a santidade de Deus.Nao e so uma escolha,e uma pratica libertina pois aprova o amor fora dos propositos de santidade”

      Porque o amor vê com bons olhos, “se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz” (Mt 6:5), pois “Tudo é puro para os que são puros, mas para os corrompidos e incrédulos nada é puro; antes tanto a sua mente como a sua consciência estão contaminadas.” (Tito 1:15)

      “Mas obedece quem quer e quem nao quer fale da biblia simplesmente na parte que lhe interesse, e busque refugio no paganismo condenado por Deus.”

      Obedecer a quê? À sua particular visão de religião? E você, fala da Bíblia de qual parte, mesmo? A que lhe agrada ou a que lhe desagrada? Paganismo? Em um tempo em que o Evangelho mal havia sido pregado aos judeus, Simão Pedro declarou “Em vista disso,Pedro abriu a boca e disse: Certamente percebo que Deus não é parcial,mas em cada nação o homem que o teme e que faz a sua justiça lhe é aceitável” (Atos 10: 34 e 35), ou seja, entre os “pagãos”, Deus tem também os seus devotos, os servos.

      “O que adianta termos religiao declararmos que somos cristaos e expormos a palavra que e o proprio Filho de Deus encarnado a vergonha.”

      E o que adianta termo uma religião e não amarmos as pessoas, mas utilizarmos a religião para julgar, condenar e ferir o coração das pessoas? Nessa visão evangélica, como homossexual eu estaria melhor onde: na igreja ou no “mundo”? No entanto, a igreja preferiu me ver no mundo, ao passo que todos os outros pecadores – sim, somos todos pecadores, “pois aquele que diz que não peca é mentiroso” (1ª João 1:10) -, ela manteve na igreja. De que vale ter uma religião assim?

      “Ecumenismo de praticas fora da palavra e coisa bem do anti-cristo e da formacao de sua igreja.”

      E que tal um ecumenismo para unir as pessoas em práticas de amor, caridade, acolhimento?

      “Concluo dizendo, pesquizem para ver se este pastor tem aprovacao de igrejas serias?”

      Então são as igrejas, e não o Espírito de Cristo, que dá aprovação a um ensinamento?

  8. Quero colocar também, nestes outros termos, com sutis e importantes diferenças:

    A compreensão da revelação da verdade de Deus não é como uma rocha inamovível, mas como águas puras e cristalinas que vão assumindo novos contornos, ampliando espaços e acessos à medida que se aproximam do grande oceano que é a perfeita compreensão da verdade de Deus.

    Isto porque não é apenas a revelação que vai sendo comunicada progressivamente (Jesus disse “Há muitas coisas que vós nãos podeis compreender agora”), mas, sobretudo, é compreensão dessa revelação progressiva que vai se modificando, porém sempre para melhor, sendo exemplos disso as evoluções que o verdadeiro cristianismo fez em muitos aspectos envolvendo direitos civis, liberdades de consciência, culto e expressão; a dignidade da pessoa humana em face de monstruosidades como as perseguições religiosas, a escravidão, o racismo, o machismo, a homofobia, etc.

    • a igreja de cristo jamais vai apoiar casamentos gays.
      JAMAIS ISSO PODE TER CERTEZA.
      Pode até pessoas se auto intitularem pastores, dizer besteiras como esse ai disse.

      MAS LEMBRE SE JESUS É A LUZ DO MUNDO.
      E A LUZ NÃO FAZ CURVA.
      Ela continua reta em sua projeção.

      NO PRINCIPIO DEUS FEZ HOMEM E MULHER.

      Não fez dois homens para um se relacionar sexualmente com o outro.
      esse cara não sabe de nada.

      • A igreja de Cristo, nesta questão representada pelas igrejas inclusivas, já esta apoiando e celebrando casamentos gays. Quanto às demais, ou seguem pelo mesmo caminho de amor e inclusão ou terminarão petrificadas em suas visões que excluem ao invés de incluir, que afastam ao invés de acolher.

        Quanto a luz chamada Jesus, maior do que o esplendor de mil sóis reunidos, ela simplesmente ilumina a tudo; nós é que somos menos que a luz de um vagalume buscando sempre atingir Jesus, a luz do mundo.

        No princípio Deus fez homem e mulher: eu sou gay e sou homem; uma amiga minha é mulher e é lésbica. Então, é claro, Deus fez macho e fêmea.

        “Não fez dois homens para um se relacionar sexualmente com o outro.
        esse cara não sabe de nada.”

        Homens se relacionam um com o outro, e se amam muito a exemplo de Davi e Jonatas, sendo que Davi considerava o amor que sentia por Jonatas maior que o amor de mulheres.

        Ele sabe muitas coisas, é a sua visão de mundo que não bate com a dele.

        • Vc sabe o que ele quis dizer?Vc sabe o que jonatas tipifica na biblia.Poxa camarda vc le a biblia como um jornal.O amor de Jonatas era qual tipo de amor? Na Davi em inumeras passagens tipifica quem em suas acoes para com os outros? Aguardo resposta

  9. Ou nao sabeis que os injustos nao herdarao o reino de Deus?Nao vos enganeis,nem impuros,nem idolatras,nem adulteros,nem Efeminados,nem Sodomitas,nem ladroes,nem avarentos,nem bebados,nem maldizentes,nem roubadores,herdarao o reino de Deus.Tais Fostes alguns de vos ;mas vos vos lavastes,mas fostes santificados,mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espirito do nosso Deus.OBS;1 os acima citados nao herdarao vida eterna se nao se arrependerem e mudarem de vida constituindo para um advogado que e Jesus o unico advogado de Deus pois nao existe outro advogado para fraquezas e pecados em nenhuma outra religiao do mundo.2 O texto diz que alguns, foram, porem agora nao sao,o que significa mudanca de vida com estilo de vida e presenca do Espirito que santifica, sendo lavados ou seja perdoados pelo sangue do sacrificio do cordeiro de Deus que nos substitui na cruz.Ele se fez maldito em nosso lugar.romanos 6/1a14 com destaque para o vs6.3 Sem justificacao nao ha salvacao.Romanos 5/1a11com destaque para 5/8 e9.Concluindo se alguem acha que entrou pela porta-Jesus porem nao usufrui do seu pasto-vida,seu Espirito que mostra conversao, mudanca de caminho, de direcao e de alimento engana-se a si mesmo.

    • Meu caro Servo, não fique aí citando Paulo como se ele fosse Jesus, como se ele fosse Deus. Paulo era um homem como nós, e os textos que ele escreveu foram cartas que nem ele mesmo imaginava que um dia iriam compor, por deliberação humana e a atender conveniências do clero, o canone bíblico. Quando leio essas passagens que você cita, eu me lembro de interpretá-las contextualizando-as no tempo, no lugar, na cultura, nas circunstâncias, nos destinatários para os quais foram escritas, exatamente como vocês interpretam passagens como estas:

      “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais… como em todas as igrejas dos santos. As mulheres estejam caladas nas igrejas, porque lhes não é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é INDECENTE que as mulheres falem na igreja”. (1Co 14:26-35)

      “A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão”. (1º Tm 2:11-14)

      “Quanto aos assuntos sobre os quais vocês escreveram, é bom que o homem não toque em mulher … Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo.” (1º Cor. 7:1 e 9). Obs.: segundo Paulo, um homem não deve se casar porque ama uma mulher e com ela deseja constituir família; o homem pode se casar se for apenas para aliviar seu desejo sexual.

  10. Obs o texto esta em 1 corintios 6/9a11.Se possivel ler tambem do 12 onde os corintios estavamtentando usar sua liberdade crista para justificar seus pecados.Qualquer contestacao faca-a a partir de traducoes confiaveis e jamais de doutrinas que aprovam conveniencias a pecados porque elas nao creem em pecado e consequentemente nao creem em juizo e tambem em salvacao dizendo que o que Deus por nos nao existe.Sabe quem gosta muito disto?Artistas e profanos pois podem viver com querem.Obediencia,santidade e submissao em amor a Deus e coisa para quem nao sabe viver a vida.De fato quem procura viver a vida de Deus e diferente dos profanos.Um dia no carnaval e nos moteis e outro na igreja ou no lugar do culto permissivo.O que adianta erguer um altar para nos mesmos,se este altar ja foi erguido em Jesus o unico que e santo.Ele sacrificado e nele somos perdoados.Porem cada um erga o que quiser e aguente as consequencias.

  11. Segue um vídeo muito lindo mostrando, em poucos minutos apenas, a beleza, a pureza, a dignidade, a felicidade, enfim, de um casamento gay, onde os pais, familiares e amigos dos jovens noivos, dois rapazes que se amam, se reunem, unidos por laços de amor, para juntos testemunharem e compartilharem da imensa felicidade dos jovens homoafetivos.

    youtube.com/watch?v=KDCx39tbafE

  12. Pode ate ter o apelido de pastor e com p minusculuzinho, Pois o Verdadeiro Pastor jamais jamais foi sera ou ira ser contra a Biblia contra a Santa Palavra de Deus, a biblia condena e ponto final que o inferno revire dentro do putrefo estomago de satanas os verdadeiros Crentes de Sobre a face da terra não esta nem ai para a opinião de um pastoreco mequetrefe e cheio de toda maledicencia, isto ate pode ser um pastor mas pastor a serviço de satanas na terra, homossexualismo e pecado de morte e tamos conversado e de condenação eterna e tamos conversado e quem morrer nesta situação vai enfrentar no juizo final a condenação e tamos conversado, creio eu na Biblia livro de meu Deus para mim a Biblia e o maná dos Céus, pastoreco furreco como este no centro das beiradas dos quintos do fruzue de satanas esta abarrotado, e tenho dito

  13. Parabéns,Pastor.Amar não é pecado,nunca foi e nunca será.Mais vale um casal gay que se
    amam e tem fidelidade,do que um casal homem mulher movidos a interesses materiais.E é
    o que se ver mais hoje em dia.O homem que tem muito dinheiro tem a mulher que desejar.
    Milhões querem.Os casamentos de hoje são movidos a interesses,quase todos para não
    generalizar.

  14. Sandro eu so quero te dizer que se nem em Jesus como Deus vc cre como a igreja que vc diz ter pertencido cre e quer usar a biblia?Como e que recebe o Espirito Santo se vc nao crer que Jesus tem a natureza do PAI. E me coloca Hellen GW que e considerada herege por todas a igrejas evangelicas a nao ser adventista e todos os institutos de apologetica.Por favor pare de usar a biblia conforme seus interesses.Olhe a posicao deste pastor em relacao ao meio evangelico,e herege.Vc sabe o que aconteceu na igreja presbiteriana americana?Dividiu-se rachou-se em varias pois seus membros nao aceitaram a posicao de seus lideres sobre casamento e ministerio gay.Vc viu Daniela Mercure sua rainha ativista e seu exemplo?Vc sabe a linha espiritual que ela segue para aderir tais praticas?Vc sabiA que Oprah e o tal pastor estao de maos dadas nos bastidores e sabe qual e a linha espiritual de Oprah?Inocente.

    • Servo, eu creio, sim, em Jesus, mas não como Deus, pois desde remota antiguidade se ouve ecoar, nos céus, esta frase eternamente insuperável:

      “OUVE, Ó, ISRAEL, O SENHOR NOSSO DEUS É O ÚNICO DEUS!”

      Israel nunca reconheceu uma “trindade”, sendo esta uma heresia que encontrou seu ápice e aceitação por influência direta e nociva do Imperador Constantino. E antes que você venha contestar, saiba que os historiadores dizem o mesmo.

      Quando chamado de “bom”, o que disse Jesus?

      “Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus.” (Lc 18:19)

      Ora, se ele fosse Deus, realmente, como haveria de censurar alguém que simplesmente disse a ele o que ele era em realidade? Que sentido faria?

      Observe, ainda, que Jesus compara a vida eterna ,ou seja, um entendimento eterno, impassível de mudança, com o conhecimento da natureza dele e de Deus:

      “E a vida eterna é esta: que te conheçam a Ti, o Único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17:3)

      Se Jesus fosse Deus, como você diz, faria sentido essa distinção?

      Quando o diabo pediu a Jesus que o adorasse, o que Jesus disse?

      “Afasta-te, Satanás, pois está escrito: ao Senhor Deus adorarás, e só a ele darás culto” (Mateus 4,10).

      Ora, se Jesus fosse Deus, faria sentido o diabo pedir a Deus que o adorasse? Além disso, se fosse Deus, Jesus teria dito: “Adore-me você, e não eu a ti”. No entanto, Jesus vai citar uma passagem das escrituras hebraicas, as escrituras onde Deus é um só e não existe algo como um Deus que é três, e, ao mesmo tempo, um só.

      Quanto a Ellen G. White, o conceito a respeito dela não é bem assim como você diz, sendo que muitos cristãos a respeitam. Além disso, onde esta o erro dela naquilo que referi a respeito da mesma? Eu fiz uma referência a um texto, você faz um julgamento da pessoa. Quem aqui esta se conduzindo de forma não cristã?

      Então devo parar de usar a Bíblia conforme meu entendimento para usa-la conforme o seu entendimento? Que vantagem terei? Sua suposta infalibilidade como interprete da Bíblia? Eu estudo a Bíblia unindo fé e razão; você usa fé e superstição. Essa é a diferença.

      Quanto a divisão na igreja presbiteriana era de se esperar que os fariseus deixassem de frequentar uma igreja agora menos legalista e mais amorosa e acolhedora. É o joio saindo do meio do trigo.

      Que tenho eu com a vida da Daniela Mercure e demais pessoas que você cita? Que eu saiba essas pessoas não andam estorquindo dinheiro de otários gananciosos que pensam que irão enriquecer barganhando com Deus. Quem enriquece, mesmo, são os patifes e canalhas mercadejadores do Evangelho de Cristo.

      • Engracado vc citar o texto de ouve o Israel e ficar postando e admirando doutrina hindu paga?Meu amigo Israel rejeitou a Messias que foi profetizado desde genesis. Pai,criador, com o Filho redentor que ja estava presente na criacao do mundo em espirito nao em carne ver colossenses 1/15a23, e realizador do resgate da humanidade ,alem do Espirito Santo que e o executor da obra de Deus em nossas vidas ou coracoes.

      • SANDRO Estas pessoas sao compactuadas com quem? divulgam ideias de quem?Deturpama asociedade e costumes em nome de quem?Responda se vc souber das coisa mais profundas do mundo espiritual.

  15. E de rir a sua teologia,vc nao sabe nem o contexto das citacoes de Paulo.Eu teria vergonha de postar algo que e risivel para um conhecedor da palavra.Mas vamos la.Galatas 1/6a9,para vc que se dizia cristao e passou para outro evangelho.Olha o que Paulo diz no texto e que palvra ele lanca sobre os que abandonaram a fe crista.Obs os galatas estavam voltando atras na fe crista.Porem vc nao voltou, vc nunca foi.Vc pensa que foi porque aprendeu algumas letras fora de contexto sem qualquer revelacao espiritual.A biblia diz que o homem natural nao pode entender coisa espirituais e com vc nao recebeu o Espirito entao pensas que ja foi.E um dos motivos e o principal pelo qual vc nao foi liberto.So ensino sem a visitaco e posse do Espirito nunca teriam feito Paulo largar de ser um perseguidor e ser o maior dos apostolosatos 9 por favor O Senhor apareceu a Paulo.Ele o chamou pessoalmente vs5, atos 22/6a21,onde Jesus de novo fala com Paulo sobre seu chamado.1 relatividade biblica nao existe,parece que sim para nao convertidos Joao 5/39,Joao10/35,2tm3/16,2pe1/20,2pe3/16.2 Eu gostaria que vc me apresentasse detalhadamente o contexto dos corintios.Que tipo de igreja era e com estava naquele momento?

    • Não ria da minha – na realidade, não é minha – teologia, pois teólogos de grande reputação a admitem, e foi com eles que aprendi. Quanto a Paulo, são vocês, fundamentalistas, que, desejando voltar aos fundamentos, recusam a leitura crítica da Bíblia realizando um leitura literal (sim, literal, mas apenas no que lhes convém). Eu entendo que, para ler e compreender a Bíblia, é necessário levar em consideração o tempo, o lugar, a cultura, as circunstâncias, os motivos, as pessoas para quem cada texto foi escrito, etc. Vocês, fundamentalistas literalistas é que não realizam essa leitura crítica da Bíblia. Portanto, reveja o que disse a meu respeito.

      Você fala que nunca fui cristão, e nisso revela não ter discernimento, pois fui batizado nas águas, por imersão, e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Além disso, eu professei salvação pela fé (na realidade é pela graça, mas tudo bem), a volta de Cristo, a ressurreição da carne, o julgamento final. Como alguém que creu e professou tais doutrinas distintivas do cristianismo não foi cristão?

      Logo mais você diz: “Vc pensa que foi porque aprendeu algumas letras fora de contexto sem qualquer revelacao espiritual”.

      Ocorre, como diz a Bíblia, que o entendimento das Escrituras não se dá “por particular interpretação” (2Pd 1,20 ), pois, se fosse assim, a confusão seria geral.

      Logo adiante você afirma que não recebi o Espírito Santo. É mesmo? Como sabe disso? Deus te falou? Eu recebi o Espírito Santo quando cri, me arrependi e fui batizado, e não à moda evangélica pentecostal que pensa que receber o Espírito Santo é saltar, pular de lado, plantar bananeira, gritar, miar, latir, uivar e falar coisas como laxurá mani buxarali ohhh gróóóóóriiiaaa xésssusssss.

      Ao final, você diz: “relatividade biblica nao existe”

      Então, pela sua lógica, segue-se infalivelmente que a sua interpretação da Bíblia é a
      única certa e estão erradas as milhares – ou milhões – de outras interpretações.

      • Não ria da minha – na realidade, não é minha – teologia, pois teólogos de grande respeitabilidade a admitem, e foi com eles que aprendi. Quanto a Paulo, são vocês, fundamentalistas, que, desejando voltar aos fundamentos, recusam a leitura crítica da Bíblia realizando um leitura literal (sim, literal, mas apenas no que lhes convém, é claro). Eu entendo que, para ler e compreender a Bíblia, é necessário levar em consideração o tempo, o lugar, a cultura, as circunstâncias, os motivos, as pessoas para quem cada texto foi escrito, etc. Vocês, fundamentalistas literalistas, é que não realizam essa leitura crítica da Bíblia. Portanto, reveja o que disse a meu respeito.

        Você fala que nunca fui cristão, e nisso revela não ter discernimento, pois fui batizado nas águas, por imersão, e em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Além disso, eu professei salvação pela fé (na realidade é pela graça, mas tudo bem), a volta de Cristo, a ressurreição da carne, o julgamento final. Como alguém que creu e professou tais doutrinas distintivas do cristianismo não foi cristão?

        Logo mais você diz: “Vc pensa que foi porque aprendeu algumas letras fora de contexto sem qualquer revelacao espiritual”.

        Ocorre, como diz a Bíblia, que o entendimento das Escrituras não se dá “por particular interpretação” (2Pd 1,20 ), pois, se fosse assim, a confusão seria geral.

        Logo adiante você afirma que não recebi o Espírito Santo. É mesmo? Como sabe disso? Deus te falou? Eu recebi o Espírito Santo quando cri, me arrependi e fui batizado, e não à moda evangélica pentecostal que pensa que receber o Espírito Santo é saltar, pular, plantar bananeira, gritar, etc.

        Ao final, você diz: “relatividade biblica nao existe”

        Então, pela sua lógica, segue-se infalivelmente que a sua interpretação da Bíblia é a única certa e estão erradas as milhares – ou milhões – de outras interpretações.

        • Adendo: quando você disse “Vc pensa que foi porque aprendeu algumas letras fora de contexto sem qualquer revelacao espiritual” e eu respondi “Ocorre, como diz a Bíblia, que o entendimento das Escrituras não se dá “por particular interpretação” (2Pd 1,20 ), pois, se fosse assim, a confusão seria geral”, o que eu quis dizer é que o conhecimento, a compreensão da Bíblia não se dá de forma individualizida, por revelações particulares, como é o caso da CCB, mas têm de vir de uma compreensão fundamentada na fé e na razão.

  16. Continuacao,Sandro que tipo e este de enfoque biblico?Sua colocacao de ve ser por falta de conhecimento pois quem pensa em salvacao por obras e espiritismo que nunca foi cristianismo.Vamos aos fatos ;nada do que eu faco por mim mesmo me aproxima de Deus,no entanto pode lhe chamar atencao para as minhas boas intencoes.ex;Atos10. Cornelio chama Pedro-leia que entenderas a sede de um homem bondoso mas que nao conhecia o Senhor.Outra coisa vc esta confundindo as obras que devemos produzir apos termos sido salvos com obras que possam no justificar.A verdadeira caridade o amor se revela primeiramente em ele se dar sua vida para salvar a humanidade pecadora,depois e que este amor nos coMpunge a amar o proximo com o amor agape sobrenatural e nao fhileo que e amor fratenal.Tg explica no cap 2 leia do 15 ao26.Observe que primeira Abraao creu,Raabe creu =fe depois eles produziram obras com frutos da fe.Nao coloque as obras antes da fe.A fe,o arrependimento e a entrega e que nos dao o Espirito Santo que nos capacita a amar.O amor que vc prega e um amor natural que so consegue fazer algo pelo proximo dependendo da situacao,nao e sobrenatural doador ,renunciante de si.Eu lhe peco para provar biblicamente se Jesus a todos que ele tocou ou foram tocados por ele e seus discipulos continuaram a viver as mesmas praticas pecaminosas e citadas na palavra.E por favor nao confundir ecumenismo acolhedor com ecumenismo e aceitacao de praticas pecaminosas.

    • Servo, antes de qualquer coisa, vamos fazer aqui uma correção a bem da verdade. Espiritismo é, sim, cristianismo. Pode não ser a visão de cristianismo com a qual você concorda, mas que é cristianismo não se pode, sem o sacrifício da verdade, negar.

      Quanto a questão – antiga e super polêmica – da fé versus obras, eu nunca afirmei que a salvação se dá exclusivamente em razão das obras em si – fui observador do sábado e sempre debatia com crentes que achavam, equivocadamente, que eu guardava o sábado para ser salvo -, mas que as obras são reveladoras de um coração que encontrou a presença de Deus, que produz, como disse João Batista, os “frutos dignos de arrependimento;” (Mateus 3:8). Assim, o cristão verdadeiro será encontrado praticando obras de amor e caridade, pois elas são, sim, componentes da prática de vida de quem ama e adora a Deus, pois, do contrário, Jesus não teria elencado, no capítulo 25 de Mateus, o sermão do grande juízo, obras piedosas de amor e caridade como decisivas na salvação dos justos.

      É nesse sentido, inclusive, que o Espiritismo prega a necessidade das obras, porque as obras, como disse Tiago, justificam também, e é marca dos que amam a Deus e ao próximo como a si mesmos.

      Quanto a Jesus, Ele me tocou, eu sei disso, e uma coisa não aconteceu: não me transformei em heterossexual muito embora essa tenha sido, por todo o tempo que permaneci na igreja, alguns anos, a minha vontade sincera.

      Sobre Espiritismo e cristianismo, indico célebre e tocante entrevista com o Reverendo Nehemias Marien, já regresso a pátria espiritual, e um homem que revelava Deus até mesmo na forma, na entonação de seu humilde e santo falar. Na entrevista ele aborda diversos temas incluindo a homoafetividade:

      youtube.com/watch?v=L_A6VMTyUxo

      • Favor ler espiritismo x cristianismo.Vc nao sabe sequer demonstrar a diferenca que existe uma doutrina e outra.Bases espiritas 1 salvacao por obras-caridade.Uma clara e sutil negativa para quem conhece a biblia,pois se as obras que faco me purificam e me levam a uma outra vida melhor,para que Deus teria enviado seu Filho para me redimir,salvando nesta vida e me santificando atraves do Espirito Santo para me apresentar a Deus.Ou seja nega a necessidade de um advogado para a humanidade pecadora.Sair do abismo para o outro lado sem passar pela ponte que e Jesus,o braco de Deus que nao esta encolhido para que nao possa salvar e impossivel por causa de nossa natureza falivel,desobediente e incredula.2 reencarnacao .O sacrificio de Jesus foi em vao?Saiba que o rei Saul foi morto por procura uma necromante quando Deus ja nao o ouvia por sua desobediencia,1sm28leia todo.1cr10/13 Consequencia para Saul.Nao sao varias vidas e sim uma unica vida vivida na ressurreicao de Jesus,1co15/13a19 leia todo cap 15.invocacao de mortos atraves de entidades ou guias e nao invocacao do Espirito Santo.Fontes diferentes nao a que Deus enviou.Jesus como vc cre no espiritismo nao e Deus ou seja e um profeta,o espirito de luz mais evoluido,e um grande exemplo e nao e o que prometeu enviar o Espirito Santo.O consolador no caso do Espirito Santo e a nova revelacao atraves do espiritismo que tem no kardecismo 1857 uma representatividade nao reconhecida nem na Franca onde kardec nasceu.Nao deu nem para comecar ,mas va ao google e digite e veja como a sua base crista e fragil.Continuarei em respostas.

        • Servo, conheço bem a diferença entre Espiritismo e catolicismo, bem como entre Espiritismo e protestantismo para afirmar que tudo o que você escreveu esta eivado de erros e de falsas interpretações bíblicas. Jesus, por exemplo, veio para ser o exemplo, por isso ele disse que é o caminho, e sua morte na cruz foi para atrair os homens para si, daí haver dito “quando eu for levantado atrairei muito para mim”, pois a visão de um inocente que tanto amou sendo martirizado comove e compade os mais duros corações. A comunicação com os mortos é um fato que até a Igreja Católica e protestante já admitiu, sendo exemplo disso o espírito de Samuel que falou com Saul, e o de Elias e Moisés que apareceram a Cristo e discípulos, entre outros casos, tais como o das inumeráveis pessoas que veem seus queridos aparecerem mesmo depois de mortos.

      • Sabe quem e Neemias Marien? Um excluido da igreja presbiteriana por praticas anti biblicas.e sabe o que ele significou para a igreja presbiteriana?Foi um dos maiores teologos seus o que nao significa que conhecimento e pratica da palavra de Deus.Suas fontes sao parciais e rejeitadas dentro da igreja evangelica seria brasileira e mundial.Suas fontes sao fracas mas eu lhe darei nomes de pessoas de conduta ilibada se quiser.

  17. Texto de Mário Persona.
    Irei para o inferno por ser homossexual?
    Vi que você chegou até mim depois de ler outro texto sobre o assunto, que tenho neste blog. Você escreve que é homossexual, não por opção, mas porque nasceu assim, com atração por pessoas do mesmo sexo. Deus criou o homem e a mulher com papéis claros e definidos. Sei que existem mulheres com excesso de hormônios masculinos e homens com mais hormônios femininos, uma condição que poderia às vezes causar alterações físicas e, talvez, de comportamento. Mesmo assim continua valendo o que Deus criou desde o princípio.

    Você escreve como se o homossexualismo fosse alguma espécie de droga da qual o usuário não tem como se libertar, uma atração que governa sua própria vida. Oras, eu sinto atração por muitas mulheres bonitas que passam pela rua, mas isso não quer dizer que eu esteja livre para ir para a cama com elas. Como diz o ditado, “você não pode evitar que as andorinhas voem sobre sua cabeça, mas pode impedi-las de fazer ninhos em seus cabelos”.

    Você diz que lutou muito contra esse sentimento e, pelo jeito, sucumbiu ao desejo e arranjou um namorado. E se aplicássemos o mesmo raciocínio para outras áreas da vida? O homem casado, que deseja outra mulher, ou o homem violento, que deseja quebrar a cara de quem encontra (sim, há pessoas que dizem não poder controlar seu desejo de ver sangue), o pedófilo, que sente uma atração irresistível por crianças… e por aí vai. Somos seres racionais, guiados pela razão que é capaz de controlar nossos instintos.

    Instintos e desejos nós todos temos. Quem nunca teve vontade de dar uns tapas naquele sujeito que nos fecha no trânsito, fura a fila do banco na nossa frente ou fica buzinando atrás de nós no semáforo? Mesmo assim controlamos nossos impulsos, nossos instintos e não saímos por aí mordendo, defecando em qualquer lugar e acasalando com qualquer parceiro como fazem os animais. Somos seres humanos, criados à imagem e semelhança de Deus.

    Meus exemplos podem parecer meio extremos e você até achar que não se aplicam ao seu caso, mas meu ponto aqui é mostrar que não podemos dar a desculpa de sermos controlados por algum instinto, sentimento ou atração. Somos seres humanos e racionais, capazes de exercer autocontrole sobre nossos atos. Ao contrário dos animais irracionais, que precisam desesperadamente acasalar no cio, nós somos capazes de exercer o autocontrole.

    Mesmo assim, todos nós estamos sujeitos a desejos e atrações das mais extremas. A questão é: você aceita a Palavra de Deus? Você crê em Jesus como seu Salvador? Você tem um compromisso com Deus, de adorá-Lo e viver segundo a Sua Palavra? Você é um cidadão do céu?

    Se sua resposta a todas estas perguntas for “sim”, então você está sendo responsável, perante Deus, por falhar em fazer a Sua vontade. Se for “não”,o que posso dizer? Se você não aceita o que Deus diz em Sua Palavra, então não há limites para o que você acredita poder fazer. A questão é que, mesmo não acreditando, a responsabilidade existe e a obrigação permanece e um dia Deus irá cobrar isso de você. Mais uma vez, ao contrário dos animais irracionais, que agem por instinto, somos seres responsáveis que devem prestar contas ao Criador.

    Sou homem, hetero, sem inclinações ou desejos homossexuais, mas sei muito bem que qualquer pessoa está sujeita a ser irresistivelmente atraída a fazer coisas que são contra a vontade de Deus, seja com pessoas do mesmo sexo ou não. Sentir atração é uma coisa. Ceder e passar da atração à ação é outra.

    Sei de homens que foram homossexuais em suas práticas e hoje são convertidos a Cristo. Abandonaram suas antigas práticas e levam uma nova vida de obediência à Palavra de Deus. Se eles continuam sentindo a mesma atração? Pode ser que sim, precisaria perguntar a eles. Como também deve sentir-se o diabético, atraído por doces e sorvetes. Alguns se controlam. Outros cedem e pagam caro por isso.

    Você perguntou se irá ao inferno por ser homossexual. Antes que me interprete mal, é bom que entenda que as pessoas não vão para o inferno por serem homossexuais, mas por serem pecadoras, uma condição na qual todos nós nascemos antes mesmo de praticarmos qualquer pecado. Por outro lado, deixar as práticas homossexuais não garante o céu a ninguém. É a fé em Cristo, a conversão a Ele, antes mesmo de deixar qualquer prática, que garante a salvação. Uma vez sob “nova gerência”, aí você saberá o que fazer, aí você terá a Sua Palavra para guiá-lo e o Espírito Santo habitando em você para lhe dar o poder para viver a nova vida.

    Talvez eu possa explicar melhor. Primeiro, tenha em mente que você não precisa fazer coisa alguma para ser condenado por Deus. Todo ser humano já nasce condenado, é sua condição default por causa do pecado. Esqueça aquela ideia de que quem fizer coisas boas vai para o céu e quem fizer coisas más vai para o inferno. Isso não existe.

    Nascemos condenados porque nascemos pecadores. Não nos tornamos pecadores por pecar, mas pecamos por sermos pecadores. Tipo assim: Uma árvore não se transforma em limoeiro por produzir limões, mas ela os produz por ser essa a sua natureza, é limoeiro.

    Então, ainda que eu ou você tivéssemos uma vida toda certinha, dentro dos padrões aceitos pela Bíblia, iríamos para o inferno assim mesmo, a menos que tivéssemos nascido de novo. Nascer de novo, obviamente, não é reencarnar (isso não existe), mas receber uma nova vida de Deus e crer em Cristo como seu Salvador, ganhando dEle o perdão dos seus pecados, a quitação de sua dívida.

    Não se trata, como você alegou, de confiar em Deus e ter Deus presente em sua vida. A maioria das pessoas diz isso. Obviamente Deus está em toda parte, e até mesmo um pagão acredita em algum tipo de Deus ou força superior. Não é o caso. Estamos falando aqui do Deus, único e verdadeiro, que Se revelou por intermédio de Sua Palavra e na Pessoa de Jesus, Deus e homem. Por não querer condenar a você e a mim no lago de fogo por toda a eternidade, Deus proveu uma saída: transferiu para o Seu Filho Jesus a culpa dos pecados daqueles que creem, e O condenou na cruz como se fosse Ele o culpado.

    Aqueles que creem em Jesus recebem o benefício dessa transferência, têm seus pecados perdoados (todos eles) por Deus e já desfrutam da salvação assegurada, aqui e agora, e por toda a eternidade. Estão salvos, portanto, e podem ter a certeza disso pela fé nAquele que morreu por eles. Então, se me perguntar para onde vou se morrer agora, respondo que vou para o céu, não por ser bonzinho ou coisa do tipo, mas porque Cristo pagou pelos meus pecados na cruz.

    Na Sua Palavra, a Bíblia, Deus colocou um padrão para que todo homem viva segundo esse padrão. É claro que ninguém consegue viver pelo padrão que Deus estabeleceu, por tratar-se de um padrão perfeito. Se conseguíssemos viver segundo esse padrão, não precisaríamos de um Salvador, não é mesmo? Portanto, neste particular a Bíblia (estou falando aqui das coisas do tipo “não faça isto ou aquilo”) é como se fosse uma placa de contramão. Ela não ajuda em nada o motorista que já está na contramão em uma rua estreita demais para manobrar seu carro. Será multado por isso. E todos nós nascemos na contramão.

    Ao se deparar com as placas de contramão que Deus colocou em Sua Palavra, você percebe que é culpado e precisa buscar uma solução para si. Quando percebe que é incapaz de “manobrar seu carro”, aí começa o processo que, se você acatar a voz de Deus, resultará em uma ação do Espírito Santo em sua vida transformando-o em nova criatura (seu carro é imediatamente virado por Deus).

    Mesmo assim, esses padrões continuam valendo para você conhecer o que agrada e o que não agrada a Esse Deus que o salvou. O que a Bíblia diz, por exemplo, sobre o adultério. Agrada a Deus? Não. Fornicação? Não. Homicídio? Não. E por aí vai, até chegar no homossexualismo, que é condenado das primeiras às últimas páginas da Bíblia. Algumas coisas são chamadas ali de “pecado”, outras de “abominação”. É o caso. Levítico 18:22 diz: “Com homem não te deitarás como se fosse mulher; é abominação” .

    Há quem argumente que, ao contrário do homicídio, da pedofilia e de outras práticas, o homossexualismo não causa dano a ninguém, já que é praticado por duas pessoas de comum acordo. Mas a questão não é se, se trata de algo que ofende nosso semelhante, mas de algo que ofende nosso Criador. Como saber se o homossexualismo ofende o Criador? Oras, a melhor maneira é ir à fonte, ao livro que diz ser a Sua Palavra e através do qual aprendemos a maioria das coisas que sabemos sobre Deus, o céu, o inferno, os anjos, Jesus, etc.

    Para que você tenha uma ideia de como Deus vê o homossexualismo e outras práticas, aqui vai um breve resumo do que é o ser humano aos olhos de Deus, e Ele não usa de meias palavras:

    “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” Romanos 1

    Mesmo assim, é importante que você entenda que existe uma diferença entre homossexualismo (a prática) e o homossexual (a pessoa). Deus odeia o homossexualismo, mas ama o homossexual. Sobre isto eu já escrevi no outro texto que leu, portanto vamos agora passar às suas afirmações:

    >> Somente sinto atração por homens e, não por mulheres…

    Ok, mas isso não resolve a questão. Se sinto atração por leite condensado e sou diabético, o que fazer? Tá bem, me sinto livre para fazer o que quero e me encho de leite condensado. Bem, sofrerei as consequências de meu ato impensado, pois estou transgredindo uma lei da natureza. Sentir atração é uma coisa, pois não temos controle sobre nossos pensamentos. Ceder à atração é outra e aí entra a responsabilidade para com Deus, que é o autor das regras do jogo da vida. Recebemos vida dEle? Então…

    >> Estou pecando por isso? Estarei condenado ao inferno por isso? Você pode achar que sim… Mas eu tenho certeza que não…

    Primeiro, se você tivesse tanta certeza de que a vida que leva está correta não teria feito buscas no Google, chegado àquele outro texto de meu blog, que costuma ser encontrado por quem busca por “homossexualismo + bíblia”, e enviado sua opinião fazendo a pergunta acima. Será que estava curioso por saber o que Deus diz a respeito dessa prática? Pode ser. Quanto a eu achar ou não achar algo a respeito do assunto, isso de nada vale. Até eu me atrapalho quando tento seguir minhas próprias opiniões. Mas se Deus achar que sim, então a coisa é séria.

    O que você acha? Deus condena suas práticas ou não? Como saber? Bem, só temos um livro que se diz a Palavra de Deus. Ou ele é o que diz ser, ou então é uma enganação das piores, por afirmar ser a Palavra de Deus. Qual das opções você crê ser a verdadeira? Por favor, não diga que é uma questão de interpretação. Pelo que leu da passagem de Romanos que citei acima não há nada para ser interpretado ali que possa fazer o texto significar o contrário do que diz.

    Você menciona um conhecido seu, casado, pai de filhos, que mantinha uma relação homossexual e acabou sendo descoberto pela esposa. Do jeito que escreve, parece querer demonstrar que sua forma de assumir isso sem tentar levar uma vida falsa que depois prejudique a outros é como se, ele sim, estivesse fazendo algo errado ao enganar sua família. Essa sua reação é típica de todo ser humano. Costumamos nos comparar a outros achando que isso nos justifica. Nos sentimos bem fazendo isso, porque obviamente sempre procuramos por algum padrão que seja inferior ao nosso. Então, se fumo, digo que não sou como aquele pinguço que bebe. Se bebo, digo que não poluo o ambiente como aquele sujeito que fuma. E assim por diante. Veja qual a atitude correta diante de Deus:

    “E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo. O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado”. Lucas 18

    Você falou em alguma forma de libertação, mais como uma curiosidade do que como algo que realmente desejasse. Não tem como você se libertar de moto próprio, mas se a sua vida estiver entregue a Cristo, aí é outra história. A partir do momento em que você nascer de novo, passará a contar com um verdadeiro Pai, o qual cuidará disso. Não que seja um passe de mágica, pois enquanto tivermos um corpo feito de carne e ossos estaremos sujeitos às mais diversas tentações, sejamos ou não convertidos a Cristo. A diferença é que o cristão tem o poder para superá-las, o que já é uma grande diferença. Embora mesmo ele nem sempre vá querer superá-las, devo reconhecer.

    Você alega que o homossexualismo sempre existiu na história da humanidade. Sim, como tudo mais. O tempo não é juiz. Pode curar as feridas, como diz o ditado, mas não transforma algo errado em certo e vice-versa, muito embora às vezes acreditemos assim e acabamos indo pela opinião pública. Todas as práticas humanas sempre existiram. Você praticaria todas elas por isso?

    Então, se o ato de extrair uma criança do ventre da mãe e matá-la podia ser uma prática cruel no passado, nas sociedades “mais desenvolvidas”, isso está se tornando uma prática comum. Conheço uma pessoa que tirou um filho porque estava com um cruzeiro para a Europa marcado e não queria ter aborrecimentos. Na volta engravidaria novamente para ter filhos. Hoje parece ser mais normal do que há cem anos, mas o que Deus diria de tal ato?

    Na Bíblia as primeiras referências condenando o homossexualismo aparecem no Pentateuco, os cinco primeiro livros de Moisés, escritos há alguns milhares de anos. A mais recente, há dois mil anos, é a referência feita pelo apóstolo Paulo no trecho que transcrevi acima, em Romanos. O homossexualismo ritual era uma prática comum entre as religiões pagãs, e chegou até a ser introduzido no judaísmo. Há referências a isso na Bíblia e Deus condena isso também.

    Você cita ainda os animais, e que a prática homossexual é comum entre muitas espécies. Sim, entre os animais há também o incesto, matricídio, infanticídio, canibalismo etc. Seriam os animais o nosso padrão de comportamento?

    Outra menção que fez foi de uma suposta diferença genética nos homossexuais, que os tornariam uma classe diferente de pessoas. Já li sobre isso. Esse estudo foi feito em 1993, mas não passou de uma teoria e nunca foi confirmado. Ao contrário, mesmo depois de 2004, quando completaram o sequenciamento do genoma, ninguém encontrou evidências dessa influência genética no comportamento. Isso é encontrado em vários artigos na Web. Procure por “gay gene” para saber mais.

    Mesmo assim, digamos que descobrissem que alguns homens (e mulheres) nascem geneticamente propensos para a homossexualidade. Será que isso os livraria da responsabilidade perante o que diz a Palavra de Deus? Se amanhã descobrirem que alguns nascem geneticamente propensos à infidelidade e ao adultério, iria Deus publicar uma versão corrigida de sua opinião também a esse respeito?

    A grande questão é que, primeiro, não somos meros animais, portanto não serão os animais e suas práticas que irão nos guiar. Aliás, no Pentateuco também era previsto e condenado o sexo de humanos com animais, mostrando que isso também é prática antiga. Deveríamos adotá-las por terem sido comuns na antiguidade?

    Segundo, Deus criou o homem e a mulher com funções específicas e o homossexualismo arruína esse projeto inicial. Se todos decidissem que o homossexualismo é o melhor caminho, quem iria procriar? Vejo a questão muito como uma busca de prazer próprio, sem ligar muito para as consequências que isso trará a outros ou, o que é mais importante, o que Deus pensa do assunto.

    Há também um aspecto simbólico na coisa toda, que é Cristo, apresentado na Bíblia como o Noivo, e a Igreja (o conjunto dos que creem), apresentada como Sua noiva. Aparentemente, a própria criação do homem e da mulher, e da relação que deveriam manter, já apontava para isso:

    Gn 2:24 Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.
    Efe 5:27 Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível…. Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.

    Aí está. Existe uma intenção muito maior para o plano original de Deus, que transcende o animal e sensorial. Quando vejo homossexuais fazendo de sua prática uma bandeira de vida, me entristeço. Que bandeira pequena essa, que pode durar no máximo algumas poucas dezenas de anos. Quão maior bandeira é possível empunhar, quando conhecemos a Cristo, o Salvador, e quando passamos a desfrutar daquilo que Ele preparou para meros pecadores como nós.

    Essa bandeira que você está empunhando é tão importante assim para impedi-lo de ir a Cristo e receber dEle a salvação eterna? Você deve ir a Ele assim como está (não se preocupe em se livrar disso ou daquilo, é Ele quem irá fazer isso depois). Sua condição de homossexual não é o que o levará para o inferno, mas sim sua condição de ser humano pecador, uma condição que é também a minha por natureza. Foi por você e por mim que…

    “…Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas”. João 3

    Acho que ficou bem claro que existe um amor que transcende o sensorial, um amor maior, que vem de Deus. Será que existe alguma coisa nesta vida tão importante e valiosa para estarmos dispostos a abrir mão dos resultados do amor de Deus?

    P.S. Resposta a um comentário de leitor:

    Sua crença em Deus está sim sujeita a “mensagens escritas”, pois toda a sua vida e cultura foram influenciadas pelo cristianismo que, por sua vez, tem sua origem na Bíblia. É impossível negar. Sua concepção de certo e errado vem daí.

    Deus não criou os homossexuais como pessoas nessa condição, mas trata-se de uma tendência que você escolheu colocar em prática. Todos têm tendências das mais diversas, porque nascemos com o gérmen dessas tendências (lembre-se de que nascemos pecadores). Assim, eu e você somos tudo em potencial. Alguns colocam esse potencial em prática, outros não.

    Eu poderia aplicar o mesmo raciocínio do “reprimido” que você apresentou para pessoas com outras tendências sexuais contra a natureza. Ou para outras tendências, como roubar, matar, beber etc. Todos nós as temos. Devemos deixar de reprimi-las para evitar efeitos “catastróficos”? Sim, Deus certamente ama você e o considera especial, mas Ele tem um padrão e isso não deve ser diluído na palavra “amor”.

    A tentativa de considerar sua prática lícita aos olhos de Deus, por existirem outras como “orgias, adultérios, pedofilias”, é um artifício comum a nós, humanos, que sempre procuramos encontrar pessoas “mais erradas” para justificar nossos próprios erros. Foi o que fizeram aqueles homens que levaram a Jesus uma mulher pega em “flagrante adultério”, esperando que Ele a apedrejasse, como ordenava a lei de então. Se ela foi pega em “flagrante adultério”, onde estava o homem? Talvez eles considerassem que o adultério de uma mulher fosse pior que o adultério de um homem. Jesus mandou que os que estivessem sem pecado atirassem as pedras, esvaziando a praça.

    Deus é o padrão. Meus erros não podem ser diminuídos pelos seus, ou vice-versa. O que Deus pensa do homossexualismo? É isso que você deve ter em mente, porque um dia este será um assunto a ser tratado entre você e esse mesmo Deus que você afirma conhecer. Em Sua Palavra Ele condena as “orgias, adultérios e pedofilias” tanto quanto condena o homossexualismo. Não há como negar isso.

    • A autor diz: “Sou homem, hetero, sem inclinações ou desejos homossexuais”, ou seja, é alguém que fala teoricamente do que não vive e do que jamais viveu. Toda a explanação que ele faz não tem valor para mim, pois só discorreu textualmente, usando e abusando das palavras, mas não é e nunca foi um homoativo.

      • Outro erro inaceitável que ele comete é pretender que a visão do misógino Paulo sobre a homossexualidade é a mesma visão de Deus, o Ser Supremo. É muita presunção, ignorância e até mesmo desrespeito para com Deus a pretensão de que Paulo fale por Deus e expresse o pensento do Senhor.

        • Errata: onde se lê “pensento”, leia-se “pensamento”.

          Escrever rápido, sem a necessária calma e correção, como na redação de um trabalho acadêmico, dá nisso, ou seja, uma séria de erros.

        • Outro erro grave encontrado no longo texto publicado pelo Wanderley Santana, e que revela a gritante e ofensiva ignorância do autor, é dizer que a homossexulidade “trata-se de uma tendência que você escolheu colocar em prática”. Ora, eu não me lembro de haver escolhido ser gay, E você, leitor hétero, se lembra de haver escolhido ser hétero?

          • Nao ha erro algum apenas em sua concepcao.E logico que ele nao esta na tua pele,mas influencias espirituais seja por familia amigos,inveja ,trabalhos espirituais podem alcancar aqueles que nao estao na presenca de Deus.Ai vc me diz ah mas eu era crianca.Eu digo vc sabe se alguem no ventre de sua mae ou alguem que possa ser maldoso nao lhe possa ter feito um mal?A propria televisao sbt e outros ja mostraram trabalhos onde pessoas que erm bem casados e de repente mudaram suas concepcoes e foram morar com outros do mesmo sexo deixando suas familias.Pense e uma das muitas hipoteses e investigue as vezes vc acha algo que nao imaginava.Outra coisa bebes que foram oferecidos a entidades as vezes ate por ignorancia.Vc sabia que varios lideres de religioes afro sao homossexuais? E porque?Porque eles invocam entidades e espiritos que os levam a tais praticas.Nao estou afirmando isto no seu caso apenas investigue,pois vc pode estar muito raso para entender o problema sendo assim mais facil reconhece-lo e se deixar levar.O problema e que isto nao te trara paz de espirito e uma hora vc nao suportara e eisto que eu sinceramente nao quero pois se quisesse nao estaria tentando te ajudar

      • Realmente,Sandro,o texto é bem escrito,retrata a visão bíblica que é vista como
        pecado e a visão do autor que não tem nada a ver. É uma visão subjetiva do
        achism dele,pois,além de não ser gay,a sexualidade humana,seja ela hétero ou homo,
        é múltiplas e complexas,sendo cada caso um caso.Não estou criticando o Wanderlei
        Santana,que é um homem muito inteligente.Os textos de Wanderlei sãso as excelências.Gosto muito recomendo.

  18. Janio amigo quem lhe disse que Paulo censurou o casamento?Leia direito ,Paulo sugeriu por aqueles dias serem dificeis que era melhor ficar solteiro para servir o Senhor com mais liberdade.desembaracadamente do que se casar,que se nao conseguisse ficar sem abrasar que se casa-se.Sabe porque ele disse isto e serve para o Sandro?Para nao praticar sexo ilicito ou seja fora do casamento.Se quiser referencia e contextos eu envio de pois agora por favor falem com conhecimento.

    • O problema maior com o ensino de Paulo, nesse contexto que você refere, Servo, não é exatamente que ele tenha sido contra o casamento – coisa que ele foi no sentido de que achava melhor que os homens fossem como ele, ou seja, solteiros -, mas em como ele vê o casamento, ou seja, não uma resposta do coração de um homem que ama uma mulher e com ela deseja constituir uma família, por exemplo, mas como um meio de escape, de liberação da tensão sexual, do desfrute do orgasmo e também para o enfrentamento da prostituição. É uma forma muito indigna, principalmente para com a mulher, a solução que Paulo apresenta para os desejos sexuais masculinos, e sabemos que o casamento é muito mais do que uma instituição destinada a aplacar o “abrasamento” de homens sedentos de sexo ou fazer frente a prostituição. Só um desonesto intelectual não vê a misoginia de Paulo e a forma indigna com que ele vê a mulher e o próprio casamento no contexto que você cita. Eis os versículos:

      “Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.” (I Cor. 7:1 e 2)

      “Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.” (I Cor. 7 : 9)

      • Paulo apenas diz isto quanto a libertinagem e prostituicao.Se nao suportas legalizem uma relacao diante de Deus, para que nao sejam achados em falta e sofram consequencias.Dificil entender isto ne?Nao confundir chamado e capacitacao pelo Espirito para dedicar-se somente a Desu com outra coisa.Em outros textos Paulo esclarece mais.E as mulheres no minsterio apostolico vc nao as observou?

  19. Servo, já que você é um crente que tem – conforme deixa implícito em seu comentário – revelações de Deus, então peço que me responda a seguinte pergunta. Desde muito pequeno, mais precisamente desde os 10 anos de idade, que eu me vi diante de dois cenários muito marcantes em minha vida: o desejo de ter um vida centrada em Deus e, por outro lado, a consciência de ser, desde os 5 anos de idade, um homoafetivo.

    Apesar dessa consciência homoafetiva, eu realizei, aos treze anos de idade, um desejo muito intenso e sincero de ser batizado por imersão, e o fiz em uma igreja observadora do sábado porque tive, aos dez anos, dois sonhos indicando claramente aquele caminho, e também porque fui convencido daquela doutrina pelos estudos bíblicos.

    Sendo assim, e considerando essa visão evangélica, bíblica da espiritualidade, por que foi acontecer justamente comigo esse fato de ser homoafetivo e desejar servir a Deus justamente naquela igreja que não aceita a homossexualidade de seus membros?

    Além disso, por que Deus permitiu – ainda considerando a cosmovisão evangélica – que isso ocorresse comigo, que desde muito pequeno desejei, de todo o coração, servi-lo?

    Porque Ele, vendo meu sincero desejo de servi-lo como um cristão evangélico, não me fez crescer hétero, mas, ao contrário e mesmo em face de vários anos de pedidos em lágriamas no sentido de me transformar em hétero, nunca, nunca me atendeu?

    Eu permaneci, por amor a minha fé, em celibato, mas quando conheci o meu primeiro amor – amor mesmo, de verdade, não sentimentalismo ou emoção passageira – foi aí que a ficha realmente caiu e descobri que aquela era a minha natureza definitiva.

    Em resumo: durante os anos de infância e adolescência que eu desejei ardentemente ser um cristão evangélico eu também me descobri homossexual, e mesmo em face de eu ter tentado por vários anos ser um cristão fiel e muito participativo, Deus nunca me transformou em héterossexual, embora eu pedisse muito iss a Ele, indo vezes sem conta, até mesmo a noite, orar e prantear no monte pela tão almeja transformação. Por que isso aconteceu comigo, Servo? Por que? Eu tenho uma resposta em meu intimo, mas gostaria de ouvir a sua opinião se a puder e desejar expressar.

    • Antes que você responda, se desejar fazê-lo, obviamente, eu quero acrescentar que a experiência de ser homoafetivo, e, ao mesmo tempo, desejar adorar e servir ao Ser Supremo em igrejas evangélicas fundamentalistas, é das experiências mais tristes, perturbadoras e angustiantes que um ser humano pode vivenciar em sua busca por Deus e a realização espiritual. Afirmo isso porque passei por essa experiência e não desejo isso a ninguém, porque o sofrimento é muito, muito grande (lembrando que só os espirituais sabem o que é sofrer em razão da fé).

      E se há algo que não posso aceitar, nesse contexto de dilacerante dor de tentar ser o que não se é, são essas supostas transformações, “reversões” como dizem alguns dos assim chamados “ex-gays”, porque eu sei, é uma convicção íntima e robusta, que eles não são realmente transformados, mas simplesmente passam a adotar, como um ator adota um personagem, uma personalidade que representa o que eles gostariam de ser, mas que não é, absolutamente, o que ele são e sabem que são em seus íntimos.

      Alguns falam que deixaram de ser travestis, – ora, isso é fácil de dizer, pois basta deixar de usar roupas femininas e se vestir como homem, de preferência usando moda conservadora, e, pronto!, como num passe de mágica se transformam em héteros. Mas será? Será mesmo? Ora, eé claro que não – atores também trocam de roupa, mas isto não os transformam em reis, soldados ou esquimos.

      Outros se casam – Ok, um gay pode se casar e até transar com mulheres, mas isso faz dele, realmente, um hétero? Se sim, por que então esses e-xgays, como o Jóide Miranda, que falam que se tornaram héteros mas continuam com trejeitos femininos, principalmente no falar e gesticular? Deus faz as coisa pela metade?

      Hoje, revendo essa dolorosa experiência, estou no caminho de compreendê-la melhor do que no início, quando tudo aconteceu. Eu creio que nisso tudo houve e há um propósito de Deus, ainda que eu não possa compreendê-lo claramente, mas um propósito no sentido de uma compreensão do verdadeiro sentido do amor e acolhimento de Deus, de que Ele nos ama incondicionalmente e independente, inclusive, de nossa orientação sexual. Há outras reflexões que faço sobre isso, e pistas, insights, visões, análises e compreensões que tenho do porquê do sofrimento do cristão homoafetivo, mas não é o caso de comentá-los agora, mas de dizer que todos eles indicam um propósito de Deus, pois Deus é amor e em seu coração há lugar para todos, inclusive para as pessoas homoafetivas.

          • Olha Janio nao posso responder pelo Joide porem lhe digo;Cada um dara conta de si a Deus.Outra coisa mesmo que ele ou qualquer um de nos seja de fato e nao de fachada convertido ficaremos com cicatrizes,sendo que elas ate revelam a grandeza de Deus ao resgatar tao grande pecador.Vc nao viu Paulo com ele era,nao tinha os pecados de Joide porem tinha outros, e assim por diante.Eu gostaria que vc refletisse se uma igreja verdadeira e que prega um evangelho de verdade com a presenca verdadeira do Espirito nao tem autoridade e poder para transformar velhas criaturas em novas2co5/17.Igrejas que todo mundo entra e nao se ve grandes transformacoes devem ser questionadas sobre sua autoridade biblica.Portanto credencial de igreja verdadeira nao e nome e nem delegacao humana e sim sua atuacao de conformidade com a igreja de atos dos apostolos ok.Sempre me lembro de minha mae e e muitas vezes o caso de muitos em que nossos pais nos ensinaram a sermos religiosos-que bonitinho,irmos a igreja,realizarmos ritos ,porem nunca nos ensinaram a biblia e nem como conhecer a Deus.Ai ficamos religiosissimos e achamos que se estivermos na igreja sera o suficiente.Alguns tem ate medo de falarem que nao tem religiao e dizem para que os outros nao entendam que sao infieis.Deus nao perguntara sobre religiao e sim observara nossa comunhao e obediencia ao evangelho em Crsito Jesus.

          • Servo,todo o meu respeito por você,que é convertido, sou seu
            admirador por ter escolhido o melhor caminho.Quanto o jóide,al umém
            de ser falso crente,é fanático,fariseus e um poço de hipocrisias.É
            eleito porque os fanáticos acreditam até em papai noel.

      • Sandro e com imenso prazer que eu lhe responderei,porem as verdadeiras respostas Deus pode dar e somente o seu coraco aberto pode aceitar.Se vc nao se abrir para a vontade dele,nao a minha ou a sua nada acontecera e sera frustracao como foi.O espaco e pequeno portanto usarei de outras postagens vamos la.1 Jesus ama pessoas de uma maneira incondicional e sobrenatural independente de quem sao,ou o que fazem e sendo assim seria absurdo por exemplo me colocar preferido dele em seu favor .Somos iguais e um preco foi pago por todos.2 os sonhos realmente demonstram um chamado em sua vida-ver Jose,e jamais devem ser desprezados,sendo acima de qualquer realidade visivel.E porque?Simples porque vc e um escolhido de Deus nao somente para a salvacao e transformacao de vida,como tambem para ser uma grande testemunha de Jesus.Veja as vidas de Mateus ,Paulo e outros como Moises.E preciso que entenda que uma testemunha espiritual nao se constitui apenas de alguem que conheca as escrituras ou deseje falar do Senhor,alem de ser muito dedicado estudioso e religioso.Isto ainda e campo filosofico e nao transformara nem levara a pessoa a ter revelacao dos planos de Deus para a sua vida.E preciso ter um encontro com Deus-Jaco veja bem o sonho como o seu em gn28 foi um chamado como o seu,e ele estava em fuga de seus irmao pois o havia enganado.Porem o chamado mostrou a ele que Deus estava ali onde ele nao esperava.Mas observe nao houve encontro apesar dele ser portador das promessas de Abraao ,e Isaque.Era alguem criado em familia chamada por geracoes diretamente por Deus.Seu vo Abraao, foi o Pai da fe e conhecedor profundo das coisas de Deus.Nossa historia nao passa nem de perto,mas e so para mostrar que por mais que facamos ou busquemos nao significa que ainda encontramos a Deus e sem isto nao ha um agir sobrenatural do Espirito.O que muda alguem eo sobrenatural e nao o natural nosso tentando se mudar ainda que seja boa a intencao.Olha o encontro em gn32 apos conhecr Raquel ,se casar,servir a Labao que o explorou,para voltar a se conciliar com seu irmao anos depois que fugiu del por o ter enganado.Ele usa de artificios humanos para se apresentar diante do irmao temeroso,Mas Deus se revela a ele neste momento.E o encontro e nao o chamado.Ficou a sos com Deus,e lutou com ele vs 30 leia,gn35/10mudanca de nome de Jaco para Israel.Jaco enganador para Israel-ele luta persiste com Deus,e povo de Deus.Continuarei a responde-lo agora sobre sua vida e indagacoes.O espaco e pequeno portanto quero lhe colocar as coisa da melhor forma possivel.mais tarde responda suas indagacoes.

        • Servo, estou sinceramente comovido por seu esforço, sua inegável boa vontade e verdadeiro amor cristão em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade se descobrisse homoafetivo nessa mesma idade. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar ser fiel a Cristo por toda a sua vida.

          Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

          Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

          Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que você jamais aceitará.

      • Bom dia, Sandro , eu não sei quem vc é ,e eu sou novo neste web site e o proposito de eu lhe estar escrevendo , é por que me senti muito comovido com os seus comentários e me senti na obrigação de poder expressar minha opnião sobre o assunto abordado.
        Venho lhe escrever não com o intuito de lhe condenar,nem de criticar o que vc crê,ou a sua prática ,até porque ninguem tem esse direito, e ninguem tem o direito e autoridade e o poder para tentar lhe convencer ou convencer qualquer um de nós
        do que é certo ou errado. Mas me senti familiarizado com um dos seus comentarios acima em resposta ao perfil do (Servo) e gostaria de abordá-lo.Estou convicto de que por mais que escrevam contra a sua fé contra o que vc acredita, mais vc poderá se tornar indiferente ao que os criticos da sua crença escreverem, eo meu medo com relação a vc a respeito disto e que vc passe a sentir cada vez mais ódio pelos mesmo, o que espero que isso não aconteça apesar de todos nós estarmos sujeitos a isso.
        Bem, todos nós Cristãos não estamos neste mundo para impor a outra pessoa o que nós cremos, mas unicamente anunciar a nossa crença, apesar de ser evidente que desde os primordios cada ser humano tem estabelecido aquilo pelo que crê e os mesmos que se unem com aqueles com os que mais se familiarizam, por fim o crer e a fé é individual assim como também o aceitar a fé que lhe é colocada. Porém existe uma fé que é missigenada pela pessoa do ES e cujo convencimento desta fé só pode ser realizado por Ele, convencimento que não consiste em sabedoria de palavras,mas pela propria vontade do ES que é revelada no tempo e no proposito de Deus é só esta fé pode salvar o homem.Não estou aqui para apoiar os comentaristas, nem estou aqui para apoiar o que vc crê ate porque podemos crer de várias maneiras e por vários argumentos,mas a vida com Deus consiste em Ele revelar a sua vontade, uma vontade que Ele não impoem , e cuja vontade muitas vezes não será a nossa, vontade essa que é revelado pela nossa perseverança em busca-lo até a morte a qual revela a verdadeira fé daqueles que creem.De modo que a fé consiste em buscar a Deus e sua vontade, não uma vontade que se resume em sabedoria de palavras, nem em sentimentos, pois o proprio Deus tem boca para falar ,ouvidos para ouvir e corpo para agir, ou seja se vc crê nele continue instistindo em buscar a vontade Dele, pois o mesmo que revela a sua vontade e o mesmo que capacita para faze-la ,foi assim que aconteceu com abraão, com os profetas, e com todos os demais herois da fé. Mas cuidado não se estribe no seu proprio conhecimento ou sentimento, cada um esteja convicto em Deus de sua vontade ,que todos que estejam interessado em Deus possam perseverar por meio da fé em buscar e encontrar a sua vontade e os mesmo serão capacitados a obedece-la por sua graça.

        Resumindo Sandro,

        A fé e o crer e o descobrir a vontade de Deus é pessoal, assim como a responsabilidade por meio dela, é uma experiencia pessoal não baseada em argumentos, livros e sentimentos humanos é algo que o proprio Deus que é vivo e real como qualquer ser humano deseja que os seus adoradores perseverem pois, estes que insistem creem de fato que Ele responde e isto é uma questão de fé. Não basta somente conhecer a biblia, tem que conhecer realmente aquele que inspirou-a e isto vc não encontra entre a nós. Entre outras palavras se Deus tem falado com vc, esteja convicto disto,lembrando que a vontade Dele não acrescenta dores, pois ainda que passemos por situações dificeis permitida por Ele,a presença Dele nos consola, mas aqueles que estao convictos da vontade de Deus e não encontram a paz eterna na consolação da presença Dele estam rendondamente enganados.

      • Sandro Em primeiro lugar e finalizando quero dizer que vc nao tem paz.Que fe crista e esta?Onde estao os frutos do Espirito?gl5/22.A biblia nos diz que a paz de Cristo seja o arbitro em vossos coracoes.Suas reflexoes e conviccoes vao e voltam nao tem definicao.Que Jesus e este que nao te ama a ponto de te dar conviccoes a seu respeito?Que espirio e este qyue esta atuando que nao resolve seus conflitos interiores?Colossenses3/1a17, vs15 em destaque.Querido se nao ha paz nao ha seguranca de relacionamento.Revise seus conceitos.Outra coisa quanto a ex homosexxuasi eu ja tive um e se quiser posso lhe dar um video na net.A vida crista entenda que entramos em Jesus por uma conviccao genuina,a sua tem altos e baixos.Como pode querer resultados ou poder de Deus,em sua vida se nao tens experiencias mais intimas e tantas indefinicoes a respeito dele a ponto de compara-lo com deuses de outras nacoes.Israel fez isto e sabe para onde foi? cativeiro.Quando de fato recebemos a Jesus recebemos seu Espirito Santo se de fato acreditamos no que e dito sobre ele nas escrituras.1Joao5/20.Outra coisa entrar pela porta nao significa desfrutar do pasto.Em missoes com a cruzada estudantil como trabalhei na sua terceira licao de discipulado esta assim dito.Se uma pessoa apos ter conhecido a Jesus e recebido seu Espirito apos certo tempo nao apresentar evolucao em sua vida espiritual e pratica no evangelho questiona-se sua conversao.O grande problema nas igrejas evangelicas hoje sao pseudo cristaos que namoram Jesus,noivam com Jesus,porem nao se casam com ele-pacto ,entrega salmo 37/3a6.Termino dizendo que tambem Jesus pode ser salvador sem ser Senhor de nossas vidas e ai.continuo

        • Servo, estou sinceramente comovido por seu esforço, sua inegável boa vontade e verdadeiro amor cristão em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade se descobrisse homoafetivo nessa mesma idade. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar ser fiel a Cristo por toda a sua vida.

          Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

          Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

          Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que você jamais aceitará.

        • Servo,ex-gay não existe,assim como não existe ex-hétero.Tem mulher,(o que mais tem) que faze sexo com homem por dinheiro,homem que se casa com
          mulher porinteresse e homem que faz sexo com gay por dinheiro,fica viciado,mas por dentro ele´é homem hétero,gosta é de mulher.Se um homem
          nestas condições se converte,vai ser chamadode ex-gay,sendo que ele
          nunca foi gay,apenas praticava sexo com homem em troca de favores,dinheiro…..O gay é como o anão e não existe ex-anão,ex-preto.O
          máximo que um gay e um hétero podem conseguir em relação a sexualidade e REPRIMIR O SEXO,só isso.

    • Bom dia Sandro,

      você pediu uma explicação ao Servo sobre a questão da homossexualidade, e pretendo usar essa abertura para fazer algumas considerações. Caso você não queira, por favor somente desconsidere o comentário:

      Falando no contexto geral do ser humano a partir de Adão no Éden (Gênesis 1 e 2), Deus quando fez o homem e soprou o fôlego de vida (uma parte da própria natureza de Deus), o próprio Deus deixou uma função para o homem que é o de crescer e multiplicar-se, para gerar outras pessoas como ele. Quando falo isso, afirmo que Adão recebeu de Deus a capacidade de gerar o ser humano (espírito, alma e corpo), ou seja todos os seres humanos (inclusive o espírito), vieram de Adão.
      Adão quando pecou, ele o fez sabendo o que estava fazendo. Em 1 Timóteo 2:14, Paulo afirma que Adão não foi enganado, ou seja, ele escolheu perfeitamente o que queria para sí. Logicamente essa “fraqueza” se originou em Adão quando ouviu a proposta da serpente. Quando Adão escolheu conscientemente por pecar, a Bíblia relata que ele e Eva se viram nús e no contexto bíblico essa palavra denota a separação do homem de Deus, ou seja a morte espiritual. Daquele momento Adão e toda raça humana perderam a vida de Deus e herdaram a morte de satanás no seu espírito (porque somos espírito, temos uma alma e moramos em um corpo). Como isso aconteceu o homem (espírito) não teve mais escolha, ficou escravo do pecado, ou seja o homem verdadeiro (espírito), sua alma e seu corpo ficaram escravos do pecado. Adão se moveu por aquilo que viu e sentiu, e naquela época não havia pecado no mundo ainda, então você imagina que Deus na sua infinita graça nos dá o direito de escolher nossos caminhos, só que nossas escolhas determinam nossa vida. Você acha que Adão , ainda sendo perfeito e sem pecado, não podia ter escolhido ficar sem comer da árvore do bem e do mal???. Mais ele escolheu o contrário e tudo que vemos hoje de misérias, catástrofes é consequência dessa escolha. Paulo fala em Romanos que por um homem entrou o pecado no mundo (Adão) e pelo segundo Adão (Jesus) podemos receber a vida de Deus novamente através do novo nascimento, ou seja, todo ser humano nasce de Adão quando concebido naturalmente, mais quando recebe Jesus como salvador ele nasce de Deus (sua natureza espiritual é trocada). Só que nesse processo de novo nascimento nós , espírito, nascemo de novo mais nossa alma (emoções, sentimentos, mente, intelecto) e nosso corpo natural não passa por esse processo, por isso o livro de tiago diz “acolhei com mansidão a palavra em vós implantada para salvação da nossas almas”. Esse processo de largar e abandonar pecados ocorre conosco Sandro à medida que somos convencidos pelo Espírito Santo de que não precisamos mais viver numa condição de pecado. O Espírito Santo está dentro da nova natureza de quem nasceu de novo e trabalha incessantemente para nos convencer de que não precisamos mais viver no pecado, pois Deus em Jesus cortou o poder do pecado na vida de quem nasceu de novo. Só que desde Adão ficou claro que o ser humano que foi dotado de capacidade de raciocínio, escolha prefere andar por aquilo que vê e sente, ou seja é dominado pelo exterior e se move pelos sentimentos.
      A vida de fé Sando se baseia em acreditarmos no que Deus nos diz a respeito de nós mesmos, independente do que sentimos ou vemos. João em 1 joão 2:16 fala da forma que o mundo nos influencia que é a concupiscência da carne, dos olhos e soberba da vida, ou seja o que vemos e sentimos e tocamos nos influência diretamente nas escolhas e geralmente erramos porque achamos que podemos viver sem Deus, como Adão no Éden achou. Existe um processo que todo aquele que nasce de novo passa que é a transformação e salvação da alma , ou seja, alinhar seus sentimentos com o que Deus. Agora o principal de tudo. Você acha que Adão pecou porque???. Acredito que ele achou que seria muito mais vantagem o que foi oferecido por satanás do que por Deus, e o mundo (que está no maligno) sempre nos oferece pecar e o pecado sempre vai nos trazer prazer e satisfação (o gostar de pecar), mais produz morte.
      Mesmo quando nascemos de novo, nossa alma está programada ainda com os desejos e sentimentos que vivemos quando ainda éramos como o primeiro Adão e essa mudança se dá dia a dia. Acredite Deus leva em consideração quando temos a disposição de mudança e está conosco no mais profundo abismo de trevas quando Ele vê em nosso coração o desejo de mudarmos nossa conduta, através da sujeição da verdade que Ele determinou para nós.
      Mais como efetuar essas mudanças. Falaria 4 passos práticos diários para você. 1 – Oração em linguas para edificação onde quando oramos em línguas edificamos (construimos a vontade de Deus) nossa fé. 2 – Meditação na palavra, onde conhecemos o que Deus nos deu e nossa mente (maneira de pensarmos) é transformada. 3 – Jejum, onde através de nos abstermos de alimento sólido nosso corpo carnal (que possui desejos e vontades através dos 5 sentidos básicos) é mortificado. 4 – Adoração e comunhão com Deus , onde conhecemos o amor de Deus por nós e entendemos que vale á pena deixarmos qualquer coisa para termos Ele.

      Quando falo em pecado não estou me referindo ao homem enquanto sexo ou gênero, estou me referindo ao espírito e espírito não tem sexo. O pecado Sandro é um ato espiritual, que somos tentados pelo nosso corpo natural através dos sentidos (tato,visão,olfato,paladar,audição). Você imagina a interação que há entre o corpo e alma (sentimentos e raciocínio), por exemplo quando estamos numa situação de perigo extremos e nossos olhos vêem isso. Automaticamente somos compelidos a fugir para proteção. Então nosso corpo e o espírito interagem com nossa alma todos os momentos, por isso que Paulo fala em Romanos 8 sobre o andar na carne e espírito.

      • Jean Marcelo, boa noite! Quero lhe dizer que sou muito grato por seu esforço e bondade ao pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade se descobrisse homoafetivo nessa mesma idade. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar ser fiel a Cristo por toda a sua vida.

        Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

        Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

        Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que não sei se você algum dia aceitará.

    • Sandro aqui estao o comedco de minhas respostas tanto a nivel expititual com a nivel experimental que vc parece nao ter.Vamos la.1 O sonho e 1 chamado de Deus a se concluir no tempo oportuno,dependendo da perseveranca e abertura do seu coracao.2 Criancas de treze anos com rarissimas excessoes podem ser batizadas.E porque?Pelo fato de que sao imaturas emocionalmente falando ,indefinidas em personalidade,e sem conhecimento para tal.Quem se batiza nesta idade salvo algumas excessoes,nao teve uma consciencia plena para com a obra de Deus.Existem filhos de familias nascidos na igreja que se batizaram pre adolescencia que nunca foram convertidos.O fizeram pelo costume dos pais ou para solucao de problemas.Apenas tomaram um banho e nao receberam o Espirito Santo pois batismo sem conviccao de pecado e esclarecimento de fe em Jesus.e apenas molhar o corpo sem significado espiritual.Isto nao leva ninguema ser adotado espiritualmente na familia de Deus.So formalidade

  20. Esse suposto pastor porque eu jamais reconhecerei ele como verdadeiro pastor porque as coisas que ele disse com firmesa que apoiaria o casamento gay e disse que e a favor do Amor peço a esse cara ai que deveria ter vergonha de diser que e pastor evangelico defenssor da palavra de DEUS e dos boms costumes da naçao normal ele deve separar as coisas nao misturar porque Amor nao significa uniao de dois homems ou duas mulheres isso meu amigo e uma aberraçao da naturesa pode ter a certesa que um ser humano normal de principios eticos e moral ja mais ja mais vai ser aceito como normalidade e um absurdo nao sou contra mais eu pensso que ninguem pode interferir no jeito de viver dos outros mais aceitar ou engolir essas nogeiras isso nao nao somos obrigado eles deveria ser regulados pelas autoridades e governo para que nao vem constrangir as familias de bem e esse pastor calça curta meia tijela fundo de quintal deveria abrir uma igreja pra ele aonde ele mesmo fosse o deus fajuto para essa menoria que gosta das coisas pelo avesso assim deicharia de ficar disendo tantas bobagems por ai

  21. Atualmente temos sidos forçados a defender com vigor aquilo que nossos pais nos ensinaram com muito amor e dedicação desde de pequeninos. A normalidade da condição Humana baseada tanto no campo das ciências biologicas e socials, Na formação do núcleo familiar apartir da união de um homem e uma mulher que de comum acordo abrem mãos de uma vida de solteiros e dão inicio a uma vida a dois respaldada na lei dos homens e de Deus( casamento instituição de Deus) agora tendo conhecimentos destes fatos e sabendo que sobre esta verdade que a humanidade se estabeleceu ao decorrer de milênios,tendo como base pai,mãe e filhos.
    No entanto ao longo dos tempos surgem estes,”revolucionários” com toda a repertória de alguém que NÃO sabem de onde vem e nem para onde vai, usando argumentos sem o mínimo de conteúdo ou razão lógica!.
    A desconstrução familiar, neutralidade de sexo,transgeneros, sexualisação infantil, pedofilia,promiscuidade, aborto adoção de crianças a homossexuais e outros, sermos rotulados de retrógados, intolerante, fundamentalistas, ultrapassados por serem contra este plano arquitetado e concebido na mente de satanás É MUITO POUCO! Nossos irmãos deram a própria vida nas arenas do terror desde de Roma até hoje no Egito! Porém não negaram ao Senhor ou a sua Palavra.
    Muitos se enchem de conhecimento humano,pensando que a boa vontade e ser bom é suficiente engana a te mesmo; vai ter com o Jovem rico do evangelho e o seu fim.
    Deus condenou Sodoma & Gomorra porque o pecado Já era tanto que chegava as suas narinas, Jesus Cristo nos deu alertas a este respeito , Apostolo Paulo nos deixou cartas, então seriamos tão negligentes para ignorar todas essas coisas que a Bíblia nos ensina a condenar e expôr o pecado do grande ao menor!
    Deus é AMOR mas também é JUSTIÇA por isso Ele fez o Inferno.

    • Contra as falácias do Samuel José, vamos aos fatos:

      “Atualmente temos sidos forçados a defender com vigor aquilo que nossos pais nos ensinaram com muito amor e dedicação desde de pequeninos.”

      E isso vale não só para quem foi educado na cultura judaico-cristã fundamentalista ou progressita, conforme o caso, mas para os pais e filhos de todas as culturas e de todas as visões religiosas, não excluindo as visões deísta, agnóstica, cética, ateísta, etc.

      “A normalidade da condição Humana baseada tanto no campo das ciências biologicas e socials,”

      Aqui, o Samuel evoca, em sua defesa, as “ciências biologicas e socias”, sendo que, mais adiante, ele demonstrará seu desprezo pelas mesmas ciências ao se referir, de forma negativa, aos “Muitos [que] se enchem de conhecimento humano”. O que o Samuel não percebe, todavia, é que o conceito de “normalidade” é um constructo cultural, pois o que é normal para uma cultura pode não o ser para outra, e isso também ocorre dentro de um mesmo país onde diferentes culturas coexistem.

      “Na formação do núcleo familiar apartir da união de um homem e uma mulher que de comum acordo abrem mãos de uma vida de solteiros e dão inicio a uma vida a dois respaldada na lei dos homens e de Deus( casamento instituição de Deus)”

      O modelo de família ao qual o Samuel se refere como o único verdadeiro – um erro da parte dele – é, sem dúvida alguma, um bom modelo mas não é o único modelo bom que existe e muito menos o único que goza do direito de existir. Samuel cita, então, a lei dos homens e a lei de Deus, mas se esquece de dizer que mesmo em se considerando a lei dos hebreus, ou mosaica, na própria Bíblia há exemplos de outros modelos de família, tal como aquele envolvendo a poligamia. Quanto às leis dos homens (como se as leis mosaicas não fosse também dadas por homens), elas preveem outros modelos de família além daquele constituído por um homem, sua mulher e seu filho. Vejamos alguns exemplos: homem +homem + filho (natural ou adotado); mulher + mulher + filho (natural ou adotado); homem + filho (no caso de pai solteiro, com a guarda do filho); mulher + filho (no caso da mãe solteira, com a guarda do filho); avó + avô + neto (no caso, por exemplo, de pais falecidos); tio + tia + filho (no caso de decisão judicial, por exemplo); um homem solteiro e seu cão ou gato (esse modelo existe, aceite você ou não); uma mulher solteira e seu cão ou gato (esse modelo também existe, quer você queira ou não), e diversos outros modelos de família, de sorte que o desejo do Samuel José em estabelecer um único modelo como bom, verdadeiro e válido não passa de egoística e ilusória pretensão, sem respaldo na realidade e sem amparo do amor, da cultura, da ética, da justiça.

      “agora tendo conhecimentos destes fatos e sabendo que sobre esta verdade que a humanidade se estabeleceu ao decorrer de milênios,tendo como base pai,mãe e filhos.”

      Sim, se estabeleceu, mas não sozinha, como vimos no comentário acima. Jesus, por exemplo, foi solteiro e ninguém o obrigou a se casar, e se fosse depender da vontade Paulo, ninguém teria se casado já que ele disse que era melhor que os homens permanecessem solteiros como ele e não tocassem no corpo de uma mulher. Além disso, todos aqueles modelos de família que referi, são encontrados ao longo da história. E aí, Samuel, Jesus e Paulo não seguiram o modelo que você coloca como o único válido. Eles erraram? Responda objetivamente, sem sofismas.

      “No entanto ao longo dos tempos surgem estes,”revolucionários” com toda a repertória de alguém que NÃO sabem de onde vem e nem para onde vai, usando argumentos sem o mínimo de conteúdo ou razão lógica!”

      É claro que ao longo do tempo surgiram revolucionários, sendo Jesus e Lutero dois deles. Sem os revolucionários não estaríamos aqui hoje, no mundo evoluído, mas ainda nas cavernas. Além disso, dizer coisas como “não sabe, de onde vem e nem para onde vai”, é de uma pobreza intectual só superada por dizer algo tão idiota como “usando argumentos sem o mínimo de conteúdo ou razão lógica”. Oh, sim!, os revolucionários que impulsionaram o progresso não sabiam de onde vinham nem para onde iriam, não tinham argumentos, nem lógica, nem razão, mas o Samuel José, ah! o Samuel José sabe direitinho de onde veio, para onde vai e seus argumentos apresentam muita lógica e razão! Não é lindo, caros(as leitores(as)?

      “A desconstrução familiar, neutralidade de sexo,transgeneros, sexualisação infantil, pedofilia,promiscuidade, aborto adoção de crianças a homossexuais e outros,”

      Aqui ele apresenta alguns fenômenos colocando todos em só pacote para dar a impressão de que são todos de uma mesma gênese e natureza, mas o argumento é falacioso e ninguém há que, tendo o mínimo de inteligência, irá misturar, por exemplo, pedofilia e homossexualidade (que é o que esse falacioso do Samuel quer), mas reconhecerá, nesse sofisma, o mesmo apresentado por todos os fanáticos em cruzada contra homoafetivos em luta por direitos civis igualitários.

      “sermos rotulados de retrógados, intolerante, fundamentalistas, ultrapassados por serem contra este plano arquitetado e concebido na mente de satanás É MUITO POUCO!”

      E não são, de fato, retrógrados, intolerantes, fundamentalistas, ultrapassados? Do que devo chamá-los, então? De progressistas, tolerantes, arrojados, relativistas? É de pasmar o cinismo do Samuel José em sua pose de coitadinho, de vítima! E não adianta invocar satanás e todos os demônios que povoam sua mente, Samuel.

      “Nossos irmãos deram a própria vida nas arenas do terror desde de Roma até hoje no Egito! Porém não negaram ao Senhor ou a sua Palavra.”

      Ok, muito lindo. Entretanto, homossexuais, ateus, hereges, entre outras minorias, também perderam suas vidas nas inquisições e perseguições fundamentalistas.

      “Muitos se enchem de conhecimento humano,pensando que a boa vontade e ser bom é suficiente engana a te mesmo; vai ter com o Jovem rico do evangelho e o seu fim.”

      Ora, mas lá, logo no início do comentário, você não usou como argumento as ciências biológicas e sociais? Em que momento você se enganou: no início do comentário ou agora? Além disso, boa vontade e ser bom não é suficiente, mas sem boa vontade e sem ser bom você não vai ver a face de Deus. Então, trate de ser bom e ter boa vontade em relação às pessoas que não são da sua religião!

      “Deus condenou Sodoma & Gomorra porque o pecado Já era tanto que chegava as suas narinas, Jesus Cristo nos deu alertas a este respeito”

      Primeiro, que Sodoma e Gomorra são cidades lendárias, havendo tantas provas de que elas existiram como há de Atlândida, do famoso El Dourado ou de qualquer outra mítica cidade. Jesus só as citou como metáforas em face do povo acreditar que elas existiram. Ademais, o fato é que, na literatura bíblica, a interpretação de que foi a homossexualidade que destrui essas lendárias cidades é a menos crível, já que foram outros motivos, como a falta de amor, de hospitalidade dos habitantes.

      “Apostolo Paulo nos deixou cartas, então seriamos tão negligentes para ignorar todas essas coisas que a Bíblia nos ensina a condenar e expôr o pecado do grande ao menor!”

      Paulo disse, em suas cartas, coisas lindas e inspiradas, mas também disse coisas que não aproveitam para nossos dias, tais como a posição da mulher no lar e na igreja, os conselhos sobre como tratar os escravos (Samuel, você tem escravos?), entre outras opiniões pessoais que ele emitiu e não servem nem como conselhos em nossos dias. Além disso, Paulo não é Jesus e não é Deus, mas foi um homem com virtudes e defeitos de seu tempo. Qualquer coisa fora disso é idolatria.

      “Deus é AMOR mas também é JUSTIÇA por isso Ele fez o Inferno”

      E desde quando há justiça em punir, com sofrimento eterno, pecados de uns poucos anos apenas? Se há duas coisas que destroem inteiramente a doutrina do inferno é justamente o amor e a justiça, e só um cego pelo fanatismo não vê isso.

  22. A igreja que celebrar casamento gay vai afundar num verdadeiro precipício.
    estado islamico,casamento gay,nova era,iluminatis,maçonaria,guerra e rumores de guerras,terremotos,sinais nos céus,é ta tudo acontecendo,só falta a chegada do cramunho do anticristo para finalizar,pera i,o stardust e a janete ainda não se casaram,sendo assim ainda vamos suspirar um pouco ufaaa.

  23. Que a paz do senhor esteja sobre nós.
    Deus criou o homem e criou a mulher, não para ser a cabeça mas, um alicerce na vida do homem.
    Amados! Jesus procurou a fé entre os que até os dias de hoje são considerados donos da promessa e não encontrou!! Estamos vivendo tempos de provações e não podemos afirmar que estes são os tempos de grandes atribulações, mas são o inicio….atentem-se em guardar os mandamentos e viver abaixo das potentes mãos do Senhor, esses tempos são praticamente baseados nos pecados da Babilônia e bem sabemos o final desse período de pecado, devemos manter a palavra avivada em nossos lábios e isso afirma louvar e engrandecer o nome do Senhor., No livro de atos dos apóstolos 2 fica claro que o espirito santo sobreveio a todos e ali não tinha apenas homens, mas mulheres presentes…..para quem é pentecostal nascido da água e do espirito sabe o que estou dizendo…..Se Deus usa uma jumenta para falar com um homem, será que não usaria as mulheres, é preciso ter discernimento irmãos, antes de julgar busque a Deus para ter o devido intendimento, as mulheres são ícones registrados no velho e novo testamento, não podemos despreza-las de forma alguma!!! conheço muitas missionarias em vários países, será que você teria cortagem de ir no lugar de alguma delas, da sua vida para a obra do senhor deixando tudo para trás inclusive a sua família para salvar aqueles que não conhecem a Jesus?
    Bem aventurado é aquele que busca a Deus e o encontra, pois ele mesmo falará contigo na intimidade como falou com seus profetas desde o principio…….é preciso orar mais, falar mais do amor de Deus que deu seu único filho em sacrifício para tirar os pecados do mundo., leia mais a Bíblia para conhecer mais a Deus…amem!!

  24. Sandro sobre algumas coisa que vi depois.Realmente a biblia nao se interpreta de modo particular e sim pelo Espirito Santo.Se uma pessoa nao o possuir ela entendera a biblia com o um livro de historias interessantes e nunca como um livro espiritual e revelador de Deus.O verdadeiro ensino e o do Espirito de Deus e 1co3/14.Observe a referencia ao homem natural que pode ser ate um pastor pois nao se pode dizer por exemplo que todos os pastores sao convertidos e uma das evidencias sao apostasias.Tem gente com muito conteudo e ate ocupando posicoes em igrejas que nao sao convertidos ,so tem conteudo religioso e nao transformacao de vida .continuarei a responder sobre a sua situacao.

  25. Os evangélicos poderão sim aceitar tal coisa, mas os verdadeiros CRISTÃOS e DEUS jamais.
    A palavra de DEUS e verdadeira e abomina tal coisa.
    O inferno já esta esperando tais evangélicos e praticantes desta aberração caso morram na pratica e aceitação.

    • O protestantismo não está decadente nem herético.
      Perfeito só Deus, todos somos pecadores, mas quem vive praticando pecados e não se arrepende, não é nascido de Deus.
      Mas o homem natural não entende as coisas espirituais.
      Deus está no controle de TODAS as coisas, independente de vc acreditar ou não.
      É Ele mesmo quem está separando o joio do trigo!
      Melhor igrejas quase vazias c/ pessoas de corações voltados totalmente pra Deus do que igrejas lotadas de pessoas cheias de máscaras e um ar falso de cristão.
      Pois é, as máscaras caem, ninguém consegue fingir e enganar as pessoas a vida inteira.
      JESUS CRISTO JÁ ESTÁ VOLTANDO!
      ALELUIA! ELE VIRÁ BUSCAR OS QUE SÃO SEUS.

      • Silvia,
        O Protestantismo é a besta do Apocalipse. O que acontece é que esses protestantes querem “evangelizar” e atrair multidão a todo custo. Há denominação que apóia o aborto ou que tem pregadores favoráveis ao aborto é “irmão em cristo” do crente que abomina o aborto.
        O crente que crê na Trindade é “irmão em cristo” do crente que não crê na Trindade.
        Os crentes que assumem a Teologia da Prosperidade criticam os seus opositores e vice-versa.
        Tem gente chamada e tem gente chamando outros de hereges.
        Outros com menos educação chamam seus opositores de trouxas, idiotas ou filhos do diabo. E para fins estatísticos, acusados e acusadores são “irmãos em Cristo.”
        Há “igrejas” nudistas, para homossexuais, igrejas que batizam crianças, igrejas que não podem batizar crianças, igrejas que podem ordenar pastoras, igrejas que não podem ordenar pastoras, igrejas que guardam o sábado como o Dia do Senhor, há igrejas que não guardam o sábado, igreja onde se pode casar divorciados, igrejas que se pode divorciar e casar quantas vezes quiser e etc, ou seja, cada “igreja” decide o que é verdade a seu gosto e interesse pessoal do seu pastor ou fundador. Cada igreja evangélica tem uma doutrina contraditória com a doutrina de outra denominação, como se existissem várias verdades.
        E você ainda vem dizer que não são decadentes e heréticos?

    • Hoje, muitas pessoas saem do catolicismo cada vez mais. Sou grato a Deus por fazer parte da igreja de Cristo(verdadeira). Jesus procura adoradores de verdade, nao se limitando a placas. O esforço de Lutero tem que ser seguido.

    • Gosta muito deste site, vc e a Emanuelle. Cada um escolhe o que e melhor para si. Eu vim do catolicismo e estou bem no meio protestante, mesmo com todos os problemas. O catolicismo tem perdido muito membros, hoje.

  26. É melhor mesmo que algumas chamadas “igrejas evangélicas” percam membros que NÃO aprovam essa vergonha, que é o casamento entre pessoas do mesmo sexo, assim veremos quem é trigo e quem é joio.
    Muitos serão chamados, mas poucos escolhidos.
    Deus jamais vai abençoar atos pecaminosos, sejam quais forem, porque Ele é amor, é Santo, mas também é fogo consumidor.
    De Deus ninguém zomba!!!
    Essas pessoas com certeza receberão o castigo nos seus próprios corpos, é a Palavra de Deus quem diz, não eu.
    Maranata Senhor Jesus!
    Ele já está voltando e encontrará muitos desprevenidos.
    Mas como Ele virá buscar sua Noiva, a Igreja, não as placas de denominações, os que são dEle com certeza estão preparados.
    O diabo sabe que resta pouco tempo pra ele e infelizmente muitos farão companhia pra ele no inferno, onde haverá choro e ranger de dentes e os que lá estiverem serão atormentados dia e noite, sem descanso, sofrimento total e por toda a eternidade, é a Palavra de Deus quem diz.
    Esse é o meu Deus, o Senhor Absoluto.
    AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA A IGREJA DO SENHOR JESUS CRISTO.
    Onde você quer passar toda sua eternidade?

  27. Só se for a sua igreja Rob, não fale pelos outros você não tem essa autoridade (não temos um Papa, e a maioria esmagadora das igrejas Evangélicas são locais e independentes). Mas é necessário que apóstatas apareçam nos últimos dias, que cumpra-se as Escrituras, mas Deus sempre tem aqueles que não se dobram a Baal.

  28. Sandro entendo a sua ansiedade e tenho uma palavra para vc depois.Continuarei as respostas que sao limitadas pelo espaco.As respostas seriam muito mais satisfatorias.Bem vamos la.Relacoes sexuais fora do casamento sao uma desonra para Deus e um pecado conf 1co6/19.Leia do 12ao20.E claro que isto e uma advertencia a frouxidao espiritual da igreja de corinto porem e um recado a todos nos.Outro detalhe que sei que vc nao sabe porem eu vivo isto ha 28 anos pelo Brasil e fora dele.Cada ato de desobediencia leva a uma perda de sensibidade espiritual melhor dizendo perda de comunhao com Deus principalmente para aquele que ja o tem.Vc o pecado alimenta o opositor de Deus e da a ele mais legalidade sobre nos.Vc sabia que Deus e tao justo que ele nao interfere junto a satanas se estivermos dando legalidade para ele?Vc sabia que praticas fora da palavra de Deus abrem espacos para acao demoniaca levando inclusive a depressao e suicidio?Vc sabia que pessoas que pisararam em algum lugar ou tiveram praticas quaisquer que sejam pecaminosas perante Deus estarao armazenando legalidades para que em determinado momento da vida a opressao demoniaca entre em vigor.Ex Vou a 1 hospital com baixa imunidade e depois de certos dias ,ou meses contraio doencas das mais diversas,fisicas ,emocionais,espirituais.Vc sabia que muitas pessoas estao com problemas em que a medicina,a psquiatria,problemas de ordem economica,de relacionamentos familiares,problemas criminais,sao frutos de brechas espirituais e legalidades para demonios agirem pois o objetivo de satanas e desfigurar o homem que foi feito imagem e semelhanaca de Deus.Continuo.

    • Servo, estou sinceramente comovido por seu esforço, sua inegável boa vontade e verdadeiro amor cristão em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade se descobrisse homoafetivo nessa mesma idade. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar ser fiel a Cristo por toda a sua vida.

      Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

      Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

      Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que você jamais aceitará.

  29. Ja comparastes a doutrina da sua igreja com a biblia?Os dez mandamentos biblcos da biblia com os da igreja?Ah eu sei nunca te ensinaram a questionar,investigar como os de Bereia fizeram e que Paulo os exaltou sobre os Tessalonicenses.Depois falam que somos papagaios onde eles so recitam folhetins hhahhaha

  30. a Sandro correcao.Eu ja tive um pr ex homossexual e ele me dizia o seguinte;As tentacoes existem porem este e o nosso papel em Cristo -renuncia-las.E eu perguntei como; e ele me disse mt 10/38 e mt 11/28.Vc acha que ir a um Jesus que nao e sobrenatural resolvera!salvara!transformara! Jamais 1corintios15/3a11.Testemunhas mais de 500 viram ele vencer a morte e conviveram com ele 40 dias apos sua ressurreicao.Este e o Jesus que vc precisa conhecer.Vencedor da minha e da sua morte.Coloque a sua morte e os companheiros dela-nossas imperfeicoes e frustracoes, na presenca dele hoje e espere pois assim o sonho se cumprira no momento certo.Joao 10/10 Ele diz eu vim para que tenham vida e vida com abundancia.obs esta vida nao e a nossa natural e sim a nossa nova vida que e o seu Espirito.Sem o espirito de Deus ficaremos frente a um copo com agua sabendo que ele nos mata a sede porem nao o bebendo e se saciando.romanos 8/8e9Portanto os que estao na carne-natural,nao podem agradar a Deus…..vs9b e se alguem nao tem o Espirito de Cristo este nao pertence a ele.leia o texto.

    • Servo, estou sinceramente comovido por seu esforço, sua inegável boa vontade e amor cristão em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade se descobrisse homoafetivo nessa mesma idade. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar ser fiel a Cristo por toda a vida. Entretanto, mesmo em face de todo o empenho, de todas as receitas, dicas e soluções propostas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo o conhecimento e a prática de todas essas teorias religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo e aindo o é agora que é adulto. Porém, você não respondeu isto:

      Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

      Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu, ele cresceu homoafetivo. Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que você jamais aceitará.

  31. PRESTEM BEM ATENÇÃO!!! ICor 15:33 Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes.
    Rom. 1:24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
    Rom. 1:25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
    Rom. 1:26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas MULHERES mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
    Rom. 1:27 semelhantemente, também os HOMENS, deixando o uso natural da MULHER, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, HOMEM COM HOMEM, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
    Rom. 1:28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
    Rom. 129 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
    Rom 1:30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
    Lev.18:22 Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação.
    Lev.18:23 Nem te deitarás com animal algum, contaminando-te com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; é confusão.

    Muitos virão em seu próprio nome dizendo-se de Deus. Esse pastor deve usar a bíblia dos MORMONS que aprovam o casamento Gay, porque a Biblia Sagrada (dos católicos e evangélicos), qualquer alteração é abominação a Deus.

  32. RESPOSTA CONJUNTA AO SERVO E AO JEAN MARCELO

    Meus queridos Servo e Jean Marcelo, que tão bondosamente se dispuseram, atendendo a um pedido que ontem formulei em sinceridade de coração, responder a pergunta que fiz no sentido do porquê de haver Deus permitido que eu crescesse como homoafetivo. Neste sentido, eu queria lhes dizer que comovido pelo esforço einegável boa vontade de vocês em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade (eu mesmo) se descobrisse homoafetivo nessa idade e assim permanecesse desde então. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar e tudo fazer para ser fiel a Cristo por toda a vida.

    Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

    Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

    Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que não sei se vocês aceitaram.

    O fato é que agradeço a Deus por minha vida, pelo que sou e pelo que serei um dia na eternidade com Ele, onde todo o sofrimento terá passado e só haverá amor, paz, luz.

    • Eu quero aqui de publico dizer que nao existem impossiveis para o amor de Deus operar e deixo um abraco, e um desejo sincero a Sandro de que ele possa se aprofundar no amor de Deus que excede todo entendimento.O profundidade da riqueza,tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus!Quao insondaveis sao os teus juizos,e quao inescrutaveis os seus caminhos!Quem pois conheceu a mente do Senhor?Ou quem foi seu conselheiro?Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituido?Porque dele,e por meio dele,e para ele sao todas as coisas.A ele ,pois a gloria eternamente.Amem.Rm11/33a36.Sandro o que mais vc precisa no momento e conhecer mais a pessoa de Jesus e mais do que as proprias inquietacoes e dificuldades.Ao conhece-lo exatamente da maneira que ele e,vc tera respostas inimaginaveis para sua vida e seras com jardim regado pelo Senhor.SUGESTAO Leia sobre a singularidade de Jesus-so digitar no google.Outra coisa veja pregadores fidedignos e que citarei a ti por terem o respeito de toda a comunidade evangelica.Atraves deles vc podera observar sua linha de raciocinio biblico.Serao espelho para vc.Hernandez Lopes Filho-presbiteriano,Ciro Sanches Zibordi-Assembleia de Deus,Paulo jr-Igreja Alianca do Calvario,Aluizio Silva-Videira igreja em celulas,Jeremias Pereira-presbiteriano,Russel Shedd-Batista.E claro que existem outros porem quero recomendar estes e vc nao ficara decepcionado.Certo de que a bencao de Deus estara sobre vc,deixo Isaias49/14a16.Mas Siao diz:O Senhor me desamparou,o Senhor se esqueceu de mim.Acaso,pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama,de sorte que nao se compadeca do filho do seu ventre?Mas ainda que viesse a se esquecer dele,EU,todavia,nao me esquecerei de ti.Eis que nas Palmas das minhas Maos te Gravei e os teus Muros estao continuamente perante mim.Estarei orando por vc Deus te abencoe e te guarde e faca resplandecer o seu rosto sobre ti.

    • Eu quero aqui de publico dizer que nao existem impossiveis para o amor de Deus operar e deixo um abraco, e um desejo sincero a Sandro de que ele possa se aprofundar no amor de Deus que excede todo entendimento.O profundidade da riqueza,tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus!Quao insondaveis sao os teus juizos,e quao inescrutaveis os seus caminhos!Quem pois conheceu a mente do Senhor?Ou quem foi seu conselheiro?Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituido?Porque dele,e por meio dele,e para ele sao todas as coisas.A ele ,pois a gloria eternamente.Amem.Rm11/33a36.Sandro o que mais vc precisa no momento e conhecer mais a pessoa de Jesus e mais do que as proprias inquietacoes e dificuldades.Ao conhece-lo exatamente da maneira que ele e,vc tera respostas inimaginaveis para sua vida e seras com jardim regado pelo Senhor.SUGESTAO Leia sobre a singularidade de Jesus-so digitar no google.Outra coisa veja pregadores fidedignos e que citarei a ti por terem o respeito de toda a comunidade evangelica.Atraves deles vc podera observar sua linha de raciocinio biblico.Serao espelho para vc.Hernandez Lopes Filho-presbiteriano,Ciro Sanches Zibordi-Assembleia de Deus,Paulo jr-Igreja Alianca do Calvario,Aluizio Silva-Videira igreja em celulas,Jeremias Pereira-presbiteriano,Russel Shedd-Batista.E claro que existem outros porem quero recomendar estes e vc nao ficara decepcionado.Certo de que a bencao de Deus estara sobre vc,deixo Isaias49/14a16.Mas Siao diz:O Senhor me desamparou,o Senhor se esqueceu de mim.Acaso,pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama,de sorte que nao se compadeca do filho do seu ventre?Mas ainda que viesse a se esquecer dele,EU,todavia,nao me esquecerei de ti.Eis que nas Palmas das minhas Maos te Gravei e os teus Muros estao continuamente perante mim.Estarei orando por vc Deus te abencoe e te guarde e faca resplandecer o seu rosto sobre ti.

    • Sandro, eu respondi sua pergunta e até expliquei o processo que ocorre na alma do homem por causa do pecado, enquanto ele não nasceu de novo, só não usei especificamente a homossexualidade, mais atendendo sua pergunta específica sobre homossexualidade, vamos lá:

      Como falei de Adão, ele pecou quando ainda era perfeito e não existia pecado, ou seja, por escolha própria livre e expontânea vontade Adão pecou porque achou melhor atender desejos pessoais, mesmo que gerasse morte. Transportando para a realidade da homossexualidade, uma pessoa escolhe pecar pelo prazer que esse proporciona para ele mesmo gerando morte (espiritual). Os pecados sexuais Sandro são vários e todos se manifestam para corromper o homem. Então pecados sexuais como adultério por exemplo, você acha que para o homem que não é FIEL à sua esposa e mantém vários relacionamento sexuais fora do seu casamento, ele não gosta de fazer isso????
      O pecado traz muito prazer à nível de carne (corpo) e para a alma uma sensação de satisfação momentânea, porém gera a morte. Tiago 1:14-16, na tradução nova linguagem de hoje explica de forma clara e objetiva o que o pecado faz com o ser humano e como e age, veja só: ” Mas a tentação vem da fascinação dos próprios pensamentos e desejos maus do homem. Estes maus pensamentos levam ao pecado e quando o pecado é consumado, leva à morte”.
      Isso é uma regra desde o Éden, pois quando Adão ainda era PERFEITO e não havia pecado, ele foi tentado pelo Diabo e com certeza se fascinou e se influenciou pelos desejos que foram gerados por aquela proposta e consentiu (aceitou livremente) o pecado na sua vida.
      É difícil aceitarmos isso, pois o ser humano tem a tendência de colocar a culpa em tudo e em todos, menos nele próprio, mais até me citando por exemplo, qualquer desejo pecaminoso que o diabo conseguiu colocar em mim, vai ser um ponto de fraqueza pois lida diretamente com sentimentos que muitas vezes são difíceis de controlar e se deixar se levar por eles com certeza o pecado consumado gera a morte. Especificamente Sandro na homossexualidade, esse ato gera prazer para você, e como em Adão lá no Éden, o diabo usa raciocínios enganosos para programar sua mente e de qualquer ser humano. Só para você ter uma ideia da capacidade desse ser maligno em convencer através de raciocínios de engano, quando ele ainda estava no céu convenceu a terça parte dos anjos a se rebelar contra Deus. Depois com Adão ele usa o mesmo argumento quando diz para Adão: ” é certo que se comeres da árvore do conhecimento do bem e do mal, você não vai morrer, mais seus olhos serão abertos e como Deus conhecerá o bem e o mal”.
      O diabo nos confronta através do raciocínio para que a luz do evangelho não brilhe em nossos olhos. Coloque você como exemplo, não sei quantos anos tem, mais independente da sua idade quanto conhecimento e entendimento você já alcançou???. Agora você imagina um ser que está desde o Éden convivendo com o homem e estudando 24 horas, eu disse 24 horas o ser humano para projetar armadilhas de engano para destruição do homem, você imagina quanto de conhecimento o diabo tem.

      não podemos subestimar isso. Somente com a ajuda do Espírito Santo é que a luz do evangelho pode brilhar em nossos corações. Espero que tenha ficado claro a questão da homossexualidade para você, que mesmo sendo pecado, é um modo de vida que causa prazer para você mais gera morte. A dificuldade que você tem em relação à fraqueza é a mesma que um hétero tem para não trair sua esposa. Ele pergunta: ” porque eu não consigo parar de trair minha esposa. Tenho filhos, amo ela, mais quando tenho oportunidade eu não consigo resistir”.

      A pergunta que não consigo te responder é quando o diabo conseguiu instalar essa fraqueza em você pois ele atua de maneira sutil e discreta, mais o Espírito Santo pode nos auxiliar em nossas fraquezas. Uma certeza eu te digo, a homossexualidade como outras maneiras de proceder-se na área sexual, é pecado e um pecado que gera prazer, mais não satisfação, pois satisfação é estar plenamente dentro do propósito para qual fomos criados que é ser livre do pecado.

      • Jean Marcelo, agradecendo seu gesto de desprendimento e atenção, eu reafirmo o que disse anteriormente: você não respondeu o núcleo, por assim dizer, da questão:

        do porquê de haver Deus permitido – frise esta palavra “permitido” – que um garotinho de 5 aninhos de idade, que se descobre homoafetivo, tenha crescido homoafetivo se o mesmo, desde os 10 anos de idade, manifestou sincero e até comovente desejo de servir a Deus como um evangélico tradicional? Além, disso, estendendo um pouco mais a pergunta, Deus não poderia ter intervido para que o menino crescesse hétero e, assim, pudesse viver normalmente seu cristianismo na igreja evangélica?

        A história dessa criança é um exemplo claro de que os caminhos de Deus não são os caminhos do homem – e aqui eu friso o homem evangélico – e que Deus, ao permitir que ele crescesse homoafetivo, certamente não o tratou com indiferença, com descaso, mas tinha um propósito na vida dele, e esse propósito eu não creio que esteja na igreja evangélica, mas possivelmente em outra expressão de fé e religiosidade. Talvez, no Espiritismo, onde aprendemos que não estamos aqui pela primeira vez e que nossas vidas atendem a um propósito maior e que, muitas vezes, só o compreenderemos quando retornarmos ao mundo espiritual onde Jesus preparou-nos lugar.

  33. RESPOSTA CONJUNTA AO SERVO E AO JEAN MARCELO

    Meus queridos Servo e Jean Marcelo, que tão bondosamente se dispuseram, atendendo a um pedido que ontem formulei em sinceridade de coração, responder a pergunta que fiz no sentido do porquê de haver Deus permitido que eu crescesse como homoafetivo.

    Neste sentido, eu queria lhes dizer que estou comovido pelo esforço e inegável boa vontade de vocês em pretender esclarecer os motivos que levaram Deus a permitir que um garotinho de 5 anos de idade (eu mesmo) se descobrisse homoafetivo nessa idade e assim permanecesse desde então. Um garotinho que iria se batizar aos 13 anos e desejar e tudo fazer para ser fiel a Cristo por toda a vida.

    Entretanto, mesmo em face de todo o empenho do garoto, do adolescente, do jovem adulto no sentido de seguir todas as receitas, dicas, propostas sugeridas por pessoas sinceramente interessadas em ajudá-lo a deixar de ser homossexual, e mesmo em face de todos os esforços que ele empreendeu, incluindo a prática de todas essas teorias e sugestões religiosas que você elencou com tanto carinho, ainda assim aquele garotinho continuou sendo um homoafetivo, como foi homoafetivo o adolescente que ele se tornou e ainda é homoafetivo o adulto que hoje ele é. Ademais, você não respondeu, objetivamente, esta pergunta:

    Por que Deus permitiu àquele garotinho, que em momento algum escolheu ou decidiu ser gay, crescer como um homoafetivo e não como um heterossexual?

    Bastaria um piscar de olhos de Deus e aquele garotinho teria crescido hétero, mas não, não foi isso o que aconteceu! Ele cresceu homoafetivo! Por que? Você tem uma resposta? Não, você não tem uma resposta, porque a resposta que você tem não responde, não esclarece, não convence. Talvez a resposta esteja, por exemplo, no eterno mistério da reencarnação, mas isto é algo que não sei se vocês aceitaram.

    O fato é que agradeço a Deus por minha vida, pelo que sou e pelo que serei um dia na eternidade com Ele, onde todo o sofrimento terá passado e só haverá amor, paz, luz.

  34. Jean Marcelo, agradecendo seu gesto de desprendimento e atenção, eu reafirmo o que disse anteriormente: você não respondeu o núcleo, por assim dizer, da questão:

    do porquê de haver Deus permitido – frise esta palavra “permitido” – que um garotinho de apenas 5 aninhos de idade, que se descobre homoafetivo, tenha crescido como tal se o mesmo, desde os 10 anos de idade, manifestou sincero e até comovente desejo de servir a Deus como um evangélico tradicional. Além, disso, completando a pergunta, Deus não poderia ter intervido para que o menino crescesse hétero e, assim, pudesse viver seu cristianismo na igreja evangélica?

    A história dessa criança (eu mesmo, quando menino), é um exemplo claro de que os caminhos de Deus não são os caminhos do homem – e aqui eu friso o homem evangélico – e que Deus, ao permitir que ele crescesse homoafetivo, certamente não o tratou com indiferença, com descaso, mas tinha um propósito na vida dele, e esse propósito eu não creio que esteja na igreja evangélica, mas possivelmente em outra expressão de fé, de religiosidade. Talvez, no Espiritismo, onde aprendemos que não estamos aqui pela primeira vez e que nossas vidas atendem a um propósito maior e que, muitas vezes, só o compreenderemos quando retornarmos ao mundo espiritual, onde Jesus preparou-nos um lugar entre os muitos planetas que destinados às almas que Deus criou.

    • O apóstolo Paulo nunca viu uma relação homoafetiva, ele via a baixaria que era Roma, inclusive com homens héteros fazendo sexo com outros homens para sacrifício aos seus Deus.Nem o casamento hétero era igual o de hoje e relação de amor entre homens ele não viu e nunca escreveu sobre ! Eles não estudam o contexto !

  35. Graças a Deus não nutro qualquer preconceito seja de cor, raça, religião, sexo, etc. Mas não posso me curvar ante aquilo que é contrario à Palavra de Deus, ainda que alguns defendam sua evolução para enquadrar-se com o mundo moderno. Concordo com aqueles que afirmam estarmos vivendo na dispensação da graça, mas por mais elástica que a graça seja, ela não comporta o prevalecimento da vontade humana sobre a vontade de Deus. Quanto ao homossexualismo, o apóstolo Paulo é claríssimo em Romanos 1:18 a 32. Este trecho abrange tanto o relacionamento homem x homem, quanto mulher x mulher, quanto a outros tipos de comportamento que o apóstolo chama de reprováveis sentimentos. São todos colocados no mesmo pé de igualdade. E são todos sentenciados no versículo 32 quando ele diz que os que praticam tais coisas são passíveis de morte. Com certeza essa morte não é por fuzilamento, forca, eletrocussão, degola, mas é morte eterna, a segunda morte mencionada no apocalipse.
    Portanto, como cristão devo amar ao pecador, buscar transformá-lo pela verdade do evangelho de Cristo, mas não posso aceitar o pecado como normal, pois estaria contrariando o que me ensina a Palavra de Deus.

    • Heraldo William Bertrand, tendo em vista o fato de ser este um espaço aberto ao livre debate das ideias, e considerando que você sabe disso, então mesmo em face de você não haver me dirigido a palavra, farei, todavia, alguns apontamentos em relação ao que você escreveu.

      Você inicia seu comentário declarando não nutrir “qualquer preconceito seja de cor, raça, religião, sexo, etc.”, não percebendo, todavia, que é inerente à visão cristã fundamentalista o preconceito contra as pessoas homoafetivas, o que não significa que haja, sempre, por parte dos crentes, a discriminação em si contra essas pessoas; mas preconceito há, com certeza.

      Depois você diz que não pode se “curvar ante aquilo que é contrario à Palavra de Deus, ainda que alguns defendam sua evolução para enquadrar-se com o mundo moderno”, mas olvida o fato de que é justamente isso o que vocês, crentes fundamentalistas, fazem no que diz respeito, por exemplo, ao papel da mulher na sociedade, na igreja e no lar, pois o mesmo Paulo, que você invoca para condenar a homoafetividade, declarou que a mulher deve ser submissa ao homem, jamais ensiná-lo e permanecer calada na igreja, pois, segundo declaração de Paulo, seria “indecente” a uma mulher o falar na igreja. Ora, as mulheres, hoje, e isso inclui as mulheres cristãs, evangélicas, não são submissas ao homem (a Constituição estabelece que mulheres e homens são iguais em direitos e deveres), e não permanecem caladas na igreja, muito pelo contrário, pois não apenas falam como ensinam aos homens.

      Logo após, você aborda a questão da graça, mas o fato é que os evangélicos continuam, como indivíduos e como denominação, legalistas e comportando-se com zelo sem entendimento e claramente farisáico. A graça, no meio evangélico, é uma questão de semântica, nada mais.

      Ao falar sobre “homossexualismo” (na realidade, trata-se de homoafetividade), você apela para Paulo como se ele fosse infalível e suas opiniões e visões devessem ser aceitas no mesmo pé de igualdade que o são as palavras de Cristo. Ora, Paulo escreveu cartas que a Igreja Católica, mais tarde, acrescentou ao Cânone como livros santos, sendo que muitos outros livros que os cristãos primitivos tinham em alta consideração, foram banidos. Além disso, hoje se sabe que diversas das cartas de Paulo são consideradas como sendo de outros autores que as escreveram usando, indevidamente, o nome de Paulo para emprestar autoridade aos textos.

      De qualquer forma, no que se refere ao texto do primeiro capítulo de Romanos, é preciso levar em consideração o fato de que Paulo não conheceu o moderno conceito de homoafetividade, pois o que ele viu, em seus dias, foi a realização de sexo entre pessoas do mesmo gênero e conforme era praticado pelos gregos, o que incluía relações entre homens e meninos, bem como servidão sexual e cultos orgíacos. Além disso, Paulo não sabia da existência de uma orientação homoafetiva, sendo que para ele todos os homens eram héteros, e, nesta conformidade, alguns se desviavam de sua heterossexualidade para cometer “torpeza”, conforme seu juízo de valor, e deixando “o uso natural de mulheres”. Ora, primeiro que os gays não deixamos o “uso natural de mulheres”, já que não “usamos mulheres” (isso seria contra nossa própria natureza íntima); segundo, que não cometemos “torpeza” alguma, mas nos relacionamos, pelos menos os gays fiéis, em relações amorosas e de mútuo consentimento.

      Assim, o mundo em que Paulo viveu, era muito diferente do mundo de hoje, e a percepção que ele tinha da homoafetividade não guarda relação alguma com a percepção que hoje temos.

      O que os evangélicos fazem, ao tentar colar em Paulo o atual conceito de homoafetividade, trata-se de um erro gravíssimo do ponto de vista dos historiadores, ou seja, trata-se de anacronismo, que é você julgar o passado pelos valores de hoje e desconsiderando os valores daquele passado, ou tentar transpor para o passado um conceito que era então desconhecido, entre outros exemplos do que é anacronismo.

      Paulo foi, em síntese, um grande homem, mas com as virtudes, os defeitos, as limitações e desafios de seu próprio tempo, e, como no caso de sua visão sobre a condição da mulher, também sua visão sobre a condição dos gays – incluindo sua sentença de morte aos gays e aos que os defendem – não deve mais ser considerada um obstáculo aos plenos direitos civis e religiosos dos homoafetivos na sociedade e na igreja, mas considerada como, por exemplo, as orientações que ele proveu sobre o tratamento a ser dispensado às mulheres e aos escravos, ou seja, algo que não tem mais validade para hoje e que deve permanecer no arquivo da fé.

      • Eu não costumo me estender em discussões quando as opiniões já estão formadas (ou deformadas) e nem, tampouco, “bater boca” em torno daquilo que entendo como Palavra de Deus, mas não posso deixar de analisar alguns pontos colocados pelo missivista Sandro, no tocante a haver preconceito inerente à visão cristã fundamentalista contra as pessoas homoafetivas. Me perdoe, Sandro, mas eu tenho amigos homoafetivos, convivo com eles nas mais diversas circunstâncias e nunca nutri qualquer preconceito em relação aos seus costumes sexuais, contudo, me dou o direito de, se questionado, opinar acerca deles, sem que isso represente preconceito. Ora, se eu não puder expor aquilo que eu penso ou que professo, também estarei sendo discriminado, ainda que possa ser uma blasfêmia, heresia ou qualquer outra bobagem dita. Portanto, tenho por desencargo de minha consciência, não atirar pedras em quem quer que seja, porque reconheço as falhas da minha natureza humana e, por isso, não me vejo sob a pecha de fundamentalista, radical ou qualquer outra que tentam me impor em defesa de seus pontos de vista. Entendo, também, que o apostolo Paulo quando fala acerca das mulheres estarem caladas na igreja, ele não está dando uma ordem, um comando ou uma recomendação geral, haja visto que em I Coríntios 11:5, ele menciona mulheres orando e profetizando na igreja e não condenando essa prática. Portanto, 1ª Coríntios 14:33-35 não pode ser um comando absoluto para que as mulheres permaneçam sempre em silêncio na igreja. O contexto desta passagem, e muito de 1ª Coríntios, é a ordem e a estrutura da igreja. A igreja de Corinto destacou-se pelo caos e falta de ordem que reinavam nas assembleias daquela igreja (v. 33). Aparentemente, pelo que se vê do contexto dos escritos paulinos, algumas mulheres na igreja de Corinto estavam fora de ordem e perturbando o ambiente público durante os cultos, que se tornaram caóticos. E o que é de ser notado, é que esta palavra só é dirigida à igreja de Corinto que em tudo se destacava pelos excessos. Outra coisa, Sandro, é que algumas das cartas de Paulo foram realmente escritas por outras pessoas, ou seja, ele já se encontrava com alguma dificuldade, quer pela falta de visão, por estar preso ou outro obstáculo qualquer e, em alguns casos, ele usou um “assistente”, como por exemplo, a carta aos Romanos, foi ditada a Tércio (Romanos 16:22), mas o fato de Paulo haver ditado algumas de suas carta não lhe tiram a autoridade ou a autenticidade. Quanto a referência a abordagem que fiz no tocante à graça, você tem “quase” razão, afinal, não apenas os evangélicos, mas todos os cristãos, sejam fundamentalistas, legalistas, radicais, liberais, contemporâneos, homens, mulheres ou qualquer outro gênero, pouco aplicam às suas vidas o que realmente seria a graça e, não caberia neste espaço, tratar com afinco desse assunto, até porque, só a experimentando do próprio Cristo, nós poderíamos colocar essa preciosidade em prática E por fim, as pessoas podem chamar de fundamentalismo ou seja lá o que quiserem, mas defendo a inerrância da Palavra de Deus como regra de fé e prática e não me importo de ser taxado de legalista, porque entendo que a Bíblia é a lei que rege a minha vida e não posso afastar nada do que nela se contém ao entendimento de que não tem mais validade para hoje e que deve permanecer no arquivo da fé, pois eu estaria violando o que Jesus revelou à João em Apocalipse 22:18-19: “Eu, João, aviso solenemente aos que ouvem as palavras proféticas deste livro: se alguma pessoa (…) tirar alguma coisa das palavras proféticas deste livro, Deus tirará dela as bênçãos descritas neste livro, isto é, a sua parte da fruta da árvore da vida e também a sua parte da Cidade Santa”. Não leve a mal o que as pessoas possam dizer em relação a você. Ame-as de todo o coração, ainda que eles não mereçam. Esse é o princípio que regeu o amor de Jesus, que morreu por todos nós, ainda que nós não merecêssemos tal sacrifício. Devemos agir como Jesus, que aceitava a todos os que vinham procurá-lo, curava-os, libertava-os, mas no fim sempre os estimulava a não mais pecar.

    • O apóstolo Paulo nunca viu uma relação homoafetiva, ele via a baixaria que era Roma, inclusive com homens héteros fazendo sexo com outros homens para sacrifício aos seus Deus.Nem o casamento hétero era igual o de hoje e relação de amor entre homens ele não viu e nunca escreveu sobre !

  36. O apóstolo Paulo nunca viu uma relação homoafetiva, ele via a baixaria que era Roma, inclusive com homens héteros fazendo sexo com outros homens para sacrifício aos seus Deus.Nem o casamento hétero era igual o de hoje e relação de amor entre homens ele não viu e nunca escreveu sobre ! CONTRA O AMOR, NÃO HÁ LEI !

DEIXE UMA RESPOSTA