Silas Malafaia comenta versão gospel das festas juninas: “O foco é Jesus”

59

Tradicionalmente no mês de junho diversas comunidades espalhadas pelo país comemoram as festas juninas, que tem sua origem em celebrações pagãs que foram trazidas ao Brasil pelos portugueses.

No meio evangélico, muitas igrejas aproveitam a época e o formato das festas juninas para promoverem eventos de celebração e evangelismo. Entretanto, as chamadas “festas jesuínas” não são unanimidade no meio cristão.

Muitos líderes entendem que ao realizar uma festa com os mesmos parâmetros, a igreja está abrindo espaço para uma contaminação com práticas mundanas.

Sobre o tema, o pastor Silas Malafaia publicou um artigo em que aborda a questão do ponto de vista de sua utilidade no cumprimento do propósito cristão: “Essas festas folclóricas foram reeditadas pelos evangélicos para fins evangelísticos; para atrair as pessoas que vão a festas juninas tradicionais. O foco não são as comidas típicas nem promover cantores de ‘forró gospel’, e sim Jesus”, escreveu o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).


“Por meio dessa estratégia, muitas pessoas que não conhecem o Evangelho podem ouvir canções que falam do amor de Deus, receber uma oração e ter a oportunidade de entregar sua vida a Cristo. No mínimo, ela terá a oportunidade de travar contato com os cristãos, constatar sua alegria saudável e despertar para o fato de que Deus está de braços abertos para ela também experimentar novidade de vida”, argumentou o pastor.

Malafaia ressalta que “nos eventos realizados pelas igrejas evangélicas, não há bebidas alcoólicas, drogas, brigas nem idolatria”, e que esses fatores são notados por quem é convidado a participar de uma festa como essa.

“Esse diferencial chama a atenção dos que não conhecem Cristo. Para isso, é claro, todos os que estão envolvidos com a festa jesuína precisam ser sábios em suas atitudes e comportar-se com cordialidade e simpatia, sem deixar de ser sal da terra e luz do mundo, a fim de atrair os pecadores a Cristo”.

Sobre as divergências a respeito do assunto, Malafaia foi objetivo: “Respeite aqueles que são mais tradicionais e não apoiam de maneira alguma as festas jesuínas. Mas não critique os que aproveitam essa festividade”, pacificou.

Confira a íntegra do artigo do pastor Silas Malafaia:

A realização de festas jesuínas ainda divide opiniões, pelo fato de a festa junina, que as inspirou, estar relacionada à festa pagã do solstício de verão. Essa festa foi reeditada pelos católicos na Idade Média, passando a ser conhecida primeiro como festa joanina, por comemorar São João, o apóstolo João, e posteriormente como junina, por ser celebrada no mês de junho.

Essa festa entrou em nosso folclore por influência dos portugueses, nossos colonizadores. As comidas típicas, as canções e as roupas caipiras são uma clara referência ao povo campestre, que povoou principalmente o nordeste do Brasil. Os enfeites de papel, os balões de ar quente e a bombinhas de pólvora apontam para as novidades que os portugueses descobriam nos continentes que visitavam e exploravam.

Essas festas folclóricas foram reeditadas pelos evangélicos para fins evangelísticos; para atrair as pessoas que vão a festas juninas tradicionais. O foco não são as comidas típicas nem promover cantores de “forró gospel”, e sim Jesus.

Por meio dessa estratégia, muitas pessoas que não conhecem o evangelho podem ouvir canções que falam do amor de Deus, receber uma oração e ter a oportunidade de entregar sua vida a Cristo. No mínimo, ela terá a oportunidade de travar contato com os cristãos, constatar sua alegria saudável e despertar para o fato de que Deus está de braços abertos para ela também experimentar novidade de vida.

Isso porque, nos eventos realizados pelas igrejas evangélicas, não há bebidas alcoólicas, drogas, brigas nem idolatria. Esse diferencial chama a atenção dos que não conhecem Cristo. Para isso, é claro, todos os que estão envolvidos com a festa jesuína precisam ser sábios em suas atitudes e comportar-se com cordialidade e simpatia, sem deixar de ser sal da terra e luz do mundo, a fim de atrair os pecadores a Cristo.

Sendo assim, respeite aqueles que são mais tradicionais e não apoiam de maneira alguma as festas jesuínas. Mas não critique os que aproveitam essa festividade.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

59 COMENTÁRIOS

  1. Em resposta ao Gospel+, segue as devidas refutações sobre paganismo nas festividades juninas

    O termo “junino” deriva-se do mês de Junho, mês em que se comemora a memória de São João Batista, portanto, não há que se ligar os festejos juninos (que ocorrem no mês de Junho) à figura mitológica Juno. Já a expressão “joanino” refere-se ao nome João (neste caso São João Batista, pois o termo joanino pode ser referido também a São João Evangelista, por exemplo, ao se falar nos escritos joaninos).

    A Igreja Católica não aprova nem colabora com nenhum tipo de sincretismo religioso. Os adeptos de tais religiões é que usurpando da imagem do santo católico, utiliza – o indevidamente em suas práticas.

    Quanto ao uso do tema por outros segmentos religiosos, a Igreja Católica tributa um sincero respeito em relação aos cultos afro-brasileiros, mas considera nocivo o relativismo concreto de uma prática entre ambos ou de uma mistura entre eles, como se tivessem o mesmo valor, pondo em perigo a identidade da fé cristã católica. Ela sente-se no dever de afirmar que o sincretismo é danoso ali onde a verdade do rito cristão e a expressão da fé podem facilmente ser comprometidas aos olhos dos fiéis, em detrimento de uma autêntica evangelização.

    Note-se também, que as festas seculares que se fazem (com bandas, barracas, etc., não a celebração religiosa), não são de iniciativa da Igreja, nem incentivadas por ela. São festas organizadas pelas prefeituras ou pelos governantes de algumas localidades, que aproveitando-se do feriado (do São João, São Pedro, etc), implementam tais festejos, que diferem essencialmente da festividade religiosa.

    Em outro ponto podemos tratar das “superstições”, tentando denegrir as expressões de fé do povo, deturpando o sentido de algumas práticas regionais. A puxada do mastro, as fogueiras, os fogos de artifícios e os balões, são expressões populares de homenagem aos santos, não resquícios de paganismo ou superstição. Na puxada do mastro, os fiéis levantam a bandeira ou estandarte em comemoração a memória do santo, a fogueira simboliza o sinal do nascimento de João batista, os fogos de artifício e os balões são formas de festejar o santo, não há esse paganismo aludido de forma sensacional. Com efeito, ensina o Magistério da Igreja:

    O primeiro mandamento proíbe prestar honra a outros afora o único Senhor que se revelou a seu povo. Proscreve a superstição e a irreligião. A superstição representa de certo modo um excesso perverso de religião; a irreligião é um vício oposto por deficiência à virtude da religião. A superstição é o desvio do sentimento religioso e das práticas que ele impõe. Pode afetar também o culto que prestamos ao verdadeiro Deus, por exemplo, quando atribuímos uma importância de alguma maneira mágica a certas práticas, em si mesmas legítimas ou necessárias. Atribuir eficácia exclusivamente à materialidade das orações ou dos sinais sacramentais, sem levar em conta as disposições interiores que elas exigem, é cair na superstição.” (Catecismo da Igreja Católica § 2110-11).

    Sobre Antônio, João e Pedro, buscai estudar as verdadeiras biografias desses arautos da fé, que souberam tanto amar a Cristo e sua Igreja, que são exemplos para os verdadeiros cristãos.

    Ao canonizar certos fiéis, isto é, ao proclamar solene que esses fiéis praticaram heroicamente as virtudes e viveram na fidelidade à graça de Deus, a Igreja reconhece o poder do Espírito de santidade que está em si e sustenta a esperança dos fiéis, propondo-os como modelos de vida cristã. “Os santos e as santas sempre foram fonte e origem de renovação nas circunstâncias mais difíceis da história da Igreja.” Com efeito, “a santidade é a fonte secreta e a medida infalível de sua atividade apostólica e de seu elã missionário”. (Catecismo da Igreja Católica § 828)

  2. A palavra de Deus por si só é poderosa para salvar, mas os crentes de hoje, preguiçosos e desleixados com ela, estão usando de argumentos baratos para satisfazer a sua carne, e ainda dizer que é para apresentar Cristo as pessoas. Quer apresentar Cristo, coma a Palavra, viva a Palavra e pregue a Palavra, e você vai ver que não precisará de mais nada para que as pessoas vejam Cristo em sua vida. E tem mais, quer se divertir, curtir, saciar a carne, aí sim, faça uma festa, chame os amigos, coma tudo o que tiver na mesa e não use Jesus para mascarar seus desejos carnais.

  3. E muito bom ver pelos comentarios que tem algum remanescente que ainda le e procuro o verdadeiro caminho.Oremos pela restauraçao da igreja,ondeo cabeça e Jesus e nao falsos pastores que se escondem atras de persuasao de palavras para serem aceitos,para estes “pastores politicos” ha um julgamento severo pelas palavras mentirosas que so servem para seus ventres engordarem pela ganancia de suas consciencias cauterizadas.O verdadeiro soldado de DEUS nao se envolve com festas ,celebraçoes e banquetes que sao oferecidos a idolos.Ate quando vao ficar balançando entre dois reinos,ou se esta com DEUS e se aparta das coisas mundanas,ou esta com satanas.Nao existe santidade fingida,nao existe sepraçao sem morte,nao existe meia luz ou meia escuridao.E hora de fazer uma escolha.

  4. Ficou claro para todos os crentes iludidos e crédulos como também os não crentes, quem realmente introduz lá da de sua tribuna, heresias no seio da igreja Igreja de Cristo? O Zé Povinho seguramente é que não é. Brincadeira!…

  5. Quando eu era criança, meus tios levantavam postes-ídolos com figuras de santos católico, soltavam-se rojões… Hoje, uma ‘inveja santa’ evangélica está tomando o lugar das idolatrias romana com outras estórias…! Mas como os padres que conhecem a verdade e não podem contrariar a tradição milenar do povo católico, há um verdadeiro homem de Deus, privilegiado em sua sabedoria, Pastor, Professor e Doutor Silas Malafaia, também há de concordar com as heresias impostas (afim de não ser ridicularizado) por esta nova safra evangélica denominada ‘gospel’!

  6. A PAZ!

    Vai poder dançar?, terá “quadrilha?”, se tiver podem prender “malaforró?”, aí to dentro. humm..?, mas se tiver dentro to preso. to fora, que se lasque!, Crente+festa Junina+dança+fogos+”FOGUEIRA”=?, lembra alguma coisa, mas não sei o que…, pera aí fogueira? “TAIS BRINCANDO?

  7. COMO TEM GENTE COM SAUDADES DO EGITO, TEM IGREJA COMUNGANDO COM O ECUMENISMO ADOTARAM O NOME DE EVANGELICA MAS NÃO O SÃO CERTAMENTE ESTAS AI SÃO AQUELAS QUE JA POSSUEM BLOCO NO CARNAVAL

  8. então o Silas vai ser o noivo e sua esposa a noiva na quadrilha, meu Deus,
    quanta mistura, o caminho para ganhar almas não é esse, Silas já foi um crente, tá cada vez mais estranho, com ideias antibiblicas.

    • ADRIANA…eu concordo contigo… eu mesmo fui um grande admirador do pastor Malafaia, depois de um tempo, fui ver que ele não é diferente de muitos outros… qual seja: Prega o Evangelho, mas com a usura do maldito dinheiro… tudo é dinheiro, dinheiro e mais dinheiro. Agora, vem ele com essa abobrinha de ‘festas jesuínas”… Deus tenha Piedade da alma deste infeliz, que já está no caminho de Balaão !!!

  9. TITO Capítulo 3

    1 Admoesta-os a que se sujeitem aos principados e potestades, que lhes obedeçam, e estejam preparados para toda a boa obra;

    2 Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas modestos, mostrando toda a mansidão para com todos os homens.

    3 Porque também nós éramos noutro tempo insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias concupiscências e deleites, vivendo em malícia e inveja, odiosos, odiando-nos uns aos outros.

    4 Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens,

    5 Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,

    6 Que abundantemente ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso Salvador;

    7 Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna.

    8 Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens.

    9 Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs.

    10 Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o,

    11 Sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado.

    12 Quando te enviar Ártemas, ou Tíquico, procura vir ter comigo a Nicópolis; porque deliberei invernar ali.

    13 Acompanha com muito cuidado Zenas, doutor da lei, e Apolo, para que nada lhes falte.

    14 E os nossos aprendam também a aplicar-se às boas obras, nas coisas necessárias, para que não sejam infrutuosos.

    15 Saúdam-te todos os que estão comigo. Saúda tu os que nos amam na fé. A graça seja com vós todos. Amém.

  10. O que são capazes de fazer por dinheiro !!

    Mesmo sendo uma festa oficializada pelo Brasil, sua origem é pagã, e os verdadeiros cristãos não se envolvem com os demônios !! Eis a mistura do evangelho santo com as festas profanas !!

    A CELEBRAÇÃO DO “DIA DE SÃO JOÃO”

    Registros históricos declaram que no século sexto, missionários foram enviados para o norte da Europa para juntar pagãos ao grupo romano. Eles descobriram que o dia 24 de junho era muito popular entre esses povos, pois era quando ocorria o solstício de verão (solstício: época em que o sol afasta-se o máximo possível da linha do equador). Procuraram, então, cristianizar este dia, mas como? Por esse tempo o 25 de dezembro havia sido adotado pela igreja romanista como o natalício de Cristo. Desde que 24 de junho era aproximadamente seis meses antes de 25 de dezembro, por que não chamar este o natalício de João Batista? João nasceu, devemos lembrar, seis meses antes de Jesus (Lc. 1:26,36). Assim sendo, o dia 24 de junho passou a ser conhecido no calendário papal como sendo o Dia de São João.

    Na Bretanha (Inglaterra), antes da entrada do cristianismo, o 24 de junho era celebrado pelos druidas com fogos de artifícios em honra ao deus Baal. Quando este dia tornou-se dedicado a São João, os fogos sagrados também foram adotados e tornaram-se “as fogueiras de São João”!

    Ainda hoje o dia 24 de junho é largamente celebrado na Escandinávia, na Alemanha e na Finlândia com fogueiras pagãs. A história relata que até o século passado os camponeses da Finlândia praticavam encantamentos mágicos durante o solstício de verão, a fim de obterem maior fertilidade nos animais.

    No Brasil as “festas juninas” são realizadas em todo o país no mês de junho (daí o nome “juninas”, e culminam no Dia de São João). O principal momento da festa é a quadrilha, em que vários casais vestidos de caipira encenam uma cerimônia de casamento (que normalmente não acontece).

  11. NÃO CONCORDO, OU É DE DEUS, OU NÃO, É.
    FESTA JESUÍNA, NUNCA VI ISSO NA BÍBLIA.
    PODEMOS NOS FAZER DE TOLO, PARA GANHAR OS TOLOS, MAS NÃO PARTICIPANDO, COMO FORMA DE GANHAR AS PESSOAS PARA DESU,
    É DESCULPA.

    LIANI CAMPOS

  12. RESPEITO O PR.SILAS,MAS ESSE TAL DE FORRÓ JESUÍTA TÁ ESTRANHO E NÃO ENTRA NA MINHA CABEÇA.A IGREJA PRIMITIVA GANHAVA AS MULTIDÕES PARA CRISTO ATRAVÉS DO PODER DO ESPIRITO SANTO,DA PREGAÇÃO DO VERDADEIRO EVANGELHO E OS SINAIS QUE O ACOMPANHAVAM,DEVEMOS ESTAR VIGILANTES COM ESTAS NOVIDADES E PEDIR A DEUS O DISCERNIMENTO PARA DISCERNIR TAIS COISAS……QUE DEUS NOS PROTEJA DAS HERESIAS…

  13. Eu (NÃO CONCORDO), com este tipo de festa na igreja para Salvação de Almas, Jesus não precisa de ficar em concordancia com o Mundo pra Salvar ninguém,
    A igreja tem que (FUGIR DA APARÊNCIA DO MAL), Daqui a pouco vai fazer uma “Marcha Gay” para falar do amor de Deus a eles! Isso e erradissimo. por isso que tá do jeito que tá. Balada Gospel, Fank Gospel, Samba gospel, Rap gospel, Forró Gospel, Pop Gospel, Eu Duvido que Deus recebe uma Caganeira dessas, E nem e Musica para Adorar a Deus, tem que Ser Louvores e Hinos, Não Doidura Gospel. Daqui a pouco vai ter (Boate Gospel). Para Evangelismo.

    • Concordo, mas os Crentes estão misturando tudo e não percebem que estão humanizando a DEUS E A JESUS O VRISTO, ESTÃO TRANSFORMANDO SANTIDADE EM HUMANO, já começa a existir produtos sexuais evangélicos, e que tudo aquilo que a BÍBLIA NÃO RELATA minuciosamente entendem que e permitido ou não e pecado, então daqui alguns tempinhos logo teremos Bonecas evangélicas inflada com nomes Bíblicos, vibradores, e outras coisas mais, tudo isso em nome do Evangelho porque tendo esse nome e SANTO!, entendeu?, o povo na verdade esta IDOLATRANDO O CONSUMO, INDIRETAMENTE O DINHEIRO, fazer o que?, se combate como foi feito no festival da globo, logo vem a frase: “PARA PREGAR A PALAVRA E EVANGELIZAR VALE TUDO!”, PERGUNTO VALE TUDO MESMO?, até aonde?, A QUE PREÇO PAGAR?

    • so pra começar,tudo foi Deus quem criou.. Deus criou a musica e o homem baguçou! entao pq os crentes n pode fazer forro ou qlqr outro tipo de musica? resgatemos tudo que o mundo nos roubou!! Deus criou a musica para ser louvada e adorar a Ele..criou para ser cantada,para dançar.. Qndo os grandes faziam guerras,faziam rugidos e sons de tambores, n iam tocando musica romantica n.. para cada ocasiao tinha sua musica.. qndo Rei Davi adorou o Senhor com dança, sua mulher ficou sorrindo e zombando dele, entao Deus a castigou,tornando-a uma mulher isteril.. adoremos ao Senhor com sons e rugidos!!

  14. É o espirito de jezabel na igreja.
    A apostasia não acontece de uma hora para outra.
    É um processo.
    Cede um pouco hoje outro pouco amanhã, como aconteceu com Acabe que foi seduzido por Jezabel.

    Muitos acham que o “espírito de Jezabel” é o que faz a mulher ser mais vaidosa do que o normal e também sedutora.
    Só que não é só isso.
    O espírito de Jezabel, na verdade, é um espírito de rebeldia, as leis morais, a submissão, ao temor de Deus, aos costumes.

    A missão de Jezabel identificada em Ap. 2:20-26 é arrastar os crentes de volta para o mundo; ou contaminar a igreja, trazendo o mundo para dentro dela.
    Absurdo!!!!!!!!

  15. Eu sempre digo que a maioria das igrejas evangélicas estão regredindo´para a idade média, todos os erros cometidos pela igreja católica no passados estão sendo repetidos em uma versão moderna pelos evangélicos.
    A igreja católica usou a mesma desculpa para fazer dos templos e festas pagãs templos e festas cristãs e o resultado nós vemos nos livros de história e atualmente na própria igreja.
    É sempre a mesma desculpa esfarrapada “é pra Jesus” e esses evangélicos se tornam cada vez mais mundanos e hipócritas.
    Quando seu Silas diz tradicionais a palavra certa seria Protestantes os mesmo que na idade média foram torturados e queimados para garantir liberdade e um evangélho genuino que dia a dia os evangélicos estão com suas atitudes insanas contaminando.
    Existem muitas igrejas evangélicas sérias, porém existem muito mais exploradores da fé!!!

    • Fernando, obrigado por expressar exatamente meu ponto de vista. Saber que um líder religioso tão influente quanto o Malafaia consente com essa prática é no mínimo decepcionante.

  16. A paz do Senhor Jesus,concordo com o ponto de vista do Márcio,estamos repetindo os mesmos erros da igreja católica,repaginando festas,dando novos nomes,mas a essência é a mesma,a biblia diz:”Não améis o mundo e nem o que nele há.
    Devemos procurar sermos transformados pela palavra de Deus,rememorar festas,são claros sinais de retorno a velha natureza,Estamos fazendo como a mulher de Ló?
    Pensemos nisso!!!

  17. A bíblia é o livro mais verdadeiro que existe, pois foi inspirado por Deus, sendo a sua própria palavra, e o Eterno diz em sua palavra que os filhos das trevas são mais prudentes do que os filhos da luz, em uma das cartas que o nosso Salvador enviou a uma das igrejas da Ásia, relata o que esta acontecendo hoje, as igrejas estão introduzindo as coisas mundanas para dentro das igrejas, e isso o salvador ira cobrar dos lideres das igrejas, uma coisa é certa, tudo aquilo que o diabo faz no mundo hoje, muitas igrejas lideres de igreja estão colocando dentro, mas ensinamento mesmo da palavra de Deus não tem nada, a igreja esta a cada dia em decadência por falta de conhecimento da palavra de Deus, não podemos aceitar que o inimigo semeie coisas em nosso meio, temos que retirar aquilo que é mundano de nosso meio, vamos abrir os olhos amados irmãos em Cristo. cuidado com as iguarias deste mundo, cuidado.

  18. A PAZ DO SENHOR JESUS.
    NOSSA QUE DEFESA FRACA PASTOR SILAS! NÃO EXISTE UMA MANEIRA DE MASCARAR A VERDADE, OS EVANGÉLICOS ESTÃO USANDO TRUQUEZINHO BARATO QUE SE CHAMA PLÁGIO EM MUITAS QUESTÕES E FESTA JUNINA, QUADRILHA E SEI LÁ O QUE MAIS SÃO COSTUMES PAGÃOS E IDÓLATRAS QUE A IGREJA CATÓLICA ADOTOU E OS CRENTES ESTÃO PLAGIANDO A IGREJA CATÓLICA E AINDA TEM A CARA DE PAU DE DIZER QUE ESTÃO USANDO ESTRATÉGIAS (DO DIABO) PARA EVANGELIZAR.
    BOM, EU SOU CRISTÃ E A BÍBLIA É MINHA REGRA DE FÉ, NÃO ADIANTA NINGUÉM FALAR CONTRA, A MAIS OU A MENOS DO QUE NELA ESTÁ ESCRITO, POIS SEMPRE SERÁ MENTIRA. SE SOMOS O POVO DE JESUS ONDE É QUE ESTAMOS BUSCANDO ESTRATÉGIA? QUAL FOI A ESTRATÉGIA DE CRISTO AO SER LEVADO PELO ESPÍRITO AO DESERTO? ELE ESTAVA LÁ IMITANDO OS COSTUMES DOS GENTIOS, DOS ÍMPIOS E PLAGIANDO ESTRATÉGIAS? NÃO! ELE ESTAVA SEM COMER E SEM BEBER, ORANDO E BUSCANDO FORÇAS PARA ENFRENTAR O MUNDO E SABEM DE UMA COISA? ELE CONSEGUIU? ONDE ESTEVE JOÃO BATISTA DURANTE SEU MINISTÉRIO? COMENDO DOS MANJARES DE HERODIAS PARA GANHA-LA? NÃO ESTAVA COMENDO GAFANHOTOS E MEL E SE VESTINDO NÃO DE ROCEIRO MAS DE PELE, ORANDO E BUSCANDO FORÇAS PARA VENCER O MUNDO E OLHA A NOVIDADE, ELE VENCEU.
    QUE ESTRATÉGIA QUE NADA! O POVO DE DEUS PRECISA ORAR, JEJUAR E BUSCAR A FACE DO ALTÍSSIMO PARA TER FORÇA E NÃO SE CORROMPER COMO A GRANDE PARTE ESTÁ FAZENDO. QUER GANHAR ALMAS? BOCA NO PÓ, JEJUM E ORAÇÃO E HUMILDADE E AMOR, DAÍ É SÓ SAIR DO LADO DE FORA DO PORTÃO E COMEÇAR A PREGAR A TODA CRIATURA.
    CHEGA DE ENGODO, CHEGA DE PALHAÇADA, A IGREJA ESTÁ CHEIA DE GENTE USANDO AS MELHORES MARCAS EM TUDO, ENQUANTO AS FAVELAS ESTÃO CHEIAS DE PESSOAS MORRENDO POR FALTA DE AMOR, DE ABRIGO E DE COMIDA. SÃO CRISTÃOS? ENTÃO IMITEM A CRISTO! LUTE SEM DAR PRAZER A SUA CARNE POIS SE NÃO SABEM NOSSA CARNE É NOSSA INIMIGA.
    EXECUTAMOS UM PROJETO EVANGELÍSTICO QUE SE CHAMA JESUS, A MAIOR HISTORIA DE AMOR. NÃO USAMOS NENHUMA ESTRATÉGIA MUNDANA E NÃO TEMOS AJUDA A NÃO SER DE DEUS, ESTAMOS NAS RUAS BATENDO NAS PORTAS E PREGANDO A PALAVRA DE SALVAÇÃO, NÃO DE GLAMOUR, NÃO DE FAMA, PREGAMOS UM EVANGELHO DE RENUNCIAS E DE AMOR, SE ALGUÉM ESTIVER INTERESSADO EM FAZER A OBRA MESMO E AINDA NÃO ESTIVER FAZENDO, JUNTE-SE A NÓS, TALVEZ HAJAM DIAS EM QUE TEREMOS QUE DIVIDIR NOSSA MARMITA COM ALGUÉM E MESMO ASSIM, EU GARANTO QUE VOCÊ SENTIRÁ PRAZER EM TAL ATITUDE, POIS SERÁ PARA SALVAR VIDAS.
    NÃO COSTUMO IR A REDES SOCIAIS E DEBATER, COSTUMO FAZER CONFORME A PALAVRA DO SENHOR ENSINA, MAS HÁ MOMENTOS EM QUE A CEGUEIRA DE UNS DIRECIONAM PESSOAS INOCENTES PARA O ABISMO. NESTAS HORAS NÃO PODEMOS RECUAR TEMOS QUE DEFENDER A VERDADE, DOA EM QUEM DOER.
    ISSO NÃO É PESSOAL, ISSO É VERDADE ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA QUE AQUELE QUE SE CONSTITUÍ AMIGO DO MUNDO, SE DECLARA INIMIGO DE DEUS.
    FESTA PAGÃ, NÃO IMPORTA O NOME E NEM A INTENÇÃO, IMPORTA É QUE JÁ TEM DONO E NÃO É JESUS. ABRAM OS OLHOS POVO DE DEUS, ABRAM OS OLHOS!

  19. Esta escrito :
    E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
    romanos 12 : 2.

  20. pois é…. Deus cria o diabo toma posse e o povo evangélico continua escravo,dizendo:
    ai não posso porque esse mes é do demônio. Jesus ja o libertou. se na festa gospel tem musica , tem alegria, tem louvor, evangelismo, muita união com os irmãos, o que tem de mais? só porque é no mês dos santos da igreja católica que eu não posso participar ou fazer uma festa assim? que eu saiba o calendário é de Deus e eu declaro que o mês de junho e julho é do Senhor assim como os demais. quanta hipocrisia do povo, achar tem que respeitar o diabo nesses dias aff!!!! então todo mundo aqui não come canjica em tempo nenhum ne? pois o dinheiro é meu e eu como tudo que meu Deus deixou para mim, e todos os dias da minha vida dedico a ele com dança e festa independente do mês do ano! quem é o diabo para me parar… sou cristã porem sou alegre isso ninguém me tira.

    • Quando eu me recuso a participar de uma heresia dessas eu ñ estou respeitando o diabo,mais sim estou dizendo ñ a ele,e lembrando a ele a sua derrota,e eu ñ preciso cantar e nem dançar forró gospel,pra declarar que eu sou feliz com Jesus. Pois a palavra dEle nos diz que os seus caminhos são doce,são de amor e de fidelidade e isso nos basta.
      Eles nos deixou dito que quem quiser vim após Ele negue-se a si memo e carregue sua cruz,você precisa se libertar pois o inimigo xe nossas almas tem investido em você e pelo visto ta conseguindo o que quer ei vc precisa se revesti com as armaduras de Deus principalmente com o capacete da salvação que é na sua mente que satanas tem investido

    • Concordo com você! Muitos falam, mas evangelizar mesmo que é bom nada. E também muitos só comem canjica nesses meses, se tudo é adorar ao diaba então não comam canjica também ué. É cada uma que aparece.

    • Falou bem Grazy, eu tbm sou evangélicas, e no final desse mês a comunidade que faço parte a muitos anos ira fazer uma festa com comidas tipicas, e nao vejo nada demais, pois louvaremos ao Senhor, sera feito um culto antes, vamos ter gincana bíblica etc, todo ano fazemos isso e é sempre bom e nem por isso alguem deixou de adorar ao Senhor. Eu sempre digo, “nossa festa nao é de nenhum santo, mas sim do Espirito Santo, de Cristo, tudo que fazemos é voltado a ele sem dar importancia para que pessoas do mundo pensam.

    • isso é desculpa, de pessoas que querem fazer as mesmas coisas do povo mudano, vc nao esta livre do mundo não, hoje vc é escravo de Deus, a ele vc deve sua vida, e consagre-a a ele, assim posso ir pro carnaval de cristo, ou caruaru cristao, kkkk, vao se converter

  21. O povo cristão entre aspa estão confundindo o que e do mundo e do mundo , e o que e de deus e deus…vamos se despertar..e como disse nossa irma , estão trazendo o que e do mundo para dentro do templo..e acham natural”’so deus na causa

    • Apóstolo se fez de louco para levar evangelho vcs que fala que é ao contrario e que não tem um filho perdido mundo não tem uma família destruída e também não tem autoridade para falar do evangelho esta preocupado somente com sua salvação vcs são aqueles que fala para senhor : senhor eu curei eu teu nome fiz maravilha , e Jesus vai dizer apartes de Mim não te conheço.

  22. Bom dia.

    Você não entendeu. Paulo afirma em Coríntios que tudo é lícito, mas nem tudo convém. Jesus também falou que não devemos tentar a Deus. Você pode promover uma festa, com canjica, doces, caldos,etc. A restrição é para as festas onde os elementos são consagrados a algum santo. Você é livre para fazer qualquer coisa, desde que isto não te leve a pecar. Participar de idolatria ofende a santidade de Deus. Você tem que escolher a qual senhor quer servir.

  23. aqui duvido se marcar um evangelismo ,será que alguém vai pode contar no dedo as vezes nem o dirigente vai. a nossa estratégia é andar com a bíblia para poder pregar .ha conheço ministérios homens casados chama outra mulher casada pra dançar, é do mundo é do mundo naõ precisamos usar estratégia mundana naõ ,DEUS DARÁ UMAS DO CÉU PRA USAR.

  24. Esse imundo, nojento desse satanás, não tem uma espiga de milho podre, nem um dia de qualquer mês que seja dele, o milho foi criado pelo Senhor e Salvador Jesus Cristo e o mês de Junho pertence ao Senhor Jesus, então fazer festa junina, julhina, outubrina, seja lá que mês for se for para honras e glórias do Senhor Jesus é bem-vinda, se almas são salvas para o senhor Jesus e frutos celestiais são promovidos para o rimos dos céus então ta tudo certo, e aos sanatórios que criticam o que fazem para salvar almas, se são melhores do que as igrejas que fazem, então nessa falsa santidade mostrem seus frutos e aí Deus te dirá quem és, se seus frutos forem maiores que os que fazem, se você tida todos os dias pessoas das drogas, prostituição, e feitiçaria então você pode criticar, Jesus veio para os enfermos e não para os curados, então antes de criticarem a posição do Pastor Silas Malafaia sejam melhores que ele. Eu vim pra Jesus através de festas e hoje sou salva em Cristo Jesus e vocês quantos já trouxeram a Cristo? Pra criticarem o pastor já levaram mais gente a Cristo do que ele? Então ao invés de tarem perdendo tempo o julgando antes façam melhor que ele e dêem mais frutos que ele,para que vossos questionamentos sejam aceitos pelos homens e por Deus. Seja de hipocresia.

    • Concordo plenamente irmão com cada palavra escrita. Evangelismo é o menor grupo na Igreja porque é mais fácil criticar do que ir. Algo que mim chamou a atenção foi em relação as almas que os críticos já ganharam, se perguntar neste ano até julho quantas almas ganharam e quantas vezes saíram e falaram de Jesus em qualquer lugar e assim pessoas serem tocadas e vidas serem salvas, creio eu que se algum saiu poucas ou nenhuma conseguiram porque Jesus é amor, porque Jesus não é preconceito, Jesus é alegria e nessa alegria Ele é a nossa força. Na minha Igreja temos testemunhos do Culto na época junina. O que vejo são cristãos críticos, cristãos envergonhando o nome do Senhor com uma santidade disfarçada e quando vamos olhar a Palavra e formos analisar o comportamento de cada um vemos que povo parecem. Sinto no meio cristão vermos os cristãos criticando cristãos e Igrejas, videos no You Tube criticando pentecostal, neo pentecostal, tradicional. Como será que viveremos no céu? Se chegarmos todos lá.? Tudo ficará aqui, ódio, tristeza, choro, pensamentos críticos, etc. Como iremos cantar num lindo coral para o nosso Papai amado? Mim questiono, peço a Deus que eu termine a corrida e seja transformada pela sua Palavra e não por pensamentos de homens que se consideram Deus. Não vemos os católicos criticando o padre, o bispo nem a sua Igreja, nem suas procissões. Vamos parar com isso, porque quando criticamos assim estamos falando da nossa família. Vamos fazer como disse o Pastor, respeitar quem não tem nada contra e respeitar os pensamentos dos tradicionais. Paz seja com todos!

  25. Creio que o povo cristão esta muito ligado ao que lhe colocam na cabeça e não o que está na Bíblia ( Jesus foi a um casamento. pergunto eu era de cristão? Jesus foi a outras festas, que festas eram essas? O que é festa junina, respondo: uma simples celebração de uma boa colheita pelos agricultores. Não é festa do diabo, ele só tem a comemorar quando consegue tirar um cristão da intimidade de Deus. O nosso povo tem que aprender uma coisa; Jesus é maior que Paulo. Paulo falava a cada uma das cidades, Jesus fala para Todos os povos. Se fosse por Paulo ninguém mais casava, Mais por Deus, a união de homem e mulher torna-se uma só pessoa. Não vamos ficar nos privando de ser felizes, tudo nos pertence, tudo pertence aos filhos de Deus. Pedro achou que os alimentos que estavam no lençol eram impuros, e foi repreendido por pensar assim. Amigos vamos ser felizes todos os dias, vamos festejar, as vezes fico pensando, cristãos falam muito de quem bebe, mas não falam dos crentes que comem demais (glutonaria). Davi dançava e pulava com tanta alegria que suas partes intimas apareciam. então vamos nos divertir, e depois pergunte as sua crianças se são felizes.

  26. Somos sal da terra sim, mas se pegamos o sal e o colocarmos em uma comida azeda ou podre, ele não aparecerá e não fará diferença alguma, a comida continuará podre. Não precisamos fazer uma comemoração destinada a comemorar festa pagã, homenageando a santos que nao existem, apenas para atrair alguem que vai apenas por causa desta festa e não por causa de Jesus. Nao vos conformeis com este seculo(nao tomai a forma do mundo) mas transformai-vos pela renovação da vossa mente e nao imitando-os.

    • Oi Ellen, pelo que conheço da Palavra de Deus e do Caráter Dele, com certeza não está correto compactuarmos com essas festividades pagãs. Deus NUNCA aprovou adoração a outros deuses, muito pelo contrário. Eu não permito meus filhos irem à festas juninas e explico o motivo, desde os primeiros anos escolares. Não se deixe enganar, essas festas são carregadas de maldições, mesmo que venham camufladas com outros nomes. E até mesmo nas igrejas, estão contaminadas pelo paganismo, assim como o NATAL. (PESQUISE MAIS SOBRE ISSO). Bjs.

  27. Verdade as igrejas estao se prostituindo com as coisas do mundo com pretesto de conquista pessoas! Quem tem que muda sao as pessoas e nao Deus pois ele e o criador e nos criatura. Acordem o nosso inimigo esta fazendo muitos a se desviarem do primeiro amor

    • Pastor Silas, ta concordando com isso, entao ele vai na mesma legua, pois esta escrito, e vereis a diferencia entre os que são e os que nao são, nao posso dizer ao impio que a igreja e o evangelho mudou para comporta-lo dentro dele, e sim que ele muda para caber dentro do evangelho, nao posso participar de uma festa ou fazer uma festa consagrada do demônio e tirando a dança dizer q é de Deus, o que to fazendo? pensando do jeito que alguns estao, estamos pior que eles derrepentemente vai ter cristaõ virando gay para trazer o gay pra igreja, brincadeira isso ne

  28. Aí eu me pergunto:
    Que fariam essas "mentes promissoras" do Evangelismo moderno em Corinto, Éfeso, Creta?????
    Onde a base cultural era a prática do sexo ritualístico em adoração a Eros, A Diana, etc…
    Com certeza dariam uma escapadinha por amor das pobres almas! ( isso é papo pra boi dormir, em vez de orar e jejuar para que sintamos "dores de parto" pelas almas; estamos buscando formas alternativas, gerando assim um monte de híbridos em vez de verdadeiros filhos de Deus; nascidos de novo!!)

  29. Não precisamos fazer algo semelhante ou não..evangelizar é o ano todo..e continuar a separar a noiva para o noivo..estamos nesse mundo mas não somos dele mais…é uma maneira que o diabo usa pra distrair muitos cristãos…e colocar dúvidas…não compactuo hj conheço a Jesus e somente ele é SANTOOO..

  30. olha fu ler um pouco e vi q festa junina a dora a um santo catolico q na ubanda e chamado de xango entao quem e o deus q estamos pregando , ta difil ver q o munda ja esta dentro da igreja dizer q e evangelismo , entao joao batista hoje tava mas frito q antes uma raça de viboras se levantou nste seculo , essas festas sao tudo pra ganhar dinheiro infelizmente e a verdade ta na hora dos q sao da luz e nao se corromperam abrir suas bocas errependeivos enquanto e tempo pois o fim vem a paz a todos

DEIXE UMA RESPOSTA