Fiel da Igreja Universal, professora é acusada de racismo e preconceito religioso contra aluna católica

34

Uma professora de ensino fundamental que é evangélica foi denunciada por racismo e preconceito religioso contra uma aluna de oito anos.

O caso foi registrado em uma delegacia de Porto Velho (RO) contra uma professora que leciona na escola Padre Chiquinho, localizada na avenida Campos Sales, no centro  da cidade.

De acordo com a mãe da menina, a professora humilhava a aluna chamando-a de “preta do diabo”, “endemoniada”, “satanás” e outras ofensas.

O motivo das agressões seria o fato de a menina ter dito na sala de aula que sua família é católica. A professora, fiel da Igreja Universal do Reino de Deus, não teria gostado de ouvir e em retaliação teria iniciado os maus-tratos, segundo informações do site Rondônia Ao Vivo.


A menina contou à sua mãe que a professora estaria obrigando todos os alunos a seguirem a sua religião, e em determinada ocasião, teria ordenado às crianças que se juntassem em volta dela e colocassem as mãos sobre sua cabeça para expulsar o “demônio”.

Quando a mãe da menina soube do ocorrido, foi à escola se queixar, mas foi recebida pela professora acusada com gritos e palavrões. A mulher teria ainda desdenhado dos alertas da mãe de que procuraria a Polícia para denunciar os maus-tratos.

Numa tentativa de apaziguar os ânimos, a diretora da escola disse à mãe da aluna que transferiria a menina de sala. No entanto, a mãe recusou a proposta, foi à delegacia denunciar o caso e disse que vai procurar outra escola para sua filha.


34 COMENTÁRIOS

  1. os fieis da iurd deviam se preucupar menos com as trapalhadas da igreja catolica e da igreja mundial e se livrar de uma vez do bispo macedo esse tipo de atitude e fruto dos ensinamentos dualistas da iurd.ACORDEM!! enquanto voces ficam olhando algum video no blog do macedo que diz que o papa e a besta voces engolem um tipo do anti-cristo no seu proprio meio

  2. Lei 7,716 para essa professora.

    No minimo, deveria ser DEMITIDA. Se eu tivesse um filho e ele estudasse nessa escola e tivesse aula com essa professora, iria tira-lo da escola imediatamente. Não gostaria que meu filho fosse influenciado por tamanho FUNDAMENTALISMO.

    • com certeza voce ira formar aberrações idiotas que desrespeitam outras religiões.
      Aproveita e já chama essa professora da noticia, ela parece perfeita para o seu projeto .

  3. isso mesmo,bem que a record uns do monopolio do edir macedo poderia gravar um video com essa profebesta dizendo ” eu sou a universal”. kkkkk, esses sao os frutos dessa ceita que nos tempos de hoje sao como os radicais islamicos quando se confronta com os Católicos . massacrar o catolicismo.

  4. PASTOR É PRESO EM MG, ACUSADO DE INTEGRAR ESQUEMA DE VENDA DE DIPLOMAS
    Ele é apontado como testa de ferro de quadrilha que vendia, em cinco estados, certificados de todos os níveis de formação escolar, do fundamental ao mestrado
    Depois da descoberta do esquema de fraudes em vestibulares de faculdades de medicina e nas provas no Exame Nacional do Ensino Médio (Exame), desmanchado no início desta semana com a prisão de mais de 30 pessoas, foi identificada em Minas Gerais a ramificação de uma quadrilha especializada na venda de certificados falsos de conclusão de cursos em todos os níveis educacionais (do ensino fundamental ao mestrado) e de formação técnica em várias áreas. O grupo comercializava até diplomas falsos de curso de medicina, de acordo com a Operação Falsário, desencandeada pela Polícia Civil do estado de Mato Grosso.

    A operação resultou em várias prisões, entre as quais a do pastor evangélico Daniel Gonçalves dos Santos, detido nessa quinta-feira em Várzea da Palma, Norte de Minas. Ele é apontado como representante em Minas do esquema fraudulento de atuação em nível nacional, que se organizou em Cáceres (MT), coincidentemente, o mesmo estado onde foi montada uma base da quadrilha que burlava as provas do Enem. Segundo a investigação, o bando vendia diplomas em diversos estados, incluindo Minas, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

    Até a noite de noite de ontem, nove pessoas, além do pastor, foram presas em cidades do Mato Grosso, incluindo Cáceres e a capital Cuiabá, e em São Paulo, nas cidades de Limeira, Americana, Fernandópolis, Jales e Santa Fé do Sul. Os policiais cumpriram 23 mandados de condução coercitiva. As investigações foram iniciadas há quatro meses, sob o comando da Delegacia Regional de Policia Civil de Cáceres, a 250 quilômetros de Cuiabá, com o apoio do Ministério Publico Estadual do Mato Grosso e de policiais civis de Minas e de São Paulo.

    A prisão de Daniel Gonçalves dos Santos causou surpresa em Várzea da Palma, pois ele era considerado um cidadão acima de qualquer de suspeita. Era apontado por moradores como uma pessoa de bem. Além de pastor da igreja evangélica Assembléia de Deus, Daniel integrava o Conselho Tutelar dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes do município norte-mineiro. “A população ficou assustada com a prisão, pois ninguém esperava que ele fizesse algo errado”, afirmou o delegado de Várzea da Palma, Fernando Vetorazo Alvarenga.

    O suspeito prestou depoimento ontem à noite. Ao ser preso, admitiu envolvimento com o esquema de venda de diplomas falsos. Atuava como uma espécie de gestor da “filial” de Várzea da Palma da organização criminosa. O pastor, que teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do Mato Grosso, também foi autuado em flagrante pelo crime de falsificação de documentos.

    APREENSÃO Ao cumprir mandado de busca na casa do pastor, a Polícia Civil achou uma grande quantidade de diplomas falsos referentes à “conclusão” de cursos superiores como medicina, agronomia, pedagogia, direito, teologia e psicanálise. Foram recolhidos ainda certificados de cursos de pós-graduação lato sensu e de mestrado. Segundo o delegado Fernando Vetorazo, as falsificações se referem, na maioria, a faculdades particulares, que, na prática, não têm relação com a quadrilha. Entre outros, foram encontrados diplomas emitidos em nome da Universidade Santa Úrsula, do Rio de Janeiro. Cada documento levava 60 dias para ser entregue.

    Na casa do pastor e conselheiro tutelar, os policiais encontraram ainda uma quantidade de cheques, que teriam sido recebidos como pagamento de diplomas falsos. De acordo com o delegado, os preços dos diplomas variavam entre R$ 3 mil e R$ 14 mil, sendo cobrados valores mais altos dos certificados de cursos mais procurados, como medicina.

    A operação continua em andamento. Além dos 10 presos, ainda há um outro envolvido sendo procurado pela polícia. A Delegacia de Cáceres deve repassar mais informações sobre a quadrilha nesta sexta-feira.
    FONTE: www. Em. com. BR

    • “segundo informações do site Rondônia Ao Vivo”

      https: //www. rondoniaovivo.com/noticias/professora-evangelica-e-denunciada-por-racismo-e-preconceito-religioso-contra-crianca/121615

    • Hoje em dia, não há nada pior do que ser evangélico pentecostal. Pois são um bando de xiitas radicais que odeiam todo mundo que não faz parte do grupinho deles. Prova máxima está ai, nem respeitam outros cristãos, de correntes diferentes mas que como eles, tb creem em Jesus.

      E falo isso sem ser cristão hein.

      • comparar os crentes pentecostais com xiitas e uma atitude frivola e superfecial uma falta de consideraçao com as pessoas que sofrem na mao dos xiitas sem contar que isso e um atestado assinado de anafebetismo.

  5. Eu vejo essa questão da seguinte forma: ela não foi transformada pelos ensinamentos da Iurd e não foi transformada pelo novo nascimento, tão propagado pelo Cesar 171.
    Porque o que ela fez com a criança é um ato criminoso, de alguém que nunca ouviu o Evangelho para aprender com JESUS como tratar seus semelhantes, sobretudo qd este semelhante é uma criança indefesa entregue em suas mãos para ser alfabetizada. Qualquer pessoa, minimamente preparada para exercer a função de mestre, repudiaria sua atitude!

  6. mais nesta realidade atual,todos de qualquer religiao A,B,C,D,E ninguem vale nada para IURD)IGREJA UNIVER$AL DO REINO DO DIABO) pra essa instituição criminosa essa verdadeira lavanderia de dinheiro,ninguem presta pra ela,todos sao derrotados,fracassados,todos fora do circo dela,sao imundos essa transmissão de expressões agressivas,preconceituosas,que essa professora teve e resposta das influencias recebeu nesse TERREIRO DO CAPETA DISFARÇADO ,chamado de igreja univer$al isso que eles ensinam la,eles fazem verdadeiras lavagens cerebrais nos cidadãos incautos,cegos,e fracos se adentram as portas dessas instituições pilantropicas,mercantilista,mercenaria da IURD…

    ESSA INSTITUIÇÃO FAZ PARTE DO PACOTE CAPETA S/A COMPANY….

    mais la eles nao revelam a quantidade de pessoas destruidas no alcool,homossexualismo,falidas por que deram todo seu dinheiro ralado,conseguido a duras penas.sempre vou dizer isso

    O ESTELIONATARIO AGE EM CIMA DA COBIÇA DO ENGANADO…. e a mais pura verdade…

    o pedir macedo e um mercenario, ladraoo,satanista,o multi milionario estelionatario,que enricou as custas das pessoas que ele enganou….

DEIXE UMA RESPOSTA