Usain Bolt pede desculpas para Deus pelo Instagram, ao saber que igreja terminou culto mais cedo para assistir sua corrida

7

Nessa terça feira (13), o corredor jamaicano Usain Bolt pediu desculpas a Deus em uma mensagem publicado no Instagram, após ver uma notícia de que uma igreja terminou o culto mais cedo para que os fiéis pudessem ver a corrida em que recuperou o seu título mundial dos 100 metros rasos.

– God I am sorry (Deus me desculpe) – escreveu o atleta em uma mensagem na rede social, junto a uma imagem da manchete publicada pelo diário The Jamaica Star sobre a mudança de horário da igreja.

bolt-instagram

De acordo com o Fox Sports, a notícia publicada pelo jornal jamaicano explica que a Igreja Apostólica de Hatfield teve o culto abreviado pelo pastor Basil Barnaby, para que os fiéis pudessem assistir à corrida de Bolt, que aconteceu em Moscou.


– Foi para permitir que as pessoas pudessem chegar a tempo de ver a corrida em casa. Quando os jamaicanos estão realmente interessados em algo, nada pode evitar que o façam. Por isso, permiti que se fossem para vê-la – explicou Barnaby, revelando que também estava na entre aqueles que queriam ver o duelo entre Usain Bolt e o americano Justin Gatlin.

– Amo o esporte, e acredito que se deve utilizá-lo para ganhar almas para Deus – acrescentou o pastor.

A mensagem, na qual o atleta também afirma amar seu povo, recebeu mais de 39 mil “curtidas” na rede social e, replicada no Twitter, foi retransmitida mais de mil vezes, e “favoritada” por mais de 500 pessoas.

Por Dan Martins, para o Gospel+


7 COMENTÁRIOS

  1. realmente este é o espirito da coisa, mesmo quando os membros fanatizam, os desportistas sabem que quem os coloca la é DEUS, podem competir com os homens mas com DEUS nunca

  2. É uma pena que se deixem a adoração, o louvor, e o estudo da palavra, por momentos de entreterimento vazio. Deus fica triste com isto. Não se deve trocar Deus, ou as coisas de Deus por coisas passageiras, corruptíveis. Não quero jugar o atleta, mas seu histórioco de humildade não é bem este que tem sido interpretado em sua frase publica.

    • Creio q vc antecipar um culto, ou terminá-lo mais cedo devido a um acontecimento nacional, como são as corridas na Jamaica, ñ é “trocar Deus”. Falo isso pela igreja, ñ pelo o atleta… É muito melhor fazer isso do q ter a metade dos membros com a cabeça em outro lugar… Quero ver na Copa do Mundo aki no Brasil…

  3. não posso julga-lo não tenho o direito.mas Deus não divide o primeiro lugar com ninguém.fiquei um pouco triste por causa do despacho do pastor com a igreja.

DEIXE UMA RESPOSTA