“Amor à Vida”: Walcyr Carrasco diz que boatos sobre casamento gay em igreja é “tentativa de desestabilizarem o respeito que tenho pelos evangélicos”

5

O escritor Walcyr Carrasco, autor da novela Amor à Vida, afirmou que sua intenção de falar sobre os evangélicos de forma respeitosa em seu folhetim foi alcançado.

Carrasco encerrou os trabalhos da novela, que terá seu último capítulo exibido no dia 31 de janeiro, e explicou porque a periguete Valdirene não foi “convertida” em evangélica conforme sua proposta inicial.

“Uma das minhas ideias iniciais era transformar a Valdirene numa cantora gospel. Desisti  porque [a atriz] Tatá [Werneck] explorou muito bem o lado de humor da personagem e caiu nas graças do público. Ela ficou muito marcada por ser engraçada. Não queria fazer humor com os evangélicos e soar como deboche. Se fosse minha nona novela com personagens dessa religião e eu tivesse uma relação construída com eles, aí tudo bem”, explicou Walcyr Carrasco, em entrevista à revista Veja SP.

Uma das poucas queixas feitas por parte do público evangélico à novela de Walcyr foi em relação à cena em que o cantor Kleber Lucas participa de um “culto” de ceia na igreja fictícia.


A partir daí, espalhou-se nas redes sociais que a TV Globo teria convidado as cantoras Aline Barros, Ana Paula Valadão e Fernanda Brum para cantar durante o casamento gay dos personagens Niko e Félix, o vilão da trama.

O autor, que já havia negado de forma contundente que tivesse a intenção de celebrar uma cena de casamento gay na igreja da trama, voltou a falar sobre o assunto e disse que a boataria foi obra de pessoas incomodadas com a forma que ele falou dos evangélicos: “Não vai ter casamento. Essa semana teve um boato na internet que haveria o casamento de Félix e Niko numa igreja evangélica. Uma grande bobagem. Eu sinto que foi uma tentativa de grupos de desestabilizarem o respeito que tenho tratado os evangélicos na novela. Assim como peço respeito aos evangélicos, peço aos homossexuais e a toda diferença. Amor à Vida significa tolerância ao outro”, concluiu.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


5 COMENTÁRIOS

  1. da rede esgoto de televisão podemos esperar de tudo, creio que aventaram a noticia para sondar, e constataram que não lhes seria favoravel, então, sairam com esta desculpa

  2. Fico imprecionada com a inteligencia desse ateu que sempre se expõe contra os cristãos, ele deve ser muito inteligente mesmo, afinal de contas nem acredita em Deus?

  3. Novela e uma novela, portanto uma porcaria taba de xiqueiro com x, e nao existe uma novela que preste todas eu disse todas, as da globo sempre sempre esta envolvida com espiritismo com macunbolismocatolicista carnaval disfrute desenfreado pornografia desenfreada traição desenfreada sexo em todas as suas ramificasões desenfreado, ou seja tudo o que vai contra o correto o certo estas imundicias de novelas ensinão, o que e mais de se adimirar e que tem uns que se dizem evangelicos principalmente destas igrejolas furreca liberalisticas que asistem todas modos que, tudo o que vem desta rede esgoto a quem chamam de globo e uma porcaria e taba de xiqueiro com x —– ha e tenho dito achou ruim come mais pouco seus jebuzeus

  4. Não vi falta de respeito aos cristãos-evangélicos(pois muitos se dizem cristãos e não pregam o evangelho). Mas em relação ao casamento gay, isso já seria ir contra os preceitos de Deus, pois está escrito que efeminados não herdarão o reino dos céus. E Deus nos criou à sua imagem e semelhança, um casamento entre dois homens será uma abominação aos olhos de Deus. Se ele permitisse isso não teria criado a mulher para ser a companheira fiel ao homem. Muito em breve veremos as leis dos homens aprovarem tal prática e as leis dos homens não são as leis de Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA