Home » Destaque, Missões, Mundo Cristão, Projetos Sociais

ETM: organização missionária treina líderes e presta assistência a cristãos no Haiti

Notícias Gospel em seu email

Receba Notícias Gospel em seu email gratuitamente! Insira seu email:

Gospel+ no Twitter!

ou no facebook

ETM: organização missionária treina líderes e presta assistência a cristãos no Haiti

A organização interdenominacional “Escola de Treinamento Ministerial” (ETM), é uma instituição missionária voltada para a formação de líderes que atuem como propagadores do evangelho no Haiti, e entre os projetos desenvolvidos naquele país, estão o Centro Cristão Internacional no Haiti e as atividades de Assistência Social, que compreendem ajuda básica aos membros da comunidade de cristãos da ETM.

Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel

Esse auxílio prestado aos membros da igreja envolve distribuição de alimentos, roupas e remédio, além de financiar o estudo de crianças dessa comunidade, pois o ensino público no Haiti é deficitário em termos de vagas.

Os projetos vem sendo tocados desde 2006, quando a ETM foi fundada, e contam com a parceria das igrejas Comunidade Alcance de Curitiba (diretamente ligada ao projeto), Igreja Evangélica Missionária Maranata-RJ, Igreja Menonita-Ctba e Igreja Quadrangular-Fazenda Rio Grande, além de ofertas voluntárias de pessoas que conhecem o teor do projeto.

De acordo com a fundadora do projeto, Geiza Costa Mendes, a necessidade de uma escola de formação de líderes no Haiti se dá pelo baixo conhecimento teológico dos cristãos no país. A religião oficial é o voduísmo, e as igrejas evangélicas da localidade enfrentam influência direta dessa religião em suas doutrinas e liturgias, com casos de pastores evangélicos haitianos que permanecem praticantes de vodu.

Confira abaixo a entrevista concedida por Geiza Costa Mendes ao Gospel+:

Geiza, conte-nos sobre a atuação da ETM.

A ETM – Escola de Treinamento Ministerial é uma organização com alcance interdenominacional, estruturada para contribuir na preparação do Corpo de Cristo, visando a sua maturidade. Iniciamos a mesma no Haiti em 2006 e tem por alvo transformar vidas e formar líderes. Buscamos atingir todo aquele que deseja uma intimidade maior com Deus, principalmente líderes de ministérios para que venham a ser influências onde atuam.

ETM é uma escola fundamentada na bíblia tendo como propósito ministrar princípios que vão ajudar aos alunos a tornarem-se hábeis na palavra de Deus e aptos ao serviço cristão. Entendendo que ministério é uma palavra que vem do grego “diakonia” e significa o serviço cristão a Deus, onde quer que Ele o tenha colocado para servir.

O Centro Cristão Internacional no Haiti é uma igreja iniciada em 2009 com alvo de ganhar vidas para Jesus e ensiná-las a viver segundo a Palavra de Deus adorando a Deus, servindo a Ele e aos homens. Estamos atualmente com aproximadamente 150 membros.

Com a Assistência Social, temos como alvo auxiliar os membros de nossa igreja principalmente, sempre que nos é possível fazemos distribuição de alimentos, roupas e remédios.

Financiamos os estudos de cinco crianças, considerando que o ensino público no país é quase inexistente.

A ETM é uma escola fundamentada na Bíblia, e tem como propósito ministrar princípios que vão ajudar os alunos a tornarem-se hábeis na Palavra de Deus e aptos ao serviço cristão, desenvolvendo a vida espiritual e os dons no ministério da congregação local, bem como na comunidade, entendendo que “ministério”, palavra que vem do grego “diakonia”, significa o serviço do cristão a Deus, onde quer que Ele o tenha colocado.

Qual o tempo de atuação do projeto? Poderia contar um pouco da história, como surgiu quem idealizou?

Sou missionária e fiz minha primeira viagem ao Haiti em 2004, quando idealizamos primeiramente a formação da ETM.

Em 2005 através da Comunhão Cristã Abba trouxemos para o Brasil dois haitianos, Frederic Nozil e Gille Gala, para cursar ETMI, a mesma escola que descrevemos acima, sendo que em tempo integral e no ano me mudei para o Haiti e demos início a ETM, curso de um ano que já formou mais de 100 alunos. A partir daí o Senhor colocou em nosso coração a continuidade do trabalho, surgindo assim, a igreja e o trabalho social.

A igreja teve início no pátio emprestado de uma escola, ao ar livre, mas em grande estilo pois militares brasileiros nos emprestaram cadeiras, instrumentos, etc. O local ficou lotado e tivemos a presença de oficiais da ONU e da Embaixatriz do Brasil, mas passada a inauguração  continuamos com uma média de 20 pessoas e um violão, não tínhamos cadeiras para todos e nem dinheiro para comprá-las. Mudamo-nos dia 13 passado para um local alugado.

A religião oficial do Haiti ainda é o voduísmo e há um grande sincretismo religioso; há muitas igrejas evangélicas, mas quase não conhecem a Palavra de Deus chegando ao absurdo de um grande número de pastores serem também praticantes de vodu.

Quais os parceiros que o projeto possui?

A Comunidade Alcance de Curitiba é a igreja que nos dá cobertura, contamos também com a Igreja Evangélica Missionária Maranata-RJ, Igreja Menonita-Ctba e Igreja Quadrangular-Fazenda Rio Grande. Recebemos também ofertas voluntárias de alguns amados irmãos que nos ajudam a dar continuidade ao trabalho.

Poderia contar um ou mais testemunhos de pessoas que foram beneficiadas pelo projeto?

As igrejas haitianas são na maioria extremamente religiosas e legalistas; drogados, prostitutas, ou pessoas que não estejam adequadamente vestidas não podem participar do culto (os homens nos dia de ceia devem estar de gravata e as mulheres de vestido branco e sempre de véu) e diversas outras regras. Caminhamos na contramão de tudo isto, buscando levar cada um a amar e viver a palavra de Deus. Temos conosco ex-drogados, ex-prostitutas, aproximadamente 70% dos membros de nossa igreja são jovens, dentro de um contexto em que os jovens haitianos estão deixando as igrejas.

Em setembro do ano passado um senhor se levantou e pediu para testemunhar, disse que era cego há oito anos, que morava em outra cidade e estava em Porto Príncipe para ir ao médico. Disse que estava ouvindo o louvor do lado de fora, não quis entrar por estar de bermuda, ainda que convidado; de repente sentiu a presença de anjos que tocaram seus olhos e foi instantaneamente curado para a gloria de Deus.

Lacrete é um de nossos líderes, conta que foi criado na igreja, mas para ele era apenas um local onde ele encontrava-se com amigos. Resolveu cursar a ETM objetivando o diploma estrangeiro e se relacionar com brasileiros. Mas já nas primeiras aulas sentia-se confrontado pela Palavra e decidiu assumir um compromisso com Deus, entregando-se a Ele, decidindo-se por servi-Lo. Tornou-se um dos nossos lideres, conhecedor da Palavra e ganhador de almas.

O mesmo processo aconteceu com Frederic Nozil, hoje pastor de nossa igreja, só que em seu caso, uma vez que veio cursar ETM conosco, teve esse processo aqui no Brasil.

Poderia informar os contatos de email, telefone, e endereço do projeto?

Email: [email protected],

Telefones: 41-3206-3996/8863-9936 (Brasil) e 509-3771-4533 (Haiti)

Endereço: Rue Gregorie, Impass Aubry # 45 – Petion Ville, Haiti

Quais as formas de contribuição e necessidades do projeto?

Enviar roupas e alimentos é quase impossível e as doações são normalmente depositadas na conta abaixo, usada exclusivamente para este fim.

Banco Bradesco
Ag.:  3286-7
Conta Poupança:  1002347-5

Gostaria de deixar uma mensagem para os leitores do Gospel+?

Um dos países mais pobres do mundo e o mais pobre do Hemisfério Ocidental é o Haiti. A economia é informal, sobrevive com feiras livres nas ruas e calçadas, onde se vende de tudo: roupas, comida, remédios e eletrodomésticos. Não há turismo, embora haja belas praias e montanhas.

No segundo semestre, furacões costumam atingir o país, e na década de 1970, o Haiti experimentou um processo de desmatamento desmedido, levando à triste situação de um país careca tornando o solo vulnerável a erosão decorrente de ciclones, chuvas e ventos. Possui 2/3 de montanhas e 1/3 de planície, e quando a chuva vem, leva tudo o que encontra, inundando casas, destruindo plantações e ceifando vidas.

Em janeiro de 2010 um terremoto classificado como a maior catástrofe de todos os tempos dizimou mais de 300.000 haitianos e na capital ainda vemos escombros por todos os lados, fome e miséria.

Do ponto de vista espiritual, segundo seus líderes religiosos, o país vive sob um cativeiro satânico. Foi o primeiro país negro do mundo a tornar-se independente, o que aconteceu em 1804, à custa de sacrifícios de porcos, sendo o sangue bebido pelos presentes que, ofereceram assim, o país ao diabo. Desde então, cada presidente que é eleito no Haiti deve voltar àquele lugar para renovar o pacto.

O catolicismo mistura-se com as práticas de vodu, e este sincretismo também acontece entre os evangélicos. Falta discipulado, e a evangelização é superficial.

Uma das maiores necessidades entre os cristãos é a formação de líderes maduros, conscientes de seu chamado, pois a maioria entende ministério apenas como emprego.

As pessoas estão sempre buscando ajuda de fora e há um espírito de frustração e baixa auto-estima entre o povo haitiano

Muitos dizem do Haiti: “O país onde o diabo tira férias”, ou “que 95% dos haitianos são católicos e 100%, adeptos do vodu”.

Nós, cristãos, somos aqueles que Deus escolheu para mudar esta historia. É um desafio de fé e com certeza, unidos alcançaremos grandes vitórias para o Senhor.

Confira abaixo, fotos do projeto no Haiti:

Ciente de seu papel junto à sociedade, o Gospel+ disponibilizou um espaço voltado para divulgação de projetos sociais focados em ajudar ao próximo.

Acreditamos que a transformação da sociedade acontece não só através da palavra, mas também de ações efetivas e eficazes, com demonstração de amor ao próximo.

Se você conhece ou desenvolve um projeto social que precise de divulgação, entre em contato conosco através do endereço redegmais.com.br/contato e nos conte! Informe as áreas de atuação, formas de colaboração, meios de contato e visitas, para que possamos colaborar e servir ao Pai, servindo a seus filhos.

PS.: Comentários via Google+ estão logo abaixo desabilitados no momento.


Comentários via Facebook

2 comentaram, comente você também!

  1. Só posso dizer que esse é meu sonho, mas não consegui ainda realizar. No momento em que me achava quase dentro de um curso dose missiologia o inimigo se levantou, mas continuo com meu pequeno ministério virtual, DEUS DO IMPOSSÍVEL. Tenho tanta sede e fome de falar de Deus. Sei que tenho um chamado, mas tenho inimigos ainda por aqui para aniquilar em nome de Jesus.Creio que minha hora vai chegar. Contem comigo, e que Deus os abençoe por realizarem tão nobre trabalho confirmando a apalavra do Senhor: Amai-vos uns aos outros como eu vos amei! Amémm.

  2. Glória a Deus por sua vida, minha irmã!!! Estamos na retaguarda, em oracão, etc.

  3. Maravilha, é esse trabalho de formiguinha que faz a diferênça…

  4. DEus te abençoe a cada dia Geiza!!!

  5. È maravilhoso saber que tem pessoas como a missionária Geiza dispostas a multiplicar o Reino de Deus, e saber que existem Pastores apoiando projetos com missões assim como nosso amado Pr Julio que não mede esforços para ajudar em missões, é assim que se faz missões, indo, orando e ofertando.

  6. Sou testemunha ocular da transformação e ministério do Pr. Frédéric Nozil, meu amigo.
    Pude pregar no CCIH a alguns domingos e perceber a realidade de uma Igreja diferenciada em meio à religiosidade que impregna a massa evangélica e cristã no Haiti.
    Apenas um senão na matéria publicada: o Vodu não é a religião oficial do Haiti. A Constituição de 1988 tornou o país Laico. O Vodu é a religião praticada por mais de 50% da população e é vista como tradição cultural a ser preservada, e exerce sim, uma grande influência na vida da Igreja. Esse é um grande desafio aqui no Haiti!

    Sou pastor e missionário das Igrejas Batistas Brasileiras, junto com minha família, no Haiti!

    

Sua resposta

Adicione seu comentário abaixo, ou faça trackback de seu site ou blog. Você pode também assinar esses comentários via RSS.
Seja legal. Não escreva em CAIXA ALTA. Mantenha no tópico. Limite de 3000 caracteres no comentário.

Há 462,232 comentários no Notícias Gospel.

Da Internet e em Inglês para Praticar