Mundo Cristão

Crente pode participar de festa junina? Gospel+ propõe discussão

Comentários (170)
  1. Carlos Roberto disse:

    POOOOOOOOODE!!!!!

    Eu juro que pode, desde que ele tenha caráter e ombridade para de lá mesmo mandar uma carta para a sua igreja pedindo o seu desligamento do rol de embros. Até porque este cidadão que participar desta festinha de arromba patrocinada pelo Diabo, não tem absolutamente nada de crente, tem sim de crentino… Um verdadeiro camaleão…Um bodão vestildo de ovelha… Mas eu sei porque, é que tem pessoas que t~em preconceito, daí, preferem fica na igreja vestido de bode do que colocar uma roupagem de ovelha…

    “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente. Não vos deixeis levar em redor por doutrinas várias e estranhas, porque bom é que o coração se fortifique com graça, e não com alimentos que de nada aproveitaram aos que a eles se entregaram” – Hebreus 13:8 e 9.

    Este é um verso que não consta da Bíblia da maioria dos crentes hoje, ele foi retirado ou riscado para que eles pudessem viver com mais liberdade sem terem a consciência pesada por estarem MUNDALIZANDO o Evangelho. Não há como dissociar “EVANGELHO”de “JESUS CRISTO”, um é resultado do outro, um existe em função do outro e ambos em função dos cristãos, mas lamentavelmente ninguém que considerar isto. Para os crentes do século XXI é mais cômodo adulterar o texto Sagrado, dando a ele a interpretação que melhor convier, do que respeitá-lo e cumpri-lo na sua integra. Ai eles jogam para cima dos desavisados e dos que não manejam bem a Bíblia a desculpa de que quem é contra ESTÁ MUITO AMARGURADO, PESSIMISTA, PRECISA EVOLUIR, ACOMPANHAR AS TENDÊNCIAS, SENÃO VOCÊ FICA ULTRAPASSADO, A FILA ANDA… Ora, será que precisamos acompanhar as mudanças adulterando as Escrituras? Será que para evoluirmos precisamos falsificar os ensinos de Jesus? Será que para sermos servos de Deus precisamos acompanhara as tendências? Concordo que a fila anda!!! E como anda… Rumo ao inferno e ela não para de crescer, pior, está sendo engrossada por uma multidão de pseudo-evangélicos que pensam que a evolução vai conduzi-los ao céu… Só se for da boca da onça!!!

    O texto mencionado acima mostra que não podemos nos deixar por enganadores, mercenários, que usam os mais pífios argumentos para justificarem os seus interesses e as suas práticas religiosas delituosas. Precisamos ter muito cuidado com as palavras distorcidas, elas causam confusão na cabeça das pessoas sem entendimento provocando, em alguns casos, desvios espirituais irreparáveis. Prefiro “SUBIR QUADRADO DO QUE DESCER REDONDO”. “Vede, porém, que esta liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos” – I Coríntios 8:9.

    “Nossa, mas ela não é crente”? “Se até fulano que é crente faz isso, por quê eu não farei”? Frases como esta, infelizmente são uma realidade em nossos dias devido a diversos fatores, dentre eles, a falta de testemunho claro de alguns cristãos. Não querendo ser considerado um ultrapassado, o crente se entrega de corpo e alma a qualquer coisa, mesmo que estas ameacem a sua intimidade com Deus.

    Ao contrário do que a sociedade imagina, a vida do verdadeiro crente não é marcada por “NÃOS”, mas sim por DISCERNIMENTO entre o que convém e o que não convém. Ao se converterem a Jesus, muitos pensam que serão imediatamente PROIBIDOS de fazer muitas coisas. Contudo, em vez da proibição, a compreensão e crescimento por meio da Palavra do Senhor nos mostra que, apesar de sermos livres para fazermos qualquer coisa, nem tudo é verdadeiramente proveitoso para o crente e os que o rodeiam. “Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são licitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas” – I Coríntios 6:12.

    Dentre os mais diversos exemplos de conduta cristã, usarei o clássico caso da negação do uso de drogas. Qualquer ser humano, independentemente de suas crenças, sabe que as drogas podem causar dependência e escravidão. Nem é preciso lembrar a constatação biológica de que as drogas, em suas variantes, causam sérios danos à saúde. Todo cristão que entende que seu corpo é santuário do Espírito Santo cuida de sua saúde em qualquer circunstância, seja na recusa de drogas, seja na recusa de um sorvete por entender que uma dor de garganta agravada prejudicaria seu santuário,sem falar das excessivas quantidades de açúcar e gordura que não são exemplos de boa alimentação para ninguém!.

    “Porque quando éreis escravos do pecado, estáveis isentos em relação à justiça… Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação e, por fim, a vida eterna” – Romanos 6:20 a 22.

    Ainda que seja sutil, há uma expectativa por parte da sociedade de um determinado padrão de comportamento por parte dos cristãos. Devido à ausência de entendimento da Palavra do Senhor tanto por crentes quanto por descrentes, muitos cristãos têm sido vistos pela sociedade como “QUADRADOS”, ou pior, “REDONDOS DEMAIS”!

    É indiscutível que o crente tem uma grande responsabilidade para atrair ou afastar pessoas para o conhecimento do Senhor. Como instrumento de Deus, o cristão deve ser EXEMPLO EM TUDO o que faz a qualquer hora e em qualquer lugar. Simultaneamente, entendendo sua responsabilidade de testemunho público, o cristão deve imergir no conhecimento das Escrituras para, assim, defender e disseminar com firmeza a verdadeira doutrina. Crente quadrado é aquele que não sabe compartilhar com a sociedade seu TESTEMUNHO COM CLAREZA.

    “Assim como também eu procuro, em tudo, ser agradável a todos, não buscando o meu próprio interesse, mas o de muitos, para que sejam salvos” – I Coríntios 10:33. Diz ainda a Bíblia: “Portai-vos com sabedoria para com os que são de fora; Aproveitai as oportunidades” – Colossenses 4:5. Diz mais: “Não sejam envergonhados por minha causa aqueles que esperam em ti, ó Senhor, DEUS dos Exércitos; não sejam confundidos por minha causa aqueles que te buscam, ó Deus de Israel” – Salmos 69:6.

    Portanto, evoluir, não é sinônimo de distorcer ou de aventurar pela vida, evoluir é crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, até que cheguemos a vão perfeito…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  2. “Assim como também eu procuro, em tudo, ser agradável a todos, não buscando o meu próprio interesse, mas o de muitos, para que sejam salvos” – I Coríntios 10:33. Aqui está a sua resposta Carlos, invés do povo ir celebrar festa junina que adora santos e etc, eu prefiro que eles venham para um evento caipira na igreja, que não adora a santos, nem toca musicas mundanas, mas musicas regionais que adoram a Deus. Que comam as comidas típicas BRASILEIRAS (não do diabo ou mundanas) e que adorem a Deus durante esse evento. Como foi dito na matéria, a festa de Purim foi anunciada e confirmada por um Deus da Persia ( o rei) e o povo judeu celebrou esse dia como livramento. Quando fazemos o que chamamos aqui de Rede Caipira, muitas vidas vem pensando em estar participando de algo mundano e descobrem que Jesus é louvado e que as musicas e pessoas estão falando de um Deus vivo que liberta e ama você como você é. Muitas familias são alcançadas durante esses eventos e hoje estão firmes na igreja, adorando e conhecendo mais esse Deus maravilhoso que chama a sua igreja da multiforme graça de Deus. Então, entendo e respeito sua posição, mas vamos deixar Deus julgar cada direção em cada igreja não dizendo que é ou não é do diabo e sim que o proprio texto acima diz: Ser agrádavel a todos, não buscando o próprio interesse, para que muitos SEJAM SALVOS! Esse é o alvo principal do que fazemos aqui, ser como Grego para o grego, ser como Judeu para o Judeu e assim em diante, para que pela graça de Deus muitos sejam salvos. Te amo e te respeito meu irmão em Cristo Jesus.

  3. André disse:

    MOMENTOS DE SABEDORIA…

    Carlos Roberto disse :

    “”Portanto, evoluir, não é sinônimo de distorcer ou de aventurar pela vida, evoluir é crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo, até que cheguemos a vão perfeito…””

    …………? ? ? ? ? ? ………….

    …HÁHÁHÁHÁHÁ…é cada uma…hehe…

  4. André disse:

    Pastor Vítor, o senhor foi muito feliz em suas colocações…

    E aí Carlão…TOMOU ?

  5. Carlos Roberto disse:

    Pastor Vitor Pinheiro,

    Admira-me muito que um Pastor – Hic!!! – tenha a coragem de fazer tais afirmações. Eu sei, é a velha história, “O MUNDO CRIA, VEM O CRENTE BURRO E COPIA” na maior cara de pau. Não me surpreende, pois por falta absoluta de compromisso como as Escrituras, tem Pastor fazendo das tripas coração para manter u seu rebanho de BODES. Ai vale até uma festinha junina como desculpa, só para não perder a boquinha. É a pobreza espiritual associada ao oportunismo barato e à esperteza de muitos, que por não conseguirem motivar os crentinos com mensagens transformadoras, muito menos com testemunhos de vida que possam dar credibilidade naquilo que pregam, precisem recorrer a festinhas mundanas para equilibrar as coisas e não colocar seu emprego em risco.

    Conheço muito bem esta história, sei discernir entre a minha mão direita e a esquerda sem precisar de ajuda… É lamentável ver que pessoas transvestidas de Pastores queiram justificar seus fracassos espirituais e doutrinários com festinhas copiadas dos modelos do inferno. É a miserabilidade da religião e do cristianismo a serviço do inferno, por não conseguirem assimilar o que diz Paulo: “Fugi da APARÊNCIA DO MAL”. Da aparência, meu irmão…

    Outro texto interessante é escrito pelo Salmista: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha. Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos. Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá” – Salmos 1:1 a 6. Este aqui foi literalmente abandonado pelas lideranças modernas, o negócio é fazer negócio com o inimigo, adotar as suas práticas, andar de mãos dadas com ele sem constrangimento.

    Esta história de “FESTA JUNINA” na igreja é conversa para boi dormir, como não sou boi… A criatividade de nossa gente está no fundo do poço, a inteligência espiritual vai ladeira abaixo, empurrada pelo mundanismo e pela libertinagem religiosa, que alguns tratam de liberdade. Pena que eles não percebam que com esta tal liberdade, eles estão se escravizando ainda mais, sendo subservientes ao inimigo cedendo amigavelmente aos seus caprichos.

    As nossa igrejas transformaram-se em verdadeiros “CLUBES”, desta forma elas precisam de criar formas e atividades que possam manter os sócios plugados, assim vale copiar tudo que o mundo cria, sem mudar nada, pois se mudar o bicho pega. Eu só lamento que “PASTORES” não se interessem em ler, pelo menos uma vez, o livro de Gálatas, para conhecerem a opinião de Paulo sobre esta religiosidade moderna, onde há formas, mas nenhum conteúdo que dignifique o Reino de Deus. A “NOIVA DO CORDEIRO”, cortejada pelo mundo, acabou sucumbindo aos encantos do Diabo, ela não conseguiu se impor como responsável pela implantação de um sistema de vida que implicasse em mudança de comportamento tanto ético, moral como espiritual, ela simplesmente entregou os pontos…

    È por estas e outras razões que estão brotando igrejas como brotam tiriricas nos pastos, em cada esquina há uma feira livre da fé oferecendo produtos pirateados, falsificados, mas com rotulo de evangélico. Uma vergonha…

    “O meu povo foi destruído parque lhe faltou conhecimento. Porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim…” – Oséias 4:6.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  6. Lady Kate disse:

    Para mim não tem nada de mal, vou fazer uma festa caipira em minha casa para comemorar um aniversário! Apenas usamos as comidas típicas e nos vestimos de caipiras, tudo com as bênçaos de DEUS!
    Que mal há nisso? O nosso país nasceu da cultura caipira, do Jeca Tatu, e quem nunca ouviu falar, se não até assistiu os filmes do Mazzaroppi! Os meus avós eram caipiras, e eu sempre os respeitei!
    Eu acho que NEGAR nossas origens, TAMBÉM é PECADO!

    NB:
    Eu não iria a uma festa caipira consagrada a algum santo!

  7. Renato Paúra disse:

    Eu não participo desta festa por, pelo menos, três motivos.
    1º. Quando eu estava no mundo eu participava; agora, sendo nova criatura me acho no direito de não mais fazer parte desta festa (1Co 10.23).
    2º. Pelo que eu sei, essa festa é uma adoração ao fogo e aos “santos” pagãos. E a Bíblia diz que eu não devo adorar ídolos (1Jo 5.21).
    3º. Se essa festa é para ídolos, então as comidas típicas são oferecidas a esses ídolos. E, a Bíblia fala que eu não devo me assentar à mesa dos demônios (1Co 10.20).
    A reportagem se vale do texto de 1Coríntios 10.23 para dizer que cada um tem a liberdade de fazer o que sua consciência mandar. Isso é interpretar versículo isolado, o que é um grave erro para se criar heresias. O texto e o contexto tem que ser lido. E se nós observarmos no início do capítulo 10 de 1Coríntios, Paulo nos alerta para o que aconteceu com o povo de Israel quando estava no deserto. O povo foi liberto passando pelo meio do mar (10.1,2), comeu do maná e bebeu da água de Deus (10.3,4); porém, Deus não se agradou deles porque foram idólatras (10.7), fornicadores (10.8), tentaram a Deus – que é uma forma de saber o que é errado e, mesmo assim, persistir em errar (10.9), e, foram murmuradores (10.10). E o apóstolo Paulo faz este relatório para nos alertar a não fazermos iguais a eles e termos o mesmo fim que eles tiveram (10.6,11).
    No versículo 19 Paulo faz duas perguntas: “Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa?”. Logo em seguida, Paulo dá a resposta que deve ter surpreendido os irmãos de Corinto (10.20). Paulo deixa bem claro que o problema não está no ídolo (imagem de escultura), mas o que está por traz do ídolo – que são demônios.
    Precisamos ter muito cuidado na hora de avaliar os versículos isolados para não deixarmos levar por vento de doutrinas.

  8. Guto disse:

    Creio que crentes não deve participar porque tais festas são do mundo e não edificam, essa festa remete às imgens de santos do catolicismo, inclusive em certos lugares chama-se festa de sao joão e tambem há consumo de bebidas alcoolicas nesses eventos. Se não edificam, crentes não devem participar.

  9. Vera Lúcia Cardoso disse:

    Concordo com o Carlos Roberto, hoje tudo é permtido…
    E o crente(ou que se diz crente), ainda usa a Palavra de Deus para justificar sua participação nas festas pagães.
    O carnaval(trio eletrico de Jesus), festa de Natal (a arvore de Jesus), as festas juninas(os caipiras de Jesus).
    Deixem de ser cara-de-pau, se posicionem, saiam do murro…
    Dizem: estamos em todos os lugares para levarmos a Palavra de Deus. Mentira… estão lá para participar, se divertir e ainda dizem com a maior hipocrisia: Tudo me é licito quando é pra falar de Jesus.
    Outra vez, mentira. A motivação é outra. Adoram estar em lugares mundandos, depois veem criticar os incredulos. E mais, os principios da Biblia são inegociáveis.
    Nesse tempo de festas juninas,vão subir as falevas e evangelizar, vão aos presidios, vão aos hospitais,vão às praças proclamar a Palavra de Deus…
    Sr. CARLOS ROBERTO, realmente o Salmo 1. diz tudo: Bem aventurado o que não se assenta na roda dos escarnecedores.
    É por essas e outras que a palavra do crente não tem mais nenhum valor no meio do povo que precisa ser salvo por Jesus.
    Somos pessímo exemplo. Não somos mais diferencial prá nada, nos juntamos a massa levedada.
    Onde há um escândalo, ali tem um crente. Seja na politica, seja nas contas públicas, seja na Igreja, seja na familia. seja na vida empresarial, seja na vida de empregados…
    Ora minha gente, está na hora de deixarmos de ser fariseus hipocritas.
    Podemos nos divertir sim. Não é pecado. Estamos no mundo, mas não somos do mundo.
    Existem coisas maravilhoas de se fazer, curtir as maravilhas que o Senhor Jesus criou para que o homem fosse feliz. Não somos alienados não…
    Somos um povo inteligente, trabalhador, ligados nos acontecimentos do mundo. Ocupamos lugares de importancia na sociedade, no mundo.
    Mas Deus permite isso para que sejamos um diferencial, um exemplo, para ganharmos almas prá Jesus.

  10. LEANDRO SALES disse:

    Como sempre seu Carlos Alberto com seus comentários maravilhosos nunca vi tanta cara de pau para falar do evangélico, mais em partes concordo com ele, a idolatria e um pecado e pecados nos afasta de deus e João o cara mais festejado nessa época era talvez o cara mais diferente e muito serio da bíblia tinha uma dieta tolamente diferente das iguarias que se comem na festa dele e ele chamava o povo da época era bem parecido com as pessoas que praticam esses festejos que hoje podemos dizer que são os católicos e os evangélicos ou qual quer pessoal que com pactuam com essas festas RAÇA DE VÍBORAS VÃO SE CONVERTE E SE BATIZA EM NOME DE JESUS. PAZ DO SENHOR!!!!!!

  11. Maria Candida Alves disse:

    A questão não é o que se come nessas festas, porque Paulo diz que quem come carne não critique o que não come; e quem come legumes não critique o que não come (Rm.14). O que interessa é que os alimentos não estejam consagrados a ídolos, conforme Atos 15:20 e 28-29; 1Co.8:4-13 e 1Co.10:23-31. Portanto o que crente não deve participar das festas dos ídolos nem das festas dos espíritos. Aqui em Santos, por exemplo, temos uma quermese beneficente que não está ligada à nenhuma entidade religiosa, a da Associação Gota de Leite, que dá assistência à crianças carentes. Inclusive a quermese lá iniciou em 30 de abril e vai até 4 de julho.

  12. ROBSON disse:

    CONCORDO PLENAMENTE COM O Pr.VITOR PINHEIRO, TEMOS QUE SER INTELIGENTES NAO PODEMOS PERDER A OPORTUNIDADE DE GANHAR ALMAS,NAO VEJO NADA DE MAIS EM USAR A ESTRATEGIA DE FAZER UM EVENTO COM COMIDAS TIPICAS, DESDE QUE SEJA VOLTADO PARA HONRA E GLORIA DO SENHOR JESUS.

  13. Missionária Delair disse:

    Também não participo exatamente por esta festa se configurar historicamete no Brasil como festa de São João.

    Nas escolas, tentam mudar o nome para “festa country”, numa tentativa se respeitar o evangélico, mas as músicas tocadas continuam as mesmas, dedicadas aos santos católicos, a exemplo: “… são joão, são joão, acende a fogueira do meu coração” e etc.

    Concordo com os irmãos Renato Paúra e Guto em suas opiniões.

    A Paz!!!

  14. Carlos Roberto disse:

    E AGORA?

    Parece até que o Profeta Ezequiel estava antevendo o que aconteceria no século XXI com os cristãos, ele acertou em cheio ao fazer as declarações que fez a milhares de anos atrás. O texto que se segue eu, numa conversa reservada, pedi permissão ao meu amigo Ezequiel para publicá-lo na íntegra, quem sabe assim os críticos não me recriminem, afinal são palavras “PROFÉTICAS” de alguém digno de confiança. Escolhi esta camarada porreta, pois ele pensa exatamente como eu, assim depois de trocar umas idéias com ele, obtive a permissão para registrar os seus pensamentos.

    Por favor, leia o texto observando os destaques… Eles são elucidadantes!!!

    “Conspiração dos seus Profetas há no meio dela, como um leão que ruge, que arrebata a presa; Eles devoram as almas; Tomam TESOUROS e coisas PRECIOSAS, multiplicam as suas viúvas no meio dela. Os seus SACERDOTES violentam a minha lei, e PROFANAM as minhas coisas santas; Não fazem diferença entre o SANTO e o PROFANO, nem discernem o IMPURO do PURO; E de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles. Os seus príncipes no meio dela são como LOBOS que arrebatam a presa, para derramarem sangue, para destruírem as almas, para seguirem a AVAREZA. E os seus Profetas têm feito para eles cobertura com argamassa não temperada, profetizando VAIDADE, ADIVINHANDO-LHES MENTIRA, dizendo: Assim diz o Senhor DEUS; Sem que o SENHOR tivesse falado. Ao povo da terra OPRIMEM GRAVEMENTE, e andam ROUBANDO, e fazendo violência ao pobre e necessitado, e ao estrangeiro OPRIMEM SEM RAZÃO. E busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro, e estivesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; Porém a NINGUÉM ACHEI. Por isso eu derramei sobre eles a minha indignação; Com o fogo do meu furor os consumirei; Fiz que o seu caminho recaísse sobre a sua cabeça, diz o Senhor DEUS” – Ezequiel 22:25 a 31.

    Agora eu quero ver onde estão os Pastores de plantão, onde andam os críticos, será que terão coragem de atacar o Profeta? Será que o profeta se equivocou ao registrar um texto atual e tão verdadeiro? Quero ver agora a posição destes Obreiros, Pastores e evangelistas que me chamam de “sabichão”, de “Velho Gagá”, “Desocupado”… Será que vão descer o pau no pobre Ezequiel, mesmo tendo ele vivido lá no passado… Ele não tem culpa da mediocridade religiosa de nosso tempo, o que ele fez inteligentemente foi alertar para o que aconteceria, e de fato ele acertou na mosca, os que se dizem “PROFETAS DE DEUS” estão pouco se lixando para o que dizem as Escrituras, estão todos buscando maios de salvarem as suas peles e os seus negócios, ou melhor, seus empregos, seus impérios e suas mordomias. Assim, uma “FESTINHA JUNINA” a mais uma a menos, não faz diferença.

    Fico imaginando Paulo, diante do Rei Agripa, pedindo o Coliseu de Roma emprestado para fazer uma “FESTINHA LEONINA” para os irmãos de fé. Olha Majestade, sabe como é, vocês colocam os cristãos nos nas arenas, soltam os leões e se divertem. Nós, como “CIDADÃOS ROMANOS”, nos achamos no direito de nos divertirmos da mesma forma, por isto vamos levar uns rebeldes lá para o Coliseu, vamos soltar nossos leões de estimação e vamos ter o nosso momento de entretenimento espiritual. Coisa de cristãos, sabe como é!!! Somos humanos e merecemos um divertimentozinho para sair da rotina maçante de termos que ir ao templo prestar culto semanalmente.

    A coisa é mais ou menos por ai, vamos fazer o que o mundão faz, só que dentro de nossas igrejas. Vivemos um tempo de profanação, a palavra de ordem é corromper para conquistar, para não perder. Desta maneira, vale inclusive associar ao inimigo para justificar formulas de crescimento de igreja. A mistura entre o “PURO” e o “IMPURO” é evidente, ela está por toda a parte e em todos os negócios. O tal “MOVIMENTO GOSPEL” é usado livremente para esconder todo o tipo de coisas que agridem o cristianismo e violam os princípios estabelecidos nas Escrituras. Há uma guerra declarada, não contra o mundo, mas contra a igreja, pois ela, na sua concepção original neo-testamentária é uma ameaça velada para interesses, pretensões e sonhos de muita gente. Gente que detém o poder, os direitos denominacionais e são donos de EMPREJAS S/A no Brasil e no mundo.

    Há uma debandada geral, Bispos, Pastores, Missionários, Apóstolos todos optaram por andarem na contramão do que determinam as Escrituras, cada um puxando sardinha para o seu prato, ou melhor, “CAVIAR”, cada um com um interesse maior do que o concorrente. Foi antevendo isto que Ezequiel alertou sobre quem seriam os “SACERDOTES” modernos e o que eles fariam para destruir o cristianismo. E o que vemos? As coisas estão acontecendo exatamente como ele profetizou, a destruição do cristianismo é latente, a fé transformo-se em um negócio de rentabilidade altíssima para os exploradores da confiança de nossa gente. Tudo em nome de Deus, claro, senão o povo não comparece… Por incompetência, por preguiça e por interesse, os líderes hoje só pregam aquilo que lhes interessa, em alguns segmentos é proibido falar em salvação e vida eterna, o negócio deles é prosperidade, lógico, se os crentes prosperarem eles serão os primeiros a serem beneficiados sem fazer nenhum esforço, sem gastar nenhum energia.

    Como eu disse, quero ver quem vai ser o primeiro a jogar pedras no meu amigo Ezequiel, afinal, foi ele que me autorizou publicar o texto escrito por suas mãos… Então…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  15. Luis disse:

    A era do… “Não tem nada haver” !!!!

    Me desculpe o sr Carlos Roberto e outros que concordam com ele !

    Amar a prostituta não significa “ser prostituto”;

    Amar o drogado não significa “se drogar”;

    Amar os católicos não significa “participar da imundíce que fazem”;

    Sei que “tudo pertence ao Senhor”, mas ficar misturando as coisas sinceramente não dá !

    Não digo isso por “usos e costumes”, mas EU PESSOALMENTE não conseguiria estar no meio de uma festa pagã e voltada aos ídolos !

    Abraços

    Nota: meus pais são católicos, amos eles, e acho que existem milhares de católicos que são cristãos autênticos e muito melhores que muitos crentes, mas mesmo assim não aceito isso, ASSIM COMO NAO ACEITO MUITAS COISAS NO MEIO EVANGÉLICO !

  16. Leniéverson Azeredo Gomes disse:

    Nossa, quanta bobagem eu li aqui.Imagem só, uma criança, no caso, meu filho ou minha filha, ver os coleguinhas dançando e elas não poderem, simplesmente pq seus pais, em nome de um radicalismo religioso, não querem.Gente temos que abrir a mente que, indepentemente de ser uma festa de culto ao santo ou não, essas festas, onde as pessoas dançam com uma outra, propicia a socialização e permite fazer um bom exercício físico.Talvez estejam se perguntando, que é Ele para estar falando assim?Sim, eu sou católico, e como tal, proibimos ou orientamos nossas crianças e jovens para participar do famoso dia das bruxas que acontece dia 31 de outubro, por não condizer com o cristianismo, mas as festas juninas são diferentes, são alegres divertidas, não vão me dizer que, ao passar por uma festa junina, vcs ficam se torturando para não mexer os pezinhos um pouquinho?Ou será que ficam falando assim: “Misericórdia! Que idolatria!!Sangue de Jeses, tem poder!”E, além do mais, santos não são radiotivos, não mordem ninguém, como vcs mesmos dizem, são mortos, vcs já viram um morto fazer mal á alguém?Deixem seus filhos participarem, eles não são do mundo, mas estão no mundo, eles tem de se decidir querem ou não e não vcs.

  17. André disse:

    Lady, você não disse que ia dar um tempo…hehe…

  18. André disse:

    Me entenda bem…não que que eu seja contra a sua presença…hehe…

  19. Lady Kate disse:

    André,
    Sei que vc já estava com saudades de mim, mas só apareci pela coincidência de eu estar programando uma festa de aniversário. Ao invés de bolo, salgadinhos, brigadeiros, língua de sogra, chapeuzinho, etc, etc. Vou fazer bolo de fubá, nega maluca, cangica, bolo salgado, cachorro quente, suco de uva com maçã, (para substituir o quentão), café, também, pois é tempo de frio. Os docinhos que as crianças gostam tanto, serão passoca, queijadinha, pé de moleque, maria-mole, amendoim doce e salgado… Não terá bebidas alcoólicas, só refrigerantes! Talvez as crianças se vistam de caipira, não sei, depende dos pais. Eu vou me vestir normalmente!
    Só tem uma coisa que não gosto – querem jogar bingo depois! Na verdade, isso é idéia de um irmão meu! Esse “jogo”, mesmo sendo entre família, é o meu “grilo”, digamos assim!
    E daí, o que acha, gostaria MUITO de saber a sua opinião, e de quem quiser opinar…Desde já, agradeço.
    Abraço à todos

  20. Maria José Nóbrega disse:

    A Paz do Senhor!

    Li todos os comentários, refleti e analizei alguns; não é fácil expor uma opinião, pórem Jesus não nos chamou para agradar ninguém e sim para pregar o evangelho gênuino e vivê-lo, amor a toda criatura não é partcipar com essas pessoas do que não agrada a Deus, e justamente por amá-los é que não devemos compartilhar para que eles não conheça a verdade e aceite deixando tudo que não agrada a Deus.

    OBS: Cultura e Informação não é Idolátia,nós os evangélicos não devemos confudir isto.Sou educadora falo sobre as culturas das nações e mostro a verdade a luz da Bíblia sempre que tenho oportunidade sem descriminação, pois é a palavra que liberta e não eu, o meu dever é apenas pregar o evangelho de Cristo e orar por aqueles que derem ouvidos para que o Espírito Santo os convença.

    Nóbrega

  21. Vera Lúcia Cardoso disse:

    Então vamos evoluir… vamos ser liberais, vamos em nome da EVANGELIZAÇÃO, frequentar todos os lugares, sem distinção.
    Se FESTA JUNINA pode!!!Carnaval pode, Bares pode, todas as festas pagãs pode também…
    Afinal de contas, estamos lá prá levar a Palavra de Deus…

    Nos preocupamos com a Rapoza e nos esquecemos das rapozinhas, cuidado minha gente…
    Os usos e costumes, as tradições nós respeitamos, mas os principios de Deus são inegociáveis.

  22. Georges disse:

    Festa junina é festa pra santo, e ponto final.
    Papo furado esse de que pode tudo.
    É por isso que a igreja tá do jeito que tá.

  23. theo felix disse:

    O que causa espanto, é que o “evangelho” das facilidades,onde mais parece um “supermercado religioso”, quer vender todo lixo do paganismo, e há gente que quer comprar, se asim é, cada que compre e coma a lavagem que quiser e ponto final. Os verdadeiros seguidores do MESTRE JESUS CRISTO O SENHOR, devem ficar e descansar no seu puro, único e santo EVANGELHO.

  24. Carlos Roberto disse:

    NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE MUNDO

    “ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E NÃO VOS CONFORMEIS com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” – Romanos 12: 1 e 2.

    Mas o que significa conformar? Segundo o Aurélio, ter a mesma forma que outro, similar, moldar-se de acordo com a mente e caráter de alguém. O Apóstolo Paulo está pedindo, por compaixão, que nós, como cristãos não nos entreguemos ás coisas deste mundo nem adotemos o seu modo de comportar e de viver. Ou seja, devemos ter e ser uma vida completamente diferente do mundo. Foi o que Jesus disse: “Vós sois o sal da terra”, “Vós sois a luz do mundo”.

    “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Mateus 5:16. Como resplandecer se nos ofuscamos a nós mesmos com as coisas deste mundo? Como brilhar se nos enveredamos pelos caminhos escuros dos prazeres deste mundo? Entristece-me ver aqui pessoas defendendo a participação de cristãos nos banquetes do mundo com a maior naturalidade, sem levar em conta que a nossa vida foi comprada pelo sangue precioso de Jesus no calvário.

    Mas o que são obras do mundo? Veja o texto: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus” – Gálatas 5:19 a 21.

    A Bíblia diz que quem vive nestas coisas e em semelhantes a estas não herdarão o Reino de Deus. Por isto não podemos nos conformar com este mundo. Dia mais: “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus” – I Coríntios 6:10 a 12.

    “E é o que alguns têm sido, mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm: todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. Alimpai-vos pois do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós” – I Coríntios 5:7 a 11.

    “Pelo que façamos festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade. Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.

    O que devemos fazer? Primeiro apresentar os nossos corpos como sacrifício, depois não nos conformar com a situação, em seguida TRANSFORMAR PELA RENOVAÇÃO DO NOSSO ENTENDIMENTO. Quer dizer que devemos ter o controle da nossa carne, dos nossos desejos, dos nossos pensamentos. Tem haver com renúncia do nosso eu, assim, pois, qualquer de vós que não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências” – Gálatas 5:24 e 25.

    Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele” – I João 2:15 a 17. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

    “Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. Mortificai pois os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; Nas quais também em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas. Mas agora despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos. E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos. Revesti-vos pois, como eleitos de Deus, santos, e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade” – Colossenses 3:1 a 12.

    “PORTANTO nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta: Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz, desprezando a afronta e assentou-se à destra do trono de Deus” – Hebreus 12:1 e 2

    “Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância; Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto escrito está: Sede santos, porque eu sou santo” – I Pedro 1:14 a 16.

    “Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo” – I Pedro 2:1 e 2.

    Transformar pela renovação do entendimento é entender quem somos em Cristo. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” – II Coríntios 5:17.

    “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Vós que, em outro tempo, não éreis povo, mas, agora, SOIS POVO DE DEUS; Que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia” – I Pedro. 2:9 e 10

    “Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo” – I João 3:1.

    “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” – I Coríntios 6:19.

    “Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos SANTOS e IRREPREENSÍVEIS diante dele em caridade” – Efésios 1:4.

    Espero que os textos possam ajudar a entender o significado da vida cristã comprometida como os valores eternos.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  25. André disse:

    Lady, eu que vim de uma vida totalmente mundana, não me identifico, com esse tipo de festividade, mas acho interessante a idéia, de se tirar o religioso, que a tudo estraga, e de se fazer algo típico, igual como os políticos evangelicos que querem trocar o dia 12 de outubro da Aparecida, para que seja apenas o dia das crianças…

  26. Gumetal disse:

    Bom,nao concordo com festas juninas,nem juninas nem de coisa alguma,referente a festas desse mundo,convenhamos nao sejamos tão bobos,todos principios da fé,e do evangelho estao na biblia,ESSAS FESTAS SAO DE ORIGENS,MALIGNAS E MUITAS VEZES PAGÃS,isso nao faz parte e nunca fara do evangelho de cristo,que isso fique bem claro,antes de me apedrejarem,NAO CONCORDO MUITO MENOS NA IGREJA,E MUITO MENOS NA VIDA DE UM CRISTÃO,A IGREJA E LUGAR DE ORAÇÃO E CHAMADA CASA DE ORAÇÃO,LUGAR DE SE CURAR OS ENFERMOS,DE ADORAÇÃO,DE CULTO COMPROMETIDO PROFUNDAMENTE COM JESUS,EM MISTÉRIO,HOJE E TUDO DENTRO DAS IGREJAS É BALADAS,SOM ALTO,E FESTAS VINDAS DO MUNDO,CEGAMENTE INSPIRADAS,ONDE,A IGREJA NAO SE SANTIFICA,NAO JEJUA,NAO ORA,OS JOVENS LEVAM UMA VIDA SUJA DE PECADO,E LIBERTINAGEM,HOJE O EVANGELHO E MUITO OBA,OBA,E ZERO DE COMPROMISSO COM JESUS,ESSAS EPOCAS VAZIAS E FRIAS DO MUNDO,OS VERDADEIROS CRISTÃOS DEVEM ESTAR EM ALERTA,ORANDO JEJUANDO,BUSCANDO A DEUS,SE REUNAM COM ALEGRIA PARA CELEBRAR A CRISTO COM LOUVOR E GLÓRIA.

  27. Lady Kate disse:

    Olha pessoal, se nós analisarmos, todas as nossas heranças são pagâs. O mundo era pagão, até que Deus chamou Abrahão para a terra prometida. Mas, até Moysés, o paganismo imperava, pois somente os descendentes de Abrahão adoravam a Deus, mas viviam no Egito misturados e influenciados pelas tradições pagãs.
    Uma festa de aniversário, por si só, é uma tradição pagã! Então não devemos comemorar aniversários!?!
    Nos dias de hoje, com tanta tecnologia, celular, computador, microondas e transmissões que transportam a imagem da pessoa, tipo aquelas do seriado enterprise! E nós vemos e CONSUMISMO tudo com muita naturalidade!
    Mas, se tudo isto existisse nos tempos bíblicos, e o apóstolo Paulo nos tivesse alertado para fugirmos dessas MODERNIDADES – O QUE FARÍAMOS? Como não tem nada SOBRE, então temos celular, computador, e o diabo a quatro! Parece aquela brincadeira: “Se tá no contrato, não pode – se não tá, PODE?
    Eu sei que devemos nos afastar da aparência do mal, mas se meus olhos forem BONS, eles podem, MUITO BEM, não estarem vendo o MAL, que alguns de vocês estão enxergando!

  28. Gumetal disse:

    POR QUE IMITAM TANTO AS COISAS DESSE MUNDO,E AS TRAZEM PARA AS IGREJAS,E E EVANGELHOS,ME LEMBRO DE TER IDO QUANDO EU AINDA ERA ADOLESCENTE NUMA PALESTRA DE UM PASTOR TINHA CERCA DE 200 JOVENS,ELE FOI FALANDO,E FALANDO,E SEMPRE COM A REFERÊNCIA BIBLIA,NO FINAL SO TINHA 18 JOVENS,O RESTO FOI EMBORA,POR NAO ACEITAR A PALAVRA DE DEUS,TO CITANDO OS JOVENS COMO REFERENCIA,POIS A BIBLIA DIZ QUE SOIS FORTES,O QUE ESSAS FESTAS TEM HAVER COM O EVANGELHO,FESTAS DE ORIGEM PAGÃS E SUJAS COMO A FESTA JUNINA,REFERENTE A IDOLOS DEMONIOS DE EPOCA,FESTAS JUNINAS,CARNAVAL,FESTA DISSO,FESTA DAQUILO,O Q ISSO TEM HAVER COM O EVANGELHO??SE COMEMORAMOS,DE UMA FORMA DIFERENTE,SOMOS TAO HIPOCRITAS COMO AQUELES QUE COMEMORAM E SE AUTO DESTROEM E SE SUJAM,nao se SERVE DOIS SENHORES,OU SOMOS DO CAPETA,OU SOMOS DE JESUS,POIS CASO CONTRARIO ESTAMOS MENTINDO PRA NOS MESMOS,POIS NUNCA FOMOS CRISTÃOS OU NADA,ESSAS FESTAS NAO FAZEM PARTE E NAO SAO NADA DO EVANGELHO E NEM DEVE SER LEMBRADA NEM SEQUER NO PENSAMENTO DE UMA PESSOA VERDADEIRAMENTE CRISTÃ.

  29. Lady Kate disse:

    André,
    Obrigada, pela sua resposta! Valeu muito para mim!
    Deus te abençoe, meu amigo.

  30. passeata disse:

    Pois teve uma irmã da minha igreja, que ensinou uma vez, antigamente, sacrificava as cranças para o deus Moloque. Pois este sacrifício se inverteu em dançar para o deus Moloque.
    Como as festa Juninas são pagãs igual ao natal, pois comemora o dia de São João Batista.
    A Igreja Católica nesta época, organiza as Festas Juninas para um devoto de um ídolo. Pois eu concordo que as Festas juninas para nós, deve ser comemorada não para um deus estranho, mas sim para o senhor Jesus. Aqui em Itapeva, a IEQ está realizando uma festa da fogueira santa, mas não mencionando um desu estranho.

  31. Carlos Roberto disse:

    Lady Kate,

    O que você diz então desta idéia do Salmista?

    “Não sejam envergonhados por minha causa aqueles que esperam em ti, ó Senhor, DEUS dos Exércitos; não sejam confundidos por minha causa aqueles que te buscam, ó Deus de Israel” – Salmos 69:6.

    Será que ele já estava gagá ao afirmar isto? Ou quem sabem ele queria fazer média com o povão? Ou seria o “faça o que eu mando, mas não façam o que eu faço”? O que ele queria dizer ao fazer uma afirmação tão contundente?

    Infelizmente textos como este são desprezados pela maioria absoluta dos crentes hoje, o que tem de gente envergonhada pelas atitudes dos irmãozinhos é algo cabeludo, coisa de doido. É conta sem pagar, é crente freqüentando ambientes inconvenientes, é crente dando calote, corrompendo e sendo corrompido, é crente escondendo dinheiro nas cuecas, nas meias e nas BÍBLIAS. A coisa está brava, tem até Bispo brigando com Bispo, Pastor com Pastor, tem gente depositando dinheiro em paraísos fiscais, tem Bispo respondendo a processos… A coisa caducou de vez, é vergonha atrás de vergonha… E aí? Eu, por exemplo, me sinto envergonhado com o seu pseudônimo, ele trata de um personagem com comportamento reprovável no meio artístico. Não creio que fique bem para uma pessoa adotá-lo como referência… Eu prefiro que as pessoas usem o nome do RG, até por questões éticas, não estaria cometendo uma mentirinha santa, se é que podemos falar assim…

    Mas só coloquei estas questões como reflexão, sem pressão…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  32. ed disse:

    Carlos Roberto voce se acha um santo,deveria ser nomeado pelo papa.rsrsrsrsrs

  33. Thiago boaventura disse:

    Em brasilia a Comunidade Cristã MInistério da Fé, liderada pelo Pastor Fadi Faraj, celebra a Festa Jenuina, onde celebramos ao Rei dos Reis, Senhor Jesus, onde também tem apresentação da unica quadrilha gospel do pais.
    Participando de torneios e como forma de evangelismo levando a palavra de Deus aonde todos celebram São João.

    God Bless You

  34. SARA disse:

    Na minha opinião, participar deste tipo d festa não convém ao cristão, tudo é lícito mais nem tudo nos convém!SAbemos q esse tipo d festa é de comemoração para “santos”, por isso não devemos nos misturar.

  35. Tancredo Campos disse:

    Se o Carlos Roberto é santo ou não. Problema é dele com Deus. Tenho acompanhando o que ele vem escrevendo ao longo das mensagens. Ele tem a mais pura razão. Concordo com ele, em tudo que escreveu…

  36. danica pm disse:

    Eu axo que não tem nada d+em fazer uma festa caipira.que diferença faz de comer pé de moleque no lugar do brigadeiro.Na minha igreja tem todo ano Arraial dos Santos!que somos nós!É uma benção!Muitas pessoas vão e assim ganhamos muitas pessoas pra Jesus.tudo lá é pra louvar o nome de Jesus!

  37. Anderson disse:

    Não vej problema algum até por que a caráter das festas juninas são familiarese de respeito, o problemas são as pessoas que transformam tudo que é bem e agraável em coisas ruins!!!

  38. Jorge melo disse:

    “E, como foi nos dias de Nóe,assim será tambem a vinda do FILHO DO HOMEM,porquanto assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiamcasavam e davam-se em casamentos, até ao dia em que Nóe entrou na Arca”
    E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho Homem, por isso estais vós apercebidos também, porque o Filho do Homen há de vir a hora em que não penseis” Mat.cp.24 vers.37,38,30,44.

    Amados irmãos cuidado, não podemos perder as festas das Bodas do Cordeiro. apoc.19.7

    Lady Kate,soménte em vc. falar em pé de moleque, queijadinha,canjica,bolo de fubá,maria-mole, me deu água na boca, pena que a distancia entre a minha e sua cidade , me impede de estar aí presente, para saborear estas delícias que DEUS criou na terra, e o ser humano com sua criatividade faz os ingredientes para estas iguariais.

    EM CRISTO, salmo 133

    Recife – Pe.

  39. Hugo Paiva disse:

    Olá meu irmão Carlos Roberto,
    gostaria de saber em que local que vc congrega, se for em São Paulo zona leste onde moro melhor ainda, se não quando Deus preparar irei fazer uma visita, gosto dos seus comentários, são muito pertinentes ao povo de Deus quem dera que a maioria dos pastores falassem sobre salvação e não agrado para segurar crentes, fique na graça e paz de Jesus,
    Hugo Paiva,
    o menor na casa do Senhor.
    AD Madureira São Paulo zona leste São Mateus
    Email: hugod.paiva@hotmail.com

  40. Lady Kate disse:

    Jorge Melo,

    Não seja por isso, eu lhe mando um convite e vc vem montado num jegue! Vai arrepiar na festa, vai estar mais a caráter do que todos! rsrsrsr.
    Abração, e continue nessa fé, amigo.

  41. Lady Kate disse:

    Carlos Roberto,

    Não se envergonhe de mim… Eu escolhi esse nome porque sabia que poderia causar todo esse “Ò!”
    Não sei se sou muito ingênua, ou inocente, mas não me identifico com a personagem Lady Kate, acho que tenho mais “gramour” do que ela, rsrsrs. E não morro de amores por nenhum “senador”, nem sou amiga do “Salsichão!” Acho que estou bem na fita!
    Agora, você, com todo esse discurso puritano, com todas as críticas que faz, chamando as pessoas de “asno”, cangaceiro, diabo, etc, deve se policiar o dia inteiro! Tem que andar na linha, não pode escorregar nem para a direita, nem para a esquerda – para manter-se fiel a si mesmo e aos seus princípios! QUE DUREZA, HEIN?
    Ainda bem que Deus esquadrinha os nossos corações, pois é Ele que nos vai julgar! E eu sei que Ele conhece a natureza do ser que Ele criou! Aliás, aproveito para lhe pedir perdão, se eu o ofendi em outra mensagem>
    Que Deus o abençoe,
    Lady Kate.

  42. danica pm disse:

    Carlos Roberto;
    Não esqueça:Com a mesma severidade que julgas tmbm será julgado!É Deus sabe do coração de cada um!Uma coisa é comentar a outra é ofender!Voçê tem sua opinião otimo!É Deus que vai julgar não vç!Se vç não axa certo não vai mas pra quê criticar!comente não critique!Vem aqui no Arraial dos Santos aqui na minha igreja garanto que vç vai gostar!vai adorar ao nosso criador!vai comer muita comida boa preparadas por servos de Deus e vai sair abençoado!VEM PRA CÁ SÓ!NÓIS VAMU GOSTÁ MUITU!!!!!!!!!!!

  43. André disse:

    Se Jesus vivesse entre nós, digo, na forma humana, como fez antes…tenho certeza que haveria muitos processos contra Ele de charlatanismo, curanderismo…seria chamado de homofobico…haveria muitos “”Carlos Robertos””…hehe…criticando suas “”magicas”” e lhe chamando de endemoniado…Acusações e DENUNCIAS VAZIAS contra Ele…

  44. Carlos Roberto disse:

    ESCRAVOS DO SÉCULO XXI
    OS FARAÓS DA FÉ

    O “CATIVEIRO BABILÔNICO” foi o período em que os Judeus passaram lá na BABILÔNIA por DESOBEDIÊNCIA a Deus no reinado de Nabucodonosor, que foi vencido por Ciro do reino MEDO PERSA. O reinado do rei Zedequias – rei de Judá – terminou quando Nabucodonosor cercou e invadiu Jerusalém, levando os cativos para a BABILÔNIA. O cativeiro durou 70 anos, depois os judeus foram libertados e voltaram para reconstruir Jerusalém. Em síntese, Judá caiu em cativeiro por causa do PECADO DA IDOLATRIA.

    Com a morte do Rei, o conselho se reuniu e decidiu escravizar o povo, oprimi-lo antes que se tornasse muito poderoso. O FARAÓ lançou uma política que limitava a liberdade pessoal dos hebreus, impondo pesados impostos sobre eles, recrutando os homens para trabalhos forçados, sob a supervisão de severos capatazes. Um dos atos mais atrozes foi a tortura das crianças judias. O FARAÓ mandava embuti-las vivas entre as paredes das construções e tomava banho com seu sangue.

    O povo de Israel foi retirado com mão forte da terra do Egito. O Poder de Deus foi notório no Êxodo dos que antes eram ESCRAVOS, humilhados e desprezados pela nação egípcia. Eles foram libertos pelo poder de Deus na vida de Moisés. Entretanto, o povo, em diversas ocasiões, esqueceu-se do propósito de estarem no deserto – QUE É LUGAR DE PROVAÇÃO E MUITAS DIFICULDADES – e murmuraram contra Deus e seu servo Moisés, desejando novamente, retornarem a condição de escravos, humilhados e desprezados.

    Esqueceram-se de que os escravos comiam precariamente as sobras, todos eram subjugados a trabalhos forçados, mulheres, crianças e velhos, com a fabricação de tijolos para as construções de Faraó. O povo de Deus, enquanto na condição de escravos, não tinham respeito, sua alto estima era a mais baixa possível e clamavam ao Senhor por sua libertação. Até que Deus resolveu enviar Moisés para libertá-los. Quando, enfim, o povo estava livre e caminhando para a terra que o Senhor prometera a Abraão, o povo esqueceu-se de toda humilhação que havia passado no Egito e deseja, então, retornar à escravidão.

    Este pequeno relato acima me trás á memória a repetição deste mesmo quadro em pleno século XXI, onde, de forma mais sutil e traiçoeira, o povo está se tornando escravo de religiões, denominações e de líderes corruptos e sanguinários. O EVANGELHOSSAURO praticado nos nossos dias, restabeleceu de forma astuta, os reinados dos FARAÓS MODERNOS, assim tem-se o reinado do Faraó Edir Macedo – UNIVERSAL – IURD; o reinado do Romildo Rodrigues Soares – R.R. SOARES – IIGD; o reinado do Valdemiro Santiago – IMPD; o reinado do Estevan Hernandes – RENASCER; o reinado do Marco Feliciano – MINISTÉRIO TEMPO DE AVIVAMENTO, entre tantos outros, cada um com os seus PALÁCIOS onde o povo, escravizado pela ignorância religiosa, presta serviços não a Deus, mas aos Faraós Modernos. O pior é que os SUDITOS estão satisfeitos com a escravidão, a BABILÔNIA religiosa não lhes mete medo, mesmo que as práticas ali adotadas e cultivadas não tenham nenhuma relação com as leis de Deus. Vivem se alimentando de RITUAIS MACABROS, depositando a fé em reuniões onde predomina a ação direta do Diabo, onde se oferecem amuletos como forma de exaltar a fé e a confiança em Deus, sendo enganados por toda sorte de magia negra, mas como cativos e escravos, estão felizes. De escravos no Egito a escravos em TEMPLOS e CATEDRAIS, das sobras de alimento às sobras de uma religiosidade mesquinha e perversa, que visa levar o homem a conquistar bens neste mundo, mas não o leva a ENTESOURAR e a AJUNTAR verdadeiros tesouros espirituais nos céus.

    O cativeiro só mudou de época, mas as suas práticas e os seus algozes – carrasco, verdugo, pessoa cruel, pessoa cruel, fria, desumana – continuam agindo livremente e fazendo o povo escravo de suas fanfarrices religiosas. A BABILÔNIA é uma realidade insofismável no meio religioso hoje, os FARAÓS também, milhões de escravos estão prestando serviço ao príncipe deste mundo – DIABO – sem se darem conta de que estão sendo passados para trás, que por pura falta de ética e de respeito às leis estabelecidas por Deus por parte de homens inescrupulosos, as suas vidas e os seus futuros com Deus estão em risco eminente. Deus mandou Jesus para quebrar a correntes e libertar os cativos, mas ao que parece tem gente esperando que ele levante novamente Moisés para redimi-los da Babilônia espiritual.

    Infelizmente, às vezes agimos como o povo de Israel, nos esquecemos de como éramos infelizes sendo escravizados pelo inimigo das nossas almas. Éramos humilhados, escravos do pecado e não conseguíamos nos livrar do poder do inimigo, até que o Senhor no libertou através de Nosso Senhor e Salvador Jesus colocando-nos rumo a terra prometida, a fim de herdarmos a cidade santa a Nova Jerusalém, que Jesus preparou para nós. Porém, infelizmente, na caminhada, muitas vezes somos incitados a pecar contra o Senhor e nos lembramos dos temperos – das cebolas – das hortaliças – os pepinos – e da comida – as carnes – que são sobras do inimigo e queremos deixar todas as bênçãos do Senhor, a sua presença, seu alimento cotidiano “o maná”, a nuvem e a coluna de fogo que é a presença e a proteção de Deus em todas as horas. Esquecendo-nos do nosso destino, a terra que mana leite e mel, a cidade santa A NOVA JERUSALÉM.

    Que nós tenhamos em mente de onde o Senhor nos tirou – o que éramos e o que somos – por que ele nos tirou de lá – por que nos libertou – e, valorizemos a presença do Senhor em nossa vida, e nunca nos esquecermos para aonde vamos, para a cidade santa. Assim as lutas do deserto não irão conseguir nos vencer. Lembre-se que o inimigo tentou até o Senhor no deserto. E o Senhor disse: “no mundo tereis aflição, mas tende bom ânimo eu venci o mundo e vós vencereis”.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  45. Carlos Roberto disse:

    O EXEMPLO DO “COSTELA”
    A SARNA – ESPIRITUAL – TEM CURA!

    “COSTELA” apareceu na porta do nosso condomínio há alguns dias. Manco, cauda cortada e infeccionada, quase cego, magro de dar dó, meio pele meio osso, todo sarnento. Com pouco tempo ganhou o carinho do pessoal e, claro, um nome que tinha tudo a ver que aquele trapo mal cheiroso. Acho que não preciso falar que “COSTELA” é um cão, não sei de que raça, se é que ele tem alguma linhagem, mas não deixa de ser um cachorro. No princípio os moradores até ficaram com receio de que ele pudesse incomodar um pouco as pessoas que, com medo de serem atacados, não se aproximariam. Mas, coitado, “COSTELA” estava abatido e tão definhado que mal conseguia abrir a boca para latir… Em pouco tempo transformou-se no centro das atenções na portaria!

    A turma então começou a cuidar dele, deram água, “RESTOS DE COMIDA” e forram alguns “JORNAIS” para que ele pudesse deitar. Isso manteve o bichinho ali na entrada principal. Se manteve lá por um bom tempo com grande parte dos seus problemas, ele já se achava! O rabo cortado, mesmo ferido, não para de se jogar de um lado para o outro. Num belo dia o bicho tentou atravessar a rua num horário de muito movimento. Resultado, quase foi atropelado, coitado. Voltou, todo trêmulo e assustado, deitou no jornal e de olhos arregalados observava tudo ao redor. Na portaria, bem ou mal, ele estava sendo tratado. Se a comida era boa ou ruim não importa, pelo menos ele a tinha todos os dias. Na realidade, o “COSTELA” precisava sim de um BOM VETERINÁRIO, banho, remédios, tosa e boa comida. Além é claro de tratamento “IMEDIATO” para sua “CEGUEIRA”. Mas para ele, acho que já no fim da vida, tudo estava bom…

    E na igreja, quantos são aqueles que têm a Síndrome do “COSTELA”? Estão cegos, mancos, sarnentos, sujos e desorientados. Muitas vezes estão tão “CEGOS” que sequer vêem os demais sintomas inerentes ao seu estado. Estão cegos pelo orgulho, pela arrogância, pelo desejo de se ter as maiores e melhores bênçãos aqui, neste mundo. Estão cegos, algumas vezes, pelas mentiras que lhe são impostas, pelos falsos mestres e falsos Profetas. Não querem estar cegos, mas estão. Ah! Ia esquecendo! Tem aqueles também que querem SE FAZER DE CEGOS para assim, conduzirem outros cegos. O pecado cega, a vaidade cega, o orgulho cega, a ambição cega, a prepotência cega, o engano nem se fala!

    E os capengas? Alguns se acham mancos por “LUTAREM COM DEUS”, assim como Jacó, mas na realidade estão mancos pelo pecado. A iniqüidade lhes pesa tanto que nem sequer conseguem se manter equilibrados, eretos e o peso desce às pernas, que não suportam o esforço. Outros “FORAM FEITOS MANCOS” intencionalmente por seus líderes, que de tanta “CAJADADA”, acabaram saído feridos. Bom, se as cajadadas forem ao menos para conduzí-los ao caminho certo, o “CAMINHO DA SALVAÇÃO” em Cristo, eu prefiro entrar manco no Céu a ir para o inferno perfeito. O duro é acreditar que muitos mancos estão nessa condição por “CAJADADAS ERRADAS”, dadas por “PASTORES” acostumados a lidarem com “LOBOS” que os conduzem ao engano e à perdição.

    A sarna, a sujeira e o mau cheiro, na Síndrome do “COSTELA” é evidente, é novamente ele, o pecado sendo exposto e não há como não perceber os seus estragos. Quantos crentes têm se envolvido tanto com este mundo, tomando a forma dele, que carregam consigo as sarnas e a sujeira que este oferece? Muitos estão em adiantado estado de “DECOMPOSIÇÃO ESPIRITUAL”. Quantos líderes, na ânsia de serem cada vez maiores e melhores têm-se afogado nas entranhas deste mundo perverso, acreditando e pregando valores deturpados, trazendo para o seio da igreja coisas abomináveis a Deus? Quantos “COSTELAS” estão sendo mantidos nos condomínios de fé em nosso Brasil! E o pior, a doença é transmissível. Se você se aproxima de um animal ou uma pessoa com “SARNA”, passa algum tempo com ele, as chances de ser contaminado são altíssimas. Quantos líderes, ou mesmo irmãos, sem saber que estão contaminados, tem infectados outros tantos com a “SARNA ESPIRITUAL”? Do ponto de vista de solução a situação é complicada.

    Tem também aquela classe de crentes que, assim como o cãozinho, se “CONTENTAM” com qualquer coisa que lhes oferecem. Não precisa ter qualidade, não precisa ser bom, nem ao menos precisa ter sabor, basta ter algo que lhes encha o estômago, está bom. Ainda que em pouco tempo depois vão sentir fome novamente, mas se tem algo para comer, está de bom tamanho. É a famosa história: “TÁ RUIM, MAS TÁ BOM”. Deixa estar para ver como fica! Não reclamam, não exigem, não discutem, não buscam coisas novas, nem tão pouco, comida saudável… Se alimentam das sobras, dos restos, do despojo que, em muitas vezes, está estragado. A acomodação e a convivência os fizeram se sentirem satisfeitos com a situação! É o “COMODISMO RELIGIOSO”…

    O duro é que em alguns casos eles são tratados, e muito bem tratados, estão revitalizando, ganhando forma novamente e do nada acham que estão bons de fato, acham que já podem caminhar com as próprias pernas, que podem atravessar a rua movimentada. Abandonam tudo e vão lá num ato de aventura, fazer a tentativa! Não é difícil quebrarem a cara, serem até mesmo atropelados. Bom é quando, assim como o “COSTELA”, reconhecem que “NÃO ESTÃO APTOS”, que não são nada, e voltam. Retornam para os pés de Jesus, para os braços do Pai, para o Refúgio eterno. O péssimo é quando, mesmo atropelados e feridos, ainda que em estado convulsivo, querem seguir adiante. Foram curados, lavados, tosados, mas a “CEGUEIRA ESPIRITUAL” persiste. O que será destes?

    Louvado e exaltado seja Deus pelo fato de que assim como existem bons “VETERINÁRIOS” para cuidar do “COSTELA”, Jesus Cristo, Médico dos médicos, está pronto para nos socorrer e nos curar. Entreguemo-nos em Suas mãos, sabendo sempre que é Ele mesmo quem nos mantém em pé, livres das sarnas deste mundo, clamando sempre, por Sua misericórdia, para nos curar de toda cegueira. Ele é fiel e nos ajudará, sempre.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  46. Thiago boaventura disse:

    A paz do Senhor queridos,
    Prezado Carlos Roberto, vejo que causas polemicas com seus comentários.
    Seria interessante o Sr citar as fontes de onde copia e cola esses texto que colocou e ainda assinou com seu nome completo com se fosse de sua autoria.

    Tudo pertence ao Senhor meu caro, tudo que tem folego louve ao Senhor.
    O diabo tem colocado que tudo é dele, as musicas são do diabo, as festas são do diabo, mais foi ele quem foi destituido da gloria.
    Então temos é mais que tomar de volta o que o Senhor já nos entregou, musicas, festas, filmes.
    Esse ano e ano de Jubileu em brasilia. Ano de restituição, onde todos os cativos serão posto em liberadade, e tudo aquilo que foi roubado será restituido.
    Temos um projeto evangelistico onde encenamos a paixão de cristo, dentre outras parabolas com uma quadrilha totalmente gospel, assim alcançado vidas e ganhando para Jesus. O outro projeto e fazer uma escola de samba Unidos por Jesus, quando entrarmos na sapucai irmão, o povo vai ser liberto, os demonios vão ser manifestar e todo mundo vai ser liberto em nome de Jesus. Pense grande amado, não seja egoista.

    Esse é o mandamento irmão, ide por todo mundo , pregai o evangelho e fazer discipulos, batizandos no nome do Pai.
    Ao inves de ficar dando uma de crentezão, criticando e ofendendo os irmãos.
    Vigia vaso e faz a tua parte.

    Qual será a sua coroa quando se apresentares diante do Pai?

    1. Coroa da vida, destinada aos mártires, Tg 1.12; Ap 2.10.

    2. Coroa de glória, destinada aos obreiros fiéis, I Pe 5.2-4

    3. Coroa de gozo, destinada aos ganhadores de almas, I Ts 2.19,20; Fp 4.1

    4. Coroa da justiça, destinada aos que amam a vinda do Senhor, II Tm 4.8

    5. Coroa incorruptível, destinada aos vitoriosos em Cristo, I Co 9.25-27

  47. Carlos Roberto disse:

    Na Europa, os festejos do solstício de verão foram adaptados à cultura local, de modo que em Portugal foi incluída a festa de Santo Antônio de Lisboa ou de Pádua, em 13 de junho. E a tradição cristã completou o ciclo com os festejos de São Pedro e São Paulo, ambos apóstolos da maior importância, homenageados em 29 de junho. Quando os portugueses iniciaram o empreendimento colonial no Brasil, a partir de 1500, as festas de São João eram ainda o centro das comemorações de junho. Alguns cronistas contam que os jesuítas acendiam fogueiras e tochas em junho, provocando grande atração sobre os indígenas.

    Mesmo que no Brasil essa época marcasse o início do inverno, ela coincidia com a realização dos rituais mais importantes para os povos que aqui viviam, referentes às colheitas e à preparação dos novos plantios. O período que vai de junho a setembro é a época da seca em muitas regiões do Brasil, quando os rios estão baixos e o solo pronto para enfrentar o plantio, que segue a seqüência: derrubada da mata, queima das ramagens para limpar o terreno e adubá-lo com as cinzas e plantio. É a técnica da coivara, tão difundida entre os povos do continente americano.

    Nessa época os roçados velhos, do ano anterior, ainda estão em pleno vigor, repletos de mandioca, cará, inhame, batata-doce, banana, abóbora, abacaxi, e a colheita de milho, feijão e amendoim ainda se encontra em período de consumo. Esse é um tempo bom para pescar e caçar. Uma série ritual, que dura todo o período, inclui um conjunto muito variado de festas que congregam as comunidades indígenas em danças, cantos, rezas e muita fartura de comida. Deve-se agradecer a abundância, reforçar os laços de parentesco – as festas são uma ótima ocasião para alianças matrimoniais – REVERENCIAR AS DIVINDADES ALIADAS E REZAR FORTE PARA QUE OS ESPÍRITOS MALIGNOS NÃO IMPEÇAM A FERTILIDADE. O ato de atear fogo para limpar o mato, além de fertilizar o solo, serve principalmente para afastar esses espíritos malignos.

    Houve, portanto, certa coincidência entre o propósito católico de atrair os índios ao convívio missionário catequético e as práticas rituais indígenas, simbolizadas pelas fogueiras de São João. Talvez seja por causa disso que os festejos juninos tenham tomado as proporções e a importância que adquiriram no calendário das festas brasileiras.

    As relações familiares eram complementadas pela instituição do compadrio, que servia para integrar outras pessoas à família, estreitando assim os laços entre vizinhos e entre patrões e empregados. Até mesmo os escravos podiam ser apadrinhados pelos senhores de terra. Havia duas formas principais de tornar-se COMPADRE e COMADRE, PADRINHO e MADRINHA: uma era, e ainda é, através do batismo; a outra, através da fogueira. Nas festas de São João, os homens, principalmente, formavam duplas de compadres de fogueira: ficavam um de cada lado da fogueira e deveriam pular as brasas dando-se as mãos em sentido cruzado.

    Os laços de compadrio eram muito importantes, pois os padrinhos podiam substituir os pais na ausência ou na morte destes, os compadres integravam grupos de cooperação no trabalho agrícola e os afilhados eram devedores de obrigações para com os padrinhos. A instituição beneficiava os patrões, que tinham um séquito de compadres e afilhados leais tanto nas relações de trabalho como nas campanhas políticas, quando se BENEFICIAVAM DO VOTO DE CABRESTO.

    Hoje as festas juninas possuem cor local. De acordo com a região do país, variam os tipos de dança, indumentária e comida. A tônica é a fogueira, o foguetório, o milho, a pinga, o mastro e as rezas dos santos.

    No Nordeste sertanejo, o São João é comemorado nos sítios, nas paróquias, nos arraiais, nas casas e nas cidades. A importância dessa festa pode ser avaliada pelo número de nordestinos e turistas que escolhem essa época do ano para sair de férias e participar dos festejos juninos.

    Na Amazônia cabocla, a tradição de homenagear os santos possui um calendário que tem início em junho, com Santo Antônio, e termina em dezembro, com São Benedito. Cada comunidade homenageia seus santos preferidos e padroeiros, com destaque para os santos juninos. São festas de arraial que começam no décimo dia depois das novenas e nas quais estão presentes as fogueiras, o foguetório, o mastro, os banhos, muita comida e folia.

    A tradição caipira, especialmente a do Sudeste do Brasil, caracteriza-se pelas festas realizadas em terreiros rurais, onde não faltam os elementos típicos dos três santos de junho. Mas elas também se espalharam pelas cidades e hoje as festas juninas acontecem, principalmente, em escolas, clubes e bairros. Como em outras partes do Brasil, o calendário das festas paulistas destaca os rodeios e as festas de peão boiadeiro como eventos ou espetáculos mais importantes, que se realizam de março a dezembro.

    Para muitos cristãos, pode parecer que a participação deles nessas festividades juninas não tenha nenhum mal, e que a Bíblia não se posiciona a respeito. O Apóstolo Paulo, no entanto, declara que as coisas que nos foram escritas no passado nos foram escritas para advertência nossa. Vejamos o que ele disse: “Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos” – I Coríntios 10.11.

    O que nos mostra a história do povo de Israel em sua caminhada do Egito para Canaã? Quando os israelitas acamparam junto ao Monte Sinai. Moisés subiu ao monte para receber a lei da parte de Deus. A demora de Moisés despertou no povo o desejo de PROMOVER UMA FESTA A DEUS. Arão foi consultado e, depois de concordar, ele próprio coletou os objetos de ouro e fabricou um bezerro com esse material, O texto bíblico diz o seguinte: “Ele os tomou das suas mãos, e com um buril deu forma ao ouro, e dele fez um bezerro de fundição. Então eles disseram: São estes, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Arão, vendo isto, edificou um altar diante do bezerro e, apregoando, disse: Amanhã será festa ao Senhor” – Êxodo 32: 4 e 5.

    Qual foi o resultado dessa festa idólatra ao Senhor? Deus os puniu severamente: “Chegando ele ao arraial e vendo o bezerro e as danças. ACENDEU-SE-LHE a ira, e arremessou das mãos as tábuas, e as quebrou ao pé do monte. Então tomou o bezerro que tinham feito, e o queimou no fogo, moendo-o até que se tomou em pó, e o espargiu sobre a água, e deu-o a beber aos filhos de Israel.

    O teor religioso das festas juninas não passa de um ATO IDÓLATRA quando se presta culto a Santo Antônio, São João e São Pedro.

    Como crentes, devemos adorar somente a Deus: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás” Assim, nossos lábios devem louvar tão-somente o Senhor Deus: “Portanto, ofereçamos sempre por meio dele a Deus sacrifício de louvor, que é o fruto dos lábios que confessam o seu nome” – Hebreus 13:15. O texto de Apocalipse é um bom exemplo do que estamos falando: “Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas com palmas nas suas mãos. E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro” – Apocalipse 7:9. É possível imaginar um cristão cantando louvores a São João Batista? O cântico seria mais ou menos assim:

    “Onde está o Batista?”
    Ele não está na igreja,
    Anda de mastro em mastro,
    A ver quem o festeja”.

    Lembramos a atitude de Paulo e Barnabé diante de um ato de adoração que certos homens quiseram prestar a eles: “E as multidões, vendo o que Paulo fizera, levantaram a sua voz, dizendo em língua licaônica: Fizeram-se os deuses semelhantes aos homens, e desceram até nós. E chamavam Júpiter a Bamabé, e Mercúrio a Paulo; porque este era o que falava. E o sacerdote de Júpiter, cujo templo estava em frente da cidade, trazendo para a entrada da porta touros e grinaldas, queria com a multidão sacrificar-lhes. Porém, ouvindo isto os apóstolos Barnabé e Paulo, rasgaram as suas vestes, e saltaram para o meio da multidão, clamando, e dizendo: Senhores, por que fazeis essas coisas? Nós também somos homens como vós, Sujeitos às mesmas paixões, e vos anunciamos que vos convertais dessas vaidades ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há” – Atos 14:11 a 15.

    Pare e pense!!! Como vimos, todas as práticas encontradas nas festas juninas são rejeitadas pela Palavra de Deus. Será que Deus se agradaria de tais festividades, quando sabemos que elas desobedecem explicitamente o que Ele ordenou em sua santa Palavra? Será que os católicos realmente estão honrando a Deus com isso? Pense novamente: Se Deus rejeitou as festas de Israel que eram dedicadas somente a Ele, mas que haviam sido mescladas com elementos dos cultos pagãos dos países vizinhos, não rejeitaria com mais veemência ainda as ditas festas “CRISTÃS” dedicada aos santos?

    Carlos Roberto Martins de Souza

  48. MARIA disse:

    Carlos Roberto so queria que voce fosse meu Pastor,.Ja nao aguento mais, o que certos pstores fazem e dizem……..Concordo pleneamente com tudo o que voce escreve.

  49. regina disse:

    ~o crente nao deve participar dessas festas consagradas a santos nao pdemos servir 2 senhores temos que ter a separaçao das coisas de Deus e do diabo .

  50. Thiago boaventura disse:

    http://www.youtube.com/watch?v=8cFi9XXbq2E&feature=related

    Vejam o video acima.
    Uma quadrilha evangelica participando de um concurso nacional de quadrilhas, onde todos estão ali para adorar o diabo, eles estão ali mostrando e levando para uma cidade inteira a palavra de Deus.

    Isso também é errado?

    Não pelo concurso mais sim pelo proposito, falar de Deus para todos as criaturas até os confins da terra.

  51. Thiago boaventura disse:

    Para aqueles que não acham certo. Respeitamos,porem não condene o proposito de quem está com Cristo , evangelizando, entrando em lugares jamais habitados por servos de Deus.

    Muito facil falar, quero ver é sair das 4 paredes..

  52. André disse:

    Carlos Roberto Tiririca, eu ainda estou esperando a sua explicação para : “”princípios elementares para o exercício da fé cristã.””

    Você nem sabe o que escreve…hehe…, cola um texto aqui e ali, pega uma outra opinião de alguém que escreveu em outro site, bota seu nome e VOILÁ, mas um LLLOOONNNGGGOOO TEXTO descerebrado, que não sabe nem explicar…hehe…

    Maria, a idolatra do Carlão Tiririca…hehe…

  53. jorge ferreira melo disse:

    Lady Kate,se eu for de jegue, só chegarei aí em 2011, e ainda mais com a coluna engessada, rsrsrs.
    De toda maneira agradeço pela gentileza do seu convite.
    Ás vezes fico impossibilitado de realizar viagens a cidades mais distantes, devido a minha função em gerencia comercial que exerço na Empresa, mas quem sabe, um dia talvez de férias e se DEUS permitir, irei realizar estas viagens e conhecer muitos irmãos que estão unidos em CRISTO e lavados no seu precioso SANGUE.

    Grande abraço.

    ” Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união” Salmo 133 a todos que estão unidos em CRISTO JESUS.

    Recife – pe.

  54. Carlos Roberto disse:

    DISTORCENDO A GRAMÁTICA

    “O Cristão não faz mais que sua obrigação, se portar com dignidade, civismo e educação”.

    Envergonho-me como crente em Jesus Cristo, ao ver declarações tão vazias e tão pobres com esta, é duro ver como a miserabilidade espiritual está fazendo estragos e conduzindo pessoas a pensarem que o Evangelho deve ser vivido na base do ”Ôba-Ôba”, do vale tudo, da baderna, da bagunça e do curtir a vida. Parece muito bonita aos olhos dos menos esclarecidos tal afirmação, mas ao examinarmos à luz da Bíblia veremos que as coisas são bem diferentes.

    Estamos evoluindo, sim, do “QUASE INEXISTENTE” para o “EXISTENTE SIGNIFICANTE”. Evoluímos, é certo, do inconsciente para o pré-consciente, da cegueira para a miopia, da incerteza para a duvida, do primitivo para o meio experimentado. Paulo diz que muitos ainda são crianças e que não podem se alimentar com alimentos sólidos…

    Óbvio que qualquer pessoa civilizada deve se portar com dignidade, civismo e educação, mas daí a tentar justificar festinhas com o inferno é algo perverso, diabólico. A dignidade de um cristão deve ser expressa numa vida que o diferencie EM TUDO das práticas do mundo, assim, ao aprovar e aplaudir uma “MARCHA PARA JESUS”, ele está mostrando a falta de discernimento e de conhecimento das Escrituras, além de estar dando uma contribuição e tanto para que o Diabo continue inovando nas suas táticas de convencimento dos cristãos mundernos. DIGNIDADE ESPIRITUAL é algo muito mais importante e mais abrangente do que possamos imaginar ou explicar, ela precisa ser olhada sob o prisma do sacrifício feito na cruz, lá onde fizeram uma “MARCHA PARA JESUS” conduzindo-o ao calvário para cravá-lo naquele madeiro. Ele não quer MARCHA, ele quer um coração contrito e submisso à sua vontade, aliás, o povo de Israel marchou tanto e acabaram não entrando na terra prometida…

    A DIGNIDADE ESPIRITUAL é a qualidade que define a essência da pessoa humana em relação á sua intimidade com Deus, ou ainda, é o valor que confere discernimento espiritual ao ser humano. Trata-se daquilo que não existe no ser homem pelo simples fato de ele ser humano, mas de ele ter intimidade com o seu criador.

    Já o “CIVISMO ESPIRITUAL” equivale ao patriotismo celeste, entendido como devotamento à causa do Reino, como esforço em prol progresso da Pátria Celestial, preparada para os que confessam Jesus como Senhor e Salvador de suas almas. Para que alguém seja impregnado do “CIVISMO ESPIRITUAL” não basta conhecer leis e obrigações estabelecidas nas Escrituras, mas se torna necessário um longo aprendizado, que não se obtém pela formulação e cumprimento de regras de comportamento e rituais religiosos. É preciso comprometimento total e irrestrito com a Palavra de Deus.

    O “CIVISMO ESPIRITUAL” inclui e pede, a cada momento e de cada cidadão dos céus, o esforço em se dedicar ao progresso e engrandecimento da Pátria Celestial. Esse progresso e engrandecimento não podem ser considerados unilateralmente do ponto de vista material, como avanço na riqueza, na economia, na tecnologia, na soberania e no poder. É o progresso espiritual que necessariamente precisa ser cultivado e trabalhado de maneira que possamos crescer até a estatura do varão perfeito. A visão limitada e errônea seria prejudicial à vida espiritual.

    Não há “CIVISMO ESPIRITUAL” sem respeito à autoridade máxima, DEUS, legitimamente constituída, comprovada pelo interesse e devotamento ao bem-comum. Ele nos criou para que pudéssemos ser a cora de sua criação. É neste contexto que se torna urgente lutar por um “PATRIOTISMO ESPIRITUAL” de verdade, alicerçado no respeito a Deus e aos seus ensinos e na promoção de uma vida espiritual equilibrada, sustentada sobre a égide da moral e da ética religiosa.

    Ao contarmos o Hino nacional, por questão de civismo patriótico, nos postamos com reverência e em silêncio, ouvimos a execução, quando muito cantamos. Já para Jesus vale qualquer coisa, até trios elétricos barulhentos, balburdia e tudo que permita os crentinos extravasar as suas frustrações e as suas fraquezas espirituais e emocionais. O ”CIVISMO ESPIRITUAL” não existe, o que existe são rituais que corroboram para denegrir ainda mais o já combalido Evangelho, é um desrespeito absoluto, um vexame. E ai, vem gente querendo associar estas práticas distorcidas com as práticas cristãs, aprovando “MARCHINHAS” para Jesus como se ele precisasse delas para provar que é Senhor.
    “Bem aventurada é nação cujo Deus é o Senhor e o povo que ele escolheu para sua herança” – Salmo 33:12. Olhando toda a história, podemos Comprovar que o versículo é verdade. Quando Israel honrou ao Senhor, essa nação foi a mais abençoada da terra. Foi reconhecida e visitada pelas pessoas mais Importantes da terra. Vemos também que outras nações foram grandemente abençoadas quando puseram Deus em primeiro lugar.

    Davi fala de felicidade, ele fala a respeito do que é ser feliz. Esta é a conclusão de Davi, que, mais do que feliz é o povo cujo Deus é o Senhor. Davi está dizendo aqui, e é importante termos isto muito claro, feliz é a nação, ou povo bem aventurado cujo Deus é o Senhor, e não “CUJO DEUS É UM SENHOR”. Noutras palavras Davi esta dizendo que não basta apenas sermos TEÍSTAS, isto é, acreditarmos em alguma divindade, em algum Deus, é preciso acreditar neste Deus verdadeiro, e a concepção de Davi aqui “CUJO DEUS É O SENHOR”. Davi dizia: “São mais felizes aqueles cujo Deus é o Senhor”.

    Bom, o que Deus tem nos mostrado é que a Igreja no Brasil está enferma e prostrada como uma pessoa mendiga e paralítica que busca ajuda, mas até hoje, tem sido ajudada com aquilo que ameniza o sofrimento mas que não resolve o problema. Esta vivendo de esmolas espirituais, de favores e de troca de amabilidades com o inimigo. Dá para imaginar uma nação sem Deus? Pois bem, é só olhar para o Brasil…

    “Como o cervo brama pelas corrente das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus” – Salmos 42:1. Que este seja o desejo do seu coração, que você anseie por Deus e não por futilidades, por espetáculos, shows ou rituais. Busque a Deus, ele vai resgatá-lo se você estiver disposto a deixar que ele seja o Senhor da sua vida.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  55. André disse:

    Mais um comentário LLLOOONNNGGGOOO E COM A PROFUNDIDADE DE UMA PRIVADA…hehe…mas que ainda não mostram as PROVAS que validam comentários descerebrados e preconceituosos e que também não explicam que diacho é essa coisa de…””princípios elementares para o exercício da fé cristã.””…hehe…

  56. Georges disse:

    Enquanto não limitarem os comentários a, digamos, 500 caracteres, vamos ter que agüentar esse código de Hamurabi todo dia.

  57. alvinjc disse:

    É absolutamente inaceitavel.
    qualquer um que tenha estudado a historia da igreja vai saber como q surgiu o catolicismo. as pessoas diziam q se convertiam sem que o Espirito Santo tivessem ainda entrado nelas, soh para agradar ao imperador que se dizia crente, mas, soh se converteu no leito de morte. essas pessoas foram trazendo para dentro das igrejas seus objetos de adoraçao, paganizando a igreja primitiva, q estamos muito longe de nos comparar à ela, na verdade, estamos mais perto de nos compararmos ao surgimento do catolicismo, pq temos trazido para dentro da Igreja as coisas que faziamos antes, “Festa caipira crente”, cara é a mesma porcaria, pq num colocam a festa de pentecostes que era comemorada na igreja primitiva? (At 20.16), eu sei q pode haver outra interpretação do texto citado, mas, de qlqr forma, é uma festa nascida com agente, ao invés de fazermos sacrificios como fariam os judeus, poderiamos dedicar um momento para relembrarmos o sacrificio de Cristo neh??

    paz à todos.

  58. joao henrique disse:

    Por qual proposito nós povo de DEUS iriamos numa festa de mortos?
    >>diversão(mentira)
    >> curiosidade(mentira)
    >> por nunca ter indo antes(mentira)
    ……então não precissamos ir.
    DEUS abençoe.

  59. joao henrique disse:

    “Sejam santo assim como eu fui santo“

  60. Elisabete disse:

    Ao invés de vocês ficarem discutindo por bobagem, orem pela minha sogra que hoje caiu e bateu a cabeça e está em um hospital publico, pois pelo que eu li na bíblia Pedro foi liberto da prisão pois havia oração incessante da igreja por ele, e a igreja somos nós e se vc se considera parte do corpo de cristo ore pela minha sogra o nome dela é Severina .
    Deus abençoe a todos.

  61. Lady Kate disse:

    Elizabete,
    Eu vou orar pela sua sogra, Dona Severina.
    Abraço.

  62. rainer disse:

    Roberto Carlos

    favor resumir seus comentarios…

  63. FRANK disse:

    ESSE CARLOS ROBERTO está com o diabo no corpo, quem tem esse espírito de confusão e contenda só pode estar possuído.Não podemos deixar o diabo tomar tudo da gente. Pipoca, doces diversos, vinho-quente (só lembrando que Jesus transformou água em vinho, não em coca-cola), etc. são coisas da nossa cultura brasileira.Todos os povos respeitam e preservam sua cultura, só aqui que alguns fanáticos que moram dentro duma igreja 24h onde sofrem lavagem cerebral diária que vem aqui criticar tudo e todos.Daqui a pouco não posso ir no shopping porque tem ímpios lá e no sistema de som toca Lady Gaga, ou sou proibido de ir no cinema porque tem alguma cena de violência ou uma música não evangélica, ah, vou sair do meu emprego porque meu chefe é espírita e acende incenso.Quanta idiotice.Estamos aqui para conviver com todos e em paz, não para ser um grupinho fanático fechado que passa um ar de loucura religiosa. O exemplo é Jesus, Ele ia a todos os lugares, Ele conversava com todos, ia em festas, falava com prostitutas e bêbados e passava o AMOR DE DEUS nessas conversas.Ter uma vela e por debaixo da cama não leva luz para ninguém.Assim como os ‘santarrões’ que ficam enfiados em algumas seitas e não levam o amor de Deus aos que precisam.

  64. Carlos disse:

    Esse carlos Roberto se acha o cara..kkkkkkkkkkkk

  65. Carlos Roberto disse:

    CENSURA??? Nunca mai!!!

    “Chamando-os, ordenaram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem em o nome de Jesus. Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos” – Atos 4:20 a 23.

    Muitas vezes pensamos que nossos velhos fantasmas estão enterrados e exorcizados, e que eles jamais voltarão para nos assombrar. Desde o fim do regime militar e da promulgação da atual constituição, acreditávamos que o fantasma da censura e a aberração da censura prévia estariam para sempre longe de nossas vidas. Pensávamos que poderíamos exercitar o direito inalienável de pensar e poder expressar esse pensamento sem que nos preocupássemos com botas derrubando portas na calada da noite ou com decisões do Poder Judiciário sendo usadas para calar e intimidar, com um ar de legalidade polida, as vozes que se erguiam para contrariar interesses poderosos.

    Em seu artigo 5º, parágrafo IV, a Constituição diz: “É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”; em seu parágrafo V: “É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem”; em seu parágrafo IX: “É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”; no parágrafo XIII: “É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer”; no XIV: “É assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional”.

    Já nos tempos Neo-Testamentários existiam os “ANDRÉS” e os “GEORGES”, isto fica evidente, pois eles queriam também silenciar o discípulos. É coisa do passado, mas que está se tornando freqüente aqui em razão da pouca capacidade de alguns elementos não saberem lidar com a democracia e com os direitos individuais do cidadão. Crentinos mundernos, que como as autoridades lá do passado, queriam calar aquele que falava a verdade. Queriam impor a mordaça como meio de frear o avanço do evangelho. MORDAÇA É UM TIPO DE INSTRUMENTO PARA IMPEDIR AS PESSOAS DE MORDER E FALAR. Coisa que era usual no regime da “DITADURA MILITAR” que alguns aqui querem a qualquer custo restaurar.

    Censura é o uso pelo estado ou grupo de poder, no sentido de controlar e impedir a liberdade de expressão. A censura criminaliza certas ações de comunicação, ou até a tentativa de exercer essa comunicação. No sentido moderno, a censura consiste em qualquer tentativa de suprimir informação, opiniões e até formas de expressão, como certas facetas da arte.

    O propósito da censura está na manutenção do status quo, evitando alterações de pensamento num determinado grupo e a conseqüente vontade de mudança. Desta forma, a censura é muito comum entre alguns grupos, como certos grupos de interesse e pressão (lobbies), religiões, multinacionais e governos, como forma de manter o poder. A censura procura também evitar que certos conflitos e discussões se estabeleçam

    A censura é tão antiga quanto a sociedade humana. Mas para algumas pessoas ela representa a violação do direito de livre expressão; Para outras representa um instrumento necessário à defesa dos princípios morais.

    Durante todo o período medieval as autoridades eclesiásticas impuseram uma rígida concepção do mundo, com base em princípios que se queriam eternos e imutáveis. Os tribunais do Santo Ofício exerciam uma censura de caráter MORAL, POLÍTICO E RELIGIOSO, sendo os réus submetidos a torturas, a longos períodos de prisão ou à morte na fogueira. Quem sabe o André e o Geoges não estão pensando em levar meu nome para ser queimado numa das fogueiras da UNIVRSAL – IURD? Já levaram o meu nome e colocaram na boca do sapo e costuraram, mas o sapo morrrrreeeuuuuu!!!!! Compraram um boneco e rechearam de agulhas o pobre coitado, pensando que iam me causar algum mal, mas o boneco caiu, furou o pé de um dos patrocinadores da barbárie.

    Estamos voltando à idade média, onde os cobradores de impostos dos reis iam até as propriedades e se os devedores não tivessem como pagar os altíssimos impostos – podia ser até por quebra de safra em função de intempéries – tinham seus poucos bens queimados, seus filhos levados como escravos dos reis e submetidos a arbitrariedades de acordo com a vontade dos cobradores. É o cristianismo avançando rumo ao abismo, com pessoas querendo a qualquer custo silenciar que se opõem contra a bandalheira que tomou conta do cristianismo. Que Deus nos proteja e nos dê coragem para continuarmos nesta luta inglória…

    Carlos Roberto Martins de Souza

  66. Quando morava na casa de um Vigário na cidade de Castro, Paraná, ele ensinava que pode pecar até o ÚLTIMO MINUTO, e pouco antes de morrer se pedir perdão é perdoado. Alguns meses depois eu estava morando em São Paulo, e tive uma visão, vi o Vigário bater com sua Belina na contra mão contra outro carro, um acidente muito grave onde ele veio a falecer. Contei o acontecido em casa e minha esposa disse ser loucura, os dias se passaram e alguns meses depois mudamos novamente para Castro. Conversando com minha cunhada ela contou que o Vigário morreu em um acidente de carro conforme eu havia descrito, com um dia de diferênça da data que vi, ele dirigia sua própria vida e no acidente o volante entrou em seu peito.

    Até hoje não sei se ele teve o ULTIMO MINUTO para pedir perdão.

    Melhor é não arriscar, participando destas festas pagãs.

    O crente que participar deste tipo de festa é apostata e precisa arrepender-se enquanto há tempo.

    Josemar Wendling 080 3075 5745 Japão

  67. José Ailton disse:

    André

    Seu proceder de zombaria e distorção de verdades bíblicas mostra que não é um cristão, que não defende uma fé, que sua defesa é um desdém para denegrir opiniões das pessoas que não concordam com seu pensamento, que sua afronta sempre é pessoal e que provavelmente defende interesses de grupos que, por sua vez retribuem a você pelo trabalho aqui prestado. Cada argumento bíblico contra uma heresia de lideres inescrupulosos não são contra-argumentados por você; o que faz apenas é trazer as coisas para o âmbito pessoal, tentando assim tirar o foco de sua incompetência bíblica, restando apenas suas risadinhas infantis.

    Vejo pessoas até mesmo esbravejando em defesa de heréticos e heresias; facialmente eu as entendo, estão em processo de cura de feridas profundas provocadas por pilantras comerciantes do reino e disfarçados de líderes eclesiásticos. Sofrem também influencias de pessoas como você, que não passa de uma pobre alma escravizada pelo sistema corrupto dos falsos líderes, dos quais provavelmente você retira sua recompensa pelo seu trabalho sujo.

    Você é inteligente André, muito inteligente! Uma inteligência a serviço do inferno. Você não tem ética e nenhum respeito pelo próximo.

    Acredite ou não, apesar de minhas duras palavras lhe tenho amor cristão verdadeiro. Sei que sua conversão seria de extrema utilidade para a obra de Deus.

    Fique na paz do Senhor, caso você a alcance através do arrependimento.

  68. André disse:

    Carlão…hehe…estou “”solidário”” contigo…hehe….o José Ailton, seu discípulo em escrever LLLOOONNNGGGOOOSSS TEXTOS com a profundidade de uma privada…hehe…TAMBÉM QUER ME CENSURAR…HÁHÁHÁHÁ…

    José Ailton, você também é escarnecedor e zombeteiro…ou seja é o sujo querendo falar do mal lavado…hehe…

    Eu tenho um raciocínio simples para explicar seu comentário…

    Quem escreve o que quer, lê o que não quer…ou respostas cretinas para perguntas imbecis…simples assim…hehe…

    E por falar em distorção das verdades biblicas, você até agora não rrespondeu o que o Senhor Jesus, quis dizer em Mateus 23 : 23…já que você é contra a devolução do dízimo e segundo essa passagem o Senhor Jesus não…então, em quem devo acreditar, em Jesus, meu Salvador e Senhor, ou no José Ailton, mais um “”comediarista””…hehe…

    Olha posso afirmar, que não recebo nada para comentar aqui…hehe…minha esposa nem gosta, que eu fique entrando nesse site, mas é como já expliquei a ela eu me divirto com muito de vocês e suas “”opiniões””, são umas das mais divertidas, pois além das confusões biblicas que você não consegue explicar, ainda me vem com teorias que não pode provar…hehe…

    POE EXEMPLO, que PROVAS VOCÊ TEM PARA CHAMAR OS LÍDERES EVANGÉLICOS ( E NÃO RELIGIOSOS, COMO MALDOSAMENTE, VOCÊ, COMO “”UM BOM CRISTÃO””…hehe…ESCREVEU ) VOCÊ SE APOIA EM AFIRMAR ISSO PELO QUE A MÍDIA SECULAR E MUNDANA VIVE NOTÍCIANDO ( MAS QUE NUNCA FOI PROVADO ), OU PELO QUE ESSE SITE PUBLICA E QUE TAMBÉM NUNCA FOI PROVADO…e aí…

    José Ailton, deixe de ser piegas…hehe…se você conhecesse o Senhor Jesus saberia muito bem, que nEle, nunca mais seremos almas escravas e sofridas…

    E pra terminar, obrigado pelo INTELIGÊNTE, é uma pena ue não posso escrever o mesmo de você, nem pro inferno e muito menos pro céu…hehe…e sobre ética…HÁHÁHÁHÁ…o julgar, criticar, escarnecer, confundir, atacar, que é o que você faz tem muita ética e muito “”amor””, não é mesmo…hehe…é cada uma….hehe…

  69. soares disse:

    NAO PODE: ESTA ESCRITO; NO LIVRO SAGRADO. LAVAI PORRA NA CABEÇA DE VOCES LEIA A BIBLIA.VESC. 20. AI DOS QUE AO MAL CHAMAM BEM, QUE FAZEM DAS TREVAS LUZ, E DA LUZ TREVAS; E FAZEM DO AMARGO DOCE, E DO DOCE AMARGO. AI DOS QUE SAO SABIOS A SEUS PROPRIOS OLHOS, E PRUDENTES DIANTE DE SI MESMOS! PAZ E GRAÇA EM CRISTO JESUS. AMEM.

  70. OSIRES disse:

    SERÁ Q AINDA TEM CRENTE PENSANDO Q DEVE PARTICIPAR DOS FESTEJOS JUNININOS? CARACA MEU IRMÃO! CAI FORA!!
    CLARO Q Ñ DEVE MOS PARTICIPAR, COMEMORÃÇÃO AS FOLSOS DEUSES, COMIDAS SACRIFICADOAS AOS IDOLOS..TO FORA, PREFIRO IR PRO CULTO ORAR PELOS CRENTES Q Ñ TEMEM A DEUS!

  71. Georges disse:

    Dizer que Jesus ia em todos os lugares é uma verdade relativa. Tudo bem que ele foi de enterro a casamento, mas nunca encontraremos na Bíblia relatos de que Ele teria ido, por exemplo, a uma celebração em honra de Moloque ou Baal, ou mesmo Jupiter ou Vênus, para “evangelizar”, ou que nessas ocasiões teria participado das festas com os demais envolvidos, para se “solidarizar” com eles. NÃO, mil vezes não! O que algumas interpretações rasas que se vêem por aqui são distorções deliberadas da Palavra de Deus, ajustes ignóbeis aos próprios desejos carnais.
    Mas, pelo contrário, quando lemos Atos 14 vemos que:

    “13 O sacerdote de Júpiter, cujo templo estava em frente da cidade, trouxe para as portas touros e grinaldas e, juntamente com as multidões, queria oferecer-lhes sacrifícios.
    14 Quando, porém, os apóstolos Barnabé e Paulo ouviram isto, rasgaram as suas vestes e saltaram para o meio da multidão, clamando
    15 e dizendo: Senhores, por que fazeis estas coisas? Nós (…) vos anunciamos o evangelho para que destas práticas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar, e tudo quanto há neles;
    16 o qual nos tempos passados permitiu que todas as nações andassem nos seus próprios caminhos (…)
    18 E dizendo isto, com dificuldade impediram as multidões de lhes oferecerem sacrifícios.

    Ou seja, não entraram na onda de festividades pagãs/idólatras, mas os repreenderam e apresentaram o Evangelho. E tem mais, os apóstolos não procuraram deliberadamente entrar na situação, foram colhidos por ela e deram testemunho.
    Agora, que dizer de gente que promove festividades semelhantes?
    Quantos já se converteram nesses ambientes?
    O mesmo número dos que se converteram nas festas em honra de Baco, imagino.
    .
    .
    Mas tem gente que prefere recriar e reinterpretar a Bíblia para seu prórpio deleite. II Tm 4:3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres segundo os seus próprios desejos,
    4 e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas.
    .
    .

  72. André disse:

    Soares o CRENTE, mais rídiculo que existe, pelo seu linguajar, falta encontro com Deus, falta educação, falta sanidade, tsc, tsc…são esses que apoiam os comentários “”sábio guru”” Carlos Roberto…hehe…

  73. thalis disse:

    acho que é uma questão de bom senso.
    sei que muitas pessoas que defendem a participação de crentes em festa junina, falam que é uma festa caipira e etc etc etc…

    ok ok ok

    festa caipira, comidas típicas, todo mundo gosta…

    mas custa fazer uma festa assim em qq epoca do ano? tem q ser justamente na epoca q o mundo faz a mesma festa? não seria bom evitar comparações, pra nao dar mal testemunho? quem faz ou participa de uma festa assim, pode aateh estar ciente do q faz, mas sera q alguem q olha pra vc, vai pensar a mesma coisa, ou vai dizer, olha lá o crente numa festa de são joao…???

    por uma questao de bom senso e cautela, sou contra. se alguem tem vontade de fazer festa caipira, faz em outra epoça do ano…
    pelo bom testemunho!

  74. Carlos Roberto disse:

    A VOZ DO POVO

    “E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela” – Gênesis 3:6.

    Às vezes, ao perguntarmos a alguém por que ele esta cometendo tal erro, ouvimos: “Ah, todo mundo estava fazendo”. Certamente não foram poucas, e certo é que só a deixaremos de ouvir quando não houver possibilidade de errarmos sobre a terra, na glória eterna.

    Eva sucumbiu à tentação por três aspectos que tem induzido pessoas ao erro em todo o mundo: “Era boa…, E agradável aos olhos…, E desejável…”. Adão, concebendo o pecado pela mesma via que Eva, o desejo, também caiu, afinal, “SE ELA FEZ POR QUE EU NÃO POSSO”? Assim caminha a humanidade. Seguindo na INÉRCIA DAS MASSAS, uns fazendo tudo o que os outros fazem para satisfazerem-se porque é bom, agradável e desejável. As massas são facilmente manipuladas.

    É esse secularismo que tem tomado conta das igrejas, onde a bênção de Deus deixa de ser compreendida como dons divinos e celestiais, para ser transformada na AQUISIÇÃO DE BENS E PODER. O capitalismo insere no mundo um consumismo obsessivo e muitas igrejas, SEGUINDO A ORIENTAÇÃO DE VERDADEIROS LOBOS, segue sem divisar o malefício que as vem destruindo, fazendo-as perder a credibilidade e sua condição de plenipotenciária guardadora e anunciadora da verdade, transformando-a em um “X” do mapa da mina, o lugar se encontra uma grande riqueza.

    Será que alguém acredita mesmo que a maioria, por ser maioria, está certa? Será mesmo que alguém pode crer que “A VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS”? Mas será que, sendo minoria, estou no pelo caminho certo? Mas será que as multidões estão todas erradas? Para a maioria dos líderes, a minoria esta perdida e sem saber o que querem, mas se esquecem que foi a multidão que crucificou Cristo. A Bíblia diz: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem” – Mateus 7: 13 e14.

    Viver a verdade é mais difícil. Entre tantos outros motivos, entendemos que a verdade leva a um caminho estreito porque ala exige muita disciplina, Ela é menos lucrativa e ela provoca solidão como afirma o Profeta: “Nunca me assentei na assembléia dos zombadores, nem me regozijei; Por causa da tua mão me assentei solitário; Pois me encheste de indignação” – Jeremias 15:17. Outra coisa é que hoje a verdade não passa de loucura de fanáticos como diz Paulo: “Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo?” – I Coríntios 1:20. Ser fiel, portanto, virou motivo de chacota e ódio. “E de todos sereis odiados por causa do meu nome” – Lucas 21:17.

    Todo tipo de prazeres são possíveis a todos, isso é uma realidade. Porém, vale à pena viver em função destas coisas? Mas são prazeres superficiais, somente da carne, e o amor aos prazeres da carne, nos torna inimigos de Deus. “Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus” – Romanos 8:7 e 8.

    Paulo dá seu conselho: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma” – I Coríntios 6:12. Já que é tão difícil viver uma fé concreta, pois ela é sacrificial mediante as ofertas do mundo, porque não sucumbir logo e seguir as massas? Todos sucumbiram desde o começo. Porque está escrito que toda impiedade será destruída e toda vida justa será recompensada: “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor” – Romanos 6:23.

    Porque Adão sujeitou-se ao erro de Eva, hoje convivemos com a terrível realidade do pecado. Por causa de um simples desejo, toda a humanidade padece do amor pelo mal. O salário do pecado de Adão é a condenação de muitos. O salário dos que rejeitam as obras da carne e a opinião da maioria será eterno.

    Hoje, se andamos na luz e na orientação do Espírito Santo de Deus, sabemos escolher melhor o que vamos fazer. O fruto que foi negado a Adão, da árvore da vida, será concedido a todo aquele que viver segundo a “MENTE DE CRISTO”, rejeitando o mundo e seus prazeres, rejeitando a opinião insensata das multidões e olhando somente para o alvo que é o Senhor Jesus Cristo.

    “O mundo está no maligno” – I João 5:19. Quer dizer que a grande maioria que entra pela porta estreita está sob seu domínio. Aquele que de graça recebeu o discernimento espiritual para a sua salvação, graça por meio da fé, não deve seguir o conselho de pessoas que não andam conforme os ensinamentos de Cristo, mesmo que esta pessoa esteja sentada ao seu lado na igreja. Reconheça a árvore por seus frutos e, com uma vida de oração e leitura da Palavra, peça ao Senhor o devido discernimento para as suas escolhas; assim Deus o recompensará, guiando-lhe pelo caminho eterno.

    Assim, se você estiver indo a uma igreja por causa das multidões, cuidado!!! Com absoluta certeza você está sendo enganado, você está sendo usado por alguém esperto e oportunista, que sabe até onde pode dominá-lo sob pretexto de estar lhe ajudando.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  75. André disse:

    Mais um LLLOOONNNGGGOOO TEXTO, COM A PROFUNDIDADE DE UMA PRIVADA DO CARLÃO, que não sabe nem explicar o que escreve, como por exemplo…””princípios elementares para o exercício da fé cristã””

    MAS QUE DIACHO, ISSO QUER DIZER…MISTÉRIOS DE DEU…OP´S…QUER DIZER DO CARLÃO…hehe…

  76. José Ailton disse:

    André

    Pena não crer que você entenderá o que vou escrever sobre a resposta que me pediu do versículo de Mateus 23-23. Em “igrejas” preocupadas com o aqui e agora, com o materialismo e rituais nada bíblicos, não sobra tempo para um estudo sério da palavra. Para aceitar minha resposta é preciso entender ao menos um pouco de dispensacão; método de estudo que tem o respeito dos maiores expositores bíblicos do mundo.

    Bem, vamos por parte:

    1 LEI E GRAÇA: Se não entendermos a diferença entre lei e graça não somos capazes de entender o que realmente foi o sacrifício de Jesus, morrendo na cruz para nossa salvação.

    2 DÍZIMO DE ABRAÃO: Se criarmos uma doutrina para a obrigatoriedade dos dízimos, baseado em um ato que Abraão fez muito tempo antes do estabelecimento da lei, então teríamos o direito de fazer sacrifícios de animais em oferta a Deus, mesmo estando debaixo da graça. Não vejo sentido em observarmos uma atitude e desprezarmos outra, sendo que ambas foram posteriormente incluídas na lei.

    3 DÍZIMO NA NOVA ALIANÇA: Dos 27 livros neotestamentários, o assunto é relatado em apenas 3, sendo que livros tratam da mesma passagem. Na passagem em que Jesus repreende a hipocrisia do fariseu, não devemos esquecer de que Ele falava para alguém que estava debaixo da lei, e que se gabava de cumpri-la em um aspecto, mas desprezava o que na lei havia de mais importante. (Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, e tendes omitido o que há de mais importante na lei, a saber, a justiça, a misericórdia e a fé; estas coisas, porém, devíeis fazer, sem omitir aquelas. Mateus 23.23.) Nota-se que a expressão “o que há de mais importante na lei”, mostra claramente que ele não falava para seus discípulos.

    4 CONFUNDIDOS POR FALTA DE ENTENDIMENTO: ler a bíblia de forma isolada não deixa espaço para um culto racional. Então, como poderíamos sair do dilema entre Paulo e Jesus?
    JESUS: (Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. MATEUS 5-17)
    PAULO: (Pois, com efeito, o mandamento anterior é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade, pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou, e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual nos aproximamos de Deus. Hebreus 7 -18, 19).
    Na verdade não existe um dilema. Jesus disse que ele veio cumprir a lei e foi o que fez ao morrer na cruz. Uma vez a lei cumprida, na há motivos para cumpri-la novamente.

    5 TETELESTAI: foi a palavra grega que Jesus dissera na cruz: “Está consumado” era a mesma impressa em alguns carimbos da época. Os cobradores de impostos recebiam o “escrito de dívida” que era equivalente às promissórias atuais e, uma vez quitada a dívida declarava em grego “Tetelestai”, que significa “Está Pago”, e traduzido na frase de Jesus: “Está consumado”. Durante o primeiro século, era prática comum pregar o documento de acusação de um preso na porta da sua cela. Os crimes de que era acusado e o castigo que lhe tinha sido imposto estavam descritos nesse documento. Depois de o preso ter cumprido a sentença, o documento era retirado da porta, e cancelado pela aposição da palavra Tetelestai – (cumprida na totalidade). O referido documento era-lhe então entregue, e ninguém podia jamais acusá-lo dos mesmos crimes. Por ter cumprido toda a sentença, tinha pagado na totalidade o preço das suas ofensas. A vitória está ganha – Naquele tempo, a palavra Tetelestai era também utilizada com relação a campanhas militares bem-sucedidas contra o inimigo. Quando um general regressava do campo de batalha e fazia marchar os seus prisioneiros de guerra pelas ruas de Roma, costumava proclamar a sua vitória gritando: Tetelestai… Tetelestai… Com este grito de vitória, fazia afirmação clara que o inimigo havia sido vencido e que o seu poderio havia sido quebrado: Missão terminada!

    6 A GRAÇA QUE NOS BASTA: (Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão. Gálatas 5-1).
    E por fim (Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Gálatas 5.4).

    Mas uma vez quero deixar claro para você André; minha resposta não está recheada de zombarias e não tem por finalidade afrontar a fé de ninguém. Tudo está pautado em estudo da palavra com devidas a referências para consultas e edificação de quem ler.

    Tenha as minhas palavras, apesar de ríspidas, por uma repreensão cabível às suas atitudes em desrespeitar aqueles de pensamentos contrários aos seus.

    Com amor em cristo

    José Ailton

  77. MENSAGEM: A VERDADEIRA HISTÓRIA DO SÃO JOÃO
    TEMA-JOÃO O BATISTA
    TEXTO BÍBLICO-JOAO CAP.1-VERS. 29 A 31-LUCAS-CAP 1 VERS.4 A25;VERS 39 A 45; 57 A66; CAP 3 –VERS.1 A 22

    NO MÊS DE JUNHO, O BRASIL DE NORTE A SUL, DE LESTE A OESTE, PRINCIPALMENTE NO NORDESTE, COMEMORA AS FESTAS JUNINAS, E A CADA DIA ESTAS FESTAS ESTÃO TOMANDO UM RÍTMO MAIS ALUCINANTE, O QUE NO PASSADO ERA COMEMORADO APENAS DOIS DIAS (23/ 24,) HOJE JÁ ABRANGE O MÊS TODO DE FESTIVIDADES.

    Estamos em pleno período junino; O Brasil, o Nordeste, se enfeita e se organiza para as comemorações do São João. As cidades nordestinas competem entre si pela disputa do MELHOR SÃO JOÃO, a decoração caipira, as danças, quadrilhas, comidas típicas tudo nos leva a uma viagem ao passado, os carros de boi voltam a ter espaço nas ruas, fogueiras, roupas, casamento em carruagem etc.. A festa tem seu lado bonito e animador ;Esta festa Folclórica, transvertida de festa religiosa não passa de uma festa pagã, idolatra que tem se alastrado; A cada ano que passa, vemos mais movimentos, mais investimentos,gastos, dívidas contraídas,dias de trabalho sacrificados , bebidas, corrupção, drogas,violência,assassinatos,acidentes etc.Cidades há que festejam durante 30 dias onde o ritmo de trabalho público, praticamente pára; no término das festividades , vemos um saldo terrível de mortes, atentados, prisões.estupros, assassinatos etc.,.é um período onde muitas dívidas são contraídas o que vai infernizar a vida daqueles que se endividaram.O Problema mais grave que detectamos é o sincretismo religioso, muitos acreditam que há uma ligação direta desta festa , deste João com o João da Bíblia.
    Quando falamos no São João, muitos lembram e fazem ligação com o São João que a bíblia fala, acreditam mesmo que seja uma festa religiosa.
    O João Batista que a Bíblia refere, era judeu, filho do sacerdote Zacarias e Isabel que era estéril, (não podia ter filhos); Um dia quando o sacerdote Zacarias oferecia o sacrifício a Deus no templo, apareceu-lhe um anjo a direita do altar de incenso e disse-lhe: Zacarias, tua oração foi ouvida e Isabel tua mulher te dará à luz um filho a quem darás o nome de João, em ti haverá prazer e alegria e muitos se regozijarão no seu nascimento, pois ele será grande diante do Senhor, não beberá vinho, nem bebida alcoólica, bebida forte, pois será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe, e converterão muitos dos filhos de Israel ao Senhor Seu Deus e irá diante dele para converter os corações dos pais aos filhos, converter os desobedientes a prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado. No ver 19 o anjo se identifica e diz:Eu sou Gabriel que assisto diante de Deus e fui enviado para falar-te e trazer-te estas boas novas.Zacarias ouviu estas palavras, guardou-as no coração e não pôde revelar a ninguém porque ficou mudo e apenas no dia do nascimento do menino ele voltou a falar.No sexto mês de gravidez de Isabel,mãe de João , Maria mãe de Jesus foi visitá-la;Quando Maria saudou a Isabel,a criança lhe estremeceu no ventre e foi cheia do Espírito Santo.O menino foi cheio do Espírito Santo ainda no ventre da sua mãe.
    João o Batista veio a terra, enviado por Deus, de uma maneira inédita, foi gerado no ventre de uma senhora idosa e estéril, sua concepção foi anunciada pelo anjo Gabriel, e a missão que ele vinha para cumprir era de extrema responsabilidade; ele vinha para preparar o povo de Israel para receber Jesus, o Messias Prometido. A Zacarias pai de João foi dado todo programa de Deus para a vida do menino que seria um profeta.
    João nasceu, cresceu num lar temente a Deus, seu pai era sacerdote e criou o menino obedecendo aos princípios da Lei de Moises; o apostolo Marcos, registrou no seu livro no cap.1 vers.4: Apareceu João Batista no deserto pregando o batismo de arrependimento para remissão de pecados. Saíam a ter com ele toda província da Judéia e todos os habitantes de Jerusalém e , confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão.As vestes de João eram feitas de pêlos de camelo e ele trazia um cinto de couro e se alimentava de gafanhotos e mel silvestre.João o Batista ,era profeta,não bebia bebida alcoólica, nem vinho; foi cheio do Espírito Santo ainda no ventre de sua mãe João percorreu toda a circunvizinhança do Jordão pregando batismo de arrependimento para remissão dos pecados e dizia ele na sua pregação: Produzi pois frutos dignos de arrependimento, pois já está posto o machado a raiz das árvores e toda árvore que não produz frutos, é cortada e lançada no fogo;Quem tiver duas túnicas reparta com quem não tem e quem tiver comida faça o mesmo;os publicanos também :foram para serem batizados por João e perguntaram-lhe: Mestre, que havemos de fazer? E os soldados também perguntaram e nós o que faremos? João respondia: a ninguém maltrateis, não dê denúncia falsa e contentai-vos com vosso soldo. O povo maravilhado perguntava: você é o Cristo ou havemos de esperar outro? João respondia: eu na verdade vos batizo com água mas vem o que é mais poderoso do que eu do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias; ELE vos batizará com o Espírito Santo e com Fogo, a Sua pá ELE a tem na mão para limpar completamente a Sua eira e recolher o trigo no SEU celeiro, porém queimará a palha no fogo inextinguível; Assim pois com muitas outras exortações anunciava o evangelho ao povo.João era um pregador do Evangelho,que combatia o pecado, era um homem justo,temente a Deus obediente à SUA palavra,Certo dia Herodes foi conhecer este profeta da Galiléia pensando que pelo fato de ser imperador, João o Batista iria elogiá-lo.Ao aproximar-se de Herodes, João repreendeu-o duramente dizendo: Não te é lícito viver em adultério com a mulher de seu irmão e por todas as maldades que você faz com o povo; este relato está registrado no livro de Lucas.O povo afluía de toda Judéia, Betânia, Galileia e era batizado por João o Batista que dizia sempre”Eu batizo com água mas o que vem depois de MIM ,ELE vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.No dia seguinte , João viu Jesus que vinha ao seu encontro e disse: EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO, é ESTE Homem de quem eu falei que após mim viria um varão que tem a primazia, porque já existia antes de mim. Jesus foi ao Jordão para ser batizado por João e João testemunhou que ELE É O MESSIAS PROMETIDO a ISRAEL João teve o privilégio de batizar Jesus e após Jesus começar seu ministério ,João foi preso e degolado por Herodes em represália á exortação que João havia dado a Herodes. João era profeta de Deus, nunca andou em festa mundana, nunca participou de quadrilha, arruaças, era um homem segundo o coração de Deus Este São João que o Brasil e o Nordeste comemoram cheias de fogos de artifícios ,danças sensuais, bebedeiras ,morte, adultério, idolatria , drogas violência , promiscuidade, , esta é uma festa idólatra,vem do paganismo e teve inicio nos antigos rituais pagãos ;vem da mitologia romana onde pagãos que são pessoas que não conhecem nem professam o cristianismo, prestavam culto à deusa JUNO,cujos festejos eram denominados de JUNÔNIAS, adaptado no Brasil para JUNINA; esta festa foi trazida ao Brasil pela colonização portuguesa.A Quadrilha (dança característica do São João), e o Mastro,

    são elementos dos rituais pagãos que permanecem até hoje; As Fogueiras e Capelas, foram acrescentadas para agradar os índios já que o culto pirolátrico próprio das festividades juninas teve início em Portugal,onde se acreditava que o estrondo de bombas e rojões tinha a finalidade de espantar o diabo na noite de São João;Esta festa de São João profana, mundana, idolatra,carnal,pagã, sensual, violenta, um João que gosta de fogo, e violência , de chocarrices, de cachaça, de adultério de imoralidade, e promiscuidade sexual, de mortes, de drogas, de homicídios , roubos, assaltos, estupros de anarquia, de prostituição etc, de que desagrada a Deus e que só traz malefícios para as pessoas nada tem a ver com o personagem bíblico – o Profeta de Deus , e nem esta festa romana é comemorando o aniversário de João o Batista –
    João cumpriu rigorosamente sua missão na terra que foi anunciar o Messias e Sua missão e o fez com muita humildade, concluiu seu ministério e voltou para o Céu. Jesus também concluiu seu Ministério terreno e Subiu ao Céu onde se encontra á direita de Deus intercedendo por cada um de nós, dando-nos cada dia Sua proteção
    Aceite o conselho de João o Batista aceite a Jesus como seu único e suficiente Salvador, entregue sua vida aos cuidados deste Jesus Maravilhoso, abandone este João violento que se deleita nas arruaças, fogo, bombas que neste período se intensifica.este é um João criado por interesses religiosos pagãos que nada tem a ver com Deus, nem com a História Bíblica.O Anjo Gabriel informou ao pai de João que ele seria profeta e não poderia beber vinho, nem bebida alcoólica, e porque a bebida é o prato principal desta festa? Fica claro que é uma festa pagã e as comemorações são uma homenagem a deusa
    JUNO, uma entidade pagã, adorada pelos pagãos.
    Consideremos que a nossa passagem por esta terra é rápida, estamos habitando provisóriamente num corpo mortal que a qualquer momento poderá ter sua trajetória interrompida, sabedores de que a bíblia afirma que depois da morte segue-se o juízo de Deus será que vale a pena se expor tanto? Arriscar uma eternidade longe de Deus por alguns momentos fortuitos de prazer terreno que não valerão a pena? . O custo é muito alto, convido-o a refletir cuidadosamente sobre este assunto – Seu encontro com Jesus – que poderá se dar a qualquer momento.
    Neste período Junino, lamentavelmente muitos perderão suas preciosas vidas , seja por acidentes, over dose de drogas, assassinados, violentados, incêndios etc. que saldo sinistro de destruição, mas eu através desta humilde mensagem, lhe convido a fazer uma troca que você só terá a ganhar-Troque a morte pela Vida – troque o mundo por uma vida plena de felicidade, realizações, presença de Deus na Sua vida.Troque o invasor deste mundo- o diabo- por Jesus Cristo o VERDADEIRO SENHOR E REI –que venceu na Cruz do Calvário dando Sua Própria Vida por Você para que você tenha o direito de Tê-lo em sua vida como Senhor e Salvador, e no final desta vida ser recebido no Céu como Filho Amado “ VINDE BENDITOS DE MEU PAI, POSSUI UM REINO QUE VOS ESTÁ PREPARADO DESDE A FUNDAÇAO DO MUNDO.-ENTRA NO GOSO DO TEU SENHOR”(palavras de Jesus Cristo)

    Obrigada por ler até o final
    DRA- NEUDA MOREIRA
    neudacarvalho@hotmail.com
    Pr.Dilson Mendonça

  78. MENSAGEM: A VERDADEIRA HISTÓRIA DO SÃO JOÃO
    TEMA-JOÃO O BATISTA
    TEXTO BÍBLICO-JOAO CAP.1-VERS. 29 A 31-LUCAS-CAP 1 VERS.4 A25;VERS 39 A 45; 57 A66; CAP 3 –VERS.1 A 22

    NO MÊS DE JUNHO, O BRASIL DE NORTE A SUL, DE LESTE A OESTE, PRINCIPALMENTE NO NORDESTE, COMEMORA AS FESTAS JUNINAS, E A CADA DIA ESTAS FESTAS ESTÃO TOMANDO UM RÍTMO MAIS ALUCINANTE, O QUE NO PASSADO ERA COMEMORADO APENAS DOIS DIAS (23/ 24,) HOJE JÁ ABRANGE O MÊS TODO DE FESTIVIDADES.

    Estamos em pleno período junino; O Brasil, o Nordeste, se enfeita e se organiza para as comemorações do São João. As cidades nordestinas competem entre si pela disputa do MELHOR SÃO JOÃO, a decoração caipira, as danças, quadrilhas, comidas típicas tudo nos leva a uma viagem ao passado, os carros de boi voltam a ter espaço nas ruas, fogueiras, roupas, casamento em carruagem etc.. A festa tem seu lado bonito e animador ;Esta festa Folclórica, transvertida de festa religiosa não passa de uma festa pagã, idolatra que tem se alastrado; A cada ano que passa, vemos mais movimentos, mais investimentos,gastos, dívidas contraídas,dias de trabalho sacrificados , bebidas, corrupção,

    Veja mais em: Postado por: O Criador & Criatura

    Obrigada por ler até o final
    DRA- NEUDA MOREIRA
    neudacarvalho@hotmail.com
    Pr.Dilson Mendonça

  79. André disse:

    José Ailton você realmente é um dicípulo do Carlos Roberto Tiririca…que TEXTO LLLOOONNNGGGOOO E COM UMA PROFUNDIDADE DE UMA PRIVADA e que explicou exatamente NADA…somente sua visão DETURPADA para justificar, que você não vive a Bíblia em sua plenitude…hehe…e aí…não pense que por escrevo assim, de maneira descontraída, não tenha lido tudo o que você escreveu e confesso que sua imaginação é muito fértil…mas vocês escritores de LLLOOONNNGGGOOOSSS argumentos, que fazem da graça de Deus algo sem graça e que confundem liberdade com libertinagem, são esses pensamentos de “”supostas graças”” que criam as heresias no meio cristão…como predestinação…””cair pelo poder de Deus”” e outras…sobre Mateus 23 : 23…a reprimenda que o Senhor Jesus deu nos fariseus é simples de responder…em nenhum momento Jesus desvalorizou a fidelidade nos dízimos, mas em simples palavras mostrou tanto a sua importância, quanto a importância da justiça, misericordia e da fé e terminou essa frase assim…””devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!””…mas se você precisa recorrer, ao grego, aramaico, ou hebraico…para tentar justificar o seu engano..o que eu posso fazer…hehe…você me vem com teorias e eu vou com as práticas que tem trazido resultados na minha vida e de MILHÕES de pessoas nos 5 CONTINENTES a onde tem IURD´s…””Queres, pois, ficar certo, ó homem insensato, de que a fé sem as obras é inoperante? Não foi por obras que Abraão, o nosso pai, foi justificado, quando ofereceu sobre o altar o próprio filho, Isaque? Vês como a fé operava juntamente com as suas obras; com efeito, foi pelas obras que a fé se consumou, e se cumpriu a Escritura, a qual diz: Ora, Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça; e: Foi chamado amigo de Deus. Verificais que uma pessoa é justificada por obras e não por fé somente. De igual modo, não foi também justificada por obras a meretriz Raabe, quando acolheu os emissários e os fez partir por outro caminho? Porque, assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta.”” ( Tiago 2 : 20 a 26 )

    …e aí…

  80. Carlos disse:

    Esse carlos roberto deve passar o dia no computador…o cara vive escrevendo textos enfadonhos e pensa que ta arrazando!!kkkkkkkkkkk

    Acredito que pra ele, até soltar PUM é pecado…..o velho farisaísmo de sempre.

  81. Carlos Roberto disse:

    O BISPO PUNZEIRO

    Xará, segura esta. É para o seu enlevo humoral, já que o espiritual anda para lá de baixo. Perdoem-me OS MAIS SÉRIOS, mas é que com algumas pessoas eu tenho que fazer como a mulher do Bispo, tirar um bom sarro. P E R D Â O!!! Perdão!!! Mas não dá para passar em branco… Humor leve…

    Esta história é sobre um casal que estava casado há alguns anos. Ele, Bispo da IURD, ela uma senhora pacata e conservadora do interior.

    O único problema no casamento deles era que o Bispo tinha o hábito de soltar PUM alto todas as manhãs quando acordava. Sua esposa acordava com o barulho e o cheiro fazia sair lagrimas de seus olhos e ficava com falta de ar. Era preciso abrir todas as janelas da mansão e ligar um defumador…

    Todas as manhãs ela suplicava para ele parar de soltar seus puns, porque estava deixando-a doente. Ele falou para ela que não conseguia parar, e era perfeitamente natural. A comida à base de caviar e ovo de avestruz era um excelente ingrediente. Ela recomendou a ele uma “SESSÃO DE DESCARREGO”, pois achava que ele estava com uma “POMBA GÍRIA” podre no intestino. A coisa estava tão feia que o “DESACRREGO” à base de arruda e sal grosso não resolveram. Ela continuava a sua saga, cheirar gases… Ela então comprou no Shopping da IURD um vidro de “ÓLEO BENZIDO” e deu para o Bispo tomar, mas também não resolveu. Deu diarréia e foi ela que se lambuzou com o produto…

    Ela desesperada aconselhou-lhe a consultar um médico, pois estava preocupada que um dia ele iria por as tripas para fora. Os anos se passaram e ele continuou a soltar os gases.

    Em um belo dia de uma “Terapia do Amor” pela manhã, quando estava preparando o PERU para o jantar e o marido ainda estava dormindo no andar de cima, ela olha para os miúdos: pescoço, fígado, tripas e todos os restos descartáveis, quando veio um pensamento malicioso em sua mente. Ela queria resolver o problema dos puns a qualquer custo.

    Ela pegou a bacia com os miúdos e foi ao quarto onde seu marido estava dormindo e gentilmente levantou o edredon, puxou o elástico de sua cueca e esvaziou a bacia com os miúdos do PERU para dentro de sua cueca, na região das nádegas de seu querido Bispo. Ele tinha um sono de pedra…

    Algum tempo depois ela escutou o Bispo acordar com seus TROMPETES como de costume o qual veio com um grito de desespero e passos frenéticos enquanto ele corria para o banheiro. A esposa quase não conseguia se controlar enquanto rolava pelo chão de tanto rir. Depois de anos de tortura ela reconheceu que aprontou uma boa para ele.

    Depois de 20 minutos o Bispo desceu as escadas com as cuecas ensangüentadas com uma expressão de horror em seu rosto, ela mordeu seus lábios para não rir e perguntou-lhe com a maior cara de pau qual era o problema. Ele disse: “Querida você estava certa”. Todos esses anos que você me avisou e eu não quis te escutar, né?

    – Como assim? Perguntou sua esposa com a cara de sarcasmo.
    – Bom você sempre me disse que um dia de tanto soltar pum eu iria POR MINHAS TRIPAS PARA FORA, e não é que hoje aconteceu?!!! Mas com a Graça de Deus, um pouco de vaselina e dois dedos, consegui enfiar tudo de volta no lugar.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  82. Lady Kate disse:

    Carlos Roberto!

    Eu tive que aparecer novamente! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Depois vem dizer que fica envergonhado com o meu nick!!! Oras, bolas! Vai enganar outros, porque a mim vc NÃO ENGANA MAIS!rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

  83. andreia disse:

    Em minha visão,creio que estariamos pecando se estivermos nestas festas adorado os santos,mas creio que as igrejas que promovem festas juninas não é com a intêção de adorar os santos e nem tão pouco de segurar os membros,mas sim ter uma comunhão com os irmãos e com os seus familiares porque nem todos de uma familia são evangelicos e estas festas reunem membros e não menbros de uma mesma familia,por exemplo sou evangelica e meu esposo não, nas festas que minha igreja realiza o meu esposo vai e ouve a palavra de DEUS,na minha igreja vai ter festa junina onde todos vão ser convidados não e pra arrecadar fundos pra igreja mas sim convidar pessoas não evangelicas par participarem,todos os membros vão estar unidos preparando a festa,de pois da festa averar um culto ao SENHOR(uma vigilia)com todos crentes e não crentes,e todos vão estar num só proposito adorar ao SENHOR e naõ aos santos.
    Que DEUS abençoe a todos!

  84. Carlos disse:

    Está aí!!!!!!!!

    Agora apareceu o verdadeiro carlos roberto!!!!!hehehehehehehehe
    Se mostrou o mais baixo de todos aki..
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Bastou falar em PEIDO, ele se empolgou mais vez em escrever o loooooongo textoooooo

  85. Eu disse:

    Tudo agora é pecado, sera que existe pecado, até ir a uma fésta junina ver uma quadrilha, comer um milho cozido ei e tambem não podemos mais cantar parabéns pios o ratimbum é “pecado tambem. Bando de imbecis.

  86. sandra sueli disse:

    Pastor Vitor, me desculpe mas eu não concordo com o sr. A Palavra de Deus diz que quem é amigo do mundo é inimigo de Deus. Festa junina é do mundo,e não é bíblico. Desde que eu me convertir abandonei esta festa e olhe que era a festa que eu mais gostava quando vivia as coisas do mundo.Não foi pastor nem irmãos que me proibiram, foi o Espírito Santo de Deus. Penso que se fosse agradavel aos olhos do SENHOR, ELE não tinha me separado da festa junina já que eu gostava tanto. Eu penso assim.

  87. Carlos disse:

    Sandra isso que vc falou é uma verdade pra vc. Somente pra vc. Testemunho subjetivo. Vc interpretou dessa maneira. Não queira fazer da sua experiência uma regra para todos.

  88. André disse:

    Carlos Roberto Tiririca, já que você gosta de piadas e o Idalino também, o José Ailton, é uma piada…hehe…aí vai pra vocês…hehe…

    Em um “”bar evangélico””, estavam, Carlos Roberto, José Ailton e Idalino, bebericando uma cervejinha…pois na “”graça”” deles pode…””uma vez salvo, salvo para sempre”” sabe como é que é né…hehe…e enquanto bebericavam suas cervejinhas, faziam o que sabem fazer melhor…falavam mal de outras igrejas…

    Dizia o Carlão :-Mas isso não pode continuar assim, a Globo tem que fazer alguma coisa…

    Dizia o José :-Não só a Globo, mas Folha de São Paulo e a OUL também…

    Dizia o Idalino :-ALÁ BALÃO…DÃ…

    Dizia o Carlão :-E eles não param de CRESCER, já não sei mais o que escrever, copiar, colar dos outros…não tem uma DENUNCIAZINHA QUE VINGA, tsc, tsc…

    Dizia o José :-Já até abandonei as denúncias, estou partindo pro ataque usando a Bíblia, mas me enrolo todinho, tsc, tsc…

    Dizia o Idalino :-ALÁ BALÃO…DÃ…

    Quando aí, resolveram falar mal dos Dízimos e Ofertas…

    Dizia o Carlão :-Não precia dar não, esses crentes não pensam…

    Dizia o José :-Eu ainda vou achar na Bíblia, uma passagem que fale mal dos dízimos e das ofertas…vocês vão ver…

    Dizia o Idalino :-ALÁ BALÃO…DÃ…

    Disse o Idalino :-E sobre isso eu faço o seguite, desenho um circulo em volta de mim, pego meu dinheiro e jogo pro alto, o que cair fora do círculo é de Deus, o que cair dentro do círculo é meu…DÃ…

    Disse o José Ailton :-Eu faço o seguinte, um cículo em volta de mim, e jogo o dinheiro pro alto, o que cair dentro do círculo é de Deus e o que cair fora do círculo é meu…

    Disse o Carlos Roberto :-Eu jogo o dinheiro pro alto…o que Deus pegar é dEle…

    …hehe…

  89. Roseli dos Santos de Assis disse:

    Bom dia, será que é só a festa junina que é um ritual pagão está entrando na igreja crista? Ou outros rítimos também? glorifico ao senhor JESUS homem e santo virá para separar o joio do trigo , pois os dois por fora se parecem , mas por dentro só um contem o trigo, devemos ser como Jeremias a igreja esta prostituino não no sentido sexual, oremos para a igreja ,pois ela está doente.

  90. Eu disse:

    O vida boa! hehehe hahaha hehehehe

  91. Georges disse:

    Ô Pastor Dilson, o mais importante você não falou, que é quando nasceu João Batista… pra você qual é a data correta?

  92. henrjk disse:

    Não existe festa de são João há muito tempo.
    Nesta época do ano em que se colhe o milho verde para apreciar uma pamonha ou um curau…ore agradecendo a Deus por ter permitido que a terra produzisse coisas saborosas para nós.

  93. John bryan disse:

    Paz! Festa junina? me poupe! é pura idolatria, mesmo que hj não se diga mais tanto nos santos, mas a origem é essa. Gente voltemonos para a Biblia. Se podemos ir a festas que sacrificam, honram, adoram, veneram,. lembram… aos mortos… então iremos nos centros de ubanda dar gloria a Deus? o que está havendo com o cristianismo? a a biblia diz: por que muitos virão em meu nome… mudando as escrituras para satisfazerem seus proprios desejos.
    E imita-los? foi justamente isso que levou israel a rebelar-se contra Deus. o Senhor disse que não deveriam imitar, habitar, ou concordar com qualquer ato pagão. o cristão sempre foi e sempre será motivo de piada por parte dos incredulos. e gloria a Deus por isso. agora so pq fomos ridicularizados por não ir a orgias juninas, vamos imita-los? acho que está faltando uma verdadeira conversão neste povo.
    Jesus nunca imitou ninguem para salvar. o crente não deve copiar e sim ser copiado.
    mas eu não sou juiz de ninguem, que o bom juiz, que é verdadeiramente justo e sabe o que o coração realmente quer esse seje juiz de vcs. mas o crente nao deve levar-se pelo mundo.
    Deus tenha misericordia do seu povo. se é que são. pq o povo de Deus é consagrado, santo(no original SEPARADO)

  94. henrjk disse:

    John bryan
    Se você pensa assim, então esqueça de comemorar o Natal.
    A comemoração que havia na época do em nós temos o natal era verdadeiramente uma festa pagã e de muita orgia.
    O Natal foi posto em lugar dessa festa, mas as pessoas continuam com o mesmo espírito consumista e de orgia alimentar.
    O melhor mesmo é viver dentro de uma bolha para não se contaminar, mas cuidado para que a bolha não estoure.

  95. Lady Kate disse:

    Caros,
    Se vcs estudaram história geral, incluindo a antiguidade, devem saber que os costumes judaicos, suas festas, sacrifícios de animais, etc, também eram praticados pelos povos pagãos. agora, me digam: quem copiou quem?
    Se nós formos nos abster de todos os costumes, muitas coisas temos que deixar de fazer, ex: festa de aniversário com bolo e velinhas, casamento, e até velório!
    Mas, Paulo falou que para os puros, tudo se torna puro… O mesmo vale para quem acha tudo pecado, impuro, do demo – ENTÃO NÃO DEVE PARTICIPAR DE NADA, MESMO! Ou fazer como nosso amigo aí em cima falou, entra numa bolha, e torça para ela não furar! kkkkkkkkkk

  96. digo disse:

    eu tenho 10 anos e achei bem massa esse site :)

  97. Carlos disse:

    Boa Lady!!!!

    Isso q vc disse resolve toda questao

  98. henrjk disse:

    Sugiro aos puritanos criar uma Comunidade Quaker.

  99. André disse:

    henrjk…e você…deixou de ser puritano…hehe…

  100. henrjk disse:

    André

    Você tem alguma noção sobre o que foi o”Puritanismo” na igreja protestante dominante nos EUA?

  101. André disse:

    Me desculpe…além de puritano, só você estudou…hehe…

  102. Tatiane disse:

    Pelo amor de DEus gente,é precsio ler e meditar na Palavra do nosso Deus!

    Que comunhão tem a Luz com as trevas???

    Precisa dizer mais alguma coisa?

  103. henrjk disse:

    André
    Se você não respondeu, é sinal não entende de nada.

  104. André disse:

    henrjk…hehe…HÁHÁHÁHÁ…parece criança…uma criança puritana…hehe…só você estudou…eu não sei nada…hehe…

  105. Cínthya disse:

    A paz do Senhor a todos!
    Concordo plenamente c/ o que disse o Pr.Vitor Pinheiro e falo porque passei por um constrangimento que se eu tivesse um pouco mais de sabedoria não teria acontecido… ano passado,foi realizada uma festa junina no meu trabalho e por achar que não tinha problema participei. Até hoje sou apontada como A CRENTE que gosta de santo!
    Fiquei triste, mas tive culpa. A palavra de Deus diz que é lícito que venham os escandalos mais, ai daquele por quem vier. Mesmo que não estejamos fazendo nada demais as pessoas sempre irão se escandalizar…

  106. henrjk disse:

    Para quem acha que tudo que é servido nas festas juninas é em louvor aos santos da igreja católica, terão que fazer orações fortes de tremer o inferno quando souberam que grande parte da colheita nossa é dedicada principalmente a eles.
    Na falta de chuvas apela-se a São Pedro que as mande e após as colheitas agradece-se a ele.

    Se todas as coisas foram feitas por Deus e viu que tudo era bom, não há espaço para aqueles que veem o demonio em tudo.
    Só mesmo os fracos na fé e que ainda estão na mamadeira que sofrem dessas aluncinações.

  107. André disse:

    CARACA…sinceramente…é muita maluquice pra uma cabeça só…hehe…

  108. Gregório disse:

    Só foi esse “pastorzinho” desse site defender as festas cristãs que daí vieram um monte de maria-vai-com-as-outras doidos pra ter alguém que lhes guiem no erro e ficarem jogando pedras naquelas que se baseiam à luz da Bíblia. Conheço um monte de “crentes” que fazem tudo que seus pastores dizem que podem fazer. A salvação é individual, não há do que procurar contentar a própria carne, levando a enganar a si próprio. Jesus é santo, e aquele que o segue não pode ser diferente. Em vez de atacar aqueles que têm seus pontos de vistas contrários à práticas de festejos pagãos, ouçam o que eles têm a dizer. Li todos os comentários aqui, e o que pude perceber foi zombarias e falta de respeito àqueles que aqui estão condenando essas festas diabólicas. Se vão discordar, ao menos discordem com base e seriedade, mas sem apelações ou ironias. Creio que esses que apelam à baixaria não têm nada de servos do Senhor, estão aqui mais pra tumultuar do que pra dar uma orientação acerca do assunto tratado.

  109. Renato Paúra disse:

    henrjk
    Quando a Bíblia f]diz que todas as coisas foram feitas por Deus, se refere a criação do universo. Jamais ali está relacionado as festas. Se seguirmos o teu raciocínio, então podemos participar das festas que são realizadas nos centros espíritas. Deus não teria proíbido de os judeus de participarem das festas pagãs dos povos vizinhos. Veja o exemplo do profeta Daniel e seus companheiros que se recusaram a comerem das iguarías do rei Nabucodonosor? Será que eles também estavam errados nas suas decisões?
    Quanto a colheita nossa ser dedicada a “santos” ou “Pedro” eu não me importo pelo fato de não estou presenciando e nem agindo da mesma forma do que eles. Se eles querem atribuir a esses “santos”, eu sempre atribu-o a Deus. Agora, participar de uma festa que eu sei que é dedicado ao paganismo, neste caso é a Bíblia que diz que não devemos fazer parte dessas coisas (1Co 10.20).

  110. henrjk disse:

    Renato Paúra

    A questão de Daniel e seus amigos é um caso totalmente a parte do que se discute aqui.
    Eles estavam seguinte as leis dietéticas da lei mosaica e não tinha nada a ver com comidas oferecidas a deuses e vale lembrar que o rei naquela época era considerado um deus. Veja o caso da estátua de Nabucodonozor e os atos publicados.

    Centro espíritas e terreiros não tem nada em comum com o cristianismo.
    Se você vai a um centro ou terreiro participar de uma festa, com certeza você estará participando dos cultos deles.
    Em tempo, o que tem a ver Festa Junina ou Festa de São João com espiritismo ou candomblé se São João foi um dos Apóstolos de Jesus?

    Quando se cobra para comer em uma festa, a relação se torna comercial ou arrecadora e deixa de ser religiosa.

    Ainda sobre Daniel eu posso lhe afirmar que se você convidar um judeu religioso para assentar-se a mesa com você, ele dificilmente irá aceitar o seu convite.
    Quando os religiosos judeus criticavam Jesus por comer com pecadores(faltosos) e gentios, eles estavam fazendo alusão a lei mosaica e tambem a tradição rabínica.
    Portanto Daniel não é um caso que se deve fazer uma conexão com o tema acima.

    Fica aqui alguns textos do Apóstolo Paulo no tocante ao tema:

    1 Coríntios

    8.1 Ora, no tocante às coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que todos temos ciência. A ciência incha, mas o amor edifica.

    8.4 Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo e que não há outro Deus, senão um só.

    8.7 Mas nem em todos há conhecimento; porque alguns até agora comem, no seu costume para com o ídolo, coisas sacrificadas ao ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, fica contaminada.

    8.10 Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa no templo dos ídolos, não será a consciência do que é fraco induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?

    10.19 Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa?

    10.28 Mas, se alguém vos disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência; porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude.

    12.2 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.

  111. edielson disse:

    Na minha opinião o crente deve ter postura de cidadão do ceu.E fazer a diferença de acordo com MALAQUIAS 3.18.

  112. Renato Paúra disse:

    henrjk
    O caso de Daniel e seus eles estavam em cativeiros e, independentes se eram juseus ou não, estavam sob o jugo do império babilônico. Portanto, para o rei não tinha essa de respeitar a religião de seus conquistados. Tanto é você mesmo cita a questão da estátua de Nabucodonosor. Será que o rei não sabia que os judeus não poderiam se curvar a nenhum ídolo?
    Você também diz que a Festa Junina ou São João não tem nada a ver com o espíritismo ou candomblé pelo fato de João de sido um apóstolo de Jesus. Eu te afirmo que não só essas religiões estão ligadas a essas festas. Pior do que isto a maçonaria é a que mais adora essa data. Não sei se você sabe, mas o dia mais sagrado para os maçons e o dia 13 de junho – o dia de São João. Tanto é que na maçonaria é proíbido orar em nome de Jesus, mas, é permitido orar em nome de João. Isso não é invenção minha, está registrado na livro “Morals and Dogma”, que é considerado a “bíblia” da maçonaria de autoria de Albert Parcker.
    Quanto ao texto que você cita em 1Co 8 e 10, vejo que você pulou alguns versículos. Você cita 1Co 10.19 mas não cita o complemento do versículo que é o 20 que diz: “Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios”. Como já disse em comentário anterior, o problema realmente não está no ídolo que é feiro de pedra ou madeira, etc. Mas, em que está por detrás do ídolo que são os demônios.

  113. henrjk disse:

    Renato Paúra

    Não pulei os versiculos, apenas coloquei citações que é melhor que escrever uma página tal qual alguns aqui escrevem.

    A data de São João é no dia 23, que coincidentemente é o dia de aniversário da minha mãe.

    Sobre a maçonaria eu não sei tudo, mas conheço o suficiente. Tenho um parente que fazia parte e era de bom grau.
    Como crente teve que sair e sei o que acontece.

    O rei Nabucodonozor caiu numa cilada preparada pelos seus assessores invejosos. O rei gostava muito deles, é só conferir direitino o que está escrito.

    Se o ídolo não é nada, quem está por trás tambem não é nada.

  114. Renato Paúra disse:

    henrjk
    Realmente eu confundi as datas. 13 de junho é dia de “santo Antônio”, porém, quanto ao dia 23 (você está certo), é o principal dia da maçonaria. Pois a maçonaria moderna foi fundada numa uisqueria em 1717 nesta data de 23 de junho. Pergunte ao seu parente ex-maçon que ele te explicará.
    Nabucodonosor não caiu em cilada nenhuma. Eu fiz citação do capítulo 3 de Daniel em que ele mesmo manda fazer uma estátua e ordena que todos se curvem ao toque dos instrumentos. Quem caiu em uma cilada foi Dário que assinou um decreto dos seus ministros para prejudicar Daniel como está registrado em Dn 6.
    Quanto aos demônios que estão por detrás dos ídolos, é a Bíblia que proíbe de participarmos da mesa dos demônios (1Co 10.20). Se realmente esses demônios não fossem nada, porque que a Bíblia nos alerta contra eles?

  115. Vc jura….jura mesmo? Vc jura que pode? Já estas errado na contra-mão da palvrade Deus que abomina o juramento

  116. CABRAL disse:

    BOM SÓ SEI Q DAQUI UNS DIAS ESTAREMOS DISCUTINDO SE PODE FUMAR MACONHA OU NAO NA IGREJA, SE PODEMOS FAZER-MOS UM PROSTIBULO OU NAO NA IGREJA, SE PODEMOS CHEIRAR COCAINA, SE PODEMOS USAR QUALQUER TIPO DE DROGA, DESDE Q FAZEMOS DIFERENTE DOS QUE NAO SAO CRENTES, BAILE FANQUE, VIRAR TRAFICANTE GOSPEL, VIRAR MILICIA GOSPEL, E SEI Q TERAO MUITOS A FAVOR,ISTO É O CUMULO DO ABSURDO.
    SÓ SEI DE UMA COISA A IGREJA NUNCA PRECISOU DE NADA DISTO PARA ATRAIR QUEM NAO É CRENTE, E SIM SEMPRE PRECISOU DE USARMOS A PALAVRA DE DEUS QUE É PURA E VERDADEIRA,”Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”!
    ISTO É O Q EU ACHO.

  117. henrjk disse:

    Renato Paúra

    Tambem confundi, foi com Dario e não com Nabucodonozor a cilada.
    Mas os três amigos jogados na fornalha foram dedurados, que acredito tenha sido por inveja visto que Nabucodonozor ao destruir Jerusalem, levou para o palácio em Babilônia os melhores que encontrou.
    Quanto ao número “13”, não é só na maçonaria que é importante.
    No judaísmo tambem, pois aos 13 anos a criança judia assume a maioridade e já é responsável por seus atos e tambem já pode compor o mínimo de 10 pessoas para abrir uma sinagoga.
    O número 7 que para muitos é o número do mentiroso, não o é para judeus e cristãos, pois ele representa a perfeição.
    Na bíblia há muitos números que são símbolos e talvez a maçonaria tenha pego para si.

    Eu não acredito que as imagens(santos) representativas dos apóstolos e daqueles que sofreram mortes terríveis durante o Império Romano tenham por trás de si os demônios.
    Não é certo venerá-la e muito menos atribuir-lhes milagres ou intercessões.
    Se assim considerarmos, estaremos pondo estas imagens ou figuras representativas lado-a-lado com as imagens de orixás e de figuras mitológicas gregas ou romanas.
    Cada coisa deve ser vista no seu devido lugar, nem o Apóstolo Paulo durante a sua pregação no areópago demonizou as imagens que ali existiam, mas aproveitou uma para anunciar o verdadeiro Deus.

  118. henrjk disse:

    Correção:

    “…o Apóstolo Paulo não demonizou as imagens que ali existiam…”

  119. Renato Paúra disse:

    henrjk
    Eu não disse que o número treze (13) é um número importante para a maçonaria. Eu disse que a data mais importante do ano para eles é o dia treze de junho, que é o dia de “São João”; justamente quando foi fundada a maçonaria moderna em 1717.

  120. henrjk disse:

    Renato Paúra

    Eu não posso afirmar com toda certeza que a maçonaria tenha sido fundada nessa data, mas número e data dão mesmo.
    Já que é uma sociedade secreta, acredito que a data de seu inicio seja tambem secreta.
    Por causa de uma data o número pode tornar-se importante e creio que seja isso.
    Por que o 13 e não o 6(por exemplo)?
    Se formos analisar as datas festivas, o Natal seria excluido sem chances por causa de sua conotação com as saturnálias.
    A igreja católica durante o Império Romano não conseguiu tirar essa festa cheia de orgias, comilanças e gastanças e imprimiu o nascimento de cristo nessa data em todos os seus detalhes, inclusive no horário.

  121. Jonas disse:

    “Questionado por uma criança vizinha pentecostal, por estar celebrando ‘uma festa do diabo’, responde o meu filho Eduardo, carregando um saco de fogos de artifício: ‘São João não é do diabo. Estamos comemorando o aniversário do priminho de Jesus’” (Robinson Cavalcanti).

    Embora particularmente não ache que podemos participar de festas em louvor de outras pessoas senão de Deus, precisamos ser muito cuidadosos para não criar problema com nosso próximo.

  122. Renato Paúra disse:

    CORREÇÃO
    Aonde eu disse treze de junho, eu quis dizer 23 de jumho.

  123. Ivan Silveira FIlho disse:

    Não sei se já atentaram, mas as caricaturas feitas nas festas juninas, mostram pessoas com roupas arremendadas, maquiagem carregada, sem dentes, além do linguajar carregado de palavras com pronúncias erradas.

    Uma caricatura que menospresa o homem do campo e o expõe ao ridículo. Apontam como pessoas brutas, sem educação.

    E isto é folclore? Ou seria Deboche !!!

    Para isto não preciso me justificar na Palavra de Deus. Mas se necessário, o amor ao próximo não me permitiria cometer tamanha brutalidade.

    Reflitam…

  124. wilson disse:

    claro que as festas juninas pertence a satanas pois é uma festa dedicada a um idolo, e a biblia condena todo tipo de idolatria.
    COMCORDO COM VC. RENATO. VIVA DEUS. E MORRA O DIABO

    Eu não participo desta festa por, pelo menos, três motivos.
    1º. Quando eu estava no mundo eu participava; agora, sendo nova criatura me acho no direito de não mais fazer parte desta festa (1Co 10.23).
    2º. Pelo que eu sei, essa festa é uma adoração ao fogo e aos “santos” pagãos. E a Bíblia diz que eu não devo adorar ídolos (1Jo 5.21).
    3º. Se essa festa é para ídolos, então as comidas típicas são oferecidas a esses ídolos. E, a Bíblia fala que eu não devo me assentar à mesa dos demônios (1Co 10.20).
    A reportagem se vale do texto de 1Coríntios 10.23 para dizer que cada um tem a liberdade de fazer o que sua consciência mandar. Isso é interpretar versículo isolado, o que é um grave erro para se criar heresias. O texto e o contexto tem que ser lido. E se nós observarmos no início do capítulo 10 de 1Coríntios, Paulo nos alerta para o que aconteceu com o povo de Israel quando estava no deserto. O povo foi liberto passando pelo meio do mar (10.1,2), comeu do maná e bebeu da água de Deus (10.3,4); porém, Deus não se agradou deles porque foram idólatras

  125. CélioGaya Luis Duarte disse:

    Concordo com o Pastor Vitor Pinheiro desque façamos tais festas em DEZEMBRO por exemplo, pois junho e julho são meses que tais festas são oferecidas não aos ídolos (como diz Paulo),mas sim aos demônios.

  126. Clark disse:

    Concordo plenamente com o Pastor Vitor Pinheiro.

    SAbe as vezes fico me perguntando o que será melhor: vestir uma capa de santarrão metido a perfeito e usar de meu conhecimento da letra para ser arrogante e afastar as almas de mim distorcendo a palavra a meu favor (farisaismo) e escondendo de todos minhas falhas OU ser sincero no meu relacionamento com Deus e aos outros mostrando ao mundo que ser isento de erros não existe e que crente também tropeça e nem por isso deixa de ser amado por Deus e logo sempre está com as mãos estendidas para nos levantar?

    Será que é melhor darmos exemplo de crente enpinando o nariz e dizermos que tudo é pecado e que não nos misturamos e logo deixar que as almas se afastem de mim OU mostrarmos quem realmente somos, ou seja, pessoas extremamente falhas que pecam todos os dias mas que buscam ao senhor, que oram, jejuam, leem a palavra e se esforçam, não para aceitar o pecado mas para melhorar sua conduta nem que seja um pouco por dia e mostrar ao mundo que ser cristão vai além de uma conduta hipócrita?

    Será que é melhor ficar pagando de certinho, escrevendo textos gigantes só para provar minha teoria nem que eu tenha que falar mal de líderes de denominações, correndo o risco assim de que pessoas possam se desviar por causa das minha palavras OU ensinar ao mundo que frases do tipo: “Se ele que é crente fez eu vou fazer” não passa de um pensamento de acusação criado pelo diabo para faze-las acreditar que crente tem que ser perfeito e logo afastá-las ainda mais do evangelho quando na verdade a frase que eles deveriam entender é essa: “Ele que é crente fez, mas ninguém é perfeito, logo, tenho certeza de que ele vai se esforçar mais da proxima vez pois ele se esforça para agradar a Deus e eu vou fazer isso também”. Ele é falho mas está apegado a Deus então vou tentar me aproximar de Deus também” para entender melhor o amor de cristo?

    Quanto a festas juninas eu sempre participei de festas na minha rua e nas escolas e até onde pude ver ninguém nunca disse: “olha essa festa é dedicada a adoração a São Pedro São João etc”. Se alguém me
    dissesse lógico que não participaria. Os convites que recebo é: “olha! vai ter festa junina. É um momento para rever a galera e vai ter um rango da hora, você vai?” E por ae vejo que ninguém vai estar lá por intuitos pagãos. Se fosse eu evitaria, é lógico.

    E festas juninas na igreja eu apoio. Nada melhor quando essas festas são consagradas ao Senhor e as músicas e todo o mais visa evangelizar.

  127. julio neto disse:

    sou lider de jovens e estou enfrentando o mesmo poblemas sobre essa festa juninas. Mas eu tenho plena conciencia de que Deus não quer que seus filhos venham participar desses eventos , pois são consagradas a idolos ,quando ele grintam viva são jão eles estão dando honra e glorias aos idolos .Não se lembram que Deus existe . sou contar os que se dizem evagelicos comprados e lavados com o sangue de Cristo jesusparticiparem de tal evento. e tem muitas escolas que querem obrigar filhos de evagelicos a participarem e um absurdo que cader a liberdade cristã no nosso pais ………. valeu pastores que lutam pelo o zelo da palavra de Deus nos dias atuais . temos que termos opção pelas coisas de Deus e seremos gratificados com sua graça poderossa ………………..

  128. Ana Maria disse:

    Bom, li todo o artigo e comecei a ler os comentários. Mas eram muitos e estavam se tornando uma discussão muito “acalorada”. Então resolvi partir logo pra minha opinião:

    1. Não acho que o caráter religioso da festa esteja se perdendo e se tornando apenas uma festa folclórica. Houve essa semana uma série de reportagens no jornal Hoje feitas pelo Evaristo Costa sobre as festas juninas do Norte/Nordeste e ele deixou bem claro que são festas religiosas. Inclusive, em uma delas, tinha um padre benzendo a fogueira.

    2. Mesmo que esteja se tornando uma festa folclórica, temos que tomar MUITO CUIDADO com o que nós cristãos consideramos folclore. O Candomblé é visto como folclore brasileiro, mas nós sabemos que isso é bruxaria e satanismo e NADA tem de folclore. Jogar flores pra Iemanjá tb faz parte do “folclore brasileiro”, mas nem por isso a gente vai lá na praia carioca na passagem do ano cumprir esse ritual!

    3. Acho que transformar festa junina em festa caipira é igual beber cerveja sem álcool: É um desfarce pro pecado. É imitar o mundo. É provar algo que tem lá fora sem ficar com a conciência doendo. É assim que Satanás, devagarinho, entra na vida do crente: com sapatinho de algodão.

    Não sou legalista, mas acho que a santidade é algo muito precioso pra que abramos mão dela por pouca coisa, por coisas substituíveis. Ser cristão é fazer diferença. Sim, os judeus faziam festas, eram festeiros. Tem tantas festas que podemos fazer na igreja, taaantas! Pq então fazer logo uma festa caipira? Ou então, que se faça uma festa caipira em novembro, pra que não seja associada com as festas juninas! Imitar o mundo pra quê?

  129. Renato Paúra disse:

    “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde?” (Rm 6.1).
    A Palavra de Deus nunca escondeu a nossa natureza pecaminosa que herdamos de nossos de Adão. Para isso que Jesus entregou sua vida por nós quando nos arrependemos e nos tornamos novamente filhos de Deus (Jo 1.11,12).
    Porém essa mesma Palavra de Deus nos diz que não deveremos permanecer no pecado pelo fato de sermos simplesmente pecadores, pois, nesse caso, já não seríamos servos de Deus, mas, servos do pecado.
    Será que é necessário alguém me dizer que as festas juninas não são festas dedicadas a “São João”? Ora, quase todos os brasileiros tiveram ou tem sua origem religiosa dentro do catolicismo romano. E essa festa tem a sua origem dentro do catolicismo romano e, todo católico certamente dirá que a festa junina é a mesma coisa que a festa de “São João”.
    Não é questão de hipocrisia não querer participar dessa festa; é questão de separar-se do mundo como diz a Bíblia que se alguém ama o mundo não ama a Deus. Porém, todos têm o livre arbítrio de fazer qualquer coisa com sua vida, até participar dessa festa; sabendo que todos pretarão contas a Deus com o que fizer através do corpo.

  130. Muitos não vão a uma festa junina, mas assistem ao Big Brother, e ainda dão opinião sobre o que faz o profeta Bial

  131. Paulo Almeida disse:

    Romanos 12:1 e 2 Marcos 7:8.

  132. Matheus Cesar disse:

    correttooooo

  133. Selma Santos disse:

    Não concordo que pessoas evangélicas participem de festas juninas. Quem defende que não existe envolvimento com idolatria, ou nunca foi em uma festa junina, ou está com a mente cauterizada pelo mal, pois fui católia por muitos anos e já participei de muitas festas juninas, e até as músicas que são tocadas nas quadrilhas são terríveis: falam de idolatria sim, de atitudes que não agradam ao Senhor, muitas levantam até bandeiras com imagens dos santos, acho que todos os pastores deveriam fazer um estudo aprofundado sobre as festas juninas, sua origem, as letras de suas músicas e tudo mais e depois confrntá-los com a palavra de Deus, depois disso tenho certeza que irão instruir seu rebanho a não frequentar.

    1. Debora Pires disse:

      é verdade irmã, uma das comemorações da festa junina é a do falso deus juno e outra e a morte de joão batista, como o povo de Deus pode comemorar coisas assim???!! o povo de Deus deve ser um povo separado, um povo que busca viver em santidade, não devemos nos assentar na roda dos escarneceadores, a palavra é muito clara quando diz: "Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." Está faltando temor a Deus e conhecimento da palavra dEle, muitos cristão hoje em dia estão dando mau testemunho e vivendo segundo as leias e conselhos do impio, participando de festas idólatras e agindo em concordância com aquilo que Deus condena, é muito triste ver que realmente o amor está esfriando e o temor ao Senhor também. Fica na paz de JEsus!!!

  134. Benedita Vida disse:

    Hoje muitos crentes perdeu a essência do evangelho, é esta corropido por não despreender do que afasta do SENHOR, é moda fazer tudo que o mundo oferece, trazendo pra dentro das igrejas o mundo, nós temos que levar o evangelho para o mundo. Mas a falta do verdadeiro evangelho leva os crentes a continuar no mundo, é festa junina, é cervaja sem alcool, é roupas que mostram o corpo ( nosso corpo é templo do espirito santo ), tomara que cai, decotadas, transparentes, super curtas biquines, isto deixa o SENHOR estritecidos, pois dizem comverter ao SENHOR DEUS, mas continua contaminados por coisas, que desacrada a DEUS. e sejamos pecadores. A palavra de DEUS é unica , nova criatura somos RM 6:6 Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.

  135. Leidinéia Nogueira disse:

    Daniel comeu as comida do Rei NAbuconozor. ?

  136. OLHA EU COMENTO QUE UM CRISTÃO VERDADEIRO PODE IR NESTA FESTA SIM MAIS PARA COMER DAS COMIDAS QUE SÃO OTIMAS MAIS PARTICIPAR DA SUA IDOLATRIA NÃO PORQUE JESUS FOI EM VARIAS FEZTAS DE PECADORES MAIS NÃO VI ELE DANÇANDO E OUTRAS COISAS ELE SEMPRE SEGUIO FIRME EM SEU CARATER E ELE TAMBÉM ATÉ BENÇOU UM CASAMENTO COM NOVO VINHO E NÓS SABEMOS QUE VINHO NÃO SO DA ALEGRIA COMO TAMBÉM EMBEBEDA E AI O QUE SE PODE DIZER DISSO ENTÃO SE ALI É IDOLATIA MAIS O CRISTÃO QUE COMER DAQUELA COIDA CONSAGRE AO SENHOR PORQUE MUITOS ALI NEM SABE QUE ISSO É IDOLATRIA E TAMBÉM PENSAM QUE É ALGO DA FÉ VERDADEIRA, E OUTRA COISA DIZEM SER FESTA DA COLHEITA DO MILHO SABEM UEMGOSTAVA DE TAL ADORAÇÃO ERA BAAL E SABEM QUE GIDEÃO DEU A DEUS M BOI COMO SACRIFICIO, AI SE SABE DA HISTORIA DO BUMBA BOI NÉ AI DIGO QUE FICAM BLASFEMANDOO NOME DE DEUS E DE QUEM SERVIU A DEUS COMO PEDRO E JOÃO QUE DIZER ISSO É ALGO DE SE ANALIZAR BEM MESMO PORQUE O diabo SE TRANFORMA EM ANJO DE LUZ ELE É ENGANANDOR ELE SABE MUITO O QUE PODE FAZER PARA O POVO DE DEUS SE DESVIAR ATÉ JESUS ELE ATENTOU IMAGINEM NÓS ENTÃO FICA AQUI MEU COMENTÁRIO ( EU PREFIRO COMPRAR A COMIDA QUE LÁ É OFERECIDA E APRESENTAR AO MEU DEUS E FAZER UMA FESTA DIGNA DE ADORAÇÃO AO SENHOR COM MEUS AMADOS IRMÃOS DO QUE SERVI DE LADAINHA PARA O diabo É PORQUE EU NÃO SEI FAZER AQUELAS COMIDAS TIPICAS!!!. )

    1. Lucas Souza disse:

      Na verdade Jesus não foi a nenhuma festa onde o objetivo era adoração aos Deuses pegões. (Que hoje se transformaram em “Santos´´)

    2. Lucas Souza nós católicos não os adoramos, meu amigo. Eles são exemplos de seres humanos que fizeram o possível para estarem sempre perto de deus. Por que vocês insistem em termos errôneos nós adoramos a DEUS assim como vocês. Antes de tirar conclusões use sua cabeça. Abraços! E fique com DEUS!

  137. Apenas um comentário. O povo de Deus, só precisa mesmo é ler a Bíblia, até mesmo para saber o que é vinho, e o que foi que o Senhor Jesus fez nas bodas de Caná da Galileia. Dentre todas as observações das festas juninas, está o fato de se comemorar a decapitação de João Batista. Eu vejo assim, e prefiro ficar de fora. Más, cada um faça da sua vida o que quiser. Um abraço a todos.

    1. Debora Pires disse:

      é verdade, uma das comemorações da festa é a morte de joão batista, o povo cristão não deve comemorar esse tipo de festa mundana, devemos ser um povo separado, um povo que busca viver em santidade, na biblia nos alerta "Bem-Aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." (Salmo 1.1)

  138. CARLOS ALBERTO disse:

    Que nada ele só copia e cola. não sabe nem o que copia. rsssss!
    É um fanático religioso.
    !

  139. CARLOS ALBERTO disse:

    OLÁ!

  140. Teresinha disse:

    No que diz respeito à evangélicos participarém, ou não de festas juninas e outras comemorações pagãs, seja elas em carater cultural, ou não. As opiniões estão divididas, por que se deve ao fato de, os evangélicos não observarém mais as escrituras dentro da visão Bíblica no aspecto espiritual como um todo. Em (Atos 17:11) – A Bíblia relata sobre os Bereanos “Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim.” (BÍBLIA SAGRADA. Tradução, Almeida, João Ferreira de. Edição corrigida e revisada fiel ao texto original, 1995), assim, conforme (HENRICHSEN, 1997), são definidos como um povo cuja convicção era formada nos ensinamentos da Bíblia. É importante que a convicção se forme embasada no que a Bíblia ensina sem dependência de comentários, credos e sermões. Todos os materiais para estudo bíblico são válidos, tais como enciclopédias, comentários e obras expositivas. Entretanto, devem ser utilizados apenas após ser aplicado o princípio de investigação original, a Palavra de Deus. (HENRICHSEN, 1997)

    Aquele povo buscou encontrar nas Escrituras Sagradas a confirmação daquelas novas que em tudo lhes pareciam boas, eles valorizavam a verdade bíblica e colocavam acima de quaisquer outras fontes pretensas de autoridade. Isso justifica o fato de Paulo não ter escrito nenhuma carta aos Bereanos – não era necessário, pois eram crentes bíblicos, ao passo que seus vizinhos da Tessalônica receberam duas. (LEITE, 2009)

    A Bíblia ratifica e nos admoesta sobre tal comportamento em 1 Tessalonicenses 5: 21 está escrito “Examinai tudo. Retende o bem.”; em João 5:39, “Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;” e como resposta aos saduceus, dentro deste mesmo contexto Jesus disse: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” (BÍBLIA SAGRADA. Tradução, Almeida, João Ferreira de. Edição corrigida e revisada fiel ao texto original, 1995).

    Se a vontade de Deus é que os homens “cheguem ao pleno conhecimento da verdade” então o homem terá que fazer algo para alcança-lo. Sabedoria sim é de Deus. Nobre são os cristãos que a conhecem e que a analisam os fatos segundo às Escrituras Sagradas, assim como demonstram os Bereanos.

    Na minha opinião, tudo isto é uma preparação para a chegada do Ante-Cristo…o caminho para o Ante-Cristo está sendo preparado silenciosamente e são muitos os dos povo de Deus que não estão apercebidos deste fato. O caminho para a chegada do Ante-Cristo vem junto com a modernidade nas igrejas, na família, na sociedade, nas crises mundiais…e o que os evangélicos não estão apercebidos, é que tudo isto tem acontecido no decorrer dos tempos. É como uma grande avalanche que vai levando os mais desapercebidos. Que vai levando os que sairam do Egito( mundo) mas que ainda continuam com seus corações nas iguarias do egito ( mundo). Eu vejo que tem muitos crentes enrrolados com as coisas deste mundo e é exatamente isto que o Ante-Cristo precisa para preparar a sua chegada. Ele precisa para reinar, colocar a todos em uma citução sem saida, para quando ele chegar carimbá aqueles que aceitaram viver todas estas modernidades. De acordo com João, o espírito dEle já está atuando no mundo (1Jo 4.3). Necessitamos de discernimento para enfrentar este mundo dominado pelo deus deste século. Satanás (2 Co 4.4; 1 Jo 5.19). Precisamos orar e vigiar, pois mais do que nunca necessitamos do poder divino, para que possamos vencer as forças do mal, as influências mundanas e as obras da carne. Na época de Sadraque, Mesaque e abednego,( Daniel 3:10-28) eles foram lançados na fornalha porque não aceitaram fazer como os demais, que se curvaram diante da estatua do rei. Jesus está voltando! E a trombeta do evangelho está soando ha muito tempo, (Apocalipse 2:1-29). Mas só ouvirão o toque da trombeta da pregação do evangelho, aqueles que estiverem apercebidos destas coisas, os que verdadeiramente acreditam nas Escrituras Sagradas como compêndio de regra, amor, fé e pratica de vida. A todos, uma ótima tarde na Paz do Senhor Jesus!

  141. ALBERTO COSTA disse:

    pode sim participar,pois temos Que ter cultura,nao somos marionetes,temos que ter lazer,cultura,por isso que muitos crentes andam depressivos,trancafiados em casa,tudo é do diabo.povo de DEUS,SOMOS LIVRES.

    1. selma disse:

      cuidado com o que vc pensa que é ser livre…. quando vc pod esta sendo escravo….

      1. marta disse:

        a palavra do Senhor nos diz assim.“ Todas as coisas me são lícitas , mas nem todas são proveitosas; todas as coisas me são lícitas , mas não me deixarei dominar por nenhuma . “

        1 Coríntios 6:12

    2. teofilo clemente disse:

      o crente não participa das coisas do mundo

      1. Rosilena Saraiva disse:

        crente que teme as coisas do mundo é crente fraco kkk, são inseguros, sabem que caem facinho nas armadilhas mundanas, não curtem a vida que Deus lhe deu. bando de ignorantes. Eu acho os crentes são lindos e que os c. protestantes são um exemplo.., más tenho medo de virar um deles e depois deixar de ir ao teatro, deixar de praticar esporte, deixar de ouvir MPB, impedir que minha criança participe de uma tradição escolar e fique chupando dedo !!! Os crentes são da paz, Eu gostaria de ser uma crente moderna que não perde os cultos, a fé e curte as coisas bonitas e de respeito da vida que estão no mundo sim !!! nesse caso os católicos vencem kkkk pra mim vida mundana é apenas o crime, a prostituição, a burrice, a corrupção e outros extremos quero curtir as coisas boas e bonitas e “ponto'”. Voces deveriam se fechar em casa e se fecharem pra vida lá fora, não usarem computador, não sairem na rua, não praticam esporte kkkk…ô povo ignorante ! meu deus ! aliás o que fazem aqui na internet ? a internet não está na bíblia, é mundana kkkk Santa ignorância !

      2. Rosilena Saraiva disse:

        Se crente não participa das coisas do mundo então nem pode sair de casa, pois o mundo é do portão de sua casa pra fora ! Como ? como ? kkkkk

    3. Angela disse:

      Querido, você precisa verdadeiramente se converter ao Senhor Jesus “”Acautele-se para não fazer acordo com aqueles que já vivem na terra; pois quando eles se prostituírem, seguindo aos seus deuses e lhes oferecerem sacrifícios, convidarão você e poderão levá-lo a comer dos seus sacrifícios Êxodo 34:15” e estas pessoas q vc fala que ficam trancafiados e depressivos não se converteram também, pois quem é convertido realmente, teve um encontro verdadeiro com o Senhor Jesus não está desta forma e nunca estará.”Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo. Salmos 9:2

  142. Pr Francisco Faustino disse:

    Como tenho q escrever pouco limito-me apenas em dizer q sou contra qualquer festa q tenha simbolismo religioso e q tem levado muitos cristãos a pratica do romanismo; festa junina, semana santa, natal e celebração de aniversário para mim tudo é idolatria.

  143. Regina Cabral disse:

    Sou professora, sou cristã. Pergunto o que devo fazer se minha O>P e a direção da escola marca o dia e nos exige que organizemos uma festa junina.Tenho alunos cristão também o que devo fazer>Pastores. Me ajude!

    1. Pr NILO disse:

      diga não a idolatria!!
      Faça como Daniel e Sadrac, Mesac e Abdnego.

      Por isso, meus amados irmãos, fujam da idolatria. (1 Coríntios 10:14)

  144. Wagner Alves disse:

    Temos que ser separados das práticas mundanas, participar das festas juninas é está comungando com o mundo.

  145. Wagner Alves disse:

    não da nem pra comentar

  146. Solange disse:

    Bem, minha opinião como crente que sou é que uma criança de 05 anos não adora santo algum, e participa das festas juninas pela brincadeira. Privar nossos filhos de participarem das comemorações da escola com certeza é constrange-los. Nunca vi ninguém adorando nenhum santo durante a festa junina na escola da minha filha e muito menos os professores incentivando as crianças a adorarem santos. Deus conhece o coração de cada um, olhem para Deus e parem de criticar e afirmar coisas de que vocês não sabem…a verdade só Deus conhece, vocês deixando seus filhos participarem nunca irá desvia-los dos caminhos do Senhor pois neste mundo há coisas bem piores para nos desviar da salvação eterna.

    1. Emir disse:

      Me desculpe, mais se voce regar uma planta com bom adubo, ela cresce forte e saudavel, agora se rega com mal adubo ela cresce fraca e sem saude. Ou seja seus filhos iram repitir tudo que voce ensina, e com certeza seus netos iram praticar coisa piores pois nao vem pecado nisso, lembra o povo de DEUS: comeca com coisa pequenas e quando viam ja estavam em coisas grandes. meus filhos nao particiapam e ja sabem o motivo e pra eles nao criam constragimento nem um. Se devemos ser luz para o mundo como seremos se praticamos as mesmos coisa que eles!!

  147. Solange disse:

    Bem, minha opinião como crente que sou é que uma criança de 05 anos não adora santo algum, e participa das festas juninas pela brincadeira. Privar nossos filhos de participarem das comemorações da escola com certeza é constrange-los. Nunca vi ninguém adorando nenhum santo durante a festa junina na escola da minha filha e muito menos os professores incentivando as crianças a adorarem santos. Deus conhece o coração de cada um, olhem para Deus e parem de criticar e afirmar coisas de que vocês não sabem…a verdade só Deus conhece, vocês deixando seus filhos participarem nunca irá desvia-los dos caminhos do Senhor pois neste mundo há coisas bem piores para nos desviar da salvação eterna e pela fé venceremos cada uma delas.

    1. Jeremias da Silva disse:

      ensina o seu filho o caminho que ele deve andar

  148. Jeremias da Silva disse:

    ensina o seu filho o caminho que ele deve andar

  149. Jeremias da Silva disse:

    você pode esta se achando livre más esta preso pelo pecado

  150. Jeremias da Silva disse:

    não adoram porque se curvam para as imagens

  151. Sandra disse:

    Boa tarde,
    Amigos acho super errado essa briga de muitos que dizem que não pode isso ou aquilo
    ao invés de ficarem preocupando com o que pode ou não pode, devem consultar o coração
    olhem o que esta escrito no livro de Mateus 25, pois lá Jesus adverte não sobre idolatria ou coisa
    parecida mas o principal é o amor ao próximo, a caridade, e é o que muitos cristãos não tem tido
    muitos so pensam em abrir igrejas para ganhar dinheiro e fazer fortuna, tem coisas muito piores do que festa junina, a lingua grande de muitos crentes.

    1. ELIANE disse:

      SANDRA DEVEMOS NOS PREOCUPAR SIM,DE ACORDO COM A PALAVRA EM SABER O QUE DEVO OU NÃO FAZER,PARA NÃO PECAR CONTRA DEUS. POIS DISSE JESUS: ERREIS POR NÃO CONHECERES AS ESCRITURAS.E SEM SANTIDADE NÃO VERÁS A DEUS.

  152. Renata Fernandes disse:

    Puxa, como vcs, que se dizem cristãos, são preconceituosos ! Julgam ao próximo como se fossem os donos da verdade ! Deus, tende piedade deles !

    1. ELIANE disse:

      RENATA,NÃO VI AQUI NEM UM PRECONCEITO OU JULGAMENTO DO PRÓXIMO,TUDO ESCRITO ACIMA,SÓ ESTÁ TRAZENDO ESCLARECIMENTOS DA PALAVRA DE DEUS.

  153. Daniel Santa Rosa disse:

    O cristão que desfruta da graça resultante da comunhão com seu Senhor vive vida de paz.
    Quanto as pressões desta vida transitória ele se desvencilha e continua sua caminhada até chegar diante de Deus em sião.
    A respeito das quadrilhas, carnavais e afins é óbvio que todos podem participar,Jesus não obriga a nada, a escolha é de cada um saiba-se porém que de todas coisas ele pedirá contas.

  154. Kelly disse:

    Fico impressionada com a ignorância desses comentaristas, as pessoas tem o direito de explanar suas opiniões, agora eu concordar ou não aí, já é problema meu. Não vejo o porquê de tantos xingamentos e tantas críticas aos evangélicos. Tenho certeza que se Jesus voltasse aqui na terra nesta presente era, essa geração corrompida pelo pecado e cheias de vontades e amor próprio , Ele novamente seria crucificado, porque muitos não suportariam ouvir a Sã Doutrina.

  155. Fernanda luna disse:

    Bem sou crista….E com base a biblia ela vem dizendo que bem aventurado aquele que nao se acenta com escarnecedores,a palavra SANTA ainda fala que somos separados…e sabemos que tal festas o que vemos é coisas que nao agradam ao pai e que nao é bom um evangélico esta nesse meio pois qual testumunho vc dara?no caso das escolas seria bom os pais conversarem com seus filhos…eu ainda nao tenho filhos mas antes de ter um preciso me basear bastante na PALAVRA DE DEUS…e nesse caso seria bom os pais fazerem algo diferente que nao influencie em coisas do mundo….pais ensinem seus filhos no caminho em que se deve andar para quando estiver mais velho nao venha se desviar…

  156. Ronaldo Suhr disse:

    a paz e parabéns pelo post. foram poucos que encontrei com informação relevante e tão abençõada.

  157. Odilon disse:

    14. Como uma pessoa que está no Senhor Jesus, tenho plena convicção de que nenhum alimento é por si mesmo ritualmente impuro, a não ser para aquele que assim o considera; para esse é impuro.
    15. Se o teu irmão se entristece por causa do que tu comes, já não estás agindo por amor fraterno. Não destruas teu irmão por conta da tua comida, pois Cristo morreu também por ele.
    16. Aquilo que é bom para vós não se torne motivo de maledicência.
    17. Porquanto o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo;
    18. Pois quem serve a Cristo desta forma é agradável a Deus e estimado por todas as pessoas.
    19. Por isso, esforcemo-nos em promover tudo quanto conduz à paz e ao aperfeiçoamento mútuo.
    20. Não destruas a obra de Deus por causa de comida. Na verdade, todo alimento é puro, mas se torna um mal se alguém vir nisso um motivo de escândalo.
    21. É melhor não comer carne, nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve teu irmão a tropeçar.
    22. Assim, seja qual for tua doutrina a respeito destes assuntos, guarda-a com convicção entre ti mesmo e Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.
    23. Todavia, aquele que tem dúvida é condenado se comer, pois não come com fé; e tudo o que não provém da fé é pecado!
    (Romanos, 14)
    Em Jesus somos livres!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

As principais notícias gospel do Brasil e do mundo no portal pioneiro; Saiba tudo aqui sobre música gospel, evangélicos na política, ações missionárias e evangelísticas, projetos sociais, programas de TV, divulgação de eventos e muito mais.

No ar desde 2006, o canal de notícias gospel do portal Gospel+ é pioneiro no Brasil, sempre prezando pela qualidade da informação, com responsabilidade e respeito pelo leitor.

ANÚNCIO
ANÚNCIO
ANÚNCIO