Deputado e pastor Sargento Isidório propõe criação de Conselho dos Direitos dos Evangélicos

42

No início da semana o pastor e deputado estadual (PSC/BA) Sargento Isidório propôs na Assembleia Legislativa da Bahia a criação de um Conselho Estadual dos Direitos dos Evangélicos ou da Comunidade Evangélica.

O projeto sugere ao governador Jaques Wagner a criação do conselho com o objetivo, segundo o deputado, de “engrandecer um dos segmentos da sociedade que mais trabalha pela paz”.

Segundo o Bahia Noticias, a iniciativa do pastor foi tomada como forma de se manifestar contra a atitude do governador baiano, que sancionou o Conselho Estadual dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBTT).

A proposta é que o conselho de defesa dos evangélicos seja criado na estrutura da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, a exemplo do grupo LGBTT.


– Pensei nesse projeto tendo em vista a crescente expansão do público evangélico no nosso Estado – que hoje já representa uma grande parcela da população –, bem como a falta de assistência formal a este grupo. O projeto não só servirá para beneficiar a comunidade, como também para engrandecer um dos segmentos da sociedade que mais trabalha pela paz dentro do nosso Estado, e que menos recebe atenção dele (sic) – afirmou o deputado, ao defender a criação do conselho.

Por Dan Martins, para o Gospel+

42 COMENTÁRIOS

  1. Deputado sem critério e sem conhecimento… Queima a constituição deputado inteligente. Será que esse incompetente deputado não sabe que se ele criar esse tal conselho… Tem que criar também oras satanistas, umbandistas, ateus, muçulmanos, católicos, inclusive pros quilombolas… Vai estudar deputado hipócrita.

  2. O homem é deputado, pastor, sargento, hipócrita, ignorante, analfabeto é quase Deus e não enxerga um palmo adiante do nariz. Ainda bem que na Bahia a maior parte da população são do candomblé e vão exigir o seu conselho também.

    • Dioguinho minino que que e isso sior tuis ta num infeso sior calma mutia calma nessa hora qui palavão e esse minino c num ta veno qui tem gente aqui qui num pode ouvir ou ler estas palavra ai sior c e uma pessoa esducada que e qui ta havendo ou acontecendo contigo minino, [ educada] pessoa esta no feminino portanto a palavra e educada, entenda bem, mais cuma eu tava falando atraves das escritas que qui ta acontecendo contigo, tais contrariado cum que mesmo fala comigo, quem sabe eu posso te ajudar uai, saibas tu que palavras boas pode muito em sua eficacia, abre comigo que certamente tenho palavras edificadoras para te dar, falou eu falo contigo mas voce não reponde, porque? somente porque eu sou crente?

        • Diogo, ele sabe escrever. Escreve dessa maneira para se mostrar uma pessoa folclórica. Ningém dá valor em pessoas folclóricas, pois acabam se mostrando palhaços. E a principal função dos palhaços é fazer palhaçadas.

          • Diz o sabio, seja bobo para o bobo, ou idiota para o idiota ou palhaço para o palhaço e te sairas bem, nada melhor que bancar o idiota para o idiota, vejo tanta palaçada e tantas idiotices escritas neste site, que e de arripiar, são tantos querendo falar atraves da escrita de coisas que quase ou nada sabem que de ca do outro lado que o melhor a se fazer e entrar na dança, agora quanto ao Diogo o que estou ai a falar para ele atraves da escrita e verdadeiro mesmo que seja com uma pitada de humor, o que não tem nada haver com a verdade,

  3. Esse deputado só envergonha os verdadeiros crentes. É um tresloucado que não sabe o que
    diz.Acha que está arrasando,mas está cada vez mais ficando arrasado.Os parentes,os amigos
    e assessores devem orientar este deputado que se diz ex-gay a deixar de ser tolo,insensato
    e fazer papel palhaço.Só tem vez e voz no curral eleitoral que o elegeu,mas ele está deixando
    os crentes de bem constgrangidos.

    • 29/12/2013

      Bancada Evangélica: a mais ausente, inexpressiva e corrupta de todas

      Muitos de vocês, jovens leitores, têm pais e parentes evangélicos. Pessoas boas, que não concordam com a corrupção e com o roubo e desvio do dinheiro dos fiéis para enriquecimento ilícito de pastores mal intencionados.
      Você, leitor, tem uma missão: informar a sociedade da existência desta corja que usa o nome de Deus em benefício próprio.
      Se estes amigos e parentes forem pessoas honestas, eles ajudarão a limpar esse lixo infectado da política que se alojou no seio das Igrejas de dentro para fora!
      Dados do Transparência Brasil indicam que:
      1) Da bancada evangélica, a maioria dos deputados que a compõe respondem processos judiciais;
      2) 95% da referida bancada estão entre os mais faltosos;
      3) 87% da referida bancada estão entre os mais inexpressivos do DIAP;
      4) Na última década não houve um só projeto de expressão, ou capaz de mudar a realidade do país, encabeçado por um parlamentar evangélico.
      Veja a quantidade de deputados por igreja, que respondem processos na justiça eleitoral e ou comum:
      Assembleia de Deus: – 11 – Hidekazu Takayama; Sabino Castelo Branco; Ronaldo Nogueira; João Campos de Araújo; Costa da Conceição Costa Ferreira; Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara; Cleber Verde Cordeiro Mendes; Nilton Baldino (Capixaba); Silas Câmara; José Vieira Lins (Zé Vieira; Marcelo Theodoro de Aguiar.
      Igreja Presbiteriana – 05 – Leonardo Lemos Barros Quintão; Edmar de Souza Arruda – PSC/PR; Edson Edinho Coelho Araújo (Edinho Araújo); Benedita Souza da Silva Sampaio; Anthony William Garotinho Matheus De Oliveira (Anthony Garotinho).
      Igreja Universal do Reino de Deus: – 04 – José Heleno da Silva; Vitor Paulo Araújo dos Santos; Antonio Carlos Martins de Bulhões; Jhonatan Pereira de Jesus.
      Igreja Do Evangelho Quadrangular – 03 – Jefferson Alves de Campos; Mário de Oliveira; Josué Bengtson
      Igreja Internacional da Graça – 02 – Rodrigo Moreira Ladeira Grilo; Jorge Tadeu Mudalen.
      Igreja Mundial do Poder de Deus – 02 – José Olímpio Silveira Moraes; Francisco Floriano de Souza Silva
      Igreja Metodista – 02 – Walney Da Rocha Carvalho; Áureo Lidio Moreira Ribeiro.
      Igreja Nova Vida – 01 – Washington Reis de Oliveira
      Igreja Cristã Evangélica – 01 – Iris de Araújo Resende Machado Congregação Cristã no Brasil – 01 – Bruna Dias Furlan.
      Igreja Sara Nossa Terra – 01 – Eduardo Cosentino da Cunha.
      O pior é que ainda almejam em ampliar a bancada em 30%. Será que serão iguais a estes?

      Fonte: Transparência Brasil

  4. Precisamos principalmente do direito igual o dos padres católicos de exercer a capelania nas forças de seguranças do nosso país,municipais,estaduais e federais,hospitais e centros de internação coletiva.

  5. QUE TAL TAMBÉM UM CONSELHO PARA OS MACUMBEIROS, PARA OS ESPÍRITAS, PARA OS CATÓLICOS, PARA OS MUÇULMANOS, PARA OS ATEUS, PARA OS AGNÓSTICOS, PARA OS ”DESIGREJADOS”, ETC… ESSE DEPUTADO É UM DESOCUPADO, E PENSAR QUE GANHA UM SUPERSALÁRIO PAGO PELO POVO.

  6. www2.camara.leg.br/agencia-app/resultadoEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

    Projetoa favor da família, precisamos do apoio de todos os cristãos.

    Divulguem!
    Paz e Bem

  7. Sou evangélico e entendo que a proposta do deputado pastor Sargento Isidório não representa o pensamento dos evangélicos da Bahia e muito menos do Brasil. Não podemos nos igualar ao movimento GLBT batalha para criar no Brasil leis que privilegiem os homossexuais. Nós evangélicos não somos diferentes dos demais brasileiros e já temos a Constituição Federal que nos garante igualdade. Essa proposta dos direitos dos evangélicos é ridícula. Que direitos são esses? Temos os nossos direitos como os demais e não queremos direitos que não sejam os de todos os cidadãos. Aconselho ao pastor que retire essa proposta e peça desculpas aos brasileiros pelo equívoco. Peço aos leitores do Gnotícias que façam comentários solicitando ao nobre deputado que repense a bobeira e retire a proposta de criação desse Conselho que só serve pra envergonhar o segmento evangélico do Brasil.

    • Caro Pitágoras,
      Vejo suas postagens não concordo com a maioria delas, porem, concordo plenamente com o que escreveu! Sou cristã, mas me assusta até onde vamos parar. Que interesse em medir forças com os LGBTS? Vivamos o evangelho puro e simples que Jesus deixou, Ele não se envolvia com essas coisas, não brigava por direitos, não criava leis de direitos de cristãos em detrimento de outros, pelo contrario cumpria todos os deveres daquele tempo. ” Dai a Cesar o que é de Cesar” … Ficaria feliz se ao invés de invencionices de direitos, fossem criadas leis contra a corrupção, leis favorecendo os pobres, emprego pra todos,educação, leis que proibissem novelas e violência na televisão, que fosse censurado musicas que não agreguem valor, que atendessem o bem comum, ou seja, toda a sociedade, não apenas parte dela, isto é cristianismo , Jesus morreu por todos, por mim, pelos corruptos, pelos LGBTS e não apenas pelos evangélicos!

      • Alexandra, muito bom seu comentário, concordo. – Apenas não concordo quando vc. diz que precisamos “leis que proibissem novelas e….etc. ” e “que isso é cristianismo” As leis precisam ser imparciais, e abrangentes e não apenas voltadas ao cristianismo, e a quem não gosta de novelas ou músicas profanas.

        • Caro Pitagoras,
          Quando me refiro ao Cristianismo, me refiro ao modo de viver que Jesus nos deixou. A pratica do amor ao próximo,! Já parou pra pensar se conseguíssemos viver apenas uma pequena parcela da personalidade de Jesus? o mundo não seria diferente? Ele amou ladrões, prostitutas, doentes Ele acolheu a todos em amor, lógico que por conta do nosso pecado jamais conseguiremos ser como ele, por isso Ele morreu em nosso lugar, por ser ele perfeito!
          Concordo que as leis devem ser imparciais sim, não favorecendo apenas uns em detrimento de outros, mas certamente você há de concordar comigo que,se cada um fizesse apenas o que lhe convêm , ou apenas o que é de interesse próprio, como este cidadão que quer criar um ” conselho para os evangélicos” imagina se todos fossem por essa vertente? onde iriamos parar? como seria o mundo? Hoje as novelas pregam que não existe família, pregam o adultério, que eu posso me envolver com outra pessoa traindo meu marido ou minha mulher, ” porque o importante é ser feliz” alguém vai sair machucado nessa historia toda não vai ? mas pouco importa , o importante é que eu seja feliz , a tv mostra que é tudo muito bonitinho , as famílias estão destroçadas, não existe um homem e uma mulher para gerar um bebe e consequentemente uma família, há quem diga que o crescimento do homossexualismo é a extinção da especie humana, concordo plenamente. E ainda querem através da mídia ( novelas) passar a imagem de que tudo é bonito , que o importante é ser feliz, outro exemplo é o sexo desenfreado sem compromisso, como consequência disso uma gravidez indesejada, “ah não importa a gente faz um aborto, porque o importante é ser feliz” , não importa se estamos cometendo um assassinato matando um ser… Não é isso que acontece? ou seja, eu fiz sexo, eu engravidei, eu não medi as consequências dos meus atos, mas tem alguém pra pagar por mim né? um bebe que nem direito de escolha teve! é bem isso.
          Jesus te abençoe… obrigada pela conversa saudável ainda que pontos de vista diferente! Abraços

        • Quanto exagero e quanto temor Alexandra. Não invoque para si a responsabilidade de salvar a humanidade. Vc. está se martirizando a toa. A busca da felicidade compete a cada um, e a infelicidade dos outros não é culpa sua – Lembre-se, a homoxessualidade sempre existiu,nem mais nem menos que agora, e o mundo não acabou. Não se preocupe. Em suma, parece que vc. não está vivendo, e sim sofrendo. Sinceramente, Vc. é feliz assim?

          • hahahah!
            Não estou me martirizando, são fatos, e estão ai pra você ver… e sei que você vê e no fundo concorda comigo!
            E não pretendo salvar a humanidade, pra isto Cristo o cordeiro perfeito, sem mácula morreu, o meu destino se Jesus por sua graça não tivesse me alcançado seria a perdição também.
            Vislumbro um novo céu e uma nova terra não aqui, pois fomos criados para isso, para viver em um mundo perfeito sem pecado ao lado do Pai, pra isso fomos criados.
            Sou muito feliz sim, mesmo sendo pecadora, mas não tenho o jugo do pecado sobre mim, pois ele foi depositado na cruz de Cristo, que morreu por todos nós inclusive por você. E se Cristo nos libertar verdadeiramente somos livres e eu me sinto livre.
            A humanidade caminha para perdição, e acredite tudo vai piorar e isso não é puro pessimismo é realidade pura e já está tudo escrito.
            Jesus veio para salvar a todos inclusive você! e oro para que o espirito santo o convença de quem você é, assim como eu, nada, e carecemos de ser alcançados pelo amor de Cristo, pela graça salvadora dEle, e principalmente de sermos lavados pelo sangue puro dEle que foi derramado naquela cruz, por seu sacrifício vicário.
            Cuide-se

DEIXE UMA RESPOSTA