Fundador da igreja Hillsong nega tentativa de encobrir caso de pedofilia envolvendo seu pai

3

Poucos dias antes de uma conferência anual no Madison Square Garden, em Nova York, o fundador da mega igreja australiana Hillsong, pastor Brian Houston, negou ter tentado encobrir um caso de pedofilia envolvendo seu pai, Frank Houston, que faleceu em 2004.

Em 1999, Frank Houston, que também era pastor, confessou ter abusado sexualmente de um menor de idade em sua congregação Nova Zelândia, 30 anos antes. Em resposta, seu filho, que na época era presidente das Assembleias de Deus na Austrália, o demitiu, assumiu o controle da igreja e se uniu ao que hoje se tornou a Hillsong.

Nas últimas semanas, o fundador da Hillsong depôs sobre o caso em Sydney, e negou qualquer tentativa de encobrir as acusações contra seu pai. Em seu depoimento, ele negou ter tentado esconder seu envolvimento em um pagamento de 10 mil dólares de compensação feito ao homem que foi abusado, quando criança, por seu pai.

– Eu reconheço a coragem da vítima em tomar a posição hoje para falar do trauma que ele sofreu por Frank Houston – disse Brian Houston em comunicado.


– No entanto, eu discordo de sua percepção do telefonema comigo, e refuto fortemente que eu – a qualquer momento – o acusei de tentar meu pai. Eu nunca diria isso e eu não acredito nisso. Em nenhum momento eu tentei ocultar ou encobrir as acusações contra o meu pai – completou o fundador da Hillsong.

O governo australiano, através do que é chamado de uma Comissão Real, está examinando como as instituições religiosas – incluindo a rede igreja pentecostal que deu origem à Hillsong – têm tratado alegações de abuso sexual. A Comissão Real é o mais alto nível de justiça da Austrália, e a mais importante forma de investigação no país.

Frank Houston nunca enfrentou processos por crimes cometidos em 1960 e 1970. As Assembleias de Deus na Austrália permitiram que ele se demitisse calmamente com um pacote de aposentadoria.

Em seu comunicado sobre o caso, Brian Houston afirmou acreditar que “a exposição dos casos de abuso sexual de crianças e a resposta das instituições em relação ao abuso é um poderoso passo no processo de cura”.

– Ter que encarar o fato de que meu pai envolvido em tais atos repulsivos era, e ainda é, agonizante – afirmou.

3 COMENTÁRIOS

  1. O meio evangélico é um dos mais podres da sociedade, muitos hipócritas que fazem as coisas debaixo do pano.Sem falar na bancada evangélica, a mais corrupta.
    Aconselho os gays não pisarem em algumas igrejas para não se contaminarem com tanta podridão e continuarem trabalhando, estudando, sendo pessoas honestas e realizando seus sonhos.

      • ele tem razao. é mais podre por pregar algo e fazer outra. com o advento do “perdao” deixam casos impunes. agora se o abusado fosse um filho de um dos pastores? agora pq deixar impune? ahh…perdao é uma coisa impunidade é outra. ou vc acha pq um abusador que nao é de igreja tem que ser preso e um de igreja nao deveria? pimenta é refresco no olho dos outros ne?

        • Frank,

          Como era de costume Jesus havia passado a noite em oração, e pela manhã bem cedo encontra um problema nada amigavél para resolver.

          Aquelas pessoas tinham em seus corações o desejo de destruir Jesus e estavam usando a mulher para tentar fazer Jesus tropeçar. Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres.
          Observe que eles usam a lei de Moiseis para afrontar. Como é comum entre os falsos mestres usam as escrituras da forma mais grosseira para tirarem proveito. Porem como os mestres da lei, eles tambem serão envergonhados, pois não teem prazer na verdade antes distorcem para eles já tem um juizo preparado 6 Eles estavam usando essa pergunta como armadilha, a fim de terem uma base para acusá-lo.
          As pedras na verdade seriam para a mulher, mas os maiores ferimentos eles queriam causar era em Jesus. Por isso Jesus olhou para o mais intimo daqueles homens e disse: “Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela” que vergonha! todas as pessoas que acompanhavam aquele episódio puderam contemplar o rosto envergonhado daqueles homens, grandes e pequenos, abaixarem suas cabeças e reconhecendo os seus pecados virarem as costas para Jesus e irem embora, 9 Os que o ouviram foram saindo, um de cada vez, começando com os mais velhos. Jesus ficou só, com a mulher em pé diante dele.

          É fácil relatarmos os erros dos outros dificil mesmo é reconhecer os nossos. Jesus não veio para condenar ninguém ele veio para salvar, inclusive você que esta lendo este material agora.

          “Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.” – Jeremias 29:11

          Este versículo nos fala que Deus nos conhece e que Ele tem bons planos para nós, que Ele soberanamente dirige nossas vidas.

          Suas palavras nos lembram que Deus ouve nossas orações e nos convida a buscá-Lo e conhecer-Lo. Durante os tempos de incerteza, esta promessa é profundamente reconfortante.

          Não podemos ver o futuro, mas este versículo nos dá ânimo e promete que Deus tem um futuro e esperança para cada um de nós.

DEIXE UMA RESPOSTA