Igreja Presbiteriana aprova mudança estatutária que permite o casamento gay

1

A união entre duas pessoas do mesmo sexo passou a ser reconhecida como casamento e aceita pela Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos entre seus membros.

A denominação, que tem aproximadamente dois milhões de fiéis apenas nos Estados Unidos, anunciou a mudança no texto de sua constituição após a maioria dos 171 órgãos regionais terem se manifestado a favor do casamento gay.

Agora, o capítulo que fala sobre o tema na constituição da Igreja Presbiteriana diz que a denominação reconhece como casamento um “compromisso único entre duas pessoas, tradicionalmente um homem e uma mulher”. Anteriormente, o texto restringia esse reconhecimento ao “compromisso único entre um homem e uma mulher”.

De acordo com informações do site português Notícias Ao Minuto, o texto será ratificado formalmente e entrará em vigor a partir do próximo dia 21 de junho.


O reconhecimento do casamento gay na Igreja Presbiteriana norte-americana comprova uma tendência verificada em 2011, quando a denominação aprovou a ordenação de clérigos homossexuais.

Divisão

A aceitação do casamento gay nas igrejas norte-americanas tem gerado um debate, protagonizado por aqueles que que defendem a ideia como forma de legalizar o que já acontece na realidade, contra os que apontam a Bíblia como razão para continuar reprovando a homossexualidade.

O pastor Rob Bell, apoiador do casamento gay, disse recentemente que é inevitável que as uniões homossexuais sejam permitidas e reconhecidas entre os evangélicos. “Muitas pessoas [homossexuais] já estão lá [na igreja]. Achamos que é inevitável e estamos a momentos de distância da aceitação da Igreja”.

Já o pastor Woody Butler entende que a aceitação do casamento gay marcará a queda da igreja: “Muito poucas igrejas pentecostais cheias do Espírito Santo abriram as portas para o casamento gay, mas infelizmente algumas já abriram. Para mim, as denominações que fazem isso estão dando um passo para a queda da igreja nos Estados Unidos”.


1 COMENTÁRIO

  1. A Presbisteriana nunca foi uma igreja néscia,mas sábia e sabe muito bem o que está fazendo.Amar não é pecado,nunca foi e nunca será.Homofóbia sim,só gera contendas,conflitos,injustiças ,guerras e esses pilares do satanás são condenados por EUS
    que também condena falsas doutrinas de fariseus hipócritas.A Presbiteriana está deixando
    algumas trevas de fanatismo,farisaísmo e se aproximando cada vez mais a luz da verdade
    de DEUS:A justiça social tem que ser para todos( ser como o ar,o sol,o vento,a chuva…) e
    nada de exclusão porque DEUS não faz acepção de pessoas.DEUS prefere um gay justo do
    que um fanático fariseu cheio de si e metido a santo sem ser bosta de nada ,que é o que mais
    a gente ver.Já os cristãos Presbiterianos são sérios e abençoados por DEUS e a prova das
    graças de DEUS são a paz,sabedoria,saúde ., prosperidade e caridade na vida da grande
    maioria deste povo de DEUS.Ela não é seita por não ter dono,não trabalhar com lavagem
    cerebral disseminando venenos espirituais e por respeitar as pessoas como eles são e o
    seu livre arbítrio.Ela sabe que a liberdade de consciência é inviolável.

    • Na Bíblia está escrito que toda igreja que respeita a liberdade das pessoas ( de consciência)
      são de DEUS.Já as seitas heréticas do jungo e fardos pesados como as seitas dos fariseus
      fanáticos,não são de DEUS.pois,onde há liberdade,há o espírito de DEUS.Onde há o controle das pessoas,aí opera o espírito do maligno tentando se passar pelo Espírito Santo
      de DEUS.Não é não,é só observar os frutos desta gente do mal e ruim:Frutos do egoísmo,intolerância com o diferente,do autoritarismo,fanatismo e de toda sorte de
      perconceitos…..Assim são as falsas doutrinas dos pentecostais e neopentecostais em sua
      grande maioria.Xô,bestas-feras que não pitam em nada,não mandam em nada e terão
      o mesmo destino que tiveram os falsos líderes da irmandade muçulmana no Egito ao
      desafiarem o Estado secular em defesa do regime teocrático.

    • Respeitar e amar não é concordar com os erros. Eu tenho muitos amigos gays, no entanto, eu ensino o que a Bíblia descreve sobre os homossexuais. Pela sua opinião fica claro que você não crer na vinda de Cristo, nem em Vida Eterna. QUEM MUDOU ESSAS REGRAS?
      “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)
      “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9)
      “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” (Romanos 1 : 27). MEU AMADO O QUE DEUS ABOMINA É PORQUE NÃO FARÁ PARTE DA NOVA TERRA. Quem quiser fazer parte da Nova Terra, tem que mudar de comportamento e fazer o que Deus manda. Você ama teu filho só se deixar ele fazer o que quiser. Tudo nesta vida tem regras, principalmente para alcançar a Salvação Eterna. O que está acontecendo com a presbiteriana é um desrespeita à lei de Deus, eles deveriam receber os homossexuais e ensinar o que a Bíblia orienta como condição determinada por Deus para que o homem tenha direito à Vida Eterna.

      • GEOGLAR,o seu texto não tem valor de nada por está sem nexo,ser uma fraude a
        luz da Bíblia imparcial.A interpretação também é uma fraude.Vocês,líderes ou seguidores de seitas usam a Bíblia como isca para enganar os anáticos incautos,pois
        o que estes coitadinhos usados e explorados por lobos devoradores não sabem é que vocês usam frases soltas e isoladas da Bíblia conforme os interesses do dono
        da seita.Isso não é de DEUSpor ser Heresias.Herege usa a Bíblia,sim,mas para
        favorecer a ele e a seus fanáticos.Um exemplo:Vocês pregam que em Sodoma e
        Gomorra todo mundo era santo,puro,perfeito e só os gays não prestava.Lendo esse
        grande texto,os gays são culpados também,mas os pecados maiores foram a
        fartura de pão,a ganãncia,falta de amor,mesquinharia….Tanto que ninguém prestava e todos foram destruídos.Só a família de Ló foi considerada JUSTA.DEUS
        não disse que Ló era santo.O resto da população era igual a sua laia e a sua
        lacraia,corja de fariseus fanáticos injustos.DEUS nunca vai dar o que vocês
        querem,fanáticos loucos.DEUS é justo e a justiça de DEUS se volta contra vocês,injustos e sem moral.Santo é JESUS,vocês,hipócritas e lixos.

        • Janio
          se tem alguém louco neste site é vc seu estúpido, olha a sua agressividade com o cara só porque ele disse o que esta escrito na Bíblia, vc disse que o texto do cara não tem valor de nada.
          deixa de ser estúpido, como não tem valor o texto, porque o que ele citou não foi tirado da cabeça dele, foi tirado da Bíblia, agora vc vem dizer que o texto não tem valor.
          vc disse bem, Deus é justiça ele vai julgar e mandar para o inferno quem não é obediente a sua palavra.
          se tem alguém neste site que não tem moral, é vc seu lixo, nojento, respeita a palavra de Deus seu imundo sujo, dizer que é uma fraude o que foi dito no texto, porque foi dito o que esta escrito na Bíblia ja é demais. depois vcs gays querem respeito, mais vcs não respeita o que deveria ser respeitado que é a palavra do Deus todo poderoso, como vcs querer respeito, se vcs querem seguir nesta pratica do diabo que vcs vivem, tudo bem que siga, mais não venha dizer que a palavra de DEUS não vale de nada porque quem vc pensa que é seu pecador sujo.,
          comigo a coisa é mais arrochada . volto a repetir o que eu disse várias vezes, se vc continuar nesta pratica, podre, nojenta e imunda que você vive, vc vai pro inferno junto com o diabo e seus demônios lago de fogo e enxofre.
          seu imundo sujo..
          todos os homossexuais merece respeito , só que vc JANIO , não esta incluido neste todo.
          porque quem não respeita a palavra de Deus não merece ser respeitado..
          tem mais, vcs tão um prejuízo muito grande pro governo, porque esta provado que o número de doenças sexualmente transmissíveis pelos homossexuais tem ultrapassado muito nos ultimos anos, porque vivem na pratica pecaminosa do sexo anal, agredindo o corpo que é santuário do Espírito Santo de Deus.
          os hospitais estão cheio de homossexuais se tratando dessas doenças terrível transmitidas pela pratica nojenta do sexo anal que vcs praticam.
          Deus criou Adão e Eva, desde do princípio ja era o plano de Deus, um homem ligado a uma mulher.
          mais o diabo sujo e imundo entrou na mente do ser humano, fazendo com que muitos virasse a cabeça para essa pratica nojenta, e pecaminosa que é homem com homem mulher com mulher..
          irão sofrer a punição que merecem, espere e verá…

          • Zezé,cala a boca,se converta de verdade e deixe de ser lacraia de
            seita,pois,JESUS sabe que fanático é louco e ele te ama.E não queira
            se passar por santo que nem você e nem esse outro fanático são
            santos.Vocês me chamam de aberração gay,de AIDÉTICO e de tudo
            que não presta e eu,como nunca me dei bem com fariseus fanáticos
            e não tenho papas na língua,falo mal mesmo,mas falo a verdade.
            Nada contra o EVANGELHO DE JESUS e nem contra os crentes
            sérios,mas contra vocês,evanjegues.

          • Zezé,quem DEUS vai mandar para o inferno é você e seus asseclas.
            DEUS vai fazer o mesmo que fez com as setes igrejas do Oriente.Todas
            foram destruídas e não existem mais.Não estavam agradando a DEUS,igual a sua seita herege.Sim,tapado,procure definir e conceituar
            o que é um herege.Fanático.

        • Em 1525 os protestantes saquearam e incendiaram os mosteiros católicos e assassinaram a maioria?
          Você Sabia que o reformador calvinista era intolerante com os pensadores da época, e mandava para a fogueira, como por exemplo: O sábio e médico Michel Servet, que descobrira a circulação do sangue?

    • Janio,
      A IP está se precipitando ao inferno se não observar as escrituras sobre abençoar casamento de pessoas do mesmo sexo, Deus disse deixará o homem a seus pais e se ajuntara a sua mulher, a mulher a seus pais e se ajuntara a seu marido.

        • Gabriel a Bíblia é a palavra de DEUS,sim.Mas quem cria todos esses problemas e confusão com o evangelho de JESUS são vocês,hereges,
          fanáticos que pegam frases isoladas e soltas da Bíblia o que convém a
          vocês.Para você, fanático: O herege manipula frases da Bíblia,igual a sua
          seita,que tem doutrina herética.

          • Janio aberração
            quem disse que o que PAULO falou em Romanos em relação ao homossexual é frase isolada ?, quem disse que o que esta escrito em Lévitico é frase isolada,? quem disse o que esta escrito em Corintio é frase isolada ? quem disse que o que esta escrito em Apocalipse é frase isolada?
            responde fiofó arrombado …

          • Em romanos,não,mas em leviticos,sim.E JESUS nem faça de gays.De
            sodoma e gomorra são frases isoladas.Um conselho,zezé;Pegue as
            frases da bíblia que são contra os pastores e donos de seitas e
            contextulize para os políticos evangélicos de Brasílias ou os planos
            de poder destas seitas empresas.Vocês coam o mosquito quando
            condenam gays e engolem o camelo com outros pecados mil vezes mais escandalosos.mula-sem-cabeça,fanático.

    • JANIO, já que vc disse que a interpretação do GEOGLAU foi apenas baseada em textos isolados, utilize-se do contexto das passagens abaixo e exponha para nós sua interpretação.
      Até agora vc só disse frases apelativas, e se utilizou muito pouco de argumentos válidos.

      “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)
      “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9)
      “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” (Romanos 1 : 27).

  2. Qualquer pessoas pode fazer uma construção e chamar de igreja, é o caso da presbiteriana, apenas uma construção que a chamam de igreja. A verdadeira Igreja descrita na Bíblia é a que seque o que a Bíblia ensina e essa igreja é constituída por pessoas não por templos físicos. Os líderes dessa igreja não tem respeito à palavra de Deus, eles não se importam com o que Deus determina, eles fazem reuniões e decidem as regras que seus membros devem seguir, más, a Bíblia continua sendo a regra de fé para aqueles que desejam a salvação para a Vida Eterna. Devemos sim respeitar as pessoas que se declaram homossexuais, más, não devemos deixar de pregar o que a Bíblia ensina, e quem rejeita as regras de conduta estabelecida por Deus, não terá direito à Salvação Eterna.
    “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)
    “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9)
    “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” (Romanos 1 : 27)

  3. “…E ao anjo da igreja de Tiatira escreve: Isto diz o Filho de Deus, que tem seus olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes ao latão reluzente:
    Eu conheço as tuas obras, e o teu amor, e o teu serviço, e a tua fé, e a tua paciência, e que as tuas últimas obras são mais do que as primeiras.
    Mas algumas poucas coisas tenho contra ti que deixas Jezabel, mulher que se diz profetisa, ensinar e enganar os meus servos, para que forniquem e comam dos sacrifícios da idolatria.
    E dei-lhe tempo para que se arrependesse da sua fornicação; e não se arrependeu.
    Eis que a porei numa cama, e sobre os que adulteram com ela virá grande tribulação, se não se arrependerem das suas obras.”

    Apocalipse 2:18-22

    • Elderzinha., ta vendo ai o que suas igrejas evanjegas tão fazendo ., se fosse católica vc já tinha aberto sua latrina fétida e descido a lenha., e agora o adultério vcs já liberaram., o casamento gay também., fornicação e o adumais se vê entre os evenjelicos o que tem de pastor casando com a mulher dos fiéis nso ta. Esçrito e ainda casam nas igrejolas com a bênção do pStoreco., chupa mais essa.,

      • A igreja católica perseguiu e matou mais pessoas na história da humanidade que qualquer outra denominação religiosa exceto o islamismo, deturbaram as escrituras sagradas, venderam o perdão, incitam as pessoas a acreditarem em idolos que são abomináveis a Deus, contrariando a própria Biblia que dizem seguir. Abusam de crianças e há histórias absurdas de atos homossexuais nos monastérios por todo o mundo. A igreja evangélica não é perfeita, mas seus erros são um grão de areia comparada a montanha de sujeiras que é a igreja católica. Isso claro, não se estende a todos os seus membros, há católicos mais decentes e honestos que alguns que se denominam protestantes. Para ficar claro, os verdadeiros evangélicos não aceitam esse absurdo de casamento gay, não aceitam o adultério; porém nem todo homen que se diz pastor teme verdadeiramente a Deus, assim como muitos padres que gostam de abusar de criançinhas nos orfanatos e paróquias.

        • “Crente” mal informado ou cego:
          O artigo que segue, revela em rica bibliografia, os números de mortos, e requintes de crueldade dos incomparáveis tribunais eclesiásticos protestantes. E deixará claro que as levianas acusações protestantes contra a Igreja Católica sorrateiramente mudaram o significado da palavra “inquisição”, que quer dizer apenas: “sindicância”, “investigação”, em sinônimo de “matança de pessoas”. Ainda hoje, esse erro circula no meio protestante. Tal quimera caiu por terra, quando o renomado historiador Agostino Borromeo, após demorado estudo sobre a inquisição, concluiu que não chegaram a cem, o número de mortes, cometidas por católicos que em desobediência ao Papa, empregaram pena de morte contra os inquiridos.
          Antes, abramos um parêntese, para de fato mostrarmos conforme os historiadores, que muita calúnia se lançou contra a Igreja Católica, no que concerne a falsa acusação de matança de “centenas”, “milhares” e até “milhões” de pessoas. Pura lenda, que na verdade não passava de mentira estratégica protestante, fomentada por anticatólicos como: Russel Hope Robbins, o apostata Doelling, Jules Baissac, Jean Français e Reinach.
          O próprio Rui Barbosa quando principiante inexperiente, traduziu “O Papa e o Concílio” uma obra de um deles, Doelling, e se arrependeu mais tarde, proibindo no prefácio a publicação da mesma, pelas calúnias apaixonadas. Dizia mais tarde Rui Barbosa, quando maduro e experiente:“Estudei todas as religiões do mundo e cheguei à seguinte conclusão: religião ou a Católica ou nenhuma.” (Livro Oriente, Carlos Mariano de M. Santos (1998-2004) artigo 5º).
          Publicou a Agência europeia de notícias Zenit: [CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 16 de junho de 2004 (ZENIT.org).- [Atualmente, os pesquisadores têm os elementos necessários para fazer uma história da Inquisição sem cair em preconceitos negativos ou na apologética propagandista, afirma o coordenador do livro «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”».
          No volume, Agostino Borromeo, historiador, recolhe as palestras do congresso que reuniu ao final de outubro de 1998, no Vaticano, historiadores universalmente reconhecidos especializados nesses tribunais eclesiásticos.
          «Hoje em dia –afirmou essa terça-feira, em uma coletiva de imprensa de apresentação do livro, o professor da Universidade «La Sapienza» de Roma– os historiadores já não utilizam o tema da Inquisição como instrumento para defender ou atacar a Igreja».
          Diferentemente do que antes sucedia, acrescentou o presidente do Instituto Italiano de Estudos Ibéricos, «o debate se encaminhou para o ambiente histórico, com estatísticas sérias».
          O especialista constatou que, à «lenda negra» criada contra a Inquisição em países protestantes, opôs uma apologética católica propagandista que, em nenhum dos casos, ajudava a conseguir uma visão objetiva.
          Isto se deve, entre outras coisas –indicou–, ao «grande passo adiante» dado pela abertura dos arquivos secretos da Congregação para a Doutrina da Fé (antigo Santo Ofício), ordenada por João Paulo II em 1998, onde se encontra uma base documental amplíssima.
          Borromeu ilustrou alguns dos dados possibilitados pelas «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”».
          Revela o historiador sobre os processos e condenação referentes ao tribunal católico: “dos 125.000 processos de sua história, a Inquisição espanhola condenou à morte 59 «bruxas». Na Itália, acrescentou, foram 36 e em Portugal 4. Se somarmos estes dados –comentou o historiador– não se chega nem sequer a cem casos…”
          A Inquisição na Espanha, afirmou o historiador, em referência ao tribunal mais conhecido, celebrou entre 1540 e 1700, 44.674 julgamentos. Os acusados condenados à morte foram 1,8% e, destes, 1,7% foi condenado em «contumácia», ou seja, pessoas de paradeiro desconhecido ou que em seu lugar se queimavam ou enforcavam bonecos].(1) Até aqui a notícia de ZENIT.org.
          Outro historiador, o protestante, Henry Charles Léa, cita 47 bulas, nas quais a Santa Sé continuamente insiste na jurisprudência que deve se observar nos tribunais eclesiásticos católicos. Alertam para não cair na violência e injustiças frequentes dos juízes leigos. Basta folhear a monumental obra do próprio Léa, para convencer-se que na realidade as bruxas foram perseguidas e condenadas mais pelos detentores do poder civil e pelos protestantes do que pelo tribunal católico. (2)
          Também o historiador Daniel Roups, é categórico nos seus registros: ”Foram numerosos os cânones dos concílios que, excomungando os hereges e proibindo os cristãos de lhes darem asilo, não admitiam que se utilizassem contra eles a pena de morte. Deviam bastar as penas espirituais ou, quando muito, as penas temporais moderadas”. (3)
          João Paulo II enviou uma mensagem com motivo da apresentação das «Atas» do Simpósio Internacional sobre a Inquisição, na qual sublinha a necessidade de que a Igreja peça perdão pelos pecados cometidos por seus filhos através da história. Ao mesmo tempo, declarava, «antes de pedir perdão é necessário conhecer exatamente os fatos e reconhecer as carências ante as exigências cristãs».(Zenit).
          Pelos filhos da Igreja Católica, que em desobediência cometeram alguns crimes, o Papa João Paulo II pediu perdão. Mas, quando o protestantismo cessará de deturpar, omitir e caluniar, reconhecendo finalmente os extermínios que cometeu e atribui maldosamente aos católicos?
          A VERDADE DOCUMENTADA.
          A quantidade de registros literários dos próprios protestantes é vasta, porém, estranhamente ocultada pelos livros escolares, pela imprensa e mídia em geral. Muitas vezes vemos o que é omitido pelo lado protestante sendo, por esses veículos, atribuídos maldosamente à Igreja Católica.
          O próprio Lutero nos legou o relato dessa prática, anos antes de lançar-se em revolta aberta, dizia: “(…) os hereges não são bem acolhidos se não pintam a Igreja como má, falsa e mentirosa. Só eles querem passar por bons: a Igreja há de figurar como ruim em tudo.” (Franca, Leonel, S.J. A Igreja, a reforma e a civilização, Ed. Agir, 1952, 6ª ed. Pág. 200).
          Uma vez no protestantismo, já ensinava Lutero aos protestantes: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da igreja (luterana).” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).
          Logo a mentira, a omissão e o falso testemunho se tornaram as colunas das doutrinas dos pseudo “reformadores” protestantes.
          A crueldade foi especialmente severa na Alemanha protestante. As posições de Lutero, contra os anabatistas, causaram a morte de pelo menos 30.000 camponeses (4). Foram as palavras de Lutero: “Eu, Martinho Lutero, exterminei os camponeses revoltados, ordenei-lhes os suplícios, que o seu sangue recaia sobre mim, mas o faço subir até Deus, pois foi ele quem me mandou falar e agir como agi e falei”. Centenas de rebeldes, segundo Goethe, foram torturados, empalados, esquartejados e queimados vivos. A Alemanha, disse o autor de Hermann e Dorothéia, “parecia um açougue onde a carne humana tinha preço vil”.
          Calvino, pai dos presbiterianos, mandou queimar o espanhol Miguel Servet Grizar, médico descobridor da circulação sanguínea. Acusado de heresia, Servet foi preso e julgado em Lyon, na França. Conseguiu evadir-se da prisão e quando se dirigia para a Itália, através da Suíça, foi novamente preso em Genebra, julgado e condenado a morrer na fogueira, por decisão de um tribunal eclesiástico sob direção do próprio Calvino. A sentença foi cumprida em Champel, nas proximidades de Genebra, no dia 27 de outubro de 1553. Puseram-lhe na cabeça uma coroa de juncos impregnada de enxofre e foi queimado vivo em fogo lento com requintes de sadismo e crueldade. (5)
          O luterano Benedict Carpzov, legista brilhante e figura esclarecida, até hoje ocupa lugar destacado na história do Direito Penal. Mas perdia a compostura contra a bruxaria, que considerava merecedora de torturas três vezes intensificadas com respeito a outros crimes, e cinco vezes punível com pena de morte. Protestante fanático, afirmava, quando velho, ter lido a Bíblia inteira 53 vezes. Assinou sentença de morte contra 20.000 bruxas, apoiando-se principalmente na “Lei” do Antigo Testamento. Não compreendendo o verdadeiro significado da Bíblia, considerava o Pentateuco como lei promulgada pelo próprio Deus, Supremo Legislador. Carpzov, para condenar a morte, usava (Lv 19,31; 20,6.27; Dt 12,1-5), citava de preferência o Êxodo (22,18);“Não deixarás viver a feiticeira”. (6)
          Outro famoso perseguidor de bruxas na Alemanha foi Nicholas Romy, considerado grande especialista e que escreveu um longo tratado sobre bruxaria, teve sobre sua consciência a morte de 900 pessoas. (7)
          Já Froehligh, reitor da Universidade de Innsbruck e catedrático de Direito, que chegou a ser chanceler da Alta Áustria, insistia em que não só as supostas bruxas fossem condenadas, senão também seus filhos! E não se precisava muito para ser considerada bruxa, pois o seria qualquer pessoa que não tivesse um olhar franco.(8)
          Naquele ambiente de superstição, crueldade e pânico perante as bruxas, foi possível o aparecimento de um Franz Buirmann, pervertido magistrado protestante e degenerado inimigo da bruxaria. Era um juiz itinerante. Referindo-se a ele dizia seu contemporâneo Hermann Loher:“Preferiria mil vezes ser julgado por animais selvagens, cair numa fossa cheia de leões, de lobos e ursos, do que cair em suas mãos”.
          Deste impiedoso juiz se afirma que somente em duas incursões que realizou por pequeninas aldeias ao redor de Bonn, que perfaziam um total de 300 pessoas contando-se crianças e velhos, queimou vivas nada menos que 150 pessoas! Consta que ao menos em duas oportunidades (da viúva Boffgen e do Alcaide de Rheinbach), o juiz se apoderou de todos os bens dos condenados à fogueira (o Alcaide de Rheinbach era seu inimigo político. . .).(9)
          Em Bamberga, sob a administração de um bispo protestante, 600 pessoas foram queimadas. Na Genebra protestante, 500 pessoas por Calvino.(10)
          Se os protestantes do passado nenhum valor davam a essas muitíssimas vidas ceifadas no fogo, muito menos valor dão os protestantes de hoje, que por ignorância, orgulho ou omissão, se escusam de um simples pedido de perdão, para não ter que admitir as iniquidades que falaciosamente atribuem aos outros.
          A técnica é a mesma do gatuno que bate uma carteira e grita: “pega ladrão!!!” Baseados no grito do gatuno, as mal informadas e ou mal intencionadas editoras de livros didáticos, a imprensa e a mídia, fazem o resto do trabalho sujo. Tudo contribui para a perdição do que não busca conhecer a verdade.
          Dizia Marcus Moreira Lassance Pimenta: “Ao ignorante, basta uma mentira bem contada para que a tenha como verdade. E ao sábio, não há mentira que o impeça de buscar a verdade”.
          Bibliografia:
          1. Agência Zenit, Sunday, June 20, 2004 1:17 PM.
          2. Henry Charles Léa, A History of the inquisition of the Middle Ages, 3 vols. Nova Yorque, Happer, 1888, principalmente vol. I, pp. 137ss; tradução de Salomon Reinach, Historie de L’Inquisition au Moyen-Áge. Ouvrage traduit sur l’exemplaire revu et corrigé de l’auter, 3 vols., Paris, 1900-2 vol. 3.
          3. Daniel-Rops, História da Igreja de Cristo, vol. III, A Igreja das Catedrais e das “Cruzadas”, Quadrante, pp. 605-606.
          4.. VEIT, Valentim, História Universal, Livraria Martins Editoras, SP, 1961, Tomo II, pp. 248-249.
          5. http://www. Adventistas .com /marco 2003/ miguel_servetus .htm
          6. Benedict Carpzov, Practica Nova Rerum Criminalium Imperialis Saxonica in Tres
          Partes Divisão, Wittenberg, 1635.
          7. Nichólas Romy, Daemonolatriae Libri Tres, Lião, 1595; Colônia, 1596; Frankfurt, 1597.
          8. Johan Christopher Froehlich von Froehlichsberg, De sorcelleria, Innsbruck, 1696;
          tradução: Animismes, Paris, Orent, 1964, pp. 62ss.
          9. Cf.. Jacques Finné, Erotismo et sorcellerie, Verviers (Bélgica), Gerard, 1972; tradução de Charles Marie Antoine Bouéry, Erotismo e feitiçaria, São Paulo, Mundo Musical, 1973, p. 41.
          10. W. Bommbeg, The mind of man: the history of man’s conquest of mental illness, 2ª ed., Nova Yorque, Harpel, 1959; tradução: La mente del hombre, Buenos Aires, 1940.
          ===========================================
          A SEVERIDADE DOS TRIBUNAIS PROTESTANTES
          ===========================================
          Foram terríveis os genocídios causados pelos protestantes na Alemanha. A então Alemanha estava dividida em mais de trezentas circunscrições, cada uma delas com seu próprio Supremo Tribunal civil e seu Direito particular. A perseguição às bruxas e a severidade dos castigos dependiam geralmente dos respectivos senhores de cada região, que governavam com muita independência e poder quase absoluto.
          Dentro de cada região, havia oscilações pendulares inclusive extremas, segundo os critérios subjetivos do mesmo senhor e segundo os conceitos das diversas sucessões no poder através dos anos e dos séculos. Daí a dificuldade em se calcular o número de pessoas condenadas à fogueira e à forca na Alemanha. Mas, das crônicas e processos regionais que chegaram até nós, cabe deduzir, que as vítimas se contaram por milhares. Gardner calcula 9 milhões (1). Morrow simplesmente diz que foram milhões (2).
          W. A. Schoeder, contemporâneo aos fatos, anotou que nas localidades de Bamberg e Zeil, entre 1625 e 1630, (cinco anos) se realizaram nada menos que 900 processos de bruxaria. Deles (numa exceção), 236 terminaram com condenação à morte na fogueira. Só num ano, 1617, em Wurzburgo, foram queimadas 300 bruxas (3); em total nesta região, as atas apresentam 1.200 condenações à morte (4).
          Em 20 anos, de 1615 a 1635, em Estrasburgo, houve 5.000 queimas de bruxas (5).
          Em cidades pequenas como a imperial Offenburg, que só tinha entre dois e três mil habitantes, se desenvolveram acérrimas perseguições às bruxas durante três decênios, e em só dois anos, segundo as atas, foram queimadas 79 pessoas (6).
          Segundo o VERITY MURPHY em 16/6/2004, da BBC de Londres, o novo e mais completo relatório da inquisição, indica que, no auge da Inquisição, a Alemanha protestante matou mais bruxas e bruxos que em qualquer outro lugar.
          Na Suíça, quando protestante, os casos de condenação de bruxas descritos nas crônicas conservadas, chegam a 5.417 (7). Nos Alpes Austríacos, as mortes chegaram ao menos a 5.000 (8).
          Era absolutamente falsa a afirmação de muitos autores protestantes ingleses, de que a Inglaterra foi uma exceção dentro da bruxomania geral.
          Segundo Ewen, (9), que cita documentos oficiais, o número de condenados à pena de morte por bruxaria, na Inglaterra protestante, exatamente de 1541 a 1736, teria sido menos de mil. As condenações à morte teriam sido menos de 30% das acusações. Mesmo assim, o comportamento inglês não fugiu ao ditado de que não há regras sem exceções.
          Na Inglaterra destacava-se o protestante Mathew Hopkins que se autodenominava “descobridor geral de bruxas”. Parece que era um sádico encoberto. Quando encontrava uma mulher que excitava seus instintos sexuais anormais, obrigava-a a despir-se na sua presença e começava a fincar com uma agulha, as diversas partes do corpo dela (assim se procuravam áreas insensíveis, o que seria sinal de possessão demoníaca).
          Mas… ele mesmo diante de outros protestantes, foi acusado de possuir estranhos poderes. Submetido às provas de bruxaria que empregara, foi condenado e morto (10).
          Na Inglaterra não era necessário aplicar torturas — às vezes se deram! — porque a condenação frequentemente era sentenciada sem necessidade de confissão por parte do acusado (11).
          Em 1562 a rainha Elizabeth, e a versão definitiva do Witch Act ou “lei contra os bruxos”, de Jacques I em 1604, condenavam à morte a pessoa que tivesse feito qualquer malefício pretendendo acabar com a vida ou danar o corpo de alguém. Mesmo que não se percebesse efeito nenhum do malefício! Esta lei se manteve em vigor na Constituição até 1736.
          Os protestantes do Reino Unido foram lentos. Na Inglaterra do século XVII, na área da interpretação dos fenômenos misteriosos ainda grassava a superstição demonológica, e houve várias condenações. O último juízo por bruxaria foi já entrado o século XVIII, em 1717, (12). E ainda demorariam mais vinte anos para abolir o estatuto inglês contra as bruxas, em 1736 (13).
          A última morte por condenação como bruxa, na Escócia, foi em 1738. Na Irlanda, a lei contra bruxaria não foi abolida até 1821!
          Em 1863, segunda metade do século XIX!, o povo inglês ainda linchou um velho por considerá-lo bruxo.
          As perseguições protestantes atravessaram o Atlântico, e chegaram aos EUA. O primeiro corpo de estatutos — The Body of Liberties — que houve em Massachusetts, é de 1641 (14). Nele se diz: “Se algum homem ou mulher é bruxo que manifesta ou consulta um espírito familiar(?), será enviado à morte” (15).
          A revisão de 1649 reiterava a mesma lei com pena capital (16). De sua vigência é um exemplo famoso, “o processo das bruxas de Salem,” em 1692. Como resquício, ainda hoje em alguns estados americanos, a pena de morte é vista com naturalidade, aos condenados gravemente pela justiça. Mudaram apenas os réus e a forma de exterminar.
          O pânico da população perante as bruxas e a ira contra elas, refletem-se no caso de Ann Hibbins. Parece que foi acusada por motivos meramente socioeconômicos. Era irmã de um rico comerciante e antigo assistente da colônia, Richard Beilingham, que fora governador da Baía de Massachusetts. O júri a condenou. Os juízes não aceitaram o veredicto. O caso foi levado à Corte Geral. Foi fácil incitar a opinião pública. Tanto pressionaram a Corte que Ann Hibbins foi condenada à morte (17).
          No ano 1670, na Suécia, houve um processo deplorável: Como consequência das declarações, arrancadas pelas interrogações feitas pelos teólogos protestantes, foram queimadas 70 mulheres, açoitadas mais 56, queimadas 15 crianças que já tinham chegado aos 16 anos e outras 40 foram açoitadas (18).
          Na Alemanha protestante, o poder civil condenou Anna Maria Schwugelin. Foi decapitada como bruxa em 1759.
          No dia 18 de junho de 1782, o governo protestante ainda decapitou uma bruxa na Suíça (19).
          Agora os protestantes têm aqui reunidos, grande parte dos números de mortes, nomes e documentos, para a própria cruel “inquisição” de seus tribunais, que tanto omitem. E isso não é tudo.
          Atacado por um diabólico ódio racial, Lutero antes de sua morte, lançou o panfleto “Contra os judeus e as suas mentiras.” onde pregava aos alemães, toda sorte de desumanidade contra os judeus, culminando no holocausto nazista. Esta obra, está reproduzida na “História do anti-semitismo”, de Leon Poliakov.
          Dia 6 de maio de 1527, quando saquearam Roma, cerca de quarenta mil homens espalharam na Cidade Eterna o terror, a violência e a morte. Eram seis mil espanhóis, quatorze mil italianos e vinte mil alemães, quase todos luteranos, esses últimos, indivíduos perversos, gananciosos, desprovidos de qualquer escrúpulo. Gritavam: ”Viva Lutero, nosso papa!!!” Ávidos, incansáveis na busca das riquezas, dos despojos do inimigo, os lanquenetes luteranos e os outros invasores assaltaram, estupraram, saquearam, incendiaram, trucidaram, arrebentaram as suas vítimas, jogaram crianças pelas janelas ou as esmagaram contra as paredes. Grande parte da população foi dizimada. Conforme disse Maurice Andrieux, esse ataque a Roma “superou em atrocidade todas as tragédias da História”, até mesmo a destruição de Jerusalém e a tomada de Constantinopla.
          E no Brasil? Encontra-se facilmente nas enciclopédias que os protestantes calvinistas em 15 de julho de 1570, mataram 40 jesuítas, entre elesInácio de Azevedo, morto a CUTILADAS (golpe de espada) quando, segurando num quadro da Virgem Maria, animava a tripulação a resistir ao ataque protestante, que degolou a todos (Enc. Microsoft Encarta 99, verbete: “Inácio de Azevedo, beato”).
          Todo esse genocídio com requintes de crueldade, parece encontrar doce justificativa nas palavras de Lutero, pai do protestantismo do “somente a fé”:
          “… Seja um pecador e peque fortemente, mas creia e se alegre em Cristo mais fortemente ainda…Se estamos aqui (neste mundo) devemos pecar…Pecado algum nos separará do Cordeiro, mesmo praticando fornicação e assassinatos milhares de vezes ao dia”. (Carta a Melanchthon, 1 de agosto de 1521 (American Edition, Luther’s Works, vol. 48, pp. 281-82, editado por H. Lehmann, Fortress, 1963).
          Esta “fé”, de Lutero, apesar de dirigida pela vontade, é um simples ato do intelecto. Apesar de necessária à salvação, não é suficiente. Tiago diz que até mesmo os demônios têm esta fé (Tg 2,19). É por este motivo que ele diz: “Vedes como o homem é justificado pelas obras e não somente pela fé?” (Tg 2,24). Infelizmente, Lutero designou esta carta do Apóstolo de “Carta de Palha”. Ele não entendeu o que Tiago estava querendo dizer (sobre a fé de Abraão): “Vês como a fé cooperava com as suas obras e era completada por elas” (Tg 2,22). Sob o erro do pai do protestantismo, as seitas evangélicas ainda hoje pregam que seus seguidores já estão “salvos”, só porque simplesmente “creem” em Jesus. Se assim fosse, iriam encontrar Lúcifer no céu.

        • O artigo que segue, revela em rica bibliografia, os números de mortos, e requintes de crueldade dos incomparáveis tribunais eclesiásticos protestantes. E deixará claro que as levianas acusações protestantes contra a Igreja Católica sorrateiramente mudaram o significado da palavra “inquisição”, que quer dizer apenas: “sindicância”, “investigação”, em sinônimo de “matança de pessoas”. Ainda hoje, esse erro circula no meio protestante. Tal quimera caiu por terra, quando o renomado historiador Agostino Borromeo, após demorado estudo sobre a inquisição, concluiu que não chegaram a cem, o número de mortes, cometidas por católicos que em desobediência ao Papa, empregaram pena de morte contra os inquiridos.
          Antes, abramos um parêntese, para de fato mostrarmos conforme os historiadores, que muita calúnia se lançou contra a Igreja Católica, no que concerne a falsa acusação de matança de “centenas”, “milhares” e até “milhões” de pessoas. Pura lenda, que na verdade não passava de mentira estratégica protestante, fomentada por anticatólicos como: Russel Hope Robbins, o apostata Doelling, Jules Baissac, Jean Français e Reinach.
          O próprio Rui Barbosa quando principiante inexperiente, traduziu “O Papa e o Concílio” uma obra de um deles, Doelling, e se arrependeu mais tarde, proibindo no prefácio a publicação da mesma, pelas calúnias apaixonadas. Dizia mais tarde Rui Barbosa, quando maduro e experiente:“Estudei todas as religiões do mundo e cheguei à seguinte conclusão: religião ou a Católica ou nenhuma.” (Livro Oriente, Carlos Mariano de M. Santos (1998-2004) artigo 5º).
          Publicou a Agência europeia de notícias Zenit: [CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 16 de junho de 2004 (ZENIT.org).- [Atualmente, os pesquisadores têm os elementos necessários para fazer uma história da Inquisição sem cair em preconceitos negativos ou na apologética propagandista, afirma o coordenador do livro «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”».
          No volume, Agostino Borromeo, historiador, recolhe as palestras do congresso que reuniu ao final de outubro de 1998, no Vaticano, historiadores universalmente reconhecidos especializados nesses tribunais eclesiásticos.
          «Hoje em dia –afirmou essa terça-feira, em uma coletiva de imprensa de apresentação do livro, o professor da Universidade «La Sapienza» de Roma– os historiadores já não utilizam o tema da Inquisição como instrumento para defender ou atacar a Igreja».
          Diferentemente do que antes sucedia, acrescentou o presidente do Instituto Italiano de Estudos Ibéricos, «o debate se encaminhou para o ambiente histórico, com estatísticas sérias».
          O especialista constatou que, à «lenda negra» criada contra a Inquisição em países protestantes, opôs uma apologética católica propagandista que, em nenhum dos casos, ajudava a conseguir uma visão objetiva.
          Isto se deve, entre outras coisas –indicou–, ao «grande passo adiante» dado pela abertura dos arquivos secretos da Congregação para a Doutrina da Fé (antigo Santo Ofício), ordenada por João Paulo II em 1998, onde se encontra uma base documental amplíssima.
          Borromeu ilustrou alguns dos dados possibilitados pelas «Atas do Simpósio Internacional “A Inquisição”».
          Revela o historiador sobre os processos e condenação referentes ao tribunal católico: “dos 125.000 processos de sua história, a Inquisição espanhola condenou à morte 59 «bruxas». Na Itália, acrescentou, foram 36 e em Portugal 4. Se somarmos estes dados –comentou o historiador– não se chega nem sequer a cem casos…”
          A Inquisição na Espanha, afirmou o historiador, em referência ao tribunal mais conhecido, celebrou entre 1540 e 1700, 44.674 julgamentos. Os acusados condenados à morte foram 1,8% e, destes, 1,7% foi condenado em «contumácia», ou seja, pessoas de paradeiro desconhecido ou que em seu lugar se queimavam ou enforcavam bonecos].(1) Até aqui a notícia de ZENIT.org.
          Outro historiador, o protestante, Henry Charles Léa, cita 47 bulas, nas quais a Santa Sé continuamente insiste na jurisprudência que deve se observar nos tribunais eclesiásticos católicos. Alertam para não cair na violência e injustiças frequentes dos juízes leigos. Basta folhear a monumental obra do próprio Léa, para convencer-se que na realidade as bruxas foram perseguidas e condenadas mais pelos detentores do poder civil e pelos protestantes do que pelo tribunal católico. (2)
          Também o historiador Daniel Roups, é categórico nos seus registros: ”Foram numerosos os cânones dos concílios que, excomungando os hereges e proibindo os cristãos de lhes darem asilo, não admitiam que se utilizassem contra eles a pena de morte. Deviam bastar as penas espirituais ou, quando muito, as penas temporais moderadas”. (3)
          João Paulo II enviou uma mensagem com motivo da apresentação das «Atas» do Simpósio Internacional sobre a Inquisição, na qual sublinha a necessidade de que a Igreja peça perdão pelos pecados cometidos por seus filhos através da história. Ao mesmo tempo, declarava, «antes de pedir perdão é necessário conhecer exatamente os fatos e reconhecer as carências ante as exigências cristãs».(Zenit).
          Pelos filhos da Igreja Católica, que em desobediência cometeram alguns crimes, o Papa João Paulo II pediu perdão. Mas, quando o protestantismo cessará de deturpar, omitir e caluniar, reconhecendo finalmente os extermínios que cometeu e atribui maldosamente aos católicos?
          A VERDADE DOCUMENTADA.
          A quantidade de registros literários dos próprios protestantes é vasta, porém, estranhamente ocultada pelos livros escolares, pela imprensa e mídia em geral. Muitas vezes vemos o que é omitido pelo lado protestante sendo, por esses veículos, atribuídos maldosamente à Igreja Católica.
          O próprio Lutero nos legou o relato dessa prática, anos antes de lançar-se em revolta aberta, dizia: “(…) os hereges não são bem acolhidos se não pintam a Igreja como má, falsa e mentirosa. Só eles querem passar por bons: a Igreja há de figurar como ruim em tudo.” (Franca, Leonel, S.J. A Igreja, a reforma e a civilização, Ed. Agir, 1952, 6ª ed. Pág. 200).
          Uma vez no protestantismo, já ensinava Lutero aos protestantes: “Que mal pode causar se um homem diz uma boa e grossa mentira por uma causa meritória e para o bem da igreja (luterana).” (Grisar, Hartmann, S.J., Martin Luther, His life & work, The Newman Press, 1960- pág 522).
          Logo a mentira, a omissão e o falso testemunho se tornaram as colunas das doutrinas dos pseudo “reformadores” protestantes.
          A crueldade foi especialmente severa na Alemanha protestante. As posições de Lutero, contra os anabatistas, causaram a morte de pelo menos 30.000 camponeses (4). Foram as palavras de Lutero: “Eu, Martinho Lutero, exterminei os camponeses revoltados, ordenei-lhes os suplícios, que o seu sangue recaia sobre mim, mas o faço subir até Deus, pois foi ele quem me mandou falar e agir como agi e falei”. Centenas de rebeldes, segundo Goethe, foram torturados, empalados, esquartejados e queimados vivos. A Alemanha, disse o autor de Hermann e Dorothéia, “parecia um açougue onde a carne humana tinha preço vil”.
          Calvino, pai dos presbiterianos, mandou queimar o espanhol Miguel Servet Grizar, médico descobridor da circulação sanguínea. Acusado de heresia, Servet foi preso e julgado em Lyon, na França. Conseguiu evadir-se da prisão e quando se dirigia para a Itália, através da Suíça, foi novamente preso em Genebra, julgado e condenado a morrer na fogueira, por decisão de um tribunal eclesiástico sob direção do próprio Calvino. A sentença foi cumprida em Champel, nas proximidades de Genebra, no dia 27 de outubro de 1553. Puseram-lhe na cabeça uma coroa de juncos impregnada de enxofre e foi queimado vivo em fogo lento com requintes de sadismo e crueldade. (5)
          O luterano Benedict Carpzov, legista brilhante e figura esclarecida, até hoje ocupa lugar destacado na história do Direito Penal. Mas perdia a compostura contra a bruxaria, que considerava merecedora de torturas três vezes intensificadas com respeito a outros crimes, e cinco vezes punível com pena de morte. Protestante fanático, afirmava, quando velho, ter lido a Bíblia inteira 53 vezes. Assinou sentença de morte contra 20.000 bruxas, apoiando-se principalmente na “Lei” do Antigo Testamento. Não compreendendo o verdadeiro significado da Bíblia, considerava o Pentateuco como lei promulgada pelo próprio Deus, Supremo Legislador. Carpzov, para condenar a morte, usava (Lv 19,31; 20,6.27; Dt 12,1-5), citava de preferência o Êxodo (22,18);“Não deixarás viver a feiticeira”. (6)
          Outro famoso perseguidor de bruxas na Alemanha foi Nicholas Romy, considerado grande especialista e que escreveu um longo tratado sobre bruxaria, teve sobre sua consciência a morte de 900 pessoas. (7)
          Já Froehligh, reitor da Universidade de Innsbruck e catedrático de Direito, que chegou a ser chanceler da Alta Áustria, insistia em que não só as supostas bruxas fossem condenadas, senão também seus filhos! E não se precisava muito para ser considerada bruxa, pois o seria qualquer pessoa que não tivesse um olhar franco.(8)
          Naquele ambiente de superstição, crueldade e pânico perante as bruxas, foi possível o aparecimento de um Franz Buirmann, pervertido magistrado protestante e degenerado inimigo da bruxaria. Era um juiz itinerante. Referindo-se a ele dizia seu contemporâneo Hermann Loher:“Preferiria mil vezes ser julgado por animais selvagens, cair numa fossa cheia de leões, de lobos e ursos, do que cair em suas mãos”.
          Deste impiedoso juiz se afirma que somente em duas incursões que realizou por pequeninas aldeias ao redor de Bonn, que perfaziam um total de 300 pessoas contando-se crianças e velhos, queimou vivas nada menos que 150 pessoas! Consta que ao menos em duas oportunidades (da viúva Boffgen e do Alcaide de Rheinbach), o juiz se apoderou de todos os bens dos condenados à fogueira (o Alcaide de Rheinbach era seu inimigo político. . .).(9)
          Em Bamberga, sob a administração de um bispo protestante, 600 pessoas foram queimadas. Na Genebra protestante, 500 pessoas por Calvino.(10)
          Se os protestantes do passado nenhum valor davam a essas muitíssimas vidas ceifadas no fogo, muito menos valor dão os protestantes de hoje, que por ignorância, orgulho ou omissão, se escusam de um simples pedido de perdão, para não ter que admitir as iniquidades que falaciosamente atribuem aos outros.
          A técnica é a mesma do gatuno que bate uma carteira e grita: “pega ladrão!!!” Baseados no grito do gatuno, as mal informadas e ou mal intencionadas editoras de livros didáticos, a imprensa e a mídia, fazem o resto do trabalho sujo. Tudo contribui para a perdição do que não busca conhecer a verdade.
          Dizia Marcus Moreira Lassance Pimenta: “Ao ignorante, basta uma mentira bem contada para que a tenha como verdade. E ao sábio, não há mentira que o impeça de buscar a verdade”.
          Bibliografia:
          1. Agência Zenit, Sunday, June 20, 2004 1:17 PM.
          2. Henry Charles Léa, A History of the inquisition of the Middle Ages, 3 vols. Nova Yorque, Happer, 1888, principalmente vol. I, pp. 137ss; tradução de Salomon Reinach, Historie de L’Inquisition au Moyen-Áge. Ouvrage traduit sur l’exemplaire revu et corrigé de l’auter, 3 vols., Paris, 1900-2 vol. 3.
          3. Daniel-Rops, História da Igreja de Cristo, vol. III, A Igreja das Catedrais e das “Cruzadas”, Quadrante, pp. 605-606.
          4.. VEIT, Valentim, História Universal, Livraria Martins Editoras, SP, 1961, Tomo II, pp. 248-249.
          5. http://www. Adventistas .com /marco 2003/ miguel_servetus .htm
          6. Benedict Carpzov, Practica Nova Rerum Criminalium Imperialis Saxonica in Tres
          Partes Divisão, Wittenberg, 1635.
          7. Nichólas Romy, Daemonolatriae Libri Tres, Lião, 1595; Colônia, 1596; Frankfurt, 1597.
          8. Johan Christopher Froehlich von Froehlichsberg, De sorcelleria, Innsbruck, 1696;
          tradução: Animismes, Paris, Orent, 1964, pp. 62ss.
          9. Cf.. Jacques Finné, Erotismo et sorcellerie, Verviers (Bélgica), Gerard, 1972; tradução de Charles Marie Antoine Bouéry, Erotismo e feitiçaria, São Paulo, Mundo Musical, 1973, p. 41.
          10. W. Bommbeg, The mind of man: the history of man’s conquest of mental illness, 2ª ed., Nova Yorque, Harpel, 1959; tradução: La mente del hombre, Buenos Aires, 1940.

        • Ipsi facto Marcos. Responder a quem já definiu seu conceito de verdade é o mesmo que dar um murro na ponta de uma faca. Não vale a pena. O entendimento para ocorrer necessita de um fator imprescindível, chamamos de tolerância. O tolo não escuta, somente o sábio. O arrogante espreita seu adversário com truculência pueril e gratuita. As palavras de desespero de quem se encontra perdido em conceitos perdulários somente encontra guarida no clamor do baixo ventre. É uma pena, mas nem todos podem, querem e mesmo saberão como se dará aquele dia, somente o desespero da descoberta do inusitado evento marcará as manchetes sem expectadores, pois todos estarão na correria desenfreada querendo tardiamente descobrir o por que?

        • “A igreja católica perseguiu e matou mais pessoas na história da humanidade que qualquer outra denominação religiosa exceto o islamismo, deturbaram as escrituras sagradas, venderam o perdão, incitam as pessoas a acreditarem em idolos que são abomináveis a Deus, contrariando a própria Biblia que dizem seguir. Abusam de crianças e há histórias absurdas de atos homossexuais nos monastérios por todo o mundo”

          Errado

          A massa de manobra bombardeada pelas propagandas iluministas, protestantes, maçons, comunistas, são escravizadas e condicionadas a ter no imaginário coletivo uma farofa de mentiras e manipulações, em 500 anos transformaram o propagandismo em uma coluna de sustento para suas ideologias.

          Contraditório: definir-se como evangélico mas ser dependente de mentiras para anunciar Jesus Cristo.

          • Lopes

            Eu sei que você é burro, mas não precisa tentar ganhar o “pêmio Nobel” de jumentice!

            O versículo que citei, seu animal, foi justamente uma crítica!

            Ô SUJEITINHO BURRINHO ESSE LOPES!

            KKKKK!!!!!

  4. Sou Batista, mas sei q já faz algum tempo que a Igreja Presbiteriana do Brasil rompeu com a dos Estados Unidos. A maldita Teologia Liberal entrou naquela denominação, e em outras grandes denominações americanas.
    O que nós estamos assistindo é o fechamento de uma grande denominação cristã. Por outro lado, nós sabemos que os verdadeiros cristãos não vão continuar lá, e os que continuarem, o farão apenas para combater esses filhos do diabo que estão pisando nas Escrituras Sagradas. Terrível será o julgamento divino para esses teólogos que sustentam a doutrina de Jezabel e de Balaão. Isso é repugnante e odioso. Mas uma vez Satanás conseguiu entrar numa igreja que já deu muito fruto a Deus no passado. Mas graças a Deus que a Sua verdadeira igreja invisível, espalhada em várias denominações, é IMBATÍVEL.

    • Nada a ver com doutrina de balaão.A falsa doutrina do falso profeta balaão tem tudo a
      ver coma Teologia da prosperidade por ser uma doutrina dos olhos altivos movidas de
      ganãncia,avareza e toda sorte de preconceitos,bem como tendo como meta a conversão
      das pessoas para se tornar rei eterno(ter poder).A Presbisteriana não tem essa falsa doutrina,mas aqui no Brasil,quem se corromperam seguindo este triste caminho de balaão
      são as seitas pentecostais e neopentecostais.A doutrina de balaão está em Reis e no novo testamento,quando fala em falsas doutrinas,se fala em balaão.É que os líderes das
      seitas escondem esta falsa doutrina dos seus fanáticos.Quem conhece eta maldita
      doutrina da avareza,sai da seita,ou volta para a católica,fica cristão independente ou
      procura uma igreja séria como a presbiteriana,Batista,Metodista,Luteranas e outras poucas,pois as 115 mil placas de seitas registradas no Brasil quase todas seguem este
      caminho d balaão,por ser o caminho dos olhos altivos que DEUS mais aborrece em um
      ser humano.E esses são o caminhos dos evanjegues fanáticos e homofóbicos.lncautos
      e loucos……

      • Vou deixar a própria Bíblia explicar o aspecto mais perigoso da DOUTRINA de Balaão. Ap. 2.14: “tens aí os que sustentam a doutrina de Balaão, o qual ensinava a Balaque a ARMAR CILADAS diante dos filhos de Israel para comerem coisas sacrificadas aos ídolos e PRATICAREM PROSTITUIÇÃO”.
        Balaão, sabedor de que não poderia amaldiçoar o povo de Deus, orientou Balaque, o rei inimigo de Israel, a “ARMAR CILADAS” para o povo. E que ciladas foram essas? Atrair os filhos de Israel para “PRATICAREM PROSTITUIÇÃO” e assim trazer a justa ira de Deus.
        Esses homens estão agindo exatamente como Balaão. Estão dando legalidade à sodomia dentro da Igreja.
        Se vc quiser saber o que que aconteceu com aqueles que caíram nas práticas infames do pecado, é só ler Números 25.1-9.
        Meu caro, se vc quiser ser um pouco mais coerente, pegue sua Bíblia e rasgue. Faça coro, se junte aos perseguidores da Bíblia e da igreja, mas não me venha tentar defender suas práticas homossexuais com o livro sagrado não.
        Pra começo de história vc nem sabe porque esses homens estão defendendo o casamento gay. Esses homens são o que se chama de ‘teólogos liberais”. Eles não acreditam mais na Bíblia como Palavra de Deus absoluta. É uma longa história e eu não vou entrar nesse caminho.
        Que Deus tenha compaixão da sua alma.

        • Abraão,seja honesto,conheço muito bem a história de balaão.O que você escreveu é verdade,mas não é só isso.É que você pegou a parte que fala
          das ciladas de balaão.Mas todas essas ciladas foi por causa da ganancia,
          avareza e desespero de balaão para converter as pessoas para ter poder e dominar o mundo da época.Balaão agia como os donos de seitas de hoje que são capazes de tudo por fama,dinheiro e poder ACHANDO que estão agradando a DEUS como balaão também achava.
          Você pegou a partes do texto que interessava a você,mas eu não sou
          bobo, e sei como desmascarar qualquer herege.

  5. “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;” (II Timóteo 4 : 3)

  6. Tenho a bíblia como a vontade de Deus revelada, e por isso acho que tudo que o homem se propõe fazer a Deus, tem que antes passar pelo crivo da palavra.
    É sabido que Jesus esteve com pecadores em uma mesma mesa(Mt9:10-13), porém esse gesto não quer dizer que Ele consinta com o pecado, mas que pela sua pessoa e ensino possam arrepender-se; “OS SÃOS NÃO PRECISAM DE MÉDICO, E SIM OS DOENTES”(vs12).Na parábola da ovelha perdida,Ele diz: “DIGO-VOS QUE, ASSIM, HAVERÁ MAIOR JÚBILO NO CÉU POR UM PECADOR QUE SE ARREPENDE DO QUE POR NOVENTA E NOVE JUSTOS QUE NÃO NECESSITAM DE ARREPENDIMENTO”.(Lc15:7).

    Então, o amor de Cristo se manifesta quando,assim como ele, desejamos que aquele que peca, se arrependa e alcance a salvação, porém destaco que o arrependimento é muito importante nesse processo.

    Em Gl5, Paulo fala da oposição que a carne faz ao espírito:
    ” DIGO, PORÉM; ANDAI NO ESPÍRITO E JAMAIS SATISFAREIS À CONCUPISCÊNCIA DA CARNE.
    PORQUE A CARNE MILITA CONTRA O ESPÍRITO, E O ESPÍRITO, CONTRA A CARNE, PORQUE SÃO OPOSTOS ENTRE SI; PARA QUE NÃO FAÇAIS O QUE, PORVENTURA, SEJA DO VOSSO QUERER.
    MAS, SE SOIS GUIADOS PELO ESPÍRITO, NÃO ESTAIS SOB A LEI.

    ORA, AS OBRAS DA CARNE SÃO CONHECIDAS E SÃO: PROSTITUIÇÃO, IMPUREZA, LASCÍVIA, IDOLATRIA, FEITIÇARIAS, INIMIZADES, PORFIAS, CIÚMES, IRAS, DISCÓRDIAS, DISSENSÕES, FACÇÕES, INVEJAS, BEBEDICES, GLUTONARIAS E COISAS SEMELHANTES A ESTAS, A RESPEITO DAS QUAIS EU VOS DECLARO, COMO JÁ, OUTRORA VOS PREVENI, QUE NÃO HERDARÃO O REINO DE DEUS OS QUE TAIS COISAS PRATICAM.

    MAS O FRUTO DO ESPÍRITO É: AMOR, ALEGRIA, PAZ, LONGANIMIDADE, BENIGNIDADE, BONDADE, FIDELIDADE, MANSIDÃO, DOMÍNIO PRÓPRIO. CONTRA ESTAS COISAS NÃO HÁ LEI.

    E OS QUE SÃO DE CRISTO JESUS CRUCIFICARAM A CARNE, COM AS SUAS PAIXÕES E CONCUPISCÊNCIAS.
    SE VIVEMOS NO ESPÍRITO, ANDEMOS TAMBÉM NO ESPÍRITO.

    • Antônio,não conheço nenhum evangélico friseu fariseu fanático com os frutos do ESPÍRITO SANTO.São dominados pelos frutos da carne e possuídos por espíritos enganadores que
      se passam por espíritos de luz.O testemunhos de vida deles é pior do que os demônios.

      • É por isso que o meu foco é Cristo, porque se for olhar o homem, vamos observar todo esse espírito faccioso que o acompanha, mas que não é exclusividade dos evangélicos, basta prestar atenção nos comentários aqui neste site.
        Esse espírito faccioso é um dos vícios que eu optei por eliminar, porque eu não tenho que ser católico, batista, presbiteriano, entre outros; importa ser cristão, dessa forma, para meu amdurecimento espiritual, tenho a liberdade de buscar somente os bons exemplos, que pode ser a paz de uma pessoa dita católica, que pode ser a alegria de uma pessoa dita batista, a mansidão de uma pessoa dita presbiteriana, o que não quer dizer que eu vá compactuar com essas doutrinas humanas, porque a sã doutrina é a de Cristo.

  7. Um feito histórico e que comprova a previsão do pastor Rob Bell, ou seja, de “que é inevitável que as uniões homossexuais sejam permitidas e reconhecidas entre os evangélicos.” É o protestantismo que sai na frente da Igreja de Roma promovendo os direitos humanos e a inclusão de todas as pessoas na comunidade da fé, no corpo de Cristo. Parabéns aos presbiterianos por mais esse corajoso e justo protagonismo histórico que abre uma grande porta de inclusão que jamais será fechada!

  8. A igreja sorveteriana cada vez mais se afundando, e ainda querem criticar pentecostais e neo-pentecostais.
    Alguns chamam isso de “progresso”, o que na verdade é a queda dessa seita, oppss, igreja…

    Apocalipse 2:5 – Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e volta a praticar as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.

    • Queremos e criticamos pq o pentecostalismo chegou ao absurdo de se achar no direito de impedir pessoas de terem direitos civis garantidos pelo estado. Qualquer pessoa de BEM, jamais concordará com isso, seja homossexual ou não.

      Não queremos segregação. Que fique bem claro.

      MARCHA PELO ESTADO LAICO
      BRASIL – 2016

      O MEU DIA SERÁ MAIS FELIZ, QUANDO NOS LIVRARMOS DESSA RELIGIÃO INFELIZ(PENTECOSTALISMO)

  9. É bom lembrar que a IPB (Igreja Presbiteriana do Brasil), não tem vínculo com a Presbiteriana do Estados Unidos. É fácil colocar uma notícia e não especificar qual igreja, ou seja, colocando todo mundo no mesmo balaio.

    • Me refiro ao título da postagem: Igreja Presbiteriana, e não: Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PUCSA). Parece que o importante é colocar um post chamativo, que crie indignação no meio do povo cristão ou revolta. Até o leitor descobrir (se ele quiser), que a Presbiteriana Brasileira (IPB), não tem nada a ver, já julgaram e definiram a sentença de morte há muito tempo..

      Basta lermos alguns comentário abaixo, para percebermos que o pessoal realmente soube diferenciar qual igreja adotou esta conduta. (sorveterianos, afundando, igreja do diabo, etc). Temos que ter cuidado com a forma de divulgarmos as informações meus irmãos. Graça e Paz!

  10. Homossexuais tem agora uma opção de casamento, a tão desejada bênção de “deus”pode acontecer em NY. Que lindo não? Mais lindo um pastor Gay Presbíteriano fazendo a cerimônia e um casal de presbíteras impondo as mãos sobre essa aliança. Parabéns a igreja Presbiteriana Americana por dar o cargo de diretor a uma cena dessas ao demônio. Luz do inferno, câmeras, Action… E viverão infelizes para sempre e nunca com a bênção do Deus verdadeiro.

  11. Cadê o felicianus., o leviano., elderzinha., adultério liberado., casamento duplo abençoado nos púlpitos de lutero., troca troca de esposa entre membros., swing gospel., sex shop gospel., sapólio e água do volume morto banho nos fiéis., perfume de Jesus., lencinhos catinguento ., óleo diesel sagrado., água do rio Jordão., tijolinho da casa própria., entre outras milhões de aberrações evanjegas., quem viver verá o fim desta babel heretica.,.

  12. E e quem foi que ou afirmou que os Crentes verdadeiros em Cristo Jesus concorda com esse desvaneio, qual Igreja com sã doutrina concorda com esse ato pecaminoso, em cem por cento da totalidade dos Verdadeiros Crentes de sobre a face da terra não concordou, não concorda e nem em tempo algum concordara com um ato pecaminoso como este e que vai de encontro com a sã doutrina do Santo Evangelho do Senhor e Salvador Jesus Cristo e com a sua Santa Palavra a saber a Biblia Sagrada, o resto e resto de resto e conversa fiada de ateus de idólatras de mariolatras de espiritas e de mais uma infinidade de inimigos dos verdadeiros Crentes de sobre a face da terra, esta igreja presbiteriana renovada ja se perdeu a muito e muito tempo não somente ela, ela e mais uma infinidade de igrejolas nascida ao acaso nascida no vento do engano e engodo doutrinario, portanto os falatorios escritos neste comentario jamais eu disse jamais atingira a um verdadeiro e comprometido Crente com a Santa e Gloriosa Palavra de Deussssssssssssssss, são igrejolas que vivem dentro de ensinos e doutrinas satanicas e demoniacas, em que nas tais o Verdadeiro e Santo Evangelho do Senhor e Salvador Jesus Cristo esta a leguas de distancia de suas fileiras, há ia me esquecendo e tenho dito

  13. Agora são AS IGREJAS-MÃES NORTE-AMERICANAS DA IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL que decidiram aceitar o casamento de pessoas do mesmo sexo.

    Muita coisa muda dentro das igrejas protestantes. A única coisa que não muda é o protesto/perseguição contra a igreja católica.

  14. Graça e paz pessoal eu sou de Africa Angola, pelo menos culturalmente nunca se viu esta pratica, mais desde que começou a chegar as novelas brasileiras na tv local alguns começaram a ter esta doença. biblicamente isto é pecado. olha e o pecado leva a pessoa para o inferno não é Deus que leva as pessoas pecadoras ao inferno, pois o homem tem o poder de decidir se quer ir em qual lugar, se no inferno ou nos céus. escolham ir nos céus, deixem o mal, nós temos o poder de decidir praticar ou não praticar tal coisa ou o que seja errado. desculpe se te magoei mais a unica verdade é a palavra de cristo.

  15. Esta igreja concorda com o casamento gay, claramente discordando da bíblia seus preceitos mandamentos e sua natureza, deixando claro que seu autor que por livre e expontanea vontade inspirou a homens para transmitir e ensinar. Podendo ainda ser visto isto que se quiser poderia ter feito com as taboas dos dez mandamentos escrito ele mesmo, preferiu se mostrar ao lonco de milhares de anos, falar da mesma coisa de genesis a apocalipse.
    clara esta seita deixando a palavra e indo contra a natureza do próprio Deus deixa claro que abandonou a sã doutrina para permitir a união das trevas com a luz…. impossível foram para as trevas e cumprem assim a palavra …… achará fé na terra o SR. quando voltar.
    Realmente fica aqui claro que estamos vivendo a igreja dos últimos dias.

  16. Parabéns à Igreja Presbiteriana por respeitar os princípios bíblicos de IGUALDADE e SER CONTRA A DISCRIMINAÇÃO.
    As igrejas já usaram a bíblia para justificar a escravidão, discriminação da mulher e proibir o casamento entre brancos e negros e sempre apareciam os fanáticos para manter todas essas coisas.Hoje essa igreja, se junta a 9 igrejas mundiais que aprovaram o casamento igualitário.PARABÉNS !!!!

  17. Sr. Slash,
    Que as pessoas tenham direitos civis isso é importante, mas os homossexuais querendo que Deus mude sua vontade para aquilo que ele criou de forma clara e ordenada, isso é um absurdo! Tais pessoas precisam entender que quem não as aceita em primeiro lugar é o próprio Deus, em suas palavras em apocalipse ” Ficaram de fora os efeminados”, o senhor não aprova esses casamentos e quem ama a Deus como nós evangélicos verdadeiros, nunca irá aprovar também. Sou contra violência e insultos aos homossexuais, mas sou contra sua escolha porque ela desobedece claramente a vontade de Deus e ordem natural de sua criação. A igreja verdadeira existe para adorar a Deus e fazer sua vontade, se uma igreja aceita o que Deus reprova negou a Cristo, desdenhou sua vontade e seu sacrificio.

    • As igrejas já usaram a bíblia para justificar a escravidão, discriminação da mulher e proibir o casamento entre brancos e negros e sempre apareciam os fanáticos para manter todas essas coisas.Hoje essa igreja, se junta a 9 igrejas mundiais que aprovaram o casamento igualitário.

    • As igrejas já usaram a bíblia para justificar a escravidão, discriminação da mulher e proibir o casamento entre brancos e negros e sempre apareciam os fanáticos para manter todas essas coisas.A bíblia mudou ? Não !
      Hoje essa igreja, se junta a 9 igrejas mundiais que aprovaram o casamento igualitário.

    • Marcos

      Que fique claro que o ESTADO não obrigou a igreja presbiteriana a tomar esta decisão. Permita-me dizer a visão laicista da questão e talvez assim, vc entenda:

      Casamento Civil – Não somos contra uma vez que é um assunto do ESTADO com o cidadão homossexual. Além disso, é uma forma de lhe garantir os mesmos direitos que todo o cidadão tem.

      Casamento Religioso – Fica por LIVRE DECISÃO das igrejas. Pq isso? Pq tal como a igreja não pode impedir que o estado faça o casamento de duas pessoas do mesmo sexo, o estado não pode obrigar a igreja a faze-lo. Tem que ser um decisão da igreja e somente dela, para que não haja desrespeito ao espaço religioso.

      Logo, se a igreja presbiteriana decidiu fazer isso, eu não me sinto em posição de critica-la pois foi um assunto interno da própria igreja. E diferente dos radicais do pentecostalismo, eu respeito os princípios do ESTADO LAICO. Em assunto particular de igreja, eu não me meto.

      Alguém me viu alguma vez, discursando pela tributação de dízimo? Eu discordo disso, por conta da ladroagem que existe nesse sistema. Mas prefiro me ausentar do assunto quando se é debatido a possibilidade de se tributar o dízimo.

      As vezes em que falo sobre o dízimo, é quando deixou claro que não acho correto que uma igreja que tem isenção de tributação, se ache no direito de chantagear o estado para que este não regularize direitos de pessoas que pagam seus impostos. Pode falar o que quiser Marcos, mas nunca irei concordar com isso.

      Ou quando um pastor chega ao ponto de ameaçar fiéis a não denunciarem pastores ladrões.

      Voltando a igreja presbiteriana. Eu só elogiei pq foi um posicionamento laicista. Em nenhum momento ela obrigou todas as suas igrejas a realizarem tais casamentos. Deixando claro que, as mesmas são livres para decidir isso sem o medo de sofrer qualquer discriminação.

      A igreja anglicana já é assim.

      Os mormos recentemente deixaram claro que, não interferindo na igreja deles, não vão se meter em assuntos relacionados aos gays.

      A igreja luterana tradicional fez um posicionamento parecido em um país europeu, onde o estado estava colocando em pauta a questão do casamento gay CIVIL. O líder da maior igreja luterana naquele lugar, deixou bem claro para seus fiéis, que era uma questão do ESTADO com o CIDADÃO e que de forma alguma, os luteranos deveriam se meter no assunto.

      Mas se formos discutir isso aqui no Brasil, o pentecostalismo chega ao ponto de fazer chantagem com o governo.

      Eu desaprovo o pentecostalismo. Uma ideologia TEOCRÁTICA que nos fará um mal tremendo no futuro, se não dermos um jeito nela hoje.

      • Sr. Slash,
        Obrigado por responder e por tratar respeitosamente meu comentário, assim farei o mesmo.
        Sou evangélico e contra o casamento de pessoas do mesmo sexo em respeito a fé que tenho em Deus, a sua criação e a sua palavra. Meu comentário aqui foi direcionado ao teor espiritual do casamento. Pois infelizmente temos em nossa sociedade homosexuais que querem impor aos cristãos a aceitação de sua opção e a inclusão da mesma como natural, mesmo que contraria aos nossos ensinamentos espirituais. O estado Laico tão defendido por um deputado federal lá em Brasilia, tem de ser contrastado com suas propostas, onde uma delas é a de redução da maioridade sexual de 14 para 12 anos, o que sem dúvida é uma apologia a pedofilia. Outra é a legalização da maconha, o que ele quer acabar com o país? Que o estado seja Laico, mas não imoral. As pessoas são livres para escolher o que querem ser, mas não podem exigir a aceitação da sociedade que esta fundamentada na família, as pessoas vivem hoje porque vieram de um homem e de uma mulher e nada diferente disso. O estado não mudará a natureza da família mesmo que seja laico, pois a familia já existia antes mesmo de qualquer estado.

        Att,

        Marcos

      • Slash, leio todos os seus comentários e me encanto com sua inteligência, sensatez, equilíbrio e visão clara das coisas. Acredite: seus comentários fazem um grande bem!

    • Marcos.
      parabéns perfeito o seu comentário.
      Vamos voltar á origem da humanidade,no princípio Deus criou um homem (Adão ) e uma mulher (Eva) Deus não criou dois homens (Adão e Antonio) ou duas mulher (Eva e Tereza) Eva foi criada pra ser esposa de Adão. A Bíblia diz que eles estavam diz que eles estavam nus e contudo não se envergonhavam. A criação de Deus de um homem e uma mulher para serem marido e esposa é o padrão ou paradigma para a sanção de Deus das relações sexuais normais, morais e abençoadas. A união do matrimônio é ordenada por Deus,e estes preceitos sagrados não devem ser poluídos pela intromisssão de uma terceira parte, de qualquer sexo.
      Paulo escrevendo sob inspiração do Espírito Santo, disse que há somente uma saida moral e legitima para o caminho deixado por Deus para o sexo. o casamento ( 1 Corintio 7. 2) Monogâmico e heterossexual, o casamento é a única maneira de se ter sexo sem pecado e culpa. Honrado entre todos seja o matrimõnio, e o leito (matrimonial) sem mácula;.mas Deus fica irado como os fornicadores e adúlteros (Heb. 13; 4) qualquer coisa contrária a ordenação da criação do casamento entre um homem e uma mulher é pecaminoso e inaceitável perante Deus. A Bíblia condena toda atividade sexual fora do casamento monogâmico… seja heterossexual, homossexual, bestialismo e assim por diante. Não deixeis que vos engane com palavras vãs, diz Paulo, porque é em razão destas coisas sobrevém a ira de Deus sobre os filhos da desobediência (Ef. 5; 6)

      • zezé burro,eu conheço a Bíblia muito bem,viu.Não preciso de sua ajuda,pois você
        é desonesto e escolhe as frases soltas que você frauda.Como não sou dono de
        seita, uso a Bíblia imparcial toda a quem doer,mas no sentido certo,que é a
        contextualização.Um exemplo,seu burro:Usar a Bíblia no que se refere aos
        falsos pastores corruptos e comparar com essa corja podre evangélica que estão
        em Brasília,as palavras são para eles,mas eles dizem que são para os pecadores.É para eles,pecadores não regam evangelho.Para estes falsos,a
        mão de DEUS pesará de verdade.São mil vezes piores que os gays.E não vejo
        nada de mal nos gays,vejo em vocês,arrogantes,soberbos,presunçosos,lixos…….
        Asseclas de lúcifer mesmo.Os frutos de vocês são zero e zero,visam lucros,fama,dinheiro e poder.Quanto a você,que é lacraia,resta a migalha,ridículo,estúpido……

        • JANIO
          esse eu tenho que rir kkkkkkkkkkkkkkkkk mais uma vez kkkkkkkkkkk
          vc falou tudo, vc disse muito bemvc conhece a Bíblia, pois até o diabo conhece, esta explicado porque vc deixa outro macho enfiar um pedaço de carne no seu fiofó carnicendo e fidido..vc conhece o que esta escrito na Bíblia, ja leu várias vezes que DEUS é contra essa safadeza, mais o diabo tem entrado na sua mente fazendo vc mudar a natureza contrária a que Deus criou..

          • Sandro
            de cu vc entende bem, porque vive deixando outro macho de enrabar vai firme, continua duvidando da palavra de DEUS.. continua nessa pratica nojenta, continua na patifaria, as porta do inferno estão aberta pra quem não obedece a palavra de Deus..
            tem mais, o pior de tudo é ver que tem pessoas que tem coragem de enrabar seu fiofó sujo, nojento e fidido, isso é te dar ânsia de vômito.,é de vomitar …ainda vcs tem coragem de dizer que uma coisa dessas não é pecado..
            isso é demoníaco, coisa do diabo, continuar nessa pratica suja e imunda, e adquirir o passaporte pro inferno, é adquirir o passaporte pro lago de fogo e enxofre..
            mais, as pessoas entregam a alma pro diabo de mão beijada, devido a estupidez de não da ouvido a voz de DEUS..

  18. A APOSTASIA CRESCENTE DA PCUSA
    Postado por Augustus Nicodemus LopesA Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA) redefiniu nesta terça 17/03/2015 o seu entendimento sobre o que é casamento. Por maioria dos seus presbitérios, alterou a sua constituição, que agora diz que o casamento é “tradicionalmente” entre um homem e uma mulher.

    O que houve, na verdade, foi a adequação da constituição da PCUSA à prática já em vigor. Os pastores desta denominação (que para nós é apóstata) já estavam autorizados a realizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo faz já algum tempo.

    Como é sabido de todos, a Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) não tem nenhum relacionamento com esta “igreja” americana, da qual se desligou faz décadas por causa das posturas liberais da mesma, muito antes dela aprovar o casamento gay. A PCUSA é uma denominação liberal que já abandonou faz tempo os principais pontos da Reforma, como a autoridade e infalibilidade das Escrituras.

    Muitos não sabem que o termo “presbiteriana” define apenas um sistema de governo, não uma teologia. A rigor, uma igreja presbiteriana é aquela que é governada por presbíteros. Assim, há igrejas que se dizem presbiterianas mas que são renovadas ou de linha pentecostal. No caso da PCUSA, é uma igreja governada por presbíteros e que adota uma teologia liberal.

    A IPB é conservadora na sua doutrina e mantém o conceito da inerrância das Escrituras. Como tal, não reconhece o “casamento” gay e certamente repudia tal decisão da PCUSA de redefinir o casamento desta forma.

  19. A sociedade anda prá frente ! Por isso hoje não existe (ou não deve existir) escravidão, proibição de casamento entre negros e brancos, mulher ser capacho do marido e homofobia (todas essas coisas foram apoiadas pelas igrejas por muito tempo).

  20. VOCÊ SABIA QUE ATÉ CRIANÇAS CATÓLICAS ERAM QUEIMADAS PELOS PROTESTANTES ?

    1)- No ano 1670, na Suécia, houve um processo deplorável: Como conseqüência das declarações, arrancadas pelas interrogações feitas pelos teólogos protestantes, foram queimadas 70 mulheres, açoitadas mais 56, queimadas 15 crianças que já tinham chegado aos 16 anos e outras 40 foram açoitadas
    .
    2)- Agora os protestantes têem aqui reunidos, grande parte dos números de mortes, nomes e documentos, para a própria cruel“inquisição” de seus tribunais, que tanto omitem. E isso não é tudo.

    3)- Atacado por um diabólico ódio racial, Lutero antes de sua morte, lançou o panfleto “Contra os judeus e as suas mentiras.” onde pregava aos alemães, toda sorte de desumanidade contra os judeus, culminando no holocausto nazista. Esta obra, está reproduzida na “História do anti-semitismo”, de Leon Poliakov.

    4)- Dia 6 de maio de 1527, quando saquearam Roma, cerca de quarenta mil homens espalharam na Cidade Eterna o terror, a violência e a morte. Eram seis mil espanhóis, quatorze mil italianos e vinte mil alemães, quase todos luteranos, esses últimos, indivíduos perversos, gananciosos, desprovidos de qualquer escrúpulo. Gritavam: ”Viva Lutero, nosso papa!!!”. Ávidos, incansáveis na busca das riquezas, dos despojos do inimigo, os lanquenetes luteranos e os outros invasores assaltaram, estupraram, saquearam, incendiaram, trucidaram, arrebentaram as suas vítimas, jogaram crianças pelas janelas ou as esmagaram contra as paredes. Grande parte da população foi dizimada. Conforme disse Maurice Andrieux, esse ataque a Roma “superou em atrocidade todas as tragédias da História”, até mesmo a destruição de Jerusalém e a tomada de Constantinopla.

    5)- E no Brasil? Encontra-se facilmente nas enciclopédias que, os protestantes calvinistas em 15 de julho de 1570, mataram 40 jesuítas, entre eles Inácio de Azevedo, morto a CUTILADAS (golpe de espada) quando, segurando num quadro da Virgem Maria, animava a tripulação a resistir ao ataque protestante, que degolou a todos, (Enc. Microsoft Encarta 99, verbete: “Inácio de Azevedo, beato”).

    6)- Todo esse genocídio com requintes de crueldade, parece encontrar doce justificativa nas palavras de Lutero, pai do protestantismo do “somente a fé:“Seja um pecador e peque fortemente, mas creia e se alegre em Cristo mais fortemente ainda… Se estamos aqui (neste mundo) devemos pecar… Pecado algum nos separará do Cordeiro, mesmo praticando fornicação e assassinatos milhares de vezes ao dia”. (Carta a Melanchthon, 1 de agosto de 1521 (American Edition, Luther’s Works, vol. 48, pp. 281-82, editado por H. Lehmann, Fortress, 1963).

    7)- O próprio Rui Barbosa quando principiante inexperiente, traduziu “O Papa e o Concílio” uma obra de um deles, do Doelling, e se arrependeu mais tarde, proibindo no prefácio a publicação da mesma, pelas calúnias apaixonadas. Dizia mais tarde Rui Barbosa, quando maduro e experiente:“Estudei todas as religiões do mundo e cheguei a seguinte conclusão: religião ou a Católica ou nenhuma.” (Livro Oriente, Carlos Mariano de M. Santos (1998-2004) artigo 5º).

    • emanuele além de sapata , gorda, frustrada , mal comida , bigoduda, arombada, suvaquenta aberração gay você é burra e mentirosa. vai se tratar desgraça da sociedade.

      • Tragédias são sempre tragédias, por falsos protestantes ou católicos. Bom seria se esses absurdos não existissem. Porém, como disse em comentário abaixo, por mais horrivel que isso seja, não justifica todo o sangue derramado pela igreja católica que aliás vinha matando gente a muito mais tempo ,visto que é mais antiga a sua fundação. E como disse: os erros protestantes são um grão de areia comparados a montanha de erros da igreja católica. Eu aqui afirmo minha fé no evangelho e não em nenhuma igreja, porém na minha não sou enganado a adorar deuses feitos de pedra e barro onde as moscas sentam e defecam.

        • Não se faça de desentendido: os protestantes também acenderam os fogos da Inquisição e perseguiram, sim, e não pouco, mas muito! Além disso, os católicos não adoram imagens de “deuses”, e as moscas também defecam na Bíblia.

      • Flavio

        Tá a IG Catolica errou e muito ao ativar a Inquisição. E muitos falam que so este tribunal já é suficiente para provar que ela não é de Deus. Vamos por um momento admitir que isto de ter inquisição faça uma igreja perder legitimidade Ok.

        A Inquisição Catolica passou a existir a partir de 1231, portanto, poderiamos alegar que até ai tinhamos alguma legitimidade. Já a Inquisição protestante iniciou-se junto com a ReForma Religiosa, se catolicos estão errados, as igrejas evangelicas já nasceram corruptas, assim sendo, invalidas em tudo que fizeram desde o inicio.

        Milhões de mortes? Pesquise seriamente o tema num simposio realizado na decada de 1970, e constatou que o TERROR da Revolução Francesa matou em 2 anos(300 mil pessoas) mais do que tudo que a Inquisição Catolica fez desde 1231. O Famoso inquisidor Bernardo Guy em 15 anos emitiu mais de 900 sentenças destas 44 foram pena de morte, a maioria das condenações foram cadeia e penitencias.

      • Esses protestantes fazem coisas que até o diabo duvida e ainda tem a falácia de acusar os católicos pela inquisição, A GRANDE INQUISIÇÃO FOI DOS PROTESTANTES, POIS QUANDO ACONTECEU JÁ TINHAM COMO EXEMPLO O ERRO CRUEL DA IGREJA CATÓLICA E MESMO ASSIM PRATICARAM TAL CRUELDADE.

  21. JANIO
    Eu tb não tenho nada contra gays, desde que respeite a palavra de DEUS.. porque se não respeitar vai levar lapada na cara, a verdade tem que ser dita, Deus é contra essa pratica nojenta e imunda que vc vive..
    tem mais JANIO, quem tem que se converter aqui, é vc seu nojento, que vive deixando outro macho de enrabar, se vc é chamado de aberração é porque vc não respeita a palavra de DEUS, ai o diabo de envergonha, esse é o papel de satanás, envergonhar a pessoa, colocar pensamentos impuros, fazer a pessoa distorcer a palavra de DEUS como vc distorce..
    A condenação bíblica da homossexualidade é muito clara e bastante forte, Deus disse que o homossexual é uma abominação, o que significa que DEUS aborrece, odeia e detesta completamente o comportamento homossexual. O Antigo testamento ensina que as pessoas que são condenadas pelo crime de se envolver em um procedimento homossexual deve ser morta (Lev. 18; 22; 13) O Novo testamento está em total acordo, o apóstolo Paulo disse que o comportamento homossexual é digno de morte ( Romanos 1: 32 ) essa não é a opinião do homem, mas é o claro ensino da palavra de Deus.
    coloque a palavra de Deus em pratica Janio Manoel, ai o diabo não vai de envergonha e vc não vai ser chamado de aberração.
    mais enquanto vc viver nessa estupidez dando ouvido a voz do diabo, ele vai de envergonha, de humilhar de escravizar ..
    o homossexualismo são nada mais do que desculpas esfarrapadas por quem não quer deixar o pecado e se arrepender
    sua única esperança Janio Manoel é aceitar o que DEUS diz com respeito ao seu comportamento sujo e pecaminoso. Se você arrepender dos seus pecados e crer em JESUS Cristo vc será livre desse pecado imundo que de aprisiona , vc deve se convencer de que seu procedimento é errado, perverso e digno de juizo. Depois de dizer que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, Paulo diz, Tais foram alguns de vocês. Mas vocês foram lavados, mas vocês foram santificados, mas vocês foram justificados em o nome do senhor JESUS e pelo ESPÍRITO do nosso Deus.(1 Corintio 6;11) havia cristãos na igreja de Corintio que rejeitavam seu anterior estilo de vida homossexual e abondonaram seus pecados, eles se arrependeram e creram em JESUS CRISTO.
    faço isso também vc Janio Manoel , se arrependa dessa pratica nojenta que vc vive, e DEUS te perdoará…

    • “Eu tb não tenho nada contra gays, desde que …”. É o velha intolerância de achar que as pessoas homoafetivas só merecem respeito quando se sujeitam à visão dos fanáticos.

      • zezé,quem vive coberto de vergonha e vexame é você,fariseu,vá se converter,seu
        batismo nas águas foi apenas um banho e banho de água suja.Eu sou um homem
        digno,de caráter e que orgulho a minha família,parentes e amigos.Não sou de sua
        laia.você é uma lacraia de seita que não segue os mandamentos que DEUS deixou.
        Você segue os mandamentos do dono de sua seita.Tomara que ele mande você
        e outros fanáticos comerem bosta como sacrifício e,com certeza você e os lunáticos comerão.Vá se tratar,transtorno de homofobia.Quem julga os outros é DEUS.O
        juízo temerário é proibido,viu zeé,poço de hipocrisias.

        • JANIO
          esse eu tenho que rir kkkkkkkkkkkkkkkkk vc segue os mandamentos de DEUS indo contra o que esta escrito. , dando o fiofó carnicendo, suas desculpas não tem fundamento, ou vc deixa essa pratica nojenta ou vai queimar no inferno sua aberração…

  22. Como uma igreja pode ir contra a Bilbia e ir de acordo com suas convicções. O Senhor Jesus falou,” vocês anulam a vontade de Deus pelas suas tradições.” Aberração gay não casa forma dupla, aberração gay não casa forma par, aberração gay não ser humano é uma desgraça feito rato e barata que não serve pra nada , só sabe espalhar doenças. essa tal seita cemiteriana vai pagar caro por apoiar o diabo e virar as costas pra Deus.

  23. A intolerância é tipica de situações de segregação seja ela qual for, tenha esta ou aquela natureza e caracteriza a marginalização do amor ao próximo. Contudo, o comportamento liberal de determinadas pessoas como os hippies dos anos 60, assim como de determinadas denominações, religiões, representadas por igrejas históricas e que tiveram seu berço nos EUA não poderia ser diferente. Discutir fatos sócios políticos decorrentes das mudanças comportamentais existentes a cada geração não pode ser traduzido como mero ato preconceituoso. A defesa das Escrituras como posta está, não é privilégio de alguns, mas a clara expressão do que está escrito. Porém, a busca pela garantia de interesses particulares e pessoais, absolutamente não convergentes com a Palavra de Deus gera como sempre gerou esta desenfreada e arrogante tentativa de mistificá-la como querem alguns, ou desmistificá-la como querem outros tantos. A posição de determinados segmentos religiosos traça o perfil de seus sectários, inclusive daqueles que não seguem a Bíblia como regra de fé e prática, o que se respeita, de modo que não vemos ninguém sendo obrigado a seguir a Bíblia, sendo preso por não lê-la, sendo condenado por não possuir em sua casa ou morto por que não a defende, vemos, por sua vez o inverso. E, esta postura, não deixa de destacar a INTOLERÂNCIA. Assistimos impotentes e atônitos, as aberrações impostas por fundamentalistas do Estado Islâmico em absoluta execração da liberdade não somente religiosa, mas de opção como defendem os movimentos LGBTT. Mas, não assistimos qualquer veiculação destes se posicionando contrários as chacinas de homossexuais ocorridas nos Estados de Origem Islâmica defensores da radicalização da Sharia. Seriam estes mesmos grupos capazes de acusar estes extremistas de homofóbicos como o fazem ao povo de origem e posicionamento pacífico como são os evangélicos? Claro que não, e isto nada mais é que INTOLERÂNCIA.

  24. Artigo 226 da Constituição Federal de 1988
    Art. 226. A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.
    § 1º – O casamento é civil e gratuita a celebração.
    § 2º – O casamento religioso tem efeito civil, nos termos da lei.
    § 3º – Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.
    Essa porcaria de seia cemiteriana, não respeita nem a Palavra de Deus nem as leis dos homens. Como alguém pode frequentar um deposito de lixo desse e falar que serve a Deus? Aberração gay nunca formará uma familia pra se poder falar que casaram NUNCA.

    • A Constituição reconhece a união estável entre o homem e a mulher, mas não limita a mesma apenas para casais de sexo diferente, ou seja, não exclui casais homoafetivos do direito a buscarem, desejando, a união estável e o casamento. Em 2011, a Suprema Corte por unanimidade se manifestou neste sentido. Se voce não sabe interpretar a Constituição, e não sabe das decisões dos Ministros da Suprema Corte, os guardiões e intérpretes da Carta Magna, não diga inverdades e não espalhe desinformação, seu pedante ridículo!

  25. Gospelmais, e amigos(as) debatedores(as), o casal homoafetivo Toni Reis e David Harris acaba de ganhar mais uma causa, desta vez junto ao Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte de Justica deste país. O assunto diz respeito ao tema adoção. A matéria foi divulgada na edição de hoje (20-03-2015) do jornal paranaense Gazeta do Povo, cujo texto transcrevo a seguir. Antes, porém, quero dar meus parabéns ao casal, bem como a todos os homoafetivos e adotandos que passam a ser beneficiados pela justa e sábia decisão da Suprema Corte.

    “STF nega recurso do MP contra adoção feita por casal homoafetivo de Curitiba.“

    O Supremo Tribunal Federal (STF) negou recurso de um procurador do Ministério Público do Paraná (MP-PR) contra a decisão de conceder a adoção conjunta de uma criança a um casal homossexual de Curitiba. A decisão foi publicada pelo órgão judicial na última quarta-feira (18) e foi comemorada pelo casal Toni Reis e David Harrad nesta sexta-feira (20).

    A relatora do caso, ministra Carmem Lúcia, baseou-se em decisão do próprio STF. Em maio de 2011, o Supremo havia equiparado a união estável homoafetiva à heterossexual. Em sua decisão a ministra falou sobre o processo adotivo. “Lugar de crianças e adolescentes não é propriamente o orfanato, menos ainda a rua, a sarjeta, ou os guetos da prostituição infantil e do consumo de drogas afins… Mas o comunitário ambiente da própria família”.

    O processo de adoção começou há 15 anos. Desde o início, Reis e Harrad queriam adotar em conjunto e não como solteiros. O objetivo, segundo eles, era garantir o bem e a segurança dos filhos em caso de falecimento de um dos parceiros. Na adoção individual, o parceiro sobrevivente não ficaria com a guarda dos filhos.

    Em 2008, o juiz da Vara da Infância e Juventude de Curitiba se posicionou favorável à adoção conjunta, mas colocou duas restrições: as crianças a serem adotadas tinham que ser meninas e ter mais de 10 anos de idade. O casal recorreu e o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) derrubou essas duas condições. Mas, em seguida, um procurador do MP-PR recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

    A alegação era de que o casal não forma uma entidade familiar nos termos do artigo 226, parágrafo 3º, da Constituição Federal e, portanto, não estaria apto a adotar filhos em conjunto. Em 2010, o ministro do STF Marco Aurélio rejeitou o recurso do procurador, porque a matéria em discussão era a restrição quanto à idade e ao sexo das crianças, e não o conceito de entidade familiar. Já o ministro Paulo de Tarso Vieira Sanseverino, do STJ, proferiu sua decisão apenas em 2014, também contrário ao recurso do procurador. Este então recorreu novamente ao STF, em recurso negado no último dia 18.

    Enquanto o processo não voltava dos órgãos superiores, a Vara da Infância e Juventude não permitia que o casal adotasse em Curitiba. Nesse período, então, eles puderam adotar em outras comarcas. A primeira criança, um menino, foi adotado em 2012. Dois anos depois, eles adotaram um casal. Os filhos agora estão com 14, 11 e 9 anos.
    O caso

    A nova decisão do STF encerra mais uma etapa na vida do casal, que tem sido marcada por uma série de lutas pelo reconhecimento da igualdade dos direitos dos homossexuais. Em 1996, Harrad foi ameaçado de deportação porque àquela época não havia dispositivo legal que permitisse a concessão de visto permanente ao parceiro (ou à parceira) estrangeiro de brasileiro vivendo em união estável.

    O caso ganhou ainda mais destaque na década passada, quando a já falecida mãe de Reis – à época viúva – anunciou que casaria com Harrad para ele poder ficar no Brasil. A medida não foi necessária porque o Conselho Nacional de Imigração aprovou, em 2003, aprovou a concessão de visto de permanência para companheiro estrangeiro sem distinção de sexo. Em 2005, 14 anos após chegar ao Brasil, Harrad conquistou o visto de permanência com base na união estável mantida com Reis.
    Bodas de Prata

    A decisão da Ministra Carmem Lúcia veio no mesmo mês em que Reis e Harrad comemoram 25 anos da união. Eles se conhecerem em Londres, no dia 29 de março de 1990. No sábado (21), o casal promove um jantar de comemoração de suas Bodas de Prata e da nova decisão do STF.“

      • Essa tal de Maranata,Sandro, teve vários pastores presos.Mesmo com várias
        provas através de conversas telefônicas quando a quadrilha se reuniam para
        desviar dinheiro,eles negaram,contrataram bons advogados,recorram,venderam
        as almas aos diabos,mas não teve jeito.O ministério Público conseguiu levar vários
        pstores à cadeia (mais de 30).Foi uma loucura.Xô,corjas que se dizem ungidas.

  26. JANIO, já que vc disse que a interpretação do GEOGLAU foi apenas baseada em textos isolados, utilize-se do contexto das passagens abaixo e exponha para nós sua interpretação.
    Até agora vc só disse frases apelativas, e se utilizou muito pouco de argumentos válidos.

    “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;” (Levítico 18 : 22)
    “Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os sodomitas,” (I Coríntios 6 : 9)
    “E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” (Romanos 1 : 27).

  27. Não são todas as Igrejas Presbiterianas do Brasil aprovam a conduta da Igreja Presbiteriana Norte-Americana, até a Igreja Presbiteriana do Sul a reprova…. E só lembrando só protestamos cotra o que esta errado :)

  28. Os fundamentalismos judeu, cristão e muçulmano exercem uma forte pressão em minha mente no sentido de que eu me torne ateu, pois é simplesmente revoltante e inadmissível, para aqueles que pensam com um mínimo de lógica, razão, sentimento de amor e compaixão, a visão dessas religiões abraâmicas cheias de ignorância e ódio contra todos quantos não creem em suas imposições.

  29. Bom sem atacar ninguem venho aqui para defender principios do reino de Deus, nao o que penso mais o que Deus ensina em sua palavra, e um dos principios é que Deus ama o pecador, porem abomina o pecado, quando algumas pessoas atacam as opinioes da palavra de Deus que os cristaos defendem, estao atacando aquilo que Deus determinou como moralidade, e dentro desta moralidade esta estritamente colocado que Deus criou homem e mulher para se relacionarem e terem seus filhos e educa-los, em sua palavra nao se encontra em lugar algum referencias onde Deus aceita essa pratica, porem ele nos dar o livre arbitrio de querer obedecer ou nao. Deus é amor, porem ele nao é imoral e nem injusto. vamos ler mais a biblia.

    • Só se for da Presbiteriana nos EUA, aqui, a Presbiteriana está longe de aceitar tal coisa, basta ler as críticas dos mais expoentes presbiterianos no Brasil, todos são contra e todos manifestaram contra tal decisão da Presbiteriana americana.
      Inclusive, o pastor presbiteriano da igreja que eu congrego, prega muito contra isso nos cultos, coisa que não vemos em muitas igrejas.
      Paz seja contigo.

      • “Todos são contra” ? Em qual pesquisa você se baseia para falar essa bobagem da sua cabeça ? Evangélico adora inventar números sem base, vários presbiterianos são favoráveis sim ! Para de falar bobagem , lembre-se que o diabo é o pai da mentira.

  30. Todas as coisas me são lícitas,mas nem todas me convem…1º Co 6.12. E tambem está escrito que os efeminados e sodomitas (entre outros) não herdarão o reino de Deus…1º Co 6.9.Deus instituiu a vida eterna e Ele ditou os principios. A escolha é pessoal,cada um dará conta de si mesmo;cada um será julgado por sua própria escolha goste ou não goste.Não vale a pena discutir.

    • Antonio,

      Parece que estamos com o mesmo usuário, eu sou de São José dos Campos, conforme já falei aqui para alguns, então nesse caso, estarei alterando o meu, vinculando a cidade.
      A PAZ!

  31. Quando vejo o que a Presbiteriana do E.U.A. está fazendo, quero relembrar uma frase de Spurgeon: ” A igreja precisa atrair pela diferença e não pela igualdade”.

    Se comportar de acordo com a demanda social, significa que a igreja parou de ser o sal e a luz.
    Essa mudança na constituição de uma instituição religiosa que defende com unhas e dentes uma teologia conservadora no que tange à outros assuntos, realmente mostra o grau de confusão que as instituições estão vivendo. A boa notícia é que muda somente a constituição da presbiteriana, pois a verdade nunca poderá ser alterada visto que ninguém tem poder para fazê-lo.

    Independente de se acreditar que conduta homossexual é pecado ou não, TODOS vão ser julgados pela Palavra da Verdade.

  32. Penso que a igreja de Cristo não tem que se adaptar aos padrões desse mundo, mas sim se adaptar aos padrões de Deus. Fico tranquilo porque na Bíblia, seja ela qual for diz “os impios foram criados para condenação. Discutir esse assunto é muito relativo pois cada um tem sua própria opinião e eu prefiro ficar com da opinião bíblica e o fato de eu expressar uma opinião sobre o que acho pecado ou não, não me faz inimigo de qualquer ser humano, porque se fosse assim não poderia falar o que acho da prática se cometer um ato de bandidagem. CRISTO não nunca falou da pessoa em sim, mas sim de suas práticas pecaminosas. “O problema é que, hoje em dia, há muitos que recebem o testemunho de Deus somente até onde eles podem satisfatoriamente dar respostas para todas as razões e fundamentos de Sua conduta, o que significa que eles não aceitam nada exceto aquilo que pode ser medido nas insignificantes escalas de suas próprias capacidades limitadas”. NÃO SOU HOMOFÓBICO. Futebol, religião e como gosto cada um tem o seu e um dia todos irão prestar conta de todas atitudes sejam elas boas ou ruins, que também é outra questão. Os cristãos ou crentes como preferir são atacados em tudo que falam ou fazem, mas quando os mesmo se expressam para muitos eles estão sendo rígidos por defender sua fé.

    • Simplesmente nojento…, daqui a pouco vai entrar a zoofilia, a pedofilia…, mas enfim vale lembrar que igreja Presbiteriana do Estados Unidos não tem nada a ver com a do Brasil, funcionam de forma autônoma cada uma, só nos resta orar para que essa decisão não seja seguida pelas igrejas dos outros países e no Brasil, as pessoas que servem a Deus de verdade não ficarão em uma igreja dessas, enfim sai dela povo meu…

      • Só um completo imbecil para comparar amor entre dois adultos, que trabalham, estudam e querem crescer na vida com pedofilia que é crime ! Um completo idiota manipulado !

  33. Só um completo imbecil para comparar amor entre dois adultos, que trabalham, estudam e querem crescer na vida com pedofilia que é crime ! Um completo idiota manipulado !

  34. O mundo está cada vez mais difícil para os homofóbicos, kkkk “nenhuma mulher vai voltar pra cozinha, nenhum negro vai voltar pra senzala e nenhum gay vai voltar pro armário.”

  35. Cara não sei o que vcs tem contra os homossexuais. Eu ainda axo que o Deus é o mesmo para todos. Eu sou homossexual e vou a qualquer igreja que me convidarem porque não tenho preconceito a isso. E eu sei que Deus me ama como amo a ele. Como já falei o Deus é o mesmo para todos. Chega desse preconceito besta o que vcs sabem é só ganhar em cima da bíblia. na bíblia não está escrito para vc ganhar em cima de Deus mas sim espalhar a palavra para qualquer pessoa humilde. Boa noite.

  36. Infelizmente Tantas pessoas morrendo de fome de Frio sem casa sem comida fugindo de guerras… Familias sendo destruidas o Brasil sendo prejudicado pela corrupcao e pessoas preocupadas com a aceitacao de seres humanos q so querem respeito e nao fax nenhum tipo de ofensa a sociedade. Eles nao Sao estrupadores traficante ladroes Sao cidadoes de bem que trabalham e pagam suas contas Como todo mundo. Pessoal traduzem a biblia a origem das palavras o momento o contexto… Voces vao entender. Um mundo melhor com Paz chega de condenarem pessoas e sim levar amor de vdd. Eles podem casar sim e cover Feliz homoafetivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA