Marisa Lobo faz alerta sobre perseguição religiosa no novo Plano Nacional de Educação: “Querem reorientar a sociedade”

24

O Plano Nacional de Educação (PNE2014) vem sendo discutido pelos parlamentares em Brasília e, quando sua versão final for aprovada, ditará as normas a serem seguidas pelos educadores de todo o país pelos próximos dez anos.

A psicóloga Marisa Lobo, colunista deste portal, escreveu uma carta aberta ao pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) com duras críticas ao texto atual do projeto, e pedindo que o tema seja melhor discutido na Câmara dos Deputados.

Segundo Marisa, o PNE2014 “tem em seu texto claro preconceito, e até mesmo perseguição e intolerância ideológica, àqueles que professam uma religião contrária às suas diretrizes”.

Em seu relato, a psicóloga afirma ter recebido “centenas de mensagens e e-mails de professores e educadores preocupados com o conteúdo do Plano Nacional de Educação que,  entre seus itens tão necessários para a construção de uma educação mais eficiente  e justa,  esconde privilégios, perseguição e cerceamento de direitos a profissionais  por sua confissão de fé  e valores; além de uma clara tentativa de  desconstrução da família tradicional, atribuindo a ela rótulos de preconceito”.


Para Marisa Lobo, o PNE2014 “deixa valores familiares totalmente fora de suas discussões”. A psicóloga ressalta no texto o que ela entende ser  um difusor do preconceito: “Na questão religiosa, por exemplo, o incentivo  é  apenas para a pesquisa orientada  à investigação da privação da liberdade e diversidade religiosa. Não haverá  incentivo à pesquisa relacionando a religião com a possibilidade de desenvolvimento social, à ressocialização e os laços de família, entre outros tantos nesse sentido”, critica.

“Os valores e os anseios da maioria da população não estão presentes, como deveriam, no documento referência elaborado pelo Fórum Nacional de Educação (FNE)”, diz Marisa.

A questão do incentivo ao estudo no PNE2014 traz, de acordo com o texto de Marisa Lobo, um difusor de privilégios a homossexuais através da oferta de bolsas a pessoas que se relacionem com outras do mesmo sexo. O documento em discussão prevê a oferta de bolsas de mestrado e doutorado para homossexuais.

“Todo cidadão deve ter bolsa de estudos quando este não tem condições de pagar por eles, independente de sua orientação sexual. Este texto mostra claramente a superproteção ao  homossexual e vitimiza a homossexualidade, reforçando o preconceito, e não o extinguindo. Vejo isso como um privilégio que outros cidadãos não terão”, afirma Lobo, que complementa: “O teor do texto deixa claro que foi redigido por pessoas que não são imparciais, mas que se posicionam claramente contra a família tradicional. É preconceituoso, pois coloca a figura da família tradicional sendo entendida como um reforço ao preconceito”.

Lobo resume dizendo que “como educadora e militante pelas causas da família, não vejo  com bons olhos este Plano Nacional de Educação (PNE2014), e sim como uma forma de reorientar a sociedade”, alerta.

Confira a íntegra da “Carta aberta ao deputado pastor Marco Feliciano sobre os perigos do PNE 2014” neste link.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

24 COMENTÁRIOS

  1. Eu acredito que os verdadeiros cristãos não estão preocupados com o que está acontecendo no mundo, porque estão conscientes de que as Escrituras estão se cumprindo. Virão perseguições, isto é fato. A Bíblia diz que, bem aventurados são os que sofrem perseguição pelo nome de Jesus, então que venham, pois eu sei em quem eu tenho crido, estou bem certo que é poderoso para guardar o meu tesouro até o dia final. A verdadeira igreja de Cristo está repetidamente dizendo MARANATA, ORA VEM SENHOR JESUS!
    Marisa Lobo, vai evangelizar, pois essa é a nossa missão como igreja . Para de ficar preocupada com picuinhas.

  2. A Marisa Lobo exagera demais, as colunas dela são totalmente ridículas, a gente tenta ler mais pelas contas do rosário, eu acho até constrangedor pelo site. Além de misturar psicologia com religião, se diz perseguida pelos homossexuais mas essa mulher é outra que quis aparecer junto com o tal Feliciano, ninguém sabia quem era ela e de repente quer enfrentar o conselho de psicologia para tentar reverter a homossexualidade. As colunas dela, a homossexualidade é o tema. Eita mulher perseguida, porque não pede de uma vez para o governo fazer uma reforma escolar e colocar na escola somente aulas de religião? Já que tudo o que se precisa está na Bíblia! Como psicologa, deveria saber que não existe REorientação sexual, mas fazer o quê? é psicóloga cristã, coisa que não existe!!

    • Diogo, pelas suas palavra dá pra perceber que você realmente não conhece Deus, inclusive quando diz que “não existe REorientação sexual” pois, para Deus não há impossíveis e reorientação sexual existe SIM pois isso se dá a um conhecimento da Verdade através do Espírito Santo de Deus, partindo para o arrependimento e mudanças de atitudes, incluindo deixar a prática sexual com pessoas do mesmo sexo, buscando santidade em Deus e vivendo de acordo com a Bíblia nos orienta.

      Pois bem, se está criticando uma escritora, psicóloga e serva de Deus, que vive princípios deixados por Jesus Cristo, então é porque ainda não teve um encontro com Deus.
      Aproveita que está visitando sites cristãos e busca mais de Deus, mais da Sua palavra, dos Seus princípios e buca mesmo ter um encontro com Ele pra você ser liberto. Mas se acha que os textos dela são constragedores, então desiste de uma vez por todas e para de visitar sites cristão, pois sites cristão é para falar sobre princípios cristãos… Se isso te incomoda, é porque Cristo Jesus te incomoda. E o pecado e pecador sempre se incomodarão com Cristo Jesus, Seus princípios e Seus servos e seguidores.

      Deus tenha misericórdia da sua vida e, desejo que verdadeiramente você tenha um encontro com Deus.

    • Diogo você precisa se instruir um pouco mais para entender Marisa Lobo! – Veja bem, você mesmo declara isso dando exemplo do rosário!
      O rosário é muito fácil de entender, aprende-se uma ‘conta’, o demais é somente repetição, cousas de papagaios!

  3. Eu não sei,mas me parece q o Brasil faz parte do grupo de estados laicos.O que quer dizer q ñ deve promover valores de uma dada religião sem abarcar valores de outra.E como isso seria bastante difícil é melhor optar por não apoiar nehuma.E outra dps os gays é q perseguem ela,né…

  4. se serve de alerta na cidade onde eu moro estão ensinando as crianças nas escolas publicas: o ocultismo, falando de exus, magia negra, fetiçaria atraves de teatro de fantoches… O governo aki e psb e o governador e alguns de sua base praticam essas coisas… Abram os olhos para oq as escolas estao ensinando para os seus filhos… Sei q o mundo eh do maliguino mas minha familia nao pertence a ele… e a palavra diz q nao devemos nos conformar com este mundo mas transforma-lo, os apolos mas doque ninguem sabiam q essas coisas iam acontecer, mas eles foram atras de transformar o lugar onde estavam… Pense nisso! Se tiver dificudade d entender de uma passada no livro de atos e vejam oq o apostolos fizeram num mundo corrompido, mas se mesmo assim ainda ta dificil entender é só olhar pra vc q aceitou a cristo, vc foi impaquitado pelo poder de Jesus e pelo q aqueles simples homens mas cheios do espirito fizeram.

  5. EU gosto dos textos da irma marisa lobo , mas realmente lutar contra tudo isso e perda de tempo não que sou contra de forma alguma, mas o quem tem que acontecer vai acontecer com luta ou sem luta, porque tudo isso esta acontecendo e tem que acontecer pois e profético as profecias vao acontecer porque foram profetizadas de antemão e passara os céus e aterra mas a Santa e Gloriosa Palavra de Deus Jamais Passaram, não tem como mudar isso derrepente estamos a lutar contra as profecias lutar contra a Palavra de Deus, se formos analisar no campo Espiritual temos mesmo e que estar a tao somente Pregando Levando a Santa Palavra de Deus falando dioturnamente do Sant Evangelho do Senhor, quem quer ouvir ouça quem não quer não tem problema, estaremos muito mais em vantagem tao somente pregando a palavra porque ai estamos fazendo e cumprindo as ordens que nos outorgada por Jesus ide e Pregai muito melhor estarmos cumprindo o que nos foi ordenado do que estar a lutar com um sistema completamente corrompido e dominado por forças maligna, e como se combate o bom combate com a Pregação da Palavra de Deus, as pessoas que tem o poder de estar na mídia estão jogando fora o tempo que elas tem com coisas que não tem aproveito algum não edifica não admoesta e so traz desavenças e falatórios e difamação ao povo evangélico os quais já estão sendo mal falados justamente por estes pessoal que detem a mídia, que estão la mas não Pregam a Palavra não falam em nenhum momento sobre a salvação do ser humano como ele pode alcançar a salvação, mas não e isso que vemos, estão sempre a perder tempo com lutas que não podem vancer, enquanto isso os fraquinhos estão ai de dupla ou solo nas ruas nas praças nos hospitais nas prisões nas cadeias ou ate de casa em casa ou em suas pequenas igrejas estes sim estão na verdadeira luta pois lhes foi outorgada legitimamente por Deus, mas aqueles que tem o poder de alcançar as massas em grande porte estão e a brigar entre se uns com inveja dos outros ou com doutrinas fantasiosas de prosperidade, a qual não e proibida mas sim nus termos bíblicos não em termos humanos como vemos pelas televisões rádios e pela internete, mas a verdadeira pragaçao aquela que pode convencer um ser humano a se render a Cristo esta esta a muita esquecida, mas os pequenos estão a lutar sim mas a lutar por Jesus para a salvação dos que prescisao ser salvos, esta luta contra este sistema em que já esta profetizado para acontecer e perda de tempo mais uma vez repito estão jogando tempo precioso fora e tenho dito

  6. Essa luta de acéfalos para aparecerem na mídia!!! Tava meio esquecidinha essa jumenta da Marisa Lobo em pele de Anta! Quanta briguinha e mentira para aparecerem mais na mídia!!! Silas, Infeliciano e Marisa, o duelo goxpel de racistas, homofóbicos e misóginos! A Marisa ganha fácil por ser mulher e misógina ao mesmo tempo??? Ou o Infeliciano e o Silas por serem gays e homofóbicas??? Oh! Dúvida Cruel!!! (pois testes ingleses e americanos COMPROVAM que TODO homofóbico é gay).

  7. O Laicismo, o ateísmo cultural e o relativismo objetivam calar a Voz do Cristianismo na cultura e nos valores morais dos indivíduos.

    Percival Puggina

    Os recorrentes debates sobre a laicidade do Estado guardam relação apenas periférica com a questão religiosa. Ela fornece o acompanhamento, mas pouco tem a ver com o prato principal. Os limites entre Igreja e Estado já foram objeto de deliberação e o Estado brasileiro, em reta conformidade com a sintética determinação de Jesus, é laico. A Deus o que é de Deus e a César o que é de César.

    O rufo de tambores que ouvimos são os de uma declarada guerra, nada santa, contra a influência do Cristianismo na cultura e nos valores morais dos indivíduos. E contra o reflexo disso no Direito.Guerra pela completa abolição dessa influência.

    Todos, inclusive os militantes do ateísmo, sabem que:

    1º) é quase impossível “desconverter” os indivíduos de uma fé em Deus para uma fé no Nada absoluto; 2º) é inaceitável pela sociedade a ideia de um Direito moralmente insignificante, ou que ignore os princípios e valores compartilhados pelos membros da sociedade.

    Diante de tais e tão grandes dificuldades, os militantes do ateísmo cultural propuseram-se a algo muito mais sutil – querem esterilizar a moral nos próprios indivíduos. Como? Convencendo você, leitor, por exemplo, de que os princípios e valores que você adota são, na origem, tão religiosos (e por isso mesmo tão pessoais) quanto a própria religião que porventura professe. Integrariam, então, aquele foro íntimo no qual se enquadrariam a religião e suas práticas. Pronto! Segundo o princípio da laicidade do Estado, tais princípios e valores só teriam vigência na vida privada.

    As investidas contra os símbolos religiosos são apenas a ponta do rabo do gato. O felino inteiro é muito mais pretensioso. E maior. O que pretende é laicizar a cultura, as opiniões e, principalmente, os critérios de juízo e decisão. Portanto, toda a conversa fiada sobre supostas infrações à devida separação entre o Estado e a Igreja precisa ser entendida como aquilo que de fato é: atitude de quem adotou o Estado, e só o Estado, por fonte de todo bem, baliza perfeita para o certo e o errado, e vertente dos valores que devem conduzir a vida social. Convenhamos, é uma tese. Mas – caramba! – qual é, precisamente, a moral do Estado? Na prática, a gente conhece… Na teoria, é a que a sociedade majoritariamente determine, excluída a que moldou a civilização ocidental. Ou seja, aquela que deriva do Cristianismo, proclamada inadmissível perante a laicidade do Estado, blá, blá, blá.

    Tal linha de raciocínio não resiste ao primeiro safanão. Precisa de reforços e apoios propiciados pelo relativismo moral. Cabe a este filho do pós-modernismo mostrar que a moral majoritária é apenas uma das tantas que andam por aí através do tempo, do espaço e da miséria humana. Saem às ruas, então, representações desse moderno mundo novo – Parada Gay, Marcha das Vadias, Marcha pela Maconha, movimentos ou partidos como os que dançaram pelados na Câmara Municipal de Porto Alegre ou fizeram sexo com símbolos religiosos no Rio de Janeiro.

    Escandalosos? Escandalosos perante qual senso moral? O totalitarismo pós muro de Berlim, tipo Foro de São Paulo, precisa do ateísmo cultural e do relativismo para derrogar o cristianismo cultural, esse resíduo empobrecido do Cristianismo. Destruídos os valores que o fundamentam, acaba a democracia pelo simples fato de que esta não se sustenta numa sociedade política sem princípios, sem valores e sem vergonha.

  8. A finalidade das igrejas é:
    I Corintios 7:23 façais escravos de homens.
    Gênesis 15:13 disse o Senhor a Abrão: Sabe com certeza tua descendência será reduzida à escravidão,
    Gálatas 3 : 29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa .
    I Samuel 8:17 Tomará o dízimo servireis de escravos.
    Amós 4:4 e de três em três dias os vossos dízimos.
    II Pedro 2 :19 prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção;
    I Corintios 15:18 Logo, também os que dormiram em Cristo estão perdidos.
    Os pastores e padres pegam os fieis em três fatores: medo, ganância e culpa.
    Os três P (políticos,padres e pastores) resume em maçonaria.
    Deuteronômio 28:29 serás oprimido e roubado todos os dias, e não haverá quem te salve.
    NAUM 2:9 Saqueai a prata, saqueai o ouro;( saqueai,roubai).

DEIXE UMA RESPOSTA