“Você aprende coisas terríveis na igreja”, diz estudioso, atribuindo culpa do atentado em Orlando a cristãos

16

As tentativas de atribuir a raiz da homofobia do terrorista muçulmano de Orlando ao cristianismo vêm ganhando cada vez mais ares de cruzada. Especialistas em comportamento social e orientação sexual, novamente, citam a fé cristã e sua convicção de que a prática homossexual é pecado como exemplo primário de disseminação de ódio.

O caso mais recente foi o do pesquisador Ilan Meyer (foto), que se dedica a temas ligados à orientação sexual e políticas públicas relacionadas a isso, com estudos na Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

“Você pode aprender coisas terríveis ao ir à igreja toda semana”, disse Meyer, em entrevista à BBC. Segundo ele, mesmo que a religião não seja homofóbica, é possível que a abordagem dos líderes religiosos torne a pessoa alguém intolerante com homossexuais.

As notícias em torno do massacre de Orlando são claras: Omar Mateen era um muçulmano que, em seus últimos momentos de vida jurou lealdade ao grupo extremista Estado Islâmico, logo após ter matado 49 pessoas e ferido outras dezenas. Momentos depois, tirou a própria vida. Relatos de testemunhas e pessoas que foram próximas a ele dão indícios de que ele mesmo poderia ser um homossexual não assumido, pois mantinha perfis em aplicativos dedicados à paquera entre homossexuais, e era frequentador da boate que ele mesmo atacou.


Genevieve Weber, especialista em aconselhamento de pessoas afetadas por homofobia internalizada e professora da Universidade Hofstra, em Nova York, afirma que esse pode ser um caso de homofobia internalizada. “Apesar de não ser comum, não é inédito que uma pessoa seja violenta com gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros (LGBT) por causa de um dilema interno próprio”, afirmou.

Mas o pesquisador Ilan Meyer argumenta que as mensagens de reprovação a respeito da homossexualidade podem vir de diversas áreas da sociedade: “Infelizmente, é um conceito bastante simples. Todos aprendemos quais são as convenções sociais. Aprendemos sobre o estigma e o preconceito direcionado a certos grupos desde muito cedo. Então, quando uma pessoa começa a se reconhecer como gay ou lésbica, essa negatividade já está presente”.

Na cruzada midiática para atribuir culpa aos cristãos por um crime cometido por um muçulmano e provável homossexual não assumido se fez presente no comentário feito por Meyer à emissora britânica: “Muitas religiões não são homofóbicas. Mas, em alguns casos, se você é uma pessoa religiosa e ouve mensagens negativas repetidamente de pessoas que são renomadas em sua comunidade, pode ser uma lição muito dolorosa. Isso certamente ocorre na comunidade cristã evangélica dos Estados Unidos, por exemplo, onde você pode aprender coisas terríveis ao ir à igreja toda semana”, acusou.

A forma como a mídia vem distorcendo o caso até o ponto de sempre chegarem aos cristãos como fonte de ódio a homossexuais tem sido abordada por diversos líderes evangélicos, no Brasil e no mundo.

O escritor David French publicou um artigo nos Estados Unidos denunciando o uso dessa tragédia como forma de iniciar uma guerra contra as convicções cristãs naquele país.

Aqui no Brasil, o pastor Silas Malafaia também destacou que parte da mídia vem agindo de forma a denegrir a comunidade evangélica, que tanto se opõe aos temas mais polêmicos do mundo pós-moderno, como aborto, casamento gay e legalização das drogas.

16 COMENTÁRIOS

  1. Cara, tudo que vem dos ativistas o noticiário destaca como CIENTISTAS RENOMADOS, ESPECIALISTAS NO ASSUNTO DELES (NÃO DOS DE DEUS), esses dias apareceu um noticiário de uma GRANDE HISTORIADORA que revelou que os manuscritos sobre o casamento de Jesus com Maria Madalena e bla bla bla, nenhum desses “pseudos” renomados conhecem patavida de Biblia ou tem alguma experiência com Deus ou com a igreja. Falam apenas do que lhe é concernentes, do que lhes interessa, do que querem que o povo saiba (da parte deles) ocultando qualquer comentário ou juntado ao comentário deles algumas posições contrárias. Então, esse bla bla bla de Especialista tá rimando com ativista, esquerdista amigos de petistas para encher a entrevista. Luiz

    • Quando não se tem argumentos para confrontar os fatos da ciência que vão contra crenças religiosas bisonhas e do tempo das cavernas, tudo o que resta são ataques irados e infantis.

  2. O pior é que vão conseguir incutir isso no cérebro atrofiado da maioria da poulação . Agora porque não criticam o estado islâmico ? Porque borram de medo , e o sujeito que provocou a tragédia era um gay jihadista. A homossexualidade é considerada um crime e é punida com a morte em muitos países islâmicos, como na Arábia Saudita, no Sudão, na Somália, na Mauritânia ou no Irã. Vejam a tolerancia deles com os gays :https://www.youtube.com/watch?v=z6L1qYQxHew . Cristãos
    não fazem isso.

    • Sim, CRISTÃOS não fazem isso, mas pentecostais dominionistas o fariam se pudessem instalar governos teocráticos. E o EI é criticado diariamente em jornais, na web e por toda a gente.

  3. O problema não é a religião cristã, mas a leitura equivocada do cristianismo feita por muitos extremistas evangélicos os quais elegeram os gays como alvo de campanhas de desinformação, oposição a direitos civis, preconceito, discriminação e ódio. É só observar a obsessão de evangélicos extremistas com a emancipação dos homoafetivos e que se traduz em mais direitos, mais respeito, mais liberdades, e o quanto esses crentes fazem oposição, no púlpito e nas casas legislativas, contra tudo o que se chama direitos civis aos gays.

    Você não vê evangélicos extremistas protestando contra os ladrões do templo, contra os parlamentares corruptos e outros pilantras que se dizem evangélicos; você não os vê protestando contra a pobreza, os salários aviltantes, os péssimos serviços de atendimento ao público em que o estado muitas vezes incorre; não, você não vê crentes se mobilizando contra tudo isso, mas os verá se mobilizando muito contra os gays.

    Por favor, pense e responda para si mesmo com toda a sinceridade que há em sua alma: é justo isso?

    • engano seu. basta pesquisar e voce vera muitos escritores cristãos protestando contra as pilantragens de falsos ministros e politicos corruptos.só que… os ministros corruptos voce pode evitar tão soamente não doando para seus ministerios ja os militantes oportunistas vivem a nossa custa com ou sem nosso consentimento e aida querem estar isentos de qualquer oposição e isso é inaceitavel.

      • Ora, Ivan, não diga bobagens. Evangélicos corruptos, na igreja e no parlamento, é o que não falta, e de nada adianta protestos de cristãos sérios se os vendilhões do Evangelho crescem e se espalham como ervas daninhas nas igrejas e no Congresso, e não recebem dos crentes, da membrezia o tratamento correto. Onde estão, Ivan, os protestos dos evangélicos contra o Eduardo Cunha? Vai lá, na igreja dele, ver se já o excluiram da mesma, porque eu fui excluído por ser gay, mas Eduardo Cunha e todos os evangélicos corruptos e ladrões continuam membros em suas igrejas.

  4. Somente uma ameba, para atribuir ao cristianismo um atentado terrorista praticado por um muçulmano.
    É não ter o que dizer, como isso é melhor ficar calado

  5. a demagogia esquerdista sempre tratara de punir a sociedade ao em vez do culpado essa retorica é uma maneira de preservar as feminazis militantes de genero e outros vagabundos de qualquer oposiçao enquanto os ditos seguem vivendo a custa de seu proximo.

    • KKK puro preconceito e distorção , quer uma coisa que ensina coisas mais erradas que televisão, culpar os cristãos por esse atentado . O cara se infiltra num lugar se tratando de terrorista poderia ser em qualquer lugar já que eles já fizeram isso diversas vezes independentemente do lugar, cor ,,etnia ou religião eles matam é qualquer um que não adore ala ,poderia esta trabalhando em um banco a uns três anos ter amigos ali e mesmo assim a jihad pode imperar em seu sangue digo com isso prevalecer suas convicções . Eles assassinam heterossexuais também então devemos acreditar que é o preconceito do homossexuais que levaram a isso .Aos meus colegas gays que são imparciais aqui esses são o que a DILMA apoia e o PT também ,qualquer um que não se adequa ao conceito islâmico a sentença é a morte, cristãos gays, ateus , budistas livre pensador , a proposito quem não seja islâmico ,há muitos cristãos preconceituosos e ateus agnósticos deístas enfim , mas dizer que somos iguais ou querer jogar a culpa nos cristãos é a mesma coisa que dizer que todos ateus são culpados do comunismo ateu que matou milhões de pessoas.

  6. 1. Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios,
    2. pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada,
    3. proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade;
    (1 Timóteo, 4) A PAZ…

  7. Ele mesmo se contradiz quando afirma que a culpa é dos cristãos, pois quem cometeu os crimes foi um seguidor do Islã, ele está promovendo o mesmo ódio que ele próprio condena ! É ou não é uma contradição?
    Agora eu queria ver ele falar mal de Alla e seu Profeta Maomé ? Falar mal e insitar ódio contra cristãos é MÓLE!

  8. Alguns aqui, apesar de saberem ler, não sabem interpretar o que leem. Primeiro que o autor não fala de cristãos de forma generalizada: ele aborda mais exatamente o fundamentalismo cristão, principalmente aquele de orientação dominionista, ou seja, que interfere nas leis do Estado para impor suas crenças ao conjunto da população. Esses radicais evangélicos, tal qual os radicais islâmicos, semeam o ódio e são co-responsáveis por todo ódio e violência que se levanta contra os gays. E como poderia ser diferente se líderes dominionistas vão aos veículos de comunicação instigar as massas contra os gays por meio de discursos mentirosos e que se apoiam em teorias da conspiração? Evangélicos fundamentalistas não matam o corpo, mas perseguem e matam gays por dentro.

  9. Esse idiota nunca leu a bíblia e não acredita em Deus,pois se acreditasse teria outra idéia e todo esse povo que muda de sexo jamais conheceram a Deus

    LEVITICO 18:22
    Como homem não te deitaras,como se fosse mulher; é abominação

  10. Os cristãos não são os únicos culpados pela homofobia do mundo. A culpa está espalhada também por todas as outras religiões. Todos os crentes têm as mãos sujas de sangue inocente e a sua parcela de culpa pelo que aconteceu. Infelizmente isso só vai acabar quando conseguirmos banir para sempre o racismo, o machismo e a homofobia da nossa sociedade. Ao invés de pregar o ódio, o rancor e a discórdia, estamos tentando espalhar a paz, a harmonia e o amor entre as pessoas.

  11. SANDRO, VC PRECISA É DE JESUS NA TUA VIDA, CARA. PERCEBE-SE NAS SUAS PALAVRAS QUE VOCÊ É UM CRISTOFÓBICO, QUE NÃO GOSTA DE DEUS, QUE NÃO GOSTA DA BÍBLIA. AINDA VEM COM ESSES ARGUMENTOS FAJUTOS. MANO, SE ENTREGUE A CRISTO. DEIXE ELE REINAR NA TUA VIDA. TIRAR AS ESCAMAS DOS TEUS OLHOS. ILUMINAR A TUA MENTE, E TE FAZER UMA NOVA CRIATURA EM CRISTO.

DEIXE UMA RESPOSTA