Padeiro cristão é processado por se recusar a fazer bolo para casamento gay

21

Um empresário cristão na Irlanda do Norte está enfrentando um processo por “discriminação ilegal” após se recusar um pedido para fazer um bolo com um slogan de apoio ao casamento gay em sua padaria.

A controvérsia começou em maio deste ano, quando a organização de direitos gays local, QueerSpace, fez a encomenda para um casamento gay à padaria Ashers Baking Company.

O pedido do bolo incluía uma foto dos personagens Bert e Ernie, de “Vila Sésamo”, ao lado do logotipo do QueerSpace e da mensagem “Em apoio ao casamento entre homossexuais”.

A Comissão de Igualdade da Irlanda do Norte disse que iria tomar medidas legais contra Ashers Baking Company e que o caso tem implicações mais amplas para as leis de igualdade e discriminação na Irlanda do Norte.


“Este caso levanta questões de importância pública, à medida em que os fornecedores de bens e serviços podem recusar um pedido em razão da orientação sexual, crença religiosa e de opinião política”, disse a comissão em um comunicado.

Daniel McArthur, gerente geral da padaria de sua família, disse em um vídeo publicado esta semana que a padaria não iria recuar e que este caso seria mais uma “batalha entre Davi e Golias”.

“[A padaria] Ashers Baking Company está disposta a servir a qualquer cliente, independentemente do seu estilo de vida sexual. Mas nós não queremos ser obrigados a promover uma causa que é contra as nossas crenças bíblicas”, disse McArthur ao site do Instituto Cristão.

O padre Tim Bartlett, conhecido na Irlanda do Norte, ficou do lado da padaria. Em entrevista à BBC, disse que ele não iria trabalhar com a comunidade gay até que “o direito de todas as pessoas, neste caso os cristãos, tivesse sua liberdade de consciência respeitada pela Comissão para a Igualdade e pela comunidade gay”.

A Irlanda do Norte é a única região do Reino Unido que ainda proíbe o casamento gay, que foi legalizado na Inglaterra e no País de Gales, em julho de 2013, e na Escócia, em fevereiro deste ano. A República da Irlanda irá realizar um referendo sobre o casamento homossexual no início do próximo ano.

21 COMENTÁRIOS

  1. Pra evitar gastos com propaganda em meios de comunicação, faz num bolo… sem se importar com o pensamento do padeiro, que irá confeitar um bolo onde ele mesmo irá pôr “Apoio o casamento gay”, claro que isso iria afetar em seus princípios.

    Já basta os adesivos “Este é um presente de Deus” na lataria de carros econômicos, provavelmente de um cristão da prosperidade, sendo que nunca vi esses adesivos em nenhuma Hillux na minha vida – deus pão duro ou esforço pessoal?

    • Meu caro amigo Rubem, Deus não é pão duro não, Deus é maravilhoso, conheço algums amigos que tem hilux e está escrito presente de Deus, inclusive tenho uma e sou um homem comum não sou empresário fazendeiro ou político, sou trabalhador e faço das tripas coração é pago as prestação porque tudo que peço a Deus ele me da, ok?

      • Edir Macedo tem um Rolls-Royce com esse adesivo também!!!, Que bênção, não é irmãozinho???

        Evangelho da prosperidade é o que se prega hoje em dia, falsos profetas de nova era onde o centro de tudo é o “eu” e a glorificação pura à Deus, bom, convenhamos, está escassa.

        • Rubem, meu querido eu sirvo a um Deus que é dono do ouro e da prata
          uma Hilux é muito pouco perto das riquezas e grandezas que ele tem pra te dar e para mim, o que ele quer é apenas um passo seu pra te mostrar o tamanho do seu poder…
          “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”. Apocalipse 3:20

  2. Todo aquele que conscientemente for fazer parte desta imoralidade vai ta pecando,seja sacerdote ou sumo sacerdote ou até mesmo um padeiro,também o juiz civil se for cristão.
    Então não tem saida,ou tá do lado de cá,ou ta do lado de lá,a escolha é sua.
    Ia me esquecendo,Parabéns ao padeiro pela coragem.com certeza mais um tijolinho foi posto na tua morada no ceu.

    • Breno, ele não vai morrer de fome, porque Deus honra todo aquele que honra o nome dele.
      Nabucodonosor, obrigava todo o povo a se dobrar perante ele, porem Sadraque, mezaque e abedinego se recusarão e foram lançados na fornalha, e o rei mandou olhar na fornalha para ver se eles tinham sido consumidos pelo fogo, mas eles estavam caminhando pelo fogo com um quarto homem.
      portanto ele não vai morrer de fome, pois Jesus e com ele e dará a vitória nas mãos dele.
      a historia se repeti e grassas a Deus existem servos de Deus corajosos que não se dobram a esse Nabucodonosor que esta ai hoje.

  3. Os padeiro estão é certo, em não apoiar esse tipo de abominação, pois Deus criou o homem e a mulher, adão e Eva, e não Adão e Ivo, isso e abominação aos olhos de Deus, isso é criação do satanás casamento gaygay.

  4. Quando os cristãos não negaram a Cristo, em Roma, foram lançados aos leões, crucificados, esquartejados, queimados vivos, MAS NÃO NEGARAM SUA FÉ. No caso, a padaria não se negou a fazer o bolo. Apenas não quis promover a “causa gay”. E foi processada. A posição do seu proprietário é corajosa e de acordo com os princípios de sua fé. Os gays querem que todos se encurvem a seus caprichos e propósitos. Aqui, no Brasil, já se percebe movimentação no mesmo sentido. Mas Deus está do lado dos que o amam acima de tudo. NÃO DEVEMOS CEDER. Jesus disse: “QUEM NÃO É POR MIM É CONTRA MIM” . Um cristão não pode ficar em “cima do muro”, mesmo que seja lançado às feras da imoralidade e de um estilo de vida que é considerado “ABOMINAÇÃO AO SENHOR” (Levítico 18.222; 20.13; Romanos 1.24-27). ESTÁ ESCRITO. O ´Juízo Final vem aí! E os que afrontam a Deus verão o resultado de tanta blasfêmia contra o Criador e Supremo Juíz do Universo. DEUS SEJA LOUVADO.

  5. ESSA QUESTÃO DA HOMOSSEXUALIDADE ESTÁ VIRANDO UMA PALHAÇADA. HÁ PESSOAS QUE NUNCA FORAM GAYS, MAS SE DIZEM GAYS SÓ PARA GANHAR DINHEIRO COM PROCESSOS. SÃO OS VAGABUNDOS DE PLANTÃO. NÃO CONFUNDAM QUESTÃO RELIGIOSA COM SOCIAL. CADA UM FAZ DE SUA VIDA O QUE QUISEREM. DANEM-SE. ENTRETANTO, RELIGIOSAMENTE DE NADA ADIANTA O PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS “LIBERAREM” A HOMOSSEXUALIDADE, POIS DEUS NÃO É OBRIGADO A ACEITAR ESSE OU AQUELE PECADO SÓ PORQUE O PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS RESOLVEU SOCIALIZÁ-LO QUANTO MAIS ESSES GOVERNINHOS DESSES PAISINHOS DA AMÉRICA LATRINA.

  6. ainda veremos muito mais. pois ninguem pode tolerar uma abominação dessa” homem com homem” ” mulher com mulher”. se ta errado tem que ser combatido. todos cristão verdadeiro não deve aceitar, e nem apoiar uma aberração como essa…não só cristãos, mais todos que amam e lutam pela familia…

      • paquita, presta atenção, não tem nada de fanatismo, está na Biblia
        URA VERDADE
        Citando o Novo Testamento:
        “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso, Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.” Romanos 1:25-27.

        Quão claro está isso?

        • as pessoas só pensam em preconceito e esquece dos principios biblicos,claro que DEUS nos deu livre arbitrio,mas cada um depois vai arcar com as escolhas que fez,nós cristãos estamos em uma época que a tendência é piorar,vai vir perseguições,e só suportaran aqueles que estiveren firmes na presença do senhor,mas vamos continuar falando e pregando que o SENHOR JESUS ama os pecadores e não o pecado,e que ele salva,cura ,liberta e a todos ele da oportunidade de salvação eterna…

  7. Tem que ser processado sim, se fosse eu que tivesse uma padaria e recuzasse a fazer um bolo pra um evangélico garanto que seria proessado tb, pimenta no fofó do outro é refresco

    • SE você fosse hipoteticamente obrigado a ser um orador num culto, promovendo apoio à crença, você faria?

      Sejamos imparciais, ninguém é obrigado a nada, nem a crer, nem a apoiar crenças, ainda mais um movimento político abrangente que lá poderia ter seus padeiros. Coitados dos padeiros homossexuais, tem tantos, mas são invisíveis? Para quê arranjar confusão com crentes?

  8. Gente, vamos entender o impasse. O gerente da padaria disse que a padaria atende qualquer cliente idependentemente do estilo sexual, agora ser obrigado a promover o casamento gay, há, isto também já é de mais, não acha? Você aceitaria ser forçado a promover algo que é contra os seus princípios? Puxa até onde vai, a defesa do absurdo?

  9. …Acho que nós como cristão, temos que ser mais inteligente, temos a missão de ensinar a verdade , mostrar o caminho , mas não temos o direito de obriga los a seguilo , ou aceitar o ensinamento, até porque eles não entendem o espiritual, sendo assim o que e santo para nós é profano para eles, o intuito de Satanas é causar divisão, confusão, destruição, se eles se sentem bem assim o que fazer? Somente orar, e mostrar a verdade ,obriga los jamais, para isso Deus deixou o livre arbitrio, vamos cuidar em fazer nossa parte , quanto ao padeiro só Deus sabe a intenção, até porque e necessário verificar se também neste mesmo estabelecimento, vende se bebida alcoólica, cigarro etc porque se a questão e promover, deve se levar em conta a auto destruição também , o fato é devemos usar mais amor, não temos que ser conivente com o pecado ,mas devemos amar os pecadores, porque também somos um, e por mais que quisessemos nossas obras jamais pagaria a nossa salvação , por isso o preço é a fé .

  10. Daniel Barbeta Rocha parabéns pela sua resposta,mas infelismente existe pessoas incredulas que não acreditan na volta de JESUS e na vida eterna,,nós fazemos nossa parte mas cabe a cada um aceitar ou não,só peço a EUS que tenha misericórdia desas pessoas…

  11. Não sou evangélico e nem homossexual, mas acredito que a máfia do “politicamente correto” está colocando todos contra todos: brancos, negros, indígenas, ateus, religiosos, héteros, homos, ricos e pobres. Peço aos amigos, tanto religiosos quanto homossexuais que repensem certas posturas e olhem mais pelo próximo.

    Não creio que ninguém deva fazer algo que não queira apenas por obrigação. Nos EUA existem dois casos emblemáticos, e contraditórios entre si. Um deles é o de uma padaria cristã cujos padeiros estão sendo legalmente crucificados por terem se recusado a fazer um bolo de casamento para um casal de moças. No outro, também representado pelo governo dos EUA, que sustentou um processo contra uma transportadora que fazia serviços para a Budweiser e que teria demitido motoristas islâmicos que se recusaram a transportar álcool por isto era contra a religião deles.

    No caso, além de não ser evangélico ou gay, também não sou neo-nazista. Como falamos do EUA ser neo-nazista estaria dentro da legalidade uma vez que o direito de defender o nazismo é garantido pela primeira emenda. Então como se sentiriam tanto um padeiro gay quanto um padeiro evangélico que receberiam a encomenda de um bolo de chocolate em forma de suástica sobre uma base branca redonda, em cima de uma base retangular de morango? Quem aqui o faria? Eu acredito que a recusa é ética sendo que o errado era aceitar a encomenda e sabotar o bolo no maior estilo “Tyler Durden”. Eu, pessoalmente, prefiro manter a paz com quem prepara a minha comida. Então respeitar as ideias das pessoas e evitar conflitos é sempre uma boa pedida.

    http://www.ijreview.com/2015/10/455682-when-muslim-truck-drivers-are-fired-for-not-delivering-beer-court-has-an-unbelievable-response/

DEIXE UMA RESPOSTA