Papa Francisco afirma que a Igreja Católica é a única habilitada a interpretar a Bíblia

161

Em seu primeiro discurso ante o Comitê da Bíblia do Vaticano, o Papa Francisco afirmou que a Igreja Católica é a única entidade habilitada a interpretar corretamente as escrituras. Defendendo a autoridade da tradição, o Papa afirmou que “a interpretação das escrituras não pode ser apenas um esforço intelectual individual, mas deve ser sempre confrontado, inserido e autenticado pela tradição viva da Igreja”.

De acordo com o G1, o Papa jesuíta fez uma longa referência em seu discurso a um texto do Concílio Vaticano II (1962-1965), a Constituição ‘Dei Verbum’ (‘A Palavra de Deus’), sobre o papel da Igreja.

– O Concílio lembrou com grande clareza: tudo o que está relacionado com a maneira de interpretar as Escrituras está, em última análise, sujeito ao julgamento da Igreja, que realiza o seu mandato divino e o ministério de preservar e interpretar a palavra de Deus – afirmou o Papa, que disse também que “há uma unidade indissolúvel entre Escritura e Tradição”.

Reforçando os dogmas da Igreja Católica, o Papa defendeu igualdade de valor entre a Bíblia e as tradições da igreja, afirmando que elas são “conjuntas e se comunicam entre elas”, “formando, de certa maneira, uma única coisa”.


– A Sagrada Tradição transmite a Palavra de Deus plenamente (…) Desta forma, a Igreja tira a sua certeza a respeito de todas as coisas reveladas não só nas Sagradas Escrituras. Uma como a outra devem ser aceitas e veneradas com sentimentos semelhantes de piedade e respeito – completou.

Como conclusão do discurso, o Papa Francisco afirmou estar denunciando “a insuficiência de qualquer interpretação sugestiva, ou simplesmente limitada a uma análise incapaz de acolher o significado global que tem sido construído há séculos pela tradição de todo o povo de Deus”.

Por declarar que nenhum grupo fora da Igreja Católica teria poder para interpretar a Bíblia, essas afirmações do Papa se opõem diretamente à ideia defendida por diversos líderes cristãos de que ele aproximaria católicos e evangélicos, bem como a movimentos existentes dentro do catolicismo que buscam uma renovação estrutural dentro da Igreja.

Um dos grupos católicos que se opõem a essa interpretação é a “Iniciativa dos Padres”, movimento ao qual já se uniram 3.500 párocos na Europa e nos Estados Unidos, e que se o papa Francisco não realizar a modernização da Igreja, os católicos, decepcionados, abandonarão a religião em massa.

Em um manifesto publicado em 2011, o grupo afirmou ser obrigado a seguir sua própria consciência e atuar independentemente dos ditados do Vaticano, “perante a rejeição de Roma de uma reforma que há tempos é necessária”. Entre as ideias defendidas pelo grupo, estão a ordenação de mulheres, dar comunhão a todos os “fiéis de boa vontade”, “inclusive divorciados” e permitir que também os laicos prediquem a palavra de Deus.

Reforma Católica

Apesar de seus discursos sobre a importância da tradição de Igreja, o Papa Francisco criou neste sábado um grupo de oito cardeais para aconselhá-lo no governo da Igreja e estudar um projeto de revisão da Cúria Romana, segundo a Veja.

O grupo será formado pelos cardeais Giuseppe Bertello, governador do Estado da Cidade do Vaticano; o chileno Francisco Javier Errázuriz Ossa, arcebispo emérito de Santiago do Chile; o indiano Oswald Gracias, arcebispo de Mumbai; o alemão Reinhard Marx, arcebispo de Munique; o congolês Laurent Monsengwo Pasiny, arcebispo de Kinshasa; o americano Sean Patrick O’Malley, arcebispo de Boston; o australiano George Pell, arcebispo de Sydney; e o hondorenho Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa, que será o coordenador do grupo.

Por Dan Martins, para o Gospel+

161 COMENTÁRIOS

    • A grande prostituda: seita protestante de lutero. Mãe das abominações: de lutero começou e vem vindo as divisões em testemunhas de geová, evangélicos, presbiterianos, anglicanos, etc, etc, etc… de lutero a new pentencostais já são umas dez mil denominações, uma saindo da outra e se ramificando cada vez mais. Sai dela povo meu: ou seja volta pra Igreja Católica Apostólica Romana, a única até hoje.

      • tu ta de brincadeira, eu já era da bagaceira, do mundão ou seja um católico desmantelado, dai entao me converti aceitei Jesus e hoje tenho uma vida transformada, ai vem você me falar pra deixar tudo isso e voltar a bagunça ou seja voltar a ser católico, mas…francamente viu!!!! ta amarrado.

  1. Pior que o PAPA ta certo, Quando era protestante sempre ouvia varias profecias que nunca aconteceram. Vou dar um exemplo que todo mundo ja ouviu falar, uma profecia que o PAPA era a Besta do apocalipse eu tomei um medo do PAPA devido a interpretaçao errada da Biblia, ano passado algumas pessoas fugiram pros Montes, falando que O papa joao paulo II ia ressusitar e um monte de mentiras. Agora as mesmas igrejas que falaram que o PAPA era a Besta hoje estao desmentindo isso e dizendo que interpretaram a biblia errada. Ora Bolas uma irresponsabilidades dessas que so serviu para vender milhares de livros no mundo Inteiro.
    E outra os pastores nao sabem nem a Diferença ente imagens de escultura e Idolos, No exodo 20 DEUS proibe idolos e nao imagens, a palavra no Hebraico é pessel que se traduz idolos e nao imagens. Lembrando que as igrejas evangelicas fora do Brasil a maioria Tem imagens em seus Templos.
    Outra coisa o PAPA fala umas 60 linguas inclusive, eles estudam a Biblia na linguagem original o hebraico Antigo Testamento e o Grego novo testamento. E sera que ele nao sabe interpretar a Biblia? Ai vem um pastor estuda seis meses a Biblia e se diz um doutor da Igreja. Sera quem ta certo?
    Entao nessa Base acredito que a Igreja catolica é a unica capaz de Interpretar a Biblia de forma correta.

  2. só poque o papa lê em 60 idiomas quer dizer que só ele sabe interpretar a bíblia para interpreta-la de verdade tem ter o espirito santo e você ir generalizando as coisas,se ele sabe tudo isso porque não conta a verdade pro povo que está sedento da palavra de Deus, pois entre Deus só mediador não uma mediadora isso está no livro de joão vai ler a bìblia.

  3. se os livros q compõe a bíblia foram compilados pela igreja católica no concílio de nicéia, cujos os membros do concílio eram o clero católico junto com o imperador romano, constantino, então somente ela realmente tem o poder de interpretação é legítimo e lógico aceitar somente a interpretação da igreja católica qualker outra interpretação é sem fundamento..trocando em miúdos a bíblia é de autoria da igreja católica…..

  4. Não entendo a necessidade destas seitas dissidentes da igreja católica, de atacar e criticar os Dogmas Católicos. É a mesma coisa de um vizinho seu começar a criticar como sua mulher da banho nos seus filhos. Vocês (dissidentes), não tem nada a ver com a Igreja Católica. Porque não se preocupam em discutir assuntos pertinentes aos seus dogmas, como o enriquecimento ilícito do Valdomiro Santiago e do Edir Macedo.
    Em tempo, não existe uma igreja evangélica. Este termo é substantivo simples que serve para apontar um a miríade (mais ou menos 10.000) de seitas ramificadas de outras seitas criadas por hereges excluídos da Santa Igreja Católica Apostólica Romana. Vocês conseguem imaginar um membro da Assembleia de Deus, uma testemunha de jeová, um adventista do sétimo dia, um batista e um presbiteriano celebrando juntos a santa ceia? Pois é. Eu também não.

DEIXE UMA RESPOSTA