Pastor critica uso eleitoral dos púlpitos das igrejas e desabafa: “Choca-me ver a comercialização da fé”

18

A campanha eleitoral gera um fenômeno que marca a visita em massa dos candidatos aos cultos das igrejas evangélicas, o que é visto como um sério desconforto por muitos líderes.

O pastor Renato Vargens, líder da Igreja Cristã da Aliança em Niterói (RJ), criticou a visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a um culto da Assembleia de Deus no Brás, em São Paulo, num artigo publicado em seu blog pessoal.

Para Vargens, os políticos demonstram total falta de respeito à fé antes, durante e depois das eleições: “Muitos desses senhores durante os anos que antecedem o pleito, negligenciam Cristo, seu Evangelho e o povo de Deus, todavia, bastam as eleições se aproximarem que essa corja se aproxima da igreja na expectativa de conseguir votos que os conduza a um novo mandato”, disparou.

O artigo do pastor soa como um desabafo de quem não concorda com as negociatas entre líderes religiosos e políticos: “Confesso que estou impressionado com a quantidade de candidatos dispostos a irem a igreja e a ‘cultuar’ a Cristo. Há pouco recebi o pedido de um ‘crente’ candidato a deputado federal querendo o meu apoio incondicional. Noutra ocasião, um destes políticos oportunistas, me pediu a oportunidade de compartilhar seu ‘plano de governo’ numa cerimônia fúnebre que na ocasião oficializei. Complicado sabe?”, lamenta.


Falando especificamente da visita de Dilma ao Congresso de Mulheres da ADBrás, o pastor disse que a presidente tem sido contraditória em suas posturas.

“Na semana passada fui surpreendido com a ida da presidente Dilma a uma igreja evangélica. Na ocasião a ‘camarada Estela’ leu a Bíblia, pediu orações e cantou louvores. Ora, vamos combinar uma coisa? A presidente depois que se elegeu em 2010 nunca foi uma igreja, antes pelo contrário, defendeu com unhas e dentes conceitos e valores que nós cristãos abominamos e agora a eleição se aproxima se dispõe a ir à igreja e pedir a bênção de Deus? […] Eu não sou simplista nem tampouco ingênuo, até porque, bem sei que os outros candidatos a presidência farão a mesma coisa. No entanto, choca-me ver pastores ‘comercializando a fé’”, ponderou Renato Vargens.

Em sua conclusão, o pastor também criticou os líderes evangélicos que abrem espaço nos locais de culto para que políticos peçam votos. “Pra vergonha do evangelho de Cristo e tristeza daqueles que amam ao Senhor, os lobos (ops) digo, alguns pastores, tem feito negócios escusos em troca de apoio e benesses para a igreja do Cordeiro. (II Pedro 2:1-3) Todavia, a contrário destes, decidi que o púlpito da minha igreja está fechado pra todo aquele que usa do nome de Deus para fins pessoais e que por mais que tentem me convencer do contrário, eu não abrirei espaço na liturgia de minha comunidade local para qualquer tipo de campanha política”, finalizou.

18 COMENTÁRIOS

  1. NÚMERO MAÇÔNICO: 911. SILAS MALAFAIA vende bíblia por R$ 911,00. Coincidência?
    O número de Emergência nos Estados Unidos: 911. Ataque Torres Gêmeas: 9/11

    O Miss Fundador da IGREJA BATISTA no Brasil era MAÇOM: Willian Buck Bagby.
    LOJA MAÇÔNICA WILLIAM BUCK BAGBY: Rua Capistrano de Abreu, 277 – Barra Funda, SP
    CNPJ: 09.329.951/0001-83



    Assine o Canal
    • NÚMERO MAÇÔNICO: 911. SILAS MALAFAIA vende bíblia por R$ 911,00. Coincidência?
      O número de Emergência nos Estados Unidos: 911. Ataque Torres Gêmeas: 9/11

      O Fundador da IGREJA BATISTA no Brasil era MAÇOM: Willian Buck Bagby.
      LOJA MAÇÔNICA WILLIAM BUCK BAGBY: Rua Capistrano de Abreu, 277 – Barra Funda, SP
      CNPJ: 09.329.951/0001-83



      Assine o Canal
  2. É uma vergonha. Até naquelas igrejas ‘conservadoras’, aquelas que muitos conhecem, também fazem campanhas políticas com candidatos que são membros.
    Infelizmente na igreja que frequento, recentemente os pastores (que são subordinados ao ministério) têm que lembrar a igreja sobre essa questão, sempre nos finais dos cultos.
    Então não tem como encontrar um ministério perfeito nessa Terra, onde há homem, há falha.

  3. Normalmente nas igrejas tradicionais no pulpíto só tem duas cadeiras: A do pregador e a do dirigente. Desse modo quando os politicos visitam vão ficar no meio do povo.

  4. Concordo como o pastor Renato Vargens, alguns pastores ainda cedem espaço para estes políticos nos dias de maior frequência na igreja, nos cultos da ceia do Senhor, isto é uma vergonha como diz o Sr. Boris Casoi.

  5. As seitas de fanáticos fundamentalistas estão misturando AS BOAS NOVAS DE JESUS CRISTO com a podridão das ideologias políticas.Muito triste mesmo.São os ovos da serpente
    que estão chocando.Terão o mesmo destino da falsa doutrina do falso profeta balaão.

  6. Concordo com vc, pastor. O politico está vendendo promessas, e raramente paga. Mas o que me espanta são os ditos homens de Deus, negociando com mercadores benesses seculares.

  7. STAUDUST

    Interessante seu comentário, há algum tempo atrás se não me falha a memória, eu te perguntei onde estava escrito na palavra de Deus, que não podíamos ajudar financeiramente uma igreja, e você ao invés de me responder, me enrolou e perguntou o que eu entendia por igreja pra fugir do assunto.

    Então podemos concluir que você usou de falta de decência, ou seja, você foi INDECENTE, partindo do princípio que eu te perguntei primeiro, certo?
    Estou apenas usando o mesmo critério que você está usando agora.

    Mas vindo de você, eu não me espanto!

    O templo físico, como você gosta de chamar, é o lugar onde as pessoas se reúnem para adorar a Deus, e glorificar o seu nome, também segundo a palavra de Deus, o nosso corpo é chamado de “templo” do Espírito Santo.

    O altar destina-se unicamente para a pregação da palavra de Deus, não lhe sendo permitido tratar de assuntos mundanos.

    Agora, aquela perguntinha de semanas atrás ainda ainda está com uma interrogação, ONDE ESTÁ ESCRITO NA PALAVRA DE DEUS QUE NÃO PODEMOS AJUDAR FINANCEIRAMENTE UMA IGREJA?

    Se você fugir, responder com outra pergunta, ou inventar qualquer desculpinha furada pra não responder, nem adianta me fazer pergunta alguma, pois não responderei!

    • elder lima

      A sua pergunta já foi respondida. A sua memória está mesmo falhando. Mas resumindo a minha resposta anterior, não há proibição de que se sustente os templos físicos da religião evangélica…

      Mas não há mandamento que os cristãos façam isso, pois como vc mesmo confessou, o templo de Deus é o próprio cristão, e nós recusamos imitações, ok?

      A religião evangélica ensina que os seus seguidores devem sustentar esses templos físicos com 10% de seu salário e diz ainda que quem não faz isso é ladrão e não será salvo… vc sabe muito bem disso.

      É essa mentira evangélica que combatemos, e graças a Deus temos alertado a muitos incautos que sustentam essa religião corrupta, que como uma prostituta se deita com os politicos desse mundo, em troca de beneficios e cargos de confiança para si e parentes, oferece os seus palcos (e nunca altares) para que esses politicos se exibam para os incautos presentes.

      elder lima, na resposta sobre templo vc foi bem (só falta por o que sabe em prática), mas vc já viu na bíblia, mais precisamente após o sacrifício de Cristo a menção de altar no cristianismo?

      Os seguidores de Cristo tem a mesma relação que os judeus tinham com o altar?

      Sugiro que vc pesquise mais a respeito. Eu não sei tudo, estou aprendendo, a vida cristã é um eterno aprendizado, e eu mesmo estou sujeito a estar estudando melhor sobre vários assuntos para poder ensinar melhor aos incautos, pois eu já fui um e sei como é difícil aprender pelo o que os lideres da religião evangélica falam.

      Sobre altar, já que vc tem acesso a internet, procure no novo testamento a partir de atos em diante (o inicio da igreja primitiva) quantas vezes a palavra altar/altares é mencionada no advento do cristianismo e em que circunstancias isso ocorre…

      É uma dica pra vc.

  8. A ” IGREJA” MUNDANA É EVANGÉLICA SIM, MENOS CRISTÃ. SEUS PREGADORES LEVAM POLITICOS CORRUPTOS PARA CIMA DE SEUS PULPITOS, QUE SÃO INSTRUMENTOS DE SATANÁS, POIS NÃO PERMITEM QUE CRIANÇAS TENHAM ATENDIMENTO MÉDICO-HOSPITALAR; E TUDO PARA DEFENDEREM A PLACA DE SEUS ANTROS E SUAS CONTAS BANCARIAS E ENFATIZAM A QUESTÃO DA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE NA VIDA DAS PESSOAS, ENSINANDO-AS, DESSA FORMA, A SE PEOCUPARM COM QUESTÕES SECULARES, QUE SÃO SECUNDÁRIAS. CRISTO DEIXOU CLARO QUE ASSIM COMO FOI NOS DIAS DE NÓE SERIA NOS ÚLTIMOS DIAS,”CASAVAM E DAVAM-SE EM CASAMENTO ” (MT.24:37-38). NÃO QUE CASAMENTO SEJA PECADO, MAS QUE SE DEVE BUSCAR PRIMEIRAMENTE O REINO DOS CÉUS (MT.6:33). OS VERDADEIROS PROCLAMADORES DO REINO LEVAM O CONVITE ÀS PESSOAS PARA ÀS BODAS, NAS QUAIS O CONVIDADO É A PRÓPRIA NOIVA. PORTANTO, NÃO DEVEMOS ENSINAR AS PESSOAS A SEREM “VIRGENS LOUCAS,” MAS PRUDENTES. VIVER BEM MATERIALMENTE É UMA QUESTÃO SOCIAL E DIREITO DE TODOS, INDEPENDENTEMENTE DE RELIGIÃO. ESSA PRÁTICA DA TEOLOGIA DA PROSPRIDADE, NÃO SOMENTE AFASTA AS PESSOAS DE DEUS, MAS COMO SERVE PARA ENRIQUECER PESSOAS MAL-INTENCIONADAS, MERCANTILIZANDO O EVANGELHO DE CRISTO, QUE É UMA BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO. CRISTO NOS ENSINOU A AVALIAR A VIDA DAS PESSOAS PELO FRUTO (MT.7:15-20), QUE DIZEM RESPEITO AO CARÁTER E NÃO PELOS DONS, QUE SE REFEREM AOS SERVIÇOS COMO: CURA, REVELAÇÃO, PROFECIA ETC. PORTANTO, DE NADA ADIANTA ESSES PREGADORES REALIZAREM GRANDES MILAGRES E MARAVILHAS (VV. 21-23).

DEIXE UMA RESPOSTA