Funeral do pastor Darckson Lira reuniu familiares, amigos e fiéis emocionados com a perda

2

O funeral do pastor Darckson Lira, morto a facadas no último dia 25 de fevereiro, reuniu familiares, amigos, fiéis de diversas denominações e membros da Igreja Batista Vale de Bênçãos.

O pastor foi morto durante um assalto na madrugada da quarta-feira passada, e a principal suspeita recai sobre dois homens que eram ajudados por Darckson. Divorciado, o líder evangélico deixou dois filhos.

O caminho até a cova foi acompanhado pelas pessoas que compareceram ao enterro, que entoaram hinos da harpa cristã no trajeto.

“[Ele foi] um homem de bem, que desde a infância levantou uma bandeira da paz, de ajudar as pessoas, de todas as partes do mundo”, afirmou o irmão do pastor, Dárcio Lira, visivelmente consternado.


Dárcio queixou-se ainda de, diversas vezes ter alertado o pastor sobre a necessidade de repensar questões ligadas à sua segurança, pois diversas vezes Darckson Lira se dispunha a ajudar pessoas sem levar em conta a distância ou os horários.

A Polícia informou que, além dos dois homens presos inicialmente, um terceiro foi detido por suspeita de participar do crime. Em depoimento, José Márcio Fernandes Teixeira afirmou que o assalto foi planejado, porém houve uma discussão dentro do carro, o que resultou na morte do pastor e na posterior colisão do carro roubado.

Apesar das características do caso do pastor, a criminalidade na capital cearense está em alta. De acordo com informações do G1, a morte de Darckson Lira foi o quarto caso de latrocínio em um intervalo de cinco dias.

Assista no vídeo abaixo, ao depoimento de Dárcio Lira sobre a vida e ministério do pastor:

Assine o Canal

2 COMENTÁRIOS

  1. tive o prazer de assistir a um culto do pastor Darckson na Asa Norte, infelizmente recebemos essa notícia desagradável com a grande perda dele!!!

DEIXE UMA RESPOSTA