Pastor é preso sob acusação de abusar sexualmente de menino com deficiência intelectual

12

Um pastor evangélico foi preso sob acusação de abusar sexualmente de um menino de 12 anos com deficiência intelectual nos fundos da igreja que ele dirige. O crime teria acontecido na noite de 08 de fevereiro, em Ituaçu (GO), a 64 Km de Goiânia.

A denúncia foi feita pela mãe do garoto, que relatou o abuso do pastor, que também é seu vizinho. Segundo a mãe, o pastor teria coagido a criança a não contar o fato a ninguém, pois caso contrário ele o mataria.

O delegado responsável pelo caso, Humberto Menezes Neto, disse que o pastor conseguiu atrair o menino por serem conhecidos: “Estava no período noturno, chovendo, e o pastor falou que queria conversar com o menino. Levou ele para trás da igreja e o abusou ali. Ele tampou a boca da criança e o ameaçou de morte caso contasse o que aconteceu para alguém”.

De acordo com o G1, a Polícia acredita que essa teria sido a primeira vez que o menino foi abusado pelo pastor, mas o ato sexual não chegou a ser consumado.


O pastor, que tem 48 anos de idade, foi preso na última terça-feira, 25 de fevereiro, e negou o crime. “No momento da prisão, muita gente acompanhou, ficou todo mundo assustado”, relatou o delegado.

Agora, o pastor aguarda julgamento por estupro de vulnerável, e se condenado, poderá pegar uma pena de pelo menos oito anos de prisão.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+


12 COMENTÁRIOS

  1. AUMENTAM AS DENÚNCIAS CONTRA PASTORES PEDÓFILOS,QUE JÁ SUPERAM OS CATÓLICOS.
    ________________________________________
    28/set/2013 . 8:00

    “Lobo em pele de cordeiro”.
    Os crimes de pedofilia mancharam a história da Igreja Católica. Mas, o mundo contemporâneo mostra que os padres ganharam a companhia dos pastores, que há muito tempo deixaram os padres para trás nessa prática do mal. Não se pode generalizar e estamos longe disso. Na maioria das vezes, padres e pastores são homens normais. Enquanto pedófilos são doentes, que praticam crimes odiados por nossa cultura. A violência é mais espantosa por partir de sacerdotes cristãos.Hoje em dia, o número de pastores pedófilos virou uma verdadeira chaga no protestantismo, com casos denunciados à polícia em quase todo o território nacional. Estes pastores são ministros de diversas denominações, sendo que todas possuem esses lobos travestidos de cordeiros em seus meios.
    Nos últimos anos, pastores evangélicos foram denunciados e presos, acusados de pedofilia. O caso de Marcos Pereira teve repercussão nacional. Ele foi condenado a 15 anos de prisão. Uma de suas vítimas contou que foi estuprada dos 14 aos 22 anos. Desde 8 de maio de 2013, Marcos está preso no Complexo de Gericinó (Bangu 2 – Rio de Janeiro). Esse homem que se diz pastor envergonha a comunidade evangélica, afirmam muitos protestantes.
    Diante do estupro, há ainda quem levante argumentos que, supostamente, podem “diminuir a culpa do condenado”. Falam que as mulheres provocam, com roupas curtas e gestos subliminares. Dizem que os pais vestem as crianças como “mulherzinhas”. Ou seja, os que defendem o condenado querem culpar as vítimas.

  2. NÃO HÁ DIFERENÇA ALGUMA ENTRE PASTOR , PADRE PEDOFILO….. TODOS ALEM DE ABUTRES DA FÉ DO INOCENTE SÃO MUITO PIOR QUE ´TUDO ISTO
    IRMÃOS “ACAUTELAI PARA OS FALSOS PROFETAS, ELES VÊM VESTIDOS DE CORDEIROS, MAS SÃO VERDADEIROS LOBOS DEVORADORES” Mt 7 : 15

  3. Está tudo dentro do previsto por Cristo que disse: “muito São os chamados e poucos os escolhidos” e se mutos são chamados e os escolhidos, isso quer dizer que 40% seriam pouco e 60% muito então os que se dizem Evangélicos e fazem o contrário ainda está acima da média, será que você ser á salvo(a)?.

DEIXE UMA RESPOSTA