Procurador-Geral determina arquivamento de processo movido por travesti contra Feliciano

15

O processo movido contra o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) pelo transexual que desfilou “crucificado” na Parada Gay de São Paulo foi arquivado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A informação foi divulgada pelo jornalista Lauro Jardim: “Rodrigo Janot pediu o arquivamento da representação que a transexual crucificada da Parada Gay de São Paulo fez contra Marco Feliciano, por incitação à homofobia. A transexual afirmou na ação que Feliciano incitou o preconceito ao espalhar fotos de ofensa aos cristãos como se tivessem sido feitas durante a Parada Gay. Janot não viu intenção de incitar a homofobia”, escreveu Jardim na coluna Radar Online, no site da revista Veja.

O transexual Viviany Beleboni queria uma indenização por danos morais por causa das postagens feitas pelo pastor em sua página no Facebook. A advogada do transexual, Cristiane Leandro de Novais, chegou a pedir uma liminar para que o material compartilhado pelo deputado fosse retirado de circulação.

“Existe uma ação de indenização com pedido de tutela antecipada para ele [Feliciano] excluir todos os vídeos, comentários e fotos expostas em seu gabinete, a título de liminar”, disse Cristiane, em entrevista ao Ego.


À época em que anunciou o processo contra Feliciano, o transexual afirmou que não pedirá perdão aos cristãos que se sentiram ofendidos com sua manifestação durante a Parada Gay deste ano na avenida Paulista.

Antes mesmo de um posicionamento da Justiça, o Facebook aceitou denúncias de usuários e censurou a publicação do pastor, que anunciou que processaria a rede social.

Agora, com a decisão da Procuradoria Geral da República em arquivar o processo contra ele, Feliciano comentou o caso em seu perfil no Twitter, de forma bastante simples: “Procurador-Geral da Rep., Rodrigo Janot, determinou o arquivamento do processo movido contra mim pelo travesti da parada gay”, escreveu o pastor.

15 COMENTÁRIOS

  1. Janot é da causa, tá no bolso da dilma, nada iria fazer.

    +++

    Enquanto isso nós cristãos derrotamos na câmara de São Paulo a tentava de impor mais uma política ditatorial do PT para as minorias.

    Famílias paulistanas derrotam Ideologia de Gênero na Câmara Municipal de São Paulo

    Na manhã de do dia 10 de junho último, cristãos de todas as regiões de São Paulo e de algumas partes do Brasil saíram de seus lares para defender os princípios morais da Lei Divina na câmara de vereadores, dedicada à São José de Anchieta, padroeiro e fundador da capital paulista.

    Em todos os aspectos, a diferença entre os defensores da Lei Divina, da família, e da civilização Cristã e os agitadores sociais era gritante. No plenário, felizmente, os agitadores, militantes da Ideologia de Gênero, estavam em menor número. Em sentido oposto, era predominante os católicos, ostentando crucifixos e cartazes.

    Tais agitadores, entre eles alguns militantes homossexuais e feministas, sem fundamento algum, gritavam slogans ofensivos contra os princípios cristãos da família. Nos discursos dos vereadores contrários a tal Ideologia de Gênero, ao magote de agitadores não restava nada senão tentar interromper berrando seus slogans falaciosos típicos “fascista!, transfóbico (sic!)” e outros.

    O único vereador que votou favorável à teoria de gênero, foi o próprio relator, Paulo Fiorilo (PT), de vida política iniciada nas Comunidades Eclesiais de Base (CEB’s) e ex-chefe de gabinete da ex-prefeita Marta Suplicy.

    Depois de uma votação massacrante de 7 votos dos parlamentares para a retirada da Ideologia de Gênero contra apenas 1, já não adiantava mais os berros, calúnias, xingamentos e slogans repetidos dos inimigos da lei Divina. Vence a causa cristã.

    A honra da Sagrada Cruz, fixada no alto do plenário, venceu mais uma vez e a maioria católica presente comemorava ostentando seus rosários. Para desagrado dos ativistas da Ideologia de Gênero – ditos defensores do povo – só restava gritar de ódio contra o mesmo povo que agora derrotava sua teoria neo-pagã… a Ideologia de Gênero.

    • Oi Princesa linda de papai do céu! ! Tudo bem?
      Realmente Princesa, esse mundo está de cabeça para baixo mesmo, pois é cada coisa pior que a outra, eu fiquei sabendo se eu não me engano, lá na Alemanha, os pais de uma pequena menina 6 anos, foram presos porque não quiseram deixar a filha assistir a uma aula absurda de “ideologia de gênero”, pois nesta aula eles mostravam figuras de homens fazendo sexo com homens, e mulheres também fazendo sexo com mulheres, tem relatos também de crianças que passaram mal depois de assistir a tanta safadeza, pois as pobrezinhas são inocentes, e não estão preparadas para vê esse tipo de coisa. Eu fico pensando quando o meu filho for pra escola, eu vou ficar bastante preocupada com o conteúdo do aprendizado dele, não poderei dormir no ponto.
      Quanto aos ativistas, eu duvido eles tentar impor as suas ideologias arbitrárias nesses países do oriente médio, como eu já disse e repito, lá eles viram pássaros sem asas!

      • VANESSA
        ——————————————————————————————————-
        Oi Princesa linda de papai do céu! ! Tudo bem?

        Sim, minha querida amiga!
        Tudo bem no meu pequeno reino (minha casa…).
        E a herdeira do trono tb, uma linda menininha.
        ——————————————————————————————————-
        “Realmente Princesa, esse mundo está de cabeça para baixo mesmo, pois é cada coisa pior que a outra, eu fiquei sabendo se eu não me engano, lá na Alemanha, os pais de uma pequena menina 6 anos, foram presos porque não quiseram deixar a filha assistir a uma aula absurda de “ideologia de gênero”, pois nesta aula eles mostravam figuras de homens fazendo sexo com homens, e mulheres também fazendo sexo com mulheres, tem relatos também de crianças que passaram mal depois de assistir a tanta safadeza, pois as pobrezinhas são inocentes, e não estão preparadas para vê esse tipo de coisa. Eu fico pensando quando o meu filho for pra escola, eu vou ficar bastante preocupada com o conteúdo do aprendizado dele, não poderei dormir no ponto.”

        Conhece a história da professora lés-bi-ca?
        Foi na Inglaterra que aconteceu, uma professora de uma escola infantil proibiu as crianças de assistirem ao desenho da Branca de Neve.
        Motivo alegado: o desenho da Disney era “agressivamente heterossexu@l”.

        Traduzindo em linguagem mais comum: era ofensivo aos homo sexu@is.
        Por conter um príncipe e uma princesa.
        Aquilo revoltou os pais e mães das crianças, que denunciaram a professora e a escola.

        Como a Inglaterra não é o Brasil (e nem é des-governada pelo PT), o caso acabou caindo no ouvido do Primeiro-Ministro, o qual considerou abusiva a decisão da professora, que rapidinho voltou atrás e falou que ia liberar o desenho.
        Teve de reconhecer que exagerou no “politicamente correto”.

        Tarde demais, uns jornalistas investigaram mais a fundo o caso e descobriram que a professora era “namorada” da diretora da escola, a qual inclusive “facilitou” sua contratação.
        O resultado foi as duas irem pro olho da rua, aliás bem merecido.

        Se fosse no Brasil, a turma do PT (que tentou tirar as palavras “pai” e “mãe” dos documentos oficiais), defenderia desesperadamente a professora, diria que o processo contra ela era homofobia…
        Sério?
        E a violação dos direitos das crianças e o trauma sofrido por elas, seriam heterofobia?
        ——————————————————————————————————-
        “Quanto aos ativistas, eu duvido eles tentar impor as suas ideologias arbitrárias nesses países do oriente médio, como eu já disse e repito, lá eles viram pássaros sem asas!”

        Eles são idiotas, mas não são burros…pelo menos a esse ponto.
        O Brasil é que dá mole para esses ativistas-extremistas…
        Já imaginou, se eu invento de ir lá na Arábia / Irã / Iraque / Afeganistão, pregar o feminismo e a igualdade entre nós e os homens?
        Eu é que seria pregada…pregada no chão, depois de ser jogada de algum prédio.

        Agora, aqueles que fossem falar em inclusão no Alcorão, seriam sim incluídos…
        Nas listas de desaparecidos…
        ——————————————————————————————————-

          • Quanto aos ativistas gays, essa gente só mexe com pessoas cristãs, pois sabem que são pessoas de paz, na verdade eles são uma cambada de covardes. Lá na Rússia, eles fizeram uma passeata, aí o governo foi e mandou acabar com aquela pouca_vergonha, aqui no Brasil rola sexo, drogas, cachaça, xixi e outras coisas no meio da rua e o governo não faz nada, na verdade esse país é uma piada!
            Há! E antes que eu me esqueça, fora Dilma!

  2. VANESSA

    Oi, querida amiga…
    Olha, eu não me surpreendo mais com nada, nada mesmo.
    Nós duas sabemos o nosso gênero, sim, e temos or-gu-lho dele.

    Agora vem gente dizendo que não existe mais h0mem e mulher, que cada um pode ser o que quiser.
    Que qualquer um pode trans@r com qualquer um.
    Ora, não fomos nós seres humanos criados como h0mem OU mulher?
    Prestem todos atenção à conjunção usada: é OU e não E.

    Tem gente querendo fazer uma espécie de Reforma Sexu@l, liberando tudo.
    Retirar as palavras “pai” e “mãe” dos documentos oficiais.
    Acabar com o Dia dos Pais e o Dia das Mães…
    Lançar a Bíblia Gay…
    Casamento homo nas igrejas…(esse eu torço para que tenha só no Dia de São Nunca).

    Abrem-se as portas da igreja, ao som da Marcha Fúnebre e lá vem a “noiva” até o altar…aí se vê que ela não é “ela”.

    E a história de liberar a entrada em banheiros conforme a “identidade de gênero”?
    Quem vai saber se a pessoa que entra é mesmo transgênero / transssexual ou um homem que colocou roupa de mulher só para entrar lá?

    Eu estou num banheiro e de repente vem um homem vestido de mulher, como vou saber se é um transgênero ou um es-tu-pra-dor?
    Nenhuma mulher estará segura, ficarão sempre com medo…

    Se algum dia esses ativistas / extremistas tiveram a noção do ridículo, a perderam agora.
    Sério, o dia em que vir isso acontecendo, espero acordar e ver que era um pesadelo.

    Aqui no Brasil é duvidoso, mas não ficaria surpresa se saísse uma “Bíblia Gay”.
    Agora, quero ver o valente para divulgar na Síria / Iraque / Afeganistão o “Alcorão G@y”.

    Vão dialogar com os homens de lá, dizer que o Alcorão está errado.
    Ou que o pr0feta Ma-o-mé era g@y…

    Mas cuidado, os “crentes” brasileiros são anjos de bondade perto de qualquer muçulman0…
    Estejam sempre em ótima forma, para correr quando (e não se) necessário para salvar a vida.
    Lá não funciona o discursinho de que “o amor é livre”.

  3. Xupa donzela da cruz de mentira,quer ser crucificada?vai para filipinas na Páscoa e se junta aqueles fanáticos catolicos que fazem auto flagelação todos os anos.

    • Sabia que as putas odeiam os travestis por causa do roubo de clientes e da concorrência desleal? Por baixo dos panos os caras preferem os travecos por causa do desempenho.

    • Sabia que as vagabas odeiam os travestis por causa do roubo de clientes e da concorrência desleal? Por baixo dos panos os caras preferem os travecos e as piran… piram com isso.

      .

DEIXE UMA RESPOSTA