Profissão Repórter mostra ex-detento que após se converter, procura por suas vítimas para pedir perdão; Assista

6

A edição da última terça-feira, 06 de agosto, do programa Profissão Repórter mostrou a história de um homem que, depois de se converter ao Evangelho e cumprir sua pena, está em busca de perdão de suas vítimas.

Silas de Jesus foi condenado por assaltos e tentativas de homicídio, passou 14 anos preso e está há três meses em liberdade. “Comecei a roubar com 24 anos de idade”, revela Silas.

O programa acompanhou a busca de Silas pelas vítimas e seus relatos a elas sobre sua conversão e a busca por perdão. “Estou buscando as pessoas que eu atingi. Hoje eu sou um cristão”.

Uma das vítimas de Silas foi Djalma Carvalho, que foi esfaqueado durante um assalto a uma locadora e precisou sofrer uma cirurgia de emergência para sobreviver, e passou 20 dias internado.


Carvalho relatou que tentou impedir a fuga de Silas após o assalto, e nesse momento, foi esfaqueado pelo então bandido. No encontro, Silas foi objetivo, e disse que o motivo de sua visita era pedir perdão.

Como resposta, Carvalho disse: “Silas, o perdão quem dá é Deus. Eu fiquei quatro dias na UTI, praticamente sem chance de vida. Mas perdoo, sim. Eu te perdoo”, disse a vítima.

Emocionado, Silas abraçou Djalma Carvalho e agradeceu a oportunidade: “Deus te abençoe, e à sua família. Em nome do Senhor Jesus”.

Assista à reportagem completa com Silas de Jesus neste link.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

6 COMENTÁRIOS

  1. ETA DEUS maravilhoso e transformador, este e o poder do verdadeiro evangelho do SENHOR JESUS, restaurar dar vida nova, andar em novidade de vida, A FE VEM PRLO OUVIR E OUVIR DA PALAVRA DE DEUS, este Silas escolheu a melhor parte da vida ter Jesus como Senhor e Salvador, Glorias a Deus por isso em encho meu coração de alegria de ver mais um ser humano restaurado, para a GLORIAS DE DEUS, este foi feliz em receber o dia da visitação, não fugir foi seu maior triunfo Parabéns a ele e também aquele que o evangelizou AMEM

  2. Muitos já me disseram: -“Este, aquele, outro, todos eram viciados, bêbados, assassinos, e agora só porque ‘viraram crentes’ estão dando uma de bonzinho!”
    A Minha resposta sempre foi foi ‘na lata’: – “Tu és mal, gostaria que estes continuassem sendo viciado, bêbados e assassinos? Deem ‘Glória a Deus’ por isso, seus pecadores invejosos que gostam de ver pessoas na miséria; se estes fosses seus filhos, até vocês ‘virariam crentes’ para vê-los afastado do mal, corja de religiosos pecadores…”

  3. A questão não é ser religioso ou ateu, a questão é ter vergonha na cara! Sempre tem uma solução, não acha emprego, vai fazer pastel pra vender na praia ou pede esmola que é mais digno. Antes de tudo, deve se seguir a lei, se sigo a lei, nada tenho a temer!

DEIXE UMA RESPOSTA